Banca de DEFESA: RHENA RAIZE PEIXOTO DE LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RHENA RAIZE PEIXOTO DE LIMA
DATA: 17/04/2013
HORA: 09:30
LOCAL: CCHLA - Auditório "A"
TÍTULO:

VOZES SOCIAIS EM DIÁLOGO: UMA ANÁLISE BAKHTINIANA DOS POSICIONAMENTOS DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DO IFRN


PALAVRAS-CHAVES:

diário de leituras; gênero discursivo; vozes sociais; polêmicas discursivas.


PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Lingüística Aplicada
RESUMO:

O trabalho tem como objetivo principal analisar enunciados produzidos por alunos do Ensino Médio, no gênero discursivo diário de leituras, partindo da concepção de linguagem proposta pelo Círculo de Bakhtin. O gênero em questão possui características peculiares que justificam sua escolha para este trabalho. Primeiramente, trata-se de um gênero advindo da esfera privada, íntima, e que passa a ser utilizado na esfera escolar. Por isso, podemos encontrar nos textos nele produzidos consideráveis marcas de subjetividade. Para Machado (1998), essa característica proporciona “uma presença forte do diálogo interior” que marca exatamente “a emergência de diferentes vozes, de diferentes representações internalizadas” (MACHADO, 1998, p. 29). Em segundo lugar, apontamos a priorização dessa atividade didática pelo processo de interpretação (dúvidas, questionamentos, passos para a compreensão) e não com o acabamento. Esse aspecto nos proporciona o contato com os embates ideológicos ocorrentes nos processos de interpretação, compreensão e avaliação que, neste caso, consistem no confronto entre posicionamentos do enunciador e os posicionamentos presentes nos textos com os quais os alunos têm contato durante a produção do diário. A partir dessas características, consideramos para essa análise os conceitos bakhtinianos de enunciado ― sobretudo sua essência responsiva-ativa (Bakhtin, 2010) ―, de gênero discursivo, de dialogismo e de vozes sociais. O trabalho se enquadra na pesquisa qualitativa de cunho interpretativista, pois visa a conhecer a perspectiva dos participantes da situação estudada e se apoiar na riqueza e no detalhamento das amostras (FREITAS, 2007). Além disso, durante a análise dos enunciados que compõem o corpus da pesquisa, utilizamos os conceitos de “polêmicas discursivas” (BAKHTIN, 2010a) e enquadramento (BAKHTIN, 2010c) para embasar nossa análise.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 277306 - JOAO MARIA PAIVA PALHANO
Presidente - 1149420 - MARIA DA PENHA CASADO ALVES
Externo à Instituição - PEDRO FARIAS FRANCELINO - UFPB
Notícia cadastrada em: 15/03/2013 16:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao