Banca de DEFESA: RODRIGO NASCIMENTO DE QUEIROZ

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RODRIGO NASCIMENTO DE QUEIROZ
DATA: 30/11/2012
HORA: 09:30
LOCAL: CCHLA - Setor II Bloco I Sala 7
TÍTULO:

"Eu pensei que ia sair daqui falando inglês" – Um estudo Sistêmico-Funcional sobre papéis sociais atribuídos por alunos de um curso de Letras/Inglês


PALAVRAS-CHAVES:

Formação Inicial de Professores de Inglês; Gramática Sistêmico-Funcional; Interpessoalidade; Pronomes; Papéis; Atores Sociais.


PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

Pesquisas na área de formação de professores de inglês como língua estrangeira (CELANI, 2001, 2004, 2010; PAIVA, 2000, 2003, 2005; VIEIRA-ABRAHÃO, 2010) dimensionam a complexidade de contextos da sala de aula de formação inicial em aliar o ensino da língua com a prática social e profissional do futuro professor. Como forma de fornecer subsídios para a compreensão dessa relação, a presente pesquisa baseia-se em um corpus composto de entrevistas transcritas de 28 alunos de um Curso de Letras/Inglês (CLI) de uma universidade pública localizada no interior da Amazônia Ocidental e suas opiniões acerca da reformulação do currículo do curso. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram entrevistas e questionários para traçar o perfil dos alunos do CLI concentrados em Grupo 1, com os alunos do 1º e 3º períodos do currículo de 2009, e o Grupo 2, com os alunos do 5º e 7º períodos do currículo de 2006. O objetivo principal é identificar os tipos de pronomes, os papéis e os atores sociais representados nas opiniões dos alunos em relação ao currículo de sua formação inicial. O aporte teórico enfoca os desafios do percurso histórico e contemporâneo dos programas de formação inicial de professores de línguas (MAGALHÃES E LIBERALLI, 2009; PAVAN E SILVA, 2010; ALVAREZ, 2010; VIANA, 2011 e PAVAN, 2012). Para a perspectiva teórica e analítica, apoiamo-nos na Gramática Sistêmico-Funcional (GSF) de Halliday (1994), Halliday e Hasan (1989), Halliday e Matthiessen (2004), Eggins (1994; 2004) e Thompson (2004). Focamos no conceito da Interpessoalidade, especificamente acerca dos papéis abordados por Delu (1991), Thompson e Thetela (1995), e trabalhos em língua portuguesa como os de Ramos (1997), Silva (2006) e Cabral (2009). A Teoria da Representação dos Atores Sociais de van Leeuwen (1997; 2003) é parte complementar para identificarmos o caráter sociológico dos atores sociais representados no discurso dos alunos. Com este panorama, o percurso proposto para análise percorre três níveis principais: os pronomes (nível gramatical), os papéis (nível semântico) e os atores sociais (nível discursivo). Para a análise das marcas interpessoais presentes nas opiniões dos alunos, utilizamos o programa computacional WordSmith Tools (SCOTT, 2010), e suas ferramentas Wordlist (Lista de Palavras) e Concord (Concordanciador) para quantificar as ocorrências dos pronomes Eu, Você e Eles que permitam caracterizar os papéis e os atores sociais no corpus. Os resultados demonstram que os alunos atribuem a si mesmos os papéis de (i) aprendiz, para expressar o processo inicial de seu aprendizado com o inglês; de (ii) ingressante na licenciatura, para expor suas escolhas em cursar Letras/Inglês e de (iii) futuro professor, para relacionar suas expectativas com a prática profissional. Para atribuir os papéis aos professores e ao curso os alunos utilizam a metáfora de modalidade Eu acho que para marcar as relações da formação inicial como aluno e como futuro professor. Destas evidências emergem os atores sociais representados pelos alunos em (i) papéis ativos; (ii) papéis passivos e (iii) papéis personificados. Esses atores sociais representados nas opiniões dos alunos refletem a inclusão dos papéis atribuídos para as ações expressas acerca das experiências e expectativas oriundas da sala de aula de sua formação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1555334 - ORLANDO VIAN JUNIOR
Interno - 1228220 - CLEIDE EMILIA FAYE PEDROSA
Externo à Instituição - MARIA MEDIANEIRA DE SOUZA - UFPE
Notícia cadastrada em: 28/11/2012 16:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao