Banca de DEFESA: MARINEIDE FURTADO CAMPOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARINEIDE FURTADO CAMPOS
DATA: 29/11/2012
HORA: 10:30
LOCAL: CCHLA - Setor II Bloco I Sala 16
TÍTULO:

AMBIENTE DE TEXTUALIZAÇÃO NO ENSINO A DISTÂNCIA: O CASO DO FÓRUM EDUCACIONAL


PALAVRAS-CHAVES:

Fórum educacional, Ensino a distância, Mídias na Educação, Textualização, Tutor, Cursista


PÁGINAS: 256
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

Esta pesquisa tem como tema o ambiente de textualização no ensino a distância, com foco o fórum educacional, e tem como objetivo geral analisar essa textualização pelo viés da comunicação entre tutor e cursistas. Outros objetivos, mais específicos, são também considerados, quais sejam: verificar a pertinência do fórum educacional para a construção do conhecimento no ensino a distância, buscando entender as funções dos papéis desses sujeitos no e-Proinfo e, ainda, compreender a dinâmica das técnicas de ensino-aprendizagem utilizadas, em sua relação com o material impresso e o ambiente do fórum educacional, atentando-se para a construção discursiva dos sujeitos frente às tarefas agendadas nesse ambiente. Para explorar a temática, tomamos por base uma problemática que interroga, sobretudo, em relação aos modos de interação no fórum, como os temas  são postos na discussão, como os atores sociais dialogam entre si e como ocorre o debate no ambiente virtual. Sendo o fórum educacional utilizado por uma instituição de ensino superior do Rio Grande do Norte, o foco do nosso interesse. O corpus compõe-se de mensagens postadas no fórum durante o módulo “Material Informática”, último dos seis que integram o Ciclo Básico do Programa de Formação Mídias na Educação, promovido pelo Núcleo de Educação a Distância (NEAD), em uma universidade pública do Rio Grande do Norte. A pesquisa está inserida numa abordagem qualitativa, na perspectiva de Merriam (1988), Cresswell (1994) e Minayo (1996).  Para a análise, recorremos a aspectos teóricos referentes ao ensino a distância (Silva, 2008; Brait, 1993; Sperbe e Wilson, 1986; Marquesi e Elias 2008; Xavier, 2005, entre outros), às mídias e às perspectivas das tecnologias aplicadas com relação ao fórum (Baranov, 1989; Neuner, 1981; Kearsley e Moore, 1996), ao ambiente de textualização (Marcuschi, 2008; Costa Val, 2004), às concepções e funções do tutor (Salgado, 2002). Nas conclusões e recomendações, verifica-se que as discussões transcendem o universo prático da interação por meio eletrônico e trazem em si contribuições fundamentais ao ensino a distância. Nas considerações finais, ressaltamos a relevância da pesquisa para os estudos da linguística aplicada e encaminhamos orientações necessárias aos profissionais envolvidos nessa formação continuada, com vistas a uma aprendizagem significativa e coerente com a prática docente em EaD.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 337223 - JOAO GOMES DA SILVA NETO
Interno - 1149420 - MARIA DA PENHA CASADO ALVES
Interno - 349685 - MARIA DAS GRACAS SOARES RODRIGUES
Notícia cadastrada em: 16/11/2012 14:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao