Banca de QUALIFICAÇÃO: VANILTON PEREIRA DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VANILTON PEREIRA DA SILVA
DATA: 25/06/2012
HORA: 10:00
LOCAL: AUDITÓRIO
TÍTULO:

O Padrão Discursivo Provérbio em Grande Sertão: Veredas


PALAVRAS-CHAVES:

Linguística Cognitiva, Gramática de Construções, Expressões Idiomáticas, Expressões Proverbiais


PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
SUBÁREA: Teoria e Análise Lingüística
RESUMO:

Este trabalho objetiva elucidar as motivações que levam os leitores do romance Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, a categorizar determinadas construções gramaticais encontradas na obra como sendo proverbiais. E para isso, nossa pesquisa se volta para a investigação dos processos cognitivos envolvidos na configuração do Padrão Discursivo Provérbio, tomando como suporte teórico a Linguística Cognitiva. Nessa empreitada, ancoramo-nos no conceito de construções corporificadas, no de simulação mental, no de frequência de type e de token, no de padrão discursivo e no de idiomaticidade. A partir desse suporte teórico, propusemos que os provérbios constituem um padrão discursivo cristalizado a partir da recorrência de uso. Uma característica bastante intrigante das construções elencadas em Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, foi o fato de elas serem normalmente categorizadas como construções proverbiais, embora não sejam expressões encontradas em situações cotidianas. Em face disso, indagamos: que mecanismos cognitivos são ativados pelos leitores no processo de categorização das expressões ditas proverbiais? Motivados pela situação-problema apresentada, advogamos que os leitores recorrem a constituições construcionais típicas de provérbios conhecidos através da interação, para darem conta da semantização de construções inéditas. Nesse sentido, nossos objetivos são: a) investigar os processos cognitivos envolvidos na configuração do Padrão Discursivo provérbio, bem como o papel desse constructo para o mecanismo de compreensão na obra Grande Sertão: Veredas; b) identificar e caracterizar construcionalmente as ocorrências do Padrão Discursivo provérbio na obra Grande Sertão: Veredas; c) examinar os mecanismos de Simulação Mental relacionados ao Padrão Discursivo provérbio na obra Grande Sertão: Veredas, a partir do levantamento e análise dos procedimentos de compressão conceptual; d) verificar em que medida o Padrão Discursivo provérbio integra processos de compreensão na obra em análise. Nessa direção, formulamos alguns experimentos com a intenção de lançar luz às questões investigadas e alcançar respostas satisfatórias para nossas indagações.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1675404 - PAULO HENRIQUE DUQUE
Interno - 1666189 - JANAINA WEISSHEIMER
Interno - 6350771 - MARCOS ANTONIO COSTA
Notícia cadastrada em: 18/05/2012 15:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao