Banca de DEFESA: BRUNA QUARTAROLO VARGAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: BRUNA QUARTAROLO VARGAS

DATA: 11/02/2011

HORA: 14:30

LOCAL: CCHLA

TÍTULO:

REPRESENTAÇÕES DE PROFESSORES DE LÍNGUA INGLESA DE NATAL-RN: Um estudo sistêmico-funcional


PALAVRAS-CHAVES:

Ensino de inglês como língua estrangeira. Representações. Linguística Sistêmico-Funcional. Formação de professores.


PÁGINAS: 99

GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes

ÁREA: Lingüística

SUBÁREA: Lingüística Aplicada

RESUMO:

 

O estudo das representações sobre o ensino e a aprendizagem de línguas é um campo de investigação crescente na linguística aplicada brasileira pois nos permite compreender as representações dos professores e como estes concebem o ensino. Com isso, é possível traçar planos e medidas para mudar a realidade da educação para melhor. Este trabalho visa identificar, interpretar e discutir algumas representações de professores de inglês como língua estrangeira em variados contextos escolares de Natal-RN, a respeito de: si mesmos, sua profissão e o ensino no contexto onde atuam. A base teórico-metodológica foi a Lingüística Sistêmico-Funcional de Halliday (1994; Halliday & Mathiessen, 2004; Eggins, 1994, entre outros). Buscamos levantar as representações construídas pela linguagem, principalmente por meio da metafunção ideacional, pois é a partir do uso da linguagem que nos expressamos sobre o mundo externo (eventos, qualidades, coisas, etc.) e o mundo interno (pensamentos, crenças, sentimentos, etc.). O corpus desta pesquisa é formado por 21 narrativas docentes, geradas a partir de um questionário aplicado aos professores participantes, que foram divididos em dois grupos: Grupo 1 (professores de escolas públicas) e Grupo 2 (professores de escolas particulares e cursos de línguas). A maioria dos professores pareceu estar satisfeita com a escolha da profissão. Muitos veem o ofício como um desafio e uma possibilidade de transmitir conhecimento. Todos afirmaram que o professor de inglês é um profissional; no entanto, a pouca valorização profissional foi um tema recorrente. Em relação ao ensino na escola onde lecionam, os professores dos contextos particulares pareceram mais satisfeitos que os professores de escolas públicas. Diante das respostas desta pesquisa, acreditamos que este estudo teve relevância para apontar o que pensam alguns professores de língua inglesa de Natal-RN. Os resultados indicados aqui poderão vir a ser utilizados como argumentos para discussão em grupo em cursos de formação continuada de professores de língua inglesa, com o objetivo de enfatizar a constante necessidade deste tipo de formação profissional.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1168633 - MARILIA VARELLA BEZERRA DE FARIA
Presidente - 1555334 - ORLANDO VIAN JUNIOR
Notícia cadastrada em: 19/01/2011 09:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao