Banca de DEFESA: MARIA ELIANE SOUZA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: MARIA ELIANE SOUZA DA SILVA

DATA: 31/08/2010

LOCAL: CCHLA

TÍTULO:

O DEVIR - CLARICE NA ESCRITURA DA LITRATURA INFANTIL


PALAVRAS-CHAVES:

PALAVRAS-CHAVE: Devir, animal-escrita, rizoma, infância, errância, escritura, territórios.


PÁGINAS: 100

GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes

ÁREA: Letras

SUBÁREA: Literatura Comparada

RESUMO:

 A obra de Clarice Lispector traz no seu bojo indagações sobre a escrita e o leitor a que se destina, adulto ou infantil. Trata-se, neste último caso, de um escrever sobre a infância, mas, sobretudo, dar lugar a um pensar a infância, problematizar o seu espaço, que é também o espaço da escrita. Clarice permite-nos como adultos impormo-nos perguntas a respeito desse outro, que é a criança, quanto o desconhecemos e o exilamos na infância, como o lugar próprio de sua manifestação. Diremos, assim, que na escritura da autora abrem-se vias para se estabelecer um estilo da infância em que a criança é o pequeno filósofo, segundo as palavras do estudioso Mathew Lipman.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1550297 - ALEX BEIGUI DE PAIVA CAVALCANTE
Presidente - 1149457 - ILZA MATIAS DE SOUSA
Externo à Instituição - VERA LUCIA ALBUQUERQUE DE MORAES - UFC
Notícia cadastrada em: 17/08/2010 14:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao