Banca de DEFESA: FELIPE EDUARDO PEREIRA CRUZ

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FELIPE EDUARDO PEREIRA CRUZ
DATA : 08/03/2024
HORA: 13:00
LOCAL: MEIO VIRTUAL
TÍTULO:

FORMAÇÃO DE PROFESSORES: PROPOSTA DE LETRAMENTO PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL E O ENSINO FUNDAMENTAL COM A OBRA LITERÁRIA A VIDA ÍNTIMA DE LAURA, DE CLARICE LISPECTOR


PALAVRAS-CHAVES:

Clarice Lispector.  Letramento literário. Professores letradores


PÁGINAS: 132
RESUMO:

A presente dissertação, divide-se em duas partes, a primeira de cunho bibliográfico e a segunda, de caráter interventivo, tem por objetivo geral compreender como a formação leitora dos professores da Educação Básica pode afetar, positivamente, seus alunos. Primeiro buscamos estabelecer relações entre a leitura literária e o ensino, como o texto literário chega à sala de aula e o que dizem os PCN (1998) e a BNCC (2019). Nessa etapa nos valemos das reflexões de Zilberman (1993), Lajolo (2018) para verificarmos como se dá o processo de escolarização e Maia (2007) para ratificarmos a necessidade da formação de professores leitores de literatura. Para adentrarmos no universo da literatura infantil clariceana, fizemos uma revisão bibliográfica acerca dos estudos já realizados, bem como buscamos em Coelho (1993) informações sobre o universo da literatura infantil, essa literatura pensada para a infância que, uma vez conhecida, torna-se fascinante e é fruto de processos os quais se moldam em adaptações e evoluções ao longo dos tempos, atualizando-se conforme a sua recepção. Na segunda parte, baseada nas conclusões iniciais extraídas, propusemos uma formação leitora de professores da Educação Básica, para suprir o distanciamento entre estes e a leitura literária. Elaboramos um Caderno Pedagógico com base na obra de Clarice Lispector, A vida íntima de Laura (1999), a partir das reflexões de Soares (2001), e Kleiman (2004), acerca da leitura e do letramento e de Cosson (2006), no âmbito do letramento literário, no sentido de proporcionar uma formação dos professores com a leitura literária na sala de aula. Analisamos os livros infantis de Lispector, dando ênfase à Vida íntima de Laura, evidenciando os elementos que contribuem com a formação subjetiva das crianças na práxis do letramento e a formação de professores, agentes letradores. Buscamos com os professores e estes com seus alunos enunciar a linguagem Clariceana, foco de nossa reflexão e verificar o quanto a simbologia dessa narrativa verbo-visual desperta em ambos, especialmente em seus alunos que se encontram em estágio permanentemente perceptivo de maravilhamento diante do texto literário, junto ao processo de escolarização que compreende a educação infantil. Concluímos que letramento literário só se torna viável através da formação de professores letradores, sujeitos mediadores das imagens poéticas, sensações e associações que são permitidas pela leitura do texto literário infantil e fundamentais para a formação humana de seus alunos. 


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1515458 - MARTA APARECIDA GARCIA GONCALVES
Interna - ***.721.574-** - VALDENIDES CABRAL DE ARAÚJO DIAS - UFRN
Externo ao Programa - 1249415 - AMARINO OLIVEIRA DE QUEIROZ - UFRNExterna à Instituição - MARIA SUELY DA COSTA
Notícia cadastrada em: 24/01/2024 14:00
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao