Banca de DEFESA: AMAURY SÉRGIO DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : AMAURY SÉRGIO DA SILVA
DATA : 27/07/2023
HORA: 09:00
LOCAL: GOOGLE MEET - ON LINE
TÍTULO:

O CURSO DA TRADUÇÃO COLABORATIVA EM SALA DE AULA POR APRENDIZES DE LÍNGUA LATINA  


PALAVRAS-CHAVES:

Tradução colaborativa, texto dialogal, conhecimento prévio, significante, significado.


PÁGINAS: 100
RESUMO:

A tradução colaborativa é um evento de negociação em que entram em cena todos os extratos da língua fonte e da língua meta (O’BRIEN, 2011), bem como a projeção dos conhecimentos linguísticos e discursivos dos alunos no processo de tradução colaborativa. Esta pesquisa tem como objetivo analisar dois processos de tradução colaborativa em situação ecológica. Os dados de pesquisa foram gerados em duas salas de aula de ensino e aprendizagem da língua latina. Para a geração dos dados utilizou-se o Sistema Ramos, um sistema de captura multimodal que possibilita acesso a toda a cena dialogal do processo de negociação e escrita do texto tradutório.  Considerando, assim, a interação entre os alunos, a leitura do texto fonte e a escrita do texto tradutório, nossa pesquisa busca responder às seguintes questões: 1. De que maneira o conhecimento prévio dos dois idiomas interfere na tradução do texto que os alunos estão executando? 2. Como as similaridades fônicas e gráficas entre as línguas interferem no processo de tradução do texto? 3.  A que estratos recorrem para resolver a questão do não-sentido que a similaridade grafofônica promove: sintático, semântico, gramatical? Os dados nos mostram que os agentes tradutores ativam seus conhecimentos prévios com o propósito de buscar um sentido para a compreensão e tradução. Na tradução do texto, além do conhecimento prévio do texto que estão traduzindo – haja vista que são narrativas fabulares que muitos alunos conhecem –, os alunos recorrem ao conhecimento do sistema linguístico que estão traduzindo – o latim – e fazem reflexões metalinguísticas, comentando a justeza das escolhas lexicais. Nossa pesquisa é delineada pela interdisciplinaridade teórica que envolve os Estudos de Tradução (NORD, 2016; HURTADO ALBIR, 1999, 2011), os pressupostos da Linguística da Enunciação (BENVENISTE, 2006; AUTHIER-REVUZ, 1990, 1998, 2004) e as pesquisas sobre a escrita colaborativa em sala de aula (CALIL, 2008, 2004, 2017; FELIPETO, 2008, 2019).

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2226795 - MARIA HOZANETE ALVES DE LIMA
Externa à Instituição - ANAHY SAMARA ZAMBLANO DE OLIVEIRA - UPE
Externa à Instituição - CARLA AGUIAR FALCÃO - IFRN
Notícia cadastrada em: 05/07/2023 13:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao