Banca de DEFESA: YULA PIRES DA SILVEIRA FONTENELE DE MENESES

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: YULA PIRES DA SILVEIRA FONTENELE DE MENESES
DATA: 09/05/2013
HORA: 14:00
LOCAL: DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA
TÍTULO:

Modificações causadas no nível de óxido nítrico, na resistência arterial, no perfil lipídico e na capacidade funcional de idosas submetidas a um programa de treinamento aquático.


PALAVRAS-CHAVES:

Envelhecimento. Estresse oxidativo. Artéria cerebral. Exercício físico.


PÁGINAS: 21
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

Após a fase adulta a prática regular de exercício físico possibilita redução dos efeitos das disfunções hormonais e envelhecimento biológico natural que promovem desajustes hemodinâmicos, vasculares e músculo-esqueléticos, principalmente na população feminina no período pós-menopausa. Nesta fase da vida, o exercício aquático representa mais do que uma forma de ajuste funcional, é uma forma de manutenção de independência para as atividades da vida diária (AVD’s), busca constante de saúde e melhoria na qualidade de vida de pessoas idosas. Este estudo teve como objetivo avaliar as modificações adquiridas pela prática regular de um programa de exercício aquático concorrente e de intensidade moderada na autonomia funcional, nível de óxido nítrico, na resistência arterial e no perfil lipídico de idosas. A amostra foi formada por idosas selecionadas por sorteio aleatório e divididas em grupo controle e grupo de intervenção sendo essas últimas, submetidas a um programa de exercícios aquáticos proposto durante 16 semanas. Foi coletada amostra sanguínea das idosas e avaliado o perfil lipídico pelo método enzimático com kit Labtest e o nível de óxido nítrico por medida indireta a partir da concentração de nitrito no sobrenadante das células em cultura em Leitor de ELISA. A avaliação das artérias carótidas e vertebrais foi feita utilizando o método de ultra-som Doopler. A capacidade funcional foi avaliada por 4 testes que simulam atividades da vida diária. Os dados foram analisados pelo programa PASW Statistics 18.0 e apresentados como média e desvio-padrão. Empregou-se a análise de variância (ANOVA) com medidas repetidas nos fatores grupo (GHidro e GC) e tempo (pré e pós-teste) para as comparações intra e intergrupos nas variáveis seguida do post hoc de Scheffé para identificar as possíveis diferenças. Utilizou-se o teste de correlação de Pearson para analisar as possíveis associações entre as variáveis do estudo. Foi adotado o valor de p<0,05 para a significância estatística. Obteve-se significância na capacidade funcional das idosas. Houve aumento do nível de óxido nítrico e redução nos índices de resistividade arterial e melhoria significativa nos níveis de colesterol e triglicérides após a intervenção. Observou-se significância estatística na PA diastólica. Existiu correlação inversa entre a resistividade da VERTD e níveis de ON e correlação entre VERTD e os níveis plasmáticos de HDL, assim como entre estes e a capacidade funcional C10m nas idosas em estudo. Em conclusão, o programa de exercício proposto foi capaz de oferecer melhorias funcionais, aumentar o nível de óxido nítrico circulante, diminuindo a resistência arterial promovendo modificações no perfil lipídico de idosas. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 275.782.084-20 - ARMELE DE FATIMA DORNELAS DE ANDRADE - UFPE
Interno - 350637 - RICARDO OLIVEIRA GUERRA
Externo ao Programa - 350636 - GARDENIA MARIA HOLANDA FERREIRA
Externo à Instituição - RODRIGO GOMES DE SOUZA VALE - UES-RJ
Externo à Instituição - VANESSA REGIANE RESQUETI - UFPE
Notícia cadastrada em: 02/05/2013 08:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao