Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFRN

2021
Dissertações
1
  • SÁVIO FERREIRA CAMARGO
  • COMPORTAMENTO DE MOVIMENTO DURANTE A GRAVIDEZ E DESFECHOS MATERNO-FETAIS EM MULHERES COM DIABETES GESTACIONAL

  • Orientador : EDUARDO CALDAS COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDUARDO CALDAS COSTA
  • MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI
  • MARLOS RODRIGUES DOMINGUES
  • Data: 03/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • O diabetes mellitus gestacional (DMG) é a complicação de saúde mais comum na gestação. O DMG pode resultar em importantes desfechos maternofetais adversos, para os quais padrões adequados de comportamento de movimento (CM) (ser fisicamente ativo e ter baixo comportamento sedentário (CS)) podem se configurar em fator de proteção. As associações entre o CM, incluindo atividade física (AF) e CS, e os desfechos materno-fetais no DMG ainda não estão totalmente claros. O objetivo deste estudo foi investigar as associações entre CM e desfechos materno-fetais adversos em mulheres com DMG. Um total de 68 mulheres com DMG (20–35 semanas, 32,1 ± 5,8 anos) foram incluídas neste estudo piloto de caso-controle. Os casos foram definidos pela presença de um desfecho composto (nascimento pré-termo, recém-nascido grande para idade gestacional e hipoglicemia neonatal). Os controles foram definidos como não ocorrência de desfecho materno-fetal adverso. Intensidades e domínios de AF, número de passos por dia (pedômetro) e CS foram analisados. Um total de 35,3% das participantes apresentaram desfecho materno-fetal adverso (n = 24). Os controles mostraram um nível de AF de intensidade moderada maior que os casos (7,5, 95%CI 3,6-22,9 vs. 3,1, 95%CI 0,4-10,3 MET-h/semana; p = 0,04). O nível de AF de intensidade moderada foi associado com um risco menor de desfechos materno-fetais adversos (OR 0,21, IC95% 0,05-0,91). Nenhuma associação significativa foi observada para outras medidas de AF e CS (p > 0,05). Em conclusão, a AF de intensidade moderada durante a gravidez parece ter um papel protetor contra desfechos materno-fetais adversos em mulheres com DMG.


  • Mostrar Abstract
  • Gestational diabetes mellitus (GDM) is a major complication in pregnancy. GDM is associated with a higher risk for adverse maternal-fetal outcomes. Associations between movement behavior, including physical activity (PA) and sedentary behavior (SB) with maternal-fetal outcomes are still unclear. The objective of this study was to investigate associations between movement behavior with adverse maternal-fetal outcomes in women with GDM. A total of 68 women with GDM (20-35 weeks; 32.1±5.8 years) were included in this pilot case-control study. The cases were defined by the presence of an adverse composite maternal-fetal outcome (preterm birth, newborn large-for-gestational-age, and neonatal hypoglycemia). Controls were defined as no adverse maternal-fetal outcome. PA intensities and domains, steps/day (pedometer), and SB were analyzed. A total of 35.3% of participants showed adverse maternal-fetal outcomes (n=24). The controls showed a higher moderate-intensity PA level than the cases (7.5, 95%CI 3.6–22.9 vs. 3.1, 95%CI 0.4–10.3 MET-h/wk; p=0.04). The moderate-intensity PA level was associated with lower risk for adverse maternal-fetal outcomes (OR 0.21, 95%CI 0.05–0.91). No significant associations were observed for other PA and SB measures (p > 0.05). In conclusion, moderate-intensity PA during pregnancy seems to have a protective role against adverse maternal-fetal outcomes in women with GDM.

2
  • RAIANE MEDEIROS COSTA
  • INFLUÊNCIA DO PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO DO TRABALHADOR NO ESTADO NUTRICIONAL ANTROPOMÉTRICO DE TRABALHADORES DE INDÚSTRIAS DE TRANSFORMAÇÃO.

  • Orientador : ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • NILA PATRÍCIA FREIRE PEQUENO
  • FLÁVIA EMÍLIA LEITE DE LIMA FERREIRA
  • Data: 05/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo teve por objetivo comparar o estado nutricional e o consumo de nutrientes entre trabalhadores de indústrias vinculadas e não vinculadas ao Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT). Tratou-se de um estudo observacional, transversal, prospectivo, com base em uma amostra probabilística representativa da população de trabalhadores da indústria de transformação do estado do Rio Grande do Norte no Brasil obtida por amostragem estratificada proporcional e em dois estágios, comparativa entre empresas vinculadas e não vinculadas ao PAT. Foram realizadas medições de peso e estatura para determinação do índice de massa corporal (IMC), da circunferência da cintura (CC) e inquérito alimentar por recordatório de 24 horas para quantificação do consumo de energia e macronutrientes. A análise estatística foi realizada separadamente em cada sexo utilizando modelos de regressão de efeitos mistos linear e logística multi-nível para comparação entre os grupos das principais variáveis do estudo. Foram avaliados 929 trabalhadores (484 de indústrias não vinculadas ao PAT e 445 de indústrias vinculadas) em 33 empresas. Em comparação com trabalhadores não vinculados ao PAT, os homens do Grupo PAT apresentaram maior IMC (+1,08 kg / m², p <0,001), maior CC (+ 3,27 cm, p <0,001) e maior prevalência de obesidade (OR 1,67, p <0,001); no sexo feminino, não houve diferenças estatisticamente significativas nos parâmetros antropométricos, mas o grupo PAT apresentou menor prevalência de obesidade (OR 0,49, p = 0,05). Na comparação do consumo, os homens do grupo PAT apresentaram maior consumo de carboidratos (+39,5 kcal, p = 0,02) e de proteínas (+11,1 kcal, p = 0,08) no almoço, enquanto as mulheres obtiveram menor consumo de proteínas (-14,2kcal, p = 0,04). Em conclusão, participação no PAT se associa a aumento do IMC e da CC entre os trabalhadores do sexo masculino, mas não no sexo feminino, apresentando as mulheres do grupo PAT uma ingestão alimentar qualitativamente melhor quando comparado com as trabalhadoras não vinculadas ao programa, com menor consumo calórico diário (-92,5, p = 0,03) de todos os macronutrientes e de sódio.


  • Mostrar Abstract
  • The study objective was to compare the weight status and nutrient consumption between workers from companies participant and non-participant in the Workers’ Food Program (WFP) in Brazil. This was an observational, prospective, cross-sectional study, based on a probability sample representative of the population of manufacturing workers in the state of Rio Grande do Norte, in Brazil, obtained by a proportional stratified and two-stage sampling, comparative between WFP and non-WFP participating companies. Measurements were made of weight and height to determine the body mass index (BMI), and of waist circumference (WC), and the 24-hour recall food survey method was used to quantify the consumption of nutrients. The statistical analysis was performed separately in each sex, using the mixed effects multilevel linear and logistic regression models for the between groups comparison of the main study variables. A total of 929 workers (484 from non-WFP and 445 from WFP companies) in 33 companies were evaluated. Compared with non-participants in the WFP, men in the WFP group had a higher BMI (+1.08 kg / m², p <0.001), greater WC (+3.27 cm, p <0.001) and greater prevalence of obesity (OR 1.67, p <0.001). In females, no statistical significant differences were observed in anthropometric parameters, but the WFP Group had a lower prevalence of obesity (OR 0.49, p = 0.05). On the companies’ provided lunch, males have greater consumption of carbohydrates (+39.5 kcal, p=0.02) and protein (+11.1 kcal, p=0.08), while females have lower protein consumption (-14.2kcal, p=0.04). In conclusion, participation in the WFP is associated with increased BMI and WC among male workers but not among females, while, women in the WFP group showed a qualitatively more adequate nutrients consumption when compared to non-WFP, with lower daily consumption of energy (-92.5, p = 0.03), of all macronutrients and of sodium. 

3
  • RODOLFO DANIEL DE ALMEIDA SOARES
  • AVALIAÇÃO DA PREVALÊNCIA DE INFECÇÃO POR LEISHMANIA INFANTUM EM PACIENTES SUBMETIDOS A TRANSPLANTE DE CÉLULAS TRONCO HEMATOPOIÉTICAS

  • Orientador : SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FERNANDO BARROSO DUARTE
  • ELIANA LUCIA TOMAZ DO NASCIMENTO
  • SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • Data: 24/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • O Número de Transplante de Células Tronco Hematopoiéticas (TCTH) vem crescendo em áreas endêmicas para Leishmaniose Visceral (LV) no Brasil e outros países. Além disso, o número de casos de LV vem aumentando em pacientes imunossuprimidos, e esses casos tendem a se apresentar com uma taxa de caso-fatalidade mais alta. Nós revisamos os registros de pacientes transplantados em uma área altamente endêmica para LV no Nordeste Brasileiro e realizamos um estudo de corte para determinar a taxa de infecção por Leishmania infantum. Dentre os 337 pacientes transplantados no estado do Rio Grande do Norte, entre 2009 e 2016, não havia nenhum caso LV. Nós estudamos 73 (21,6%) indivíduos que estavam com mais de 02 anos de TCTH. Doze dos 73 (16,4%) tiveram anticorpos anti-Leishmania positivos e 11 de 66 (16,6%) foram positivos quando usamos o ensaio qPCR para Leishmania. Depois de um tempo de seguimento médio de 16 meses, nenhum progrediu para LV e eles se tornaram negativos para anticorpos anti-Leishamnia. Nós concluímos que pacientes transplantados residentes em áreas endêmicas para LV podem frequentemente se infectarem com Leishmania. Apesar de nenhum ter progredido para forma ativa da doença, seria prudente seguir esses indivíduos uma vez que existe risco de persistência de Leishmania e risco eventual de LV devido à terapia de tratamento pós-transplante.


  • Mostrar Abstract
  • Hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) procedures are increasing in endemic areas for human visceral leishmaniasis (VL) in Brazil and elsewhere. In addition, the number of VL cases is increasing in immunosuppressed individuals and these cases tend to present a higher case-fatality rate. We reviewed the registry of HSCT subjects in a highly VL endemic area in Northeast Brazil and performed a cross sectional study to determine their rate of Leishmania infantum infection. Among the 337 subjects transplanted in the state of Rio Grande do Norte, between 2009 and 2016, there were no prior VL cases associated with the transplant. We studied 73 (21.6%) individuals who were over 2 years after HSCT. Twelve of 73 (16.4%) had positive anti- Leishmania antibodies and 11 of 66 (16.6%) tested positive when using Leishmania qPCR assay. After a median follow up of 16 months, none progressed to VL and they became anti- Leishmania antibody negative. We conclude that transplanted subjects residing in VL endemic areas can frequently become infected with Leishmania. Although none progressed to active disease, it would be wise to follow up those individuals since there is a risk of Leishmania persistence and eventual risk of VL due to the post-transplant management therapy.

4
  • GISLANI ACÁSIA DA SILVA TOSCANO
  • SUPLEMENTAÇÃO COM VITAMINAS C E D E A GRAVIDADE DE COVID-19: UM PROTOCOLO PARA REVISÃO SISTEMÁTICA E META-ANÁLISE

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • THAIZA TEIXEIRA XAVIER NOBRE
  • FELISMINA ROSA PARREIRA MENDES
  • Data: 28/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • Contexto: A pandemia COVID-19 se espalhou rapidamente para outros países, causando inúmeras mortes e desafios para organizações e profissionais de saúde. A dieta e a nutrição invariavelmente influenciam a competência do sistema imunológico e determinam o risco e a gravidade das infecções. Já foram publicados estudos sobre as relações pelas quais as vitaminas C e D podem atenuar a gravidade de infecções como o COVID-19. Nesse contexto, este protocolo descreve uma revisão sistemática com o objetivo de analisar se a suplementação de vitamina C e D pode reduzir a gravidade de Covid-19. Métodos: Este protocolo foi desenvolvido com base nas recomendações do PRISMA-P. Para a realização da revisão sistemática, realizaremos buscas nas bases de dados PubMed, Web of Science, Scopus, Cochrane e ScienceDirect na busca de estudos de caso controle que analisem a suplementação e evolução de pacientes com COVID-19. Não haverá limitações relacionadas ao idioma ou tempo de publicação. As buscas serão realizadas por dois pesquisadores independentes que selecionarão os artigos e, em seguida, os estudos duplicados serão removidos, enquanto os adequados serão selecionados usando o aplicativo Rayyan QCRI. Para avaliar o risco de viés, utilizaremos o instrumento proposto pelo National Heart, Lung and Blood Institute. Além disso, realizaremos meta-análises e análises de subgrupos de acordo com as condições dos dados incluídos. Resultados: Esta revisão avaliará a associação entre a suplementação de vitamina C e D e a redução da gravidade de COVID-19. Conclusão: Os resultados desta revisão sistemática irão resumir as evidências mais recentes para a associação entre a suplementação de vitamina C e D e COVID-19 por meio de uma revisão sistemática e meta-análise.o.


  • Mostrar Abstract
  • Context: The COVID-19 pandemic has rapidly spread to other countries, causing numerous deaths and challenges for organizations and health professionals. Diet and nutrition invariably influence the competence of the immune system and determine the risk and severity of infections. Studies have already been published on the relationships through which vitamins C and D can mitigate the severity of infections such as COVID-19. In this context, this protocol describes a systematic review intended to analyze if vitamin C and D supplementation can reduce the severity of Covid-19. Methods: This protocol was developed based on the recommendations of PRISMA-P. In order to accomplish the systematic review, we will carry out searches in the PubMed, Web of Science, Scopus, Cochrane and ScienceDirect databases in the quest for control case studies that analyze the supplementation and evolution of patients with COVID-19. There will be no limitations related to language or publication time. The searches will be carried out by two independent researchers who will select the articles, and then the duplicate studies will be removed, while the suitable ones will be selected using the Rayyan QCRI application. In order to assess the risk of bias, we will use the instrument proposed by the National Heart, Lung and Blood Institute. Moreover, we will carry out meta-analyses and subgroup analyses according to the conditions of the included data. Results: This review will assess the association between vitamin C and D supplementation and the reduction in the severity of COVID-19. Conclusion: The findings of this systematic review will summarize the latest evidence for the association between vitamin C and D supplementation and COVID-19 through a systematic review and meta-analysis.

5
  • EVANILSON FRANCISCO DE MOURA
  • ASSOCIAÇÕES DO COMPORTAMENTO DE MOVIMENTO MEDIDO OBJETIVAMENTE E APTIDÃO CARDIORRESPIRATÓRIA COM SAÚDE MENTAL E QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS COM HIPERTENSÃO: UMA ANÁLISE EXPLORATÓRIA DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19

  • Orientador : EDUARDO BODNARIUC FONTES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDUARDO BODNARIUC FONTES
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • ANDREA CAMAZ DESLANDES
  • Data: 13/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Aqui, exploramos as associações de atividade física (AF) pré-pandêmica de COVID-19, comportamento sedentário (CS) e aptidão cardiorrespiratória (ACR) com saúde mental e qualidade de vida em idosos com hipertensão. AF e CS medidos objetivamente, estresse percebido, sintomas de depressão e qualidade de vida foram avaliados antes e durante a pandemia em dezessete idosos com hipertensão. A CRF foi avaliada antes da pandemia por meio de teste de exercício cardiopulmonar. As associações longitudinais e transversais foram analisadas usando o modelo linear misto. AF leve pré-pandêmica (associação positiva) e CS (associação negativa) foram associados à qualidade de vida durante a pandemia. Um CRF pré-pandêmico mais alto foi associado a mudanças menos negativas no estresse percebido, sintomas de depressão e qualidade de vida durante a pandemia. Nossos resultados preliminares sugerem que um comportamento de movimento pré-pandêmico mais saudável (mais AF, menos CS) e melhor CRF podem mitigar o impacto negativo da pandemia COVID-19 na saúde mental e na qualidade de vida em idosos com hipertensão.


  • Mostrar Abstract
  • Herein, we explored the associations of pre-pandemic COVID-19 physical activity (PA), sedentary behavior (SB) and cardiorespiratory fitness (CRF) with mental health and quality of life in older adults with hypertension. Objectively measured PA and SB, perceived stress, depression symptoms, and quality of life were assessed before and during the pandemic in seventeen older adults with hypertension. CRF was assessed before the pandemic by cardiopulmonary exercise testing. Longitudinal and cross-sectional associations were analyzed using the mixed linear model. Pre-pandemic light PA (positive association) and SB (negative association) were associated with quality of life during the pandemic. Higher pre-pandemic CRF was associated with less negative changes in perceived stress, depression symptoms, and quality of life during the pandemic.  Our preliminary findings suggest that a healthier pre-pandemic movement behavior (more PA, less SB) and better CRF can mitigate the negative impact of the COVID-19 pandemic on mental health and quality of life in older adults with hypertension.

Teses
1
  • CARLA GLENDA SOUZA DA SILVA
  • ADESÃO AO TRATAMENTO PARA PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS

  • Orientador : JOAO CARLOS ALCHIERI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • HELOISA KARMELINA CARVALHO DE SOUSA
  • JOAO CARLOS ALCHIERI
  • MARISE REIS DE FREITAS
  • MÔNICA CRISTINA BATISTA DE MELO
  • Data: 08/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os eventos adversos relacionados ao uso de antirretrovirais sofreram modificações significativas com os avanços das pesquisas clínicas. Acredita-se que os efeitos colaterais dos ARV, juntamente com a patogenia do próprio vírus e os hábitos de vida podem ter um impacto negativo significativo na adesão ao tratamento. Buscou-se identificar os processos psicossociais concorrentes a adesão ao tratamento para HIV/Aids. Tratou-se de um estudo observacional exploratório com avaliação da adesão ao tratamento em PVHA. Os participantes foram homens (53%) e mulheres (47%), com faixa etária média de 44,7 anos, peso corporal médio de 66,4kg e renda média de 1.2 salários mínimos. Na primeira etapa do estudo, foram divididos em grupos quanto ao tempo de uso da TARV: Grupo 1 menos de 1 ano de tratamento (9,4%), Grupo 2 menos de 5 anos de tratamento (32,1%), e Grupo 3 mais de 5 anos de tratamento (58,5%). Ao aplicar o CEAT-VIH, observou-se que 84,9% foram promissores em seus tratamentos quanto a adesão e o instrumento de Expectativa de Autoeficácia corroborou os resultados encontrados. Nos resultados do teste ANOVA e teste “t”, realizados para verificar diferenças entre as médias da adesão da expectativa de autoeficácia segundo os itens do instrumento CEAT-VIH dos pacientes com HIV, ao nível de significância de 5%, foi observou-se que existe diferença entre as médias dos itens de avaliação. Já na segunda etapa, onde foram realizadas entrevistas voltadas a aplicação da intervenção com uso da Teoria da Ação Planejada (TAP), 64% da amostra se disponibilizou em participar da intervenção em grupo e 36% optaram por atendimento individual. Ao final dessa etapa somente 7 (13,2%) pacientes compareceram as entrevistas individuais, os grupos não ocorreram, a perda amostral foi em torno de 86,8%.  No entanto, verificou-se uma relação positiva entre os níveis de adesão e a Expectativa de Autoeficácia, na medida que se busca estratégias para que o paciente desenvolva habilidades e capacidades pessoais para controlar as circunstâncias que possam dificultar o seguimento regular do tratamento medicamentoso para o HIV, mecanismo central das ações realizadas intencionalmente.


  • Mostrar Abstract
  • Adverse events related to the use of antiretrovirals have undergone significant changes with advances in clinical research. It is believed that the side effects of ARVs, together with the pathogenesis of the virus itself and lifestyle can have a significant negative impact on treatment adherence. We sought to identify the psychosocial processes competing for adherence to treatment for HIV / AIDS. This was an exploratory observational study with assessment of adherence to treatment in PLWHA. Participants were men (53%) and women (47%), with an average age of 44.7 years, an average body weight of 66.4 kg and an average income of 1.2 minimum wages. In the first stage of the study, they were divided into groups regarding the time of ART use: Group 1 less than 1 year of treatment (9.4%), Group 2 less than 5 years of treatment (32.1%), and Group 3 more than 5 years of treatment (58.5%). When applying CEAT-HIV, it was observed that 84.9% were promising in their treatments regarding adherence and the Self-Efficacy Expectation instrument corroborated the results found. In the results of the ANOVA test and the “t” test, performed to verify differences between the means of adherence to the expectation of self-efficacy according to the items of the CEAT-HIV instrument of patients with HIV, at the significance level of 5%, it was observed that there is a difference between the averages of the assessment items. In the second stage, where interviews were conducted aimed at applying the intervention using the Theory of Planned Action (TAP), 64% of the sample made themselves available to participate in the group intervention and 36% opted for individual assistance. At the end of this stage, only 7 (13.2%) patients attended individual interviews, the groups did not occur, the sample loss was around 86.8%. However, there was a positive relationship between the levels of adherence and the Expectation of Self-efficacy, as it seeks strategies for the patient to develop personal skills and abilities to control the circumstances that may hinder the regular follow-up of drug treatment for the patient. HIV, the central mechanism of actions taken intentionally.

2
  • JANINY LIMA E SILVA
  • AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES PSICOMÉTRICAS DA VERSÃO BRASILEIRA DO PRENATAL SELF-EVALUATION QUESTIONNAIRE (PSEQ)

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MARIA DA CONCEICAO DE MESQUITA CORNETTA
  • MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI
  • DIEGO DE SOUSA DANTAS
  • JOSÉ ELEUTÉRIO JÚNIOR
  • Data: 19/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • O bem-estar psicossocial se contrapõe à vulnerabilidade inerente ao período gestacional e se caracteriza pelo controle de riscos que podem afetar a saúde materno-infantil, como fatores próprios e alheios à escolha da mulher. Dessa forma, mostra-se fundamental o acompanhamento e avaliação dos diversos fatores relacionados ao desenvolvimento gestacional, dentre estes a adaptação psicossocial materna, assim os profissionais de saúde poderão intervir preventivamente a partir de medidas educativas. Considerando-se o Prenatal Self-Evaluation Questionnaire (PSEQ) um instrumento completo para a avaliação da adaptação psicossocial materna, envolvendo dimensões como o Bem-estar da mãe e do bebê (BMB), a Aceitação da gravidez (AG), a Identificação com o papel materno (IPM), a Preparação para o trabalho de parto (PTP), o Controle no trabalho de parto (CTP), o Relacionamento com a mãe (RM) e o Relacionamento com o companheiro (RC), propõe-se a análise das propriedades psicométricas desse instrumento com gestantes brasileiras. O protocolo foi aplicado com 409 gestantes adultas e adolescentes, usuárias de serviços públicos de saúde do Rio Grande do Norte em atendimento obstétrico de baixo e alto-risco. A amostra final no estudo foi de 400 voluntárias. O valor de α de Cronbach para o escore geral foi de 0,89. A análise da validade de construto aponta correlações positivas e significativas entre todos os domínios do PSEQ que variaram de 0,14 a 0,56. Já a correlação entre os domínios e o escore geral mostrou-se da seguinte forma: BMB (r=0,64), AG (r=0,60), IPM (r=0,57), PTP (r=0,55), CTP (r=0,73), RM (r=0,62), RC (r=0,62), sendo todas as correlações significativas com p<0,01. Na análise da validade discriminante, observou-se que mulheres adultas, com maior nível educacional, empregadas e com planejamento gestacional mostram maior adaptação psicossocial à gravidez. O PSEQ aborda os principais fatores relacionados à adaptação psicossocial materna durante a gestação, sendo um instrumento útil e confiável para uso no Brasil, na prática profissional da obstetrícia.


  • Mostrar Abstract
  • Psychosocial well-being deviates from the inherent vulnerability of the gestational period and is depicted by the control of risks that can affect maternal and child health, as aspects that are independent of the woman’s choice. Thus, it is essential to monitor and evaluate the various factors related to gestational development, including maternal psychosocial adaptation. Taking into account that the Prenatal Self-Evaluation Questionnaire (PSEQ) is recognized as a complete instrument for the evaluation of maternal psychosocial adaptation, concerning dimensions such as the Well-being of self and baby (WSB); Acceptance of pregnancy (AP); Identification with a motherhood role (IMR); Preparation for labor (PL); Control in labor (CL); Relationship with mother (RM) and Relationship with partner (RP), this study intends to analyze the psychometric properties of this instrument with pregnant women in Brazil. The protocol was applied with 409 adult and teenage pregnant women, of public health services in Rio Grande do Norte state, under obstetric care of low and high risk. The final sample of the study was of 400 volunteers. The Cronbach’s α score for the overall score was 0.89. The construct validity analysis showed positive and significant correlations between all PSEQ domains ranging from 0.14 to 0.56. The correlation between the domains and the general score was as follows: WSB (r=0.64), AP (r=0.60), IMR (r=0.57), PL (r=0.55), CL (r=0.73), RM (r=0.62), RP (r=0.62), with all correlations being significant at p<0.01. Discriminant validity analysis showed that older age, higher education, employment, and planned pregnancy were associated with high psychosocial adaptation to pregnancy. PSEQ addresses the main factors related to maternal psychosocial adaptation during pregnancy and can be considered as a useful and reliable assessment tool for use in Brazil in professional practice in all areas of obstetrical practice.

     

3
  • ALEXANDRE MEDEIROS DE FIGUEIREDO
  • IMPACTO DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS NA REDUÇÃO DAS INIQUIDADES DE ACESSO AO ENSINO MÉDICO E NA DISTRIBUIÇÃO DA FORÇA DE TRABALHO MÉDICO NO BRASIL

  • Orientador : GEORGE DANTAS DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEORGE DANTAS DE AZEVEDO
  • JANETE LIMA DE CASTRO
  • ADRIANO MASSUDA
  • HENRY DE HOLANDA CAMPOS
  • NAOMAR MONTEIRO DE ALMEIDA FILHO
  • Data: 29/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • ODUÇÃO Muitos países empregam estratégias destinadas a reduzir má distribuição de profissionais de saúde e iniquidades. O objetivo deste estudo foi analisar o impacto das políticas de expansão das escolas médicas na redução das iniquidades no acesso a educação médica e na e na capacidade de atrair e reter médicos e expandir serviços de saúde.

    MÉTODOS Realizamos uma análise descritiva para comparar a distribuição de vagas de graduação em 2007 e 2016 para determinar o impacto das políticas de expansão sobre as desigualdades no acesso à educação médica no Brasil. Um grupo de municípios com novas faculdades de medicina (n = 54) e um grupo controle sem faculdades de medicina (n = 408) foram comparados para analisar os impactos da expansão no setor saúde. Comparamos o aumento do número de médicos por 1000 habitantes e estabelecimentos de saúde por habitantes entre 2007 e 2016 com base nesses dois grupos. Analisamos também a relação entre a distância geográfica da capital do estado e a capacidade de atrair médicos.

    RESULTADOS Houve diminuição das desigualdades regionais de vagas de graduação em medicina; o maior aumento nas localidades por 1000 habitantes esteve em municípios com populações compreendidas entre 50.000 e 100.000 habitantes. Municípios com novas escolas médicas apresentaram maior aumento na relação médicos por 1000 habitantes e na relação estabelecimentos de saúde por 10.000 habitantes, demonstrando potencial de atração reter médicos, além de fortalecer a infraestrutura de saúde. Municípios mais distante das capitais mostrou maior aumento na relação médico por habitante.

    DISCUSSÃO Países com escassez de força de trabalho em saúde e desigualdades em sua distribuição devem considerar financiamento público e políticas de regulação para a expansão de escolas médicas como estratégia para atrair e reter profissionais. Primeiros resultados no Brasil mostraram que tais estratégias poderiam fortalecer as redes de atendimento em áreas carentes, apoiando a implementação da Cobertura Universal de Saúde.

     


  • Mostrar Abstract
  • INTRODUCTION Many countries are employing strategies intended to reduce maldistribution of health workers and inequities. The purpose of this study was to analyse the impact of expansion policies of medical schools on regional inequalities in the distribution of undergraduate class sizes, and the capacity to attract and retain doctors and to expand health facilities.

    METHODS We conducted a descriptive analysis to compare the distribution of undergraduate places in 2007 and 2016 to determine the impact of targeted expansion policies on inequalities in access to medical education in Brazil. A group of municipalities with new medical schools (n = 54) and a control group without medical schools   (n = 408) were  compared to analyse impacts of expansion in the health sector. We compared the increase in the number of physicians per 1000 inhabitants and health establishments per inhabitants between 2007 and 2016 based on these two groups. We also analysed the relationship between geographic distance from the state capital and capacity to attract physicians.

    RESULTS There was a decrease in the regional inequalities of undergraduate places in medical schools; the greatest increase in the places per 1000 inhabitants was in municipalities of between 50 000 and 100 000 inhabitants. Municipalities with new medical schools showed an increase in physicians per 1000 inhabitants and in health establishments per inhabitant ratio, demonstrating the potential to attract and retain doctors, as well as strengthening the health infrastructure. Municipalities more distant from state capitals showed a greater increase in physician : inhabitant ratio.

    DISCUSSION Countries with health workforce shortages and inequalities in their distribution might consider public financing and regulation policies for expansion of medical schools as a strategy to attract and retain professionals. Early results in Brazil showed that such strategies could strengthen service networks in deprived areas, supporting implementation of Universal Healthcare Coverage.

4
  • RAFAELA CATHERINE DA SILVA CUNHA DE MEDEIROS
  • APTIDÃO FÍSICA, CONTROLE POSTURAL E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM HIV

  • Orientador : PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • GRASIELA PIUVEZAM
  • JOSÉ ÂNGELO BARELA
  • RONALDO VAGNER THOMATIELI DOS SANTOS
  • Data: 30/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: As alterações negativas que acometem crianças e adolescentes que vivem com HIV e utilizam a terapia antirretroviral podem influenciar no desempenho do controle postural e aptidão física relacionada à saúde dessa população. Objetivo: avaliar e analisar a aptidão física, controle postural e o nível de atividade física de crianças e adolescentes com HIV, comparando com pares não infectados e monitorando ao longo do tempo o grupo com HIV. Métodos: estudo realizado em duas etapas e com métodos diferentes, onde na primeira etapa foi elaborado estudo observacional de corte transversal (primeira fase); participaram 32 crianças e adolescentes; sendo 18 no grupo HIV + e 14 com sorologia negativa; e na segunda etapa um estudo de coorte prospectivo (longitudinal), ocorrendo em três análises (1ª, 2ª e 3ª) onde a amostra inicial foi de 18 crianças e adolescentes com HIV, porém com perda amostral, resultou em 10 participantes. Foram incluídas crianças e adolescentes de ambos sexos em acompanhamento médico; e excluídas aquelas com respostas negativas ao Physical Activity Readiness Questionnaire. Foram aplicados: anamnese estruturada contendo dados sociodemográficos e clínicos; questionário sobre nível de atividade física habitual; avaliado a composição corporal por antropometria e DXA; a maturação biológica por equações matemáticas e prancha de Tanner; o controle postural, em plataforma de força, onde mantiveram postura ereta bipodal nas condições: com visão; sem visão e com visão e sobre espuma; a flexibilidade, no banco de Wells; a força por teste de preensão manual com dinamômetro ea capacidade cardiorrespiratória em esteira ergométrica com teste de rampa. Resultados: na fase 1,comparando a aptidão física de criança e adolescente HIV+ com HIV- foi identificado que somente o Limiar ventilatório 1 apresentou diferença significativa, indicando que o grupo HIV+ apresenta valores inferiores na aptidão cardiorrespiratória quando comparadas aos pares; e, quando comparado o controle postural de ambos os grupos (HIV+ com HIV-), nas variáveis do domínio do tempo, valores maiores foram observados para o grupo HIV+ na velocidade média ântero-posterior (p=0,001) e médio-lateral (p=0,001), no perímetro ântero-posterior (p=0,001) e médio-lateral(p=0,001). Para o fator condição, foi observada diferença para amplitude média de oscilação_ântero-posterior (0,039); e quando analisado o domínio espectral, para o fator grupo, valores maiores foram observados no grupo HIV+ na frequência predominante médio-lateral (p=0,04) e frequência média ântero-posterior (p=0,001). E para o fator condição, foi encontrada diferença apenas para frequência predominante ântero-posterior (p=0,001); os maiores valores foram na condição sem visão, quando comparada à condição com espuma. Ena fase 2, durante o acompanhamento longitudinal do grupo HIV+, verificou-se que o nível de atividade física se manteve ao longo do tempo. O controle postural sofreu alterações positivas na condição sem visão, onde foram encontradas diferenças entre a 1ª análise em relação as 2ª e 3ª na velocidade média_médio-lateral (p=0,01), perímetro_ântero-posterior (p=0,04) e médio-lateral (p=0,00); e nas 2ª e 3ª análises, e do momento da 2ª analise em relação a 3ª. Na condição com espuma, verificou-se diferença naárea (p=0,02) e perímetro_médio-lateral (p=0,03), ambos do momento da 1ª análise em relação às 2ª e 3ª. Entre os momentos das 2ª e 3ª análises, verificou-se diferença apenas na variável perímetro_médio-lateral (p=0,03). Também foi observada diferença no ponto ótimo cardiorrespiratório do período da 1ª análise em relação as 2ª e 3ª análises (p=0,01). Conclusão: Conclui-se que parâmetros de crescimento e desenvolvimento, especialmente massa corporal e BMI influenciam a aptidão física, apontando prejuízos na aptidão cardiorrespiratória de crianças e adolescentes com HIV; e que o desempenho do controle postural do grupo HIV é inferior aos pares sem infecção. No entanto, a manutenção do nível de atividade física exerce influência positiva ao longo do tempo sobre parâmetros do controle postural e ponto ótimo cardiorrespiratório de crianças e adolescentes com a infecção do HIV.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The negative changes that affect children and adolescents living with HIV and using ART can influence the performance of postural control and physical fitness related to the health of this population. Objective: to assess and monitor over time the physical fitness, postural control and level of physical activity of children and adolescents with HIV, while comparing with uninfected peers. Methods: This is a mixed method study in two phases. In the observational cross-sectional study (first phase); 32 children and adolescents participated; 18 in the HIV + group and 14 with negative serology; and in the second phase, a prospective (longitudinal) cohort study took place with three analyzes (1st, 2nd and 3rd) where the initial sample was 18 children and adolescents with HIV, but sample loss resulted in 10 participants. Children and adolescents of both sexes were included in medical follow-up, and those with negative responses to the Physical Activity Readiness Questionnaire were excluded. The following were applied: structured anamnesis containing sociodemographic and clinical data; questionnaire on level of habitual physical activity; body composition was assessed by anthropometry and DXA; biological maturation by mathematical equations and Tanner's scale; postural control, using a force platform, where a bipedal erect posture was maintained with the following conditions: with vision; without vision and with vision and on foam; flexibility using Wells Bench; strength by handgrip test with a dynamometer; and cardiorespiratory capacity on a treadmill with ramp test. Results: in phase 1, comparing the physical fitness of HIV + children and adolescents with HIV- it was identified that only the ventilatory threshold 1 showed a significant difference, indicating that the HIV + group has lower values in cardiorespiratory fitness when compared to their peers; also, when the postural control of both groups (HIV + and HIV-) was compared, in the time domain variables, higher values were observed for the HIV + group in the mean anterior-posterior (p = 0.001) and medium-lateral speed (p = 0.001), as well as in the anteroposterior (p = 0.001) and medium-lateral perimeter (p = 0.001). For the condition factor, a difference was observed for mean amplitude of anteroposterior oscillation (0.039); and when the spectral domain was analyzed, for the group factor, higher values were observed in the HIV + group in the predominant mid-lateral frequency (p = 0.04) and mean anteroposterior frequency (p = 0.001). For the condition factor, a difference was found only in the predominant anteroposterior frequency (p = 0.001); the highest values were in the condition without vision, when compared to the condition with foam. In phase 2, during the long-term follow-up of the HIV + group, it was found that the level of physical activity was maintained over time. The postural control underwent positive changes in the condition without vision, where differences were found between the 1st analysis in relation to the 2nd and 3rd in the mean mediate-lateral (p = 0.01), anteroposterior-posterior (p = 0.04) and mean speed -lateral (p = 0.00); this was also found in the 2nd and 3rd analyzes, and from the moment of the 2nd analysis in relation to the 3rd. In the foam condition, there was a difference in the area (p = 0.02) and medium-lateral perimeter (p = 0.03), both from the moment of the 1st analysis in relation to the 2nd and 3rd. Between the 2nd and 3rd analyzes, there was a difference only in the variable medium-lateral perimeter (p = 0.03). There was also a difference in the optimal cardiorespiratory point in the period of the 1st analysis in relation to the 2nd and 3rd analyzes (p = 0.01). Conclusion: It is concluded that parameters of growth and development, especially body mass and Body Mass Index, influence physical fitness, indicating impairments in the cardiorespiratory fitness of children and adolescents with HIV; and that the postural control performance of the HIV group is inferior to their peers without infection. However, the maintenance of the level of physical activity has a positive influence over time on parameters of postural control and cardiorespiratory optimum point of children and adolescents with HIV infection.

5
  • ISIS KELLY DOS SANTOS
  • EFEITOS DO TREINAMENTO INTERVALADO DE ALTA INTENSIDADE E DESTREINAMENTO NA SAÚDE MENTAL DE MULHERES COM SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS: ENSAIO CLINICO RANDOMIZADO

  • Orientador : PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • TECIA MARIA DE OLIVEIRA MARANHAO
  • BRENO GUILHERME DE ARAUJO TINOCO CABRAL
  • MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI
  • MARIA IRANY KNACKFUSS
  • RODRIGO GOMES DE SOUZA VALE
  • Data: 23/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Diferentes protocolos de treinamento com exercícios físicos têm sido realizados com mulheres com Síndrome dos ovários policísticos (SOP), em diversos contextos e aplicabilidade, demostrando resultados positivos sobre as alterações clínicas e metabólicas relacionadas a SOP. No entanto, existem algumas lacunas sobre as respostas psicológicas e clínicas derivadas do treinamento intervalado de alta intensidade (TIAI). Objetivo: Investigar os efeitos do Treinamento Intervalado de Alta Intensidade (TIAI) e do destreinamento na qualidade de vida e saúde mental de mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), e descrever as respostas psicofisiológicas (ou seja, percepção subjetiva de esforço e resposta afetiva) dessa população ao longo das sessões de TIAI. Métodos: Esse estudo foi conduzido em duas etapas: na primeira caracterizou-se como  um estudo transversal e descritivo, na qual participaram 12 mulheres com SOP ( média de idade 26.2 ± 4.1); e a segunda, contemplou um ensaio clinico randomizado piloto, com 23 mulheres com SOP (média de idade 26.0 ± 3.92) que foram alocadas em um grupo controle (n = 11) e um grupo TIAI supervisionado (n = 12).  Foram incluídas mulheres com SOP; sem uso de medicações há pelo menos 3 meses; sem praticar exercícios físicos nos últimos seis meses ou sedentárias. Os critérios de exclusão foram: gestantes; doenças cardiovasculares; resposta positiva no PAR-Q; e alguma outra contraindicação para prática de atividade física. Foram aplicados anamnese, questionários de nível de atividade física (IPAQ), qualidade de vida relacionado à saúde (SF-36), escala de depressão, ansiedade e estresse (DASS-21), avaliação do esforço percebido (PSE, escala de Borg CR-10) e as respostas afetivas (FS, escala de sentimento), composição corporal (DXA), antropometria e análise do perfil metabólico. As intervenções consistiram em 10 sessões de corrida TIAI de 50 min [intervalos de 10 x 1 min a 90% da frequência cardíaca máxima (FCmáx) intercalados com 3 min de períodos de recuperação ativa a 70% da FCmáx], incluindo 5 minutos de aquecimento e desaquecimento com intervalos de 48 horas (primeira etapa). Na segunda etapa a intervenção TIAI teve duração de 12 semanas e 4 semanas de destreinamento (30 dias). Resultados: As participantes foram classificadas com sobrepeso, apresentavam alto percentual de gordura corporal e ciclos menstruais irregulares (amenorreia). O grupo TIAI apresentou melhorias nos domínios da capacidade funcional (P = 0,022; ES = 1,7), aspectos físicos (P = 0,027; ES = 1,7), estado geral (P = 0,021; ES = 3,1), ansiedade (P = 0,025; ES = 1,0,) e depressão (P = 0,031; ES = 1,7) (pré-pós). Observamos que as melhorias não se mantiveram após o período de destreinamento de 30 dias nos domínios da qualidade de vida. Conclusão: O programa TIAI promoveu uma melhoria na qualidade de vida e saúde mental em mulheres com SOP; adicionalmente, observou-se que após 4 semanas de destreinamento houve redução da qualidade de vida, porém, os domínios da saúde mental (ansiedade e depressão) apresentaram estabilidade no grupo TIAI diferente do grupo controle.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: Differents training protocols with exercises have been carried out with women with Polycystic Ovary Syndrome (PCOS), in different contexts and applicability, showing positive results on the clinical and metabolic alterations related to PCOS. However, there are some gaps in the psychological and clinical responses derived from high-intensity interval training (TIAI). Objective: To investigate the effects of High Intensity Interval Training (TIAI) and detraining on the quality of life and mental health of women with Polycystic Ovary Syndrome (PCOS), and to describe the psychophysiological responses (i.e, subjetive perception of effort and response affective) of this population throughout the TIAI sessions. Methods: This study was conducted in two stages: in the first, it was characterized as a cross-sectional and descriptive study, in which 12 women with PCOS participated (mean age 26.2 ± 4.1); and the second included a pilot randomized clinical trial with 23 women with PCOS (mean age 26.0 ± 3.92) who were allocated to a control group (n = 11) and a supervised TIAI group (n = 12). Women with PCOS were included; no use of medications for at least 3 months; without exercising in the past six months or sedentary. Exclusion criteria were: pregnant women; cardiovascular diseases; positive response on PAR-Q; and any other contraindication for the practice of physical activity. Anamnesis, physical activity level questionnaires (IPAQ), health-related quality of life (SF-36), depression, anxiety and stress scale (DASS-21), perceived exertion assessment (PSE, Borg CR scale) were applied. -10) and affective responses (FS, feeling scale), body composition (DXA), anthropometry and metabolic profile analysis. The interventions consisted of 10 50-min TIAI running sessions [intervals of 10 x 1 min at 90% of maximum heart rate (HRmax) interspersed with 3 min of active recovery periods at 70% of HRmax], including 5 minutes of warm-up and cool down at 48 hour intervals (first step). In the second stage, the TIAI intervention lasted 12 weeks and 4 weeks of detraining (30 days). Results: Participants were classified as overweight, had a high percentage of body fat and irregular menstrual cycles (amenorrhea). The TIAI group showed improvements in the domains of functional capacity (P = 0.022; ES = 1.7), physical aspects (P = 0.027; ES = 1.7), general status (P = 0.021; ES = 3.1), anxiety (P = 0.025; ES = 1.0,) and depression (P = 0.031; ES = 1.7) (pre-post). We observed that improvements were not maintained after the 30-day detraining period in the quality of life domains. Conclusion: The TIAI program promoted an improvement in the quality of life and mental health in women with PCOS; additionally, it was observed that after 4 weeks of detraining there was a reduction in quality of life, however, the mental health domains (anxiety and depression) presented stability in the TIAI group, differents from the control group.

6
  • MARINA SAMPAIO DE MENEZES CRUZ
  • ANÁLISE DA EXPRESSÃO GÊNICA NA DISFUNÇÃO VENTRICULAR APÓS O INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO

  • Orientador : ANDRE DUCATI LUCHESSI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE DUCATI LUCHESSI
  • KARINE CAVALCANTI MAURICIO DE SENA EVANGELISTA
  • MARCELA ABBOTT GALVAO URURAHY
  • LUCIANA SACILOTTO FERNANDES
  • JOAO FELIPE BEZERRA
  • Data: 04/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • A insuficiência cardíaca (IC) é uma síndrome progressiva caracterizada pela incapacidade do coração bombear sangue suficiente para os demais tecidos, e sua principal causa é o infarto agudo do miocárdio (IAM). Apesar dos avanços na identificação de marcadores associados ao remodelamento de ventrículo esquerdo (VE), o marcador ideal para uma detecção precoce e acurada da IC isquêmica ainda não foi encontrado. Sendo assim, esse estudo tem como objetivo avaliar a expressão de 13 genes previamente associados ao IAM em pacientes com IC isquêmica comparando-os com aqueles que não tiveram complicações após o IAM. Além disso, esse estudo buscou listar os miRNAs mais frequentemente citados na literatura por estarem relacionados ao desenvolvimento da IC isquêmica e verificar a influencia deles na expressão dos genes estudados. Os pacientes que sofreram IAM prévio foram classificados em dois grupos: disfunção do VE [fração de ejeção do VE (FEVE) ≤ 40%, n = 14] e função do VE normal (FEVE > 40%, n = 14). A expressão de ALOX15, AREG, BCL2A1, BCL2L1, CA1, COX7B, ECHDC3, IL18R1, IRS2, KCNE1, MMP9, MYL4 e TREML4 foram avaliados por RT-PCR. Apenas a expressão de KCNE1 diminuiu no grupo FEVE ≤ 40% (p = 0,007). Foi encontrada correlação positiva entre KCNE1 e fração de ejeção (r = 0,557; p = 0,001). Houve um risco de 12,25 vezes (IC 95%: 1,33 - 113,06; p = 0,027) de disfunção do VE para pacientes com menor expressão de KCNE1. A expressão de KCNE1 mostrou alto AUROC (AUROC: 0,811, IC 95%: 0,642-0,979, p = 0,007), indicando a expressão de KCNE1 como um bom preditor em desfechos cardíacos. Análise da literatura mostrou que os miRNAs mais associados com o desenvolvimento da IC isquêmica são miR-499, miR-1, miR-133a, e miR-208b, sendo o miR-1 já descrito como regulador da expressão do KCNE1, de acordo com banco de dados público miRNet. Dessa forma, este estudo sugere que a expressão de KCNE1, bem como seus mecanismo regulatórios como o miR-1, podem estar relacionados com os níveis de FEVE e, portanto, com o estabelecimento de IC pós-IAM.


  • Mostrar Abstract
  • Heart failure (HF) is a progressive syndrome characterized by the heart's inability to pump enough blood to other tissues, and its main cause is acute myocardial infarction (AMI). Despite advances in identifying markers associated with left ventricular (LV) remodeling, the ideal marker for early and accurate detection of ischemic HF has not yet been found. Therefore, this study aims to evaluate the expression of 13 genes previously associated with AMI in patients with ischemic HF, comparing them with those who had no complications after AMI. In addition, this study sought to summarize the miRNAs most frequently cited in the literature as they are related to the development of ischemic HF and to verify their influence on the expression of the 13 genes. Patients who suffered previous AMI were classified into two groups: LV dysfunction [LV ejection fraction (LVEF) ≤ 40%, n = 14] and normal LV function (LVEF > 40%, n = 14). Expression of ALOX15, AREG, BCL2A1, BCL2L1, CA1, COX7B, ECHDC3, IL18R1, IRS2, KCNE1, MMP9, MYL4 and TREML4 were updated by RT-PCR. Only KCNE1 expression decreased in the LVEF ≤ 40% group (p = 0.007). A positive correlation was found between KCNE1 and ejection fraction (r = 0.557; p = 0.001). There was a 12.25-fold risk (95% CI: 1.33 - 113.06; p = 0.027) of LV dysfunction for patients with lower expression of KCNE1. KCNE1 expression showed high AUROC (AUROC: 0.811, 95% CI: 0.642-0.979, p = 0.007), indicating KCNE1 expression as a good predictor of cardiac outcomes. Literature analysis showed that miR-499, miR-1, miR-133a, and miR-208b are the miRNAs most associated with the development of ischemic HF. According to miRNet public database, miR-1 is already described as a regulator of KCNE1 expression. Thus, this study suggests that the expression of KCNE1, as well as its regulatory mechanisms such as miR-1, may be related to LVEF levels and, therefore, to the establishment of post-AMI HF.

7
  • KLEYTON SANTOS DE MEDEIROS
  • COVID-19 E MEDICINA BASEADA EM EVIDÊNCIAS: DIRETRIZES CLÍNICAS, LABORATORIAIS, TERAPÊUTICAS E DE PROGNÓSTICO

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • AMALIA CINTHIA MENESES DO REGO
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • FRANCIS SOLANGE VIEIRA TOURINHO
  • JANAINA CRISTIANA DE OLIVEIRA CRISPIM FREITAS
  • Data: 27/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: A pandemia de COVID-19, causada pelo vírus SARS-CoV-2, vem crescendo em um ritmo acelerado e se tornou uma emergência de saúde pública. Há evidências limitadas sobre os desfechos da COVID-19 em pacientes quando associada a outras condições clínicas.

    Objetivo: Detectar diretrizes clínicas, laboratoriais, terapêuticas e de prognóstico, através da medicina baseada em evidências, em situações que envolvam pacientes infectados por SARV-COV-2 associado a outras condições clínicas.

    Métodos: Trata-se de sete revisões sistemáticas e meta-análises, as quais seguiram as diretrizes do PRISMA e MORSE, sendo registradas no PROSPERO. PubMed, Web of Science, Embase, CINAHAL, LILACS, clinictrials.gov, SCOPUS, Google Scholar e Cochrane foram as bases de estudos utilizadas para artigos publicados de dezembro de 2019 até fevereiro de 2021. Os resultados primários foram morbidade e mortalidade. Três revisores independentes selecionaram os estudos e extraíram os dados das publicações originais. O risco de viés foi realizado usando a Escala de Newcastle-Ottawa para estudos observacionais e RoB 2 para ensaio clínico randomizado. Para avaliar a força da evidência dos dados incluídos, usou-se o método de Avaliação, Desenvolvimento e Avaliação de Classificação de Recomendação (GRADE). A síntese de dados foi realizada de forma qualitativa. Para avaliar a heterogeneidade, calculou I2 (Teste de Higgins). Quando aplicável, uma síntese quantitativa foi realizada utilizando o software estatístico R.

    Resultado: COVID-19 e Gravidez: Foram incluídos 70 artigos envolvendo 10047 mulheres grávidas com COVID-19. Os sintomas mais comuns foram: febre, tosse, dor torácica, dispneia, congestão nasal, dor de garganta, cefaleia, mialgia, anosmia, ageusia, náusea, vômito, diarreia, taquipneia, taquicardia, fadiga e dessaturação de oxigênio. O principal tipo de parto foi cesáreo (42% [IC 95%; 0,38; 0,47]; I2 = 92%). Houve 108 mortes (2% [IC 95%, 0,01; 0,03]; I2 = 46%) e 50 abortos (15% [IC 95%; 0,11; 0,21]; I2 = 73%]. Suporte ventilatório, admissão na UTI e pneumonia foram desfechos desfavoráveis. Linfopenia, PCR aumentada e fígado foram complicações durante a gravidez. Dos desfechos neonatais: sofrimento fetal (11% [IC 95%; 0,06; 0,19; I2 = 91%], peso ao nascer (15% [IC 95%; 0,10; 0,21; I2 = 76%]; APGAR inferior a 7 (9% [IC 96%; 0,03; 0,27; I2 = 26%], admissão na UTIN (25% [IC 95%; 0,15 ; 0,39; I2 = 90%] e estresse fetal (11% [IC 95%; 0,06; 0,19; I2 = 91%] foram mais prevalentes. Não há evidência de COVID-19 na placenta, leite materno, cordão umbilical e líquido amniótico.

    COVID-19 e HIV/AIDS: A TC de tórax foi observada em pacientes com pneumonia por SARS-CoV-2 com achados de múltiplas opacidades em vidro fosco (GGO) nos pulmões, havendo necessidade de oxigenação suplementar. Um paciente desenvolveu encefalopatia e convulsões tônico-clônicas complicadas; quatro pacientes foram transplantados (dois, fígado; dois, rins), um paciente desenvolveu pneumonia grave por SARS-CoV-2 e 30 pacientes morreram (taxa de mortalidade, 11%).

    COVID-19 e Síndrome de Guillain Baré (SGB): As principais manifestações foram febre, tosse, dispneia, dor de garganta, ageusia, anosmia e insuficiência respiratória, além da anestesia dos membros superiores e inferiores, tetraparesia, diplegia facial, frieza, astenia, dor de mastóide, dor nas costas, tontura e dor nas costas.

    Conclusão: Os desfechos da COVID-19 em pacientes quando associada a outras condições clínicas (Gravidez, HIV e SGB) apresenta-se semelhante a indivíduos saudáveis. Porém, há diferenças relevantes na morbidade e mortalidade. 


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The COVID-19 pandemic, caused by the SARS-CoV-2 virus, has been increasing and has become a public health emergency. There is limited evidence on the outcomes of COVID-19 in patients when associated with other clinical conditions.

    Objective: To detect clinical, laboratory, therapeutic and prognostic guidelines, through evidence-based medicine, in situations involving patients infected with SARV-COV-2 associated with other clinical conditions.

    Methods: These are seven systematic reviews and meta-analyses, which followed the guidelines of PRISMA and MORSE, being registered in PROSPERO. PubMed, Web of Science, Embase, CINAHAL, LILACS, clinictrials.gov, SCOPUS, Google Scholar, and Cochrane, was the study bases used for articles published from December 2019 to February 2021. The primary outcomes were morbidity and mortality. Three independent reviewers selected the studies and extracted data from the original publications. The risk of bias was assessed using the Newcastle-Ottawa Scale for observational studies and RoB 2 for a randomized clinical trial. To assess the strength of evidence of the data included, the Assessment, Development, and Assessment of Classification of Recommendation (GRADE) method were used. Data synthesis was performed qualitatively. To assess heterogeneity, he calculated I2 (Higgins test). When applicable, quantitative synthesis was performed using R statistical software.

    Result: COVID-19 and Pregnancy: 70 articles were included involving 10047 pregnant women with COVID-19. The most common symptoms were: fever, cough, chest pain, dyspnea, nasal congestion, sore throat, headache, myalgia, anosmia, ageusia, nausea, vomiting, diarrhea, tachypnea, tachycardia, fatigue and oxygen desaturation. The main type of delivery was cesarean (42% [CI 95%; 0.38; 0.47]; I2 = 92%). There were 108 deaths (2% [CI 95%, 0.01; 0.03]; I2 = 46%) and 50 abortions (15% [CI 95%; 0.11; 0.21]; I2 = 73%] Ventilatory support, ICU admission, and pneumonia were unfavorable outcomes. Lymphopenia, increased CRP, and liver were complications during pregnancy. Of the neonatal outcomes: fetal distress (11% [CI 95%; 0.06; 0.19; I2 = 91 %], birth weight (15% [CI 95%; 0.10; 0.21; I2 = 76%]; APGAR less than 7 (9% [CI 96%; 0.03; 0.27; I2 = 26%], admission to the NICU (25% [CI 95%; 0.15; 0.39; I2 = 90%] and fetal stress (11% [CI 95%; 0.06; 0.19; I2 = 91 %] were more prevalent. There is no evidence of COVID-19 in placenta, breast milk, umbilical cord, and amniotic fluid.

    COVID-19 and HIV/AIDS: Chest CT has been observed in patients with SARS-CoV-2 pneumonia with findings of multiple ground-glass opacities (GGO) in the lungs, requiring supplemental oxygenation. One patient developed complicated encephalopathy and tonic-clonic seizures; four patients were transplanted (two liver; two kidneys), one patient developed severe SARS-CoV-2 pneumonia, and 30 patients died (mortality rate, 11%).

    COVID-19 and Guillain Bare Syndrome (GBS): The main manifestations were fever, cough, dyspnea, sore throat, ageusia, anosmia, and respiratory failure, in addition to upper and lower limb anesthesia, tetraparesis, facial diplegia, coldness, asthenia, mastoid pain, back pain, dizziness and back pain.

    Conclusion: The outcomes of COVID-19 in patients when associated with other clinical conditions (Pregnancy, HIV, and GBS) are similar to healthy individuals. However, there are relevant differences in morbidity and mortality.

8
  • JEFFERSON ROMÁRYO DUARTE DA LUZ
  • CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E TOXICOLÓGICA DE EXTRATOS OBTIDOS DE ESPÉCIES VEGETAIS DO BIOMA DA CAATINGA E SEUS EFEITOS SOBRE A RESPOSTA INFLAMATÓRIA E HEMOSTASIA

  • Orientador : MARIA DAS GRACAS ALMEIDA THORNTON
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DAMIAO PERGENTINO DE SOUSA
  • ELIZEU ANTUNES DOS SANTOS
  • Heryka Myrna Maia Ramalho
  • MARIA DAS GRACAS ALMEIDA THORNTON
  • RAFAEL BARROS GOMES DA CAMARA
  • Data: 30/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • A inflamação é composta de uma reação vascular e outra celular, conferindo diferentes reações de tecidos e células, tanto do ambiente intravascular, como o do ambiente extravascular. À medida que o processo inflamatório ocorre, proteases da coagulação, em especial a trombina (FIIa), são capazes de desencadear diversas respostas celulares na biologia vascular e por isso, frequentemente é observada a ativação de outros sistemas biológicos, levando a complicações durante um evento inflamatório, como a trombose. Assim, moléculas que interferem positivamente nesses eventos são modelos interessantes para o desenvolvimento de novos fármacos anti-inflamatórios. Neste contexto, destacam-se os metabólitos secundários de plantas medicinais, os quais interagem com diversas proteínas envolvidas em processos biológicos importantes, incluindo inflamação e coagulação. Por essa razão, o presente trabalho teve por objetivo caracterizar química e toxicologicamente os extratos vegetais de duas espécies do Bioma caatinga (Turnera subulata e Licania rigida Benth), bem como, avaliar os potenciais anti-inflamatórios e anticoagulantes dos extratos. Os extratos foram obtidos a partir da coleta e secagem do material vegetal com posterior extração aquosa e alcoólica, sendo em seguida rotaevaporados e liofilizados. Os extratos de Turnera subulata e Licania rigida Benth apresentaram flavonoides como principais fitocomponentes e baixa toxicidade, além de mostrarem um efeito anticoagulante interessante pelos ensaios de TTPA, TP, inibição direta da trombina e indireta através do cofator II da heparina. Sobre a inflamação, os extratos apresentaram significativo efeito inibitório com redução de citocinas pró-inflamatórias (TNF-α e IL-1β) e efeito estimulatório sobre a IL-10, além de serem capazes de reduzir prostaglandina E2 e óxido nítrico. Assim, os resultados exibidos pelos extratos, apontam estes como alvo farmacológico com perspectivas para o desenvolvimento de novas drogas anti-inflamatórias.


  • Mostrar Abstract
  • Inflammation is composed of a vascular and a cellular reaction, conferring different tissue and cell reactions, both in the intravascular and extravascular environments. As the inflammatory process occurs, coagulation proteases, especially thrombin (FIIa), can trigger several cellular responses in vascular biology and, therefore, activation of other biological systems is often observed, leading to complications during an event inflammatory, such as thrombosis. Thus, molecules that positively interfere in these events are interesting models for the development of new anti-inflammatory drugs. In this context, secondary metabolites of medicinal plants stand out, which interact with several proteins involved in important biological processes, including inflammation and coagulation. For this reason, this study aimed to chemically and toxicologically characterize the plant extracts of two species of the Caatinga Biome (Turnera subulata and Licania rigida Benth), as well as to evaluate the anti-inflammatory and anticoagulant potentials of the extracts. The extracts were obtained from the collection and drying of plant material with subsequent aqueous and alcoholic extraction, being then rotaevaporated and lyophilized. Turnera subulata and Licania rigida Benth extracts showed flavonoids as the main phytocomponents and low toxicity, in addition to showing an interesting anticoagulant effect by APTT, PT, direct inhibition of thrombin and indirect inhibition through heparin cofactor II. On inflammation, the extracts showed a significant inhibitory effect with a reduction of pro-inflammatory cytokines (TNF-α and IL-1β) and a stimulatory effect on IL-10, in addition to being able to reduce prostaglandin E2 and nitric oxide. Thus, the results exhibited by the extracts point to these as a pharmacological target with perspectives for the development of new anti-inflammatory drugs.

9
  • EVELLYN CÂMARA GRILO
  • COMPOSIÇÃO CORPORAL DE PACIENTES COM DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE E EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO COM ZINCO SOBRE PARÂMETROS ÓSSEOS DESSA POPULAÇÃO.

  • Orientador : JOSE BRANDAO NETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FATIMA APARECIDA CAROMANO
  • DÉBORA KURRLE RIEGER VENSKE
  • LUCIA DE FATIMA CAMPOS PEDROSA
  • SANCHA HELENA DE LIMA VALE
  • SEVERINA CARLA VIEIRA CUNHA LIMA
  • Data: 29/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) é uma doença neuromuscular que resulta na atrofia muscular progressiva. A terapia disponível para retardar a progressão da DMD é o uso de corticoides. Entretanto, essa terapia possui efeitos colaterais, incluindo alterações da composição corporal, déficit de crescimento e desmineralização óssea. Os métodos para avaliação do estado nutricional da população saudável podem ser imprecisos e inaplicáveis para a população com DMD. Além disso, a avaliação e o manejo da saúde óssea são importantes para a população com DMD. O zinco é um micronutriente importante para a saúde óssea e não foram encontrados estudos envolvendo a suplementação com zinco em pacientes com DMD. Diante dessas demandas em saúde da população com DMD, esta tese de doutorado teve como principais objetivos: verificar a validade da BIA como um método prático de avaliação da composição corporal em pacientes com Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) e investigar o efeito da suplementação com zinco sobre o zinco sérico e parâmetros ósseos nessa população. Para tanto, foram realizados dois estudos: o primeiro estudo de delineamento observacional transversal incluindo 46 pacientes com DMD (Estudo 1) e o segundo estudo de delineamento intervencional aninhado ao uma coorte incluindo 34 pacientes com DMD (Estudo 2). Os estudos foram realizados no ambulatório de Neurologia do HUOL em Natal/RN. O principal achado do Estudo 1 foi que a BIA é um método viável para estimar a % de massa livre de gordura (%MLG) em crianças e adolescentes com DMD. Entre as oito equações preditivas avaliadas, cinco equações foram acuradas para estimar a %MLG pela BIA em pacientes com DMD, respeitando a faixa etária de cada equação. Os principais achados do Estudo 2 foram que a suplementação oral com zinco aumentou os níveis de zinco sérico nos pacientes com DMD que tinham deficiência prévia. Porém, a suplementação com zinco não teve efeito sobre a densidade e conteúdo mineral ósseo de pacientes com DMD. Esses estudos servirão de base para a avaliação de composição corporal utilizando a BIA em pacientes com DMD e para possíveis intervenções com zinco em pacientes com DMD que apresentem deficiência nesse micronutriente.


  • Mostrar Abstract
  • Duchenne Muscular Dystrophy (DMD) is a neuromuscular disease that results in progressive muscle atrophy. The available therapy to slow the progression of DMD is the use of steroids. However, this therapy has side effects, including changes in body composition, growth deficit and bone demineralization. Methods for assessing the nutritional status of the healthy population may be imprecise and inapplicable for the population with DMD. In addition, the assessment and management of bone health is important for the population with DMD. Zinc is an important micronutrient for bone health and no studies were found involving zinc supplementation in patients with DMD. Given these health demands of the population with DMD, this doctoral thesis had as its main objectives: to verify the validity of the BIA as a practical method for assessing body composition in patients with DMD and to investigate the effect of supplementation with zinc on the serum zinc and bone parameters in this population. To this end, two studies were carried out: the first observational cross-sectional study including 46 patients with DMD (Study 1) and the second study with an interventional design nested within a cohort including 34 patients with DMD (Study 2). The studies were carried out at Neurology Outpatient facility at HUOL in Natal/RN. The main finding of Study 1 was that BIA is a viable method to estimate % fat-free mass (%FFM) in children and adolescents with DMD. Among the eight predictive equations evaluated, five equations were accurate to estimate %FFM by BIA in patients with DMD, respecting the age range of each equation. The main findings of Study 2 were that oral zinc supplementation increased serum zinc levels in DMD patients who had prior deficiency. However, zinc supplementation had no effect on bone density and mineral content of patients with DMD. These studies will serve as a basis for the assessment of body composition using BIA in patients with DMD and for possible interventions with zinc in patients with DMD who are deficient in this micronutrient.

10
  • BRUNO ARAÚJO DA SILVA DANTAS
  • QUALIDADE DE VIDA E SINTOMAS DEPRESSIVOS EM IDOSOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: ESTUDO DE INTERVENÇÃO E COMPARATIVO NO BRASIL E EM PORTUGAL

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MARINA DE GÓES SALVETTI
  • Meiry Fernanda Pinto Okuno
  • ROSANA LUCIA ALVES DE VILLAR
  • VILANI MEDEIROS DE ARAUJO NUNES
  • Data: 11/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • Dentro do contexto da saúde mental, a depressão figura entre os distúrbios mais frequentes na população mundial, acometendo o indivíduo de maneira a interferir em seu bem-estar e causando-lhe sofrimento físico e mental. Listada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um dos principais agravos de saúde pública, a depressão afeta mais de 121 milhões de pessoas no mundo, o que representa a quarta maior causa global de doenças em 2000 e projetada para se tornar a segunda maior doença global nos próximos anos. Dada sua importância dentro do contexto de saúde pública e seu agravamento em razão do envelhecimento, a depressão interfere diretamente na Qualidade de Vida (QV), descrita pela OMS como a percepção do próprio indivíduo em relação à sua posição na vida, seja no contexto cultural ou de valores nos quais vive, diante de seus objetivos e expectativas. Esta pesquisa objetivou propor intervenções multidimensionais na QV e em sintomas depressivos, avaliar o seu impacto entre idosos brasileiros e comparar seus aspectos com idosos portugueses atendidos na Atenção Primária à Saúde. A pesquisa foi realizada em duas etapas, representadas pelos dois artigos presentes neste trabalho, sendo o Artigo 1 com recorte longitudinal, que testou o impacto de intervenções multidimensionais aplicadas com idosos brasileiros, usuários da Atenção Primária à Saúde (APS). O Artigo 2 foi um estudo observacional, realizado com recorte transversal que, por sua vez, comparou a associação e o risco da depressão sobre os aspectos da QV entre idosos usuários da APS residentes no Brasil e Portugal. Os instrumentos utilizados nas coletas de dados foram Questionário de Dados Socioeconômicos e de Saúde, Medical Outcomes Short-Form Health Survey-36 (SF-36) que avaliou os níveis de QV, Escala de Depressão Geriátrica, versão com 30 questões que mensurou os sintomas depressivos (Artigo 1), Inventário de Beck com avaliação ampla dos sintomas depressivos (Artigo 2), Mini Exame do Estado Mental (MEEM), que serviu de teste de aptidão mental e psicológica para participação no estudo, uma vez que o próprio participante foi quem forneceu as informações. Para o tratamento e tabulação dos dados em tabelas, foi utilizado o programa Microsoft® Excel 2016 (Microsoft Corporation, Washington, WA, EUA) e o programa estatístico Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 20.0 (IBM, Armonk, NY, EUA). Obteve-se prévia aprovação ética após avaliação no Brasil pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes, CEP / HUOL, com o parecer n ° 562.318 e CAAE: 21996313.7.0000.5537, e em Portugal pelo Comité de Ética em Investigação da Universidade de Évora (parecer n.º 14011) e pelo Comité de Ética para a Investigação Científica nas Áreas da Saúde e Bem-Estar Humano da Universidade de Évora (n.º 17.006 / 2018). No artigo 1, as mudanças observadas após a administração das intervenções multidimensionais convergiram para um desfecho favorável no grupo intervenção em comparação ao grupo controle. Observou-se redução dos sintomas depressivos, bem como melhora nos domínios Saúde Mental, Estado Geral de Saúde e Saúde Física da Qualidade de Vida nos participantes do GI. Considerando que se trata de idosos afetados por muitos fatores limitantes, como baixa renda e baixa escolaridade, esse é um resultado promissor. O artigo 2 destacou a associação, correlação e risco entre a depressão e os aspectos relacionados com os componentes emocional, físico, funcional e de saúde mental. Os dados se mostraram mais expressivos em Portugal em comparação com o Brasil, apesar de também ter apresentado resultados semelhantes, porém com menor relevância. Nesse sentido, aceitamos nossa hipótese de estudo.


  • Mostrar Abstract
  • Within the context of mental health, depression is among the most frequent disorders in the world population, affecting the individual in a way that interferes with their well-being and causing them physical and mental suffering. Listed by the World Health Organization (WHO) as one of the main public health problems, depression affects more than 121 million people worldwide, representing the fourth largest global cause of disease in 2000 and projected to become the second largest global disease in the coming years. Given its importance within the context of public health and its worsening due to aging, depression directly interferes with the Quality of Life (QL), described by the WHO as the perception of the individual in relation to their position in life, whether in the cultural context or values in which it lives, in view of its goals and expectations. This research aimed to propose multidimensional interventions in QoL and depressive symptoms, assess their impact among Brazilian elderly and compare their aspects with Portuguese elderly people assisted in Primary Health Care. The research was carried out in two stages, represented by the two articles present in this work, being Article 1 with a longitudinal cut, which tested the impact of multidimensional interventions applied to elderly Brazilians, users of Primary Health Care (PHC). Article 2 was an observational study, carried out with a cross-sectional view, which, in turn, compared the association and risk of depression on aspects of QoL among elderly PHC users residing in Brazil and Portugal. The instruments used in data collection were the Socioeconomic and Health Data Questionnaire, Medical Outcomes Short-Form Health Survey-36 (SF-36) which assessed the levels of QOL, Geriatric Depression Scale, version with 30 questions that measured symptoms depressive symptoms (Article 1), Beck Inventory with comprehensive assessment of depressive symptoms (Article 2), Mini Mental State Examination (MMSE), which served as a mental and psychological aptitude test for participation in the study, since the participant himself was who provided the information. For the treatment and tabulation of data in tables, the Microsoft® Excel 2016 program (Microsoft Corporation, Washington, WA, USA) and the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 20.0 (IBM, Armonk, NY, USA). Prior ethical approval was obtained after an evaluation in Brazil by the Research Ethics Committee of the University Hospital Onofre Lopes, CEP / HUOL, with opinion No. 562.318 and CAAE: 21996313.7.0000.5537, and in Portugal by the Research Ethics Committee of the University of Évora (opinion no. 14011) and by the Ethics Committee for Scientific Research in the Areas of Health and Human Well-Being of the University of Évora (no. 17.006 / 2018). In article 1, the changes observed after the administration of multidimensional interventions converged to a favorable outcome in the intervention group compared to the control group. There was a reduction in depressive symptoms, as well as an improvement in the domains of Mental Health, General Health and Physical Health and Quality of Life in the GI participants. Considering that these elderly people are affected by many limiting factors, such as low income and low education, this is a promising result. Article 2 highlighted the association, correlation and risk between depression and aspects related to the emotional, physical, functional, and mental health components. The data were more expressive in Portugal compared to Brazil, despite having also presented similar results, but with less relevance. In this sense, we accept our study hypothesis.

2020
Dissertações
1
  • AYANE CRISTINE ALVES SARMENTO
  • IMPACTO DA RADIOFREQUÊNCIA FRACIONAL MICROABLATIVA NA SAÚDE VAGINAL, MICROBIOTA E CELULARIDADE DE MULHERES PÓS-MENOPÁUSICAS

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI
  • RICARDO NEY OLIVEIRA COBUCCI
  • Data: 06/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • OBJETIVOS: Nosso objetivo foi avaliar os efeitos da radiofrequência microablativa fracionada (RFMAF) como uma opção possível no tratamento não hormonal de síndrome geniturinária da menopausa. MÉTODOS: Estudamos 55 mulheres pós-menopáusicas saudáveis antes e depois tratamento relativo ao índice de saúde vaginal (VHI), microbiota vaginal, pH vaginal, e maturação celular. Três aplicações da RFMAF foram realizadas no vagina / intróito vaginal. Durante todo o tratamento, cinco esfregaços vaginais foram obtido e corado pela técnica de Papanicolaou para determinação do grau maturação do epitélio vaginal, corada pelo procedimento de Gram para classificação da flora vaginal, seguindo os critérios de Spiegel e Amsel. Para determinação do pH vaginal, as tiras indicadoras de pH foram aplicadas contra o parede. A análise estatística foi realizada no programa SPSS for Windows (versão 17.0). Os dados apresentados foram relatados como média ± desvio padrão. Diferenças foram analisados pelo método estatístico de equações de estimação generalizadas com estrutura de correlação autoregressiva "1" e erros padrão robustos RESULTADOS: A idade média foi de 59,8 ± 4,2 anos e o tempo de menopausa foi de 15,4 ± 4,5 anos. Após o tratamento, houve um aumento na porcentagem de lactobacilos. (p <0,001). Consequentemente, houve uma diminuição progressiva na pH vaginal durante o tratamento (p <0,001). Em relação à maturação celular, houve uma diminuição na porcentagem de células parabasais (p = 0,001) e um aumento na porcentagem de células superficiais (p <0,001). Além disso, houve também melhora na (p <0,001). CONCLUSÃO: Esses achados sugerem que a RFMAF é bem tolerado e leva a melhora significativa no microambiente vaginal


  • Mostrar Abstract
  • Inglês OBJECTIVES: We aimed to evaluate the effects of microablative fractional radiofrequency (MAFRF) as a possible option in the non-hormonal treatment of genitourinary syndrome of menopause. METHODS: We studied 55 healthy postmenopausal women before and after treatment regarding vaginal health index (VHI), vaginal microbiota, vaginal pH, and cell maturation. Three applications of MAFRF were performed in the vagina/vaginal introitus. During all the treatment, five vaginal smears were obtained and stained by UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE Av. Gal. Gustavo Cordeiro de Farias, s/n – Natal-RN, CEP 59012-570 Telefax: (84) 3342-9776 E-mail: ppgcsa@ccs.ufrn.br the Papanicolaou technique for determining the degree of maturation of the vaginal epithelium, stained according to the Gram procedure for classification of vaginal flora, following the criteria of Spiegel and Amsel. For vaginal pH determination, the pH indicator strips were applied against the vaginal wall. Statistical analysis was performed using SPSS for Windows (version 17.0). Data presented were reported as mean ± standard deviation. Differences were analyzed using the statistical method of generalized estimation equations with autoregressive correlation structure "1" and robust standard errors RESULTS: The mean age was 59.8 ± 4.2 years, and the time of menopause was 15.4±4.5 years. After treatment, there was an increase in the percentage of lactobacilli. (p<0.001). Consequently, there was a progressive decrease in vaginal pH during the treatment (p<0.001). Regarding cell maturation, there was a decrease in the percentage of parabasal cells (p=0.001) and an increase in the percentage of superficial cells (p<0.001). Additionally, there was also improvement in the (p<0.001). CONCLUSION: These findings suggest that MAFRF is well tolerated and leads to significant improvement in the vaginal microenvironment

2
  • JÚLIO SÓCRATES PEIXOTO DA SILVA
  • SELF-SELECTED EXERCISE INTENSITY: A SIMPLE APPROACH TO ENCOURAGE NA ACTIVE LIFESTYLE IN HYPERTENSIVE OLDER WOMEN

  • Orientador : EDUARDO CALDAS COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDUARDO CALDAS COSTA
  • DANIEL UMPIERRE DE MORAES
  • TONY MEIRELES DOS SANTOS
  • Data: 10/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • A defesa ocorrerá em ambiente virtual, utilizando a ferramenta de conferência do Google Meet, acessando a Sala Virtual pelo link https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/eduardo-60.
     
    Será permitido o acesso considerando o seguinte cronograma:
    30 minutos antes: o aluno e orientador, para organizar virtualmente a atividade;
    10 minutos antes, os membros da banca;
    5 minutos antes, o público externo (vagas limitadas).

     

    Purpose: We analyzed the heart rate (HR), rating of perceived exertion (RPE) and affective response of inactive older women with hypertension during two self-selected exercise (SSE) intensity sessions. Moreover, we assessed the reproducibility of these responses. Methods: Thirteen participants (64.5 ± 4.1 years) performed two 30-minute SSE sessions outdoors. HR reserve, RPE and affective response were assessed. Paired t-test, intraclass correlation coefficient (ICC) and typical error (TE) were used for the analyzes. Results: Twelve participants (92%) exercised at moderate-vigorous intensity (≥ 40% of HR reserve) and all participants reported RPE light-moderate and positive affective response during both SSE sessions. No differences between sessions were found for HR (56.5 ± 8.0% vs. 59.1 ± 10.6% of HR reserve), RPE (11.3 ± 1.1 vs. 11.0 ± 1.5) and affective response (3.5 ± 1.1 vs. 3.4 ± 1.2) (p > 0.05). RPE presented excellent reliability (ICC = 0.82; 95% CI: 0.42 to 0.94; p < 0.01), but there was no reliability for HR (ICC = 0.40; 95% CI: -0.97 to 0.82; p = 0.43) and affective response (ICC = 0.19; 95% CI: -2.10 to 0.76; p = 0.37) between sessions. The TE between sessions for HR, RPE, and affective response were 8.1 bpm, 0.8 a.u. and 1.1 a.u., respectively. Conclusion: Inactive hypertensive older women choose a moderate-vigorous intensity when they exercise at a self-selected pace and report it as light-moderate and pleasant. These results seem to support the use of the SSE intensity as a simple approach to encourage an active lifestyle in this population.


  • Mostrar Abstract
  • A defesa ocorrerá em ambiente virtual, utilizando a ferramenta de conferência do Google Meet, acessando a Sala Virtual pelo link https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/eduardo-60.
     
    Será permitido o acesso considerando o seguinte cronograma:
    30 minutos antes: o aluno e orientador, para organizar virtualmente a atividade;
    10 minutos antes, os membros da banca;
    5 minutos antes, o público externo (vagas limitadas).

     

    Purpose: We analyzed the heart rate (HR), rating of perceived exertion (RPE) and affective response of inactive older women with hypertension during two self-selected exercise (SSE) intensity sessions. Moreover, we assessed the reproducibility of these responses. Methods: Thirteen participants (64.5 ± 4.1 years) performed two 30-minute SSE sessions outdoors. HR reserve, RPE and affective response were assessed. Paired t-test, intraclass correlation coefficient (ICC) and typical error (TE) were used for the analyzes. Results: Twelve participants (92%) exercised at moderate-vigorous intensity (≥ 40% of HR reserve) and all participants reported RPE light-moderate and positive affective response during both SSE sessions. No differences between sessions were found for HR (56.5 ± 8.0% vs. 59.1 ± 10.6% of HR reserve), RPE (11.3 ± 1.1 vs. 11.0 ± 1.5) and affective response (3.5 ± 1.1 vs. 3.4 ± 1.2) (p > 0.05). RPE presented excellent reliability (ICC = 0.82; 95% CI: 0.42 to 0.94; p < 0.01), but there was no reliability for HR (ICC = 0.40; 95% CI: -0.97 to 0.82; p = 0.43) and affective response (ICC = 0.19; 95% CI: -2.10 to 0.76; p = 0.37) between sessions. The TE between sessions for HR, RPE, and affective response were 8.1 bpm, 0.8 a.u. and 1.1 a.u., respectively. Conclusion: Inactive hypertensive older women choose a moderate-vigorous intensity when they exercise at a self-selected pace and report it as light-moderate and pleasant. These results seem to support the use of the SSE intensity as a simple approach to encourage an active lifestyle in this population.

3
  • KARINA GOMES TORRES
  • EFEITO A LONGO TERMO DO PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO DO TRABALHADOR SOBRE O ESTADO NUTRICIONAL ANTROPOMÉTRICO DE TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO

  • Orientador : ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • FABIO RESENDE DE ARAUJO
  • ANA CLAUDIA CAVALCANTI PEIXOTO DE VASCONCELOS
  • Data: 06/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • O Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), implementado há mais 40 anos no Brasil, consiste em uma política pública de assistência alimentar e nutricional aos trabalhadores de baixa renda, que tem como finalidade melhorar o estado nutricional da sua clientela por meio da oferta de refeições nos ambientes de trabalho. Porém, vários estudos com desenho transversal relataram maior prevalência de sobrepeso e obesidade em grupos populacionais assistidos pelo PAT. O objetivo deste estudo foi avaliar por meio de um estudo longitudinal a variação a longo prazo dos indicadores antropométricos do estado nutricional e do consumo dietético entre trabalhadores de indústrias de transformação vinculadas e não vinculadas ao PAT. Foi realizado um longitudinal, prospectivo, em uma coorte fechada selecionada por amostragem combinada, estratificada proporcional e em multiestágios, avaliada em duas ondas com um intervalo de 4 anos, em 2014 e 2018. As variações no Índice de Massa Corpórea (IMC), perímetro da cintura (PC) e consumo dietético avaliado por recordatório de 24 horas foram comparadas entre os grupos com análise de covariância. Um total 273 trabalhadores em 16 indústrias, de uma coorte inicial de 1069 trabalhadores de 26 indústrias do Estado do Rio Grande do Norte, foram avaliados nas duas ondas. A idade média foi de 37 ± 10 anos e 53,1% eram do sexo masculino, sem diferenças entre os grupos quanto à idade e distribuição por sexo. O IMC aumentou nos dois grupos a longo prazo (0,44 kg/m² no grupo não PAT, p = 0,003 e 0,56 kg/m² no grupo PAT, p = 0,0006) e o PC aumentou no grupo PAT (1,50 cm, p = 0,0006). A mudança no IMC ao longo do tempo não mostrou diferenças estatísticas entre os grupos (p = 0,54), mas a PC teve um aumento maior no grupo PAT (diferença 1,37 cm, p = 0,047). Não houve diferenças estatísticas entre os grupos na variação a longo termo do consumo dietético. Os resultados obtidos demonstram haver ganho de peso com aumento estatisticamente significante do IMC e do PC nos dois grupos, sendo o aumento do PC maior no grupo PAT quando comparado ao grupo não PAT, o que suporta a hipótese de causalidade entre a participação dos trabalhadores no PAT e o aumento da PC e, possivelmente, do IMC. Esses achados sugerem a necessidade de um monitoramento periódico dos indicadores nutricionais nesses trabalhadores. Reconhece-se a relevância do PAT para essa parcela da sociedade e entende-se que os resultados do presente estudo podem servir de base para a formulação e implementação de estratégias para a promoção da saúde dos trabalhadores por meio da oferta de uma alimentação saudável e adequada às demandas energético-nutricionais dessa população, além do desenvolvimento de outras ações de saúde, com repercussões positivas para a produtividade e o bem estar geral da clientela atendida pelo Programa.


  • Mostrar Abstract
  • The Workers Food Program (WFP), implemented in Brazil for over 40 years, is a public policy of food and nutritional assistance to low-income workers whose main objective is to improve the nutritional conditions of workers through the provision of meals in the workplace. However, several cross-sectional studies have observed higher prevalence of overweight and obesity in populations of workers. The aim of this study was to compare with a longitudinal study the long-term variation in anthropometric indicators of the nutritional status and dietary intake between workers of manufacturing industries adherent to and non-adherent to the WFP. A prospective longitudinal study in a closed cohort selected by a combined stratified and multistage sampling was conducted, with evaluations in two waves with a 4-year interval, in 2014 and 2018. The change in body mass index (BMI), waist circumference (WC) and dietary intake at lunch by the 24-hour recall method were compared between groups with analysis of covariance. A total of 273 workers in 16 industries, from an initial cohort of 1069 workers in 26 industries of the State of Rio Grande do Norte in Brazil, were evaluated in the two waves. The mean age was 37±10 years and 53.1% were male, with no differences between groups in age and sex distribution. BMI increased in both groups (0.44 kg/m2 in non-WFP, p=0.003, and 0.56 kg/m2 in WFP, p=0.0006) and WC increased in the WFP group (1.50 cm, p=0.0006). BMI change over time did not show statistical differences between groups (p=0.54) but WC had a greater increase in the WFP group (difference 1.37 cm, p=0.047). There were no statistically significant differences between groups in the change over time of the dietary intake. The results obtained evidence the weight gain with a statistically significant increase in BMI in both groups and WC in the WFP group, and that the increase in WC was greater in the WFP group. These findings support the hypothesis of a causal nexus between worker participation in the WFP and increased WC and, possibly, BMI. These findings suggest the need for periodic monitoring of nutritional indicators in these workers. The relevance of the WFP is recognized for this portion of society and it is understood that the results of the present study may be helpful for the formulation and implementation of strategies for the promotion of workers’ health through the provision of a healthy diet that is adequate to the energetic-nutritional demands of this population, in addition the development of other health actions, with positive repercussions for productivity and the welfare of the workers.

4
  • GABRIELA SANTANA PEREIRA
  • RISCO DE SÍNDROME METABÓLICA EM TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO VINCULADAS E NÃO VINCULADAS AO PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO DO TRABALHADOR

  • Orientador : ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • TELMA MARIA ARAUJO MOURA LEMOS
  • SANDRA MARIA NUNES MONTEIRO
  • Data: 28/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • Estudos vêm relatando um aumento do risco cardiometabólico entre trabalhadores assistidos pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), única Política Pública de Segurança Alimentar e Nutricional voltada para este público no Brasil, devido à uma maior frequência de excesso de peso e maior perímetro abdominal (PA) nesses indivíduos. Assim, o objetivo deste estudo foi estimar a prevalência da Síndrome Metabólica (SMet) e seus componentes individuais entre trabalhadores da indústria e sua relação com o PAT. Para tanto, desenvolveu-se uma pesquisa prospectiva em dois estágios, transversal, comparativa de trabalhadores de indústrias de transformação aderentes e não aderentes ao PAT, estratificadas por setor de atividade e tamanho da empresa. Após consentimento informado por escrito, os trabalhadores foram entrevistados no local de trabalho, onde foram coletados dados socioeconômicos, biodemográficos e antropométricos, além das informações de saúde e verificação da pressão arterial. Também foram realizadas coletas de sangue (12h de jejum) para determinação de glicemia sérica, triglicerídeos e HDL-colesterol. A regressão logística multinível de efeitos mistos foi usada para comparar os grupos PAT e não PAT separadamente em cada sexo. A pesquisa incluiu 332 trabalhadores de 16 empresas do PAT e 344 trabalhadores de 17 empresas não PAT. A prevalência geral de SMet foi alta, mas sem diferenças estatísticas entre os sexos (39,8% no sexo feminino versus 28,5% no masculino, p = 0,16). Ao comparar os grupos, os homens do grupo PAT apresentaram prevalência de SMet significativamente maior (33,0% versus 23,9% não PAT, p = 0,008) e para os componentes individuais, também se observou maior prevalência de PA aumentada (47,0% versus 29,4% não PAT, p <0,001) e glicemia de jejum elevada (8,9% versus 6,3% não PAT, p <0,001). Para as mulheres, não foram observados resultados estatisticamente significativos na prevalência de SMet e seus componentes individuais entre os grupos. Assim, conclui-se que os programas de assistência alimentar estão associados ao aumento da prevalência da SMet nos homens, mas, possivelmente, não nas mulheres, sugerindo uma influência da insegurança alimentar nos efeitos dos programas de assistência alimentar em populações de baixa renda.


  • Mostrar Abstract
  • Studies have reported an increase in cardiometabolic risk among workers assisted by the Brazilian Worker’s Food Program (WFP), the only Public Food and Nutritional Security Policy aimed at this public in country, due to a higher frequency of overweight and greater waist circumference (WC) in these individuals. Thus, the aim of this study was to estimate the prevalence of Metabolic Syndrome (MetS) and its individual components among manufacturing workers and their relationship to the WFP. To this end, we conducted a prospective cross-sectional two-stage survey comparative of manufacturing workers from companies adherent and non-adherent to the WFP stratified by sector of activity and company size. After written informed consent, workers were interviewed at the workplace, where socioeconomic, bio-demographic and anthropometric data were collected, in addition to health information and blood pressure measurement. Blood samples were taken (12h fasting) to determine serum glucose, triglycerides and HDL-cholesterol. Mixed effects multilevel logistic regression was used to compare WFP and non-WFP groups separately in each sex. The survey included 332 workers from 16 WFP companies and 344 workers from 17 non-WFP companies. The general prevalence of MetS was high, but without statistical differences between the sexes (39.8% in females versus 28.5% in males, p = 0.16). When comparing groups, men in the WFP group had a significantly higher prevalence of MetS (33.0% versus 23.9% non-WFP, p = 0.008) and for the individual components, a higher prevalence of increased WC (47.0% versus 29.4% non-WFP, p <0.001) and high fasting blood glucose (8.9% versus 6.3% non-WFP, p <0.001) was also observed. For women, no statistically significant results were observed in the prevalence of MetS and its individual components between groups. Thus, it is concluded that food assistance programs are associated with an increase in the prevalence of MetS in male workers, but possibly not in women, suggesting an influence of food insecurity on the effects of food assistance programs in low-income populations.

5
  • ANISSA MELO DE SOUZA
  • RELAÇÕES ENTRE MOTIVAÇÕES PARA ESCOLHAS ALIMENTARES E CONSUMO DE GRUPOS DE ALIMENTOS: UM ESTUDO TRANSVERSAL PROSPECTIVO COM TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO NO BRASIL

  • Orientador : ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • SEVERINA CARLA VIEIRA CUNHA LIMA
  • ILANA NOGUEIRA BEZERRA
  • Data: 29/09/2020

  • Mostrar Resumo
  • As motivações para as escolhas alimentares podem determinar o consumo de alimentos e entender essa relação pode ajudar a direcionar estratégias para a formulação de dietas. Este estudo teve como objetivo identificar associações entre as motivações para escolhas alimentares e o consumo de grupos de alimentos. Foi realizada uma pesquisa observacional transversal, com base em uma amostra estratificada probabilística em dois estágios com 921 trabalhadores de 33 indústrias de transformação no Brasil. As motivações para escolhas alimentares foram avaliadas com o Questionário de Escolha Alimentar e a informação sobre a ingestão dos grupos alimentares foi obtida usando recordatório alimentar de 24 horas. O consumo foi classificado em 31 grupos alimentares definidos de acordo com seu valor nutricional e a classificação NOVA. Os dados foram analisados com regressão de efeitos mistos multi-nível. Os resultados mostraram que o apelo sensorial e o preço eram as motivações mais importantes para as escolhas alimentares, enquanto preocupação ética era a menos importante. O apelo sensorial foi associado positivamente ao consumo de condimentos industrializados (p = 0,022), o preço apresentou correlação negativa com o consumo de óleos vegetais (p = 0,022), a preocupação ética mostrou correlação positiva no consumo de carne branca (p = 0,065) e correlação negativa com os pratos de massas (p <0,001). Em relação à classificação NOVA, a saúde correlacionou-se com um aumento no consumo de alimentos não processados (p = 0,017) e o controle de peso com diminuição do consumo de ingredientes culinários (p = 0,057).


  • Mostrar Abstract
  • Motivations for food choices may determine consumption, and understanding that relationship may help direct strategies for formulating diets. This study aimed to identify associations between motivations for food choices and consumption of food groups. An observational cross-sectional survey was conducted in 921 manufacturing workers from 33 companies in Brazil, based on a stratified two-stage probability sample. Motivations for food choices were assessed with the Food Choice Questionnaire, and intake of food groups was measured using 24-h dietary recall. Consumption was classified into 31 food groups defined according to their nutritional value and the NOVA classification. Data were analyzed with multilevel mixed-e_ects regression. The results showed that sensory appeal and price were the most important motivations for food choices, while ethical concern was less important. Sensory appeal was positively associated with consumption of industrialized condiments (p = 0.022), price showed a negative correlation with consumption of plant oils (p = 0.022), ethical concern showed positive correlation within consumption white meat (p = 0.065) and negative correlation within pasta dishes (p < 0.001). Regarding the NOVA classification, health correlated with an increase in consumption of unprocessed foods (p = 0.017) and weight control with a decrease in consumption of processed culinary ingredients (p = 0.057).

6
  • JANICE FRANÇA DE QUEIROZ
  • SEXGYNCARE: DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE APLICATIVOS MÓVEIS PARA ASSISTÊNCIA GINECOLÓGICA E SEXUAL

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI
  • LUCIA ALVES DA SILVA LARA
  • Data: 16/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • O comportamento sexual de risco, gravidez e infecções sexualmente transmissíveis são eventos relacionadas à expressão sexual feminina. O uso de aplicativos móveis pode ajudar as mulheres nos cuidados de saúde. Para isso desenvolvemos o aplicativo móvel GynecoCare.

    Métodos

    O desenvolvimento do GynecoCare foi dividido em três etapas. A primeira foi entender o problema, pesquisar as necessidades das mulheres sobre a função sexual e maternidade, definir os objetivos e funções do aplicativo. A segunda etapa envolveu a preparação, produção de conteúdo informativo, seleção da forma de mídia, definição da estrutura de navegação e design da interface. Na terceira etapa, o GynecoCare foi colocado disponível para uso em celular e tablet

    Resultados

    O GynecoCare foi desenvolvido para o gerenciamento da saúde ginecológica, ciclo menstrual, métodos contraceptivos, sexo, infecções sexualmente transmissíveis e acesso a serviços ginecológicos de emergência pelos usuários. Os dados podem ser registrados e receber dicas sobre os tópicos do aplicativo.

    O GynecoCare visa melhorar o monitoramento dos cuidados de saúde íntimos e sexuais, prevenindo gravidezes indesejadas, comportamentos sexuais de risco e infecções sexualmente transmissíveis

    Conclusão

    O Gynecocare pode ser uma ferramenta tecnológica poderosa e utilizada para auxiliar no gerenciamento da saúde íntima, na promoção da saúde e na adesão a comportamentos adequados, melhorando a qualidade de vida dos usuários.


  • Mostrar Abstract
  • Background

    Sexual risk behaviors, pregnancy, and sexually transmitted infections are diseases related to female sexual expression. The use of mobile apps can help women in gynecological and sexual health care. We developed the GynecoCare mobile app.

    Methods

    The development of GynecoCare was divided into three stages. The first was to understand the problem, survey the needs of women about maternity in high-risk pregnancies, define the objectives and functions of the application. The second stage involved the preparation, production of informative content, selection of the form of media, the definition of the navigation structure, and the design of the interface. In the third stage, GynecoCare was developed.

    Results

    GynecoCare was developed for the management of gynecological health, menstrual cycle, contraceptive methods, sex, sexually transmitted infections, and access to emergency gynecological services by users. Data can be registered and receive tips on the topics of the application.

    GynecoCare aims to improve monitoring of intimate and sexual health care, preventing unwanted pregnancies, risky sexual behavior and sexually transmitted infections

    Conclusion

    It can be a powerful technological tool and used to assist in the management of intimate health, health promotion, as well as in adherence to appropriate behaviors, improving the quality of life of users. 

7
  • CIJARA LEONICE DE FREITAS
  • INCIDÊNCIA E CAUSAS DO NEAR MISS MATERNO: ESTUDO DE BASE POPULACIONAL

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MARIA DA CONCEICAO DE MESQUITA CORNETTA
  • PATRICIA FROES MEYER
  • Data: 25/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • Introdução:

    Todos os dias, em todo o mundo, mulheres morrem de causas evitáveis relacionadas à gravidez e ao parto. Assim, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece como near miss materno (MNM) casos de mulheres que sobreviveram a complicações graves durante a gravidez ou até 42 dias após o parto e recomenda que sejam identificados e estudados, por considerar que se trata de casos precursores da mortalidade materna. Este estudo teve como objetivo estimar a incidência e os fatores associados ao near miss materno

    Métodos: foi realizado um estudo de base populacional em uma maternidade de referência para atendimento obstétrico e neonatal de alta complexidade a mulheres atendidas exclusivamente pelo serviço público de saúde. Os dados foram coletados de todas as gestantes em trabalho de parto que deram à luz ou em trabalho de parto que deram à luz ou tiveram complicações no prazo de 42 dias após o parto, que deram entrada na Maternidade. A comparação entre as variáveis sócio-demográficas e relacionadas à saúde para casos de near miss materno (MNM) e Complicações Maternas Graves (SMC) foi realizada com qui-quadrado de Pearson (X2) para categorias categóricas e teste de Mann-Whitney para contínuas ou sócio-demográficas e relacionados à saúde.

    Resultados: um total de 729 mulheres foram identificadas como um caso de Quase-Miss Maternal (MNM) e 2011 teve Complicações Maternas Graves (SMC). Assim, a população total foi composta por 2.740 casos. A incidência de near miss materno de 185,07 casos por 1000 nascidos vivos e uma incidência entre gestações de alto risco em pesquisas de 26,67% (IC 95%: 24,8 - 28,4).

    Conclusões: oligidrâmnio e baixo número de consultas de pré-natal foram condições associadas ao desenvolvimento do near miss materno.


  • Mostrar Abstract
  •  Background: every day, throughout the world, women die from preventable causes related to pregnancy and childbirth. Thus, the World Health Organization (WHO) recognizes as cases of women who survived serious complications during pregnancy or up to 42 days after delivery as maternal near miss (MNM) and recommends that they be identified and studied, as it considers that these cases are often a precursor of maternal mortality. This study aimed to estimate the incidence and factors associated with maternal near miss

    Methods: a population-based study was carried out at a reference maternity for obstetric and neonatal care of high complexity to women attended exclusively by the public health service. Data were collected from all pregnant women in labor who gave birth or in labor who gave birth or had complications within 42 days after delivery, who was admitted to the Maternity Hospital. The comparison between socio-demographic and health-related variables for maternal near miss (MNM) cases and Severe Maternal Complications (SMC) were performed with Pearson chi-square (X2) for categorical and the Mann – Whitney test for continuous of socio-demographic and health-related.

    Results: a total of 729 women were identified as a case of the Maternal Near-Miss Miss (MNM) and 2011 had Severe Maternal Complications (SMC) . Thus, the total population was composed of 2740 cases. The maternal near miss incidence of 185.07 cases per 1000 live births and an incidence among high-risk research pregnancies of 26.67% (95% CI: 24.8 - 28.4).

    Conclusion: oligohydramnios and low numbers of prenatal consultations were associated conditions for the development of maternal near miss.

8
  • BARTOLOMEU SANTOS DE SOUZA
  • EMULSÃO ÁGUA-EM-ÁGUA COMO UMA NOVA ABORDAGEM PARA PRODUÇÃO DE MICROPARTÍCULAS À BASE DE XILANA CONTENDO MESALAZINA

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • ADLEY ANTONINI NEVES DE LIMA
  • KATTYA GYSELLE DE HOLANDA E SILVA
  • Data: 16/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • O método de emulsão água-em-água foi relatado como uma técnica capaz de preparar micropartículas sem usar solventes nocivos. No entanto, há poucos relatos mostrando o encapsulamento de ativos com baixo peso molecular, em micropartículas produzidas por esta técnica. A razão provável é a rápida difusão dessas moléculas da fase descontínua para a fase contínua. No presente estudo, micropartículas à base de xilana, contendo mesalazina, foram produzidas e a abordagem de reticulação dupla usada para promover maiores taxas de encapsulação, foi divulgada. Para atingir esse objetivo, foi realizado um planejamento fatorial completo 23. Os resultados revelaram que todas as formulações apresentavam micropartículas de formato esférico. No entanto, em condições específicas, apenas algumas formulações atingiram até 50% de fármaco nas micropartículas. Além disso, a nova formulação de micropartículas à base de xilana reteve quase 40% de seu conteúdo de fármaco após 12 horas de um ensaio de dissolução, provavelmente devido ao grau de reticulação. Assim, a abordagem de reticulação dupla utilizada foi eficaz na encapsulação de mesalazina e pode preparar o caminho para produzir com sucesso outros veículos baseados em polissacarídeos para utilização clínica.


  • Mostrar Abstract
  • The water-in-water emulsion method has been reported as a technique able to prepare microparticles without using harmful solvents. However, there are few reports showing the encapsulation of small molecules into microparticles produced within this technique. The probable reason relays on the rapid diffusion of these molecules from the discontinuous phase to the continuous phase. In the present study, xylan microparticles containing mesalamine were produced and the doubled crosslinking approach, used to promote higher encapsulation rates, which was disclosed. To achieve this goal, a 23 full factorial design was carried out. The results revealed that all formulations presented spherical-shaped microparticles. However, at specific conditions, only few formulations reached up to 50% of drug loading. In addition, the new xylan-based microparticles formulation retained almost 40% of its drug content after 12 hours of a dissolution assay likely due to the degree of crosslinking. Thus, the doubled crosslinking approach used was effective on the encapsulation of mesalamine and may pave the way to successfully produce other polysaccharide-based carriers for clinical use.

9
  • ADRIANA OLIVEIRA DE SOUZA
  • SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA COM ATIVIDADE ANTI-TRYPANOSOMA CRUZI QUE CONTÉM FUCANA A DA ALGA SPATOGLOSSUM SCHRÖEDERI

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • PAULO MARCOS DA MATTA GUEDES
  • VALQUIRIA PEREIRA DE MEDEIROS
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Fucanas são polímeros que contêm L-fucose sulfatada em sua constituição. A alga marrom Spatoglossum schröederi sintetiza três tipos de fucanas bioativas, a mais abundante delas é denominada de fucana A. Essa fucana foi extraída da alga S. schröederi e sua identidade foi confirmada por análise química, espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR) e eletroforese em gel de agarose. Posteriormente, ela foi utilizada como agente redutor no processo de síntese de nanopartículas de prata usando um método de síntese ambientalmente amigável, o que culminou na síntese de nanopartículas de prata contendo fucana A (AgFuc). A síntese de AgFuc foi acompanhada por espectroscopia UV-vis a kmax = 440 nm. FTIR confirmou a presença de prata e fucana A em AgFuc. Já a espectrometria de emissão óptica com plasma acoplado (ICP-OES) mostrou que as partículas de AgFuc continham 5% de prata e 95% de polissacarídeos. Espalhamento dinâmico de luz (DLS), difração de raios-X, microscopia eletrônica de varredura e microscopia de força atômica revelaram que as partículas de AgFuc tinham aproximadamente 180,0 nm de tamanho e formato esférico. O DLS também demonstrou que as AgFuc foram estáveis por 5 meses. Testes in vitro demonstraram que AgFuc foi mais eficaz na inibição da capacidade de parasitas (Trypanosoma cruzi) em reduzir o MTT do que a fucana A ou a prata, independentemente do tempo de tratamento. Além disso, o AgFuc induziu a morte de ~ 60% dos parasitas por necrose e ~ 17% por apoptose. Além disso, identificou-se danos mitocondriais nos parasitas causados pela presença de AgFuc, o que sugere que AgFuc seja um agente anti-Trypanosoma cruzi. Este é o primeiro estudo a analisar nanopartículas de prata contendo fucana como agente anti-Trypanosoma cruzi e os dados encorajam futuros estudos pré-clínicos tanto in vitro como in vivo


  • Mostrar Abstract
  • The brown seaweed Spatoglossum schröederi synthesizes three types of bioactive heterofucans, the most abundant of which is fucan A. Silver nanoparticles containing fucan A (AgFuc) were produced using an environmentally friendly method. Fucan was extracted from S. schröederi and its identity was confirmed by chemical analysis, Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR) and agarose gel electrophoresis. The synthesis of AgFuc was analyzed by UV-vis spectroscopy at kmax = 440 nm and FTIR, which confirmed the presence of silver and fucan A in the product AgFuc. Dynamic light scattering (DLS), X-ray diffraction, scanning electron microscopy and atomic force microscopy revealed that the AgFuc particles were approximately 180.0 nm in size and spherical shape. DLS also produced that AgFuc was stable for 5 months and optical coupled plasma emission spectrometry (ICP-OES) showed that the AgFuc particles contained 5% silver. AgFuc can also be more effective in inhibiting the parasites' ability to reduce MTT than fucan A or silver, regardless of treatment time. In addition, AgFuc induced the death of ~ 60% of the parasites by necrosis and ~ 17% by apoptosis. Therefore, AgFuc induces damage to the parasites' mitochondria, which must be an anti-Trypanosoma cruzi agent. This is the first study to analyze silver nanoparticles containing fucana as an anti-Trypanosoma cruzi agent. Our data indicate that AgFuc nanoparticles have therapeutic applications, which must be determined through pre-clinical studies in vitro and in vivo

10
  • ADRIANO LUÍS DE CARVALHO ARAÚJO
  • DESENVOLVIMENTO E VALIDAÇÃO CLÍNICA DE UM SOFTWARE PARA MEDIÇÃO AUTOMATIZADA DA DENSIDADE MAMÁRIA

  • Orientador : ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • FRANKLIN DE FREITAS TERTULINO
  • Data: 21/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: A densidade mamária à mamografia é um importante preditor de câncer de mama, mas sua mensuração apresenta limitações relacionadas à subjetividade da avaliação visual ou ao difícil acesso aos métodos de mensuração volumétrica automática. Aqui, descrevemos o projeto e a validação clínica do Aguida, um programa de software para quantificação automática da densidade mamária a partir de imagens de mamografia plana.

    Materiais e métodos: O software foi desenvolvido em MatLab. Após a segmentação da imagem separando o pano de fundo da imagem da mama, o operador posiciona um cursor definindo uma região de interesse no músculo peitoral maior, a partir da visão oblíqua médio-lateral. Em seguida, na visão craniocaudal, o limiar de separação do tecido denso é baseado na densidade óptica do músculo peitoral, e a proporção do tecido denso é calculada pelo programa. Mamografias obtidas em 2 ocasiões diferentes em 291 mulheres foram utilizadas para avaliação clínica.

    Resultados: O coeficiente de correlação intraclasse (ICC) entre as medidas de densidade mamária pelo software e pelo radiologista foi de 0,96, com viés de apenas 0,67 pontos percentuais e limite de concordância de 95% de 13,5 pontos percentuais; o ICC foi de 0,94 na avaliação da confiabilidade interobservador por dois radiologistas com experiências diferentes; e o ICC foi de 0,98 na avaliação da confiabilidade intraobservador. A distribuição entre as classes de densidade ficou próxima dos valores obtidos com o software volumétrico.

    Conclusões: A medida da densidade mamária com o programa Aguida a partir de imagens de mamografia plana mostrou alta concordância com a determinação visual dos radiologistas e alta confiabilidade inter e intraobservador.


  • Mostrar Abstract
  • Background: Mammographic breast density is an important predictor of breast cancer, but its measurement has limitations related to subjectivity of visual evaluation or to difficult access for automatic volumetric measurement methods. Herein, we describe the design and clinical validation of Aguida, a software program for automated quantification of breast density from flat mammography images.

    Materials and methods: The software program was developed in MatLab. After image segmentation separating the background from the breast image, the operator positions a cursor defining a region of interest on the pectoralis major muscle from the mediolateral oblique view. Then, in the craniocaudal view, the threshold for separation of the dense tissue is based on the optical density of the pectoral muscle, and the proportion of dense tissue is calculated by the program. Mammograms obtained from 2 different occasions in 291 women were used for clinical evaluation.

    Results: The intraclass correlation coefficient (ICC) between breast density measurements by the software and by a radiologist was 0.96, with a bias of only 0.67 percentage points and a 95% limit of agreement of 13.5 percentage points; the ICC was 0.94 in the interobserver reliability assessment by two radiologists with different experience; and the ICC was 0.98 in the intraobserver reliability assessment. The distribution among the density classes was close to the values obtained with the volumetric software.

    Conclusions: Measurement of breast density with the Aguida program from flat mammography images showed high agreement with the visual determination by radiologists, and high inter- and intra-observer reliability.

Teses
1
  • JESSICLEY FERREIRA DE FREITAS
  • Evidências de validade em um instrumento de avaliação de competências profissionais na prática do nutricionista na gestão da alimentação coletiva

  • Orientador : JOAO CARLOS ALCHIERI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOAO CARLOS ALCHIERI
  • DINARA LESLYE MACEDO E SILVA CALAZANS
  • THAIZA TEIXEIRA XAVIER NOBRE
  • LUIZ GUSTAVO VIEIRA CARDOSO
  • POLIANA CARDOSO MARTINS
  • Data: 05/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • As mudanças ocorridas no âmbito científico, político e laboral impactam diretamente na formação dos profissionais de saúde, e neste cenário, a atuação do nutricionista na gestão da alimentação coletiva exige competências profissionais bem consolidadas, cuja relevância reside na promoção da saúde e prevenção de agravos, portanto, a ausência de pesquisas que versam sobre a temática de competências quanto a área estudada motivou a presente investigação. Objetivou-se, analisar as evidências de validação do padrão de competências profissionais do nutricionista na Gestão da Alimentação Coletiva. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes sob o parecer nº 1.251.497. Trata-se de pesquisa de cunho metodológico, de natureza quali-quantitativa, desenvolvida no período de fevereiro de 2017 a novembro de 2019, em três etapas sequenciais. Inicialmente realizou-se o mapeamento das dimensões referentes às competências profissionais, em seguida, realizou-se a tradução e adaptação do Standards of Professional Performance for Registered Dietitian Nutritionists in Management of Food and Nutrition Systems (SSOP), relacionado ao padrão de prestação de serviços. Na terceira etapa juízes foram convidados a avaliar o instrumento (metodologia de consenso Delphi), por meio de formulário de avaliação via On-line, em que cada item foi classificado como adequado, parcialmente adequado com ajustes e inadequado, a partir dos critério: clareza e compreensão, pertinência prática e relevância teórica. Na primeira rodada Delphi, participaram 30 juízes. Na segunda rodada, 13 juízes retornaram o formulário respondido. Na terceira rodada, o instrumento foi enviado mais uma vez aos juízes e solicitado que atribuíssem pontos para cada item, com uma variação de 1 a 10 pontos para cada item, considerando seu grau de importância para a Gestão da Alimentação Coletiva. Os itens foram agrupados em níveis administrativos (estratégico, tático e operacional) e realizado o tratamento estatístico para ajustes da pontuação, oito juízes atenderam a solicitação. Os dados foram organizados em planilhas eletrônicas e analisados através da estatística descritiva e inferencial, utilizando-se o programa Microsoft Excel. Para avaliar a validade de conteúdo, utilizou-se o Índice de Validade de Conteúdo (IVC), considerando como aceitável, IVC ≥ 0,80. Antes da validação do conteúdo, o instrumento continha 119 itens. Após as sugestões dos juízes (exclusão e acréscimo de itens), o instrumento final totalizou 63 itens. Considerou-se aceita a composição dos instrumentos pelos juízes, mediante os índices aplicados, sugerindo evidências de validação de conteúdo dos mesmos.


  • Mostrar Abstract
  • The changes that have occurred in the scientific, political and labor spheres have a direct impact on the training of health professionals, and in this scenario, the role of the nutritionist in the management of collective food requires well-established professional skills, whose relevance lies in health promotion and disease prevention, therefore, the absence of research that deals with the theme of competences regarding the studied area motivated the present investigation. The objective was to analyze the evidence of validation of the standard of professional competences of the nutritionist in the Management of Collective Food. The study was approved by the Research Ethics Committee of Hospital Universitário Onofre Lopes under opinion No. 1,251,497. This is a qualitative and quantitative methodological research carried out from February 2017 to November 2019, in three sequential stages. Initially, the dimensions related to professional competences were mapped, then the Standards and Professional Performance for Registered Dietitian Nutritionists in Management of Food and Nutrition Systems (SSOP) were translated and adapted, related to the standard of service provision

    In the third round, the instrument was sent again to the judges and asked to assign points for each item, with a variation of 1 to 10 points for each item, considering its degree of importance for the Management of Collective Food. The items were grouped at administrative levels (strategic, tactical and operational) and the statistical treatment was carried out to adjust the score, eight judges answered the request. The data were organized in electronic spreadsheets and analyzed using descriptive and inferential statistics, using the Microsoft Excel program. To assess content validity, the Content Validity Index (CVI) was used, considering CVI ≥ 0.80 as acceptable. Before content validation, the instrument contained 119 items. After the judges' suggestions (exclusion and addition of items), the final instrument totaled 63 items. The composition of the instruments was considered accepted by the judges, using the indexes applied, suggesting evidence of content validation
2
  • VIRGÍNIA KELMA DOS SANTOS SILVA
  • ACURÁCIA DA ANÁLISE DE IMAGENS ASSISTIDA POR COMPUTADOR NO DIAGNÓSTICO DE LESÕES RADIOLUCENTES MAXILOFACIAIS: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA E META-ANÁLISE.

  • Orientador : HEBEL CAVALCANTI GALVAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EMELINE DAS NEVES DE ARAUJO LIMA
  • HEBEL CAVALCANTI GALVAO
  • MANUEL ANTONIO GORDON NUNEZ
  • PATRICIA TEIXEIRA DE OLIVEIRA
  • ROSEANA DE ALMEIDA FREITAS
  • Data: 17/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivos: Este estudo teve como objetivo buscar evidências científicas sobre a precisão da análise assistida por computador para o diagnóstico de lesões radioluscentes maxilofaciais. Métodos: Uma revisão sistemática foi conduzida de acordo com as declarações do PRISMAP e considerando dez bancos de dados, incluindo a literatura cinzenta. Protocolo foi registrado no PROSPERO (CRD [Blinding]). A estratégia PICO foi usada para definir os critérios de elegibilidade e apenas estudos de testes diagnósticos foram incluídos. Seu risco de viés foi avaliado pela ferramenta Critical Appraisal do Joanna Briggs Institute. Metanálise do modelo de efeitos aleatórios foi realizada e a heterogeneidade entre os estudos incluídos foi estimada usando a estatística I2. A ferramenta GRADE avaliou a qualidade das evidências e a força da recomendação nos estudos incluídos. Resultados: Das 715 citações identificadas, quatro trabalhos, publicados entre 2009 e 2017, preencheram os critérios e foram incluídos nesta revisão sistemática. Foram analisadas 191 lesões, classificadas como granuloma e cisto periapicais, cisto dentígero ou tumor odontogênico queratocístico. Todos os artigos selecionados pontuaram baixo risco de viés. A estimativa de precisão agrupada, independentemente do método de classificação utilizado, foi de 88,75% (IC95% = 85,19-92,30). O teste de heterogeneidade atingiu valores moderados (I2 = 57,89%). De acordo com a ferramenta GRADE, o resultado analisado foi classificado como de baixo nível de certeza. Conclusões: A avaliação global mostrou que todos os estudos apresentaram taxas de alta precisão de sistemas de diagnóstico auxiliados por computador na classificação de lesões maxilofaciais radiolucentes em comparação com a biópsia histopatológica. No entanto, devido à heterogeneidade moderada encontrada entre os estudos incluídos nesta meta-análise, uma recomendação pragmática sobre o uso de análise assistida por computador não é possível.


  • Mostrar Abstract
  • Objectives: This study aimed to search for scientific evidence concerning the accuracy of computer-assisted analysis for diagnosing maxillofacial radiolucent lesions. Methods: A systematic review was conducted according to the statements of PRISMAP and considering ten databases, including the grey literature. Protocol was registered in PROSPERO (CRD [Blinding]). The PICO strategy was used to define the eligibility criteria and only diagnostic test studies were included. Their risk of bias was assessed by the Joanna Briggs Institute Critical Appraisal tool. Random-effects model metaanalysis was performed and heterogeneity among the included studies was estimated using the I2 statistic. The GRADE tool assessed the quality of evidence and strength of recommendation across included studies. Results: Out of 715 identified citations, four papers, published between 2009 and 2017, fulfilled the criteria and were included in this systematic review. A total of 191 lesions, classified as periapical granuloma and cyst, dentigerous cyst, or keratocystic odontogenic tumor, were analyzed. All selected articles scored low risk of bias. The pooled accuracy estimation, regardless of the classification method used, was 88.75%

    (95% CI = 85.19-92.30). Heterogeneity test reached moderate values (I2 = 57.89%).

    According to the GRADE tool, the analyzed outcome was classified as having low level of certainty. Conclusions: The overall evaluation showed all studies presented high accuracy rates of computer-aided diagnosis systems in classifying radiolucent maxillofacial lesions compared to histopathological biopsy. However, due to the moderate heterogeneity found among the studies included in this meta-analysis, a pragmatic recommendation about the use of computer-assisted analysis is not possible.

3
  • CYNTHIA MEIRA DE ALMEIDA GODOY
  • RELAÇÃO DA INTOLERÂNCIA ALIMENTAR 2 ANOS APÓS CIRURGIA D BYPASS GÁSTRICO EM DE ROUX PARA OBESIDADE COM EFICIÊNCIA MASTIGATÓRIA E CONSUMO DE PROTEÍNAS 

  • Orientador : ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • HIPOLITO VIRGILIO MAGALHAES JUNIOR
  • RENATA VEIGA ANDERSEN CAVALCANTI
  • FLÁVIO KLEIMER
  • LEANDRO DE ARAUJO PERNAMBUCO
  • Data: 10/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • A defesa ocorrerá em ambiente virtual, utilizando a ferramenta de conferência do Google Meet, acessando a Sala Virtual pelo link https://meet.google.com/hcp-rszn-qes.
     
    Será permitido o acesso considerando o seguinte cronograma:
    30 minutos antes: o aluno e orientador, para organizar virtualmente a atividade;
    10 minutos antes, os membros da banca;
    5 minutos antes, o público externo (vagas limitadas).


    A cirurgia bariátrica demonstrou ser eficaz na redução de peso de indivíduos obesos e a cirurgia de Bypass Gástrico em Y de Roux (BGYR) é uma das cirurgias mais realizadas, respondendo por 30% de todos os procedimentos bariátricos . Uma complicação conhecida do BGYR é a intolerância alimentar que pode limitar a ingestão de alguns alimentos como proteínas.
    Objetivo: Investigar a relação entre intolerância alimentar após BGYR e eficiência mastigatória, tempo e ciclos de mastigação e consumo de proteínas e carnes vermelhas.
    Métodos: Estudo caso-controle em indivíduos acima de 18 anos submetidos ao BGYR há mais de 2 anos, com ausência de mais de 2 unidades dentárias e avaliação normal do sistema motor oral, com (casos) e sem (controles) intolerância alimentar ( regurgitação e / ou vômito mais de uma vez por semana). A eficiência mastigatória foi avaliada por uma técnica de peneiramento para determinar a granulometria da carne vermelha mastigada pelo sujeito do estudo de acordo com um protocolo predefinido e classificada de muito ruim a excelente. O consumo de proteínas e carne vermelha foi avaliado pelo recordatório habitual de alimentos e diário alimentar de 3 dias. O tamanho da amostra alvo foi definido como 44 indivíduos por grupo, o que proporcionaria um poder de 70% para detectar uma razão de chances maior que 3,0 na comparação de uma eficiência mastigatória muito pobre entre os grupos, assumindo que sua prevalência entre os controles seja de cerca de 25% . As características dos pacientes nos dois grupos de estudo foram descritas por média ± desvio padrão ou número (por cento). Os testes estatísticos para comparações entre grupos incluíram, para proporções, o teste do qui-quadrado e o teste exato de Fisher, e para variáveis contínuas o teste t de Student e, para variáveis que não são normalmente distribuídas, o teste de classificação de Mann-Whitney. A principal variável de estudo foi a eficiência mastigatória em escala ordinal, que foi comparada entre os grupos com o teste não paramétrico de Mann-Whitney. A análise de variância foi utilizada para testar a associação da eficiência mastigatória com o consumo de proteína e carne vermelha, tempo de mastigação e número de ciclos de mastigação. O nível de significância de 5% foi adotado como evidência de diferença significativa. Todas as análises foram realizadas no software Stata 15 (Stata Corporation, College Station, TX, EUA).
    Resultados: A população do estudo foi composta por 24 casos (37,7 ± 7,57 anos, 79,2% do sexo feminino) e 68 controles (38,0 ± 8,75 anos, 61,8% do sexo feminino). Houve associação estatisticamente significante (p = 0,001) entre eficiência mastigatória e intolerância alimentar, com 58,3% dos casos e 23,5% dos controles apresentando péssima eficiência mastigatória. Não foram encontradas evidências de associação entre intolerância alimentar, tempo de mastigação, ciclos de mastigação e baixa ingestão de proteínas ou carne vermelha.
    Conclusão: Um fator que leva o paciente após o BGYR a ter dificuldade na adaptação alimentar e queixa de intolerância alimentar pode estar relacionado à ineficiência mastigatória.

    A defesa ocorrerá em ambiente virtual, utilizando a ferramenta de conferência do Google Meet, acessando a Sala Virtual pelo link https://meet.google.com/hcp-rszn-qes.

     

    Será permitido o acesso considerando o seguinte cronograma:

    30 minutos antes: o aluno e orientador, para organizar virtualmente a atividade;

    10 minutos antes, os membros da banca;

    5 minutos antes, o público externo (vagas limitadas).

     


  • Mostrar Abstract
  • A defesa ocorrerá em ambiente virtual, utilizando a ferramenta de conferência do Google Meet, acessando a Sala Virtual pelo link https://meet.google.com/hcp-rszn-qes.
     
    Será permitido o acesso considerando o seguinte cronograma:
    30 minutos antes: o aluno e orientador, para organizar virtualmente a atividade;
    10 minutos antes, os membros da banca;
    5 minutos antes, o público externo (vagas limitadas).


    Background: Bariatric surgery has been shown to be effective in weight reduction of obese subjects, and Roux-en-Y gastric bypass (RYGB) surgery. is one of the most commonly performed surgeries, accounting for about 30% of all bariatric procedures One known complication of RYGB is food intolerance, which may limit the intake of some foods such as protein.
    Objective: To investigate the relationship between food intolerance after RYGB and masticatory efficiency, chewing time and cycles, and protein and red meat consumption.
    Methods: Case-control study in subjects over 18 years-old who underwent RYGB more than 2 years previously, with absence of no more than 2 dental units and normal oral motor system evaluation, with (cases) and without (controls) food intolerance (regurgitation and/or vomiting more than once a week). Masticatory efficiency was evaluated by a sieving technique to determine the granulometry of red meat chewed by the study subject according to a predefined protocol and classified from very bad to excellent. Protein and red meat consumption were evaluated by usual food recall and 3-day dietary diary. The target sample size was defined as 44 subjects per group, which would afford a power of 70% to detect an odds-ratio greater than 3.0 in the comparison of very poor masticatory efficiency between groups, assuming that its prevalence among controls is about 25%. Patient characteristics in both study groups were described by mean ± standard deviation or number (percent). The statistical tests for between-group comparisons included, for proportions, the chi-square test and the Fisher’s exact test, and for continuous variables the Student’s t-test and, for variables not normally distributed, the Mann-Whitney ranksum test. The main study variable was the ordinal scaled masticatory efficiency which was compared between groups with the non-parametric Mann-Whitney test. Analysis of variance was used to test the association of masticatory efficiency with protein and red meat consumption, chewing time and number of chewing cycles. The 5% significance level was adopted as evidence of a significant difference. All analyses were performed using Stata 15 software (Stata Corporation, College Station, TX, USA).. Results: The study population consisted of 24 cases (37.7±7.57 years-old, 79.2% females) and 68 controls (38.0±8.75 years-old, 61.8% females). There was a statistically significant association (p=0.001) between masticatory efficiency and food intolerance, with 58.3% of cases and 23.5% of controls showing very bad masticatory efficiency. No evidence was found of an association between food intolerance, chewing time, chweing cycles, and low protein or red meat intake.
    Conclusion: One factor that leads the patient after BGYR to have difficulty in food adaptation and complain of food intolerance may be related to masticatory inefficiency.

4
  • MARQUIONY MARQUES DOS SANTOS
  • FRAGILIDADES NA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE FAVORECEM O AUMENTO DAS TENDÊNCIAS DE SÍFILIS ADQUIRIDA NO BRASIL

  • Orientador : KENIO COSTA DE LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KENIO COSTA DE LIMA
  • MARISE REIS DE FREITAS
  • RICARDO ALEXSANDRO DE MEDEIROS VALENTIM
  • CASSIANO FRANCISCO WEEGE NONAKA
  • MANUEL ANTONIO GORDON NUNEZ
  • Data: 12/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • A sífilis adquirida é uma infecção sexualmente transmissível que acomete a população geral e que vem crescendo exponencialmente nos últimos anos, tornando-a uma das mais negligenciada no Brasil.  Esse estudo faz parte de um projeto maior, com o objetivo de enfrentar a sífilis no país a partir do projeto chamado de “Sífilis Não”. Foi desenvolvido um estudo com o objetivo de analisar os fatores que são relacionados com as tendências de sífilis adquirida no Brasil, no período de 2011 a 2018. Trata-se de um estudo ecológico que utilizou dados secundários dos sistemas nacionais de notificações dos 5570 municípios brasileiros e uma base de dados de 37350 equipes de atenção primária em saúde, além de indicadores socioeconômicos e demográficos municipais.  Foram calculadas as tendências da sífilis adquirida a nível municipal a partir da regressão log-linear, cruzando-as com indicadores da atenção primária em saúde e fatores socioeconômicos e demográficos. Por fim, foi construindo um modelo múltiplo a partir da regressão logística. Os dados foram analisados no programa SPSS 20.0, respeitando um nível de significância estatística de 95%. Após as análise, tiveram significância estatística no modelo múltiplo as variáveis preditoras para a sífilis adquirida ascendente: nem todas as equipes de atenção primária em saúde aplicam penicilina (RPaj=1,13; 1,02-1,25); maior proporção de equipes da atenção primária em saúde com notas ruim/regular (RPaj=1,18; 1,07-1,30); porte populacional >100000 habitantes (RPaj=1,98; 1,52-2,57); preservativo feminino disponível parcialmente (RPaj=1,10; 1,01-1,20). Assim, conclui-se que a fragilidade da atenção primária em saúde atrelada a estrutura em municípios de grande porte são os principais fatores que favorecem o crescimento da epidemia de sífilis adquirida nos municípios brasileiros. 


  • Mostrar Abstract
  • Acquired syphilis is a sexually transmitted infection that affects the general population and has been growing exponentially in recent years, making it one of the most neglected in Brazil. This study is part of a larger project aimed at tackling syphilis in the country from the project called “No Syphilis”. A study was developed to analyze the factors that are related to the acquired syphilis trends in Brazil, from 2011 to 2018. This is an ecological study that used secondary data from the national notification systems of the 5570 Brazilian municipalities and a database of 37,350 primary health care teams, besides municipal socioeconomic and demographic indicators. Trends in municipally acquired syphilis were calculated from log-linear regression, intersecting them with indicators of primary health care and socioeconomic and demographic factors. Finally, it was building a multiple model from logistic regression. Data were analyzed using SPSS 20.0 software, respecting a level of statistical significance of 95%. After the analysis, the predictor variables for ascending acquired syphilis were statistically significant in the multiple model: not all primary health care teams apply penicillin (RPaj = 1.13; 1.02-1.25); higher proportion of primary health care teams with poor / fair grades (RPaj = 1.18; 1.07-1.30); population size> 100000 inhabitants (RPaj = 1.98; 1.52-2.57); partially available female condom (RPaj = 1.10; 1.01-1.20). Thus, it is concluded that the fragility of primary health care linked to the structure in large municipalities are the main factors that favor the growth of the acquired syphilis epidemic in Brazilian municipalities.

5
  • DIANA LUZIA ZUZA ALVES SILVA
  • IDENTIFICAÇÃO MOLECULAR, GENOTIPAGEM E EXPRESSÃO GÊNICA DE ISOLADOS AMBIENTAIS E CLÍNICOS DE CANDIDA TROPICALIS, COM ÊNFASE EM FATORES DE VIRULÊNCIA E ESTRESSE CELULAR

  • Orientador : GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • RAQUEL DE MELO BARBOSA
  • REGINALDO GONÇALVES DE LIMA NETO
  • Data: 17/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • Candida tropicalis é uma das principais espécies de Candida, sendo considerada a segunda mais virulenta do gênero. Dentre os fatores de virulência relacionados à essa espécie destaca-se forte produção de biofilme, adesão a células epiteliais bucais humanas, secreção de enzimas líticas, morfogênese e phenotipic switching. Além de todas essas características, C. tropicalis é descrita como um microrganismo osmotolerante e essa capacidade de sobreviver a altas concentrações de sal pode ser importante para a persistência de fungos em ambientes salinos. Essa levedura está intimamente relacionada a C. albicans, e é descrita como o segundo ou terceiro agente etiológico mais comum de candidemia, principalmente na América Latina e na Ásia. Tal fato, aliado à resistência antifúngica crescentemente reportada, demonstra a necessidade de melhor compreensão dos padrões de variabilidade genética desta importante espécie de Candida nos trópicos. Por isso, fizemos uma atualização de C. tropicalis, com foco em todos os assuntos mencionados, bem como avaliamos a variabilidade genotípica e fenotípica de 62 isolados de C. tropicalis obtidos de ambiente costeiro do Nordeste do Brasil, utilizando microssatélite e MALDI-TOF / MS. Houve uma correspondência relativamente baixa entre essas duas técnicas de tipagem, portanto, são necessários mais estudos para consolidar o uso de MALDI-TOF / MS como ferramenta de tipagem de leveduras. No entanto, os dois métodos empregados demonstraram heterogeneidade de C. tropicalis no ambiente costeiro. Também encontramos relativa manutenção da estrutura populacional em uma mesma estação climática, o que pode reforçar a ideia de que essa espécie apresenta potencial de permanecer no ambiente por um longo período de tempo. Além disso, cepas altamente relacionadas foram encontradas em diferentes pontos geográficos de coleta, demonstrando que essa espécie pode se dispersar por longas distâncias, provavelmente influenciada por ações antropogênicas e impulsionada pelas marés e pelo vento.


  • Mostrar Abstract
  • Candida tropicalis is one of the main Candida species, being considered the second most virulent of the genus. Virulence factors related to this species include strong biofilm production, adhesion to human oral epithelial cells, lytic enzyme secretion, morphogenesis and phenotypic switching. In addition to all these characteristics, C. tropicalis is described as an osmotolerant microorganism and this ability to survive in high salt concentrations may be important for fungal persistence in saline environments. This yeast is closely related to C. albicans and is described as the second or third most common etiological agent of candidemia, especially in Latin America and Asia. This fact, combined with the increasingly reported antifungal resistance, demonstrates the need for a better understanding of the genetic variability patterns of this important Candida species in the tropics. Therefore, we made an update of C. tropicalis, focusing on all the subjects mentioned, as well as evaluating the genotypic and phenotypic variability of 62 isolates of C. tropicalis obtained from the coastal environment of Northeast Brazil, using microsatellite and MALDI-TOF / MS. There was a relatively low correspondence between these two typing techniques, so further studies are needed to consolidate the use of MALDI-TOF / MS as a yeast typing tool. However, both methods showed heterogeneity of C. tropicalis in the coastal environment. We also found relative maintenance of population structure in the same climate season, which may reinforce the idea that this species has the potential to remain in the environment for a long period of time. In addition, highly related strains were found at different geographic collection points, demonstrating that this species can disperse over long distances, probably influenced by anthropogenic actions and driven by tides and wind.

6
  • JOÃO FERREIRA DE MELO NETO
  • DRENAGEM VENOSA CEREBRAL EM PACIENTES PORTADORES DE FÍSTULA ARTERIOVENOSA DURAL – CORRELAÇÃO COM O QUADRO CLÍNICO

  • Orientador : ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS CLAYTON MACEDO DE FREITAS
  • KOSHIRO NISHIKUNI
  • ANTONIO MANUEL GOUVEIA DE OLIVEIRA
  • MARIO EMILIO TEIXEIRA DOURADO JUNIOR
  • ROBERTO BEZERRA VITAL
  • Data: 06/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • Razões: Fístulas arteriovenosas durais (FAVD) são conexões arteriovenosas anormais e adquiridas, localizadas entre os folhetos durais. Sintomas podem ser leves ou graves e estão relacionados à anatomia venosa do paciente. Objetivo: Nossa hipótese é que a anatomia venosa do paciente determina o desenvolvimento dos sintomas. O objetivo é identificar quais elementos da anatomia venosa são importantes no desenvolvimento de sintomas maiores em pacientes com FAVD. Métodos: Estudo multicêntrico baseado na análise retrospectiva de angiografias cerebrais com análise sistemática das vias de drenagem cerebrais (incluindo a drenagem da fístula) em pacientes acima de  18 anos de idade com FAVD única. Os pacientes foram divididos em dois grupos, com sintomas menores  (grupo 1, n=112) e maiores (grupo 2, n=89). O grupo 2 foi subdividido em  2a – hemorragia (n=47) e 2b- sintomas não hemorrágicos severos (n=42). Resultados: A prevalência de estenose nas veias de drenagem da FAVD e a identificação de anastomoses finas entre territórios venosos foi significativamente maior no grupo 2 (32.6% and 19.1%, respectivamente) quando comparadas ao grupo 1 (2.68% and 5.36%, respectivamente). Estenose das veias de drenagem da FAVD foi significativamente mais frequente no grupo 2a que no grupo 2b (51.1% vs. 11.9%, p<0.001). Pacientes do grupo 2b tiveram maior prevalência de uso compartilhado da principal via de drenagem cerebral (85.0% vs. 53.2%, p=0.002), ausência de uma via alternativa (45.0% vs. 17.0%, p=0.004) e presença de estagnação de contraste (62.5% vs. 29.8%, p=0.002) quando comparado ao grupo 2a. Em pacientes com fístulas de alto grau, o grupo com sintomas maiores teve maior prevalência de drenagem em uma única direção (31.3% vs. 8.33%, p=0.003), estenose nas veias de drenagem (35.0% vs. 6.25%, p=0.000), ausência de uma via alternativa para drenagem venosa cerebral (31.3% vs. 12.5%, p=0.017) e presença de estagnação de contraste(48.8% vs. 22.9%, p=0.004). Conclusões: Sintomas maiores foram observados quando a drenagem venosa cerebral foi prejudicada pela competição com a fístula (predomínio no grupo 2b) ou quando as veias de drenagem da FAVD tinham características anatômicas que prejudicavam a sua drenagem, com sequente hipertensão no lado venoso da FAVD (predomínio no grupo 2a). Os mesmos achados foram observados quando comparou-se dois grupos de pacientes com lesões de alto grau, sendo um com sintomas maiores e outro com sintomas menores.


  • Mostrar Abstract
  • Background: Dural arteriovenous fistulas (DAVFs) are abnormal, acquired arteriovenous connections within the dural leaflets.  Symptoms may be mild or severe and are related to the patient’s venous anatomy.

    Objective: Our hypothesis is that the patient’s venous anatomy determines development of symptoms. The aim is to identify which venous anatomy elements are important in the development of major symptoms in patients with a DAVF. Methods: Multicenter study based on the retrospective analysis of cerebral angiographies with systematic assessment of brain drainage pathways (including fistula drainage) in patients over 18 years of age with single DAVF. The patients were divided into two groups, with minor  (group 1, n=112) and with major symptoms (group 2, n=89). Group 2 was subdivided into 2a – hemorrhage (n=47) and 2b- severe non-hemorrhagic symptoms (n=42). Results: The prevalence of stenosis in DAVF venous drainage and identification of tiny anastomoses between venous territories was significantly higher in group 2 (32.6% and 19.1%, respectively) when compared to group 1 (2.68% and 5.36%, respectively). Stenosis of DAVF venous drainage was significantly more frequent in group 2a than in group 2b (51.1% vs. 11.9%, p<0.001). Group 2b patients had increased prevalence of shared use of the cerebral main drainage pathway (85.0% vs. 53.2%, p=0.002), absence of an alternative route (45.0% vs. 17.0%, p=0.004) and presence of contrast stagnation (62.5% vs. 29.8%, p=0.002) when compared to group 2a. In patients with high-grade fistula the group with major symptoms had increased prevalence of a single draining direction (31.3% vs. 8.33%, p=0.003), stenosis in the draining vein (35.0% vs. 6.25%, p=0.000), absence of an alternative pathway for brain drainage (31.3% vs. 12.5%, p=0.017) and presence of contrast stagnation (48.8% vs. 22.9%, p=0.004). Conclusions: Major symptoms were observed when normal brain tissue venous drainage was impaired by competition with DAVF (predominance in group 2b) or when DAVF venous drainage had anatomical characteristics that hindered drainage, with consequent venous hypertension on the venous side of the DAVF (predominance in group 2a). The same findings were observed when comparing two groups of patients with high-grade lesions, those with major versus those with minor symptoms.

7
  • VESCIA VIEIRA DE ALENCAR CALDAS
  • ESPAÇO DE VIDA E DECLÍNIO COGNITIVO EM IDOSOS EM DIFERENTES CONTEXTOS SOCIAIS E ECONÔMICOS: RESULTADOS LONGITUDINAIS DO ESTUDO IMIAS

  • Orientador : RICARDO OLIVEIRA GUERRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICARDO OLIVEIRA GUERRA
  • EDUARDO CALDAS COSTA
  • FABRICIA AZEVEDO DA COSTA CAVALCANTI
  • ARMELE DE FATIMA DORNELAS DE ANDRADE
  • ETIENE OLIVEIRA DA SILVA FITTIPALDI
  • Data: 17/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Os aspectos socioeconômicos, socioculturais e psicossociais podem influenciar a função cognitiva de idosos que vivem na comunidade. O uso restrito do espaço de vida também pode estar relacionado com a função cognitiva nos idosos. Nós examinamos a relação longitudinal entre a mobilidade e uso de espaço de vida, e as mudanças na função cognitiva entre idosos residentes na comunidade. Para isso, foram avaliados idosos residentes em diferentes contextos sociais da América do Sul e do Norte, além da Europa. Métodos: Participaram do estudo 1486 idosos da amostra do International Mobility in Aging Study (IMIAS), que foi realizado em cinco cidades diferentes: Tirana (Albânia), Natal (Brasil), Manizales (Colômbia), Kingston and Saint-Hyacinthe (Canadá). Foram construídos dois modelos explicativos: um modelo inicial com caraterísticas socioeconômicas, de arranjos de vida e suporte social; e um segundo modelo com as variáveis anteriores adicionando medidas de desempenho físico, sintomas depressivos e condições crônicas. O uso do espaço de vida foi avaliado através do Life-Space Assessment (LSA), aplicado na linha de base (2012) e a Prova Cognitiva de Leganés (PCL) foi utilizada para avaliar a função cognitiva na linha de base e no follow-up (2016). Resultados: As mulheres apresentaram uso mais restrito do espaço de vida em relação aos homens, e essas diferenças de gênero estavam presentes em todos os locais de pesquisa. A diferença de gênero se torna ainda mais evidente de nas categorias de limite de avaliação do espaço de vida (categorias I e V). Um número maior de mulheres foi classificado na categoria I, e essa diferença de gênero foi maior em Natal, Manizales e Saint-Hyacinthe. Foi observado um declínio na função cognitiva dos idosos em todas as cidades, exceto em Manizales. Os participantes que usavam menos o espaço de vida na linha de base apresentaram declínio significativo na função cognitiva no follow-up (β=-0.79, 95% IC: -1.400 a -0.18, p-valor<0.01), quando comparados aqueles com maior uso do espaço. Essa diminuição foi independente do gênero, idade, cidade, educação, renda insuficiente, suporte social, depressão, função cognitiva na linha de base, condições crônicas e performance física. Conclusão: A restrição no uso do espaço de vida é um fator de prognóstico importante da função cognitiva. Encorajar e manter o uso do espaço pode ser uma meta nas políticas públicas que incentivam o envelhecimento saudável e pode ser útil na prática clínica para promover o estado de saúde e para monitorar os idosos com maior risco de declínio cognitivo.


  • Mostrar Abstract
  • Background: Psychosocial, socioeconomic and sociocultural aspects can influence cognitive function among community-dwelling older adults. Life-space restriction is potentially related to cognitive status. We examined the longitudinal association between life-space mobility and changes in cognitive function in community-dwelling older adults in different social settings of North and South America and Europe. Methods: We used data from 1486 participants of the International Mobility in Aging Study (IMIAS) conducted at five sites: Tirana (Albania), Natal (Brazil), Manizales (Colombia), Kingston and Saint-Hyacinthe (Canada). The IMIAS study methodology has been previously described (Gomez, 2018). Central tendency and dispersion measures were used to describe the sample at the baseline and in the segment. To analyze the relationship between cognition and the use of living space, quantile regression (RQ) was used. The analysis evaluated factors related to cognitive function in 2016, by adjusting the score obtained in 2012. For this analysis, two models were made: an initial model with socioeconomic characteristics, living arrangements and social support; and a second model with the same previous variables adding measures of physical performance, depressive symptoms and chronic conditions (group of clinical variables). The use of living space was assessed using the Life-Space Assessment (LSA), applied at the baseline (2012) and the Leganés Cognitive Test (PCL) was used to assess the cognitive function at the baseline and at the follow- up (2016). Results: Women had a more restricted use of living space than men (p <0.001), and these gender differences were present in all research sites. The gender difference becomes even more evident than in the boundary categories (categories I and V). A larger number of women were classified in category I (p <0.001) and this gender difference was greater in Natal, Manizales and Saint-Hyacinthe. Results: A decrease in the cognitive function was observed at all research sites, except in Manizales. Participants with more restricted life-space at baseline had a decrease in their cognitive function 4 years later (β=-0.79, 95% CI: -1.400 to -0.18, p-value<0.01) compared to those with the highest level. This decrease was independent of gender, age, research site, education, income sufficiency, social support, depression, cognitive function at baseline, chronic conditions and physical performance. Conclusions: Restriction in life-space is an important prognostic factor for cognitive function. Maintaining life-space can be a goal in public policies aimed at encouraging healthy aging, and might be useful in clinical practice to promote health status and to monitor older people at higher risk of cognitive decline.

8
  • RENATO FERREIRA DE ALMEIDA JUNIOR
  • CLOROQUINA INCORPORADA EM NANOPARTÍCULAS NA DIABETES MELITTUS TIPO 1: NOVA TERAPIA IMUNOMODULADORA

  • Orientador : ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • JOAO FELIPE BEZERRA
  • Juliano Carlo Rufino de Freitas
  • MARCELA ABBOTT GALVAO URURAHY
  • MARCELO DE SOUSA DA SILVA
  • Data: 18/09/2020

  • Mostrar Resumo
  • A inflamação associada ao diabetes mellitus tipo 1 (DM1) contribui para o desenvolvimento de complicações micro e macrovasculares. Nesse contexto, a cloroquina (CQ), um anti-inflamatório, aparece como um potencial tratamento adjuvante na inflamação de controle. Além disso, o uso desse fármaco incorporado nas nanopartículas aumentará sua biodisponibilidade, melhorando a resposta farmacológica. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito de CQ e nanopartículas de cloroquina (CQ NP) nas expressões de mRNA de citocinas pró-inflamatórias em células mononucleares do sangue periférico (PBMC) de pacientes com DM1. Foram selecionados 25 indivíduos normoglicêmicos e 25 pacientes com DM1, ambos com idades entre 10 e 16 anos. A PBMC de todos os indivíduos foi isolada e dividida em 2 grupos: normoglicêmico (GN) e diabético tipo 1 (DM1). Sucessivamente, o DM1 foi subdividido em 3 grupos: não tratado (NT), tratado com CQ (CQ) e tratado com CQ NP (CQ NP). Posteriormente, as células foram incubadas por um período de 48 horas e até 24 horas as expressões de mRNA de IL1B, IFNG, TNFA, IL12 e IL10 foram determinadas por quantificação relativa em PCR em tempo real. A análise da expressão do mRNA das citocinas mostrou que a administração de CQ reduziu a expressão gênica de citocinas inflamatórias. Em conclusão, CQ e CQ NP demonstrou ser um adjuvante no tratamento de DM1.


  • Mostrar Abstract
  • Inflammation associated with type 1 Diabetes mellitus (T1DM), contribute to the development of micro and macrovascular complications. In this context, chloroquine (CQ), an anti-inflammatory drug, appears as a potential adjunctive treatment in control inflammation. In addition, the use of this drug incorporated in nanoparticles will increase its bioavailability, improving the pharmacological response. This study aimed to evaluate the effect of CQ and chloroquine nanoparticles (CQ NP) on proinflammatory cytokine mRNA expressions in peripheral blood mononuclear cells (PBMC) of T1DM patients. Twenty-five normoglycemic individuals and 25 T1DM patients both aged 10-16 years were selected. Then PBMC of all of the individuals were isolated, and divided into 2 groups: normoglycemic (NG) and diabetic type 1 (T1DM). Successively, T1DM was subdivided into 3 groups: untreated (NT), CQ treated (CQ) and treated with CQ NP (CQ NP). Subsequently the cells were incubated for a period of 48 hours and up to 24 hours the mRNA expressions of IL1B, IFNG, TNFA, IL12 and IL10 were determined by relative quantification in real time PCR. Analysis of cytokine mRNA expression showed that administration of CQ reduced gene expression of inflammatory cytokines. In conclusion, CQ and CQ NP has been shown to be an adjuvant in the treatment of T1DM.

9
  • RÔMULO DOS SANTOS CAVALCANTE
  • EIXIMUNOMODULAÇÃO DO MICROAMBIENTE DO CÂNCER DE MAMA POR NANOPARTÍCULAS DE HA-PEI-PLGA-MTX COMBINADO AO ANTI-PD-L1 VIA SUPRESSÃO DO EIXO DE SINALIZAÇÃO IL-10/STAT3/NF-ΚB

  • Orientador : RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • KARUZA MARIA ALVES PEREIRA
  • PAULO MARCOS DA MATTA GUEDES
  • RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
  • RENATA FERREIRA DE CARVALHO LEITÃO
  • Data: 02/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • A inflamação associada ao microambiente tumoral no câncer de mama está intimamente relacionada ao desenvolvimento e progressão do tumor. Nesse sentido, a compreensão dos mecanismos envolvidos, bem como, a busca por meios de combater tal processo inflamatório tem sido um desafio e amplamente investigado. Nesse estudo, uma nova abordagem imunoterapêutica que utiliza nanocarreadores de drogas (metotrexato - MTX) à base de PLGA, recoberto com polietilenoimina (Pei) e ácido hialurônico (HA), juntamente com o inibidor de checkpoint imunológico anti-PD-L1 é sugerida como forma de reduzir o desenvolvimento e a progressão do câncer de mama por meio da imunomodulação do seu microambiente tumoral. A partir do modelo alográfico de desenvolvimento de câncer de mama ortotópico, os tecidos tumorais foram avaliados por qRT-PCR e imunohistoquímica. Análises complementar de biocompatibilidade e internalização das nanopartículas, bem como a investigação do perfil de morte e migração celular e polarização de macrófagos foram avaliados in vitro. As nanopartículas de PeiPLGA-MTX peladas ou revestidas com HA, sozinhas ou combinadas com anti-PD-L1, promoveram a imunomodulação do microambiente tumoral e consequente alteração no curso tumorigênico com redução significativa do tumor primário e metástases. Além disso, os mesmos tratamentos foram capazes de reduzir consideravelmente a população de macrófagos M2, bem como promover a downregulação do eixo sinalizatório IL-10/STAT3/NF-κB no microambiente tumoral. A supressão desse eixo de sinalização, sobretudo em macrófagos M2, parece ter interrompido a comunicação entre as células imunológicas e malignas, reduzindo assim os eventos pró-tumorais críticos, como: escape imunológico; sobrevivência celular; resistência a drogas e apoptose, bem como alguns mecanismos-chave na transição epitelial mesenquimal. Tais resultados lançam luz sobre a compreensão dos mecanismos imunológicos que fundamentam a progressão tumoral e traz à tona um promissor nanocarreador de drogas capaz de modular satisfatoriamente o microambiente tumoral imunológico do câncer de mama.


  • Mostrar Abstract
  •  

     

    Inflammation associated with the tumour microenvironment (TME) in breast cancer is closely related to the development and progression of the tumour. In this sense understand the involved mechanisms, as well as ways to combat the inflammatory process is challenging and has been widely investigated. In this study, a novel immunotherapeutic approach using PLGA-based drug nanocarrier (methotrexate - MTX), covered with polyethyleneimine (Pei) and hyaluronic acid (HA), combined with anti-PD-L1 immune checkpoint inhibitor is suggested as way to reduce the development and progression of breast cancer through immunomodulating its tumour microenvironment. From the allographic model of orthotopic breast cancer development, the tumours were evaluated by qRT-PCR and immunohistochemistry. Complementary analysis of biocompatibility and internalization of nanoparticles, as well as the investigation of cell death profile, cells migration and polarization of macrophages were evaluated in vitro. Naked or HA-coated PeiPLGA-MTX nanoparticles, alone or combined with anti-PD-L1, promoted immunomodulation of the tumour microenvironment and consequent alteration in the tumorigenic course with significant reduction of the primary tumour and metastasis. In addition, the same treatments were able to considerably reduce the M2 macrophages population, as well as promoting downregulation of IL-10 / STAT3 / NF-κB signalling axis in the tumour microenvironment. The suppression of this signalling axis, especially in M2 macrophages, appears to have disrupted the crosstalk between immune and malignant cells, thus reducing critical pro-tumour events, such as: immune escape; cell survival; drug and apoptosis resistance, as well as some key mechanisms in the epithelial-mesenchymal transition. Such results shed light on the understanding of immunological mechanisms that underlie tumour progression and brings up a promising drug nanocarrier capable of satisfactorily modulating the immunological tumour microenvironment of breast cancer.

10
  • OLÍVIA DAYSE LEITE FERREIRA
  • EVIDÊNCIAS DE VALIDADE DO INVENTÁRIO DE SINTOMAS PRÉ-FRONTAIS PARA A POPULAÇÃO IDOSA COM E SEM DEMÊNCIA

  • Orientador : JOAO CARLOS ALCHIERI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • JOAO CARLOS ALCHIERI
  • LEOPOLDO NELSON FERNANDES BARBOSA
  • NELSON TORRO ALVES
  • THAIZA TEIXEIRA XAVIER NOBRE
  • Data: 14/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • O envelhecimento provoca uma série de mudanças psicológicas, biológicas e sociais na vida dos indivíduos. Constantemente, observa-se, um declínio nas funções cognitivas, o que pode ser um possível fator de risco para o desenvolvimento da Doença de Alzheimer (DA). No diagnóstico da DA um dos recursos utilizados pelos clínicos têm sido os testes de rastreio cognitivo. O uso de entrevistas clínicas e inventários comportamentais também se mostram relevantes, neste aspecto, destaca-se um instrumento de origem espanhola, nomeando Inventário de Sintomas Pré-Frontais (ISP). Assim sendo, o objetivo do presente estudo foi adaptar o referido instrumento para o português brasileiro e procurar evidências de validade para a população de idosos com e sem demência. Para tanto, inicialmente adaptou-se idiomática e culturalmente o ISP-20 e posteriormente aplicou-se a 256 idosos com e sem o diagnóstico de provável DA, com idade acima de 60 anos de ambos os sexos, e pelo menos um ano de escolaridade formal. Os participantes também responderam a uma entrevista clínica, ao Mini Exame do Estado Mental (MEEM), a Bateria de Avaliação Frontal (BAF) e a Escala de Depressão Geriátrica (EDG). Os resultadosmostraram índices de ajustes satisfatórios e confiabilidade adequada (Ω de 0,83 e α = 0,80) para o modelo uni-fatorial. O grupo não clínico exibiu correlações significantes entre o ISP-16, a GDS-15, o MEEM, a BAF e seus seis subtestes, já no grupo clínico houve correlações negativas apenas entre o ISP-16, o MEEM, a BAF e o subteste conceituar. Na comparação entre os grupos constatou-se diferenças estatísticas, com a amostra clínica exibindo maior pontuação no ISP-16. Ao averiguar a acurácia do ISP para o diagnóstico de provável DA. Na amostra total, o ponto de corte do ISP-16 foi de > 19 pontos, com sensibilidade (SE) de 72%, e especificidade (ES) de 68% (moderadas). A precisão da BAF apresentou-se semelhante ao do ISP-16 e o MEEM exibiu SE (80%) e ES (72%) superiores. A acurácia, a SE e a ES no grupo com alto nível de escolaridade foi superior para todos os instrumentos, quando comparado com o de baixo nível de escolaridade. No que concerne à divisão entre as idades dos participantes, as acurácias do ISP-16 e do MEEM se mantiveram semelhantes, as SE de todos os instrumentos se elevaram e as ES obtiveram um declínio, considerando os idosos com mais de 70 anos. Portanto, o ISP-16 pode ser empregado como uma ferramenta válida e confiável para o uso clínico na população de idosos com e sem patologia, sendo um instrumento de auto relato adequado para rastrear problemas comportamentais relacionados ao córtex pré-frontal.


  • Mostrar Abstract
  • Aging causes a series of psychological, biological and social changes in the life of individuals. Constantly, a decline in cognitive functions is observed, which can be a possible risk factor for the development of Alzheimer’s disease (AD). For the diagnosis of AD one of the resources used by clinicians has been cognitive screening tests. The use of clinical interviews and behavioural inventories are also seen as relevant, in this aspect, an instrument of Spanish origin stands out, naming Prefrontal Symptoms Inventory (PSI). Therefore, the aim of this study was to adapt this instrument to Brazilian Portuguese and to look for evidences of validity for the elderly population with and without dementia. For this, the PSI-20 was initially adapted idiomatically and culturally and subsequently applied to 256 elderly with and without the diagnosis of probable AD, aged over 60 years of both sexes, and at least one year of formal schooling. The participants also answered a clinical interview, the Mini Mental State Examination (MMSE), the Frontal Assessment Battery (FAB) and the Geriatric Depression Scale (GDS). The results showed satisfactory adjustment indexes and adequate reliability (Ω of 0.83 and α = 0.80) for the unifactorial model. The non clinical group exhibited significant correlations between the PSI-16, the GDS-15, the MMSE, the FAB and their six subtests, however in the clinical group there were negative correlation only among the PSI-16, the MMSE, the BAF and the conceptualization subtest. In the comparison between the groups, statistic differences were found, with the clinical sample showing higher punctuation in the PSI-16. When checking the accuracy of the PSI to the diagnosis of probable AD. In the total sample, the cutting point of the PSI-16 was >19 points, with sensibility (SE) of 72%, and specificity (ES) of 68% (moderate). The accuracy of the FAB was similar to the one of the PSI-16 and the MMSE displayed SE (80%) and ES (72%) higher. The accuracy, the SE and the ES in the group with high schooling level was superior for all the instruments, when compared with the low schooling level. Regarding the division between the ages of the participants, the accuracies of the PSI-16 and of the MMSE remained similar, the SE of all the instruments increased and the ES obtained a decline, considering elderly people aged more than 70 years old. Therefore, the PSI-16 may be used as a valid and reliable tool for the clinical use in the population of elderly people with and without pathology, being a self report suitable instrument to track behavioural problems related to the prefrontal cortex.

11
  • MICHELLE VASCONCELOS DE OLIVEIRA BORGES
  • APTIDÃO CARDIORRESPIRATÓRIA, COMPOSIÇÃO CORPORAL E PARÂMETROS BIOQUÍMICOS EM GÊMEOS MONOZIGOTOS E DIZIGOTOS

  • Orientador : PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE DUCATI LUCHESSI
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • RODOLFO DE ALKMIM MOREIRA NUNES
  • VINÍCIUS CUNHA DE OLIVEIRA
  • Data: 16/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: A relação do ponto ótimo cardiorrespiratório com medidas de composição corporal e variáveis bioquímicas é desconhecida, bem como a influência de fatores genéticos e ambientais nesta variável. Além disso, são raras as pesquisas que utilizam gêmeos discordantes para o exercício físico e avaliam seus efeitos sobre fatores de risco metabólicos. Objetivo: Avaliar a aptidão cardiorrespiratória, composição corporal e parâmetros bioquímicos em irmãos gêmeos concordantes e discordantes para o exercício físico. Métodos: Estudo transversal com gêmeos adultos. A amostra consistiu em 102 indivíduos, 72,5% do sexo feminino e 27,5% do sexo masculino com idade média 25,4 ± 5,69. A coleta de dados foi realizada entre os anos de 2016 e 2018. No dia 1, os indivíduos foram submetidos a uma avaliação de aptidão física, incluindo medidas de antropometria, composição corporal por Absorciometria de feixe duplo de raios X, e teste de esforço cardiorrespiratório. No dia 2, amostras de sangue de 10 ml foram coletadas para determinar o perfil lipídico e a glicemia de jejum. Foi utilizada a correlação de Spearman para a verificação da herdabilidade e para relacionar as variáveis com o ponto ótimo cardiorrespiratório. Os gêmeos monozigotos foram separados em três grupos: Gêmeos concordantes ativos, Gêmeos concordantes inativos e pares discordantes para o exercício físico. Foi utilizado o teste ANOVA (p<0,001) para análise entre os grupos e o teste Wilcoxon (p<0,05) para uma análise intrapar. Resultados: Não foram observadas associações entre o ponto ótimo cardiorrespiratório e as variáveis de composição corporal. As variáveis bioquímicas HDL, LDL, GLI e TG apresentaram correlação fraca, mas significativa. Foram observadas diferenças entre pares de gêmeos discordantes e entre grupos para variáveis de composição corporal e perfil metabólico incluindo consumo máximo de oxigênio (VO2max), consumo de oxigênio correspondente ao primeiro e segundo limiar ventilatório, perfil lipídico e glicemia em jejum. Conclusão: O Ponto Ótimo Cardiorrespiratório e as variáveis bioquímicas em geral, demonstraram maior tendência a serem influenciados por fatores ambientais. Já a composição corporal demonstrou maior influência da herdabilidade e não se correlacionou significativamente com o ponto ótimo cardiorrespiratório. Além disso, a prática de exercícios físicos foi suficiente para gerar alterações na composição corporal e no VO2máx em gêmeos monozigotos, mas não no perfil lipídico ou na glicemia de jejum.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The relationship between the Cardiorespiratory Optimal Point with body composition measures and biochemical variables is unknown, as well as the influence of genetic and environmental factors on this variable. In addition, research that uses discordant twins for physical exercise and evaluates their effects on metabolic risk factors is rare. Aim: To evaluate cardiorespiratory fitness, body composition and biochemical parameters in concordant and discordant twins for physical exercise. Methods: Cross-sectional study with adult twins. The sample consisted of 102 twins, 72.5% females and 27.5% males, with a mean age of 25.4 ± 5.69. Data collection was carried out between the years 2016 and 2018. On day 1, an assessment of the fitness of the whole body was not found, including anthropometric measures, body composition by Dual-Energy X-ray Absorptiometry, and Cardiorespiratory Exercise Test. On day 2, a 10 ml blood sample was collected (overnight fasting) to determine the lipid profile and fasting blood glucose. Spearman's correlation was used to verify heritability and to relate the variables to the Cardiorespiratory Optimal Point. The monozygote twins were separated into three groups: active concordant twins, inactive concordant twins and discordant pairs for physical exercise. The ANOVA test (p <0.001) was used for analysis between the groups and the Wilcoxon test (p <0.05) for an intrapar analysis. Results: There were no associations between Cardiorespiratory Optimal Point and body composition variables. The biochemical variables HDL, LDL, GLI and TG dissipated, but moderate. Differences were observed between pairs of discordant twins and groups for variables of body composition and metabolic profile including maximum oxygen consumption (VO2max), oxygen consumption corresponding to the first and second ventilatory threshold, lipid profile and fasting blood glucose. Conclusion: The Cardiorespiratory Optimal Point and the biochemical variables in general, showed a greater tendency to be influenced by environmental factors. Body composition, on the other hand, had a greater influence on heritability and compliance was not correlated with the cardiorespiratory optimum. In addition, the practice of physical exercises was sufficient to generate changes in body composition and VO2max in monozygotic twins, but not in the lipid profile or fasting glucose.

12
  • LENILTON SILVA DA SILVEIRA JUNIOR
  • ESTUDO DAS LEUCEMIAS MIELÓIDE AGUDA: MARCADORES CELULARES E FATORES PROGNÓSTICO.

  • Orientador : GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • AMALIA CINTHIA MENESES DO REGO
  • ANA CLAUDIA GALVAO FREIRE GOUVEIA
  • CARLOS ROBERTO ALVES
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • Data: 26/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • A leucemia mielóide aguda (LMA) é uma doença clonal do tecido hematopoiético e representa 80% dos casos de leucemias, em adultos. Ela se divide em sete subtipos (M0 a M7), segundo classificação do grupo Franco-Americano-Britânico. Apesar dos grandes avanços no tratamento quimioterápico, ainda persistem casos de leucemias agudas refratárias ao tratamento ou recorrência da doença, desencadeadas por mecanismos de múltipla resistência a drogas (MDR), sendo a extrusão de agentes quimioterápicos por bombas de efluxo de drogas, um dos principais mecanismos. A análise da glicoproteína P (PgP) e a proteína associada à resistência a múltiplas drogas (MRP), por citometria de fluxo, foi alvo deste estudo, o qual evidenciou que tanto a expressão de ambas foi prevalente em pacientes mais velhos quanto a incidência se mostrou maior nos casos de refratariedade, recorrência e doença secundária quando comparados aos casos de LMA “de novo”. O uso destes marcadores como parâmetro do perfil MDR auxilia no diagnóstico e tratamento das leucemias agudas, além de ser um marcador de prognóstico para os pacientes com LMA.


  • Mostrar Abstract
  • Acute myeloid leukemia (AML) is a clonal disease of hematopoietic tissue and accounts for 80% of leukemia cases in adults. It is divided into seven subtypes (M0 to M7), according to the classification of the Franco-American-British group. Despite great advances in chemotherapy, there are still cases of acute leukemias refractory to treatment or recurrence of the disease, triggered by mechanisms of multiple drug resistance (MDR), with the extrusion of chemotherapy agents by drug efflux pumps, one of the main mechanisms. The analysis of glycoprotein P (PgP) and protein associated with resistance to multiple drugs (MRP), by flow cytometry, was the target of this study, which showed that both the expression of both was prevalent in older patients and the incidence was showed greater in cases of refractoriness, recurrence and secondary disease when compared to cases of AML “de novo”. The use of these markers as a parameter of the MDR profile helps in the diagnosis and treatment of acute leukemias, in addition to being a prognostic marker for patients with AML.

13
  • ITALO MEDEIROS DE AZEVEDO
  • ACURÁCIA DIAGNÓSTICA DO 18F-FDG-PET NA SEPSE ABDOMINAL EM RATOS

  • Orientador : ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • AMALIA CINTHIA MENESES DO REGO
  • CIPRIANO DA CRUZ FORMIGA
  • FRANCISCO IROCHIMA PINHEIRO
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • Data: 30/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: O objetivo deste estudo foi investigar a acurácia do 18F-FDG-PET no diagnóstico de sepse abdominal multibacteriana por ligadura e punção do ceco em ratos. Métodos: Foram utilizados ratos machos adultos (Rattus norvegicus) da linhagem Wistar, pesando 227±35g, divididos em grupo sepse por ligadura e punção do ceco (n=10) e controle (n=10). Tomografia por emissão de pósitrons usando microPET foi realizada em todos os ratos após 24 horas de observação. Resultados: Todos os animais sobreviveram até o término do período de observação. A razão do percentual do SUV captado no abdome e fígado foi significativamente maior no grupo sepse do que no controle (p=0,004). A curva ROC apresentou acurácia do 18F-FDG-PET para detectar sepse abdominal de 88,9% (p=0,001), com sensibilidade de 90% e espeficidade de 88,9%. Quando estabelecido um ponto de corte de 79% da razão entre a captação da região abdominal e o fígado, a sensibilidade foi de 90%,  especificidade de 88,9%; valores preditivos positivo e negativo de 90,0% e 88,9%, respectivamente. Conclusão: Em conclusão, a acurácia diagnóstica do 18F-FDG-PET em ratos com sepse abdominal foi muito alta. Demonstrou também a capacidade preditiva da relação de captação entre a área infectada e o fígado. Os resultados indicam haver implicações terapêuticas significativas no cenário clínico pois, dada a alta precisão do 18F-FDG-PET, parece útil como exame de imagem na localização de focos sépticos abdominais de difícil diagnóstico.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: The objective of this study was to investigate the accuracy of 18F-FDG-PET in the diagnosis of multibacterial abdominal sepsis by ligation and puncture of the cecum in rats. Methods: Adult male rats (Rattus norvegicus) from the Wistar strain, weighing 227±35g, were divided into a sepsis group by ligation and puncture of the cecum (n = 10) and control (n = 10). Positron emission tomography using microPET was performed on all rats after 24 hours of observation. Results: Results: All animals survived until the end of the observation period. The ratio of the SUV percentage captured in the abdomen and liver was significantly higher in the sepsis group than in the control group (p=0.004). The ROC curve showed an accuracy of 18F-FDG-PET to detect abdominal sepsis of 88.9% (p=0.001), with a sensitivity of 90% and a specificity of 88.9%. When a cut-off point of 79% of the ratio between the uptake on the abdominal region and liver was established, the sensitivity was 90%, specificity of 88.9%; positive and negative predictive values of 90.0% and 88.9%, respectively. Conclusion: In conclusion, the diagnostic accuracy of 18F-FDG-PET in rats with abdominal sepsis was very high. It also demonstrated the predictive ability of the uptake relationship between the infected area and the liver. It can be useful to locate abdominal septic foci by using full body screening.

14
  • ARTHUR SÉRGIO AVELINO DE MEDEIROS
  • DESENVOLVIMENTO DE NANOEMULSÃO CATIÔNICA PARA INCORPORAR A PEÇONHA DO ESCORPIÃO TITYUS SERRULATUS E AVALIAR EFICÁCIA DO SORO PRODUZIDO A PARTIR DE IMUNIZAÇÃO DE CAMUNDONGOS

  • Orientador : ARNOBIO ANTONIO DA SILVA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ARNOBIO ANTONIO DA SILVA JUNIOR
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MATHEUS DE FREITAS FERNANDES PEDROSA
  • CAROLINA ALOISIO
  • ANSELMO GOMES DE OLIVEIRA
  • Data: 18/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • As picadas de escorpiões estão entre as principais causas de acidentes com animais peçonhentos em países endêmicos como o Brasil. O soro antiescorpiônico é um medicamento capaz de neutralizar e proteger pessoas susceptíveis, mas sua produção é alvo de melhorias, considerando a evolução de adjuvantes imunológicos e as dificuldades de coleta da peçonha e sua considerável toxicidade. A peçonha do escorpião possui composição complexa e um adjuvante para imunização e produção do soro apresenta um desafio que pode ser atingido utilizando sistemas de liberação de fármacos baseados em nanotecnologia. Esta tese desenvolveu, de forma inovadora, nanoemulsões para atuar como sistemas de liberação de antígenos da peçonha do escorpião Tityus serrulatus e testar seu potencial adjuvante em camundongos Balb/c. Os estudos com nanotecnologia buscaram estudar fatores da tecnologia que afetassem positivamente a ação adjuvante. O trabalho mostrou que técnicas de baixa energia para obtenção das nanoemulsões possibilitam estabilidade de longo prazo às formulações com perfis de tamanho uniforme e reduzido (menor que 200 nm). As formulações desenvolvidas mostraram ainda ser robustas às alterações de pH, salinidade e puderam ser revestidas com o polímero catiônico poli (etilenoimina) sem afetar a estabilidade. As formulações desenvolvidas mostraram ser capazes de adsorver de forma inespecífica os antígenos, demonstrado por espectroscopia FTIR a interação entre as nanoemulsões e a peçonha do escorpião. A captação da peçonha nas formulações também mostrou ser capaz de reduzir sua toxicidade em relação a seu potencial hemolítico e de apresentar baixa toxicidade em células de macrófagos (RAW 264.7). A atividade adjuvante foi avaliada testando as formulações desenvolvidas em comparação com o adjuvante convencional hidróxido de alumínio, o que demonstrou a capacidade das nanoemulsões catiônicas como adjuvante de antígenos da peçonha, podendo superar o adjuvante baseado em partículas de alumínio na produção de anti-globulinas IgG.


  • Mostrar Abstract
  • Scorpion stings are major cause of envenoming by animals for endemic countries, like Brazil. The antivenom is a neutralizing drug to protect susceptible people, but its production is subject of improvements, like adjuvant innovations and the difficulty of venom extraction from captive animals and its toxicity. Scorpion venom has a complex composition and an adjuvant for crude venom presents a challenge that can be possibly fulfilled with drug delivery systems based on nanotechnology. In this research, we seek for innovation developing new nanoemulsion formulations to act as drug delivery system for Tityus serrulatus scorpion venom and to evaluate immunizing Balb/C mice. The nanotechnology development covered features that positively affected adjuvant activity. We demonstrated that low energy techniques for obtainment nanoemulsions allowed long term stability to the formulations with reduced and uniform droplet size (below 200 nm). The developed formulations were also robust to pH and saline adjustment and to cationic covering with poly(ethyleneimine) (PEI) maintaining stability. The formulations demonstrated capable to nonspecifically adsorb crude venom, as showed through FTIR spectroscopy technique as intermolecular interactions between nanoemulsions and crude venom. Nanoemulsions venom-load also could reduce toxicity related to venom hemolytic activity and to present low toxicity against macrophage cells (RAW 264.7). Adjuvant activity was demonstrated in comparison with aluminum hydroxide adjuvant, which scored for nanotechnology feature of act as crude venom adjuvant more efficiently to induce specific anti-IgG immunoglobulins using PEI-covered nanoemulsions.

15
  • MICHELLY NOBREGA MONTEIRO
  • EFEITO DA FISIOTERAPIA NA FUNÇÃO SEXUAL DE MULHERES NO PÓS-PARTO VAGINAL E CESARIANA: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • JANAINA CRISTIANA DE OLIVEIRA CRISPIM FREITAS
  • ROBINSON DIAS DE MEDEIROS
  • JOSÉ ELEUTÉRIO JÚNIOR
  • LUCIA ALVES DA SILVA LARA
  • Data: 04/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • A gravidez é uma fase de extrema importância na vida da mulher e a sua vivência é influenciada por alguns fatores, entre eles, mudanças hormonais, físicas e psicológicas. Durante este período, estas transformações afetam com grande relevância seu próprio conceito do que seja sexualidade, levando geralmente a problemas na vida a dois.

    Muitas incertezas e ansiedades permeiam e impactam por vezes o cotidiano das mulheres, e consequentemente seus parceiros sexuais, principalmente em relação ao período da gravidez-puerpério. Alguns estudos indicam que tanto a gravidez quanto o puerpério constituem uma fase importante para o aparecimento de problemas sexuais e/ou Incontinência Urinária (IU), e algumas mulheres podem apresentar diminuição do interesse sexual em geral, nesta fase da vida.

    A presença de disfunção sexual pode ser um fator decorrente de uma somatória de fatores, os quais promovem entraves totais ou parciais na resposta sexual da mulher relacionada a desejo, excitação e orgasmo. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a disfunção sexual um importante problema de saúde pública e, devido aos danos que comprovadamente causa à qualidade de vida, deve ser investigada.

    Este estudo trata-se de um ensaio clínico randomizado realizado entre julho e dezembro de 2019, onde foi feita coleta de dados em 56 mulheres admitidas nas Enfermarias de Puerpério da Maternidade Escola Januário Cicco, as quais foram divididas em quatro grupos: parto vaginal sem Intervenção Fisioterápica – IF (n=14), parto vaginal com IF (n=14), parto cesariana sem IF (n=14) e parto cesariana com IF (n=14). A IF consistiu-se em um programa de treinamento fisioterápico em musculatura de assoalho pélvico, contemplando exercícios de assoalho pélvico com consciência manual, exercício de assoalho pélvico com dissociação dos adutores, exercícios com a paciente sentada e exercícios em pé. Ademais, foram aplicados os questionários FSFI (Female Sexual Function Index), a fim de avaliar a resposta sexual feminina, no período pós-parto e o ICIQ-SF (International Consultation on Incontinence Questionnaire - Short Form), para avaliar o impacto da Incontinência Urinária na qualidade de vida e qualifica a perda urinária. As voluntárias assinaram o Termo de Consentimento

    Livre e Esclarecido (TCLE) e foram avaliadas no decorrer das 48 horas após o parto (ainda internadas), e no segundo e terceiro meses de pós-parto, acompanhamento este realizado no Ambulatório de Puerpério da referida maternidade.

    A coleta de dados dos dois grupos não submetidos a IF ocorreu em quatro etapas: (1) Aplicação da ficha de avaliação, dos questionários (sociodemográfico, FSFI e ICIQ-SF) e exame físico das parturientes com realização de Manometria Vaginal; (2) Assistência no período do puerpério imediato, composta de quatro atendimentos da Fisioterapia no nas primeiras 48h após o parto; (3) Reavaliação 2° mês: reavaliação da puérpera entre 40 e 60 dias após a data do parto; (4) Reavaliação 3° mês: reavaliação da puérpera com 90 a 100 dias após a data do parto. A coleta de dados dos outros dois grupos submetidos a IF também ocorreu em quatro etapas: (1) Aplicação da ficha de avaliação, dos questionários e exame físico às parturientes; (2) Assistência no período do puerpério imediato, composta de quatro atendimentos da Fisioterapia no nas primeiras 48h após o parto e entrega de cartilha com exercícios para o Assoalho Pélvico e cuidados no pós-parto; (3) Reavaliação 2° mês: reavaliação da puérpera entre 40 e 60 dias após a data do parto, com entrega de cartilha com outros exercícios para o Assoalho Pélvico; (4) Reavaliação 3° mês: reavaliação da puérpera com 90 a 100 dias após a data do parto.

    Foi criado banco de dados em planilha de software Excel/Office 2000 com todas as variáveis do estudo. Os casos foram relacionados cronologicamente, atribuindo a cada uma delas variáveis inerentes. O banco de dados foi exportado para o EPI INFO, onde foi realizada consistência inicial da digitação dos dados, através da conferência manual da listagem. Foi realizada a estatística descritiva para apresentação das características sócio epidemiológicas das voluntárias da pesquisa. A estatística inferencial foi utilizada para estabelecer as possíveis diferenças entre os grupos, e para análise do desfecho primário (função sexual) e os secundários (IU e manometria vaginal), os testes anova de medidas repetidas e a anova 2x2 foram utilizados, a fim de estabelecer as diferenças entre os grupos, excepcionalmente, para a manometria vaginal já que apenas 2 avaliações foram possíveis.

    Esta pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Onofre Lopes (CEP-HUOL), vinculados à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), sendo seguidas as normas preconizadas pela “Declaração de Helsinki” e suas modificações (DECLARAÇÃO DE HELSINKI, 2000) e pela Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde (BRASIL, 2012).

    De forma geral, o resultado observado foi que ao longo do tempo houve melhora de todos os desfechos, mas não houve interação tempo versus grupo.

    Foi observada melhora da função sexual (p = 0,000), impacto da incontinência urinária na qualidade de vida (p = 0,000) e da pressão dos músculos dos músculos do assoalho pélvico (p = 0,000) ao longo do tempo (Figura 1). Por outro lado, não foi observada interação tempo versus grupo para função sexual F (2, 52) = 0,13, p = 0,87, impacto da incontinência urinária na qualidade de vida F (2, 52) = 0,12, p = 0,88 e pressão dos músculos do assoalho pélvico (p = 0,66).

    A avaliação do grau de satisfação sexual de mulheres é uma atual e constante problemática, pois inúmeras variáveis, tais como sociais, humanas, biológicas, psicológicas, fisiológicas, tabus culturais, as quais que podem influenciar o grau de satisfação sexual final.

    A queixa sexual é um dos problemas mais frequentes na prática diária do tocoginecologista, e infelizmente continua sendo abordado de maneira muito simplista na maioria das vezes. Considerando que a disfunção sexual pode estar associada a um maior risco de conflitos entre o casal durante a gravidez, torna-se importante o diagnóstico etiológico desta condição, para que possa ser instituído o tratamento adequado quando necessário, evitando desta forma as muitas problemáticas afetivas, a não-aceitação de relações sexuais durante a gravidez, o medo da retomada desta atividade, entre outras, avaliando a correlação da via de parto com disfunção sexual no puerpério.

    A motivação e o benefício deste estudo foi investigar a Fisioterapia como agente facilitador no puerpério, melhorando progressivamente a função sexual. Com os resultados do estudo, mostra que o treinamento da musculatura de assoalho pélvico pode surgir como uma alternativa importante para prevenção e tratamento desse tipo de condição da mulher, diminuindo possíveis complicações físicas e afetivas. 


  • Mostrar Abstract
  • Pregnancy is an extremely important phase in a woman's life and her experience is influenced by some factors, including hormonal, physical and psychological changes. During this period, these transformations have a great impact on their own concept of what sexuality is, generally leading to problems in their life together.

    Many uncertainties and anxieties permeate and sometimes impact the daily lives of women, and consequently their sexual partners, especially in relation to the period of pregnancy-puerperium. Some studies indicate that both pregnancy and the puerperium are an important phase for the appearance of sexual problems and / or urinary incontinence (UI), and some women may have decreased sexual interest in general, at this stage of life.

    The presence of sexual dysfunction can be a factor resulting from a sum of factors, which promote total or partial barriers in the woman's sexual response related to desire, excitement and orgasm. The World Health Organization (WHO) considers sexual dysfunction to be an important public health problem and, due to the damage it has been proven to cause to quality of life, should be investigated.

    This study is a randomized clinical trial conducted between July and December 2019, where data were collected on 56 women admitted to the Puerperio Wards of the Maternidade Escola Januário Cicco, which were divided into four groups: vaginal delivery without Intervention Physiotherapy - IF (n = 14), vaginal delivery with IF (n = 14), cesarean delivery without IF (n = 14) and cesarean delivery with IF (n = 14). The IF consisted of a physiotherapy training program in pelvic floor musculature, including pelvic floor exercises with manual awareness, pelvic floor exercise with dissociation of adductors, exercises with the sitting patient and standing exercises. In addition, the FSFI (Female Sexual Function Index) questionnaires were applied in order to assess the female sexual response in the postpartum period and the ICIQ-SF (International Consultation on Incontinence Questionnaire - Short Form), to assess the impact of Incontinence Urinary quality of life and qualifies urinary loss. The volunteers

    signed the Free and Informed Consent Form (ICF) and were evaluated during the 48 hours after delivery (still hospitalized), and in the second and third months postpartum, this monitoring was carried out at the Ambulatory of Puerperium of the referred maternity .

    The data collection of the two groups not submitted to FI occurred in four stages: (1) Application of the evaluation form, questionnaires (sociodemographic, FSFI and ICIQ-SF) and physical examination of the parturient women with vaginal manometry; (2) Assistance during the immediate postpartum period, consisting of four Physiotherapy sessions in the first 48 hours after delivery; (3) Revaluation 2nd month: reevaluation of the puerperal woman between 40 and 60 days after the date of delivery; (4) Revaluation 3rd month: reevaluation of the puerperal woman 90 to 100 days after the date of delivery. Data collection from the other two groups submitted to FI also took place in four stages: (1) Application of the evaluation form, questionnaires and physical examination to parturients; (2) Assistance during the immediate puerperium period, consisting of four Physiotherapy sessions in the first 48 hours after delivery and delivery of a booklet with exercises for the Pelvic Floor and postpartum care; (3) Revaluation 2nd month: reevaluation of the puerperal woman between 40 and 60 days after the date of delivery, with delivery of a booklet with other exercises for the Pelvic Floor; (4) Revaluation 3rd month: reevaluation of the puerperal woman 90 to 100 days after the date of delivery.

    A database was created in an Excel / Office 2000 software spreadsheet with all study variables. The cases were listed chronologically, attributing inherent variables to each one. The database was exported to EPI INFO, where initial data typing consistency was carried out through manual listing of the listing. Descriptive statistics were performed to present the socio-epidemiological characteristics of the research volunteers. Inferential statistics were used to establish the possible differences between the groups, and for the analysis of the primary outcome (sexual function) and the secondary outcomes (UI and vaginal manometry), the repeated measures anova tests and the 2x2 anova tests were used in order to to establish differences between groups, exceptionally, for vaginal manometry since only 2 evaluations were possible.

    This research was approved by the Research Ethics Committee of Hospital Onofre Lopes (CEP-HUOL), linked to the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), following the rules recommended by the “Declaration of Helsinki” and its modifications (DECLARATION OF HELSINKI, 2000) and Resolution 466/12 of the National Health Council (BRASIL, 2012).

    In general, the observed result was that over time there was an improvement in all outcomes, but there was no time versus group interaction.

    Improvement in sexual function was observed (p = 0.000), impact of urinary incontinence on quality of life (p = 0.000) and pressure of the muscles of the pelvic floor muscles (p = 0.000) over time (Figure 1). On the other hand, no time versus group interaction for sexual function was observed F (2, 52) = 0.13, p = 0.87, impact of urinary incontinence on quality of life F (2, 52) = 0.12, p = 0.88 and pressure of the pelvic floor muscles (p = 0.66).

    The evaluation of the degree of sexual satisfaction of women is a current and constant problem, since numerous variables, such as social, human, biological, psychological, physiological, cultural taboos, which can influence the degree of final sexual satisfaction.

    The sexual complaint is one of the most frequent problems in the daily practice of the tocogynecologist, and unfortunately it continues to be approached in a very simplistic way most of the time. Considering that sexual dysfunction may be associated with an increased risk of conflicts between the couple during pregnancy, the etiological diagnosis of this condition is important, so that appropriate treatment can be instituted when necessary, thus avoiding the many emotional problems, the non-acceptance of sexual relations during pregnancy, the fear of resuming this activity, among others, assessing the correlation of the mode of delivery with sexual dysfunction in the puerperium.

    The motivation and benefit of this study was to investigate Physiotherapy as a facilitating agent in the puerperium, progressively improving sexual function. With the results of the study, it shows that the training of the pelvic floor muscles can emerge as an important alternative for the prevention and treatment of this type of woman's condition, reducing possible physical and emotional complications. 

16
  • JEANE FRANCO PIRES
  • AVALIAÇÃO DA SUPLEMENTAÇÃO COM VITAMINA D NA EXPRESSÃO GÊNICA E APTIDÃO FÍSICA EM GÊMEOS

  • Orientador : ANDRE DUCATI LUCHESSI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE DUCATI LUCHESSI
  • PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • KARINE CAVALCANTI MAURICIO DE SENA EVANGELISTA
  • MARIA DA CONCEICAO RODRIGUES GONCALVES
  • RAUL HERNANDES BORTOLIN
  • Data: 11/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • A presença do receptor de vitamina D em várias células e tecidos humanos relacionando a vitamina D com diversos processos fisiológicos não esqueléticos vem gerando interesse em pesquisas que ajudem a entender melhor esta relação. Além disso, a suplementação profilática com este nutriente vem crescendo a cada dia, em todas as faixas etárias. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da suplementação com vitamina D3 sobre a expressão gênica do VDR, composição corporal, aptidão cardiorespiratória e força muscular em adultos saudáveis. Foi um estudo realizado em gêmeos monozigóticos adultos, do tipo ensaio clínico de intervenção, longitudinal, randomizado dividido em dois grupos: grupo controle (sem tratamento) e grupo suplementado (com suplementação individual diária de 2000 UI/dia de vitamina D3 durante 60 dias). Foram realizados analises bioquímicas, análises de composição corporal por meio da Absorciometria de feixe duplo, análise da aptidão cardiorrespiratória em Ergoespirômetro Cortex, avaliação da força muscular pelo teste de preensão manual e força escapular e realizado a expressão gênica por PCR em tempo real. A análise estatística foi realizada no software estatístico IBM SPSS versão 20.0 para Windows. Nossos resultados mostraram que houve um aumento significativo dos níveis séricos de vitamina D no grupo suplementado em comparação aqueles que não usaram o suplemento (65% de aumento), assim como a expressão do gene VDR (p = 0,001). Observamos melhorias nos parâmetros da aptidão física, com redução de gordura corporal e aumento do VO2máx após a suplementação. Assim, concluímos que o aumento dos níveis séricos de vitamina D acima de 30 ng/mL podem trazer benefícios à saúde da população. 


  • Mostrar Abstract
  • The presence of the vitamin D receptor in various human cells and tissues, relating vitamin D to several non-skeletal physiological processes has been generating interest in research that helps to better understand this relationship.  In addition, prophylactic supplementation with this nutrient is growing every day, in all age groups. Thus, the aim of this study was to evaluate the effect of vitamin D3 supplementation on VDR gene expression, body composition, cardiorespiratory fitness and muscle strength in healthy adults. It was a study carried out in adult monozygotic twins, of the longitudinal randomized clinical trial type, divided into two groups: control group (without treatment) and supplemented group (with individual daily supplementation of 2000 IU / day of vitamin D3 for 60 days). Biochemical analyzes, body composition analyzes were performed using double beam absorptiometry, analysis of cardiorespiratory fitness in a Cortex Ergospirometer, evaluation of muscle strength by the handgrip and scapular strength test and gene expression by real-time PCR.  The statistical analysis was performed using the statistical software IBM SPSS version 20.0 for Windows. Our results showed that there was a significant increase in serum vitamin D levels in the supplemented group compared to those who did not use the supplement. (65% increase), as well as the expression of the VDR gene (p = 0.001). We observed improvements in physical fitness parameters, with reduced body fat and increased VO2max after supplementation. Thus, we conclude that the increase in serum vitamin D levels above 30 ng / mL can bring benefits to the health of the population.

17
  • MARCO AURÉLIO VIANELLO
  • RESISTÊNCIA BACTERIANA ÀS FLUORQUINOLONAS EM INDIVÍDUOS INDÍGENAS DA AMAZÔNIA BRASILEIRA

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALESSANDRO CONRADO DE OLIVEIRA SILVEIRA
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • NILTON ERBET LINCOPAN HUENUMAN
  • RODRIGO DE ALMEIDA VAUCHER
  • Data: 16/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • A disseminação global de linhagens de Escherichia coli multirresistentes pertencentes a clones de alto risco representa uma ameaça significativa à saúde pública. Neste trabalho relatamos a identificação e o perfil genômico de duas cepas de E. coli multirresistentes [BL-II-03 (2) e BL-II-11 (3)] pertencentes ao clone de disseminação mundial O15: H1‐ D‐ ST393 (complexo clonal 31 ), isolado de amostras fecais de povos indígenas pertencentes a dois grupos étnicos distintos de comunidades remotas da Amazônia brasileira. Foi confirmada a concordância da previsão genótipo-fenótipo de resistência antimicrobiana. A este respeito, a análise genômica revelou genes e mutações que conferem resistência a β-lactâmicos [bla EC, bla TEM-1], aminoglicosídeos [aadA5, aph (3 '') - Ib, aph (6) -Id], tetraciclinas [tetB ], sulfametoxazol / trimetoprim [sul1, sul2, dfrA17] e fluoroquinolonas [gyrA (D87N, S83L), parC (S80I, S57T), parE (L416F)]. Por outro lado, a filogenômica de E. coli ST393 relatada globalmente atribuiu cepas de E. coli BL-II-03 (2) e BL-II-11 (3) a um agrupamento compreendendo isolados humanos da Austrália, Canadá, China, Suécia, e Estados Unidos da América. Esses resultados podem fornecer informações valiosas para a compreensão da disseminação de clones intercontinentais multirresistentes em comunidades remotas com baixos níveis de exposição a antibióticos.


  • Mostrar Abstract
  • The global dissemination of multidrug-resistant Escherichia coli lineages belonging to high- risk clones poses a significant public health threat. Herein we report the identification and genomic profiling of two multidrug-resistant E. coli strains [BL-II-03(2) and BL-II-11(3)] belonging to the O15:H1‐ D‐ ST393 (clonal complex 31) worldwide spread clone, isolated from fecal samples of indigenous peoples belonging to two different ethnic groups of remote communities of Brazilian Amazon. Agreement of genotype-phenotype prediction of antimicrobial resistance was confirmed. In this regard, genomic analysis revealed genes and mutations conferring resistance to β-lactams [bla EC , bla TEM-1 ], aminoglycosides [aadA5, aph(3'')-Ib, aph(6)-Id], tetracyclines [tetB], sulfamethoxazole/trimethoprim [sul1, sul2, dfrA17], and fluoroquinolones [gyrA (D87N, S83L), parC (S80I, S57T), parE (L416F)]. On the other hand, phylogenomics of globally reported E. coli ST393 assigned E. coli strains BL- II-03(2) and BL-II-11(3) to a cluster comprising human isolates from Australia, Canada, China, Sweden, and United States of America. These results might provide valuable information for understanding dissemination of intercontinental multidrug-resistant clones in remote communities with low levels of antibiotic exposure.

18
  • SILVANA CARTAXO DA COSTA URTIGA
  • DESENVOLVIMENTO DE MICROPARTÍCULAS DE XILANA CONTENDO MESALAZINA VISANDO A LIBERAÇÃO CÓLON

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ARNOBIO ANTONIO DA SILVA JUNIOR
  • ELQUIO ELEAMEN OLIVEIRA
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • FRANCELINE REYNAUD
  • FRANCISCO HUMBERTO XAVIER JUNIOR
  • RAQUEL BRANDT GIORDANI
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • A xilana é um importante biopolímero que pode ser extraído de vários resíduos agrícolas no mundo e tem recebido grande atenção no desenvolvimento de sistemas de liberação de fármaco para o cólon. Esse polímero tem a capacidade de passar pelo trato digestivo inalterado e sua estrutura complexa requer enzimas que são produzidas especificamente pela microflora colônica humana, o que o torna uma matéria-prima interessante na produção de sistemas de liberação de fármacos direcionados. Nesse trabalho, a xilana extraído do sabugo de milho foi usada para produzir micropartículas de xilana contendo mesalazina (XMP5-ASA) através da reticulação polimérica utilizando um agente de reticulação não tóxico. As micropartículas foram caracterizadas por análise térmica (DSC/TG), Difração de raios-X (DRX), espectroscopia de infravermelho (FTIR-ATR) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). Um estudo comparativo in vitro da liberação do fármaco das XMP5-ASA e de cápsulas gastro-resistentes preenchidas com XMP5-ASA (XMPCAP5-ASA) ou 5-ASA também foram realizadas. FTIR-ATR, DRX e Estudos de DSC/TG indicaram que o fármaco está molecularmente disperso nas micropartículas com incremento de sua estabilidade. Os estudos de liberação mostraram que o XMPCAP5-ASA permitiu uma retenção mais eficiente do fármaco no fluido gástrico simulado e uma liberação prolongada da droga com duração de até 24 horas. XMPCAP5-ASA reteve aproximadamente 48% de seu conteúdo de fármaco após 6 h no ensaio de liberação do fármaco. Assim, o encapsulamento de 5-ASA em micropartículas de xilana associada com cápsulas gastro-resistentes permitiram um melhor controle da liberação do fármaco durante diferentes meios gastrointestinais simulado.


  • Mostrar Abstract
  • Xylan is an important biopolymer that can be extracted from several agro-wastes in the world and has been receiving a great attention in the production of colon drug delivery systems. This polymer has the ability to pass through the digestive tract unchanged and its complex structure requires enzymes that are produced specifically by the human colonic microflora, which makes it an interesting raw material in the production of targeted drug delivery systems. In this work, xylan extracted from corn cobs was used to produce mesalamine-loaded xylan microparticles (XMP5-ASA) by cross-linking polymerization using a non-hazardous cross-linking agent. The microparticles were characterized by thermal analysis (DSC/TG), X-ray diffraction (XRD), Infrared spectroscopy (FTIR-ATR) and scanning electron microscopy (SEM). A comparative study of the in vitro drug release from XMP5-ASA and from gastro-resistant capsules filled with XMP5-ASA (XMPCAP5-ASA) or 5-ASA was also performed. NMR, FTIR-ATR, XRD and DSC/TG studies indicated molecularly dispersed drug in the microparticles with increment on drug stability. The release studies showed that XMPCAP5-ASA allowed more efficient drug retention in the simulated gastric fluid and a prolonged drug release lasting up to 24 h. XMPCAP5-ASA retained approximately 48 % of its drug content after 6 h on the drug release assay. Thus, the encapsulation of 5-ASA into xylan microparticles together with gastro-resistant capsules allowed a better release control of the drug during different simulated gastrointestinal medium.

2019
Dissertações
1
  • KLEYTON SANTOS DE MEDEIROS
  • NOVAS TECNOLOGIAS DE CUIDADOS DE SAÚDE: USO DE APLICAÇÕES MÓVEIS EM GINECOLOGIA E ONCOLOGIA
  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • JANAINA CRISTIANA DE OLIVEIRA CRISPIM FREITAS
  • PAULO CESAR GIRALDO
  • Data: 22/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Estima-se que cerca de 25% dos novos agentes antineoplásicos em desenvolvimento sejam fármacos orais, e espera-se que o número de medicamentos quimioterápicos orais mais que dobre nos próximos anos. No entanto, estima-se que a taxa média de não adesão à terapia oral anticâncer esteja em torno de 21%, ou seja, a baixa adesão é uma barreira para a conclusão do tratamento. Muitos fatores podem afetar a adesão ao tratamento: esquemas de dosagem complexos, administração de outros medicamentos potencialmente interativos, comprometimento visual e cognitivo, déficits de memória ou esquecimento e outras dificuldades. Nesse contexto, é necessário verificar se o uso de aplicativos móveis pode ajudar o paciente a superar essas dificuldades e melhorar a adesão ao tratamento. Nós descrevemos o aplicativo ChemoDaily, uma nova ferramenta que visa gerenciar o tratamento oncológico com quimioterapia por via oral. Métodos: Trata-se de pesquisa aplicada na modalidade de produção tecnológica dividida em três etapas. Em primeiro lugar, esta fase envolveu as necessidades dos pacientes em um tratamento de centro de câncer, busca de aplicativos semelhantes na 'App Store' e 'Play Store', busca de referências bibliográficas e a definição dos objetivos e funções do aplicativo. Em segundo lugar, o design envolveu o planejamento e a produção do conteúdo, a descrição dos tópicos da redação sobre educação em saúde, a seleção das formas de mídia e o design da interface (layout). Em terceiro lugar, o aplicativo móvel (ChemoDaily) foi desenvolvido. O desenvolvimento incluiu a seleção das ferramentas da aplicação multimídia, a definição da estrutura de navegação e o planejamento da configuração dos ambientes. ChemoDaily foi desenvolvido como um aplicativo de dispositivo móvel (app) na plataforma android para orientações de Enfermagem no uso de quimioterapia antineoplásica oral.
    Resultados: ChemoDaily é um aplicativo projetado para pacientes que tomam quimioterapia oral em casa para esclarecer dúvidas, como a administração oral de quimioterapia e controle de efeitos colaterais. Além disso, visa melhorar a comunicação do paciente com os profissionais de saúde; monitorar os sintomas no diário de quimioterapia; esclarecer incertezas no uso da quimioterapia; facilitar o acesso a contatos telefônicos do hospital; colaborar na tomada de decisão compartilhada entre os profissionais de saúde e o paciente que usa o diário de quimioterapia; e acesso a informações referente a bula. Conclusão: A moderna tecnologia de comunicação pode ser utilizada para melhorar tanto o autocuidado quanto o gerenciamento deste a longa distância. ChemoDaily fornece uma ferramenta segura, confiável e fácil de usar para os pacientes monitorarem sua saúde e registrarem o progresso clínico, histórico de tratamento; e suas intercorrências; seu estado de humor; gerenciar o estoque de medicamentos; saber como utilizar o medicamento; cuidados de enfermagem com manipulação e armazenamento; e agenda de consultas. Acreditamos que o ChemoDaily se mostrará uma ferramenta poderosa e amplamente utilizada, que melhorará tanto a pesquisa quanto a prática clínica, bem como a adesão ao tratamento oncológico e à qualidade de vida dos pacientes. De qualquer forma, a adesão a novas terapias orais é uma questão importante, e mais pesquisas são necessárias para melhorar a adesão à longo prazo na prática de oncologia.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: About 25% of new antineoplastic agents in development are estimated to be oral drugs, and the number of oral chemotherapy medications is expected to more than double over the next few years. However, the average rate of non-adherence to oral anti-cancer therapy is estimated to be around 21%, that is, poor adherence is a barrier to completing the treatment. Many factors can affect the treatment adherence:  complex dosing regimens, administration of other potentially interacting medications, visual and cognitive impairment, memory deficits or forgetfulness can pose other difficulties. In this context, it is necessary to verify if the use of mobile applications can help the patient to overcome those difficulties and improve the adherence to treatment. We describe the mobile ChemoDaily a novel tool which integrates manage care and oncology treatment with oral drug chemotherapy. Methods: It is applied research in the production modality technological was divided into three steps. First,  this phase involved the needs of the patients in a cancer center  treatment,  search for similar applications in the 'App Store' and 'Play store,' search bibliographic references and the definition of the aims and functions of the App. Second, The design involved the planning and the production of the content, description of the topics of the writing about health education, selection of the forms of media and the design of the interface (layout). Third, the mobile app (ChemoDaily) was developed. The development included the selection of the tools of the multimedia application, the definition of the navigation structure and the planning of the configuration of environments. ChemoDaily was developed as a mobile device application (app) on android platform for Nursing orientations in the use of oral anti-neoplastic chemotherapy.  Results: ChemoDaily is an app designed for patients taking oral chemotherapy at home to clarify doubts such as oral taking chemotherapy and control of side effects. Additionally aims to improve patient communication with health professionals; monitor the symptoms in the chemotherapy diary; clarify uncertainties in the use of chemotherapy; facilitate access to contacts hospital phone calls; collaborate in shared decision-making among health professionals and the patient who uses the chemotherapy diary; access to package inserts. Conclusion: Modern communication technology can be utilized to improve both the self-care and the management of the patient’s long distance. ChemoDaily provides a secure, reliable, easy-to-use tool for patients to monitor your health and record patients’ clinical progress, treatment history; and their intercurrences; their state of humor; manage the stock of medicines; know how to use the medication and nursing care with manipulation and storage; and agenda of consultations. We believe that ChemoDaily will prove to be a powerful and widely used tool, which will enhance both research and clinical practice, as well as adherence to oncologic treatment and patients' quality of life. Anyway, adherence to novel oral therapies is a significant issue, and further research is warranted to improve long-term adherence in oncology practice.

2
  • MAÍRA MARIA DE MENEZES
  • UMA FUCANA DA ALGA SPATOGLOSSUM SCHRÖEDERI AO SE LIGAR A FIBRONECTINA, INIBE A MIGRAÇÃO DE CÉLULAS ENDOTELIAIS E IMPEDE QUE ESSAS FORMEM ESTRUTURAS SEMELHANTE A VASOS IN VITRO

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DEBORAH YARA ALVES CURSINO DOS SANTOS
  • GIULIANNA PAIVA VIANA DE ANDRADE SOUZA
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • Data: 23/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • Uma galactofucana de baixa massa molecular (denominada de fucana B) foi obtida da alga marinha marrom Spatoglossum schöederi e sua atividade como inibidor da formação de estruturas semelhantes a vasos foi avaliada. Análises químicas, de infravermelho e de eletroforeses confirmaram a identidade da fucana B. Diferente de outras fucanas de baixa massa molecular, a fucana B, de forma dose dependente (de 0,012 a 0,1 mg/mL), foi capaz de inibir células endoteliais de formarem estruturas semelhantes a vasos. Além disso, a fucana B (de 0,01 a 0,5 mg/mL) não afetou a proliferação das células endoteliais. Também se observou que a fucana B inibiu a migração das células endoteliais quando a fibronectina era substrato, porém ela não apresentou este efeito quando laminina ou colágeno foram substratos. Esta fucana foi biotinilada e utilizada como sonda fluorescente em experimentos de confocal. Com isso, observou-se que a fucana não se ligava a superfície celular, apenas a matriz extracelular, especificamente a fibronectina. Sugere-se que a fucana B inibe as células endoteliais de formarem vasos por se ligar diretamente a fibronectina e assim bloqueiam os sítios de reconhecimento de receptores das células endoteliais. Os dados indicam que estudos futuros devem ser realizados in vivo para confirmarem essa atividade da fucana B.


  • Mostrar Abstract
  • A low molecular weight (LMW) heterofucan (named fucan B) was obtained from the brown seaweed Spatoglossum schröederi and its activity as inhibitor on endothelial cell (EC) capillary-like tube formation was analyzed. Chemical, infrared and electrophoresis analysis confirmed the fucan B identity. In contrast to other LMW fucans, the fucan B (from 0.012 to 0.1 mg/mL) was able to inhibit EC capillary-like tube formation in a dose-dependent way. In addition, fucan B (from 0.01 to 0.05 mg/mL) did not affect EC proliferation. Fucan B also inhibits EC migration when fibronectin was substrate, but fail when laminin or collagen was substrate. This fucan was biotinylated and used as a probe to identify its action sites. When biotinylated fucan was assayed in confocal experiments, it did not show binding to the cell surface, but rather only to fibronectin. We suggested that fucan B inhibits EC capillary-like tube formation and EC migration because binds directly to fibronectin, and blocking fibronectin sites that are recognized by cell surface ligands. Our data indicate that further studies are needed to evaluate the in vivo effect of fucan B.  

3
  • KARINA MARQUES VERMEULEN
  • Relação entre zinco e parâmetros funcionais em crianças saudáveis e em meninos com Distrofia Muscular de Duchenne

  • Orientador : JOSE BRANDAO NETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KARINE CAVALCANTI MAURICIO DE SENA EVANGELISTA
  • MARIA JOSÉ DE CARVALHO COSTA
  • SANCHA HELENA DE LIMA VALE
  • Data: 23/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • A infância é um período de rápido crescimento e desenvolvimento. O zinco é um micronutriente que exerce importantes funções estruturais e atua na manutenção da funcionalidade celular. Os indicadores funcionais do estado nutricional para avaliação de crianças, incluem os índices antropométricos e medidas de avaliação da composição corporal. Os parâmetros derivados de impedância bioelétrica, ângulo de fase (PA) e análise vetorial de impedância bioelétrica (BIVA) têm sido associados à integridade da membrana celular e massa celular do corpo. Além disso a BIVA tem se mostrado útil na avaliação de outras condições clínicas, onde os métodos de avaliação tradicionais não são fidedignos. A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) é uma doença caracterizada por perda progressiva de massa muscular funcional seguida por alterações na composição corporal. Até o momento, não existem estudos que avaliem a influência de diferentes doses de suplementação oral de zinco sobre a integridade e funcionalidade celular, utilizando AF e BIVA como métodos de avaliação. Com isso esta dissertação teve como objetivo analisar a influência do zinco sobre parâmetros funcionais e de zinco sérico em crianças saudáveis e em meninos com DMD. Para que isso acontecesse, foram realizados dois estudos. O primeiro, avaliou as alterações nos parâmetros funcionais de 71 crianças saudáveis suplementadas oralmente com zinco em diferentes concentrações (Estudo 1) e o segundo descreveu os parâmetros funcionais em 41 meninos com DMD (Estudo 2). Como resultado, vimos que para as crianças saudáveis a suplementação com 10 mg Zn/dia promoveu alterações na integridade da membrana celular associada ao aumento da massa celular. Verificamos também que, em comparação com a população de referência, os meninos com DMD apresentaram níveis mais baixos de massa celular corporal. Entendendo então que o zinco tem papel importante na membrana celular, os resultados desta dissertação servirão como base para um estudo futuro avaliando a suplementação oral de zinco em outras populações.


  • Mostrar Abstract
  • Childhood is a period of rapid growth and development. Zinc is a micronutrient that exerts important structural functions and acts in the maintenance of cellular functionality. Functional indicators of nutritional status for the evaluation of children include anthropometric indices and measures of body composition assessment. The parameters derived from bioelectrical impedance, phase angle (AP) and bioelectrical impedance vector analysis (BIVA) have been associated to the integrity of the cell membrane and cellular body mass. In addition, BIVA has been shown to be useful in evaluating other clinical conditions, where traditional assessment methods are not reliable. Duchenne Muscular Dystrophy (DMD) is a disease characterized by progressive loss of functional muscle mass followed by changes in body composition. To date, there are no studies evaluating the influence of different doses of oral zinc supplementation on cell integrity and functionality, using AF and BIVA as evaluation methods. The aim of this dissertation was to analyze the influence of zinc on functional and serum zinc parameters in healthy children and in children with DMD. For this to happen, two studies were conducted. The first one evaluated changes in the functional parameters of 71 healthy children supplemented orally with zinc at different concentrations (Study 1) and the second described the functional parameters in 41 boys with DMD (Study 2). As a result, we have seen that for healthy children supplementation with 10 mg Zn / day promoted changes in the integrity of the cell membrane associated with increased cell mass. We also found that, in comparison with the reference population, boys with DMD had lower levels of body cell mass. Understanding that zinc plays an important role in the cell membrane, the results of this dissertation will serve as the basis for a future study evaluating oral zinc supplementation in other populations.
4
  • VAGNER DEUEL DE OLIVEIRA TAVARES
  • CARDIORESPIRATORY FITNESS

    PREDICTS REACTION TIME ON INHIBITORY CONTROL IN PATIENTS WITH SUBSTANCE USE DISORDER

  • Orientador : EDUARDO BODNARIUC FONTES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDUARDO BODNARIUC FONTES
  • VANESSA DE PAULA SOARES RACHETTI
  • RODRIGO HOHL
  • Data: 19/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Background: Impaired inhibitory control has been related in individuals with substance use disorder (SUD). Cardiorespiratory fitness has been shown to improve cognition in different populations. Aims: Investigate the relationship between cardiorespiratory fitness and inhibitory control.  Methods: Sixty-two male participants under treatment for SUD performed a general and drug-specific inhibitory control test (Go/No go) and a cardiorespiratory fitness test. Results: Cardiorespiratory fitness, age and time of use of substance were inversely associated with reaction time for both specific (r=-0.472, p<0.001) and general inhibitory control (r=-0.430, p<0.001). Regressions sho w that cardiorespiratory fitness controlling for age and time of drug use predicts specific [F (8.7; 3); t = -3.22; β = -0.420; p < 0.002] and general inhibitory control [F (6.6; 3); t = -3.06; β = -0.415; p < 0.003]. Conclusions: These findings suggest that cardiorespiratory fitness is an independent predictor of cognitive inhibitory control in individuals with SUD.


  • Mostrar Abstract
  • Background: Impaired inhibitory control has been related in individuals with substance use disorder (SUD). Cardiorespiratory fitness has been shown to improve cognition in different populations. Aims: Investigate the relationship between cardiorespiratory fitness and inhibitory control.  Methods: Sixty-two male participants under treatment for SUD performed a general and drug-specific inhibitory control test (Go/No go) and a cardiorespiratory fitness test. Results: Cardiorespiratory fitness, age and time of use of substance were inversely associated with reaction time for both specific (r=-0.472, p<0.001) and general inhibitory control (r=-0.430, p<0.001). Regressions sho w that cardiorespiratory fitness controlling for age and time of drug use predicts specific [F (8.7; 3); t = -3.22; β = -0.420; p < 0.002] and general inhibitory control [F (6.6; 3); t = -3.06; β = -0.415; p < 0.003]. Conclusions: These findings suggest that cardiorespiratory fitness is an independent predictor of cognitive inhibitory control in individuals with SUD.

Teses
1
  • KARLA SIMONE COSTA DE SOUZA
  • Avaliação da nefrina e podocina como biomarcadores precoces de proteinúria associada ao uso de inibidores do mTOR em pacientes transplantados renais.

  • Orientador : ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • BENTO JOAO DA GRACA AZEVEDO ABREU
  • CELSO CARUSO NEVES
  • ROSARIO DOMINGUEZ CRESPO HIRATA
  • TEREZA NEUMA DE SOUZA BRITO
  • Data: 22/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Nefrina; podocina; inibidores de mTOR; transplante renal.


  • Mostrar Abstract
  • (Nephrin; podocin; mTOR inhibitors; kidney transplantation)

2
  • LUIZ FERNANDO DE FARIAS JUNIOR
  • Respostas psicológicas ao exercício intervalado de alta intensidade e exercício contínuo de moderada intensidade em indivíduos inativos com excesso de peso

  • Orientador : EDUARDO CALDAS COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXANDRE SERGIO SILVA
  • EDUARDO CALDAS COSTA
  • EDUARDO ZAPATERRA CAMPOS
  • HASSAN MOHAMED ELSANGEDY
  • PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • Data: 22/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • O exercício intervalado de alta intensidade (EIAI) é uma estratégia alternativa ao exercício contínuo de moderada intensidade (ECMI) para promover adaptações fisiológicas relacionadas a melhora da saúde e aptidão física. No entanto, pouco se conhece sobre as respostas psicológicas associadas com aderência à esse modelo de exercício na população fisicamente inativa, especialmente com excesso de peso. Esse estudo comparou diferentes respostas psicológicas (resposta afetiva, divertimento, auto-eficácia, intensão futura em se exercitar) e suas relações com respostas fisiológicas (percepção de esforço, frequência cardíaca, consumo de oxigênio e tempo dispendido em diferentes domínios metabólicos) ao EIAI e ECMI em homens inativos com excesso de peso (n = 20). Adicionalmente, comparou marcadores de dano muscular (creatina quinase e lactato desidrogenase), inflamação (interleucina 6 e 10 e fator de necrose tumoral alfa) e dor muscular 24 e 48 horas após as sessões de exercícios (Estudo 1). ANOVA two-way (condição vs. tempo), teste de Wilcoxon e coeficiente de correlação de Pearson foram utilizados para análise. Significância estatística de 5% foi estabelecida. Após esses resultados, buscou-se analisar possíveis fatores associados (idade, índice de massa corporal, nível de atividade física, carga máxima atingida no teste de esforço, frequência cardíaca e percepção de esforço) à resposta afetiva em homens adultos (n = 76; Estudo 2). Regressão linear múltipla com método backward foi utilizada para análise. Significância estatística de 5% foi estabelecida. O estudo 1 demonstrou que homens inativos com excesso de peso (índice de massa corporal > 25 kg/m2) apresentam pior resposta afetiva (-3,1 ± 1,8 vs. 0,8 ± 1,8; p < 0,01) e auto-eficácia durante o EIAI comparado ao ECMI (70 ± 15 vs. 90 ± 15%; p < 0,01). No EIAI, houve correlação negativa entre a resposta afetiva e tempo dispendido acima do ponto de compensação respiratória (r = -0,59; p < 0,05) e percepção de esforço (r = -0,90; 0 < 0,05). No ECMI, houve correlação negativa entre a resposta afetiva e percepção de esforço (r = -0,72; p < 0,05) e correlação positiva com a auto-eficácia (r = 0,74; p < 0,05). Após as sessões, a percepção de divertimento, intenção futura em se exercitar foram semelhantes entre o EIAI e ECMI (p > 0,05). Marcadores de dano muscular, inflamação e dor muscular tardia também foram semelhantes entre o EIAI e ECMI 24 e 48 horas (p > 0,05). O estudo 2 demonstrou que a idade (b = 0,14; p = 0,03), o índice de massa corporal (sobrepeso vs. peso normal; b = 0,88; p = 0,04), o nível de atividade física (inativo vs. ativo; b = 2,37; p < 0,01) e a percepção de esforço (b = -0,86; p < 0,01) foram preditoras da resposta afetiva no EIAI em homens adultos. Em conclusão, homens inativos com excesso de peso apresentam pior resposta psicológica ao EIAI comparado ao ECMI (i.e. menor resposta afetiva e auto-eficácia), sendo associada com maior estresse metabólico. Além disso, características individuais (idade, índice de massa corporal e nível de atividade física) e esforço percebido estão associados com a resposta afetiva ao EIAI em homens adultos.


  • Mostrar Abstract
  • Purpose: To compare the physiological and psychological responses during and following (24 and 48 h) a single session of low-volume high-intensity interval exercise (HIIE) and moderate-intensity continuous exercise (MICE) in overweight/obese inactive adults. Methods: Twenty males (29.0 ± 5.0 years, 29.0 ± 3.7 kg.m-2) performed a single session of HIIE and MICE with one-week interval in a randomized and crossover order: i) HIIE (10 x 1 min at 85% of VO2max, 1 min passive recovery); ii) MICE (20 min at 40-60% of VO2max). The exercise sessions were isocaloric. During the exercise sessions the rating of perceived exertion (RPE), basic affect, perceived activation, self-efficacy, and oxygen uptake (VO2) were assessed. Immediately post-exercise the attentional focus, enjoyment, and future intention to engage in HIIE and MICE were measured. Before, 24 h, and 48 h post-exercise creatine kinase (CK), lactate dehydrogenase (LDH), interleukin-6 (IL-6), IL-10, and tumor necrosis factor alpha (TNF-α), pain threshold, tolerance and intensity in rectus femoris, biceps femoris, and gastrocnemius were assessed. Results: During the exercise, RPE, perceived activation, VO2, and distress thoughts were higher in the HIIE than in the MICE (P ≤ 0.02). Basic affect and self-efficacy were lower in the HIIE than in the MICE (P < 0.01). There was no difference in the enjoyment (P = 0.30) and future intention to engage in HIIE and MICE (P = 0.26). Also, there were no diferences in CK, LDH, IL-6, IL-10, TNF-α, and pain threshold, tolerance and intensity in all muscle analyzed 24 and 48 h post-exercise between HIIE and MICE (P ≥ 0.19). Conclusion: HIIE elicits aversive psychological responses in overweigth/obese adults, which does not occur during MICE. However, 24 and 48 h the muscle damage, inflammatory response, and delayed-onsed muscle soreness is similar between HIIE and MICE in these individuals.

3
  • JEFFERSON DA SILVA BARBOSA
  • ATIVIDADE IMUNOESTIMULATÓRIA E ANTICÂNCER DE GALACTANAS SULFATADAS DE CAULERPA CUPRESSOIDES VAR. FLABELLATA

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
  • MARCELO DE SOUSA DA SILVA
  • DANIEL CHAVES DE LIMA
  • VALQUIRIA PEREIRA DE MEDEIROS
  • Data: 24/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • As Algas marinhas são ricas fontes de compostos com propriedades farmacológicas. Entre esses compostos, os polissacarídeos sulfatados (PS) se destacam por sua diversidade estrutural, abundância na estrutural algal e também por desempenharem diferentes bioatividades. Por esses motivos, estudos com PS tem ganhado destaque na pesquisa biomédica. Assim, o objetivo desse trabalho foi caracterizar estruturalmente os PS de Caulerpa cupressoides var. flabellata e avaliar seu potencial imunoestimulatório e anticâncer, in vitro. Para tanto, os PS foram extraídos e caracterizados por espectroscopia de ressonância magnética nuclear (RMN). Além disso, foram caraterizados por meio da quantificação de diferentes mediadores inflamatórios em macrófagos murinos RAW 264.7, como também quanto ao efeito inibitório sobre marcadores de carcinogenicidade em células de melanoma murino B16-F10. As análises de RMN revelaram que as frações polissacarídicas de C. cupressoides são ricas em galactanas, constituídas por unidades de β-D-galactopiranoses sulfatadas e piruvatadas. Esses PS não promoveram efeitos citotóxicos sobre nenhuma das linhagens testadas, contudo promoveu aumentos significativos na produção dos mediadores inflamatórios óxido nítrico, espécies reativas de oxigênio e das citocinas TNF-α e IL-6. Com relação a atividade anticâncer, os PS inibiram a migração, a produção de melanina e a formação clonogênica em células B16-F10. Em conjunto, os resultados desse estudo mostraram que as galactanas sulfatadas de C. cupressoides podem desempenhar um potente efeito imunoestimulatório e anticâncer, com potenciais aplicações na elaboração de novos produtos com aplicações biomédicas e biotecnológicas. Contudo, estudos adicionais devem ser realizados para elucidar os mecanismos celulares e moleculares envolvidos nas respostas observadas, bem como para verificar esses efeitos em outros modelos de estudo.


  • Mostrar Abstract
  • Green seaweeds are rich sources of Sulfated Polysaccharides (SP) with potential biomedical and biotechnological applications. The aim of this work was to evaluate the immunostimulatory activity of PS from seaweed Caulerpa cupressoides var. flabelata on murine macrophages RAW264.7. PS were extracted and fractionated by acetone precipitation and evaluated for the ability to modify cell viability and to stimulate the production of inflammatory mediators such Nitric Oxide (NO), Intracellular Oxygen Reactive Species (ROS) and cytokines. Additionally, its effect on Nitric Oxide Synthase (iNOS) and Cyclooxygenase 2 (COX-2) genes expression, as well as the mode of interaction of PS and macrophages, was evaluated. The results revealed that the PS were not cytotoxic and were able to promote a strong increase in the production of NO, ERO and the cytokines Tumor Necrosis Factor alpha (TNF-α) and Interleukin 6 (IL-6). It was also observed that treatment with the PS increased the gene expression of  iNOS and COX-2. Through flow citometry and confocal microscopy was verified that SP was internalized and deposited near the nuclei of the cells. Together, these results indicate that C. cupressoides var flabelata PS have a strong immunostimulatory activity with potential biomedical applications

4
  • LUCAS AMARAL MACHADO
  • Potencialidades terapêuticas do óleo de rã-touro (Rana catesbeiana Shaw)

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • ELISSA ARANTES OSTROSKY
  • ANSELMO GOMES DE OLIVEIRA
  • DANIEL CRISTIAN FERREIRA SOARES
  • Data: 04/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • O óleo de rã-touro é um subproduto obtido a partir do tecido adiposo do anfíbio Rana catesbeiana Shaw com prováveis atividades terapêuticas e que, devido a isto, tem sido alvo de vários estudos que buscam elucidar suas potencialidades terapêuticas bem como viabilizar seu uso adequado na forma de sistemas de liberação para melhorias de propriedades biofarmacêuticas. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial terapêutico e citotoxicidade deste óleo natural e de diferentes sistemas dispersos desenvolvidos utilizando como componente bioativo o óleo de rã-touro. Inicialmente, foi proposto um método de extração para o óleo de rã-touro. Posteriormente, caracterizações físico-químicas, químicas e avaliação da sua estabilidade termo-oxidativa foram realizadas. Subsequentemente, foram propostas estratégias tecnológicas para a obtenção de diferentes sistemas (nanoemulsão de uso oral, nanoemulsão de uso tópico, microemulsão e nanocápsulas), seguidos da avaliação dos potenciais terapêuticos contra processos inflamatórios e sua toxicidade in vitro frente a células sadias e células tumorais. Estudos in vivo foram realizados para a avaliação da atividade anti-inflamatória do óleo in natura e nanocápsulas. Os resultados obtidos permitiram verificar que o método a quente gerou óleo de qualidade satisfatória, apresentando produto de composição química diferentes ácidos graxos, majoritariamente, insaturados. A conservação do óleo é melhorada significativamente com a adição butilhidroxitolueno (0,5%), protegendo a degradação térmica dos ácidos graxos poli-insaturados. Todos os sistemas propostos foram obtidos com sucesso e ambos os sistemas e óleo de rã-touro in natura não apresentaram toxicidade frente a linhagens sadias. Adicionalmente, a atividade anti-inflamatória foi comprovada neste estudo. Os estudos utilizando-se de linhagens celulares tumorais demonstraram que todas as amostras de óleo e de seus sistemas foram capazes de induzir a morte destas células, promovendo um aumento significativo, dose dependente, na produção de espécies reativas de oxigênio (EROs), levando a morte celular por via apoptótica (quando in natura) ou via necrótica (quando veiculado nos sistemas desenvolvidos). Finalmente, este trabalho proporcionou a comprovação de diferentes atividades biológicas do óleo de rã-touro, a capacidade que sistemas dispersos possuem de potencializar seus efeitos terapêuticos, sem interferir na biocompatibilidade deste óleo e, por fim, foi possível elucidar as vias de atividade anti-inflamatória (redução nos níveis de mediadores inflamatórios) e de atividade antitumoral (apoptose e/ou necrose, devido ao aumento na produção de EROs). Em conclusão, o óleo de rã-touro é, comprovadamente, um insumo bioativo capaz de atuar contra processos inflamatórios e com potencial atividade no tratamento de melanoma.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this work was to investigate the in vitro cytotoxic effect of previously developed nanocapsules, nanoemulsion and microemulsion systems based on bullfrog oil (BFO) against human melanoma cells (A2058). The nanosystems were produced as described in previous studies and characterized according to droplet/particle distribution and zeta potential. The biocompatibility was evaluated by the determination of the hemolytic potential against human erythrocytes. The cytotoxicity assessment was made based on MTT and cell death assays, determination of the Reactive Oxygen Species (ROS) levels and cell uptake. The three nanosystems were successfully reproduced and showed hemolytic potential smaller than 10 % at all oil concentrations (50 and 100 µg.mL-1 ). The MTT assay revealed that the nanosystems decreased the mitochondrial activity up to 92 ± 2 %. The study showed that the free BFO induced cell apoptosis, while all nanostructured systems caused cell death by necrosis, associated to a ROS overproduction and increased ability to deliver the BFO across all cellular compartments (membrane, cytoplasm and nucleus). Finally, these results elucidate the in vitro BFO nanosystems cytotoxic effect against human melanoma cells, suggesting that these systems can be further investigated as safe and promising pharmaceutical products able to improve the therapeutic arsenal against melanoma.

5
  • FABIANO HENRIQUE RODRIGUES SOARES
  • RESPOSTAS PSICOFISIOLÓGICAS E INFLAMATÓRIAS AO EXERCÍCIO AERÓBICO AGUDO EM INTENSIDADE AUTOSSELECIONADA

  • Orientador : MARIA BERNARDETE CORDEIRO DE SOUSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMILTON DA CRUZ SANTOS
  • GRASIELA PIUVEZAM
  • MARIA BERNARDETE CORDEIRO DE SOUSA
  • PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • RADAMES MACIEL VITOR MEDEIROS
  • Data: 28/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • A prevalência de obesidade aumentou em todo o mundo nas últimas três décadas. A carga de doenças relacionadas à obesidade é mais pesada entre as mulheres, uma vez que a obesidade e seu grau de severidade são maiores em mulheres do que em homens de todas as faixas etárias. A atividade física regular representa a base do tratamento comportamental da obesidade. Entretanto, indivíduos com sobrepeso e obesos tendem a evitar atividade física, não atendendo aos regimes impostos, com taxas de desistência que variam de 71% a quase 100%. A atividade física realizada na intensidade autosselecionada poderia representar uma alternativa válida aos regimes impostos para melhorar a adesão. Esse estudo foi dividido em duas etapas. Na primeira etapa foi realizada uma pesquisa descritiva de corte transversal para investigar até que ponto a obesidade poderia identificar a disfunção autonômica do controle cardíaco com 65 mulheres sedentárias (com idade entre 18 e 45 anos), categorizadas como eutróficas, com sobrepeso ou obesas. Esse estudo gerou um artigo. Na segunda etapa realizamos uma pesquisa experimental em um ensaio clínico randomizado unicego para avaliar os efeitos agudos do exercício aeróbio na intensidade autosselecionada em marcadores psicofisiológicos, estresse, inflamação, lesão muscular e dor em um desenho entre e intra sujeitos. Mulheres jovens inativas e sadias com obesidade (n = 46; faixa etária de 18 a 45 anos) exercitaram-se durante 60 min em esteira em velocidade imposta ou autosselecionada que poderia ser trocada a cada 5 minutos. No artigo observacional concluímos que medidas antropométricas da obesidade foram associadas à VFC e ao desequilíbrio autonômico do controle cardíaco. No primeiro artigo da fase experimental identificamos que mulheres inativas com obesidade atingem intensidade moderada a vigorosa ao se exercitarem em ritmo autosselecionado, sentindo afeto positivo durante toda a sessão. O esforço percebido vai de “leve” a “moderado” durante a maior parte da sessão. Há uma diminuição no cortisol sérico com relação teórica com o afeto positivo. Um pico de produção de biomarcadores de danos musculares associado à dor muscular ocorreu 24h após a intervenção e retornaram aos valores pré-exercício após 48h. Por outro lado, não há efeito claro da sessão de exercício em biomarcadores inflamatórios de fase aguda. No segundo artigo da fase experimental concluímos que um exercício moderado em intensidade autosselecionada está relacionado à intensidade superior, melhores respostas afetivas e a uma redução equiparável no nível de estresse quando comparado ao exercício de intensidade imposta, o que pode influenciar diretamente na aderência à uma atividade física, quando se trata de mulheres com sobrepeso e obesas.


  • Mostrar Abstract
  • The prevalence of obesity has increased worldwide over the past three decades. The burden of obesity-related diseases is heavier among women, since obesity and its degree of severity are higher in women than in men of all age groups. Regular physical activity is the basis of behavioral treatment of obesity. However, overweight and obese individuals tend to avoid physical activity, not attending to the imposed regimes, with dropout rates ranging from 71% to almost 100%. Physical activity performed at self-selected intensity could represent a valid alternative to the imposed regimes to improve adherence. This study was divided into two stages. In the first step, a cross-sectional descriptive study was carried out to investigate to what extent anthropometric measures could identify the autonomic dysfunction of cardiac control with 65 sedentary women (18 to 45 years of age) categorized as eutrophic, overweight or obese. This study generated one article. In the second step, we performed an experimental study with a randomized controlled trial to evaluate the acute effects of aerobic exercise at self-selected intensity on psychophysiological markers, stress, inflammation, muscle damage and pain. Healthy inactive women with obesity (n = 46; age range 18-45 years) exercised for 60 min on treadmill at an imposed or self-selected velocity that could be changed every 5 minutes. In the observational article, we concluded that anthropometric measurements of obesity were associated with HRV and with autonomic imbalance of cardiac control. In the first article of the experimental phase, we identified that inactive women with obesity reach moderate to vigorous intensity when exercising in self-selected velocity, feeling positive affection throughout the session. The perceived exertion goes from "light" to "moderate" for most of the session. There is a decrease in serum cortisol with theoretical relation with positive affection. A peak of biomarkers of muscle damage associated with muscle pain occurred 24 hours after the intervention and returned to pre-exercise values after 48 hours. On the other hand, there is unclear effect of the exercise session on acute phase inflammatory biomarkers. In the second article of the experimental phase we concluded that a moderate exercise in self-selected intensity is related with higher intensity, better affective responses and a similar reduction in stress level when compared to the imposed intensity exercise, which may influence directly the adherence to physical activity, when it comes to overweight and obese women.

6
  • DAISY VIEIRA DE ARAUJO
  • CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE INSTRUMENTO PARA AVALIAR A SAÚDE DA MULHER NA ATENÇÃO PRIMÁRIA

  • Orientador : IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • MARIA ANGELA FERNANDES FERREIRA
  • MARIA DJAIR DIAS
  • THAIZA TEIXEIRA XAVIER NOBRE
  • WAGLÂNIA DE MENDONÇA FAUSTINO E FREITAS
  • Data: 05/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • O aumento da população e expectativa de vida feminina, aliada a ampla expansão e fortalecimento da Atenção Primária à Saúde, concorre para que novas vertentes de cuidado longitudinal e integral sejam traçadas, e nesse ínterim, menciona-se a construção e validação de um instrumento que apresente características peculiares da área de saúde da mulher e que seja norteador para uma assistência pública com qualidade nos serviços primários no Brasil. Este estudo teve como objetivo reunir as evidências de validade baseadas no conteúdo do texto, no processo de resposta, na estrutura interna e a confiabilidade do Instrumento de Avaliação da Saúde da Mulher na Atenção Primária, a fim de ser utilizado pelos profissionais da saúde e pesquisadores para avaliar importantes indicadores da saúde da mulher e, pela gestão pública, para fins de planejamento e avaliação das ações voltadas ao referido público. Para tanto, foi realizado um estudo de validação, cujas diretrizes e metodologia utilizadas foram ancoradas no Standards for Educational and Psychological Testing. O Instrumento de Avaliação da Saúde da Mulher na Atenção Primária apresentou propriedades psicométricas de validade de conteúdo e do processo de resposta aceitáveis, o que evidencia a sua qualidade conceitual e semântica, é válido e as respostas são confiáveis para mulheres na faixa etária de 18 a 69 anos, uma vez que foi concebido para avaliar as necessidades de saúde da mulher dentro da lógica de organização da Atenção Primária à Saúde, que considera os atributos essenciais e derivados.


  • Mostrar Abstract
  • The increase in population and life expectancy, coupled with the broad expansion and strengthening of Primary Health Care, competes for new aspects of longitudinal and integral care to be drawn, and in the meantime, mention is made of the construction and validation of an instrument that presents characteristics peculiar to the area of women's health and that is guiding to a public assistance with quality in the primary services in Brazil. This study aimed to gather evidence of validity based on the content of the text, the response process, the internal structure and the reliability of the Women's Health Assessment Tool in Primary Care, in order to be used by health professionals and researchers to evaluate important indicators of women's health and, through public management, for the purpose of planning and evaluating actions aimed at the public. For that, a validation study was conducted, whose guidelines and methodology were anchored in the Standards for Educational and Psychological Testing. The Instrument for Assessment of Women's Health in Primary Care presented acceptable psychometric properties of content validity and response process, which shows its conceptual and semantic quality, is valid and the answers are reliable for women in the age group of 18 to 69, since it was designed to assess the health needs of women within the organization logic of Primary Health Care, which considers the essential attributes and derivatives.
7
  • LUÍS EDUARDO BARBALHO DE MELLO
  • Estudo Genômico para Identificação de Loci de Risco para Carcinoma Familial Não Medular da Tireoide

  • Orientador : JOSE BRANDAO NETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA BEZERRA NUNES
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • JANETE MARIA CERUTTI
  • PAULA FRASSINETTI VASCONCELOS DE MEDEIROS
  • TIRZAH BRAZ PETTA
  • Data: 19/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • A incidência de carcinomas diferenciados no Rio Grande do Norte, Brasil, é relativamente elevada. Casualmente, observamos uma destacada ocorrência de casos de carcinomas papilíferos em membros de mesmas famílias identificados em nossa casuística, a partir de observações clínicas de rotina. Em algumas famílias detectamos três ou mais casos de carcinomas papilíferos diagnosticados entre pacientes de primeiro e segundo grau de parentesco.  Assim, decidimos aprofundar o estudo no que se refere à etiopatogenia desses tumores com o objetivo de estabelecer se há alguma expressão entre essas pessoas, que possa justificar tal prevalência e traçar um perfil clínico e molecular a partir da análise do sequenciamento do exoma por meio do estudo do DNA extraído de coletas de amostras sanguíneas desses pacientes e de seus familiares. Com a informação gerada pelo sequenciamento genético de nova geração, apontando genes associados ao carcinoma diferenciado da tireoide, será possível o aperfeiçoamento do diagnóstico, condução do tratamento e rastreamento de membros familiares afetados por doença nodular tireoideana, impactando nos diversos índices de aferição de resultados de promoção da saúde. Este projeto é original uma vez que aborda um tema de investigação ainda não esclarecido na literatura e inédito no nosso país.


  • Mostrar Abstract
  • The incidence of differentiated carcinomas in Rio Grande do Norte, Brazil, is relatively high. Casually, we observed a remarkable occurrence of cases of papilliferous carcinomas in members of the same families identified in our series, based on routine clinical observations. In some families we detected three or more cases of papillary carcinomas diagnosed between first and second degree relatives. Thus, we decided to deepen the study regarding the etiopathogenesis of these tumors in order to establish if there is any expression among these individuals, that can justify such a prevalence and to draw a clinical and molecular profile from the analysis of the exoma sequencing through a study of DNA extracted from collections of blood samples from these patients and their relatives. With the information generated by the new generation genetic sequencing, indicating genes associated with differentiated thyroid carcinoma, it will be possible to improve the diagnosis, treatment and tracking of family members affected by thyroid nodular disease, impacting on the various indices of gauging the results of health promotion. This project is original since it addresses a research topic not yet clarified in the literature and unpublished in our country.
8
  • MARIANA ARAUJO PAULO DE MEDEIROS
  • Epidemiologia e fatores prognósticos de candidemia nosocomial no Nordeste brasileiro: Um estudo retrospectivo de 6 anos

  • Orientador : GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANIEL ARCHIMEDES DA MATTA
  • ANA CAROLINA BARBOSA PADOVAN
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • EVELINE PIPOLO MILAN
  • GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • Data: 30/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Candidemia tem sido considerada um persistente problema de saúde pública com grande impacto nos custos hospitalares e alta mortalidade. Objetivamos avaliar a epidemiologia e fatores prognósticos de candidemia em um hospital terciário no nordeste brasileiro entre janeiro de 2011 e dezembro de 2016. Dados clínicos e demográficos dos pacientes foram retrospectivamente obtidos dos prontuários e o perfil de susceptibilidade aos antifúngicos das cepas de Candida spp. foi realizado através do método de microdiluição em caldo. Um total de 68 episódios de candidemia foram avaliados. Observou-se uma incidência média de 2,23 episódios de candidemia/1000 admissões e uma taxa de mortalidade após 30 dias de 55,9%. No momento da candidemia, a maioria dos pacientes (37,5%) encontrava-se na unidade de terapia intensiva. As espécies mais prevalentes foram Candida albicans (35,3%), Candida tropicalis (27,5%), Candida parapsilosis (21,6%) e Candida glabrata (11,8%). Os principais fatores predisponentes foram o uso prévio de antibacterianos (97,1%), cateter venoso central (79,4%), corticoterapia (55,9%) e cirurgia prévia (55,9%). Taxas de mortalidade mais altas foram observadas nos casos de candidemia por C. albicans (61.1%) e C. glabrata (100%), especialmente em relação à C. parapsilosis (21.3%). Algumas variáveis aumentaram significativamente a probabilidade de morte na análise univariada: idade (P = 0,022; odds ratio [OR] = 1,041), sepse grave (P < 0,001; OR = 8,571), choque séptico (P = 0,035; OR = 3,792), hipotensão (P = 0,003; OR = 9,120), neutrofilia (P = 0,046; OR = 3,080), trombocitopenia (P = 0,002; OR = 6,800), ventilação mecânica (P = 0,009; OR = 8,167) e maior número de cirurgias (P = 0,037; OR = 1,920). Na análise multivariada, as variáveis idade (P = 0,040; OR = 1,055), sepse grave (P = 0,009; OR = 9,872) e hipotensão (P = 0,031; OR = 21,042) foram independentemente associadas a pior prognóstico. Não houve resistência à anfotericina B, micafungina ou itraconazol; e uma baixa taxa de resistência ao fluconazol (5,1%). Contudo, 20,5% dos isolados de Candida foram sensíveis dose-dependente (SDD) ao fluconazol e 7,7% ao itraconazol. Em conclusão, nossos resultados podem auxiliar na adoção de estratégias para estratificar pacientes com maior risco de desenvolver candidemia e com pior prognóstico, além de melhorar o manejo antifúngico.


  • Mostrar Abstract
  • Candidemia has been considered a persistent public health problem with great impact on hospital costs and high mortality. We aimed to evaluate the epidemiology and prognostic factors of candidemia in a tertiary hospital in Northeast Brazil from January 2011 to December 2016. Demographic and clinical data of patients were retrospectively obtained from medical records and the antifungal susceptibility profile was performed using the broth microdilution method. A total of 68 episodes of candidemia were evaluated. We found an average incidence of 2.23 episodes /1000 admissions and a 30-day mortality rate of 55.9%. The most prevalent species were Candida albicans (35.3%), Candida tropicalis (27.4%), Candida parapsilosis (21.6%) and Candida glabrata (11.8%). The main predisposing factors were the previous use of antibacterial agents (97.1%), the presence of central venous cateter (79.4%), corticosteroid therapy (55.9%) and previous surgery (55.9%). Higher mortality rates were observed in cases of candidemia due to C. albicans (61.1%) and C. glabrata (100%), especially in relation to C. parapsilosis (27.3%). Some variables significantly increased the probability of death at univariate analysis: older age (P = 0.022; odds ratio [OR] = 1.041), severe sepsis (P < 0.001; OR = 8.571), septic shock (P = 0.035; OR = 3.792), hypotension (P = 0.003; OR = 9.120), neutrophilia (P = 0.046; OR = 3.080), thrombocytopenia (P = 0.002; OR = 6.800), mechanical ventilation (P = 0.009; OR = 8.167) and greater number of surgeries (P = 0.037; OR = 1.920). At multivariate analysis, older age (P = 0.040; OR = 1.055), severe sepsis (P = 0.009; OR = 9.872) and hypotension (P = 0.031; OR = 21.042) were independently associated with worse prognosis. There was no resistance to amphotericin B, micafungin or itraconazole and a low rate of resistance to fluconazole (5.1%). However, 20.5% of the Candida isolates were susceptible dose-dependent (SDD) to fluconazole and 7.7% to itraconazole. In conclusion, our results could assist in the adoption of strategies to stratify patients at higher risk for developing candidemia and worse prognosis, in addition to improve antifungal management.

9
  • KELL GRANDJEAN DA COSTA
  • Controle inibitório, função cerebral e exercício em populações especiais

  • Orientador : EDUARDO BODNARIUC FONTES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDUARDO BODNARIUC FONTES
  • BRUNO LOBAO SOARES
  • VANESSA DE PAULA SOARES RACHETTI
  • MENNA PRICE
  • RODRIGO HOHL
  • Data: 09/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • O controle inibitório é uma função executiva baseada no córtex pré-frontal (PFC) e sugere-se que desempenhe um papel fundamental em comportamentos saudáveis. O 
    comprometimento dessa função cognitiva foi descrito em indivíduos com transtorno do uso de substâncias (SUD) ou obesidade. Por outro lado, o exercício aeróbico e a 
    aptidão cardiorrespiratória demonstraram melhorar a cognição, sugerindo seu papel potencial na prevenção e no tratamento de impulsividade e comportamentos não
     saudáveis. Aqui apresentamos quatro estudos que investigaram a interação entre controle inibitório, função cerebral e exercício em indivíduos com transtorno por uso de 
    substâncias e crianças com diferentes composições corporais. No primeiro estudo, mostramos os efeitos agudos do exercício aeróbico no controle inibitório e na oxigenação 
    do CPF em indivíduos com DUS. No segundo estudo, revisamos os efeitos crônicos do exercício aeróbico em indivíduos com DUS e propomos um modelo psicobiológico 
    do exercício para futuros ensaios clínicos nessa população. No terceiro estudo, mostramos como a massa de gordura em crianças estava associada a pior controle inibitório 
    específico de alimentos, independente da aptidão cardiorrespiratória. E, no quarto estudo, usando um scanner de ressonância magnética, identificamos os correlatos neurais
     associados ao controle inibitório específico de alimentos em crianças. Juntos, nossos estudos mostram os benefícios potenciais de manter comportamentos saudáveis, como 

    exercícios aeróbicos e diminuição dos níveis de massa gorda, nas funções cognitivas e cerebrais em populações especiais


  • Mostrar Abstract
  • Inhibitory control is an executive function based on the prefrontal cortex (PFC) and is suggested to play a key role in healthy behaviors. Impairment of this cognitive function has been described in individuals with substance use disorder (SUD) or obesity. On the other hand, aerobic exercise and cardiorespiratory fitness has been shown to improve cognition suggesting its potential role in preventing and treating impulsivity and unhealthy behaviors. Here we present four studies that investigated the interaction between inhibitory control, brain function, and exercise in individuals with substance use disorder and children with different body composition. In the first study, we showed the acute effects of aerobic exercise on inhibitory control and PFC oxygenation in individuals with SUD. On the second study, we review the chronic effects of aerobic exercise in individuals with SUD and propose a psychobiological model of exercise for future clinical trials in this population. On the third study, we showed how fat mass in children was associated with poorer food-specific inhibitory control, independent of the cardiorespiratory fitness. And, in the fourth study, using an MRI scanner, we have identified the neural correlates associated with the food-specific inhibitory control in children. Together, our studies show the potential benefits of keeping healthy behaviors, such as aerobic exercising and decreased levels of fat mass, on cognitive and brain function in special populations.

10
  • JOVELINA SAMARA FERREIRA ALVES
  • Obtenção, caracterização e avaliação da atividade antidepressiva de
    extrato rico em flavonoides na forma livre e de nanopartículas
    poliméricas elaborados a partir das folhas de Passiflora edulis fo.
    flavicarpa (maracujá-amarelo)

  • Orientador : SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
  • ADLEY ANTONINI NEVES DE LIMA
  • VANESSA DE PAULA SOARES RACHETTI
  • GEISON MODESTI COSTA
  • EDUARDO PEREIRA DE AZEVEDO
  • Data: 30/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • Espécies do gênero Passiflora sp. têm capacidade de produzir
    uma variedade de flavonoides neuroativos e antioxidantes, que
    podem prevenir os danos cerebrais causados por transtornos
    depressivos. No entanto, devido à baixa biodisponibilidade, a
    aplicação clínica desses ativos ainda é um desafio para a
    tecnologia farmacêutica. Dentro desse contexto, destaca-se a
    espécie Passiflora edulis fo. flavicarpa (Passifloraceae),
    conhecida popularmente como maracujá-amarelo. Assim, os
    objetivos deste trabalho são: i. desenvolver um método de
    obtenção de um extrato rico em flavonoides (FRE) a partir das
    folhas de Passiflora edulis fo. flavicarpa; ii. purificar e
    caracterizar flavonoides do extrato FRE; iii. desenvolver um
    sistema nanopartículas carregado de extrato FRE; iv. avaliar a
    biocompatibilidade e atividade antidepressiva do extrato FRE na
    forma livre e nanoparticulado. As folhas utilizadas no estudo
    foram coletadas em local de cultivo e secas para uso em
    otimização da extração por metodologia de superfície resposta.
    O extrato FRE foi utilizado para isolamento das substâncias
    majoritárias por CLAE-UV-DAD-Prep. Posteriormente, foi
    elaborado um sistema de nanopartículas catiônicas carregadas
    do extrato FRE, produzidas com polímero polimetilmetacrilato
    (PMMA), que foi caracterizado por mensuração de tamanho,
    potencial zeta, eficiência de encapsulação, ATR-FTIR e
    microscopia por AFM. Adicionalmente, foi avaliada a
    biocompatibilidade (através do modelo de toxicidade oral aguda)
    e efeito tipo antidepressivo (usando os modelos de natação
    forçada e campo aberto) após administração oral de extrato FRE

    na forma livre e nanoparticulado e da substância isoorientina,
    em modelos in vivo. A análises quantitativas mostraram que o
    extrato FRE possui conteúdo total de flavonoides de 11,42 mg/g
    e um teor de 5,21 mg/g de isoorientina. Foram identificados 13
    flavonoides glicosilados derivados de luteolina, crisina e
    apigenina, através de análise por CLAE-ESI-IT-MS/MS.
    Posteriormente, foi avaliado o teor dos flavonoides vicenina-2
    (5,20 mg/g), orientina (0,59 mg/g), vitexina (0,20 mg/g) e
    isovitexina (0,96 mg/g) no extrato FRE, através de análise por
    sistema CLAE-QqQ-MS/MS. As análises físico-quimicas
    mostraram que as nanopartículas carregadas de extrato FRE
    são esféricas com carga superficial positiva, tamanho de 65,6
    nm, potencial zeta positivo e alta eficiência de encapsulação de
    isoorientina (E.E = 100%) e estáveis ao longo de seis meses. As
    análises histopatológicas e bioquímicas de tecidos e soro dos
    animais mostraram a biocompatibilidade das nanopartículas em
    branco, do extrato FRE livre (2 g/kg kg; p.o.) e nanoparticulado
    (5 mg/kg; p.o.). O efeito tipo antidepressivo após administração
    aguda via oral do extrato FRE livre (50 e 100 mg/kg; P <0,01 e P
    <0,001) e nanoparticulado (5 mg/kg; P <0,01) e da isoorientina
    (1-10 mg/kg, P <0,001) foi investigado no teste de natação
    forçada, e semelhante ao antidepressivo nortriptilina,
    promoveram redução de tempo de imobilidade dos animais.
    Assim, a otimização do método de extração aumentou em 10
    vezes o potencial antidepressivo e. a encapsulação promoveu a
    manutenção da atividade antidepressiva com aa redução da
    dose de extrato em 10 vezes. Além disso, este trabalho foi o
    primeiro a demonstrar o efeito antidepressivo da substância
    isoorientina, sugerindo um marcador. Os experimentos
    confirmam que insumos farmacêuticos ativos nas formas livre e
    de nanopartículas de folhas de P. edulis são uma estratégia
    promissora para produção de fitoterápico com ação
    antidepressiva


  • Mostrar Abstract
  • Species of the genus Passiflora sp. have the ability to produce a variety of neuroactive flavonoids and antioxidants,
     which can prevent brain damage caused by disorders depressive. However, due to the low bioavailability, 
    clinical application of these assets is still a challenge for pharmaceutical technology. Within this context, 
    we highlight the Passiflora edulis fo. flavicarpa (Passifloraceae), popularly known as yellow passion fruit. 
    So the objectives of this paper are: i. develop a method of obtaining an extract rich in flavonoids (FRE) 
    from the Passiflora edulis fo. flavicarpa; ii. purify and characterize flavonoids from FRE extract; iii. 
    develop a FRE extract loaded nanoparticles system; iv. evaluate the biocompatibility and antidepressant 
    activity of FRE extract in free and nanoparticulate form. The leaves used in the study were collected at the place 
    of cultivation and dried for use in optimization of extraction by surface response methodology. 
    FRE extract was used to isolate the substances majority by HPLC-UV-DAD-Prep. Subsequently, 
    it was a system of charged cationic nanoparticles of FRE extract produced with polymethyl methacrylate
     polymer (PMMA), which was characterized by size measurement, zeta potential, encapsulation 
    efficiency, ATR-FTIR and AFM microscopy. Additionally, the biocompatibility (through acute oral toxicity model)
     and antidepressant effect (using swim models open field) after oral administration of FRE extract
    in free and nanoparticulate form and the substance isoorientina, in in vivo models. 
    Quantitative analysis showed that the FRE extract has total flavonoid content of 11.42 mg / g 
    and a content of 5.21 mg / g isoorientine. 13 identified glycosylated flavonoids derived from luteoline,
     chrysin and apigenin by HPLC-ESI-IT-MS / MS analysis. Subsequently, the content of the flavonoids vicenin-2 
    was evaluated. (5.20 mg / g), orientin (0.59 mg / g), vitexin (0.20 mg / g) and isovitexin (0.96 mg / g) in
     the FRE extract by analysis by CLAE-QqQ-MS / MS system. Physicochemical analysis showed that FRE extract
     loaded nanoparticles are spherical with positive surface charge, size 65.6 nm, positive zeta potential and 
    high encapsulation efficiency of isoorientin (E.E = 100%) and stable over six months. At histopathological
     and biochemical analyzes of tissues and serum of animals showed the biocompatibility of nanoparticles in
     white, free FRE extract (2 g / kg kg; p.o.) and nanoparticulate (5 mg / kg; p.o.). The antidepressant-like
     effect after administration oral route of free FRE extract (50 and 100 mg / kg; P <0.01 and P <0.001)
     and nanoparticulate (5 mg / kg; P <0.01) and isoorientine (1-10 mg / kg, P <0.001) was investigated 
    in the swim test and similar to the nortriptyline antidepressant, promoted a reduction in the immobility
     time of the animals. Thus, the extraction method optimization increased by 10 times the antidepressant 
    potential e. encapsulation promoted the maintenance of antidepressant activity with the reduction of
     extract dose in 10 times. Also, this work was the first to demonstrate the antidepressant effect of the 
    substance isoorientina, suggesting a marker. The experiments confirm that active pharmaceutical ingredients 
    in free and edulis leaf nanoparticles are a strategy promising for herbal medicine production with action 
    antidepressant.
11
  • TALITA KATIANE DE BRITO PINTO
  • Avaliação da atividade tripanossomicida de nanopartículas de prata e o polissacarídeo xilana contra formas epimastigotas de Trypanosoma cruzi
  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • VALTER FERREIRA DE ANDRADE NETO
  • ANA KATARINA MENEZES DA CRUZ SOARES
  • ARIANE FERREIRA LACERDA
  • NATHALIA KELLY DE ARAUJO
  • Data: 30/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • A doença de Chagas ou Tripanossomíase americana é causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi. O tratamento atual compreende o uso de pelo menos dois fármacos o benzonidazol (Bnz) e o nifurtimox, os quais apresentam elevada toxicidade e ineficácia na fase crônica da doença, o que induz a busca de alternativas terapêuticas mais eficazes. Estudos têm demonstrado que a síntese verde de nanopartículas de prata com polissacarídeos tem potencializado a atividade biológica tanto dos polissacarídeos como da prata. Portanto, o polissacarídeo xilana foi extraído do sabugo de milho, utilizando um método amigável ao meio ambiente, e foi usado para a síntese de nanopartículas de prata (nanoxilanas - NX). Estudos de microscopia de força atômica e espectroscopias de infravermelho e Raman, e de Espectrometria de emissão atômica por plasma acoplado comprovaram a presença de prata (~19%) e xilana na NX, bem como seu formato arredondado e tamanho médio (~ 40 nm). Parasitas T. cruzi perderam 95% da sua capacidade de reduzir o MTT (3- brometo (4,5- dimetiltiazol-2-il) -2,5- difeniltetrazólio) quando incubados com nanoxilana (100 µg/mL). Análise de citometria de fluxo mostrou que 98% dos parasitas estavam positivos para iodeto de propídeo quando incubados por 24 h com NX (100 µg/mL), enquanto o Bnz, na mesma concentração, foi incapaz de induzir esse efeito. Os dados mostram que a nanoxilana induz necrose dos parasitas e que é um forte candidato para estudos pré-clínicos com animais infectados com T. cruzi.


  • Mostrar Abstract
  • Chagas disease or American trypanosomiasis is caused by the protozoan Trypanosoma cruzi. The current treatment comprises the use of at least two drugs, benzonidazole (Bnz) and nifurtimox, which present high toxicity and inefficiency in the chronic phase of the disease, which induces the search for more effective therapeutic alternatives. Studies have shown that the green synthesis of silver nanoparticles with polysaccharides has potentiated the biological activity of both polysaccharides and silver. Therefore, the xylan polysaccharide was extracted from corn cob using an environmentally friendly method and was used for the synthesis of silver nanoparticles (NX). Atomic force microscopy, infrared and Raman spectroscopy studies, and coupled plasma atomic emission spectrometry have shown the presence of silver (~ 19%) and xylan in NX, as well as their round shape and average size (~ 40 nm). . Parasites T. cruzi lost 95% of their ability to reduce MTT (3-bromide (4,5-dimethylthiazol-2-yl) -2,5-diphenyltetrazolium) when incubated with nanoxylan (100 µg / mL). Flow cytometric analysis showed that 98% of the parasites were positive for propidium iodide when incubated for 24 h with NX (100 µg / mL), while Bnz at the same concentration was unable to induce this effect. The data show that nanoxylan induces parasite necrosis and is a strong candidate for preclinical studies with T. cruzi infected animals.
12
  • RENATA VEIGA ANDERSEN CAVALCANTI
  • RASTREAMENTO DE ALTERAÇÕES MASTIGATÓRIAS EM IDOSOS (RAMI): EVIDÊNCIAS DE VALIDADE DO INSTRUMENTO PARA DIAGNÓSTICO EPIDEMIOLÓGICO AUTORREFERIDO 

  • Orientador : KENIO COSTA DE LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA DA FONTE PORTO CARREIRO
  • ANA KARÉNINA FREITAS DO AMARAL
  • GIORVAN ANDERSON DOS SANTOS ALVES
  • KENIO COSTA DE LIMA
  • LIDIANE MARIA DE BRITO MACEDO FERREIRA
  • Data: 20/09/2019

  • Mostrar Resumo
  • O envelhecimento provoca modificações no sistema estomatognático que repercutem na função mastigatória, promovendo alterações que podem afetar o processo de  alimentação, a fase oral da deglutição, como também a nutrição, comprometendo a qualidade de vida da população idosa. Assim, o objetivo desse estudo foi construir e validar um instrumento de rastreamento de alterações mastigatórias em idosos (RAMI). É um estudo de validação, não randomizado e seccional, e o método seguiu as diretrizes tradicionais do Standards for Educational and Psychological Testing. A população do estudo foi composta por idosos de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 60 anos, recrutados por conveniência. Na primeira etapa do estudo, para obtenção de evidências de validade baseadas no conteúdo, um painel de quatro especialistas definiram o construto e o conteúdo do instrumento, e um comitê de 28 especialistas avaliaram a representatividade e relevância dos itens em relação ao construto da primeira versão do RAMI com 16 itens. A análise realizada através dos Índice de Validade de Conteúdo para Itens (IVC-I) e o Índice de Validade de Conteúdo (IVC) foi satisfatória. Somente uma questão foi excluída. A segunda versão do RAMI com 15 questões foi aplicada na população-alvo composta por 40 idosos para obtenção de evidências de validade baseadas nos processos de resposta. Após análise quantitativa e qualitativa das respostas verificou-se que o instrumento foi bem avaliado pelos idosos necessitando de pequenos ajustes de morfossintaxe. A terceira versão do RAMI, ainda com 15 questões, foi aplicada em 295 idosos para a obtenção de  evidências de validade baseada na estrutura interna. Foi realizada a análise fatorial confirmatória para o ajuste do modelo. O RAMI foi ajustado em sua estrutura interna, resultando no modelo de 9 questões em dois fatores, função e percepção mastigatória (c2 = 48,7, p = 0,004, c2/gl =1,76, RMSEA = 0,05, WRMR = 0,75, CFI = 0,98 e TLI = 0,98). A quarta versão do RAMI foi submetida à obtenção de evidências de validade baseadas na relação com outras variáveis em uma população de 196 idosos e considerou a análise do coeficiente de correlação de Spearman (r). A validade convergente foi confirmada pela correlação moderada entre os resultados do RAMI e de quatro instrumentos validados com desfechos relacionados à disfunção temporomandibular (r= 0,330; p<0,001), hipossalivação (r= 0,442; p<0,001), disfagia orofaríngea (r= 0,456; p<0,001) e saúde bucal (r= -0,681; p<0,001). A validade discriminante foi confirmada pela correlação fraca entre o RAMI  e uma escala de autoestima validada (r= -0,269; p<0,001). A análise da confiabilidade foi realizada com aplicação do teste-reteste em 124 idosos, através do Kappa ponderado, coeficiente de correlação intraclasse (CCI),  erro de medição do instrumento (SEM), menor diferença real (SRD) e alfa de Cronbach. Foi considerado o nível de significância de 5%. O RAMI com 9 questões apresenta bons índices de confiabilidade (ICC = 0,87, IC 0,82-0,91, p <0,001; SEM = 1,90; SRD = 5,25) e alta consistência interna (a = 0,93). O RAMI apresentou respostas válidas e confiáveis para identificar alterações mastigatórias em idosos residentes na comunidade.


  • Mostrar Abstract
  • Aging causes changes in the stomatognathic system which influence the masticatory function, and promote disorders that may affect the eating process, oral phase of swallowing, and nutrition status, compromising the older adult population quality of life. Thus, this study aims to construct and validate the instrument for screening for masticatory disorders in older adults (SMDOA). This is a non-randomized and sectional validation study, and the method followed the traditional guidelines of the Standards for Educational and Psychological Testing. The study population consisted of older adults of both genders, aged 60 or over, recruited by convenience. In the first stage of the study, the validity evidence based on the content was obtained through a panel of four experts who defined the construct and content of the instrument and considered the evaluation of 28-experts-committee in relation to the representativeness and relevance of the items of the construct on the first version of SMDOA with 16 questions. The analysis performed through the Content Validity Index by Items (CVI-I) and the Content Validity Index (CVI) was satisfactory. Only one question has been deleted. The second version of SMDOA with 15 items was applied to the target population of 40 older adults to obtain validity evidence based on response processes. After quantitative and qualitative analysis of the answers, it was found that the instrument was well evaluated by the older adults requiring minor morphosyntax adjustments. The third version of RAMI, still with 15 questions, was applied to 295 older adults to obtain validity evidence based on the internal structure. Confirmatory factor analysis was performed to adjust the model. The SMDOA was adjusted in its internal structure, resulting in the model of 9 questions in two factors, masticatory function and perception (c2 = 48,7, p = 0,004, c2/gl =1,76, RMSEA = 0,05, WRMR = 0,75, CFI = 0,98 e TLI = 0,98). The fourth version of SMDOA was submitted to obtaining validity evidence based on relation to other variables in a population of 196 older adults and considered the analysis of Spearman's correlation coefficient (r). The convergent validity was confirmed by the moderate correlation between SMDOA results and four validated instruments with outcomes related to temporomandibular disorders (r= 0,330; p<0,001), hyposalivation (r= 0,442; p<0,001), oropharyngeal dysphagia (r= 0,456; p<0,001) and oral health (r= -0,681; p<0,001). Discriminant validity was confirmed by the weak correlation between SMDOA and a validated self-esteem scale (r= -0,269; p<0,001). Reliability analysis was performed by applying the test-retest in 124 elderly, through weighted Kappa, intraclass correlation coefficient (ICC), standard error of measurement (SEM), smallest real difference (SRD) and Cronbach's alpha. A significance level of 5% was considered. The 9-question SMDOA has good reliability indices (ICC = 0,87, IC 0,82-0,91, p <0,001; SEM = 1,90; SRD = 5,25) and high internal consistency (a = 0,93). SMDOA presented valid and reliable responses to identify masticatory disorders in community-dwelling older adults.

13
  • HEGLAYNE PEREIRA VITAL DA SILVA
  • Identificação de alterações cromossômicas representativas de um diagnóstico molecular das fissuras lábio palatinas, utilizando a técnica de hibridização genômica por microarranjos.

  • Orientador : ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • ANDRE DUCATI LUCHESSI
  • LEONARDO CAPISTRANO FERREIRA
  • JULIANA FORTE MAZZEU DE ARAÚJO
  • APARECIDO DIVINO DA CRUZ
  • Data: 12/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • Fissuras ou Fendas orofaciais (FO) não-sindrômicas consistem em malformações craniofaciais caracterizadas pela presença de espaços ou lacunas anormais no lábio superior, alvéolo e/ou palato, que podem trazer efeitos sobre a fala, audição, aparência e cognição, bem como resultados adversos de longa duração para a saúde e para a integração social. A despeito dos diversos agentes ambientais já identificados, a susceptibilidade genética é, de fato, o componente principal da etiologia das FO não-sindrômicas.  No entanto, apesar de décadas de pesquisa genética e dos diferentes tipos de estudos genéticos empregados, ainda não está claro exatamente quantos genes podem controlar o risco ou como eles agem para influenciar o risco de fendas orofaciais. Estudos em larga escala do genoma inteiro utilizando tecnologias de alto rendimento como matrizes de hibridização genômica comparativa (CGH-array) tem se mostrado uma importante ferramenta no estudo de doenças complexas e heterogêneas, pois possibilitam o mapeamento de largas variações estruturais de um genoma de referência incluindo deleções e duplicações, denominadas coletivamente como Copy Number Variations (CNVs). Assim, o presente estudo objetivou identificar e descrever CNVs raras em pacientes com FO não-sindrômicas, utilizando CGH-array, com o objetivo de explorar a implicação dos genes sobrepostos às CNVs para a etiologia genética das FO. Cinco CNVs raras foram identificadas em cinco pacientes com FO não sindrômicas: uma deleção de 220kb localizada na região 1p12, sobrepondo aos três genes GDAP2, WDR3, SPAG17; uma duplicação de 326kb na região 3p22.3, abrangendo os genes CCR4 e GLB1 e as duplicações nas regiões 4q32.3, 10p14, 15q13.3 sobrepondo aos genes SPOCK3, CELF2, CHRNA7, respectivamente. Somente a duplicação de 440kb no cromossomo 15 envolvendo o gene receptor colinérgico, nicotínico neuronal, polipeptídeo alfa 7 (CHRNA7) foi previamente descrito em um paciente com fenótipo de FO. Todos os genes evidenciados têm participação em eventos celulares essenciais ao desenvolvimento embriológico do lábio e palato e, portanto, podem representar potenciais genes candidatos dos pacientes estudados


  • Mostrar Abstract
  • Non-syndromic orofacial clefts (OFC) consist of craniofacial malformations characterized by the presence of abnormal spaces or gaps in the upper lip, alveolus and/or palate, which may have effects on speech, hearing, appearance and cognition, as well as long-term adverse outcomes health and social integration. Despite the various environmental agents already identified, genetic susceptibility is in fact the main component of the etiology of non-syndromic OFC. However, despite decades of genetic research and the different types of genetic studies, it is still unclear exactly how many genes can control the risk or how they act to influence the risk of orofacial clefts. Large-scale studies of the entire genome using high throughput technologies as comparative genomic hybridization (CGH-array) have been shown to be an important tool in the study of complex and heterogeneous diseases, since it allows mapping of wide structural variations of a reference genome, including deletions and duplications, collectively referred to as Copy Number Variations (CNVs). Thus, the present study aimed to identify and describe rare CNVs in non-syndromic OFC patients using array-CGH to explore the implication of overlapping CNV genes for the genetic etiology of OFC. Five rare CNVs were identified in five OFC patients: a 220kb deletion located in the 1p12 region, overlapping the three GDAP2, WDR3, SPAG17 genes; a 326kb doubling in the 3p22.3 region, spanning the CCR4 and GLB1 genes and the doubling in the 4q32.3, 10p14, 15q13.3 regions overlapping the SPOCK3, CELF2, CHRNA7 genes, respectively. Only the 440kb duplication on chromosome 15 involving the cholinergic neuronal nicotinic receptor gene, alpha 7 polypeptide (CHRNA7) was previously described in a patient with OFC phenotype. All evidenced genes participate in cellular events essential to the embryological development of the lip and palate and, therefore, may represent potential candidate genes of the patients studied.

14
  • TÁBATA LOÍSE CUNHA LIMA
  • NANOTECNOLOGIA APLICADA NO AUMENTO DA ATIVIDADE DE AGENTES COM POTENCIAL ANTIMICROBIANO: UMA ABORDAGEM ANTIVIRAL E ANTIFÚNGICA

  • Orientador : ARNOBIO ANTONIO DA SILVA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ARNOBIO ANTONIO DA SILVA JUNIOR
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • FABIO ROCHA FORMIGA
  • MARGARETE MORENO DE ARAUJO
  • WALICYRANISON PLINIO DA SILVA ROCHA
  • Data: 14/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • As nanopartículas têm a capacidade melhorar as propriedades farmacológicas de moléculas como a cloroquina (CQ) e o fitol (FIT). Nanopartículas orgânicas podem ser produzidas a partir de polímeros ou lipídios. As nanopartícula poliméricas (NP) e as nanopartículas lipídicas sólidas (NLS) vêm sendo amplamente estudadas como fonte terapêutica alternativa para doenças virais e fúngicas. O herpes simplex vírus tipo 1 (HSV-1) e as leveduras do gênero Candida são conhecidos por serem micro-organismos que causam graves infecções em pacientes imunocomprometidos, podendo gerar casos fatais. O objetivo do nosso trabalho foi desenvolver e monitorizar NP de poli (ácido lático) (PLA) carregadas com cloroquina (NP-CQ) para melhorar a eficácia da CQ na atividade anti-HSV-1; bem como, NLS carregadas com fitol (NLS-FIT), produzidas a partir do lipídio de origem natural 1,3-diestearil-2-oleil-glicerol (TG1) para avaliar a sua atividade anti-Candida. As nanopartículas produzidas foram monitoradas usando o espalhamento dinâmico de luz (DLS), a microscopia de força atômica (MFA) e a eficiência de encapsulação (EE) da CQ e do FIT. Como resultados temos que todos os sistemas tiveram tamanho <300 nm, PdI <0,2 e eficiência de encapsulação >60%. Os testes antivirais foram feitos através do ensaio de redução de placa e o aciclovir (ACV) foi utilizado como controle positivo. Os testes anti-Candida foram realizados a partir da determinação da concentração inibitória mínima (CIM) frete a sete cepas de referência e oito cepas clínicas e como controle positivo foi utilizado o fluconazol. Os testes antivirais revelaram maior eficácia das NP-CQ em comparação com CQ e o ACV em concentrações iguais ou inferiores a 20 µg/mL (p <0,001). Já os testes de CIM revelaram que as NLS-FIT conseguiram melhorar a atividade de fitol e CIM 100% foram alcançadas em concentrações que variaram de 0,24 e 0,40 µg/mL, para ambos os tipos de cepas. Diante disso, podemos inferir que a formulação de diferentes nanopartículas foi empregada com sucesso, sendo as NP-CQ capazes de aumentar a atividade antiviral da CQ e as NLS-FIT capazes de aumentar a atividade anti-Candida do fitol.


  • Mostrar Abstract
  • Nanoparticles have the ability to improve pharmacological properties of molecules such as chloroquine (CQ) and phytol (PHY). Organic nanoparticles can be made from polymers or lipids. Polymeric nanoparticles (NP) and solid lipid nanoparticles (SLN) have been widely studied as a source of an alternative therapeutic for viral and fungal diseases. Herpes simplex virus type 1 (HSV-1) and Candida yeast are known to be microorganisms that cause severe infections in immunocompromised patients and can lead to fatalities. The aim of our study was to develop and monitor chloroquine-loaded poly (lactic acid) (PLA) NP (CQ-NP) to improve the effectiveness of CQ in anti-HSV-1 activity; as well as, phytol-loaded NLS (SLN-PHY) produced from the lipid naturally occurring 1,3-distearyl-2-oleyl glycerol (TG1) and then evaluate anti-Candida activity by determining minimum inhibitory concentration (MIC). The nanoparticles produced were monitored using dynamic light scattering (DLS), atomic force microscopy (AFM) and encapsulation efficiency (EE) of CQ and PHY. As results we have that all systems size is <300 nm, PdI <0.2 and encapsulation efficiency> 60%. Antiviral tests were performed by plaque reduction assay using acyclovir (ACV) as positive control. The anti-Candida assays were performed against seven reference strains and eight clinical strains and fluconazole was used as a positive control. Antiviral tests revealed greater efficacity of CQ-NP compared to CQ and ACV at concentrations less than 20 µg/m (p <0.001). MIC tests revealed that SLN-PHY were able to improve phytol activity and MIC 100% were achieved at concentrations ranging from 0.24 and 0.40 µg/mL for both types of strains. Therefore, it can be inferred that the formulation of different nanoparticles was successfully employed, and that NP-CQ being able to increase CQ antiviral activity and SLN-PHY being able to increase phytol's anti-Candida activity.

15
  • CLÁUDIA NUNES OLIVEIRA
  • Influência do íleo e do cólon na regeneração hepática. Estudo comparativo

  • Orientador : ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • JOABE DOS SANTOS PEREIRA
  • REJANE ANDRADE DE CARVALHO
  • CIPRIANO DA CRUZ FORMIGA
  • MARIA GORETTI FREIRE DE CARVALHO
  • Data: 20/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: O cólon e o íleo desempenham papéis significativos na fisiologia do fígado. Estudos sobre hepatectomia e colectomia ou enterectomia simultâneas são escassos e controversos. Nós investigamos e comparamos os efeitos da ressecção de íleo e cólon na regeneração hepática. Materiais e Métodos: Vinte e quatro ratos Wistar foram alocados no grupo I - (Sham), grupo II - hepatectomia a 70%; grupo III - hepatectomia à 70% + ressecção ileal e grupo IV - hepatectomia à 70% + colectomia parcial. No sexto dia, foram medidas as enzimas hepáticas séricas, albumina, fator de crescimento para hepatócitos (HGF) e fator de crescimento transformador alfa (TGF-α). A taxa de regeneração hepática foi estimada. A análise imuno-histoquímica do Ki-67 foi realizada no fígado remanescente. Resultados: Os níveis de enzimas hepáticas foram significativamente maiores nos ratos do grupo III em comparação aos demais grupos (p <0,001). No grupo IV, os níveis foram significativamente menores do que nos grupos II e III (p <0,001). A albuminemia foi significativamente menor nos ratos do grupo III em comparação com os outros grupos (p <0,001). A albuminemia não foi diferente na comparação dos grupos I e IV (p> 0,05). Os níveis de HGF e TGF-α no grupo IV foram significativamente maiores do que nos outros grupos (p <0,001). A taxa de regeneração hepática foi maior no grupo IV do que nos grupos II e III, com diferença significativa (p<0,05). A expressão de hepatócitos de Ki-67 foi significativamente maior no fígado remanescente do grupo IV do que no grupo III (p = 0,002). Não houve diferença na expressão de Ki-67 entre os grupos II e IV (p> 0,05). Conclusão: A ressecção de íleo e cólon tem efeitos diferentes na regeneração hepática. A ressecção do cólon influencia positivamente a regeneração hepática, enquanto a ressecção do íleo influencia negativamente o processo regenerativo, em um modelo de rato.


  • Mostrar Abstract
  • Abstract

    AIM

    The aim of this study was to investigate and compare the effects of ileum and colon resection on liver regeneration.

    METHODS

    Wistar rats (Rattus norvegicus) weighing 261 ± 34g were randomly allocated to four groups of six animals each. In group I (sham), only laparotomy was performed; in group II, 70% hepatectomy; in group III 70% hepatectomy + ileal resection; and in group IV, 70% hepatectomy + partial colectomy. On the sixth postoperative day, blood was collected by cardiac puncture, followed by euthanasia. Serum dosages of aspartate aminotransferase (AST), alanine aminotransferase (ALT), albumin, alkaline phosphatase (AF), hepatocyte growth factor (HGF) and transforming growth factor-alpha (TGF-α) were measured. The hepatic regeneration rate was estimated by liver weight per 100 g of body weight at euthanasia/preoperative projected liver weight per 100 g of  body weight × 100. The liver samples were submitted to the Ki-67 immunohistochemical reaction.

     

    RESULTS

    ALT, AST and AF levels were significantly higher in group III rats when compared to group I, III and IV (p<0.001). In group IV, the levels were significantly lower than in groups II and III (p<0.001). Albuminemia showed significantly lower levels in group III rats when compared to groups I, II and IV. (p<0.001). There was no difference in albuminemia between groups I (sham) and IV (70% hepatectomy + colectomy) rats (p>0.05). HGF and TGF-α levels in group IV rats were significantly higher than in groups I, II and III (p<0.001). Group IV animals exhibited a higher liver regeneration rate than in groups II and III, but the difference was not significant (p>0.05). The liver cell expression of Ki-67 was significantly higher in the remnant liver of group IV rats than in group III (p=0.002). There was no difference in Ki-67 expression between group II and IV rats (p>0.05).

     

    CONCLUSION

    Ileum and colon resection have different effects on liver regeneration. Colon resection positively influences liver regeneration, while ileum resection has a negative influence on the regenerative process, in a rat model.

16
  • KEYLA BORGES FERREIRA ROCHA
  • Efeito do extrato de Arrabidaea chica contra o câncer de mama quimicamente induzido em modelo animal

  • Orientador : ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • LIDIANE MARIA DE BRITO MACEDO FERREIRA
  • AMALIA CINTHIA MENESES DO REGO
  • EDUARDO PEREIRA DE AZEVEDO
  • Data: 20/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: O objetivo do estudo foi examinar os efeitos de extrato de Arrabidaea chica (crajiru), planta nativa da Amazônia, em modelo de carcinoma mamário induzido por dimetil-benzantraceno (DMBA) em ratas Wistar. Método: Foi comparada a resposta do carcinoma mamário ao estrato de A. chica (EAC) injetado v.o. durante 16 semanas, associado ou não à vincristina. Grupos do desenho experimental: controle normal; grupo DMBA sem tratamento; DMBA tratado com EAC (300 mg/kg); grupo DMBA+Vincristina injetada i.p. 500µg/kg; DMBA+EAC+Vincristina 250µg/kg.  Exames de imagem utilizando microPET e fluorescência, bioquímica, estresse oxidativo, hematologia e histopatologia foram utilizados para a validação dos tratamentos. Resultados: Todos os animais sobreviveram. Houve aumento gradual de peso em todos os grupos por 16 semanas, sem diferença significante entre eles (p>0,05). A injeção v.o. de EAC e EAC+vincristina 50% reduziu significativamente (p<0,001) a incidência de tumores mamários examinados com PET-18FDG e fluorescência. Reduziu significativamente as transaminases séricas, o extresse oxidativo e a toxicidade hematológica. Os níveis de enzimas antioxidantes no tecido mamário foram significativamente maiores, comparando com os grupos DMBA e DMBA+vincristina.    Conclusão: Estes resultados demonstram claramente pela primeira vez que o extrato de A. chica exerce eficácia fitoterápica em modelo de câncer de mama induzido por DMBA, suprimindo a proliferação celular anormal e induzindo a redução da toxicidade do quimioterápico e do estresse oxidativo. O extrato de A. chica pode ter implicação clínica e ser desenvolvido como uma droga para reduzir a mortalidade e atenuar a toxicidade da quimioterapia para o câncer de mama.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: The aim of this study was to examine the effects of Arrabidaea chica (crajiru) extract, native plant of the Amazon, on a dimethyl benzanthracene-induced mammary carcinoma (DMBA) model in Wistar rats. Method: The response of mammary carcinoma to the injected A. chica stratum (EAC) v.o. for 16 weeks, whether or not associated with vincristine. Groups of experimental design: normal control; DMBA group without treatment; EAC-treated DMBA (300 mg / kg); DMBA + Vincristine group injected i.p. 500µg / kg; DMBA + EAC + Vincristine 250µg / kg. Imaging using microPET and fluorescence, biochemistry, oxidative stress, hematology and histopathology were used to validate the treatments. Results: All animals survived. There was a gradual weight gain in all groups for 16 weeks, with no significant difference between them (p> 0.05). The injection v.o. EAC and EAC + vincristine 50% significantly reduced (p <0.001) the incidence of breast tumors examined with PET-18FDG and fluorescence. Significantly reduced serum transaminases, oxidative stress and haematological toxicity. Antioxidant enzyme levels in the breast tissue were significantly higher compared to the DMBA and DMBA + vincristine groups. Conclusion: These results clearly demonstrate for the first time that A. chica extract exerts herbal efficacy in a DMBA-induced breast cancer model, suppressing abnormal cell proliferation and inducing reduction of chemotherapy toxicity and oxidative stress. A. chica extract may have clinical implication and be developed as a drug to reduce mortality and mitigate the toxicity of chemotherapy for breast cancer.

     
17
  • CIRO ALEXANDRE MERCES GONCALVES
  • Efeito do exercício aeróbico agudo e crônico em marcadores imunológicos

  • Orientador : GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDAIR DE SOUSA PAIVA
  • AMALIA CINTHIA MENESES DO REGO
  • BRENO GUILHERME DE ARAUJO TINOCO CABRAL
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • RICARDO OLIVEIRA GUERRA
  • Data: 10/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Os efeitos do exercício aeróbico no sistema imunológico ainda não estão totalmente definidos na literatura científica. Esse fato demonstra a necessidade de investigar sua influência nos marcadores imunológicos existentes, classificando e quantificando seus efeitos agudos e crônicos. Objetivo: Investigar os efeitos do exercício aeróbico agudo e crônico nos marcadores inflamatórios de adultos saudáveis. Métodos: Este estudo é uma revisão sistemática de acordo com as recomendações do PRISMA. Foram pesquisadas as seguintes bases de dados: MEDLINE (via PubMed), Science Direct, Scopus, Web of Science, SciELO, Bireme e Cochrane Library e referências de artigos. A última pesquisa foi realizada em março de 2019. Incluímos ensaios clínicos randomizados (ECRs) e ensaios clínicos randomizados não controlados (NRCTs), investigando os efeitos agudos e crônicos do exercício aeróbico sobre marcadores imunológicos em homens e mulheres saudáveis adultos de 20 a 45 anos, sem restrição de idioma ou ano de publicação. Dois autores analisaram os estudos independentemente, lendo o título, o resumo e os textos completos. O risco de viés do estudo foi analisado usando a ferramenta de risco de viés da Cochrane. Resultados: Foram analisados 5925 artigos, sendo 15 artigos incluídos na presente revisão sistemática, 13 dos quais foram de intervenção aguda e dois crônicos. Havia 296 participantes, 196 homens e 100 mulheres, todos indivíduos saudáveis. Conclusão: A intervenção aguda promove alterações na maioria dos marcadores imunológicos, enquanto a intervenção crônica interfere em uma menor propensão.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The effects of aerobic exercise on the immune system are not yet fully defined in the scientific literature. This fact demonstrates the need to investigate their influence on existing immunological markers, classifying and quantifying their acute and chronic effects. Objective: To investigate the effects of acute and chronic aerobic exercise on inflammatory markers in healthy adults. Methods: This study is a systematic review according to PRISMA recommendations. The following databases were searched: MEDLINE (via PubMed), Science Direct, Scopus, Web of Science, SciELO, Bireme and Cochrane Library and article references. The latest research was conducted in March 2019. We included randomized controlled trials (RCTs) and uncontrolled randomized controlled trials (NRCTs) investigating the acute and chronic effects of aerobic exercise on immunological markers in healthy adult men and women aged 20 to 45 years. , without language restriction or year of publication. Two authors analyzed the studies independently, reading the title, the abstract and the full texts. Study bias risk was analyzed using the Cochrane bias risk tool. Results: We analyzed 5925 articles, 15 articles included in this systematic review, 13 of which were acute intervention and two chronic. There were 296 participants, 196 men and 100 women, all healthy individuals. Conclusion: Acute intervention causes changes in most immunological markers, while chronic intervention interferes with a lower propensity.

18
  • ANA PAULA FERREIRA COSTA
  • PAPILOMAVÍRUS HUMANO: RESPOSTA IMUNE Á INFECÇÃO E VACINAÇÃO

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • GUSTAVO MAFALDO SOARES
  • JOSÉ ELEUTÉRIO JÚNIOR
  • JOSÉ HUMBERTO BELMINO CHAVES
  • Data: 10/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • O interesse nos anticorpos da imunoglobulina G / A (IgG / IgA) aumentou muito desde que as vacinas contra o papilomavírus humano (HPV) se tornaram disponíveis em todo o mundo. Os objetivos dos estudos foram descrever o curso da resposta imune a IgG / IgA em mulheres imunizadas com vacina bivalente e naquelas infectadas pelo HPV além de descrever o curso das respostas de IgG / IgA nas secreções cervicais e no soro um ano após a primeira dose da administração intramuscular da vacina adjuvante HPV16 / 18 AS04. Amostras de soro e muco cervical foram coletadas para detecção de IgG / IgA anti-HPV / VLP por ensaio imunoenzimático (ELISA). Os resultados encontrados mostram que o IgG anti-HPV-VLP no soro imunizado foi maior (p <0,01), enquanto o anti-HPV-VLP-IgA foi detectado no muco cervical dos infectados pelo vírus (p <0,01). A detecção de anticorpos no soro coincide com a indução de altos níveis de anticorpos IgG pós-vacina. Os anticorpos IgA em mulheres não vacinadas caracterizaram-se como uma possível transudação da circulação sistêmica para a mucosa cervical. IgG é uma resposta a longo prazo a qualquer infecção viral; assim, o anti-HPV-VLP-IgG prova a eficácia da vacina bivalente ao proteger contra a infecção pelo HPV. Observamos também que as respostas imunes foram significativas um ano após a imunização, porém diminuíram nas amostras cervicais e séricas quando comparadas aos níveis observados um mês após a última dose. Isso sugere que um reforço de vacina pode ser necessário para aumentar os títulos de anticorpos.


  • Mostrar Abstract
  • Interest in immunoglobulin G / A (IgG / IgA) antibodies has greatly increased since human papillomavirus (HPV) vaccines became available worldwide. The objectives of the studies were to describe the course of the IgG / IgA immune response in women immunized with divalent vaccine and those infected with HPV and to describe the course of IgG / IgA responses in cervical and serum secretions one year after the first dose of the vaccine. intramuscular administration of the adjuvant vaccine HPV16 / 18 AS04. Serum and cervical mucus samples were collected for detection of anti-HPV / VLP IgG / IgA by enzyme linked immunosorbent assay (ELISA). The results found show that anti-HPV-VLP IgG in immunized serum was higher (p <0.01), while anti-HPV-VLP-IgA was detected in cervical mucus of virus-infected (p <0.01). Detection of serum antibodies coincides with the induction of high levels of post-vaccine IgG antibodies. IgA antibodies in unvaccinated women were characterized as a possible transudation of the systemic circulation to the cervical mucosa. IgG is a long-term response to any viral infection; thus, anti-HPV-VLPIgG proves the efficacy of the divalent vaccine in protecting against HPV infection. We also observed that immune responses were significant one year after immunization but decreased in cervical and serum samples when compared to levels observed one month after the last dose. This suggests that a vaccine booster may be required to increase antibody titers.

2018
Dissertações
1
  • JOSÉ IVAN MARQUES DE MEDEIROS
  • Tabernaemontana catharinensis: Um estudo fitoquímico e avaliação de atividade anti-inflamatória in vivo.

  • Orientador : SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MARIANNA VIEIRA SOBRAL CASTELO BRANCO
  • SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
  • Data: 25/04/2018

  • Mostrar Resumo
  • O uso de extratos de vegetais no tratamento de doenças é
    amplamente difundido no Brasil, o que pode ser explicado, ao
    menos em parte, pelo menor custo e pela crença de que tais
    produtos não promovem efeitos tóxicos. A espécie
    Tabernaemontana catharinensis (Apocynaceae), objeto deste
    estudo, é conhecida popularmente como “grão de bode” e “catavento”,
    e é originaria da América do Sul. No Brasil, esta espécie
    tem predominância nas regiões sul e Nordeste. Por ser uma
    espécie bastante usada popularmente para tratar problemas
    inflamatórios e que carece de evidências farmacológicas, o
    objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial anti-inflamatório do
    extrato e das frações das folhas da T. catharinensis em modelos
    in vivo e realizar um estudo fitoquímico do extrato. Para tal, o
    extrato das folhas foi preparado pelo método de maceração
    água:álcool (70:30, v/v) e analisado por Cromatografia em
    Camada Delgada e Cromatografia Líquida de Alta Eficiência
    com detector de massas de alta resolução com ionização por
    electrospray. Parte do extrato foi submetida à partição líquidolíquido
    com solvente de polaridade crescente para obtenção de
    frações enriquecidas em compostos fenólicos. E após a analise
    fitoquímica foi constato a presenta de flavonoides glicosilados
    como compostos majoritários no extrato e frações. Quanto ao
    estudo farmacológico, foram utilizados os modelos de edema de
    pata induzido por carragenana com pré e pós tratamento e bolsa
    de ar induzido por zymosan, com pós tratamento nas doses (50,
    100 e 150 mg/kg, via oral). No modelo de edema de pata foi
    avaliado o potencial antiedematogênico pela diminuição do
    edema e da atividade de mieloperoxidase-MPO. Para o modelo
    de bolsa de ar foi avaliada a migração leucocitária (total e
    diferencial), os níveis de citocinas (IL-1 e IL-6) e MPO. Como
    resultado, no modelo de edema de pata foi possível observar
    que o extrato e frações tem potencial antiedematogênico no pré
    e pós tratamento, apresentando os melhores resultados para as
    doses de 100 e 150 mg/kg (***p<0.001,**p<0.01,
    respectivamente). Os extratos e frações apresentaram
    melhores resultados sobre a inibição da atividade de MPO no
    pós tratamento. No modelo de bolsa de ar foi possível observar
    intensa inibição leucocitária (***p<0.001) e inibição dos níveis de
    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
    CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
    PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE
    Av. Gal. Gustavo Cordeiro de Farias, s/n – Natal-RN, CEP 59012-570
    Telefax: (84) 3342-9776 E-mail: ppgcsa@ccs.ufrn.br
    citocinas tanto para extrato quanto para a (fração EtOAc) na
    dose 50 mg/kg. O extrato e frações não apresentaram
    citotoxicidade. Os resultados demonstram um potencial antiinflamatório
    para o extrato e frações de T. catharinensis, dando
    suporte ao uso popular da espécie e fornecendo subsídios para
    desenvolvimento de um fitoterápico com propriedade antiinflamatória.


  • Mostrar Abstract
  • The use of plant extracts in the treatment of diseases is
    widely diffused in Brazil, which can be explained by the
    least at least because of the lower cost and the belief that such
    products do not promote toxic effects. The species
    Tabernaemontana catharinensis (Apocynaceae), the object of this
    study, is popularly known as "goat's grain" and "weathervane",
    and is native to South America. In Brazil, this species
    has predominance in the south and northeast regions. Because it is a
    popularly used to treat problems
    inflammatory and lacking pharmacological evidence, the
    The objective of this study was to evaluate the anti-inflammatory potential of
    extracts and the fractions of the leaves of T. catharinensis in
    in vivo and perform a phytochemical study of the extract. To this end, the
    leaf extract was prepared by the maceration method
    water: alcohol (70:30, v / v) and analyzed by Chromatography
    Thin Layer and High Performance Liquid Chromatography
    with high resolution mass detector with
    electrospray. Part of the extract was submitted to the liquid-liquid partition
    with increasing polarity solvent to obtain
    fractions enriched in phenolic compounds. And after the analysis
    phytochemistry was observed in the presence of glycosylated flavonoids
    as major compounds in the extract and fractions. About the
    pharmacological study, we used the edema models of
    carrageenan-induced paw with pre and post treatment and bag
    of zymosan-induced air, with post-treatment at doses (50,
    100 and 150 mg / kg, orally). In the paw edema model,
    evaluated the anti-nematode potential by decreasing the
    edema and myeloperoxidase-MPO activity. For the model
    of the air bag was evaluated the leukocyte migration (total and
    differential), cytokine levels (IL-1 and IL-6) and MPO. As
    As a result, in the paw edema model it was possible to observe
    that the extract and fractions have anti-nematode potential in the
    and post-treatment, presenting the best results for the
    doses of 100 and 150 mg / kg (*** p <0.001, ** p <0.01,
    respectively). The extracts and fractions presented
    better results on the inhibition of MPO activity in the
    after treatment. In the airbag model it was possible to observe
    intense leukocyte inhibition (*** p <0.001) and inhibition of levels of
    FEDERAL UNIVERSITY OF RIO GRANDE DO NORTE
    HEALTH SCIENCES CENTER
    POSTGRADUATE PROGRAM IN HEALTH SCIENCES
    Av. Gal. Gustavo Cordeiro de Farias, s / n - Natal-RN, CEP 59012-570
    Telefax: (84) 3342-9776 E-mail: ppgcsa@ccs.ufrn.br
    cytokines for both the extract and the (EtOAc fraction) in
    dose 50 mg / kg. The extract and fractions did not present
    cytotoxicity. The results demonstrate an anti-inflammatory potential
    for extract and fractions of T. catharinensis, giving
    support for the popular use of the species and providing subsidies for
    development of an herbal medicine with anti-inflammatory properties.

2
  • GISELE CORREIA PACHECO LEITE
  • AVALIAÇÃO ECOCARDIOGRÁFICA EM CRIANÇAS COM FENDA ORAL, PARA ESTUDO DE OCORRENCIA DE CARDIOPATIA

  • Orientador : ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • ISABELLA LOPES MONLLEO
  • VIVIAN NOGUEIRA SILBIGER
  • Data: 19/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: descrever o perfil clínico-epidemiológico e cardiológico de um grupo de pacientes com fenda oral (FO) do Rio Grande do Norte. Projeto: análise dos dados da avaliação clínica com cardiologista pediático e dos exames complementares. Cenário: Programa de Atendimento Multidisciplinar aos Pacientes Portadores de Fissuras Labiopalatais do Hospital Universitário Onofre Lopes. Pacientes: portadores de FO atendidos no Programa e avaliados por cardiologista pediátrico, no período de março/2013 a setembro/2014. Intervenções: avaliação clínica, eletrocardiográfica e ecocardiográfica. Principais resultados: os pacientes foram avaliados quanto à idade, sexo, tipo de FO, indícios clínicos de probabilidade de cardiopatias (queixas, comorbidades, antecedentes) e achados ecocardiográficos. Resultados: De 81 pacientes inclusos, observou-se faixa etária variando de neonato a 35 anos; 50 (61,7%) eram do sexo masculino e 45 (55,6 %) dos pacientes apresentavam fenda labiopalatina. 42 (51,9%) pacientes tiveram mais de uma consulta com cardiologista pediátrico, havendo 31 (38,3%) com queixas no momento da consulta. Comorbidades estiveram presentes em 38 (46,9%) pacientes. Antecedentes gestacionais positivos em 47 (58%) pacientes, neonatais em 25 (30,9%), familiares em 54 (66,7%), e pessoais em 22 (27,2%). Dentre os antecedentes familiares, os mais frequentes foram Hipertensão Arterial (24/ 20,1%), Dislipidemia  (19 / 16%) e Diabete melito (15 / 12,6%); e os pessoais, quadros respiratórios (20 / 57,1%) e neurológicos  (4 /11,4%). Houve um caso de bloqueio atrioventricular. Ecocardiograma foi realizado em 74 (91,4%) pacientes, sendo 46 (62,2%) exames normais e 28 (37,8%) alterados. Confirmou-se um caso de prolapso de valva mitral por cardite reumática. Conclusões: Sugere-se avaliação cardiológica completa (clínica, eletrocardiográfica e ecocardiográfica) como um dos critérios de investigação diagnóstica complementar aos pacientes com FO, pela suscetibilidade para malformações cardiovasculares neste grupo de pacientes. Deste modo, obtém-se melhorias na assistência ao paciente com FO, intervindo na sua história evolutiva e prognóstico, com impacto positivo na sua saúde global, e, por conseguinte, na saúde pública.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: to describe the clinical-epidemiological and cardiological profile of a group of patients with oral slit (FO) of Rio Grande do Norte. Project: analysis of clinical evaluation data with pediatric cardiologist and complementary exams. Scenario: Multidisciplinary Attendance Program for Patients with Fissures Labiopalatais of Hospital Universitário Onofre Lopes. Patients: FO patients seen in the Program and evaluated by a pediatric cardiologist, from March / 2013 to September / 2014. Interventions: clinical, electrocardiographic and echocardiographic evaluation. Main results: patients were evaluated for age, gender, type of FO, clinical evidence of probability of heart disease (complaints, comorbidities, antecedents) and echocardiographic findings. Results: Of 81 patients included, we observed an age range varying from neonate to 35 years; 50 (61.7%) were male and 45 (55.6%) of the patients had a cleft lip and palate. 42 (51.9%) patients had more than one consultation with a pediatric cardiologist, with 31 (38.3%) having complaints at the time of the consultation. Comorbidities were present in 38 (46.9%) patients. Positive gestational history was observed in 47 (58%) patients, neonatal in 25 (30.9%), family in 54 (66.7%), and personal in 22 (27.2%). Among the family history, the most frequent were Arterial Hypertension (24 / 20,1%), Dyslipidemia (19/16%) and Diabetes Mellitus (15 / 12,6%); and personal, respiratory (20 / 57.1%) and neurological (4 / 11.4%). There was one case of atrioventricular block. Echocardiogram was performed in 74 (91.4%) patients, of which 46 (62.2%) were normal and 28 (37.8%) were altered. A case of mitral valve prolapse by rheumatic carditis was confirmed. Conclusions: A complete cardiologic evaluation (clinical, electrocardiographic and echocardiographic) is suggested as one of the diagnostic criteria complementary to patients with FO, due to the susceptibility to cardiovascular malformations in this group of patients. In this way, improvements in the care of patients with FO are obtained by intervening in their evolutionary history and prognosis, with a positive impact on their overall health, and therefore on public health.
3
  • HUGO MARCUS AGUIAR DE MELO RODRIGUES

  • Prevalência comparativa da Síndrome de Burnout entre Residências Médicas: Revisão Sistemática.

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • PAULO CESAR GIRALDO
  • Data: 10/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Contexto: Burnout é uma síndrome psicológica muito prevalente em residentes médicos. Consiste em exaustão emocional (EE), despersonalização (DP) e redução de realização pessoal (PA). Objetivo: estimar a prevalência de síndrome de burnout em diferentes especialidades de residências médicas. Métodos: revisão sistemática após itens de relatórios preferidos para revisões sistemáticas e meta-análises. Foram acessados: Embase, PubMed, Web of Science, Google Acadêmico e Scopus, e 3.575 estudos foram encontrados. A qualidade metodológica foi avaliada pela Lista de Verificação de Agências para Pesquisa em Saúde e Metodologia da Qualidade para Estudo Transversal / Prevalência. Na análise final, 26 artigos foram incluídos. Resultados: 4.664 residentes médicos foram incluídos. Altas DP, EE e baixas proporções de PA foram comparadas. As especialidades são distribuídas em três diferentes níveis de grupos de prevalência de burnout: cirurgia geral, anestesiologia, obstetrícia / ginecologia e ortopedia (40,8%); medicina interna, cirurgia plástica e pediatria (30,0%); otorrinolaringologia e neurologia (15,4%). A prevalência geral de burnout encontrada para todas as especialidades foi de 35,7%. Conclusões: Identificou-se alta prevalência entre residências cirúrgicas / urgência.

  • Mostrar Abstract
  • Context: Burnout is a psychological syndrome much prevalent in medical residents. It consists of emotional exhaustion (EE), depersonalization (DP) and reduced personal accomplishment (PA). Goal: to estimate burnout syndromeprevalence among different medical residencies specialties.

    Methods:systematic review following Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses. Were accessed: Embase, PubMed, Web of Science, Google Scholar, and Scopus, and 3.575 studies were found. Methodological quality was evaluatedbyAgency for Healthcare Research and Quality Methodology Checklist for Cross-Sectional/Prevalence Study. In the final analysis, 26 papers were included.

    Results:4.664 medical residents were included. High DP, EE and low PA proportions were compared. Specialties are distributed into three different levels burnout prevalence groups: general surgery, anesthesiology, obstetrics/gynecologyand orthopedics(40.8%); internal medicine, plastic surgery and pediatrics(30.0%); otolaryngology and neurology (15.4%). Overall burnout prevalence found for all specialties was 35.7%.

    Conclusions: It was identified a high prevalence among surgical/urgency residencies.

4
  • THAÍS GOMES DE CARVALHO
  • Nanopartículas de Ouro esféricas melhoram a resposta anti-inflamatória, o estresse oxidativo e a fibrose na lesão hepática induzida por álcool e metanfetamina em ratos

  • Orientador : RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
  • CAROLINE ADDISON CARVALHO XAVIER DE MEDEIROS
  • LEÔNIA MARIA BATISTA
  • Data: 03/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos anti-inflamatório, anti-oxidante e anti-fibrótico de nanopartículas de ouro (GNPs) em ratos submetidos a lesão hepática com etanol e metanfetamina (METH). A lesão hepática foi induzida por administração via gavagem de solução alcoólica a 55% (7 g / kg), uma vez ao dia, durante 28 dias, seguida de METH (10 mg / kg) aos 20ª e 28ª dias de tratamento. O tratamento de GNPs (724,96 µg / kg) durante a exposição ao etanol e METH foi associado com redução da esteatose, degeneração do cordão hepático, fibrose e necrose. Além disso, houve uma redução nos marcadores bioquímicos de dano hepático e estresse oxidativo, e as citocinas pró-inflamatórias IL-1β e TNF-α, em comparação com o grupo etanol + METH sozinho. Foi também observada uma diminuição da expressão de FGF, SOD-1 e GPx-1. As GNPs regularam negativamente a atividade das células de Kupffer e células estreladas hepáticas afetando o perfil de citocinas pró-inflamatórias, estresse oxidativo e fibrose através da modulação das vias de sinalização AKT / PI3K e MAPK em modelo animal de lesão hepática induzida por álcool e por METH


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to elucidate the anti-inflammatory, anti-oxidant and antifibrotic effects of gold nanoparticles (GNPs) in rats subjected to liver injury with ethanol and Methamphetamine (METH). The liver injury was induced by gavage administrations of 55 30% alcoholic solution (7 g/kg) once a day during 28 days, followed by METH (10 mg/kg) on the 20th and 28th days of treatment. GNPs treatment (724.96 µg/kg) during the ethanol and METH exposure was associated with reduced steatosis, hepatic cord degeneration, fibrosis and necrosis. Furthermore, there was a reduction in biochemical markers of liver damage and oxidative stress, and pro-inflammatory cytokines IL-1β and TNF-α, compared to ethanol + METH group alone. A decrease of FGF, SOD-1 and GPx-1 expression was also observed. GNPs down-regulated the activity of Kupffer cells and hepatic stellate cells affecting the profile of their pro-inflammatory cytokines, oxidative stress and fibrosis through modulation of signaling pathways AKT/PI3K and MAPK in ethanol + METH induced liver injury in a rat model

5
  • FERNANDO BASTOS PRESA
  • Efeito protetor de polissacarídeos sulfatados da alga verde Udotea flabellum sobre células expostas a dano oxidativo 

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • PAULO RICARDO PORFIRIO DO NASCIMENTO
  • RANILSON DE SOUZA BEZERRA
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Algas marinhas são uma rica fonte de polissacarídeos sulfatados (SP) bioativos. Da alga verde Udotea flabellum (UF), com o uso de proteólise e precipitação diferenciada com butanona, foram obtidas seis frações enriquecidas em SP, que foram denominadas de UF-0.3, UF-0.5, UF-0.6, UF-0.7, UF-1.0, e UF-2.0. Análises confirmaram que todas essas frações eram enriquecidas em galactanas sulfatadas. Ensaios com células fibroblastos 3T3 evidenciaram que essas células não apesentavam sinais de citotoxidade e que sua capacidade proliferativa não era afetada quando essas células eram expostas a FeSO4 (2 µM), CuSO4 (1 µM) ou ascorbato (2 mM). Todavia, quando essas células foram expostas ao estresse oxidativo causado pela presença de FeSO4 (2 µM) ou CuSO4 (1 µM) e arcorbato (2 mM), detectou-se ativação de caspases 3 e 9, o que levou a morte célular (apoptose). Também foi observado aumento dos níveis de malonaldeído, um indicador de aumento da peroxidação lipídica, assim como, diminuição dos níveis de glutationa e superóxido dismutase. O tratamento das células com as frações de UF as protegeu do estresse oxidativo causado pelos dois sais e ascorbato. A fração mais efetiva contra o ferro foi UF-0.7 (1 mg/mL), pois permitiu uma viabilidade celular em torno de 55%. No caso do cobre, a maiores valores de viabilidade celular foram de ~80%, quando se usou UF-0.7, e de mais de 90% quando se usou UF-2.0. As frações, principalmente, UF-0.7 e UF-2.0, mostraram baixa atividade quelante de ferro, mas alta atividade quelante de cobre e capacidade antioxidante total (CAT). Estes resultados sugerem que o mecanismo de ação como agentes protetores de estresse oxidativo dessas frações dependem dessas propriedades.


  • Mostrar Abstract
  • Seaweed is a rich source of bioactive sulfated polysaccharides. We obtained six sulfated polysaccharide-rich fractions (UF-0.3, UF-0.5, UF-0.6, UF-0.7, UF-1.0, and UF-2.0) from the green seaweed Udotea flabellum (UF) by proteolytic digestion followed by sequential acetone precipitation. Biochemical analysis of these fractions showed that they were enriched with sulfated galactans. The viability and proliferative capacity of 3T3 fibroblasts exposed to FeSO4 (2 µM), CuSO4 (1 µM) or ascorbate (2 mM) was not affected. However, these cells were exposed to oxidative stress in the presence of FeSO4 or CuSO4 and ascorbate, which caused the activation of caspase-3 and caspase-9, resulting in apoptosis of the cells. We also observed increased lipid peroxidation, evaluated by the detection of malondialdehyde and decreased glutathione and superoxide dismutase levels. Treating the cells with the fractions protected the cells from the oxidative damage caused by the two salts and ascorbate. The most effective protection against the oxidative damage caused by iron was provided by UF-0.7 (1.0 mg/mL); on treatment with UF-0.7, cell viability was 55%. In the case of copper, cell viability on treatment with UF-0.7 was ~80%, but the most effective fraction in this model was UF-2.0, with cell viability of more than 90%. The fractions, mainly UF-0.7 and UF-2.0, showed low iron chelating activity, but high copper chelating activity and total antioxidant capacity (TAC). These results suggested that some of their protective mechanisms stem from these properties.

6
  • CHRISTIAN MELO DE OLIVEIRA
  • Nanoemulsão estabilizada por hidrofobina, um carreador promissor para nutracêuticos.

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • ADLEY ANTONINI NEVES DE LIMA
  • ELQUIO ELEAMEN OLIVEIRA
  • Data: 22/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • A hidrofobina II (HFBII) é um biopolímero anfifílico que poderia ser explorado para estabilizar nanoemulsões de estrutura óleo-água como um sistema carreador de nutracêuticos. Este estudo aborda a produção de um sistema nanoemulsionado, estabilizado por HFBII, através de um processo de emulsificação espontânea, e a caracterização de suas propriedades interfaciais. A HFBII foi isolada de um tipo selvagem de Trichoderma reesei e caracterizada. Um planejamento fatorial completo 23 foi usado para a obtenção de um sistema nanoemulsionado ótimo, cuja estabilidade a curto termo foi estudada sob diferentes condições de força iônica e pH. Uma série de 6 fragmentos de íons da fração isolada foi obtida, a qual pode ser atribuída à sequencia de aminoácidos presente no banco de dados da HFBII. O sistema nanoemulsionado ótimo apresentou um tamanho de gotícula nanométrico (<200 nm), uma estreita distribuição de tamanho (PDI <0,2) e um potencial zeta de ≈ -30 mV, o qual se manteve estável em baixa concentração de sal e pH próximo à neutralidade. Estes resultados demonstraram a viabilidade do uso da HFBII como biopolímero para estabilizar sistemas nanoemulsionados. Além disso, o sistema nanoemulsionado estabilizado por HFBII é um carreador promissor para nutracêuticos em aplicações de tecnologia de alimentos.


  • Mostrar Abstract
  • Hydrophobin II (HFBII) is a protein able to produce emulsion systems that could be applied in the cancer therapy. This study reports the production of HFBII-stabilized oil-in-water nanoemulsion containing copaiba oil by the spontaneous emulsification method. HFBII was extracted by CO2, isolated by RP-HPLC, and characterized by electrophoresis, mass spectrometry and surface tension analyses. A 23 full factorial design was used to optimize the formulation, using HFBII, copaiba oil and organic-to-aqueous phase ratio as independent variables. The short-term stability of the nanoemulsion was investigated under different ionic strength and pH. In vitro cellular uptake of the nanoemulsion was evaluated in the human breast cancer (MCF-7) cells by flow cytometry. Isolated HFBII showed a molar mass of 7 kDa with a specific surface activity of 46.5 mN.m-1.µg-1. Optimal nanoemulsion formulation with droplet size of 154.2 ± 2.6, PDI of 0.153 ± 0.025 and zeta potential of -29.1 ± 3.2 was obtained using 0.005 wt% HFBII, 0.02 wt% copaiba oil and 10% (v/v) organic-to-aqueous phase ratio. Nanoemulsion was stable at low salt concentration (<25 mM) and pH close to neutrality. The HFBII-stabilized nanoemulsion was significantly internalized by MCF-7 cells. Moreover, HFBII is a promising biopolymer to stabilize nanoemulsion systems for the cancer therapy purposes.

7
  • SUSIANE DE SANTANA MOREIRA OLIVEIRA DA SILVA
  • Emulsão bucal de óleo de rã–touro (Rana catesbeiana Shaw): um potencial sistema mucoadesivo para o tratamento de candidíase oral

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • RODRIGO DOS SANTOS DINIZ
  • TOSHIYUKI NAGASHIMA JUNIOR
  • Data: 19/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Candidíase oral (CO) é uma doença infecciosa causada por microrganismos do gênero Candida e que leva a lesões na cavidade bucal. Seu tratamento consiste na administração de antifúngicos tópicos ou sistêmicos, que podem comprometer a adesão do paciente devido aos seus efeitos colaterais, evidenciando a necessidade de tratamentos alternativos capazes de remover essa infecção e evitar os efeitos colaterais do tratamento atual. Nesse cenário, o óleo de rã-touro, um óleo animal composto por um conjunto de ácidos graxos saturados e insaturados, apresenta-se como uma possível matéria-prima antifúngica. Assim, o objetivo deste trabalho foi produzir um sistema emulsionado mucoadesivo capaz de liberar o óleo de rã-touro na cavidade bucal para tratar a CO. A emulsão foi produzida e caracterizada por inspeção visual, tamanho de gotícula, índice de polidispersividade (PdI) e potencial zeta e sua estabilidade foi avaliada durante 60 dias. Além disso, sua capacidade mucoadesiva foi avaliada usando um modelo de mucina in vitro. A atividade antifúngica foi investigada por ensaio de microdiluição em caldo e a biocompatibilidade contra eritrócitos humanos também foi realizada. A emulsão apresentou tamanho de gotícula de 320,79 ± 35,60 nm, PdI de 0,49 ± 0,08 e potencial zeta de -38,53 ± 6,23 mV, os quais não apresentaram alterações significativas ao longo de 60 dias. As propriedades mucoadesivas do sistema foram melhoradas pelo uso de excipientes farmacêuticos e a atividade antifúngica mostrou que o óleo de rã-touro e a emulsão foram capazes de inibir o crescimento de diferentes espécies de Candida. Além disso, a emulsão não mostrou efeito hemolítico significativo. Finalmente, o sistema apresentou características físico-químicas e biocompatibilidade adequadas, com substancial atividade antifúngica in vitro, sugerindo que essa emulsão pode ser mais amplamente investigada para o tratamento da CO.


  • Mostrar Abstract
  • Oral candidiasis (OC) is an infectious disease caused by microorganisms of the genus Candida, leading to lesions in the buccal cavity. Its treatment consists on the administration of topical or systemic antifungal agents, which may compromise the patient compliance due to its side effects, highlighting the need for alternative treatments able to remove this infection and avoid the side effects of the current treatment. In this scenario, the bullfrog oil, an animal oil composed by a pool of saturated and unsaturated fatty acids, is introduced as a potential antifungal raw material. Thus, the aim of this work was to produce a mucoadhesive emulsified system able to deliver the bullfrog oil in the buccal cavity to treat the OC. The emulsion was produced and characterized by visual inspection, droplet size, polydispersivity index (PdI) and zeta potential and its stability was assayed over 60 days. In addition, its mucoadhesive ability was evaluated using an in vitro mucin model. The antifungal activity by broth microdilution assay and biocompatibility against human erythrocytes were also performed. The emulsion showed droplet size of 320.79 ± 35.60 nm, PdI of 0.49 ± 0.08 and zeta potential of -38.53 ± 6.23 mV, which showed no significant changes over 60 days. The mucoadhesive properties of the system were improved by the use of pharmaceutical excipients and the antifungal activity showed that the bullfrog oil and the emulsion were able to inhibit the growth of different Candida species. Furthermore, the emulsion showed no significant hemolytic effect. Overall, the system showed suitable physicochemical characteristics and biocompatibility, with substantial in vitro antifungal activity, suggesting that this emulsion can be further investigated for OC treatment.

8
  • ROBERTO MORENO MENDONCA
  • ROLE OF BREAST VASCULAR CALCIFATION IN PREDICTING CARDIOVASCULAR RISK

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • ROBINSON DIAS DE MEDEIROS
  • JOSÉ ELEUTÉRIO JÚNIOR
  • Data: 28/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte entre as mulheres em todo o mundo, resultando em 8,6 milhões de mortes anualmente. A tomografia computadorizada tem sido utilizada para avaliar as calcificações das artérias coronárias, quantificando o escore de cálcio coronariano, validado como marcador de risco cardiovascular. Além disso, a mamografia é o único método para o rastreamento populacional do câncer de mama, mas também pode identificar a aterosclerose através da identificação de calcificações mamárias. Verificamos se existe uma associação entre calcificação vascular de mama e escore coronariano de cálcio elevado, predizendo o risco cardiovascular entre mulheres cujas mamografias revelaram calcificações vasculares. Um estudo observacional e analítico incluiu mulheres submetidas à mamografia e o escore de cálcio coronariano. Pacientes com exames incompletos ou intervalo superior a 12 meses foram excluídos. Uma amostragem aleatória sistemática foi utilizada para selecionar os 51 pacientes, recuperados e reavaliados quanto à presença de calcificações mamárias e o escore de cálcio coronariano. Sendo estudo piloto, o tamanho da amostra foi baseado na conveniência, preservando a aleatoriedade. O fator agravante de risco cardiovascular foi considerado um o escore de cálcio coronariano maior que 100 (Agatston Score) e / ou percentil acima de 75%. Sendo estudo piloto, o tamanho da amostra foi baseado na conveniência, preservando a aleatoriedade. O fator agravante de risco cardiovascular foi considerado um CCS maior que 100 (Agatston Score) e / ou percentil acima de 75%. A idade média foi de 56,47 (± 9,16) anos. Dos 51 pacientes, 16 (31,4%) e 35 (68,6%) não apresentaram BVC em mamografias. Em relação à avaliação do escore de cálcio coronariano, 14 (27,4%) dos pacientes apresentaram valores> 100 e / ou percentil> 75%, e 37 (72,6%) apresentaram o escore de cálcio coronariano abaixo deste corte. Em pacientes que não apresentavam BVC, observou-se que 29 (83,0%) apresentavam o escore de cálcio coronariano compatível com baixo risco cardiovascular. Em pacientes com calcificações mamárias, houve distribuição igual entre os o escore de cálcio coronariano considerados baixo e alto risco cardiovascular (8 indivíduos em cada grupo). A prevalência de alto risco cardiovascular entre indivíduos expostos (calcificações mamárias presentes) foi de 50,0%, enquanto que a prevalência entre o (calcificações mamárias ausente) não expostas foi de 17,1%, com uma razão de prevalência = 2,91 e prevalência OU = 4,83 (P = 0,015, IC95 % = 1,07-22,1), confirmando a associação positiva. Além disso, foi observada especificidade de 82,9%, juntamente com valor preditivo negativo de 78,4% e acurácia de 72,5%. Em nosso estudo preliminar, associação positiva entre calcificações e o escore de cálcio coronariano é evidente. Ausência de calcificações mamárias é estatisticamente associada a baixo risco cardiovascular e pode refletir diretamente processo aterosclerótico menos intenso.


  • Mostrar Abstract
  • Cardiovascular diseases (CVD) are the leading cause of death worldwide among women, resulting in 8.6 million deaths annually. Computed tomography (CT) has been used to evaluate the coronary arteries calcifications by quantifying the Coronary Calcium Score (CCS), validated as marker of cardiovascular risk. Additionally, mammography is the only method for population screening of breast cancer, but also could identify atherosclerosis, known as breast vascular calcification (BVC). We verified if there is an association between the BVC and high CCS, thus predicting cardiovascular risk in women whose mammograms revealed BVC.

    An observational, analytical study included women submitted to mammography and CCS-CT. Patients with incomplete exams or interval over 12 months were excluded. A systematic random sampling was employed to select the 51 patients, retrieved and reassessed for the presence of BVC and CCS. Being pilot study, sample size was based on convenience, preserving randomness. Aggravating factor of cardiovascular risk was considered to be a CCS greater than 100 (Agatston Score) and/or percentile above 75%. Being pilot study, sample size was based on convenience, preserving randomness. Aggravating factor of cardiovascular risk was considered to be a CCS greater than 100 (Agatston Score) and/or percentile above 75%. The mean age was 56.47(±9.16) years. Of the 51 patients, 16(31.4%) presented and 35(68.6%) did not present BVC on mammograms. In regard to the CCS evaluation, 14(27.4%) of patients presented values> 100 and/or percentile> 75%, and 37(72.6%) presented CCS below this cut off. In patients who did not present BVC, it was observed that 29(83.0%) presented CCS compatible with low cardiovascular risk. In patients with BVC, there was equal distribution between the CCS considered low and high cardiovascular risk (8 subjects each group). The prevalence of high cardiovascular risk among exposed individuals (BVC present) was 50.0%, while the prevalence among the non-exposed (BVC absent) was 17.1%, with a prevalence ratio=2.91 and prevalence OR=4.83 (P=0.015, CI95%=1.07-22.1), confirming the positive association. Additionally, specificity of 82.9% was observed, together with negative predictive value of 78.4%, and accuracy of 72.5%. In our preliminary study, positive association between mammary vascular calcifications and the coronary calcium score is evident. Absence of BVC is statistically associated with low cardiovascular risk and may directly reflect a less intense atherosclerotic process.

9
  • NEIDJANY PATRÍCIA LIMA TORRES
  • Saúde do idoso, estratégias, qualidade de vida, Educação alimentar e
    nutricional.

  • Orientador : EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • THAIZA TEIXEIRA XAVIER NOBRE
  • SANDRA MARIA DA SOLIDADE GOMES SIMÕES DE OLIVEIRA TORRES
  • Data: 29/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo:O presente estudo buscou verificar a efetividade de um
    programa de educação nutricional na qualidade de vida de idosos
    vinculados a Estratégia Saúde da Família. Métodos: Estudo de
    intervenção longitudinal com abordagem quantitativa. Participaram 118
    idosos brasileiros cadastrados na Estratégia Saúde da Família (ESF) em
    Natal/ RN e Santa cruz/ RN, que foram divididos em dois grupos:
    Intervenção e controle. A coleta de dados ocorreu de dezembro de 2015
    a dezembro de 2016.A pesquisa foi aprovada pelo comitê de ética, sendo
    utilizado para coleta dos dados questionário do Mini Exame do Estado
    Mental (MEEM), sociodemográficos, Short-Form SF -36, Mini Avaliação
    Nutricional (MAN), no primeiro momento (antes das intervenções) e no
    segundo momento (após as intervenções). Foram planejadas quatro
    intervenções, contemplando as demandas, aliando a teoria à prática. A
    pesquisa foi aprovada pelo comitê de ética em Pesquisa do Hospital
    Onofre Lopes, CEP/HUOL com o parecer nº 562.318, e CAAE:
    21996313.7.0000.5537. Na análise dos dados utilizou-se estatística
    descritiva, teste de Mann Whitney, teste de Wilcoxon e correlação de
    Spearman. Resultados: Os idosos eram na maioria do sexo feminino,
    com até 71 anos, sem companheiro e renda familiar maior que um salário
    mínimo. Observou-se que os idosos apresentavam em sua maioria IMC e
    triagem da MAN alterados, sendo evidenciados excesso de peso, baixo
    peso e risco de desnutrição. O programa de educação nutricional foi
    composto por 4 intervenções: Mercado simulado, Escolhas saudáveis,
    Bingo dos alimentos e Receitas com aproveitamento integral dos
    alimentos. As intervenções ocorreram sempre em grupo, tempo médio de
    uma hora e meia, com metodologias ativas e participação de
    profissionais nutricionista e enfermeiros. Obteve-se que, os presentes
    nas intervenções apresentaram maiores valores da mediana no segundo
    momento como também foi encontrado associação e correlações
    positivas para aspectos de saúde mental, função social e estado geral de
    saúde, no entanto o aspecto dor no corpo e dimensão física
    apresentaram-se negativos. Conclusão:Percebeu-se que a participação
    nas intervenções nutricionais proporcionou efeitos positivos para a
    qualidade de vida dos idosos da comunidade.


  • Mostrar Abstract
  • The present study sought to correlate nutritional interventions with the quality of life and nutritional parameters of the elderly of Primary Health Care. This is an intervention study with a quantitative approach. Eleven Brazilian elderly enrolled in the Family Health Strategy (ESF) in Natal / RN and Santa Cruz / RN participated. There were 4 nutritional interventions: Simulated market, Healthy choices, Food bingo and Recipes with full use of food. The research was approved by the Ethics Committee, and was used for the collection of data from the Mini Mental State Examination (MMSE), sociodemographic, SF-36 short-form, Mini Nutritional Assessment (MAN), and Body Mass Index (BMI) at the first moment (before the interventions) and at the second moment (after the interventions). For the statistical analysis of the data, we used descriptive statistics and Wilcoxon and Speraman tests. It was obtained that those present in the interventions presented higher values of the median in the second moment, as well as association and positive correlations were found for aspects of mental health, social function and general state of health, however the aspect of pain in the body, physical dimension and BMI were negative. It is perceived that food and nutrition education has had positive effects on the quality of life and, consequently, on the health of individuals in the community
10
  • LUCIANA MAGALHÃES PINTO
  • Espécies de Candida isoladas de fezes de pombos (Columbia livia) podem expressar fatores de virulência e resistências aos azóis.

  • Orientador : GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EVELINE PIPOLO MILAN
  • GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • RAQUEL DE MELO BARBOSA
  • WALICYRANISON PLINIO DA SILVA ROCHA
  • Data: 20/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Embora seja amplamente conhecido que Cryptococcus spp. pode transmitir criptococose através de aerossol formado quando fezes secas (principalmente de pombos) são dispersadas e se tornam aerotransportadas, pouco se sabe sobre o papel dessas aves em abrigar outras leveduras patogênicas em seu trato gastrointestinal, penas e bicos, especificamente porque esses animais frequentemente permanecem e reproduzem próximas ou mesmo acima de unidades de condicionadores de ar. Avaliou-se a prevalência de leveduras patogênicas isoladas de fezes de pombos coletadas na área externa de um hospital universitário no Brasil. Nosso objetivo foi também investigar o potencial patogênico e a susceptibilidade antifúngica de espécies de Candida de interesse médico isoladas dessas amostras. Portanto, foi realizada a avaliação da expressão de atributos de fatores de virulência in vitro, incluindo a capacidade de aderir a células epiteliais bucais humanas e a formação de biofilme e produzir enzimas líticas, como fosfolipases, proteinases e hemolisinas. Testes de sensibilidade antifúngica frente a fluconazol, itraconazol, anfotericina e micafungina também foram realizados. O gênero Candida foi o mais prevalente em nosso estudo, com várias espécies clinicamente importantes sendo isoladas. Vale ressaltar que essas cepas foram capazes de expressar vários fatores de virulência, mostrando claramente seu potencial patogênico. Nosso estudo foi capaz de demonstrar que Candida spp. isolados de excrementos de pombos podem expressar fatores de virulência da mesma forma de isolados clínicos, sugerindo um potencial patogênico para estas leveduras. O fato de essas cepas terem sido coletadas da área externa de um hospital terciário pode ser de interesse, porque elas podem ser uma fonte de infecção, especificamente para hospedeiros imunocomprometidos.


  • Mostrar Abstract
  • Even though it is widely known that Cryptococcus spp. may transmit cryptococcosis trough aerosol formed when dried birds (mainly pigeons) droppings are dispersed and become airborne, little is known about the role of these birds in harboring other pathogenic yeasts in their gastrointestinal tract, feathers and beaks, specifically because these animals often stay and reproduce close or even above air conditioner units. Here we evaluated the prevalence of pathogenic yeasts isolated from pigeon droppings collected in the outside area of a University Hospital in Brazil. We also aimed to investigate the pathogenic potential and antifungal susceptibility of Candida species of medical interest isolated from these samples. Therefore, we performed the evaluation of virulence factors attributes expression in vitro, including the ability to adhere to human buccal epithelial cells and biofilm formation and to produce lytic enzymes, such as phospholipases, proteinases and hemolysins. Antifungal susceptibility testing against fluconazole, itraconazole, amphotericin and micafungin was also performed. The Candida genus was the most prevalent in our study, with several medically important species being isolated. Of note, these strains were able to express several virulence factors in vitro, clearly showing their pathogenic potential. Our study was able to demonstrate that Candida spp. isolated from pigeon droppings may express virulence factors in the same manner of clinical isolates, suggesting a pathogenic potential for these yeasts. The fact these strains were collected from the outside area of a tertiary hospital may be of interest, because they may be a source of infection, specifically to immunocompromised hosts.

11
  • MAXSUELL LUCAS MENDES MARQUES
  • ATIVIDADE ANTICOAGULANTE IN VITRO DE GALACTANAS SULFATADAS OBTIDAS DA ALGA VERDE UDOTES FLABELLUM (J.ELLIS &SOLANDER) M.HOWE

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS AUGUSTO GALVAO BARBOZA
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • VALQUIRIA PEREIRA DE MEDEIROS
  • Data: 21/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Muitos trabalhos mostram a importância dos compostos anticoagulantes no tratamento do câncer, não apenas impedindo a coagulação do sangue, mas também inibindo a atividade da trombina e do fator Xa. Essas duas moléculas são ativadas por fatores tumorais e estão envolvidas na proliferação e migração de células tumorais. Portanto, há uma pesquisa de agentes anticoagulantes que são inibidores dessas moléculas. Algas marinhas sintetizam polissacarídeos sulfatados com várias propriedades, incluindo atividade anticoagulante. Portanto, neste trabalho, extratos ricos em polissacarídeos sulfatados foram obtidos de 21 algas marinhas tropicais (4 vermelhas, 11 marrons e 6 verdes) encontradas no nordeste do Brasil e avaliadas como agentes anticoagulantes. 15 extratos apresentaram atividade anticoagulante, incluindo todos os extratos de algas verdes. O extrato de Udotea flabellum foi o mais potente, o que exigiu apenas 3 µg para dobrar o tempo de coagulação plasmática no teste APTT. Resultado similar foi obtido com 1 µg de heparina. Dois galactanas sulfatados com alta atividade anticoagulante foram obtidos a partir deste extrato utilizando várias etapas de purificação guiadas por bio-guiados. Estes polissacarídeos foram denominados F-I (130 kDa) e F-II (75 kDa). Apresentaram atividade anticoagulante com intensidade próxima à da heparina. F-I e F-II (de 0,5 a 10 μg/mL) não foram capazes de inibir diretamente a trombina. Na presença de antitrombina, a F-I (0,5 μg/mL) foi mais eficaz que a heparina (0,5 μg/ mL) como inibidor da trombina, enquanto a F-II apresentou efeito semelhante à heparina. Em conjunto, os resultados apresentados no presente estudo fornecem fortes evidências do potencial anticoagulante/antitumoral dos galactanas sulfatadas em Udotea e fazem destes compostos uma ferramenta molecular interessante a ser usada em futuras investigações que visam o desenho de novos agentes anticoagulantes / antitumorais.


  • Mostrar Abstract
  • Many papers show the importance of anticoagulant compounds in the treatment of cancer, not only preventing blood clotting, but also inhibiting the activity of thrombin and factor Xa. These two molecules are activated by tumor factors and are involved in the proliferation and migration of tumor cells. Therefore, there is a search for anticoagulant agents that are inhibitors of these molecules. Seaweed synthesizes sulfated polysaccharides with several properties, including anticoagulant activity. Therefore, in this paper, sulfated polysaccharide-rich extracts were obtained from 21 tropical marine algae (4 red, 11 brown, and 6 green) found in northeastern Brazil and evaluated as anticoagulant agents. 15 extracts presented anticoagulant activity, including all extracts of green seaweed. Udotea flabellum extract was the most potent, which required only 3 µg to double the plasma coagulation time in the APTT test. Similar result was obtained with 1 µg of heparin. Two sulfated galactans with high anticoagulant activity were obtained from this extract using several bio-guided purification steps. These polysaccharides were named F-I (130 kDa) and F-II (75 kDa). They presented anticoagulant activity with intensity close to that of heparin. F-I and F-II (from 0.5 to 10 μg/mL) were not able to directly inhibit thrombin. In the presence of antithrombin, F-I (0.5 μg/mL) was more effective than heparin (0.5 μg/mL) as inhibitor of trombin, while F-II showed similar effect to heparin. Taken together, the results presented in the current study provide strong evidences of the anticoagulant/antitumor potential of the Udotea sulfated galactans and make these compound an interesting molecular tool to be used in future investigations that aimed at the design of new anticoagulant/antitumor agents.

Teses
1
  • JOSE QUEIROZ FILHO
  • Assessment of 100% Rapid Review as an Effective Tool for Internal Quality Control in Cytopathological Services

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • GUSTAVO MAFALDO SOARES
  • MARIA CLARA PEDRO BICHO
  • NEILA DE GOIS SPECK
  • Data: 21/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objective:  Assessment of 100% rapid review (RR) as a tool to analysys the negative Pap smears. Study Design: 8677 swabs were analyzed, the negative results were submitted to RR-100%, the divergent cases were discussed in consensus meeting for conclusion of final diagnosis. Results: RR-100% identified 255 (3.13%) false negative smears (FN) and 552 (6.77%) Unsatisfactory. The RR-100% of the results when compared to the final diagnosis was agreement diagnosis in 7063 (86.60%) and results in 1092 (13.40%) considered discordant. The steepest percentage of discordance was unsatisfactory results, in 1036 (65.61%) cases was as used the Kappa method for RR reliability analysis and final diagnosis with the agreement of 0867 with K = 0.734 (p <0.0001) The sensitivity and specificity with their confidence intervals, positive predictive value (PPV) and negative predictive value (NPV) of RR-100% compared to the final diagnosis were also evaluated. Considering only the cases considered negative sensitivity was 99.1% (95% CI 96.7 to 99.9), specificity 99.4% (95% CI 99.2 -99.6), VPP 84.9% VPN and 100.0%. Conclusion: The result of the RR-100% was considered efficient for FN results when used as IQC method.

     


     


  • Mostrar Abstract
  • -Objective: The aim of this study was to evaluate the 100% rapid review (100%-RR) as an effective tool for internal quality control (IQC) in gynecological cytopathology services. Study Design: A total of 8,677 swabs were analyzed; the negative results were submitted to 100%-RR. Divergent cases were discussed in a consensus meeting to reach a conclusion on the final diagnosis. The data were entered into SAS statistical software, and the agreement of the 100%-RR results with the final diagnosis was tested with the weighted kappa statistic. Results: Of the 8,155 smears characterized as negative, 255 (3.13%) were abnormal smears, and 552 (6.77%) unsatisfactory smears were deemed negative. Regarding the results on the 8,155 smears subjected to 100%-RR when compared with the final diagnosis, there was agreement in 7,063 (86.60%) of them, and there were 1,092 (13.40%) discordant results (65.6%, unsatisfactory; 5.47%, atypical squamous cells of undetermined significance [ASC-US]). The κ index had an agreement of 0.867, with κ = 0.734 ( p < 0.0001).Compared with the final diagnosis, the sensitivity of 100%-RR was 99.91% and its specificity was 99.4% for severe abnormalities. The sensitivity for high-grade squamous intraepithelial lesions was 88.2%, with a specificity of 100.00%. For abnormalities considered borderline, such as ASC-US, the sensitivity was 94.50% and the specificity was 99.5%. Conclusion: The 100%-RR was considered efficient when used as an IQC method

2
  • JULIANA FERNANDES DE CARVALHO
  • EFEITO DE ANTIBIÓTICO VETORIZADO COM NANOPARTÍCULAS MAGNÉTICAS PARA TRATAMENTO DA INFECÇÃO POR Staphylococcus aureus MULTI RESISTENTE

  • Orientador : ARTUR DA SILVA CARRICO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ARTUR DA SILVA CARRICO
  • MAIZA ROCHA DE ABRANTES
  • FABRICIA LIMA FONTES
  • LEONARDO LINHARES OLIVEIRA
  • MICHELLE DE MEDEIROS AIRES
  • Data: 29/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: Avaliar o efeito da oxacilina ligada a nanopartículas magnéticas no modelo de infecção local em ratos.

    Métodos: Doze ratos Wistar pesando 290 ± 18g foram divididos aleatoriamente em quatro grupos (n = 6, cada) e todos os ratos tiveram um anel magnético suturado nas coxas direita. No grupo de distribuição biodisponível, 0.1mL de 99mTc-magnetite (0.66 MBq) foi injetado i.v e após 30 minutos, a biodistribuição de 99mTc-magnetite foi avaliada nas coxas direita e esquerda. Os outros grupos foram inoculados com MRSA em cada músculo da coxa. Os ratos do grupo 1 foram injetados i.v. com magnetita, o grupo 2 com magnetita-Oxacilina, o grupo 3 com solução salina, todos administrados duas vezes ao dia. Após 24 horas, amostras de secreção muscular foram colhidas para análise microbiológica; músculos, pulmões e rins para histologia.

    Resultados: A captação de 99mTc-magnetite foi três vezes maior nos músculos da coxa direita (com ímã externo) do que na esquerda. Nos grupos administrados magnetita e magnetita-Oxacilina, as amostras coletadas nos músculos da coxa, a quantidade de unidades formadoras de colônias (UFC) da bactéria foi significativamente menor do que nos controles com solução salina. A reação inflamatória em músculos e pulmões foi significativamente menor em ratos que receberam magnetita-Oxacilina que nos outros grupos (p <0,001).

    Conclusão: Este estudo confirma a potencial atividade antimicrobiana das nanopartículas magnéticas para cepas de S. aureus resistentes à meticilina, que além de concentrar o antibiótico no local da infecção, influenciaram positivamente o tratamento.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: To evaluate the effect of oxacillin bound to magnetic nanoparticles on the model of local infection in rats.

    METHODS: Twelve Wistar rats weighing 290 ± 18g were randomly divided into four groups (n = 6, each) and all rats had a magnetic ring sutured to the right thighs. In the bioavailable distribution group, 0.1mL of 99mTc-magnetite (0.66 MBq) was injected i.v and after 30 minutes, the biodistribution of 99mTc-magnetite was evaluated in the right and left thighs. The other groups were inoculated with MRSA on each thigh muscle. The rats of group 1 were injected i.v. with magnetite, group 2 with magnetite-Oxacillin, group 3 with saline, all administered twice daily. After 24 hours, muscle secretion samples were collected for microbiological analysis; muscles, lungs and kidneys for histology.

    Results: The uptake of 99mTc-magnetite was three times greater in the muscles of the right thigh (with external magnet) than in the left. In the groups administered magnetite and magnetite-Oxacillin, the samples collected in the thigh muscles, the amount of colony forming units (CFU) of the bacterium was significantly lower than in the saline controls. The inflammatory reaction in muscles and lungs was significantly lower in rats receiving magnetite-Oxacillin than in the other groups (p <0.001).

    Conclusion: This study confirms the potential antimicrobial activity of magnetic nanoparticles for methicillin resistant strains of S. aureus, which in addition to concentrating the antibiotic at the site of infection, positively influenced the treatment.

3
  • JANA DARA FREIRES DE QUEIROZ
  • AVALIAÇÃO DE BIOMATERIAIS PARA FINS DE REGENERAÇÃO ÓSSEA

  • Orientador : SILVIA REGINA BATISTUZZO DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SILVIA REGINA BATISTUZZO DE MEDEIROS
  • CARLOS AUGUSTO GALVAO BARBOZA
  • MATHEUS DE FREITAS FERNANDES PEDROSA
  • ALEXANDRE MALTA ROSSI
  • MELISSA CAMASSOLA
  • Data: 27/04/2018

  • Mostrar Resumo
  • Diferentes tipos de biomateriais têm sido desenvolvidos ao longo dos anos com várias aplicações biomédicas principalmente para fins de regeneração óssea. A evolução tecnológica vem proporcionando o desenvolvimento de novos e melhores biomateriais. Dentre os diversos tipos de biomateriais existentes atualmente as superfícies nano e microestutradadas e materiais em escala nano e micrométrica têm ganhado destaque. O tratamento com feixe de LASER é uma abordagem controlável e flexível para modificar superfícies que cria uma topografia complexa nano e micro estruturada e graças as suas propriedades diversos tipos de partículas têm sido largamente desenvolvidos. Apesar de muitos estudos terem sido realizados para avaliar a resposta à diferenciação, pouca atenção foi dada ao potencial genotóxico durante esse processo. Portanto, ensaios para avaliar biocompatibilidade, incluindo estudos genotóxicos, devem ser realizados. O comportamento de células tronco mesenquimais humanas foi analisado após a exposição a discos de titânio modificados superficialmente a laser e partículas de hidroxiapatita. Os discos de titânio foram avaliados por microscopia eletrônica, difração de raio-x e medida do ângulo de contato. A superfície gerada pela fluência de 235 J/cm2 foi utilizada nos ensaios biológicos: MTT, mineralização, atividade de fosfatase alcalina e qRT-PCR para marcadores osteogênicos. As nanopartículas (nanoXIM•HAp102®; Fluidinova, S. A.) e micropartículas (Plasma Biotal) de hidroxiapatita disponíveis comercialmente nas concentrações de 0.1, 1 e 10 µg/mL foram utilizadas e analisadas após 1, 3 e 7 dias. A análise dos dados do titânio modificado a laser um comportamento dependente do tipo celular reduzindo a proliferação das células tronco mesenquimais e aumentando a expressão dos marcadores osteogênicos e atividade da fosfatase alcalina nessas células. A avaliação das partículas demonstrou que essas não afetaram a viabilidade das hMSC (p <0.05), contudo, as concentrações mais altas utilizadas parecem induzir uma diferenciação osteogênica precoce. Isso foi evidenciado pela antecipação dos níveis máximos esperados da atividade da fosfatase alcalina (p <0.05) e mineralização da matriz extracelular (p <0.01). Nenhuma alteração significativa foi observada no estado oxidativo e no potencial genotóxico avaliado. Curiosamente, as freqüências de pontes nucleoplasmáticas (NPB) e dano ao DNA pelo teste cometa foram maiores após 7 dias em condições de controle, sugerindo que essas pontes são características de hMSCs isoladas e tendem a desaparecer durante o processo de diferenciação. Nossos achados mostram que o titânio irradiado com laser pode modular o comportamento celular de forma dependente do tipo de célula e estimular a diferenciação osteogênica. Além disso, os dados das partículas sugerem que a exposição induz uma resposta celular suficiente para prevenir a instabilidade genética e não ter efeitos genotóxicos prolongados durante a diferenciação osteogênica. Dessa forma, os biomateriais analisados demonstram potencial para seu uso em medicina regenerativa e no que diz respeito as partículas parece ser seguro em relação à genotoxicidade


  • Mostrar Abstract
  • Different types of biomaterials have been developed over the years with various biomedical applications mainly for bone regeneration purposes. Technological evolution has led to the development of new and better biomaterials. Among the various types of biomaterials currently available, the nano and microstructured surfaces and nano and micrometric scale materials have gained prominence. LASER beam treatment is a controllable and flexible approach to modifying surfaces that creates a complex nano and micro-structured topography and thanks to its properties various types of particles have been widely developed. Although many studies have been conducted to evaluate the response to differentiation, little attention was paid to the genotoxic potential during this process. Therefore, assays to evaluate biocompatibility, including genotoxic studies, should be performed. The behavior of human mesenchymal stem cells was analyzed after exposure to surface modified laser discs and hydroxyapatite particles. Titanium disks were evaluated by electron microscopy, x-ray diffraction and contact angle measurement. The surface generated by the creep of 235 J / cm2 was used in the biological assays: MTT, mineralization, alkaline phosphatase activity and qRT-PCR for osteogenic markers. The nanoparticles (nanoXIM • HAp102®, Fluidinova, S.A.) and commercially available hydroxyapatite microparticles (Biotal Plasma) at concentrations of 0.1, 1 and 10 μg / ml were used and analyzed after 1, 3 and 7 days. The analysis of the data of the modified laser titanium a cell type dependent behavior reducing the proliferation of the mesenchymal stem cells and increasing the expression of the osteogenic markers and alkaline phosphatase activity in these cells. Particle evaluation showed that these did not affect the viability of hMSC (p <0.05), however, the higher concentrations used seem to induce an early osteogenic differentiation. This was evidenced by anticipation of the expected maximum levels of alkaline phosphatase activity (p <0.05) and extracellular matrix mineralization (p <0.01). No significant changes were observed in the oxidative state and the evaluated genotoxic potential. Interestingly, the frequencies of nucleoplasmic bridges (NPB) and DNA damage by the comet test were higher after 7 days under control conditions, suggesting that these bridges are characteristic of isolated hMSCs and tend to disappear during the differentiation process. Our findings show that laser irradiated titanium can modulate cell behavior in a cell type dependent manner and stimulate osteogenic differentiation. In addition, particle data suggest that the exposure induces a sufficient cellular response to prevent genetic instability and does not have prolonged genotoxic effects during osteogenic differentiation. Thus, the analyzed biomaterials demonstrate potential for its use in regenerative medicine and insofar as the particles appear to be safe in relation to genotoxicity

4
  • MARIA SOCORRO MEDEIROS DE MORAIS
  • IMAGEM CORPORAL E QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES DE MEIA IDADE E IDOSAS: UM ESTUDO TRANSVERSAL

  • Orientador : MARIA DAS GRACAS ALMEIDA THORNTON
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DEYSE DE SOUZA DANTAS
  • MARIA DAS GRACAS ALMEIDA THORNTON
  • RAND RANDALL MARTINS
  • RICARDO NEY OLIVEIRA COBUCCI
  • RICARDO OLIVEIRA GUERRA
  • Data: 27/04/2018

  • Mostrar Resumo
  • INTRODUÇÃO: O aumento sucessivo da expectativa de vida feminina fomentou um interesse gradativo pelas questões relativas ao envelhecimento feminino. Dentre elas, a percepção da imagem corporal pode ocasionar importantes consequências sobre a saúde e qualidade de vida, estando relacionada a condições como depressão, distúrbios alimentares, baixa auto-estima e auto-confiança. Dessa forma, conhecer a relação na qual a mulher em processo de envelhecimento mantém com seu corpo e as possíveis implicações na sua qualidade de vida são fundamentais para que os profissionais da saúde considerem, em suas rotinas, o impacto que isto pode causar nas dimensões físicas, psicológicas, emocionais e mentais, objetivando sempre o melhor cuidado de saúde às mulheres no processo do envelhecimento. OBJETIVOS: 1) Analisar a relação entre a imagem corporal e a qualidade de vida em mulheres de meia idade 2) Investigar a relação entre ganho de peso e a percepção da imagem corporal em mulheres na menopausa e idosas.  METODOLOGIA: Foi realizado um estudo transversal, com uma amostra de mulheres com idades entre 40 e 80 anos, residentes nos municípios de Parnamirim/RN e Santa Cruz/RN. Foram coletados dados sociodemográficos, medidas antropométricas e de composição corporal, dosagem hormonal e bioquímica, hipertensão, depressão, história reprodutiva, atividade física, qualidade de vida e percepção da imagem corporal. Para a análise estatística foi realizada a Análise de Regressão Linear Múltipla para os domínios do UQoL e o escore total, ajustado pelas covariáveis que apresentaram p<0,20 na análise bivariada. Além disso, a identificação dos possíveis fatores associados a má percepção da imagem corporal foi realizada mediante análise de regressão logística binária, com cálculo da respectiva odds ratio (OR). Foi considerado p<0.05 em todas as etapas da análise estatística. RESULTADOS: A percepção imagem corporal se relacionou a todos os domínios da qualidade de vida, inclusive com o escore total, com exceção apenas do domínio ocupacional. As mulheres que eram insatisfeitas devido ao baixo peso, quando comparadas àquelas satisfeitas com sua imagem corporal, apresentaram pontuações significativamente menores nos domínios saúde, emocional e escore total do Uqol. Aquelas que eram insatisfeitas por excesso de peso apresentaram escores menores de Uqol para os domínios saúde, emocional, sexual, bem como para o escore total, em comparação com aquelas satisfeitas com a imagem corporal. Em relação as variáveis que se relacionam a uma má percepção da imagem corporal, destacam-se: IMC, colesterol total, atividade física e paridade, todas com p valor menor que 0,05. Os resultados mostram que, a cada acréscimo de IMC, as mulheres tiveram 1,27 vezes mais chances de estarem insatisfeitas quanto à sua imagem corporal, bem como as mulheres que apresentam colesterol limítrofe e alto (OR = 2,48). Além disso, as mulheres que não praticam atividade física regularmente apresentaram 2,35 vezes mais chances de serem insatisfeitas quanto à sua imagem corporal, enquanto que o maior número de filho foi fator de proteção em relação a má percepção da imagem corporal OR= 0,83. CONCLUSÃO: A insatisfação com a imagem corporal está relacionada a pior qualidade de vida nas mulheres de meia idade e idosas.  Além disso, aquelas que possuem maior IMC, colesterol limítrofe e alto e que não praticam atividade física, apresentam maiores chances de serem insatisfeitas com sua imagem corporal.


  • Mostrar Abstract
  • INTRODUCTION: The successive increase in female life expectancy has fostered a gradual interest in issues related to female aging. Among them, the perception of body image can have important consequences on health and quality of life, being related to conditions such as depression, eating disorders, low self-esteem and self-confidence. Thus, knowing the relationship in which the women’s aging maintains with her body and its possible implications on her quality of life are fundamental for health professionals to consider, in their routines, the impact that this can cause on the physical, psychological, emotional and mental, dimensions aiming, always, the best health carefor women in the aging process. OBJECTIVES: 1) To analyze the relationship between body image and quality of life in middle-aged women; 2) To investigate the relationship between weight gain and body image perception in menopausal and elderly women. METHODS: A cross-sectional study was carried out with a sample of women aged between 40 to 80 years old, living in Parnamirim/RN and Santa Cruz/RN. Sociodemographic data, anthropometric and body composition measurements, hormonal and biochemical measurements, hypertension, depression, reproductive history, physical activity, quality of life and body image perception were collected. For the statistical analysis, Multiple Linear Regression Analysis was performed for the UQoL domains and the total score was adjusted by the covariables who presented p <0.20 in the bivariate analysis. In addition, the identification of possible factors associated with poor perception of body image was performed by binary logistic regression analysis, with a corresponding odds ratio (OR) calculation. It was considered p <0.05 at all stages of the statistical analysis. RESULTS: Body image perception was related to all domains of quality of life, including total score, except for the occupational domain. Women who were dissatisfied due to the low weight, when compared to those satisfied with their body image, presented significantly lower scores in the health, emotional and total Uqol scores. Those who were unsatisfied with excess weight had lower Uqol scores for the health, emotional, sexual domains as well as the total score compared to those satisfied with body image. Regarding the variables that relate to poor perception of body image, we have: BMI, total cholesterol, physical activity and parity, all with p values lower than 0.05. The results show that with each increase in BMI, women were 1.27 times more likely to be dissatisfied with their body image, as well as women with borderline and high cholesterol (OR = 2.48). In addition, women who do not regularly exercise were 2.35 times more likely to be dissatisfied with their body image, while the highest number of children was a protection factor in relation to poor body image perception OR = 0,83. CONCLUSION: The dissatisfaction with body image is related to poorer quality of life in middle-aged and elderly women. In addition, those women with higher BMI, borderline and high cholesterol and those who do not practice physical activity are more likely to be dissatisfied with their body image.

5
  • GUSTAVO HENRIQUE DE MEDEIROS OLIVEIRA
  • Aplicação de plataforma de array de alta resolução para análise de Variação do número de cópias (CNV) em todo o genoma em pacientes com fissura lábio-palatina não sindrômica

  • Orientador : ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • IVANISE MARINA MORETTI REBECCHI
  • MARIA LEILA CARDOSO
  • TARSIS ANTONIO PAIVA VIEIRA
  • Data: 27/04/2018

  • Mostrar Resumo
  • Embora mais de 14 loci possam estar envolvidos com o desenvolvimento da fenda labial e / ou palatina não sindrômica, a etiologia precisa ainda não foi totalmente elucidada e há confusão com as formas sindrômicas. As estratégias tradicionais de mapeamento genético foram recentemente complementadas pela poderosa ferramenta de array-CGH, capaz de varrer todo o genoma de uma só vez e detectar variantes do número de cópias (CNVs). Embora estudos prévios relatem que CNVs benignas comuns são freqüentemente menores em tamanho, com a maioria de CNVs benignas menores que 20 kb aqui nós revelamos CNVs exônicos pequenos baseado na importância dos genes englobados para CLP. Análise de CGH-array de 15 amostras de DNA de indivíduos com fissura oral identificou 11 CNVs exônicas que afetam pelo menos um exon dos genes candidatos. Treze genes candidatos (COL11A1, IRF6, MSX1, TERT, MIR4457, CLPTM1L, ESR1, GLI3, FGFR1, TBX1, OFD1, PHF8 e FLNA) foram sobrepostos com as CNVs identificadas. Levando em consideração critérios como tamanho, número de marcadores e frequência em nosso grupo controle e na base de dados DGV, as microdeleções que abrangem o gene MSX1; as microduplicaes sobre os trs genes TERT, MIR4457, CLPTM1L; e a microduplicação no gene PHF8 se destacou. A significância individual de pequenas CNVs genômicas ainda não foi bem elucidada em um contexto clínico, em estudos com fissuras orais, pouco se sabe sobre a importância de pequenas CNVs detectadas por CGH-array para diagnóstico genético e descoberta de genes. Nossos achados representam uma busca inicial do significado clínico de pequenas CNVs e sua relação com genes implicam no desenvolvimento de Fissuras labiais e / ou palatinas não-sindrômicas.


  • Mostrar Abstract
  • Although more than 14 loci may be involved with the development of Nonsyndromic Cleft lip and/or palate, the precise etiology has not been fully elucidated and there is a confounding with syndromic forms. The traditional genetic mapping strategies have recently been complemented by the powerful tool of array-CGH, able to scan the whole genome at once and detect copy-number variants (CNVs). Although previous studies report that common benign CNVs are often smaller in size, with the majority of benign CNVs smaller than 20 kb here we reveal exonic small CNVs based on the importance of the encompassed genes to CLP. Array-CGH analysis of 15 DNA samples from oral cleft individuals identified 11 exonic CNVs affecting at least one exon of the candidate genes. Thirteen candidate genes (COL11A1, IRF6, MSX1, TERT, MIR4457, CLPTM1L, ESR1, GLI3, FGFR1, TBX1, OFD1, PHF8, and FLNA) were overlapped with the CNVs identified. Taking into account criteria such as size, number of markers and frequency in our-house control group and in DGV database, the microdeletions that encompass the MSX1 gene; the microduplications over the three genes TERT, MIR4457, CLPTM1L; and the microduplication on PHF8 gene stood out. The individual significance of genome-wide small CNVs has not been well elucidated in a clinical context, in oral clefts studies, little is known about the importance of small CNVs detected by array-CGH for genetic diagnosis and gene discovery. Our findings represent an initial search of the clinical significance of small CNVs and its relationship with genes implicate in the development of Nonsyndromic Cleft lip and/or palate.

6
  • ALDAIR DE SOUSA PAIVA
  • PERFIS IMUNOFENOTÍPICOS CARACTERÍSTICOS DAS DOENÇAS LINFOPROLIFERATIVAS CRÔNICAS NO RIO GRANDE DO NORTE

  • Orientador : GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • AMALIA CINTHIA MENESES DO REGO
  • CARLOS ROBERTO ALVES
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • MARIA ZELIA FERNANDES
  • Data: 18/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: As Doenças linfoproliferativos crônicos (DLPC) constituem um grupo de
    neoplasias malignas linfáticas caracterizadas pela proliferação de linfócitos neoplásicos
    maduros, podendo ser do tipo B, T ou células assassinas naturais (NK). A imunofenotipagem
    de citometria de fluxo (CF) é uma prática de rotina no diagnóstico diferencial desses tumores,
    contribuindo para maior precisão e novas perspectivas terapêuticas. Métodos: Pacientes
    (n=500) com DLPC foram investigados pelo CF. Além disso, reunimos também informações
    dos pacientes tais como idade, sexo e paramentos hematológicos. Resultados: Os
    resultados mostraram que 408 (81,6%) dos casos eram de células B e 92 (18,4%) de
    linfócitos T e células NK. A distribuição das DLPC de células B foi: 265 leucemia linfocítica
    crônica de células B, 17 leucemia pró-linfocítica de células B, 11, leucemias de células
    pilosas, 3 casos de linfoma folicular em fase leucêmica, 3 linfoma esplênico com linfócitos
    vilosos, 12 linfoma de células de manto leucemizados, um caso de macroglobulinemia de
    Waldenstrong, 47 mieloma multiplo,12 leucemia de células plasmáticas, 9 linfoma de Burkitt e
    37 DLPC de células B sem imunoclassificação específica. A classificação DLPC de células
    T/NK foi: 11 leucemia de linfócitos grandes granulares (10 de linfóctos T e uma de células
    NK), 47 leucemia pro-linfocítica de células T, 10 leucemia /linfoma de células T do adulto T, 8
    síndrome de Sezary e 24 linfoma periférico de células T. Conclusão: os dados obtidos
    demontram que a imunofenotipagem é um método importante no diagnóstico, monitoramento
    e estabelicimento de fator prognóstico na determinação de mecanismos patológicos da
    evolução das DLPC.


  • Mostrar Abstract
  • Background: Chronic lymphoproliferative disorders (CLPD) constitute a group of lymphatic
    malignancies that are characterized by proliferation of neoplastic mature lymphocytes, and
    may be sourced B, T and natural killer cells (NK). Flow cytometric (FC) immunophenotyping is
    a routine practice in the differential diagnosis of these tumors, contributing to greater accuracy
    and new therapeutic perspectives. Methods: Patients (n= 500) with CLPD were investigated
    by FC. In addition, we also gathered patient information such as age, sex and hematologic
    data. Results: The results showed that 408 (81,6%) of cases were B-cell and 92 (18,4%)
    were T lymphocytes and NK cells. B-cells CLPD distribution was: 265 B-cell chronic
    lymphocytic leukemia, 17 B-cell prolymphocytic leukemia, 11 Hairy cell leukemia, 3 Follicular
    lymphoma in leukemic phase, 3 Splenic lymphoma with villous lymphocytes, 12 mantle cell
    lymphoma, one Waldenstrong macroglobulinemia, 47 multiple myeloma, 12 plasma cell
    leukemia, 9 Burkitt lymphoma and 37 B-cell CLPD with non-specific immunoclassification. The
    T/NK CLPD classification were: 11 Large granular lymphocyte leukemia (10 of T lymphocytes
    and one NK cells), 47 T-cell prolymphocytic leukemia, 10 Adult T-cell leukemia lymphoma, 8
    Sezary syndrome and 24 T-cell peripheral lymphoma. Conclusion: The data suggest that
    immunophenotyping is an important method in diagnosis, monitoring and prognosis when
    determining the pathological mechanisms of CLPD evolution.

7
  • ROSILENE RODRIGUES SANTIAGO
  • CARREADORES LIPÍDICOS NANOESTRUTURADOS CONTENDO ANFOTERICINA B: DESENVOLVIMENTO IN VITRO, ENSAIO DE LIBERAÇÃO E ESTABILIDADE SOB ARMAZENAMENTO

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • LOURENA MAFRA VERISSIMO
  • NEILA DE PAULA PEREIRA
  • TOSHIYUKI NAGASHIMA JUNIOR
  • Data: 09/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Sistemas Lipídicos Nanoestruturados (SLN) podem melhorar a taxa de encapsulamento e a estabilidade dos medicamentos. O objetivo deste estudo foi desenvolver um SLN contendo anfotericina B (AmB) (SLN-AmB). Um planejamento experimental foi aplicado para determinar a concentração do componente na formulação final. A SLN preparada teve sua estabilidade avaliada com base na granulometria, índice de polidispersão (PDI), potencial zeta e taxa de recuperação de AmB. As SLNs também foram liofilizadas (LYO) e otimizadas a fim de melhorar a sua vida útil. O delineamento experimental apresentou a concentração do componente ideal como proporção de lipídios sólido:líquido(w/w) 7:3 e 3% de surfactantes. A SLN produzida possuiam aspecto branco translúcido, tornando-se amarelo translúcido quando a AmB foi incorporada. No tocante a liofilização usando um ciclo de liofilização 48h, maltose foi o melhor crioprotetor. O SLN-AmB-LYO e NLC-LYO foram prontamente dispersíveis em água. Os sistemas sólidos apresentaram diferentes propriedades físico-químicas; no entanto, eles mantiveram sua eficiência de encapsulação alta, acima de 90%. Adicionalmente, o DSC e o XRD exibiram o estado de cristalinidade das partículas. O perfil de liberação in vitro, avaliado 24 h após a preparação de partículas, atendeu ao modelo Baker-Lonsdale. Em conclusão, o conjunto dos resultados revelaram que oas SLNs desenvolvidas podem ser uma alternativa viável como um sistema de liberação de moléculas, principalmente para a AmB


  • Mostrar Abstract
  • Nanostructured-lipid-carriers (NLC) can improve the encapsulation rate and the stability of drugs. The aim of this study was to develop an amphotericin B (AmB)-containing NLC (AmB-NLC). An experimental design was applied in order to determine the component concentration within the final formulation. The prepared NLC had their stability assessed on the basis of particle size, polydispersity index (PDI), zeta potential, and AmB recovery rate. NLC were also lyophilized (LYO) and optimized in order to improve their shelf-life. The experimental design presented the optimal component concentration as 7:3 (w/w) solid:liquid lipid ratio and 3% of surfactants. The produced NLC were white translucent, becoming yellow translucent when AmB was incorporated. For lyophilization, maltose was the best cryoprotectant using a 48 h freeze-drying cycle. Both the LYO-AmB-NLC and LYO-NLC were readily dispersible in water. The dried systems had slightly different physicochemical properties; however, they maintained their high encapsulation efficiency of above 90%. Additionally, DSC and XRD exhibited the crystallinity state of the particles. The in vitro release profile, assessed 24 h after particle preparation, fitted the Baker-Lonsdale model. In conclusion, all the results together revealed that the developed NLC can be an available alternative as a drug delivery system for AmB.

8
  • ANNE DA COSTA ALVES
  • Qualidade de vida relacionada à instalação da prótese total 

  • Orientador : JOAO CARLOS ALCHIERI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KARÉNINA FREITAS DO AMARAL
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • HANNALICE GOTTSCHALCK CAVALCANTI
  • JOAO CARLOS ALCHIERI
  • KARINNA VERISSIMO MEIRA TAVEIRA
  • Data: 15/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • O edentulismo completo caracteriza-se pela perda total dos dentes permanentes, resultando em alterações estéticas, estruturais e funcionais, podendo impactar negativamente na qualidade de vida, sendo minimizado através da reabilitação com a prótese dentária. O objetivo deste estudo foi comparar a qualidade de vida relacionada à saúde oral em pacientes com a prótese original completa maxilar e mandibular, três meses após instalação da nova prótese e dois anos depois da confecção da nova prótese total bimaxilar removível. Nesse estudo comparativo longitudinal, participaram 15 voluntários, com faixa etária entre 50 e 82 anos, de ambos os sexos, que buscaram tratamento no Departamento de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, para a confecção de novas próteses. Utilizou-se a versão brasileira do Oral Health Impact Profile para pacientes edêntulos (OHIP-EDENT) para avaliar a qualidade de vida. A análise dos dados foi realizada de forma descritiva e analítica com os testes de Friedman e Wilcoxon, com nível de significância de 5%. Em relação aos domínios do OHIP-EDENT, verificou-se diferença para desconforto e incapacidade mastigatória entre a avaliação inicial e após dois anos. Nos domínios Dor e desconforto orofacial, Incapacidade Psicológica e Incapacidade Social, não ocorreram diferenças entre os períodos avaliados. Foram observados indicadores de melhora na qualidade de vida dos pacientes, no domínio desconforto e incapacidade mastigatória entre a avaliação e 2 anos. 


  • Mostrar Abstract
  • Full edentulism is characterized by the permanent loss of permanent teeth, resulting in aesthetic, structural and functional changes, which can negatively impact the quality of life, being minimized through rehabilitation with the dental prosthesis. The objective of this study was to compare the quality of life related to oral health in patients with the complete mandibular complete denture three months after the installation of the new prosthesis and two years after the new removable bimaxillary prosthesis was made. In this longitudinal comparative study, 15 volunteers, aged between 50 and 82 years, of both sexes, who sought treatment in the Department of Dentistry of the Federal University of Rio Grande do Norte, participated in the preparation of new prostheses. The Brazilian version of the Oral Health Impact Profile for edentulous patients (OHIP-EDENT) was used to evaluate the quality of life. Data analysis was performed descriptively and analytically with the Friedman and Wilcoxon tests, with a significance level of 5%. In relation to the domains of OHIP-EDENT, there was a difference for discomfort and masticatory incapacity between the initial evaluation and after two years. In the areas of pain and orofacial discomfort, Psychological Disability and Social Disability, there were no differences between the evaluated periods. Indicators of improvement in patients' quality of life were observed, in the discomfort and masticatory incapacity domain between the evaluation and 2 years.

9
  • EWERTON DANTAS CORTÊS NETO
  • Resiliência em adolescentes participantes de Projetos Sociais Esportivos

  • Orientador : EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • HENIO FERREIRA DE MIRANDA
  • RODRIGO DA SILVA MAIA
  • SONIA CRISTINA FERREIRA MAIA
  • Data: 24/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Os projetos sociais esportivos, destinados aos jovens das classes populares, financiados por instituições governamentais e privadas, buscam assegurar fatores de proteção aos adolescentes, expostos cotidianamente a situação de vulnerabilidade e riscos. A resiliência diz respeito a adaptação do sujeito aos eventos da vida e consiste em variações individuais em resposta aos fatores de risco. Objetivo: A pesquisa tem como objetivo avaliar a resiliência dos adolescentes participantes de projetos sociais esportivos. Materiais e métodos: Estudo de corte transversal, comparativo e analítico, abrangeu 134 adolescentes, com faixa etária compreendida de 12 a 17 anos, residentes em uma zona de alta vulnerabilidade social de um município do nordeste brasileiro. A coleta de dados se deu com a realização de entrevistas estruturada e a aplicação do questionário/escala de resiliência desenvolvida por Wagnild e Young (1993), instrumento usado para mensurar níveis de adaptação psicossocial positiva frente a determinados eventos de vida. Utilizou-se de análise estatística descritiva e inferencial, em especial o uso do teste T de Student para amostras independentes e o teste qui-quadrado. Para ambos, adotou-se um nível de significância estatística de p<0,05. Resultados: Dentre os sujeitos da pesquisa, 53,7% participantes de projetos sociais esportivos e 46,3% não participantes de projetos sociais esportivos. Constatou-se a existência de diferença estatisticamente significativa entre a resiliência de meninos e meninas, não apresentam diferenças estatisticamente significativa de resiliência entre participantes e não participantes, as meninas têm aproximadamente 57% maior risco de ter baixa resiliência e os mais jovens (até 14 anos) tem aproximadamente 77% maior risco de ter baixa resiliência quando comparado com os jovens de 15 anos em diante. Considerações finais: Os adolescentes apresentaram um bom nível de resiliência no grupo total, mas não observou-se diferenças entre os grupos participantes e não participantes de projetos sociais esportivos.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The Social Projects for Sport, destined for the young people from the lower economic group financed both by private and governmental institutions, looks to ensure safety measures for the adolescents that are subjected daily to situations of risk and vulnerability. The resilience refers to the adaptive capability of the subject due to daily events and consist of individual variations in response to risk factors. Objective: The main objective of this research is to evaluate the resilience of adolescent participants in social projects for sport. Materials and Methods: Cross-section Study, comparative and analytical, covered 134 adolescents, from ages 12 to 17, domiciled in a social zone of high vulnerability located in a Northeastern Brazilian city. The data collect was obtained through structured interviews and a questionnaire/ resilience scale, developed by Wagnild and Young (1993), instrument used to measure the positive psychosocial adaptation levels in the face of determined life events. The descriptive and inferential statistical analysis were utilized, especially the Student ‘T’ Test for the independent samples and the chi-square test. In both cases, the statistical significance level adopted was p<0.05. Results: Among the subjects of the research, 53.7% were participants in social projects for sport and 46.3% of non- participants in social projects for sport. A significant statistical difference was found of the resilience between boys and girls, not representing significant statistical differences of resilience among participants, and non-participants, the girls have almost 57% higher risks of lower resilience and 
    the younger (up to age 14) have approximately 77% higher risk of low resilience when compared to young people of 15 and older. Final Considerations: The adolescents presented a high level of resilience as an overall group, but it was not observed differences between the participant and non-participants groups of Social Projects for Sport.

10
  • EWERTON DANTAS CORTÊS NETO
  • Resiliência em adolescentes participantes de Projetos Sociais Esportivos

  • Orientador : EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • ISABEL MARIA FARIAS FERNANDES DE OLIVEIRA
  • RODRIGO DA SILVA MAIA
  • SONIA CRISTINA FERREIRA MAIA
  • Data: 24/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Os projetos sociais esportivos, destinados aos jovens das classes populares, financiados por instituições governamentais e privadas, buscam assegurar fatores de proteção aos adolescentes, expostos cotidianamente a situação de vulnerabilidade e riscos. A resiliência diz respeito a adaptação do sujeito aos eventos da vida e consiste em variações individuais em resposta aos fatores de risco. Objetivo: A pesquisa tem como objetivo avaliar a resiliência dos adolescentes participantes de projetos sociais esportivos. Materiais e métodos: Estudo de corte transversal, comparativo e analítico, abrangeu 134 adolescentes, com faixa etária compreendida de 12 a 17 anos, residentes em uma zona de alta vulnerabilidade social de um município do nordeste brasileiro. A coleta de dados se deu com a realização de entrevistas estruturada e a aplicação do questionário/escala de resiliência desenvolvida por Wagnild e Young (1993), instrumento usado para mensurar níveis de adaptação psicossocial positiva frente a determinados eventos de vida. Utilizou-se de análise estatística descritiva e inferencial, em especial o uso do teste T de Student para amostras independentes e o teste qui-quadrado. Para ambos, adotou-se um nível de significância estatística de p<0,05. Resultados: Dentre os sujeitos da pesquisa, 53,7% participantes de projetos sociais esportivos e 46,3% não participantes de projetos sociais esportivos. Constatou-se a existência de diferença estatisticamente significativa entre a resiliência de meninos e meninas, não apresentam diferenças estatisticamente significativa de resiliência entre participantes e não participantes, as meninas têm aproximadamente 57% maior risco de ter baixa resiliência e os mais jovens (até 14 anos) tem aproximadamente 77% maior risco de ter baixa resiliência quando comparado com os jovens de 15 anos em diante. Considerações finais: Os adolescentes apresentaram um bom nível de resiliência no grupo total, mas não observou-se diferenças entre os grupos participantes e não participantes de projetos sociais esportivos.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The Social Projects for Sport, destined for the young people from the lower economic group financed both by private and governmental institutions, looks to ensure safety measures for the adolescents that are subjected daily to situations of risk and vulnerability. The resilience refers to the adaptive capability of the subject due to daily events and consist of individual variations in response to risk factors. Objective: The main objective of this research is to evaluate the resilience of adolescent participants in social projects for sport. Materials and Methods: Cross-section Study, comparative and analytical, covered 134 adolescents, from ages 12 to 17, domiciled in a social zone of high vulnerability located in a Northeastern Brazilian city. The data collect was obtained through structured interviews and a questionnaire/ resilience scale, developed by Wagnild and Young (1993), instrument used to measure the positive psychosocial adaptation levels in the face of determined life events. The descriptive and inferential statistical analysis were utilized, especially the Student ‘T’ Test for the independent samples and the chi-square test. In both cases, the statistical significance level adopted was p<0.05. Results: Among the subjects of the research, 53.7% were participants in social projects for sport and 46.3% of non- participants in social projects for sport. A significant statistical difference was found of the resilience between boys and girls, not representing significant statistical differences of resilience among participants, and non-participants, the girls have almost 57% higher risks of lower resilience and 
    the younger (up to age 14) have approximately 77% higher risk of low resilience when compared to young people of 15 and older. Final Considerations: The adolescents presented a high level of resilience as an overall group, but it was not observed differences between the participant and non-participants groups of Social Projects for Sport.

11
  • MÁRCIA CRISTINA SALES
  • Zinco no plasma e correlação com marcadores metabólicos de idosos institucionalizados de Natal/RN

  • Orientador : LUCIA DE FATIMA CAMPOS PEDROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNA LEAL LIMA MACIEL
  • DILINA DO NASCIMENTO MARREIRO
  • ILMA KRUZE GRANDE DE ARRUDA
  • LUCIA DE FATIMA CAMPOS PEDROSA
  • RICARDO OLIVEIRA GUERRA
  • Data: 24/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • OO objetivo deste estudo foi avaliar as concentrações de zinco no plasma e as associações com indicadores sociodemográficos, bioquímicos, dietéticos e imunológicos em idosos institucionalizados. Foi realizado um estudo transversal envolvendo 255 idosos arrolados em 13 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) da cidade do Natal/RN. Foram avaliadas as associações entre as concentrações de zinco no plasma, zinco na dieta, bem como indicadores sociodemográficos e biomarcadores de perfil glicêmico, lipídico e inflamatório. As variáveis independentes foram analisadas de acordo com os quartis da concentração de zinco no plasma (μg/dL) (Q1: <71,1; Q2: 71,1-83,3; Q3: <83,3-93,7; Q4:> 93,7). A correlação entre a concentração de zinco no plasma e as variáveis preditoras também foi testada. No Q1, foram observadas maiores concentrações das seguintes variáveis, em comparação com os outros quartis: colesterol total e LDL-c (Q1> Q2, Q3, Q4, todos p <0,001); triacilgliceróis (Q1> Q3, Q4, todos p <0,001); IL-6 (Q1> Q3, Q4, p = 0,024, p = 0,010, respectivamente); e TNF-α (Q1> Q3, p = 0,003). Registrou-se uma redução significativa da concentração de zinco no plasma conforme aumento do tempo de institucionalização ajustado por idade (Δ = -0,10; CI95%: -0,18, -0,01), e das concentrações de colesterol total (Δ = -0,19; CI95%: -0,23, -0,15), LDL-c (Δ = -0,19; CI95%: -0,23, -0,15), triacilgliceróis (Δ = -0,11; IC95%: -0.16, -0.06), IL-6 (Δ = -1.41; IC95%: -2.64, -0.18) e TNF-α (Δ = -1.04; IC95%: -1.71, -0.36). Desse modo, os dados do presente estudo sugerem que uma diminuição da concentração de zinco no plasma está associada com o maior tempo de institucionalização e, alterações no perfil lipídico e inflamatório em idosos institucionalizados. Em um segundo recorte de estudo, a prevalência de síndrome metabólica (SM) foi avaliada em 202 idosos, de acordo com os critérios do National Cholesterol Education Program - Adult Treatment Panel III, assim como os fatores associados.  A prevalência da SM foi de 29,2% (IC95%: 23,0-36,0%). A ocorrência da SM foi maior nas mulheres, nos idosos com tempo institucionalização ajustada para a idade> 50%, e na presença de elevadas concentrações de IL-6 e TNF-α (p <0,05). Assim, os resultados apontam para uma prevalência moderada de SM, que foi associado com fatores demográficos, cuidados institucionais e alterações imunológicas.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate plasma zinc concentrations and associations with sociodemographic, biochemical, dietary and immunological indicators in institutionalized elderly. A cross - sectional study involving 255 elderly individuals enrolled in 13 Long - Term Institutions for the Elderly (ILPI) in the city of Natal / RN. The associations between zinc plasma concentrations, zinc in the diet, as well as sociodemographic indicators and biomarkers with a glycemic, lipid and inflammatory profile were evaluated. The independent variables were analyzed according to the quartiles of plasma zinc concentration (μg / dL) (Q1: <71.1, Q2: 71.1-83.3, Q3: <83.3-93.7; Q4:> 93.7). The correlation between plasma zinc concentration and predictor variables was also tested. In Q1, higher concentrations of the following variables were observed compared to the other quartiles: total cholesterol and LDL-c (Q1> Q2, Q3, Q4, all p <0.001); triacylglycerols (Q1> Q3, Q4, all p <0.001); IL-6 (Q1> Q3, Q4, p = 0.024, p = 0.010, respectively); and TNF-α (Q1> Q3, p = 0.003). There was a significant reduction in plasma zinc concentration as the time of institutionalization adjusted for age (Δ = -0.10, CI95%: -0.18, -0.01) and total cholesterol concentrations ( Δ = -0.19, CI95%: -0.23, -0.15), LDL-c (Δ = -0.19, CI95%: -0.23, -0.15), triacylglycerols (Δ = -0.11, 95% CI: -0.16, -0.06), IL-6 (Δ = -1.41, 95% CI: -2.64, -0.18) and TNF-α (Δ = -1.04, 95% CI: -1.71, - 0.36). Thus, data from the present study suggest that a decrease in plasma zinc concentration is associated with longer institutionalization time and changes in the lipid and inflammatory profile in institutionalized older adults. In a second study, the prevalence of metabolic syndrome (MS) was evaluated in 202 elderly people, according to the criteria of the National Cholesterol Education Program - Adult Treatment Panel III, as well as the associated factors. The prevalence of MS was 29.2% (95% CI: 23.0-36.0%). The occurrence of MS was higher in women, in the elderly with institutionalization time adjusted for age> 50%, and in the presence of high concentrations of IL-6 and TNF-α (p <0.05). Thus, the results point to a moderate prevalence of MS, which was associated with demographic factors, institutional care and immunological changes.

     
12
  • JOANNA DE ANGELIS DA COSTA BARROS GOMES
  • Avaliação da Atividade Antioxidante e Ação Protetora In Vivo da Alga Marinha Gracilaria birdiae

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATARINA MENEZES DA CRUZ SOARES
  • DANIELLE SOARES BEZERRA
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • Heryka Myrna Maia Ramalho
  • RANILSON DE SOUZA BEZERRA
  • Data: 30/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Nos últimos anos as algas marinhas têm atraído a atenção de pesquisadores devido suas propriedades antioxidantes. A alga vermelha Gracilaria birdiae é cultivada e utilizada como alimento no Nordeste brasileiro. No entanto, o potencial econômico desta alga é pouco explorado. Para seu consumo direto e/ou elaboração de produtos provenientes dessa alga, é necessário, por exemplo, avaliar seu efeito in vivo. Neste estudo camundongos tiveram adicionado a sua alimentação a alga G. birdiae. Após 21 dias, as algas reduziram o ganho de peso e a glicemia dos animais. Além disso, aumentou os níveis de Capacidade Antioxidante Equivalente Trolox (TEAC), glutationa e catalase em comparação com o grupo controle. Alguns grupos também receberam tetracloreto de carbono (CCl4). Neste caso, os testes histológicos, enzimáticos e antioxidantes mostraram a capacidade da alga marinha em proteger os animais contra os danos causados por este agente tóxico. Os resultados do presente estudo indicam que a alga G. birdiae protegeu os camundongos dos danos causados por CCl4, sugerindo que as algas estudadas exibem ação protetora in vivo.


  • Mostrar Abstract
  • In recent years, the seaweeds have attracted attention of researchers because their antioxidant properties. The red seaweed Gracilaria birdiae is farmed and used as food in Brazilian northeast. However, the economic potential of this seaweed is little explored. To occur direct consumption and/or product diversification from G. birdiae it is necessary, for instance, evaluate its effect in vivo. In this study mice had its feed improved with G. birdiae. After 21 days, the seaweed reduce the weight gain and blood glucose of mice. In addition, it increases Trolox Equivalent Antioxidant Capacity (TEAC), glutathione, and catalase levels in comparison to control group.  Besides, some groups also received carbon tetrachloride (CCl4). In this case, histological, enzymatic and antioxidant tests showed the seaweed capacity of protecting animals from damages caused by this toxic agent. The results of the present study indicate that the alga G. birdiae protected the mice from the damages caused by CCl4, indicating that the seaweed studied exhibits protective action in vivo.

13
  • DALIANA CALDAS PESSOA DA SILVA
  • Aumento da expressão de células TCD8+ associadas a HPV oncogênico de
    alto risco em mulheres com baixas lesões intraepiteliais escamosas.

  • Orientador : GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMALIA CINTHIA MENESES DO REGO
  • ANA CLAUDIA GALVAO FREIRE GOUVEIA
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • MAIZA ROCHA DE ABRANTES
  • SARAH DANTAS VIANA MEDEIROS
  • Data: 09/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivos: Comparar a expressão de linfócitos T e subpopulações T-helper (CD3+/CD4+) e
    T-citotóxicos (CD3+/CD8+), linfócitos B (CD19+), bem como células NK (CD16-56+) e NKT
    (CD3+/CD16-56+) em mulheres infectadas com HPV, correlacionadas com a presença de
    DNA de HPV de baixo risco e oncogênico. Métodos: Foram analisadas 30 mulheres
    saudáveis e 30 pacientes com lesões intraepiteliais de baixa escamosa submetidas à
    detecção de genótipos de HPV por captura híbrida. A presença de linfócitos T (CD4 e CD8
    subconjuntos), células CD19, NK e NKT foi investigada por imunofenotipagem de citometria
    de fluxo. O número médio dessas células em cada grupo foi verificado usando o teste t de
    Student. Um nível de significância de 5% foi adotado em todos os testes realizados. O
    programa estatístico graph pad foi utilizado para calcular os valores. Resultados: Observouse
    aumento acentuado nos linfócitos TCD8+ entre pacientes com DNA de HPV oncogênico e
    uma redução estatisticamente significativa na expressão de células NK e NKT em todos os
    grupos de pacientes analisados quando comparados com o grupo de controle saudável. Além
    disso, a avaliação quantitativa dos linfócitos CD19+ foi normal em pacientes que exibiram
    LSIL e HPV quando comparados com o grupo de controle saudável. Conclusões: Esses
    dados preliminares sugerem uma correlação entre o aumento do número de linfócitos TCD8 e
    o DNA oncogênico do HPV.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: To compare the quantitative expression of T lymphocytes and subsets T-helper

    (CD3+/CD4) and T-cytotoxic (CD3+/CD8+), B lymphocytes (CD19+) as well as NK cells
    (CD16-56+) and NKT (CD3/CD16-56+) cells in HPV-infected woman’s, correlated with the
    presence of low-risk and oncogenic HPV-DNA. Methods: Were analyzed 30 healthy women
    and 30 patients with Low Squamous Intraepithelial Lesions undergoing HPV genotype
    detection by hybrid capture. The presence of T lymphocytes (CD4 and CD8 subsets), CD19,
    NK, and NKT cells were investigated by flow cytometry immunophenotyping. The average
    number of cells in each group was verified using the Student t-test. A significance level of 5%
    was adopted in all the tests carried out. The graph pad statistical program was used to
    calculate the values. Results: We found a sharp increase in TCD8+ T lymphocytes among
    patients with oncogenic HPV DNA and a statistically significant reduction in the expression of
    NK and NKT cells in all groups of patients analyzed when compared with the healthy control
    group. Furthermore, the quantitative evaluation of the CD19 was normal in patients exhibiting
    LSIL and HPV when compared with the healthy control group. Conclusions: These
    preliminary data suggest a correlation between the increased number of TCD8 lymphocytes
    and oncogenic HPV DNA.

14
  • DANIELE MARIA LOPES PINHEIRO
  • Efeito do antioxidante Resveratrol frente à resposta inflamatória no modelo celular U937

  • Orientador : LUCYMARA FASSARELLA AGNEZ LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCYMARA FASSARELLA AGNEZ LIMA
  • ADRIANA FERREIRA UCHOA
  • RODRIGO JULIANI SIQUEIRA DALMOLIN
  • ANDRE QUINCOZES DOS SANTOS
  • TATJANA KEESEN DE SOUZA LIMA CLEMENTE
  • Data: 09/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • O quadro denominado de estresse oxidativo parece ser um gatilho para o desenvolvimento de inúmeras patologias. Nesse cenário, a resposta inflamatória pode tornar-se um vilão para a homeostase, colocando em risco importante vias de sinalização celular e nuclear. Frente a isso, o esforço em diminuir as sequelas de vias metabólicas disfuncionais tem ganhado força. Atualmente, muitos estudos têm proposto o uso de polifenois para reduzir uma reposta inflamatória exacerbada. O Resveratrol é um potente alvo por apresentar atividade antioxidante e funções biológicas importantes, sendo conhecido por exercer atividades cardioprotera, anti-câncer, anti-inflamatória, neuroprotetor, entre outras. Nesse contexto, a fim de melhor elucidar como o este antioxidante regula a inflamação, e revelar o perfil de transcrição gênica durante a resposta inflamatória em células expostas ao Resveratrol, foi utilizado o modelo celular de monócitos - U937. As células foram estimuladas com LPS por 24 h e co-incubadas com Resveratrol (15 μM) durante 4 h. Nossos resultados mostraram através de ensaios de viabilidade celular e apoptose, que o polifenol estudado não foi capaz de alterar a viabilidade celular como também de induzir morte celular programada. Através do sequenciamento do RNA mensageiro pela plataforma 454 foi revelado 8.671 genes diferencialmente expressos, sendo analisados os de fold change ≥2.0 e ≤-2.0. Os genes up regulados foram principalmente associados à transcrição, processos metabólicos, sistema imunológico e ciclo celular, enquanto que os genes down regulados estiveram associados aos processos de resposta inflamatória, transcrição e remodelação da cromatina. Comparando os dados do transcriptoma com as análises in vitro por imunoprecipitação e expressão proteica, observamos que o Resveratrol foi capaz de modular características epigenéticas como acetilação e metilação de histonas e não histonas. Pela primeira vez foi observada uma diminuição no padrão de acetilação de APE1/Ref-1 sem afetar a sua atividade de reparo. Em resumo, este estudo elucidou importantes processos biológicos relacionados ao efeito anti-inflamatório do Resveratrol.


  • Mostrar Abstract
  • Resveratrol, Antioxidant, Inflammation, Chromatin, Transcription

15
  • TATIANE ANDREZA LIMA DA SILVA
  • INFLUÊNCIA DA SUPLEMENTAÇÃO DE CURCUMINA EM MARCADORES METABÓLICOS, INFLAMATÓRIOS E DE ESTRESSE OXIDATIVO EM INDIVIDUOS COM HIV/AIDS

  • Orientador : PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • SANCHA HELENA DE LIMA VALE
  • ANDERSON MARLIERE NAVARRO
  • RONALDO VAGNER THOMATIELI DOS SANTOS
  • Data: 20/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: O manejo dos fatores de risco para doenças cardiovasculares (DCV) tem sido um grande desafio em pessoas vivendo com HIV/AIDS e sob a terapia antirretroviral (TARV). Estratégias para redução desses fatores de risco têm sido prioritárias na assistência clínico-nutricional dessa população. Alguns compostos bioativos presentes em alimentos, como a curcumina, têm sido alvo de estudos e parecem promissores para esse fim por apresentarem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Objetivo: Avaliar a influência da suplementação de curcumina em marcadores metabólicos, inflamatórios e de estresse oxidativo em indivíduos com HIV, sob TARV. Métodos:  Foi realizado um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, do tipo crossover, com amostra de 20 indivíduos treinados, divididos em Grupo Experimental (GE) e Grupo Controle (GC), suplementados com 1000mg de curcumina/dia e placebo, respectivamente, por 30 dias, com washout de 12 dias. Antes e após cada fase foram avaliados glicemia e insulina de jejum, perfil lipídico, interleucina 10, fator de necrose tumoral alfa, malonaldeído e glutationa reduzida, composição corporal e oxidação de substratos energéticos. O consumo alimentar foi variável de controle. Além da estatística descritiva, foram utilizados análises inferenciais para identificar  diferenças entre os grupos quanto aos parâmetros metabólicos,  análise baseada na magnitudepara permitir interpretação associada à significância clínica, além do cálculo do tamanho do Efeito a partir do D de Cohen. Resultados: Não houveram melhoras nos perfis glicêmico, lipídico, inflamatório e de estresse oxidativo após a suplementação de curcumina. O aumento observado nos níves de triglicerídeos após a suplementação de curcumina (182 vs. 219mg/dL; p=0.004), assim como a diferença na glicose de jejum e, consequentemente, no Índice de Homa entre os grupos GE e GC devem ser interpretados com cautela, uma vez que tais resultados podem representar flutuação aceitável para essa população na qual há alterações metabólicas complexas típicas da lipodistrofia. A oxidação de substratos energéticos em repouso e composição corporal também não apresentaram diferenças. Conclusão: A suplementação de curcumina não melhorou marcadores metabólicos, inflamatórios e de estresse oxidativo na população estudada. Esses achados possivelmente estão associados a complexidade das alterações metabólicas nessa população e a provável modulação já exercida pelo exercício físico nos parâmetros avaliados, o que pode ter minimizado os efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios da curcumina. Novos estudos clínicos com diferentes dosagens e tempos de intervenção devem ser realizados para melhor entendimento do efeito da curcumina em pacientes com HIV e sob TARV.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: To evaluate the influence of curcumin supplementation on the substrate oxidation at rest, body composition and lipid profile of people living with HIV/AIDS (PLHA) under antiretroviral therapy.  Methods: This double-blind, crossover, randomized clinical trial was comprised by 20 subjects arranged in experimental group (EG) and control group (CG), receiving 1,000mg curcumin/day and placebo, respectively, during 30 days. The substrate oxidation at rest was assessed by indirect calorimetry, the body composition was measured by Dual-energy X-ray Absorptiometry, and the lipid profile was evaluated by biochemical tests. Data analysis was performed by independent samples and paired t-tests to compare the difference between groups and times. A p value < 0.05 was accepted as significant.  Results: There was no difference between groups regarding substrate oxidation at rest and body composition. Regarding the lipid profile, an increase in serum triglyceride levels was observed after curcumin supplementation (182 vs. 219mg/dL; p=0.004). Conclusion: Curcumin supplementation (1.000mg/day during 30 days) promoted elevation of serum triglyceride levels in PLHA. Considering the scientific evidence of the potential anti-inflammatory and antioxidant properties of curcumin and its positive effect on the modulation of serum triglycerides, we highlighted the need for additional studies to better understand the impact of curcumin supplementation and its effects on metabolic pathways of lipid metabolism on PLHA. 

16
  • STENIO MEDEIROS QUEIROZ
  • CORRELAÇÃO DOS ÍNDICES RADIOMORFOMÉTRICOS NA MANDÍBULA E PARÂMETROS BIOQUÍMICOS EM PACIENTES COM HIPERPARATIREOIDISMO SECUNDÁRIO POR DOENÇA RENAL CRÔNICA

  • Orientador : HEBEL CAVALCANTI GALVAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HEBEL CAVALCANTI GALVAO
  • ERICKA JANINE DANTAS DA SILVEIRA
  • PATRICIA TEIXEIRA DE OLIVEIRA
  • ANA LUIZA DIAS LEITE DE ANDRADE
  • MANUEL ANTONIO GORDON NUNEZ
  • Data: 30/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: O objetivo foi correlacionar índices radiomorfométricos e análises bioquímicas como método auxiliar na avaliação óssea em pacientes do sexo masculino e feminino com doença renal crônica - desordem mineral e óssea (DMO-DRC) e controles. Materiais e bioquímicos foram obtidos: indice mental (IM), altura do forame mentual (HMF), altura total mandibular (MM), indice mandibular panoramico (PMI), altura original da mandíbula (OHM), reabsorção de osso alveolar (ABR), distância do forame mentoniano à crista alveolar óssea (MF-ABC), índice mandibular cortical (MCI), padrão ósseo trabecular, hormônio paratireoideo (PTH), calcio (Ca), fósforo (P) e produto CaxP (CaxP). O teste U de Mann-Whitney, o teste do qui-quadrado e a correlação de Spearman foram aplicados a um nível de significância de 95%. Resultados: Houve moderada correlação negativa e significante entre IM, PMI e PTH em pacientes do sexo feminino com DMO-DCR, assim como enter THM, MF-ABC e CaxP. O padrão de CCm e trabecular indicou alteração na qualidade óssea nos pacientes do gênero masculino. Conclusões: A avaliação radiomorfométrica foi considerada um método auxiliar util e não invasivo para detectar possíveis alterações no córtez e na trabeculação óssea mandibular e pacientes portadores de DRC-DMO.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: The objective was to correlate radiomorphometric indices and biochemical analyzes as an auxiliary method in bone evaluation in male and female patients with chronic kidney disease - bone and mineral disorder (BMD-CKD) and controls. Materials and biochemicals were obtained: Mental index (MI), Mental foramen height (HMF), Total mandibular height (MM), Panoramic mandibular index (PMI), Original height of the mandible (OHM), Alveolar bone resorption distance from the mental foramen to the alveolar bone crest (MF-ABC), cortical mandibular index (MCI), trabecular bone pattern, parathyroid hormone (PTH), calcium (Ca), phosphorus (P) and CaxP product. The Mann-Whitney U test, the chi-square test and the Spearman correlation were applied at a significance level of 95%. Results: There was a moderate and significant negative correlation between MI, PMI and PTH in female patients with DCM BMD, as well as enter THM, MF-ABC and CaxP. The CCm and trabecular pattern indicated alteration in bone quality in the male patients. Conclusions: Radiomorphometric evaluation was considered a useful and noninvasive auxiliary method to detect possible alterations in the mandibular bone trabeculation and bone trabeculation and patients with CKD-BMD
17
  • ARLINETE SOUZA DE MEDEIROS
  • VÍRUS DENGUE EM Aedes aegypti e Aedes albopictus (DIPTERA: CULICIDAE) NO MUNICÍPIO DE NATAL, RIO GRANDE DO NORTE: A IMPORTÂNCIA DA VIGILÂNCIA VIROLÓGICA E ENTOMOLÓGICA

  • Orientador : SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABÍOLA DA CRUZ NUNES
  • JOSE VERISSIMO FERNANDES
  • JOSELIO MARIA GALVAO DE ARAUJO
  • MARIA DE FATIMA FREIRE DE MELO XIMENES
  • RAFAEL MACIEL DE FREITAS
  • SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • Data: 04/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • A dengue é uma doença febril, considerada um problema de saúde pública com dificuldade de estratégias de controle nos países endêmicos das áreas tropicais e subtropicais do mundo.  Anualmente são notificados de 50 a 100 milhões de casos, resultando em mais de 25 mil mortes, mortes segundo a OMS.   Estima-se que 2,5 bilhões de pessoas estão hoje vivendo em áreas com risco de transmissão. Foram estudadas seis áreas urbanas do município de Natal: Alecrim, Felipe Camarão, Neópolis, Nova Descoberta, Potengi e Quintas, tendo como critério a alta incidência de dengue nesses bairros. O objetivo desse estudo foi investigar através da técnica de RT-PCR (Semi Nested) os diferentes sorotipos dos vírus dengue que circulam em Aedes aegypti e Aedes albopictus, vetores de arbovírus de importância em saúde pública tanto em imaturos quanto em adultos. Os pontos de coleta foram borracharias e sucataria considerados locais vulneráveis a manutenção de criadouros de transmissores dos vírus da dengue. No período de abril de 2011 a março de 2012 foram coletadas 1,186 larvas de A. aegypti e 147 A. albopictus.  Foram coletadas 1360 fêmeas adultas de 2011 a abril de 2014. Para calcular as taxas de infecção dos DENV dos mosquitos, foi usado o cálculo da taxa de infecção mínima (MIR). O DENV-4 foi identificado em quatro pools de imaturos de Aedes aegypti, com taxa mínima de infecção de 3,37. Os DENV não foram detectados em imaturos de Aedes albopictus. Nas fêmeas adultas que foram analisadas o DENV-1 foi identificado em 7,4%, o DENV-2 em 3,7% e o DENV-4 foi o mais prevalente, sendo identificado em 88,8% dos pools positivos. O MIR para as duas espécies foi de foi de 19,85. Considerando apenas a espécie Aedes aegypti, foi de 16,24. Analisando a infecção individualmente por DENV-1, DENV-2 e DENV-4 em Aedes aegypti, o MIR foi de 1,54, 0,77 e 18,56, respectivamente. Esse estudo é pioneiro no Estado do Rio Grande do Norte envolvendo a pesquisa dos vírus dengue em mosquitos do gênero Aedes. Pela primeira vez foi possível identificar a transmissão transovariana e a presença dos DENV em Aedes albopictus no Estado do Rio Grande do Norte.


  • Mostrar Abstract
  • In this study, we investigated whether there was transovarial transmission of dengue virus in Aedes aegypti and Aedes albopictus in Natal, Rio Grande do Norte, Brazil. Mosquito larvae were sampled monthly from April 2011 to March 2012. Viral RNA was extracted from 140 µL original suspension of mosquito larvae by the QIAamp Viral RNA Mini Kit and RT-PCR for detecting and typing DENV was performed. During the study period, 1,333 larvae were collected—1,186 (89%) Ae. aegypti and 147 (11%) Ae. albopictus. Dengue virus type 4 was identified in 4 pools of Aedes aegypti larvae in four districts of Natal, Brazil. DENV infection rate in Ae. aegypti larvae was expressed as minimum infection rate (MIR=3.37). Dengue viruses were not identified in Aedes albopictus larvae. This finding further confirms the importance of larval control since the immature stages may become the reservoir of the virus during the inter-epidemic periods as well as the main reservoir of the virus.

2017
Dissertações
1
  • MANOELLA DO MONTE ALVES
  • PREVALÊNCIA DA COINFECÇÃO ASSINTOMÁTICA HIV/LEISHMANIA INFANTUM E AVALIAÇÃO DO STATUS IMUNOLÓGICO DOS INDIVÍDUOS COINFECTADOS

  • Orientador : SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • LARA DE MELO BARBOSA ANDRADE
  • LUCAS PEDREIRA DE CARVALHO
  • Data: 17/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Fatores de risco para o desenvolvimento de Leishmaniose Visceral (LV) inclui comorbidades como por exemplo o HIV. O agente causal da LV no Brasil é a Leishmania infantum. Infecção assintomática por L. infantum é alta em muitas áreas no Brasil como Natal, Fortaleza, Belo Horizonte, Campo Grande e muitas outras cidades, onde nestas mesmas áreas há casos de HIV/Aids. Objetivos: o objetivo deste estudo foi determinar a prevalência de infecção assintomática por L. infantum em pessoas positivas para o HIV e determinar se esse status de coinfecção está associado a ativação e senescência de células T assim como dano ao sistema imunológico. Desenho do estudo: um estudo transversal foi feito com 1.123 pessoas positivas para o vírus HIV, residentes no estado do Rio Grande do Norte, para determinar a prevalência da coinfecção HIV/L. infantum. Posteriormente, ativação, senescência e anergia de células T foi determinada por citometria de fluxo para um subgrupo de indivíduos coinfectados assintomáticos. Indivíduos positivos para o HIV, indivíduos com Aids e LV (Aids/LV) e indivíduos com LV sem HIV foram arrolados para comparação. Resultados: Um total de 174 (15,4%) pessoas positivas para o HIV tinham sorologia positiva para L. infantum. Destes, 2 pessoas desenvolveram LV após 18 meses de acompanhamento. Pessoas com coinfecção assintomática HIV/L. infantum apresentaram o mesmo perfil imunológico de células T que os pacientes com Aids/LV. A mortalidade nos pacientes Aids/LV foi de 30%. Conclusão: A coinfecção HIV/L. infantum aumenta o risco de desenvolvimento de LV e morte. Além disso, a infecção por L. infantum parece ser uma causa de maior ativação do status imune do indivíduo mesmo sem a ocorrência da LV. Indivíduos coinfectados assintomáticos deveriam ter um seguimento em curtos períodos de tempo, como é feito no indivíduo com história prévia de LV. Discute-se então se estes indivíduos coinfectados deveriam ser tratados para a infecção por L. infantum e assim, haveria diminuição do risco de óbito caso estes indivíduos desenvolvam LV. 


  • Mostrar Abstract
  • The risk to develop visceral leishmaniasis (VL) in subjects with HIV+ (Human
    immunodeficiency virus) is greater than for immunocompetent people with
    asymptomatic Leishmania infantum. The hypothesis of this study was that persistent
    T cell activation in HIV co-infected persons and asymptomatic Leishmania infection
    increases the risk of progression to VL and to relapse. To test this hypothesis, a crosssectional
    study of subjects HIV+ was carried out between May 2014 and August 2016
    in an endemic area for LV, in the state of Rio Grande do Norte, northeast Brazil, with
    the goal to determine the rate of asymptomatic L. infantum infection in HIV-infected
    persons (HIV +) and the immunological status of this co-infection. A total of 1,134 HIV+
    subjects was recruited. A subgroup of HIV/L. infantum was followed to determine the
    level of T cell activation, senescence, anergy, exhaustion and regulation and clinical
    follow up and compared to a HIV+, AIDS/VL, VL alone and healthy individuals. The
    rate of L. infantum asymptomatic infection was 23.6%. Of the 268 HIV/L. Infantum, 2
    developed VL and died. Subjects with HIV/L. infantum, AIDS/VL and VL group
    presented higher expression of CD38HLA-DR and PD1 in CD8 cells than subjects with
    only HIV. For all groups, there was an increased expression of CD57 in T CD8
    lymphocytes. HIV/L. infantum group presented the higher CD25FoxP3 expression in T
    CD8 lymphocytes. People infected with L. infantum had a greater activation of CD8 T
    lymphocytes. This persistent activation may lead to possible immunologic deficits that
    in individuals with immunosuppressive diseases would increase the risk to develop VL.
    Therefore, prophylaxis with leishmanicidal drugs should be considered.

2
  • LIZIE EMANUELLE EULALIO BRASILEIRO
  • ESTUDO DA ASSOCIAÇÃO ENTRE SÍNDROME DA FRAGILIDADE E DEPRESSÃO EM IDOSOS DOMICILIARES

  • Orientador : IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERNARDINO FERNANDEZ CALVO
  • IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • IVANOR VELLOSO MEIRA LIMA
  • Data: 12/04/2017

  • Mostrar Resumo
  • O envelhecimento da população brasileira, ou a nomeada transição demográfica, tem sido enunciada nas últimas décadas. A ciência acompanha esta premissa a partir das demandas socioculturais, políticas e econômicas. Assim sendo, estudos que visam evidenciar fatores associados ou correlacionados a um determinado agravo têm aumentado. A depressão no idoso tem sido considerada um importante tema, por agregar nuances filosóficas e bio-psicológicas, relacionando desde o sofrimento da proximidade do fim da vida até a alta prevalência de doenças crônicas não transmissíveis. Sabe-se que a depressão é uma doença com sintomatologia psíquica e física, oriunda de alterações em nível de neurotransmissores, bem como alterações inflamatórias. Ainda, está relacionada à perda de autonomia e incapacidades, quedas e hospitalizações, diminuindo a qualidade de vida. Além da depressão, a síndrome de fragilidade tem sido cada vez mais estudada, inclusive por apresentar forte impacto nas vivências de idosos. Objetivou-se estudar a associação entre os indicadores da fragilidade e a depressão no idoso, avaliando a magnitude através das razões de prevalência (RP). Trata-se de um estudo seccional, derivado de um estudo multicêntrico- Rede FIBRA (Fragilidade em idosos brasileiros) - em um município no interior do nordeste brasileiro. Foi utilizada uma amostra de idosos domiciliares com mais de 65 anos de idade que pontuassem acima do ponto de corte em exame cognitivo. Utilizou-se análise bivariada de Poisson, bem como análise multivariada. Observou-se que características sóciodemográficas como ser viúvo e não ser alfabetizado apresentam associação significativa com os sintomas depressivos. Dentre os indicadores de fragilidade, perda de peso, fadiga e falta de atividade física apresentaram p inferior a 0,05. Estas observações permitem observar a sobreposição entre os sintomas depressivos e indicadores de fragilidade, o que suscita a conjectura acerca da suficiência de apenas indicadores físicos serem utilizados para a constatação de fragilidade, sem a inclusão de um indicador que avalie aspectos afetivos. Percebe-se que muitos estudos ainda necessitam ser realizados, especialmente com metodologia que permita inferência de causalidade.


  • Mostrar Abstract
  • O envelhecimento da população brasileira, ou a nomeada transição demográfica, tem sido enunciada nas últimas décadas. A ciência acompanha esta premissa a partir das demandas socioculturais, políticas e econômicas. Assim sendo, estudos que visam evidenciar fatores associados ou correlacionados a um determinado agravo têm aumentado. A depressão no idoso tem sido considerada um importante tema, por agregar nuances filosóficas e bio-psicológicas, relacionando desde o sofrimento da proximidade do fim da vida até a alta prevalência de doenças crônicas não transmissíveis. Sabe-se que a depressão é uma doença com sintomatologia psíquica e física, oriunda de alterações em nível de neurotransmissores, bem como alterações inflamatórias. Ainda, está relacionada à perda de autonomia e incapacidades, quedas e hospitalizações, diminuindo a qualidade de vida. Além da depressão, a síndrome de fragilidade tem sido cada vez mais estudada, inclusive por apresentar forte impacto nas vivências de idosos. Objetivou-se estudar a associação entre os indicadores da fragilidade e a depressão no idoso, avaliando a magnitude através das razões de prevalência (RP). Trata-se de um estudo seccional, derivado de um estudo multicêntrico- Rede FIBRA (Fragilidade em idosos brasileiros) - em um município no interior do nordeste brasileiro. Foi utilizada uma amostra de idosos domiciliares com mais de 65 anos de idade que pontuassem acima do ponto de corte em exame cognitivo. Utilizou-se análise bivariada de Poisson, bem como análise multivariada. Observou-se que características sóciodemográficas como ser viúvo e não ser alfabetizado apresentam associação significativa com os sintomas depressivos. Dentre os indicadores de fragilidade, perda de peso, fadiga e falta de atividade física apresentaram p inferior a 0,05. Estas observações permitem observar a sobreposição entre os sintomas depressivos e indicadores de fragilidade, o que suscita a conjectura acerca da suficiência de apenas indicadores físicos serem utilizados para a constatação de fragilidade, sem a inclusão de um indicador que avalie aspectos afetivos. Percebe-se que muitos estudos ainda necessitam ser realizados, especialmente com metodologia que permita inferência de causalidade.

3
  • MARIA HELENA VIEIRA DE MELO
  • PELVIC FLOOR MUSCLE THICKNESS IN WOMEN WITH POLYCYSTIC OVARY SYNDROME

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • ROBINSON DIAS DE MEDEIROS
  • ANA CARLA GOMES CANARIO
  • Data: 05/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • OBJECTIVE: to evaluate pelvic floor muscle (PFM) thickness in women with polycystic ovary syndrome (PCOS) group and compare it to those with normal menstrual cycle (control group). MATERIALS AND METHODS: transperineal ultrasound examination was used to evaluate the thickness of the bilateral pelvic floor muscles RESULTS: The mean age was 25.1(± 2.1) and 24.2(± 1.9) years in PCOS and control groups, respectively (p> 0.05). Body mass index averaged 22.5(± 0.9) in the control group and 27.8(± 2.6) in the PCOS group (p = 0.03). There was no difference between the thickness of the pelvic floor muscles (PCOS Group: Right 1.12(± 0.5), Left 1.0 (± 0.6) and control group: Right 0.89(± 0.6); Left 0.94(± 0.4)). CONCLUSIONS: there was no differences in pelvic floor muscle thickness identified by ultrasound. However, the PCOS group exhibited a tendency to greater thickness. This may be due to the state of hyperandrogenism or abdominal overload.


  • Mostrar Abstract
  • OBJECTIVE: to evaluate pelvic floor muscle (PFM) thickness in women with polycystic ovary syndrome (PCOS) group and compare it to those with normal menstrual cycle (control group). MATERIALS AND METHODS: transperineal ultrasound examination was used to evaluate the thickness of the bilateral pelvic floor muscles RESULTS: The mean age was 25.1(± 2.1) and 24.2(± 1.9) years in PCOS and control groups, respectively (p> 0.05). Body mass index averaged 22.5(± 0.9) in the control group and 27.8(± 2.6) in the PCOS group (p = 0.03). There was no difference between the thickness of the pelvic floor muscles (PCOS Group: Right 1.12(± 0.5), Left 1.0 (± 0.6) and control group: Right 0.89(± 0.6); Left 0.94(± 0.4)). CONCLUSIONS: there was no differences in pelvic floor muscle thickness identified by ultrasound. However, the PCOS group exhibited a tendency to greater thickness. This may be due to the state of hyperandrogenism or abdominal overload.

4
  • TIAGO FELIPE DE SENES LOPES
  •  

    Efeito Tóxico-Genético de Extratos Vegetais de Plantas Medicinais do Nordeste Brasileiro

  • Orientador : MARIA DAS GRACAS ALMEIDA THORNTON
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CELINA MARIA PINTO GUERRA DORE
  • JOANA CRISTINA MEDEIROS TAVARES MARQUES
  • MARIA DAS GRACAS ALMEIDA THORNTON
  • Data: 06/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • As plantas medicinais são usadas para os cuidados de saúde primários através de um conhecimento que passa ao longo das gerações. Assim, as espécies Turnera subulata e Spondias mombin × Spondias tuberosa estão incluídas neste contexto, devido ao seu uso pela medicina popular no Nordeste brasileiro para o tratamento de várias doenças. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi avaliar as propriedades genotóxicas de extratos foliares dessas espécies pelo teste SMART em células somáticas de asas de Drosophila melanogaster. Assim, os experimentos foram realizados utilizando o cruzamento padrão (ST) e o cruzamento de alta bioativação (HB) com três concentrações diferentes do extrato aquoso (EAT e EAS) a 5,0; 10,0 e 20,0 mg/mL, extrato etanólico (EET e EES) e fração de acetato de etilo (FAET e FAES) a 0,625; 1,25 e 2,5 mg/mL. Os resultados indicaram que os extratos e as frações induziram frequências espontâneas de manchas mutantes em ambos os cruzamentos com D. melanogaster. No entanto, as concentrações mais elevadas dos agentes vegetais testados foram os responsáveis pelo efeito genotóxico estatisticamente significativo. Portanto, T. subulata e S. mombin × S. tuberosa apresentaram efeito genotóxico sob as condições experimentais. Estes dados são importantes porque indicam o efeito deletério, bem como o efeito adverso, considerando o uso indiscriminado de extratos destas plantas para o tratamento de doenças.


  • Mostrar Abstract
  • As plantas medicinais são usadas para os cuidados de saúde primários através de um conhecimento que passa ao longo das gerações. Assim, as espécies Turnera subulata e Spondias mombin × Spondias tuberosa estão incluídas neste contexto, devido ao seu uso pela medicina popular no Nordeste brasileiro para o tratamento de várias doenças. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi avaliar as propriedades genotóxicas de extratos foliares dessas espécies pelo teste SMART em células somáticas de asas de Drosophila melanogaster. Assim, os experimentos foram realizados utilizando o cruzamento padrão (ST) e o cruzamento de alta bioativação (HB) com três concentrações diferentes do extrato aquoso (EAT e EAS) a 5,0; 10,0 e 20,0 mg/mL, extrato etanólico (EET e EES) e fração de acetato de etilo (FAET e FAES) a 0,625; 1,25 e 2,5 mg/mL. Os resultados indicaram que os extratos e as frações induziram frequências espontâneas de manchas mutantes em ambos os cruzamentos com D. melanogaster. No entanto, as concentrações mais elevadas dos agentes vegetais testados foram os responsáveis pelo efeito genotóxico estatisticamente significativo. Portanto, T. subulata e S. mombin × S. tuberosa apresentaram efeito genotóxico sob as condições experimentais. Estes dados são importantes porque indicam o efeito deletério, bem como o efeito adverso, considerando o uso indiscriminado de extratos destas plantas para o tratamento de doenças.

5
  • DANIELE DE SOUZA MARINHO DO NASCIMENTO
  • A planta Baccharis trimera (Less.) DC possui atividade anti-adipogênica por inibir a expressão de proteínas envolvidas na diferenciação adipocitária 

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • Heryka Myrna Maia Ramalho
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • KARLA DANIELLY DA SILVA RIBEIRO RODRIGUES
  • Data: 22/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • A obesidade é um problema de saúde pública em todo o mundo, principalmente em países desenvolvidos e em desenvolvimento. A Baccharis trimera (Less.) DC (carqueja) é uma planta medicinal utilizada na medicina tradicional em várias partes do Brasil. Para tal, infusões, decocções e tinturas de suas folhas são produzidas e utilizadas para o tratamento da obesidade e da diabetes, e também como diuréticos, agentes digestivos, antiinflamatórios, dentre outros. Neste trabalho, com intuito de respaldar o potencial medicinal da carqueja, extratos de folhas de Baccharis trimera foram obtidos, caracterizados química e fitoquimicamente e avaliadas com relação a suas atividades antioxidante e antiadipogênica. Foram obtidos três extratos: aquoso (AE), decoco (AE-D) e metanólico (ME); a partir destes, foram realizados seis diferentes ensaios antioxidantes in vitro: ensaio do radical superóxido e hidroxila, poder redutor, capacidade antioxidante total e quelação dos íons ferro e cobre. Bem como, foi avaliada sua possível atividade antiadipogênica com os testes de oil red O, glicerol livre e mensuração de fatores de transcrição adipogênicos C/EBPα, C/EBPβ e PPARγ. Na caracterização fitoquímica, revelou-se a presença de flavonoides (ácido clorogênico e apigenina) e compostos fenólicos nos extratos AE e AE-D. Quanto a atividade antioxidante, verificou-se uma atividade dose-dependente. Em relação à atividade antiadipogênica, a Baccharis trimera inibiu significantemente a diferenciação e acúmulo de gordura nos adipócitos pelo MDA numa relação dose-dependente e reduziu significantemente a expressão dos fatores de transcrição C/EBPα, C/EBPβ e PPARγ, durante a adipogênese numa relação dose-dependente também. Este trabalho sugere-se que Baccharis trimera possui ótima atividade antioxidante, prevenindo o estresse oxidativo, podendo contribuir para a diminuição da adipogênese, além de possuir ótima atividade antiadipogênica. Este foi o primeiro trabalho que demonstrou o potencial efeito de extratos de Baccharis trimera na diferenciação de adipócitos 3T3-L1 em adipócitos.


  • Mostrar Abstract
  • A obesidade é um problema de saúde pública em todo o mundo, principalmente em países desenvolvidos e em desenvolvimento. A Baccharis trimera (Less.) DC (carqueja) é uma planta medicinal utilizada na medicina tradicional em várias partes do Brasil. Para tal, infusões, decocções e tinturas de suas folhas são produzidas e utilizadas para o tratamento da obesidade e da diabetes, e também como diuréticos, agentes digestivos, antiinflamatórios, dentre outros. Neste trabalho, com intuito de respaldar o potencial medicinal da carqueja, extratos de folhas de Baccharis trimera foram obtidos, caracterizados química e fitoquimicamente e avaliadas com relação a suas atividades antioxidante e antiadipogênica. Foram obtidos três extratos: aquoso (AE), decoco (AE-D) e metanólico (ME); a partir destes, foram realizados seis diferentes ensaios antioxidantes in vitro: ensaio do radical superóxido e hidroxila, poder redutor, capacidade antioxidante total e quelação dos íons ferro e cobre. Bem como, foi avaliada sua possível atividade antiadipogênica com os testes de oil red O, glicerol livre e mensuração de fatores de transcrição adipogênicos C/EBPα, C/EBPβ e PPARγ. Na caracterização fitoquímica, revelou-se a presença de flavonoides (ácido clorogênico e apigenina) e compostos fenólicos nos extratos AE e AE-D. Quanto a atividade antioxidante, verificou-se uma atividade dose-dependente. Em relação à atividade antiadipogênica, a Baccharis trimera inibiu significantemente a diferenciação e acúmulo de gordura nos adipócitos pelo MDA numa relação dose-dependente e reduziu significantemente a expressão dos fatores de transcrição C/EBPα, C/EBPβ e PPARγ, durante a adipogênese numa relação dose-dependente também. Este trabalho sugere-se que Baccharis trimera possui ótima atividade antioxidante, prevenindo o estresse oxidativo, podendo contribuir para a diminuição da adipogênese, além de possuir ótima atividade antiadipogênica. Este foi o primeiro trabalho que demonstrou o potencial efeito de extratos de Baccharis trimera na diferenciação de adipócitos 3T3-L1 em adipócitos.

6
  • ANDREZA CONCEIÇÃO VÉRAS DE AGUIAR GUERRA
  • Libidibia ferrea apresenta efeitos antiproliferativos, apoptóticos e antioxidantes em uma linhagem celular de câncer colorretal

  • Orientador : RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEYMESSON RAPHAEL CARDOSO VIEIRA
  • RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
  • SERGIO ADRIANE BEZERRA DE MOURA
  • Data: 23/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • O câncer colorretal tem se destacado por ser um dos tumores mais frequentes, com índices de morbidade e mortalidade expressivos. Na descoberta de novas drogas, produtos derivados de plantas se destacam por ser uma fonte segura e capaz de originar compostos de alta eficiência. Bastante conhecida na medicina popular brasileira, Libidibia ferrea (Mart. ex Tul.) L.P. Queiroz var. ferrea, tem sido utilizada no tratamento de um amplo espectro de condições e na prevenção do câncer. Nesse estudo, extratos fracionados de L. ferrea (EF20T, EF40T, EF60T e EF80T) foram avaliados por 24 h e/ou 48 h pela capacidade de inibição da proliferação celular; indução de apoptose através da avaliação de Bcl-2, caspase-3 e Apaf-1; atividade antioxidante e efeito sobre alvos importantes relacionados a proliferação celular (EGFR e AKT) na linhagem colorretal humana HT-29, por meio de metodologias que envolveram ensaios de citometria de fluxo, espectrofotometria e RT-qPCR. Os resultados demostram que os extratos tiveram grande potencial antiproliferativo comparado ao controle, indução de apoptose através da via intrínseca e provável ação de inibição tumoral com a mediação de alvos importantes na tumorigênese. Além disso, possui efeito antioxidante e anti-peroxidação lipídica, bem como quimioprotetor nas células saudáveis. Portanto, derivados de L. ferrea possuem importantes efeitos anticâncer podendo ser considerados candidatos moleculares promissores para inovação do tratamento do câncer colorretal.


  • Mostrar Abstract
  • O câncer colorretal tem se destacado por ser um dos tumores mais frequentes, com índices de morbidade e mortalidade expressivos. Na descoberta de novas drogas, produtos derivados de plantas se destacam por ser uma fonte segura e capaz de originar compostos de alta eficiência. Bastante conhecida na medicina popular brasileira, Libidibia ferrea (Mart. ex Tul.) L.P. Queiroz var. ferrea, tem sido utilizada no tratamento de um amplo espectro de condições e na prevenção do câncer. Nesse estudo, extratos bruto de L. ferrea (EF20T, EF40T, EF60T e EF80T) foram avaliados por 24 h e/ou 48 h pela capacidade de inibição da proliferação celular; indução de apoptose através da avaliação de Bcl-2, caspase-3 e Apaf-1; atividade antioxidante e efeito sobre alvos importantes relacionados a proliferação celular (EGFR e AKT) na linhagem colorretal humana HT-29, por meio de metodologias que envolveram ensaios de citometria de fluxo, espectrofotometria e RT-qPCR. Os resultados demostram que os extratos tiveram grande potencial antiproliferativo comparado ao controle, indução de apoptose através da via intrínseca e provável ação de inibição tumoral com a mediação de alvos importantes na tumorigênese. Além disso, possui efeito antioxidante e anti-peroxidação lipídica, bem como quimioprotetor nas células saudáveis. Portanto, derivados de L. ferrea possuem importantes efeitos anticâncer podendo ser considerados candidatos moleculares promissores para inovação do tratamento do câncer colorretal.

7
  • VINÍCIUS BARRETO GARCIA
  • O carvedilol diminui a resposta inflamatória, o estresse oxidativo e a fibrose em ratos com doença hepática alcoólica através da regulação de Células de Kupffer e Células Estreladas

  • Orientador : RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GERLANE COELHO BERNARDO GUERRA
  • JEYMESSON RAPHAEL CARDOSO VIEIRA
  • RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
  • Data: 23/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo

     

    Avaliar os efeitos anti-inflamatórios, anti-oxidantes e antifibróticos do carvedilol (CARV) em ratos com lesão hepática induzida pelo etanol.

     

    Métodos

     

    A lesão hepática foi induzida por administração de álcool via gavagem (7 g / kg) durante 28 dias consecutivos. Quarenta ratos Wistar foram pré-tratados com CARV oral a 1, 3 ou 5 mg / kg ou com solução salina 1h antes da exposição ao álcool. Os homogenatos de fígado foram analisados quanto aos níveis das interleucinas  (IL) -1β, IL-10 e fator de necrose tumoral (TNF)-α, bem como para a atividade de mieloperoxidase (MPO), malonildialdeído (MDA) e glutationa reduzida (GSH). A atividade de aspartato aminotransferase (AST) no soro e os níveis de triglicéridos do fígado (TG) também foram analisados. Para a imuno-histoquímica, foram analisadas a expressão da ciclooxigenase 2 (COX-2), do ativador do receptor do fator nuclear kappa-B / ligante (RANK / RANKL), do supressor da sinalização de citocinas (SOCS1), do marcador de células de Kupffer (IBA-1), da molécula de adesão intercelular 1 (ICAM-1), do superóxido dismutase (SOD-1) e da glutationa peroxidase (GPx-1). Foram realizadas análises de microscopia confocal da expressão de IL-1β e NF-κB e análise de PCR quantitativa em tempo real para TNFα, PCI, PCIII e NF-κB.

     

    Resultados

     

    O tratamento com CARV (5 mg / kg) durante o protocolo de exposição ao álcool foi associado à redução da esteatose, da degeneração do cordão hepático, da fibrose e necrose, bem como a níveis reduzidos de AST (p <0,01), ALT (p <0,01) (P <0,001), MPO (p <0,001), MDA (p <0,05) e citocinas pró-inflamatórias (IL-1β e TNF-α, ambos p <0,05) e níveis aumentados da citocina anti-inflamatória IL-10 (p<0,001) e GSH (p <0,05), em comparação com o grupo estritamente alcoólico. O tratamento com CARV 5 mg/kg também reduziu os níveis de expressão de COX-2, RANK, RANKL, IBA-1 e ICAM-1 (todos p <0,05), enquanto aumentava a expressão de SOCS1, SOD-1 e GPx-1 (todos p <0,05) e diminuição da expressão de IL-1β e NF-κB (ambos, p <0,05). A análise por PCR quantitativa em tempo real mostrou que a produção de RNAm de TNF-α, procolágeno tipo I (PCI), procolágeno tipo III (PCIII) e NF-κB estavam diminuídos no grupo de 5 mg / kg de álcool-CARV em relação ao grupo álcool.

     

    Conclusões

     

    O CARV pode reduzir o estresse oxidativo, a resposta inflamatória e a fibrose em lesão hepática induzida pelo etanol em um modelo de rato ao regular para baixo a sinalização de células Kuppfer e células estreladas hepáticas (HSCs), suprimindo citocinas inflamatórias.


  • Mostrar Abstract
  •  

    Aim: To evaluate the anti-inflammatory, anti-oxidant and antifibrotic effects of carvedilol (CARV) in rats with ethanol-induced liver injury.

    Methods: Liver injury was induced by gavage administration of alcohol (7 g/kg) for 28 consecutive days. Eighty Wistar rats were pretreated with oral CARV at 1, 3, or 5 mg/kg or with saline 1 h before exposure to alcohol. Liver homogenates were assayed for interleukin (IL)-1β, IL-10, and tumor necrosis factor (TNF)-α level as well as for myeloperoxidase (MPO) activity and malonyldialdehyde (MDA) and glutathione (GSH) levels. Serum aspartate aminotransfer-ase (AST) activity and liver triglyceride (TG) levels were also assayed. Immunohistochemi-cal analyses of cyclooxygenase 2 (COX-2), receptor activator of nuclear factor kappa-B/ ligand (RANK/RANKL), suppressor of cytokine signalling (SOCS1), the Kupffer cell marker IBA-1 (ionized calcium-binding adaptor molecule 1), intercellular adhesion molecule 1 (ICAM-1), superoxide dismutase (SOD-1), and glutathione peroxidase (GPx-1) expression were performed. Confocal microscopy analysis of IL-1β and NF-κB expression and real-time quantitative PCR analysis for TNFα, PCI, PCIII, and NF-κB were performed.

    Results:CARV treatment (5 mg/kg) during the alcohol exposure protocol was associated with reduced steatosis, hepatic cord degeneration, fibrosis and necrosis, as well as reduced levels of AST (p < 0.01), ALT (p < 0.01), TG (p < 0.001), MPO (p < 0.001), MDA (p < 0.05), and proinflammatory cytokines (IL-1β and TNF-α, both p < 0.05), and increased levels of the anti-inflammatory cytokine IL-10 (p < 0.001) and GSH (p < 0.05), compared to the alco-hol-only group. Treatment with CARV 5 mg/kg also reduced expression levels of COX-2, RANK, RANKL, IBA-1, and ICAM-1 (all p < 0.05), while increasing expression of SOCS1, SOD-1, and GPx-1 (all p < 0.05) and decreasing expression of IL-1β and NF-κB (both, p < 0.05). Real-time quantitative PCR analysis showed that mRNA production of TNF-α, procollagen type I (PCI), procollagen type III (PCIII), and NF-κB were decreased in the alcohol-CARV 5 mg/kg group relative to the alcohol-only group.
    Conclusions: CARV can reduce the stress oxidative, inflammatory response and fibrosis in ethanol-induced liver injury in a rat model by downregulating signalling of Kuppfer cells and hepatic stellate cells (HSCs) through suppression of inflammatory cytokines.

8
  • JÉSSICA MARIA AROUCA DE MIRANDA
  • Qualidade de Vida de idosos da Estratégia Saúde da Família: demandas de saúde e proposição de intervenções multidimensionais

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • CRISTINA KATYA TORRES TEIXEIRA MENDES
  • Data: 17/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • A expressiva mudança no perfil demográfico do mundo, mostra um acelerado processo de envelhecimento mundial. Para obtenção de um envelhecimento ativo e saudável é necessário que se mantenha um bom funcionamento físico, psicológico e social, juntamente a isso, se deve investir em intervenções que reduzam a incidência de demandas de saúde e propiciem a qualidade de vida. Diante disso, objetivou-se desenvolver intervenções multidimensionais, a partir das demandas de saúde, visando melhorar a qualidade de vida de idosos cadastrados na Estratégia Saúde da Família. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo e metodológico, envolvendo idosos cadastrados na Estratégia Saúde da Família de Natal e Santa Cruz, ambas no Rio Grande do Norte. A amostra foi de 120 idosos que obedeciam os critérios de inclusão. O estudo foi desenvolvido em três fases. A coleta de dados, a análise dos dados e o planejamento das intervenções multidimensionais e multidisciplinar. Para análise dos dados foram utilizados testes não paramétricos (Qui-quadrado, Mann Whitney e correlação de Spearman). A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes e solicitado aos participantes a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Observou-se que os idosos apresentam três principais demandas de saúde (funcional, nutricional e sintomas depressivos, respectivamente) e o escore total de QV deles foi considerada satisfatória. No entanto as principais demandas de saúde que se correlacionaram com a QV foram os sintomas depressivos, seguido da demanda de saúde funcional. A partir dessas demandas de saúde foi possível planejar as intervenções multidimensionais e multidisciplinar. Planejou-se seis estratégias (simulação de mercado, prática de exercícios, palestra nutricional, bingo dos alimentos, introdução a tecnologia, uso da tecnologia envolvendo nutrição e evolvendo atividades físicas) para  aplicação em grupo com duração média de uma hora e meia. Verificou-se a importância de intervenção com os idosos para mantê-los ativos, independentes, com contato social e saudáveis. Para isso é necessário maior envolvimento das Estratégias Saúde da Família, visto que é a porta de entrada para os serviços de saúde que tem como finalidade a promoção da saúde e prevenção de agravos.

     


  • Mostrar Abstract
  • The significant change in the demographic profile of the world shows an accelerated process of global aging. To obtain an active and healthy aging is necessary to maintain a good physical, psychological and social functioning along to this, one should invest in interventions to reduce the incidence of health demands and propitiate the quality of life. The research objective is to develop multidimensional interventions from health demands, to improve the quality of life of elderly enrolled in the Family Health Strategy. This is a quantitative, descriptive and methodological study, involving elderly enrolled in the Health Family Strategy Christmas and Santa Cruz, both in Rio Grande do Norte. The sample consisted of 120 elderly individuals who met the inclusion criteria. The study was developed in three phases. Data collection, data analysis and planning of multidimensional and multidisciplinary interventions. Non-parametric tests (Chi-square, Mann Whitney and Spearman's correlation) were used to analyze the data. The research was approved by the Research Ethics Committee of the University Hospital Onofre Lopes and asked the participants to sign the Informed Consent Term. It was observed that the elderly present three main health demands (functional, nutritional and depressive symptoms, respectively) and their total QOL score was considered satisfactory. However, the main health demands that correlated with QoL were depressive symptoms, followed by functional health demand. From these health demands it was possible to plan multidimensional and multidisciplinary interventions. It was planned six strategies (market simulation, exercise, nutrition lecture, bingo food, introduction to technology, use of technology involving nutrition and physical activity evolving) for use in the group with an average of an hour and a half. It was verified the importance of intervention with the elderly to keep them active, independent, with social and healthy contact. In order to do this, it is necessary to increase the involvement of Family Health Strategies, since it is the gateway to health services that aims to promote health and prevent injuries.
9
  • LEONARDO DANTAS REBOUÇAS DA SILVA
  • Dispositivo de avaliação de baixo custo para discrepância dos membros inferiores

  • Orientador : PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO MOREIRA SILVA DANTAS
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • LUIZ ALBERTO BATISTA
  • Data: 25/08/2017

  • Mostrar Resumo
  • Muitas limitações físicas são observadas na população, e as assimetrias surgem como um fator relevante para a ineficiência de gestos motores, tanto nas atividades diárias quanto nos esportes. As discrepâncias de membros são um exemplo destas assimetrias, e essa condição na qual os membros são visivelmente desiguais quando emparelhados, se mostra mais frequentemente nos membros inferiores. O objetivo deste estudo foi descrever o instrumento e identificar a correlação e a diferença estatística entre um método de avaliação da discrepância de membros inferiores de baixo custo e o método considerado padrão-ouro para isso. Este é um estudo transversal em que as discrepâncias de membros inferiores de cinco sujeitos foram avaliadas utilizando este dispositivo de baixo custo chamado Legmeter e comparados com os resultados relatados pela radiografia. Para a normalidade dos dados, utilizou-se o teste de Shapiro-Wilk, o teste T de Student e o teste de correlação de pearson para o nível de distribuição e correlação dos dados, respectivamente. Os resultados mostraram que os dois métodos não apresentaram diferenças estatísticas (p = 0,598) e apresentaram alta correlação positiva (r = 0,917; p = 0,029). Desta forma, o método de avaliação de discrepâncias de baixo custo do Legmeter é mostrado como um recurso confiável e mais acessível para este tipo de avaliação. Mais estudos estão sendo realizados com tamanhos de amostra maiores para obter resultados mais consistentes.


  • Mostrar Abstract
  • Many physical limitations are observed in the population, and asymmetries appear as a relevant factor for the inefficiency of motor gestures, both in daily activities and in sports. Member discrepancies are an example of these asymmetries, and this condition in which the limbs are visibly unequal when paired, is most often shown in the lower limbs. The objective of this study was to describe the instrument and to identify the correlation and the statistical difference between a low-cost lower limb discrepancy method and the gold-standard method for this. This is a cross-sectional study in which the lower limb discrepancies of five subjects were evaluated using this low-cost Legmeter device and compared with the results reported by radiography. For the data normality, we used the Shapiro-Wilk test, the Student's T test and the pearson correlation test for the level of distribution and correlation of the data, respectively. The results showed that the two methods did not present statistical differences (p = 0.598) and presented a high positive correlation (r = 0.917; p = 0.029). In this way, the Legmeter low cost discrepancy evaluation method is shown as a reliable and more accessible resource for this type of evaluation. Further studies are being performed with larger sample sizes for more consistent results.
10
  • JOSÉ RODOLFO TORRES DE ARAÚJO
  • PREVALENCE OF MOBILITY LIMITATIONS IN INSTITUTIONALIZED OLDER ADULTS AND THEIR ASSOCIATES FACTORS

  • Orientador : KENIO COSTA DE LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KENIO COSTA DE LIMA
  • JULIANA MARIA GAZZOLA
  • IGOR CONTERATO GOMES
  • Data: 29/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • A mobilidade é capacidade de movimentação. Idosos institucionalizados mostram-se propensos ao desenvolvimento de limitações na mobilidade, entretanto, estudos mais robustos e que busquem fatores associados são necessários para entender sua prevalência.

    Objetivo

    Determinar a prevalência de limitações de mobilidade em idosos institucionalizados e seus fatores associados.

    Métodos

    Estudo transversal, realizado entre agosto de 2015 e janeiro de 2016 em 10 instituições de longa permanência para idosos no Brasil. Foram incluídos indivíduos ≥ 60 anos e excluídos os hospitalizados, os ausentes na coleta e aqueles que não residiam em tempo integral na instituição. Colheram-se informações sociodemográficas, relacionadas às instituições e às condições de saúde dos idosos. As limitações na mobilidade foram verificadas com base em informações coletadas junto ao cuidador principal com auxílio da escala de Barthel. Na análise estatística utilizou-se o Teste de Qui-quadrado e a regressão logística múltipla para um nível de significância de 5%.

    Resultados

    A amostra foi composta por 305 idosos, em sua maioria mulheres, com idade média de 81,5 anos (DP:8,47). A prevalência de limitações de mobilidade foi de 65,6% (IC 95%: 59,6 – 70,4), e 26,9% dos idosos eram cadeirantes. O modelo final revelou associação estatisticamente significativa dessas limitações com a desnutrição ou risco para desnutrição (p <0,001; 1,86: 1,54 – 2,26) e idades ≥81 anos (p=0,002; 1,35: 1,12 – 1,63).

    Conclusões

    Conclui-se que as limitações de mobilidade tem alta prevalência na população idosa institucionalizada, estando associada com idosos mais longevos e com desnutrição ou em risco para desnutrição.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this work is to determine the prevalence of mobility limitations in institutionalized older adults and their associated factors. This is a cross-sectional study carried out on January 2015 in 10 nursing homes for older adults in Brazil. Individuals aged ≥ 60 years were included in the study, excluding those hospitalized, those who were absent in the data collection period and those who did not live full-time in the institution. Sociodemographic information related to the institutions and the health conditions of the elderly was collected. Mobility limitations were checked based on information given by the main caregiver using the Barthel Scale. The Chi-square test and a multiple logistic regression were used in the statistical analysis at a significance level of 5%. The sample consisted of 305 older adults, mostly women, with a mean age of 81.5 years (SD 8.47). The prevalence of mobility limitations was 65.6% (95% CI: 59.6-70.4), and 26.9% of the older adults were wheelchair users. The final model revealed a statistically significant association of these limitations with malnutrition or risk for malnutrition (p < 0.001, 1.86: 1.54-2.26) and age ≥ 81 years (p = 0.002, 1.35: 1.12 – 1.63). We conclude that mobility limitations have a high prevalence among institutionalized older adults associated with longevity and nutritional status.

11
  • VIVIANE BRITO NOGUEIRA
  • CajaDB: Uma plataforma para dados moleculares de sagui comum (callithrix jacchus) e análises de transcriptoma

     

  • Orientador : MARIA BERNARDETE CORDEIRO DE SOUSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABIOLA DA SILVA ALBUQUERQUE
  • JOAO PAULO MATOS SANTOS LIMA
  • MARIA BERNARDETE CORDEIRO DE SOUSA
  • Data: 14/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Sagui comum (Callithrix jacchus), um pequeno primata de novo mundo, tem sido amplamente empregado como modelo biológico, não apenas para decifrar disfunções em transtornos neuropsiquiátricos como também para compreender circuitos neurais envolvidos no comportamento social humano. A este respeito, a disponibilidade de dados de expressão gênica advindos de tecnologias next-generation sequencing (NGS) representam uma oportunidade para novos estudos aprofundados na genética e na epigenética desta espécie. Uma das fronteiras na neurociência é manusear esses dados em larga escala a fim de conectar vias moleculares ao comportamento do sistema nervoso. Para tornar esses dados mais acessíveis para a comunidade científica sem formação em bioinformática, foi criada o CajaDB, uma knowledgebase que fornece uma interface web para dados de genômica, expressão gênica e splicing alternativo, incluindo ferramentas para análises biológicas. Com os dados processados para esta plataforma foram realizadas duas análises distintas: (1) Expressão diferencial de genes nos hemisférios direito e esquerdo, uma vez que lateralização é um aspecto crucial do funcionamento da arquitetura cerebral para habilidades cognitivas, onde foram  encontrados 49 genes diferencialmente expressos, sendo 24 para o hemisfério esquerdo e 25 para o hemisfério direito; (2) Expressão diferencial de genes entre machos e fêmeas, com foco em córtex frontal e comparação com dados equivalentes de humanos. Neste último caso, foi verificado que genes com expressão enviesada para machos são conservados e enriquecidos para funções de manutenção celular. Já genes com expressão enviesada para fêmea foram relacionados a funções de plasticidade neural, envolvidos com remodelamento dos circuitos sinápticos, cascatas de estresse e comportamento visual. Com base em conhecimentos sobre dimorfismo comportamental entre sexos de saguis, é sugerido que estas expressões diferenciais podem estar relacionadas a determinadas circuitarias neurais associadas às estratégias adaptativas de sobrevivência e reprodução para cada sexo. Diante do exposto, espera-se que os dados disponíveis na knowledgebase associados às ferramentas biológicas disponíveis facilite a geração de hipóteses e a interpretação de resultados sobre o funcionamento cerebral nesta espécie que é um modelo biológico largamente utilizado, abrindo perspectivas de investigação e desenvolvimento de novos tratamentos para doenças neuropsiquiátricas no futuro. CajaDB está disponível em cajadb.neuro.ufrn.br.


  • Mostrar Abstract
  •  

     The common marmoset (Callithrix jacchus), a small New World monkey, has been widely used as a biological model not only in an attempt to elucidate brain dysfunction in neuropsychiatric disorders but also for deciphering neural circuits involved in human social behaviors. In this regard, the availability of gene expression data derived from next-generation sequencing (NGS) technologies represents an opportunity for deeper studies on the genetic and epigenetic architecture of this species. One of the frontiers in neuroscience field requires handling omics large-scale data sets for connecting molecular pathways to nervous system behavior. To make these omics datasets more accessible for the scientific community without a solid bioinformatics background, we have created CajaDB, a knowledgebase that provides a friendly interface for genomic, expression and alternative splicing data, including tools for biological analyses. Using the processed data two analysis were conducted: (1) Differential expression between right and left hemispheres, once lateralization is a crucial aspect of the functional brain architecture for cognitive abilities. It was found 49 differentially expressed genes, where 24 genes had left hemisphere bias and 25 genes had right hemisphere bias. (2) Sex-biased gene expression with focus in frontal comparing to humans. It was found that genes whose expression is male biased are conserved between marmosets and humans and enriched with "house-keeping" functions. On the other hand, female-biased genes are more related to neural plasticity functions involved in remodeling of synaptic circuits, stress cascades and visual behavior.  Based on knowledge of dimorphic social behavior of male and female common marmosets we discuss that these differences might be linked to particular neuronal circuitry underlying the expression of the adaptive strategies in each sex and related to survival and reproductive behavior traits. Hence, it is expected that data available in the knowledgebase associated with available biological tools will facilitate generation of hypotheses and interpretation of results on brain functioning, facilitating improvements in neurological diseases treatment in the future. CajaDB is available at cajadb.neuro.ufrn.br.

12
  • RAFAEL RODOLFO TOMAZ DE LIMA
  • A FORMAÇÃO EM SAÚDE FRENTE ÀS NECESSIDADES DAS PESSOAS
    IDOSAS

  • Orientador : KENIO COSTA DE LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KENIO COSTA DE LIMA
  • MARCELO VIANA DA COSTA
  • ROSANA LUCIA ALVES DE VILLAR
  • Data: 15/12/2017

  • Mostrar Resumo

  • This dissertation aims to analyze the training of ESF and NASF to meet the needs of the elderly. It is of a qualitative research, carried out in two stages and with different methodological procedures. In the first stage, to analyze how the approach of the subject of human aging occurs the training of professionals working in the ESF and NASF through the documentary research. The second step consisted in understanding, with the focus groups, the perception of the elderly about their needs, as well as to understand their perception of the professional skills required for care that this portion of the population needs under the ESF and the NASF. The results of the documental research revealed that professional training for care with the health of the elderly is based exclusively on the care and of chronic-degenerative diseases, as well as in the identification and prevention of harm to health. In addition, the operationalization of the perception of the elderly people participating in the study. study on their needs, classifying them into two themes: The need for good living conditions and the need for access to health services. According to the participants, the professionals of the ESF and the NASF are well qualified to serve them, however, they do not have autonomy to solve the needs listed. For the resolution of needs, qualify the managers (municipal, state and local federal) of the health sector would be the priority path. With the study, it is noticed that the discussion about the theme of aging in the process of training human resources in health is still incipient and disassociated with the health needs of the elderly. Thus, if makes it necessary to prepare people who pay adequate attention to the population, as well as to formulate and manage public policies for the population that is a SUS user.


  • Mostrar Abstract

  • This dissertation aims to analyze the training of ESF and NASF to meet the needs of the elderly. It is of a qualitative research, carried out in two stages and with different methodological procedures. In the first stage, to analyze how the approach of the subject of human aging occurs the training of professionals working in the ESF and NASF through the documentary research. The second step consisted in understanding, with the focus groups, the perception of the elderly about their needs, as well as to understand their perception of the professional skills required for care that this portion of the population needs under the ESF and the NASF. The results of the documental research revealed that professional training for care with the health of the elderly is based exclusively on the care and of chronic-degenerative diseases, as well as in the identification and prevention of harm to health. In addition, the operationalization of the perception of the elderly people participating in the study. study on their needs, classifying them into two themes: The need for good living conditions and the need for access to health services. According to the participants, the professionals of the ESF and the NASF are well qualified to serve them, however, they do not have autonomy to solve the needs listed. For the resolution of needs, qualify the managers (municipal, state and local federal) of the health sector would be the priority path. With the study, it is noticed that the discussion about the theme of aging in the process of training human resources in health is still incipient and disassociated with the health needs of the elderly. Thus, if makes it necessary to prepare people who pay adequate attention to the population, as well as to formulate and manage public policies for the population that is a SUS user.

Teses
1
  • LUCILA CORSINO DE PAIVA
  • BURNOUT SYNDROME IN HEALTH CARE PROFESSIONALS IN A UNIVERSITARY HOSPITAL

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONCA
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • IGOR CONTERATO GOMES
  • IVONETE BATISTA DE ARAUJO
  • TERESA DE LISIEUX LOPES FROTA
  • Data: 07/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • OBJECTIVE: to evaluate Professional Achievement and factors associated with occupational burnout among health professionals. METHODS: An institution based cross-sectional study was conducted on 436 health care providers, consisting of 101 nurses, 81 doctors and 254 nursing technicians, all meeting the pre-established inclusion criteria. Occupational burnout was detected using Maslach occupational burnout Inventory tool. Data was collected by means of self-administered questionnaires comprised of questions concerning socio demographics, education and training and then followed by the Maslach occupational burnout Inventory, used to identify the level of Emotional Exhaustion, Depersonalization and Professional Achievement. RESULTS: Emotional Exhaustion was associated with education level and work place of nursing technicians. Depersonalization was associated with gender in nursing technicians. For nurses, Depersonalization showed a significant correlation with education level, whereas for doctors Depersonalization was associated with number of jobs. Lower levels of Professional Achievement were observed in unspecialized doctors when compared to those with further training, higher levels of Professional Achievement were associated with post graduated professionals, when compared to those without post-graduation. CONCLUSIONS: High Emotional Exhaustion was found in professionals from the maternity unit, as well as in professionals with lower educational levels. Depersonalization was found to be higher in Physicians with several jobs and in female nurses, while low Professional Achievement was found in unspecialized docto s. Higher Professional Achievement was associated with post graduated professionals.


  • Mostrar Abstract
  • OBJECTIVE: to evaluate Professional Achievement and factors associated with occupational burnout among health professionals. METHODS: An institution based cross-sectional study was conducted on 436 health care providers, consisting of 101 nurses, 81 doctors and 254 nursing technicians, all meeting the pre-established inclusion criteria. Occupational burnout was detected using Maslach occupational burnout Inventory tool. Data was collected by means of self-administered questionnaires comprised of questions concerning socio demographics, education and training and then followed by the Maslach occupational burnout Inventory, used to identify the level of Emotional Exhaustion, Depersonalization and Professional Achievement. RESULTS: Emotional Exhaustion was associated with education level and work place of nursing technicians. Depersonalization was associated with gender in nursing technicians. For nurses, Depersonalization showed a significant correlation with education level, whereas for doctors Depersonalization was associated with number of jobs. Lower levels of Professional Achievement were observed in unspecialized doctors when compared to those with further training, higher levels of Professional Achievement were associated with post graduated professionals, when compared to those without post-graduation. CONCLUSIONS: High Emotional Exhaustion was found in professionals from the maternity unit, as well as in professionals with lower educational levels. Depersonalization was found to be higher in Physicians with several jobs and in female nurses, while low Professional Achievement was found in unspecialized docto s. Higher Professional Achievement was associated with post graduated professionals.

2
  • CHRISTIANE KELEN LUCENA DA COSTA
  • CORRELAÇÃO DA FORÇA DO ASSOALHO PÉLVICO COM QUALIDADE DE VIDA SEXUAL DE MULHERES JOVENS SEXUALMENTE ATIVAS

  • Orientador : MARIA BERNARDETE CORDEIRO DE SOUSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE DO NASCIMENTO FALCAO FREIRE MONTE
  • MARIA BERNARDETE CORDEIRO DE SOUSA
  • MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI
  • NEIDE MARIA GOMES DE LUCENA
  • TECIA MARIA DE OLIVEIRA MARANHAO
  • Data: 10/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • Aproximadamente 30% das mulheres não são capazes de contrair a musculatura do assoalho pélvico (MAP) na primeira avaliação. Assim, a verificação da função e da força desta musculatura é imprescindível para educar e proporcionar retroalimentação (feedback) na destreza da paciente em contrair e perceber a mudança de trofismo do início ao final da intervenção. Esses músculos desempenham um importante papel na função sexual feminina e quando sadios são volumosos o que os capacitam a suportar as paredes vaginais e os esfíncteres urinário e fecal. Ao contrário, a hipotonicidade e o desuso podem influenciar na função sexual feminina. Nesse contexto, o objetivo do presente estudo foi avaliar as respostas de força e função da MAP com diferentes instrumentos de medida frente a um programa de exercícios físicos e a repercussão sobre a função sexual em mulheres adultas jovens, avaliada por meio de 3 questionários. A amostra foi constituída por 31 adultas jovens na faixa etária de 19 a 35 anos de idade que concordaram voluntariamente em participar do estudo e atenderam aos critérios de inclusão. As participantes da amostra passaram por três medidas de avaliação realizadas (1) antes da intervenção (2) 4 semanas depois  e (3) oito semanas após intervenção. Em cada avaliação foi aferida a funcionalidade da MAP com o Método PERFECT, perineômetros Perina e Peritron e cones vaginais. A função sexual feminina foi investigada com 3  instrumentos: (a) Questionário de avaliação da qualidade de vida sexual feminina (Quociente Sexual – Versão Feminina: QS-F), (b) Questionário FSFI (Female Sexual Function Index ) e (c) Inventário de Satisfação Sexual - Versão Feminina (GRISS). Os resultados foram apresentados em três artigos que avaliaram, respectivamente: 1- consistência entre três diferentes questionários de avalição da função sexual em mulheres jovens antes e após um programa de treinamento do assoalho pélvico, 2- comparação entre as técnicas de avaliação da funcionalidade do MAP após programa de fortalecimento; 3- verificação da eficácia da intervenção educativa baseada em exercícios perineais de conscientização e fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico (MAP). Os resultados principais indicam que a avaliação funcional através da palpação vaginal pode ser utilizada na prática clínica por ser um método de baixo custo e que demonstrou uma correlação significativa com métodos mais objetivos como os perineômetros e com os cones vaginais. A curva ROC para comparar os valores preditivos de um instrumento em relação ao outro mostrou um valor de kappa quase perfeito (0.81-0.84), mas a melhor concordância na predição da função sexual normal foi entre FSFI e QS-F, enquanto a melhor concordância para o diagnóstico de disfunção sexual foi entre QS-F e GRISS. O programa de exercícios foi eficaz, pois aumentou significativamente a força e função da musculatura do assoalho pélvico, essenciais para a manutenção de suas funções de apoio, esfincterianas e sexuais. As mulheres que sofrem por não terem vida sexual satisfatória precisam receber informações sobre os benefícios da fisioterapia no tratamento dessas disfunções. A equipe multidisciplinar no tratamento da saúde sexual das mulheres se faz necessário e as pacientes precisam ser parte ativa do processo terapêutico, o que aumenta consideravelmente a efetividade do tratamento e seu respectivo sucesso.


  • Mostrar Abstract
  • Aim. Pelvic floor muscle (PFM) force seems to be associated to better performance in sexual response in women. However, the benefits for a short intervention using training program for FPM on sexual response of young healthy women are not yet demonstrated. Therefore, the aim of this study was to evaluate the sexual response in young healthy women before and 4 and 8-weeks after a training program of pelvic floor muscles (PFM) evaluated by three psychometric instruments.

    Methods. Thirty –one in young healthy women were Training program includes 4 contexts (bipedal, dorsal laying, quadrupedal and seated postures) but participants best performed bipedal exercises (adherence varies from 100% to 54%) and only this type was considered for analysis. Data for pelvic musculature was collected using PERFECT method in the initial and final sessions, and analyzed by T-paired test. Sexual response questionnaires, FSFI, SQ-F and GRISS, were completed before and after 4 and 8 weeks the introduction of training program and tested by ANOVA, for both individual domains and total scores. For the three instruments were also analyzed the accuracy measured by the area under the ROC curve (AUC) for individual domains within each questionnaire as well as to estimate the cross accuracy, two-by-two, for the three instruments.

    Results. Participants showed a better performance in PERFECT after 8- week’s period of training program comparing to initial performance, for both fast and slow switch fibers (T-Value= -15.39, p< 0.001; T-Value= -4.23; p < 0.001). They also showed a positive impact on the sexual function (ANOVA, p<0.02; FSSI: desire, excitation and orgasm/SQ-F: sexual interest, preliminaries/GRISS: orgasm). All three questionnaires showed a fair-good-optimal accuracy (ROC analysis) in assessing the domains (IFSF:AUC = 0,74-0,891 in six domains; GRISS:AUC=  0,706- 0,933 in seven domains and SQ-F:AUC = 0,882-0,821, but poor agreement for two domains= 0.594 and 0.580. ROC curve to compare the predictive value for one instrument in relation to the other show the best accuracy for FSFI x SQ-F (AUC= 0.891). 

    Conclusion.  Many evidences are available showing a growing body of data to support the involvement of PFM in the improvement of sexual female response. This study shows the positive impact of a training program for PFM with the increase of force in both fast and slow switch perineal muscle fibers although performed during 8-weeks period. Also, the program also improved some scores evaluated by the  three different instruments (FSSI, SQF-F and GRISS) analysis showing significant differences associate to optimal- good accuracy across the monitoring. These data are promising to build short-term physical therapy Programs to young healthy women contributing for increase their pelvic functions, and quality of life.

    Key Words.; Pelvic Floor Muscles; Physical Therapy; Dyspareunia; Orgasm; FSSI; SQ-F; GRISS

3
  • WALICYRANISON PLINIO DA SILVA ROCHA
  • Efeito do extrato de Eugenia uniflora na expressão global de proteínas durante a morfogênese de Candida albicans

  • Orientador : GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANALY SALLES DE AZEVEDO MELO
  • ANDRE DUCATI LUCHESSI
  • GUILHERME MARANHAO CHAVES
  • MARCELO DE SOUSA DA SILVA
  • WAGNER LUIZ BATISTA
  • Data: 30/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • Em certas circunstâncias, Candida albicans pode passar de colonizante para infectante e, como na candidíase oral. A morfogênese de C. albicans, bem como sua capacidade de combater o estresse oxidativo no interor de células fagocíticas, é um fator essencial para a invasão tecidual e estabelecimento da infecção. Devido ao baixo arsenal antifúngico disponível no mercado e o constante surgimento de cepas resistentes, faz-se necessária a pesquisa de novas fontes terapêuticas, principalmente oriundas de produtos naturais. No presente estudo foram selecionados 48 isolados clínicos de C. albicans oriundos da cavidade bucal de pacientes transplantados renais. A fração acetato de etila de Eugenia uniflora foi utilizada na concentração de 1000 µg/mL para avaliar a ação comparativa (tratada e não tratada com extrato) sobre a fagocitose e morfogênese de C. albicans. Foi realizado o ensaio de resistência ao ataque de neutrófilos polimorfonucleares. O isolado 111R, de alta capacidade filamentação foi utilizado para avaliação do perfil protéico por meio de análise proteômica, bem como da interação com proteínas diretamente associadas à morfogênese. A resposta à infecção foi observada em modelo murino de candidíase oral e a ação tóxica do extrato de E. uniflora foi observada em ensaio de MTT. O extrato de E. uniflora reduziu significativamente a capacidade de fagocitose de C. albicans (média total de 120.36 ± 36.71 vs. 44.68 ± 19.84). Trinta e nove proteínas foram identificadas na análise proteômica, relacionadas à geração de energia, metabolismo de proteínas e glicose, divisão celular, transporte citoplasmático, metabolismo de ácidos nucléicos, estrutura celular e resposta ao estresse. Importantes proteínas relacionadas com a formação do citoesqueleto foram reguladas negativamente nas células tratadas. Houve instalação de infecção na cavidade oral dos camundongos e a infecção foi atenuada quando C. albicans foi pré-incubada na presença do extrato de E. uniflora e quando o extrato foi aplicado na cavidade oral após a instalação da infecção. Este resultado foi condizente com a redução na contagem de UFC (2.36 vs. 1.85 Log10 CFU/ml) e a atenuação dos danos teciduais observados na análise histopatológica. O extrato de E. uniflora não foi tóxico para células humanas mesmo em concentrações 8x acima da utilizada nos experimentos. A fração acetato de etila de E. uniflora poderá causar danos à parede celular e proteínas essenciais ao metabolismo de C. albicans, afetando proteínas relacionadas à estrutura celular, reduzindo a capacidade plástica de filamentação, atenuando a ação invasiva em modelo animal, sem causar efeito tóxico em células humanas, podendo ser uma futura alternativa terapêutica para o tratamento de infecções por Candida.


  • Mostrar Abstract
  • Em certas circunstâncias, Candida albicans pode passar de colonizante para infectante e, como na candidíase oral. A morfogênese de C. albicans, bem como sua capacidade de combater o estresse oxidativo no interor de células fagocíticas, é um fator essencial para a invasão tecidual e estabelecimento da infecção. Devido ao baixo arsenal antifúngico disponível no mercado e o constante surgimento de cepas resistentes, faz-se necessária a pesquisa de novas fontes terapêuticas, principalmente oriundas de produtos naturais. No presente estudo foram selecionados 48 isolados clínicos de C. albicans oriundos da cavidade bucal de pacientes transplantados renais. A fração acetato de etila de Eugenia uniflora foi utilizada na concentração de 1000 µg/mL para avaliar a ação comparativa (tratada e não tratada com extrato) sobre a fagocitose e morfogênese de C. albicans. Foi realizado o ensaio de resistência ao ataque de neutrófilos polimorfonucleares. O isolado 111R, de alta capacidade filamentação foi utilizado para avaliação do perfil protéico por meio de análise proteômica, bem como da interação com proteínas diretamente associadas à morfogênese. A resposta à infecção foi observada em modelo murino de candidíase oral e a ação tóxica do extrato de E. uniflora foi observada em ensaio de MTT. O extrato de E. uniflora reduziu significativamente a capacidade de fagocitose de C. albicans (média total de 120.36 ± 36.71 vs. 44.68 ± 19.84). Trinta e nove proteínas foram identificadas na análise proteômica, relacionadas à geração de energia, metabolismo de proteínas e glicose, divisão celular, transporte citoplasmático, metabolismo de ácidos nucléicos, estrutura celular e resposta ao estresse. Importantes proteínas relacionadas com a formação do citoesqueleto foram reguladas negativamente nas células tratadas. Houve instalação de infecção na cavidade oral dos camundongos e a infecção foi atenuada quando C. albicans foi pré-incubada na presença do extrato de E. uniflora e quando o extrato foi aplicado na cavidade oral após a instalação da infecção. Este resultado foi condizente com a redução na contagem de UFC (2.36 vs. 1.85 Log10 CFU/ml) e a atenuação dos danos teciduais observados na análise histopatológica. O extrato de E. uniflora não foi tóxico para células humanas mesmo em concentrações 8x acima da utilizada nos experimentos. A fração acetato de etila de E. uniflora poderá causar danos à parede celular e proteínas essenciais ao metabolismo de C. albicans, afetando proteínas relacionadas à estrutura celular, reduzindo a capacidade plástica de filamentação, atenuando a ação invasiva em modelo animal, sem causar efeito tóxico em células humanas, podendo ser uma futura alternativa terapêutica para o tratamento de infecções por Candida.

4
  • JOAO FELIPE BEZERRA
  • Associação de polimorfismos do gene IRF6 em pacientes com fendas orais não-sindrômicas

  • Orientador : ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
  • LEONARDO CAPISTRANO FERREIRA
  • TIRZAH BRAZ PETTA
  • GABRIELA FERRAZ LEAL
  • TARSIS ANTONIO PAIVA VIEIRA
  • Data: 03/04/2017

  • Mostrar Resumo
  • As fendas orais constituem um problema de saúde publica atingindo cerca de 15% de todas as malformações, caracterizando-se pela formação incompleta das estruturas que separam a cavidade nasal e a cavidade oral com fatores genéticos e ambientais que contribuem para sua etiologia. Atualmente, estudos de microarray, utilizando pacientes fissurados identificaram diversas regiões de susceptibilidade para o desenvolvimento das fendas orais não-sindrômicas, dentre essas alguns estudos demonstraram a região do gene IRF6 associado ao aumento de risco para o desenvolvimento das fendas. O objetivo do presente trabalho é pesquisar polimorfismos do gene IRF6 e as possíveis correlações com o desenvolvimento das fendas orais não-sindrômicas. Para isso, um total de 368 individuos (186 pacientes FL/P e 182 controles) foram selecionados no Serviço de Atendimento ao Paciente Fissurado - HUOL/UFRN. Amostras de sangue foram coletadas para extração do DNA e análise dos polimorfismos do gene IRF6 (rs2235371, rs642961, rs2236907, rs861019, e rs1044516) por PCR em tempo real. . Os pacientes foram classificados nos grupos CLP, CL e CP e foi observada uma associação significativa de rs2235371 (OR: 11,24, 95% CI: 1.97-64.22, p = 0,016) no grupo com a fendas palatinas isoladas (CP). Além disso, a análise da combinação alélica mostrou um aumento do risco de fendas associado aos polimorfismos rs1044516 e rs2236907, uma vez que estavam presentes em todas as combinações significativas. Assim, a associação do rs2235371 com pacientes do grupo CP mostra-se como um fator de risco para CP em nossa população. A análise das combinações alélicas mostram a influência de polimorfismos do IRF6 combinadas, principalmente (rs1044516 e rs2236907) sugerem que cada polimorfismo pode contribuir minimamente para aumentar o risco de desenvolver fendas orais não-sindrômicas em uma população brasileira de Rio Grande do Norte .


  • Mostrar Abstract
  • As fendas orais constituem um problema de saúde publica atingindo cerca de 15% de todas as malformações, caracterizando-se pela formação incompleta das estruturas que separam a cavidade nasal e a cavidade oral com fatores genéticos e ambientais que contribuem para sua etiologia. Atualmente, estudos de microarray, utilizando pacientes fissurados identificaram diversas regiões de susceptibilidade para o desenvolvimento das fendas orais não-sindrômicas, dentre essas alguns estudos demonstraram a região do gene IRF6 associado ao aumento de risco para o desenvolvimento das fendas. O objetivo do presente trabalho é pesquisar polimorfismos do gene IRF6 e as possíveis correlações com o desenvolvimento das fendas orais não-sindrômicas. Para isso, um total de 368 individuos (186 pacientes FL/P e 182 controles) foram selecionados no Serviço de Atendimento ao Paciente Fissurado - HUOL/UFRN. Amostras de sangue foram coletadas para extração do DNA e análise dos polimorfismos do gene IRF6 (rs2235371, rs642961, rs2236907, rs861019, e rs1044516) por PCR em tempo real. . Os pacientes foram classificados nos grupos CLP, CL e CP e foi observada uma associação significativa de rs2235371 (OR: 11,24, 95% CI: 1.97-64.22, p = 0,016) no grupo com a fendas palatinas isoladas (CP). Além disso, a análise da combinação alélica mostrou um aumento do risco de fendas associado aos polimorfismos rs1044516 e rs2236907, uma vez que estavam presentes em todas as combinações significativas. Assim, a associação do rs2235371 com pacientes do grupo CP mostra-se como um fator de risco para CP em nossa população. A análise das combinações alélicas mostram a influência de polimorfismos do IRF6 combinadas, principalmente (rs1044516 e rs2236907) sugerem que cada polimorfismo pode contribuir minimamente para aumentar o risco de desenvolver fendas orais não-sindrômicas em uma população brasileira de Rio Grande do Norte .

5
  • CARLA ISMIRNA SANTOS ALVES
  • CONFIABILIDADE DA ESCALA DE SAINT-ANNE DARGASSIES INTERAVALIADORES NA AVALIAÇÃO DO PADRÃO NEUROLÓGICO EM RECÉM-NASCIDO PRÉ-TERMO SEM COMPLICAÇÕES COM ULTRASSOM CRANIANO SERIADO NORMAL.

  • Orientador : AUREA NOGUEIRA DE MELO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AUREA NOGUEIRA DE MELO
  • ANA RAQUEL RODRIGUES LINDQUIST
  • CLAUDIA RODRIGUES SOUZA MAIA
  • GISELDA FÉLIX COUTINHO
  • SEBASTIAO FRANCO DA SILVA
  • Data: 12/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • Objetivos: estudar a confiabilidade da Escala de Saint-Anne Dargassies [13] na avaliação do padrão neurológico em RNPT com ultrassom craniano seriado normal, a partir da determinação do grau de concordância entre os avaliadores e o avaliador considerado Padrão Ouro para estabelecer os limites de concordância dos itens da ESD durante o período da prematuridade. Métodos: avaliou-se 20 RNPT, não complicados, nascidos e atendidos na Unidade de Terapia Intensiva da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), Natal/Brasil, no período de agosto de 2012 a dezembro de 2013. A avaliação de cada grupo foi feita independentemente por dois avaliadores em cada grupo (I; II) e todos os RN foram avaliados pelo Padrão Ouro. Resultados: foi observado alta concordância entre os avaliadores do grupo I e do grupo II em relação ao Padrão Ouro para avaliação do padrão postural, reflexos primitivos, tônus passivo e tônus ativo. Ainda foi observado probabilidade de igualdade entre as medidas do perímetro cefálico nos dois grupos. Conclusão: a Escala de Saint-Anne Dargassies demonstrou alta confiabilidade e homogeneidade, podendo ser considerada uma escala com alta reprodutibilidade e ser utilizada como instrumento de avaliação para o RNPT com ou sem complicações clínico/neurológicas durante o período de prematuridade até a idade de termo.


  • Mostrar Abstract
  • Objetivos: estudar a confiabilidade da Escala de Saint-Anne Dargassies [13] na avaliação do padrão neurológico em RNPT com ultrassom craniano seriado normal, a partir da determinação do grau de concordância entre os avaliadores e o avaliador considerado Padrão Ouro para estabelecer os limites de concordância dos itens da ESD durante o período da prematuridade. Métodos: avaliou-se 20 RNPT, não complicados, nascidos e atendidos na Unidade de Terapia Intensiva da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), Natal/Brasil, no período de agosto de 2012 a dezembro de 2013. A avaliação de cada grupo foi feita independentemente por dois avaliadores em cada grupo (I; II) e todos os RN foram avaliados pelo Padrão Ouro. Resultados: foi observado alta concordância entre os avaliadores do grupo I e do grupo II em relação ao Padrão Ouro para avaliação do padrão postural, reflexos primitivos, tônus passivo e tônus ativo. Ainda foi observado probabilidade de igualdade entre as medidas do perímetro cefálico nos dois grupos. Conclusão: a Escala de Saint-Anne Dargassies demonstrou alta confiabilidade e homogeneidade, podendo ser considerada uma escala com alta reprodutibilidade e ser utilizada como instrumento de avaliação para o RNPT com ou sem complicações clínico/neurológicas durante o período de prematuridade até a idade de termo.

6
  • MIGUEL ADELINO DA SILVA FILHO
  • Estudo físico-químico, farmacotoxicológico e modelagem pkpd para desenvolvimento de uma nova formulação micelar de anfotericina B.

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • ANSELMO GOMES DE OLIVEIRA
  • ELQUIO ELEAMEN OLIVEIRA
  • FRANCELINE REYNAUD
  • Data: 19/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • A incidência de infecções fúngicas sistêmicas vem crescendo no mundo todo. Além disso, o aparecimento de cepas resistentes está aumentando nos últimos anos. A busca por novas estratégias terapêuticas é de suma importância para o controle desse quadro epidemiológico. O desenvolvimento de novas formulações é um processo lento e dispendioso. O objetivo desse projeto foi desenvolver estudos físico-químicos, de toxicidades, atividade e farmacométricos objetivando subsidiar com informações técnico-científicas o desenvolvimento de uma nova formulação farmacêutica de anfotericina B (AmB), os superagregados (AmB-H). Os estudos físico-químicos demonstraram que os superagregados atuam como reservatório das formas monoméricas de AmB. Quando a concentração diminui, os superagregados se dissolvem liberando a forma monomérica. Os estudos de toxicidade demonstraram que os agregados de AmB-H são significativamente menos tóxicos que os da AmB em sistema micelar (AmB-D) em ensaios com hemácias. A avaliação de atividade AmB-H apresentou resultados similares aos da AmB-D em ensaios com C. albicans e C. parapsiloses. O estudo de avaliação do processo de liofilização de AmB-H, em todas as etapas críticas do processo, exibiu que não há nenhuma modificação com relação as propriedades físico-químicas, de toxicidade e atividade o que torna uma excelente estratégia de formulação para este novo sistema. Por fim, a modelagem PKPD da AmB-D e AmB-H forneceu importantes dados farmacológicos quantitativos que servirão de suporte para simulações de tratamento de candidíase sistêmica tanto em estudos clínicos como na prática médica. Portanto, todo o projeto apresenta um perfil inovador e multidisciplinar para, juntamente com outros dados da literatura, fornecer subsídio científico sólido para dar início aos estudos clínicos e finalmente o desenvolvimento de uma nova formulação farmacêutica de AmB.

     


  • Mostrar Abstract
  • The increasing incidence of systemic fungal infections along with the growth of clinical isolates resistant to first line clinical treatment is a challenging epidemiological scenario in clinical practice. The development of new strategies is of paramount importance for the control of this rampant problem. Micellar amphotericin B (AmB-D) has a satisfactory activity profile, but its toxicity is pronounced. An alternative to reduce its toxicity is the controled heating of AmB-D resulting in superaggregates (AmB-H). Aiming a new therapeutic alternative, it was evaluated as structural modifications of AmB-H by accessing its physico-chemical characteristics, “in vitro” toxicity profile in red blood cells, “in vitro” activity in Candida sp strains and designed a semi-mechanistic PKPD model. A spectroscopy screening showed that there is a blue shift at the aggregate band from 327nm to 323nm, AmB-D and AmB-H respectively. The dilution study showed that AmB-H acts as the reservoir for the amphotericin B monomeric forms. Red blood cell toxicity studies have demonstrated that at high concentrations of AmB-H (5mg.L-1 and 50mg.L-1) presents around 2% of hemoglobin leakage whereas AmB-D presents the 100%, proving the profile of low toxicity by this experiment model. The activity evaluation, the AmB-H presented similar results to AmB-D against C. albicans and C. parapsiloses. The evaluation of the critical steps of the freeze-drying process, AmB-H has proven no changing during the process making it a good manufacturing strategy. Regarding the pharmacometrics, the semi-mechanistic PKPD model demonstrated that AmB-H is about 25% more potent than AmB-D and the model also provides quantitative parameters estimates that corroborate with a scientific literature and it provides a support to the development of clinical trials. All these data demonstrate that AmB-H is a promising system and together with scientific literature, it produces solid scientific subsidies to initiate clinical trials and finally the development of a new therapeutic strategy.

7
  • ISABEL KAROLYNE FERNANDES COSTA
  • CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE UM CURSO A DISTÂNCIA DE SUPORTE BÁSICO DE VIDA.

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • RENATA SILVA SANTOS
  • RODRIGO ASSIS NEVES DANTAS
  • THALYTA CRISTINA MANSANO SCHLOSSER
  • Data: 07/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo dessa investigação foi analisar as evidências de validação de um curso de Suporte Básico de Vida (SBV) na modalidade de ensino a distância (EAD) para acadêmicos e profissionais de saúde de um Hospital Universitário. Trata-se de uma pesquisa metodológica, quantitativa, utilizando enquanto método a teoria psicométrica de Pasquali. O estudo desenvolveu-se em duas etapas: construção e validação do conteúdo de três ferramentas: instrumento de avaliação de conhecimento em suporte básico de vida (ACSBV); conteúdo do curso de Suporte Básico de Vida (CSBV) e roteiro do jogo educativo simulado de Suporte Básico de Vida (JESBV). A amostra para validação do instrumento de avaliação do conhecimento foi composta por 29 juízes e seis juízes para o curso e roteiro do jogo. A coleta de dados foi realizada entre agosto e setembro de 2016. O estudo foi aprovado (Parecer nº 1.709.004 e CAAE: 58511516.0.0000.5292) pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial, utilizando os programas Microsoft-Excel e SPSS 20.0, com uso do índice Kappa (K) e Índice de Validade de Conteúdo (IVC), considerando aceitável K ≥0,65 e IVC>0,80. O nível de significância estatística estabelecido para o valor de ρ foi < 0,05. O ACSBV continha inicialmente 13 questões. Na validação do ACSBV, verificou-se que das 33 sugestões realizadas, 18 foram acatadas, 3 rejeitadas e 12, após análise de valores de IVC e Kappa, serviram de orientação para a exclusão de três questões. Assim, ao final foram removidas as questões (5, 6 e 13) com índice K ou IVC menores que o estabelecido nesse estudo, sendo a clareza o requisito com menores valores de adequação. Na avaliação global, após retirada das três questões, o instrumento final ficou com 10 questões e obteve IVC de 0,95 e K de 0,81. Quanto ao processo de validação do CSBV, verificou-se que das 16 sugestões realizadas, 14 foram acatadas e apenas 2 rejeitadas. A maioria das sugestões esteve relacionada aos requisitos avaliação geral do conteúdo, utilidade, clareza, objetividade e vocabulário. Desse modo, o CSBV foi validado com índices satisfatórios pelos juízes (IVC – 0,94; K - 0,87; nota média 9,50). Quanto ao JESBV, esse foi desenvolvido em 13 telas, das quais 9 apresentaram conteúdos de SBV, e as demais orientações gerais para o avançar do jogo. A elaboração do roteiro priorizou a complexidade gradativa dos conhecimentos em SBV com cuidados minuciosos na organização dos textos e na proposta das animações. Das cinco sugestões realizadas, todas foram acatadas, sendo a maioria relacionada aos requisitos de organização, clareza e vocabulário. Nenhum item foi considerado inadequado, apresentando o jogo um valor médio de 0,95 de IVC; 0,81 de Kappa e nota média de 9,67. O desenvolvimento de todas as ferramentas que compõe o Curso de Suporte Básico de Vida (CSBV) em EAD apesar de ter se mostrado um processo complexo e desafiador é válido para apoiar o ensino de urgência (nessa temática) para acadêmicos e profissionais de saúde.


  • Mostrar Abstract
  • O objetivo dessa investigação foi analisar as evidências de validação de um curso de Suporte Básico de Vida (SBV) na modalidade de ensino a distância (EAD) para acadêmicos e profissionais de saúde de um Hospital Universitário. Trata-se de uma pesquisa metodológica, quantitativa, utilizando enquanto método a teoria psicométrica de Pasquali. O estudo desenvolveu-se em duas etapas: construção e validação do conteúdo de três ferramentas: instrumento de avaliação de conhecimento em suporte básico de vida (ACSBV); conteúdo do curso de Suporte Básico de Vida (CSBV) e roteiro do jogo educativo simulado de Suporte Básico de Vida (JESBV). A amostra para validação do instrumento de avaliação do conhecimento foi composta por 29 juízes e seis juízes para o curso e roteiro do jogo. A coleta de dados foi realizada entre agosto e setembro de 2016. O estudo foi aprovado (Parecer nº 1.709.004 e CAAE: 58511516.0.0000.5292) pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial, utilizando os programas Microsoft-Excel e SPSS 20.0, com uso do índice Kappa (K) e Índice de Validade de Conteúdo (IVC), considerando aceitável K ≥0,65 e IVC>0,80. O nível de significância estatística estabelecido para o valor de ρ foi < 0,05. O ACSBV continha inicialmente 13 questões. Na validação do ACSBV, verificou-se que das 33 sugestões realizadas, 18 foram acatadas, 3 rejeitadas e 12, após análise de valores de IVC e Kappa, serviram de orientação para a exclusão de três questões. Assim, ao final foram removidas as questões (5, 6 e 13) com índice K ou IVC menores que o estabelecido nesse estudo, sendo a clareza o requisito com menores valores de adequação. Na avaliação global, após retirada das três questões, o instrumento final ficou com 10 questões e obteve IVC de 0,95 e K de 0,81. Quanto ao processo de validação do CSBV, verificou-se que das 16 sugestões realizadas, 14 foram acatadas e apenas 2 rejeitadas. A maioria das sugestões esteve relacionada aos requisitos avaliação geral do conteúdo, utilidade, clareza, objetividade e vocabulário. Desse modo, o CSBV foi validado com índices satisfatórios pelos juízes (IVC – 0,94; K - 0,87; nota média 9,50). Quanto ao JESBV, esse foi desenvolvido em 13 telas, das quais 9 apresentaram conteúdos de SBV, e as demais orientações gerais para o avançar do jogo. A elaboração do roteiro priorizou a complexidade gradativa dos conhecimentos em SBV com cuidados minuciosos na organização dos textos e na proposta das animações. Das cinco sugestões realizadas, todas foram acatadas, sendo a maioria relacionada aos requisitos de organização, clareza e vocabulário. Nenhum item foi considerado inadequado, apresentando o jogo um valor médio de 0,95 de IVC; 0,81 de Kappa e nota média de 9,67. O desenvolvimento de todas as ferramentas que compõe o Curso de Suporte Básico de Vida (CSBV) em EAD apesar de ter se mostrado um processo complexo e desafiador é válido para apoiar o ensino de urgência (nessa temática) para acadêmicos e profissionais de saúde.

8
  • KARLA VANESSA RODRIGUES SOARES MENEZES
  • Impact oh hospitalization in functional and mobility capacity o folder adults

  • Orientador : RICARDO OLIVEIRA GUERRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA CAROLINA PATRICIO DE ALBUQUERQUE SOUSA
  • ARMELE DE FATIMA DORNELAS DE ANDRADE
  • IRAMI ARAUJO FILHO
  • MAYLE ANDRADE MOREIRA
  • RICARDO OLIVEIRA GUERRA
  • Data: 13/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • Introduction As people get older remains a challenge maintaining functional
    capacity. Functional capacity defined as the ability to perform self-care
    activities (i.e. activities of daily living - ADLs) is classified inside the level of
    “activity and participation” of the International Classification of Functioning,
    Disability and Health (ICF). Previous studies have identified different risk
    factors for worsening functional capacity during hospitalization, including older
    age, sociodemographic characteristics, preexisting disability, comorbidity,
    cognitive loss and depression. In-hospital mobility has received particular
    attention due to its important relation to loss of functional capacity. Few
    studies about hospitalization effects on older adults were done in Brazil and in
    an attempt to fill this gap this study was developed. Identify older adults at risk
    for loss in functional capacity during hospitalization will help researchers and
    clinicians in order to make informed decisions. Objectives This study has
    three objectives. First: to provide an updated review to identify and appraise
    relevant instruments for the measurement of older adults’ mobility based on
    the ICF conceptual framework in the context of an acute care or intensive
    geriatric rehabilitation unit and to appraise and compare their measurement
    properties. Second: to evaluate if in-hospital mobility assessed at admission is 

    predictive of loss in functional capacity during hospitalization of older adults.
    Third: to assess functional changes since pre admission (baseline) until
    discharge of hospitalized older adults and identify predictors of loss in
    functional capacity. Methods This cohort prospective study was conducted at
    University Hospital Onofre Lopes (HUOL), Natal/RN, Brazil, between January
    1, 2014 and April 30, 2015. The study enrolled all consecutive patients aged
    60 years and older who were acutely admitted and fill the following inclusion
    criteria: 1) ability to provide informed consent; 2) admitted directly from the
    community; 3) screening for study eligibility performed in first 24 hours of
    admission. Independent variables included personal characteristics, domestic
    live activities (i.e. instrumental activities of daily living – IADL) evaluated by
    Lawton and Brody´s scale, cognition evaluated by Leganés cognitive test,
    depression assessed by Geriatric Depression Scale (GDS-15), in-hospital
    mobility evaluated by Short Physical Performance Battery (SPPB). The
    dependent variable functional capacity was assessed by Katz scale. Those
    instruments were applied at two different times: at admission (within first 24
    hours) and at discharge (12-24 hours before). Analysis included descriptive
    statistics, bivariate and multivariate, by means of frequencies, means ±
    standard error, receiver-operating characteristic (ROC), logistic binary
    regression and Generalized Estimating Equation (GEE). Data were entered
    into the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 18.0 for
    Windows. Results At discharge from the 1256 included 65 (5.1%) died during
    the hospitalization and final sample consisted of 1191 older adults. The mean
    age was 70.02 (±7.34), 684 (57.4%) participants were men and 790 were
    married (66.3%). The mean length of hospital stay was 7.65 days (±9.94). Our
    sample had a high prevalence of surgery (˃70%). Regarding to the best
    instruments to assess mobility De Morton Mobility Index (DEMMI) and SPPB
    presented the best balance between mobility coverage, measurement
    properties and applicability to acute care and intensive geriatric rehabilitation
    units. SPPB cutoff point of 6.5 (62% sensitivity, 54% specificity) identified 593
    (49.8%) patients at risk for loss in functional capacity. In logistic regression
    SPPB alone presented statistically significant prediction loss of functional
    capacity between admission and discharge. Finally regarding to changes in
    functional capacity 52.5% of the older adults were discharged with worse
    functional capacity than baseline. Be dependent in domestic life activities,
    presence of depressive symptons, low levels of cognition and in-hospital
    mobility were risk factors for greater loss in functional capacity after a
    hospitalization event. Conclusion We concluded that DEMMI and SPPB
    were the best instruments to assess mobility in hospitalized older adults.

    Regarding to functional capacity half of the sample presented loss in
    functioning between baseline and discharge and in-hospital mobility evaluated
    by SPPB can predict loss of function in hospitalized older adults. In addition to
    in-hospital mobility, dependence for domestic life activities, low levels of
    cognition and depression improve the detection of cases at risk of loss in
    functional capacity.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction As people get older remains a challenge maintaining functional
    capacity. Functional capacity defined as the ability to perform self-care
    activities (i.e. activities of daily living - ADLs) is classified inside the level of
    “activity and participation” of the International Classification of Functioning,
    Disability and Health (ICF). Previous studies have identified different risk
    factors for worsening functional capacity during hospitalization, including older
    age, sociodemographic characteristics, preexisting disability, comorbidity,
    cognitive loss and depression. In-hospital mobility has received particular
    attention due to its important relation to loss of functional capacity. Few
    studies about hospitalization effects on older adults were done in Brazil and in
    an attempt to fill this gap this study was developed. Identify older adults at risk
    for loss in functional capacity during hospitalization will help researchers and
    clinicians in order to make informed decisions. Objectives This study has
    three objectives. First: to provide an updated review to identify and appraise
    relevant instruments for the measurement of older adults’ mobility based on
    the ICF conceptual framework in the context of an acute care or intensive
    geriatric rehabilitation unit and to appraise and compare their measurement
    properties. Second: to evaluate if in-hospital mobility assessed at admission is 

    predictive of loss in functional capacity during hospitalization of older adults.
    Third: to assess functional changes since pre admission (baseline) until
    discharge of hospitalized older adults and identify predictors of loss in
    functional capacity. Methods This cohort prospective study was conducted at
    University Hospital Onofre Lopes (HUOL), Natal/RN, Brazil, between January
    1, 2014 and April 30, 2015. The study enrolled all consecutive patients aged
    60 years and older who were acutely admitted and fill the following inclusion
    criteria: 1) ability to provide informed consent; 2) admitted directly from the
    community; 3) screening for study eligibility performed in first 24 hours of
    admission. Independent variables included personal characteristics, domestic
    live activities (i.e. instrumental activities of daily living – IADL) evaluated by
    Lawton and Brody´s scale, cognition evaluated by Leganés cognitive test,
    depression assessed by Geriatric Depression Scale (GDS-15), in-hospital
    mobility evaluated by Short Physical Performance Battery (SPPB). The
    dependent variable functional capacity was assessed by Katz scale. Those
    instruments were applied at two different times: at admission (within first 24
    hours) and at discharge (12-24 hours before). Analysis included descriptive
    statistics, bivariate and multivariate, by means of frequencies, means ±
    standard error, receiver-operating characteristic (ROC), logistic binary
    regression and Generalized Estimating Equation (GEE). Data were entered
    into the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 18.0 for
    Windows. Results At discharge from the 1256 included 65 (5.1%) died during
    the hospitalization and final sample consisted of 1191 older adults. The mean
    age was 70.02 (±7.34), 684 (57.4%) participants were men and 790 were
    married (66.3%). The mean length of hospital stay was 7.65 days (±9.94). Our
    sample had a high prevalence of surgery (˃70%). Regarding to the best
    instruments to assess mobility De Morton Mobility Index (DEMMI) and SPPB
    presented the best balance between mobility coverage, measurement
    properties and applicability to acute care and intensive geriatric rehabilitation
    units. SPPB cutoff point of 6.5 (62% sensitivity, 54% specificity) identified 593
    (49.8%) patients at risk for loss in functional capacity. In logistic regression
    SPPB alone presented statistically significant prediction loss of functional
    capacity between admission and discharge. Finally regarding to changes in
    functional capacity 52.5% of the older adults were discharged with worse
    functional capacity than baseline. Be dependent in domestic life activities,
    presence of depressive symptons, low levels of cognition and in-hospital
    mobility were risk factors for greater loss in functional capacity after a
    hospitalization event. Conclusion We concluded that DEMMI and SPPB
    were the best instruments to assess mobility in hospitalized older adults.

    Regarding to functional capacity half of the sample presented loss in
    functioning between baseline and discharge and in-hospital mobility evaluated
    by SPPB can predict loss of function in hospitalized older adults. In addition to
    in-hospital mobility, dependence for domestic life activities, low levels of
    cognition and depression improve the detection of cases at risk of loss in
    functional capacity.

9
  • DAYANNE LOPES GOMES
  • INTERAÇÃO DE POLISSACARÍDEOS SULFATADOS DA MACROALGA MARINHA Caulerpa cupressoides var. flabellata COM CRISTAIS DE OXALATO DE CÁLCIO

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • JULLIANE TAMARA ARAUJO DE MELO CAMPOS
  • VANESSA DE PAULA SOARES RACHETTI
  • Heryka Myrna Maia Ramalho
  • LUCIANA NUNES MENOLLI LANZA
  • Data: 20/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • A urolitíase afeta aproximadamente 10% da população mundial e está associada fortemente aos cristais de oxalato de cálcio (CaOx). Atualmente não existe nenhum composto eficiente que pode ser utilizado para prevenir esta doença. No entanto, os polissacarídeos sulfatados (SPs) de algas possuem a capacidade de alterar a carga superficial dos cristais de CaOx e assim modificar a dinâmica da cristalização, devido a interação das cargas negativa desse polímero com a superfície do cristal durante sua síntese. Observamos que as frações polissacarídicas de C. cupressoides modifica a morfologia e o tamanho desses cristais, bem como altera a carga superficial dos cristais, tornando-os negativos, o que pode diminuir a interação desses cristais com as células renais. Análises de infravermelho comprovaram a ligação dos SPs e a tese de que eles atuam não somente diminuindo a supersaturação de Ca2+ no meio, mas também interagindo diretamente com os cristais. Além disso, através de análises de composição atômica (EDS), miscroscopia de fluorescência e citometria de fluxo (SPs conjugados com FITC), foi proposto um modelo de interação que esquematiza as interações entre os SPs de Caulerpa e com os cristais de CaOx para gerar as morfologias de cristais COD arredondados ou em forma de halteres e COM ovais e achatados. Este estudo é o primeiro passo para o entendimento das interações entre os SPs, que são moléculas promissoras para o tratamento da urolitíase, e os cristais de CaOx que são os principais causadores do cálculo renal.


  • Mostrar Abstract
  • A urolitíase afeta aproximadamente 10% da população mundial e está associada fortemente aos cristais de oxalato de cálcio (CaOx). Atualmente não existe nenhum composto eficiente que pode ser utilizado para prevenir esta doença. No entanto, os polissacarídeos sulfatados (SPs) de algas possuem a capacidade de alterar a carga superficial dos cristais de CaOx e assim modificar a dinâmica da cristalização, devido a interação das cargas negativa desse polímero com a superfície do cristal durante sua síntese. Observamos que as frações polissacarídicas de C. cupressoides modifica a morfologia e o tamanho desses cristais, bem como altera a carga superficial dos cristais, tornando-os negativos, o que pode diminuir a interação desses cristais com as células renais. Análises de infravermelho comprovaram a ligação dos SPs e a tese de que eles atuam não somente diminuindo a supersaturação de Ca2+ no meio, mas também interagindo diretamente com os cristais. Além disso, através de análises de composição atômica (EDS), miscroscopia de fluorescência e citometria de fluxo (SPs conjugados com FITC), foi proposto um modelo de interação que esquematiza as interações entre os SPs de Caulerpa e com os cristais de CaOx para gerar as morfologias de cristais COD arredondados ou em forma de halteres e COM ovais e achatados. Este estudo é o primeiro passo para o entendimento das interações entre os SPs, que são moléculas promissoras para o tratamento da urolitíase, e os cristais de CaOx que são os principais causadores do cálculo renal.

10
  • VANESSA DE FÁTIMA LIMA DE PAIVA MEDEIROS
  • EFEITOS DA ÁGUA DE COCO HIPERTÔNICA E SINVASTATINA NO TRATAMENTO DA SEPSE E CHOQUE HIPOVOLÊMICO EM RATOS

  • Orientador : ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • DEBORAH DE MELO MAGALHÃES PADILHA
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • REJANE ANDRADE DE CARVALHO
  • ROBSON DE MACEDO FILHO
  • Data: 28/07/2017

  • Mostrar Resumo
  • Reanimação e tratamento de choque e sepse são controversos e desafiadores. O objetivo deste estudo foi examinar os efeitos da água de coco + NaCl 3% + sinvastatina na reanimação em modelo murino de sepse e choque hemorrágico. Ratos Wistar machos adultos foram submetidos a sepse por ligadura e punção do  ceco e choque hemorrágico, divididos em quatro grupos de reposição hidroeletrolítica. 1. solução salina 0,9%; 2. água de coco + NaCl 3%; 3. água de coco + NaCl 3% + sinvastatina (microemulsão) 10 mg / Kg i.v; 4. Água de coco normal. Escore clínico, histologia e fluorescência do pulmão foram avaliados neste estudo. Dosagem sérica das citocinas TNF-α, IL-1β e IL-6 e contagem de leucócitos foram determinados. O tratamento com água de coco + NaCl 3% + sinvastatina resultou em resultados significativamente melhores de sobrevivência, análises bioquímicas e histopatologia comparando com os animais submetidos aos outros tratamentos. Em conclusão, o uso i.v. de água de coco com 3% de NaCl + sinvastatina influiu positivamente nos resultados do tratamento de ratos com choque hemorrágico e sepse em todos os parâmetros estudados. A implicação clínica dos efeitos antiinflamatórios no tratamento da inflamação associada à sepse e choque hemorrágico necessita ser melhor avaliada em estudos futuros.


  • Mostrar Abstract
  • Resuscitation and treatment of shock and sepsis are controversial and challenging. The objective of this study was to examine the effects of coconut water + 3% NaCl + simvastatin on resuscitation in a murine model of sepsis and hemorrhagic shock. Adult male Wistar rats were submitted to sepsis by ligature and cecal puncture and hemorrhagic shock, divided into four hydroelectrolytic replacement groups. 1. 0.9% saline solution; 2. coconut water + 3% NaCl; 3. coconut water + 3% NaCl + simvastatin (microemulsion) 10 mg / kg i.v; 4. Normal coconut water. Clinical scores, histology, and lung fluorescence were evaluated in this study. Serum cytokine levels of TNF-α, IL-1β and IL-6 and leukocyte counts were determined. Treatment with coconut water + NaCl 3% + simvastatin resulted in significantly better survival, biochemical and histopathological results compared to the animals submitted to the other treatments. In conclusion, i.v. use of coconut water with 3% NaCl + simvastatin had a positive effect on the treatment of rats with hemorrhagic shock and sepsis in all parameters studied. The clinical implication of anti-inflammatory effects in the treatment of inflammation associated with sepsis and hemorrhagic shock needs to be better evaluated in future studies.
11
  • THALYNE YURI ARAUJO FARIAS
  • Qualidade de vida de pessoas com úlcera venosa mensurado pelo CIVIQ-20

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • DANIELE VIEIRA DANTAS
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • CRISTINA KATYA TORRES TEIXEIRA MENDES
  • ROBERTA AZOUBEL
  • Data: 30/08/2017

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: Avaliar a qualidade de vida de pessoas com úlcera venosa através CIVIQ20.
    Método: estudo transversal, quantitativo, com amostra não probabilística,
    composta por 30 pessoas com DVC, que tinham úlcera ativa CEAP Clínico 6,
    realizado no ambulatório de angiologia de um hospital universitário em Natal/RN,
    através de um formulário estruturado de entrevista com características
    sociodemográficas e de saúde e um instrumento de Qualidade de Vida Relacionada
    à Saúde, CIVIQ-20. Principais resultados: Todas as dimensões do CIVIQ (Física,
    Dor, Social e Psicológica) e escore total do instrumento, todos obtiveram médias e
    medianas com valores que aproximam-se dos escores de pior qualidade de vida,
    com variações estatisticamente significantes (p<0,001). O que pode demonstrar um
    relevante impacto destes fatores que compões as dimensões do instrumento na
    qualidade de vida dos portadores de DVC participantes deste estudo, com destaque
    para a dimensão física com média de 71,0 e Dor com média de 67,0. Conclusão:
    Os resultados demonstram um importante impacto das dimensões do instrumento
    na qualidade de vida dos portadores de DVC participantes deste estudo.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: To evaluate the quality of life of people with venous ulcer through CIVIQ20. Method: cross-sectional, quantitative, non-probabilistic sample, Composed of 30 people with CVD who had active ulcer CEAP Clinical 6, Performed at the angiology outpatient clinic of a university hospital in Natal / RN, Through a structured interview form with characteristics Sociodemographic and health indicators and a related Quality of Life instrument To Health, CIVIQ-20. Main results: All dimensions of CIVIQ (Physics, Pain, Social and Psychological) and total score of the instrument, all obtained averages and Medians with values that approximate the scores of worse quality of life, With statistically significant variations (p <0.001). What can demonstrate a Impact of these factors that make up the instrument's dimensions in the Quality of life of patients with CVD in this study, For the physical dimension with a mean of 71.0 and Pain with a mean of 67.0. Conclusion: The results demonstrate an important impact of the dimensions of the instrument In the quality of life of patients with CVD participating in this study.
12
  • JULIANA MOTA FERREIRA
  • ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: AVALIAÇÃO DOS ATRIBUTOS E
    IDENTIFICAÇÃO DOS INDICADORES DE QUALIDADE E DE
    ESTRATÉGIAS DE MELHORIA DOS SERVIÇOS

  • Orientador : IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • AURIGENA ANTUNES DE ARAUJO
  • FLAVIA CHRISTIANE DE AZEVEDO MACHADO
  • DANIELA MENDES DA VEIGA PESSOA
  • MARIA DO CARMO EULÁLIO
  • Data: 15/09/2017

  • Mostrar Resumo
  • A Atenção Primária à Saúde (APS) é o primeiro nível de assistência dentro do sistema de saúde, e possui quatro atributos essenciais: acesso de primeiro contato, continuidade e integralidade da atenção, e coordenação da assistência. Acrescenta-se ainda outras três características (atributos derivados), que qualificam as ações em APS: atenção centrada na família, orientação comunitária, e competência cultural. A identificação da presença e extensão desses atributos é importante para definir um serviço como realmente orientado para a APS, e permite verificar a associação entre estes e os resultados - efetividade - da atenção sobre a saúde da população. Dessa forma, o processo avaliativo adquire um papel imprescindível para o alcance da eficácia e qualidade das ações e serviços de saúde, e consiste na fase inicial do processo de qualificação, devendo ser seguido pelo desenvolvimento de intervenções e estratégias direcionadas para a melhoria dos indicadores de qualidade da APS. Dentro desse contexto, o presente estudo teve como objetivo avaliar os atributos da APS em um município do Nordeste do Brasil; identificar os indicadores de qualidade em saúde; e descrever estratégias utilizadas em âmbito nacional e internacional para melhoria dos serviços. Primeiro, realizou-se um estudo transversal descritivo com o intuito de avaliar a presença e extensão dos atributos da APS, por meio da aplicação do instrumento PCATool-Brasil. Em um segundo momento, foi realizada uma revisão sistemática, no período de 2011 a 2015, buscando descrever experiências internacionais relacionadas a avanços e melhorias na APS; identificar quais os indicadores utilizados para qualificar a APS; e descrever intervenções ou estratégias utilizadas no Brasil para ampliar a qualidade dos resultados. A análise dos atributos mostrou que a pontuação total média foi 6,88 ± 0,91. A pontuação média para o atributo essencial foi 6,61 ± 0,91 e para o atributo derivado foi 7,80 ± 1,30. O componente de primeiro contato-acesso mostrou média baixa (3,76 ± 1,11), enquanto que o sistema de coordenação de informações apresentou a maior pontuação média (8,06 ± 1,60). A revisão sobre estratégias utilizadas nos diversos países mostrou que a maioria dos estudos estavam relacionados à coordenação do cuidado, programas ou modelos para gerenciar as práticas, e ferramentas de tecnologia. Quanto aos indicadores de qualidade, foram compilados 18 domínios. As intervenções ou estratégias relacionadas aos indicadores de qualidade foram, em sua maioria, direcionadas para promoção da saúde e prevenção de agravos, utilizando educação em saúde, orientação farmacêutica e nutricional e recursos tecnológicos. Concluiu-se que a avaliação dos atributos mostrou forte orientação aos cuidados primários de saúde, considerando a acessibilidade como um grande desafio da APS no Brasil. A revisão das práticas e experiências internacionais mostrou ser um mecanismo relevante para identificar possíveis soluções para superar obstáculos e alcançar melhores resultados. O reconhecimento dos indicadores de qualidade essenciais para a melhoria da prestação do cuidado também fornece suporte adicional para o monitoramento da qualidade da APS. Destaca-se a multidisciplinaridade envolvida em estudos que abordam o sistemas de saúde, sendo necessária uma visão ampliada de gestão e planejamento, qualidade de serviços, políticas públicas, processo saúdedoença, entre outras, para uma melhor compreensão da realidade.


  • Mostrar Abstract
  • Primary Health Care (PHC) is the first level of care within the of the health system, and has four essential attributes: first contact, continuity and integrality of care, and coordination of the assistance. It also adds three other characteristics (attributes derivatives), which qualify actions in PHC: family-centered attention, community orientation, and cultural competence. Identifying the presence and extension of these attributes is important in order to define a service as really oriented towards PHC, and allows to verify the association between these and he results - effectiveness - of the health care of the population. In this way, the evaluative process acquires an essential role for the effectiveness and quality of health actions and services, and consists of the initial stage of the qualification process and should be followed by development of interventions and strategies aimed at improving quality indicators. Within this context, this The purpose of this study was to evaluate the attributes of PHC in a Northeast of Brazil; identify health quality indicators; and describe strategies used at the national and international levels to improvement of services. First, a descriptive cross-sectional study with the purpose of evaluating the presence and extension of APS attributes, instrument of PCATool-Brazil. In a second At the same time, a systematic review was carried out, in the period from 2011 to 2015, describing international experiences related to advances and improvements in PHC; identify which indicators are used to qualify the APS; and to describe interventions or strategies used in Brazil to improve the quality of results. The analysis of the attributes showed that the The mean total score was 6.88 ± 0.91. The average score for the attribute essential was 6.61 ± 0.91 and for the derived attribute was 7.80 ± 1.30. O first-contact component showed low mean (3.76 ± 1.11), whereas the information coordination system presented the highest average score (8.06 ± 1.60). The review of strategies used in several countries showed that the majority of the studies were related to coordination of care, programs or models to manage practices, and technology tools. As for the quality indicators, compiled 18 domains. Interventions or strategies related to quality indicators were, for the most part, directed towards promotion of health and prevention of diseases, using health education, pharmaceutical and nutritional guidance and technological resources. It was concluded that the evaluation of the attributes showed a strong orientation towards primary health care, considering accessibility as a major challenge of APS in Brazil. The review of international practices and experiences has proved to be a relevant mechanism to identify possible solutions for overcome obstacles and achieve better results. The recognition of quality indicators essential for improving care delivery It also provides additional support for monitoring the quality of the APS. It highlights the multidisciplinarity involved in studies that health systems, and a broader view of planning, quality of services, public policies, health process, among others, for a better understanding of reality.

13
  • WERUSKA ALCOFORADO COSTA
  • THE INFLUENCE OF PAIN AND SPIRITUALITY IN THE QUALITY OF LIFE OF WOMEN WITH BREAST CANCER

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • IVONETE BATISTA DE ARAUJO
  • GUSTAVO MAFALDO SOARES
  • JOSÉ MARIA SOARES JUNIOR
  • MARIA AMELIA DE ROLIN RANGEL
  • Data: 23/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • Breast cancer can lead to symptoms such as pain, fatigue, decreased functional capacity, anxiety, and stress which can compromise patients' quality of life (QoL). Through the illness process spirituality can be a coping resource that could be associated with better QoL. In this context, the overall study objective is to evaluate the influence of pain and spirituality on QoL in women living with breast cancer. This is an observational, cross-sectional and quantitative study, carried out from July 2014 to April 2015, in a hospital cancer center reference at Natal / RN. A sample of 400 women with breast cancer was evaluated in three groups: 118 without metastasis (MTX), 160 with locoregional MTX and 122 with MTX at a distance.  A complementary questionnaire addressing sociodemographic and clinical variables and Instruments were applied: the European Organization for Research and Treatment for Cancer Quality of Life Questionnaire-Core 30 (EORTC QLQ-C30) and a disease-specific module for Breast Cancer BR23 to evaluate QoL, Spiritual Perspective Scale to assess spirituality and Short-Form McGill Pain Questionnaire was used to to describe pain. Data were analyzed by descriptive and inferential statistics. The Fisher and Chi-square tests were used to verify the existence of dependence relationship between spirituality and sociodemographic and clinical variables; ANOVA assessed the association between QoL and clinical variables, and the Tukey test was applied to indicate the magnitude of this association. The results showed a high prevalence of pain (71.7%) in patients and identified an association between the presence of pain and QoL. In the Global Health Scale (GHS) by the EORTC QLQC30 the group without MTX, mean 55.3 (SD=24.8) for those who had pain, 69.7 (SD=19.2) for no pain (p = 0.001); MTX locoregional, with pain had score 59.1 (SD=21.3), and those without pain 72.4 (SD=18.6) (p<0.001). In the MTX distance group, patients with mean pain 48.6 (SD=23.1) and 67.6 (SD=20.4) without pain (p=0.002). Considering spirituality, regardless of disease status, evangelical women showed greater spirituality: in the group without MTX (p=0.013), with locoregional MTX (p=0.011) and in the MTX group at a distance (p = 0.009). When the level of spirituality was analyzed associated with the EORTC scales, 39.8% of patients without MTX had a higher level of spirituality, both in the Symptom Scale (p=0.04) and GHS (p=0.02). The results showed that patients with higher levels of spirituality had higher values of QOL, regardless of the presence or absence of MTX.


  • Mostrar Abstract
  • Breast cancer can lead to symptoms such as pain, fatigue, decreased functional capacity, anxiety, and stress which can compromise patients' quality of life (QoL). Through the illness process spirituality can be a coping resource that could be associated with better QoL. In this context, the overall study objective is to evaluate the influence of pain and spirituality on QoL in women living with breast cancer. This is an observational, cross-sectional and quantitative study, carried out from July 2014 to April 2015, in a hospital cancer center reference at Natal / RN. A sample of 400 women with breast cancer was evaluated in three groups: 118 without metastasis (MTX), 160 with locoregional MTX and 122 with MTX at a distance.  A complementary questionnaire addressing sociodemographic and clinical variables and Instruments were applied: the European Organization for Research and Treatment for Cancer Quality of Life Questionnaire-Core 30 (EORTC QLQ-C30) and a disease-specific module for Breast Cancer BR23 to evaluate QoL, Spiritual Perspective Scale to assess spirituality and Short-Form McGill Pain Questionnaire was used to to describe pain. Data were analyzed by descriptive and inferential statistics. The Fisher and Chi-square tests were used to verify the existence of dependence relationship between spirituality and sociodemographic and clinical variables; ANOVA assessed the association between QoL and clinical variables, and the Tukey test was applied to indicate the magnitude of this association. The results showed a high prevalence of pain (71.7%) in patients and identified an association between the presence of pain and QoL. In the Global Health Scale (GHS) by the EORTC QLQC30 the group without MTX, mean 55.3 (SD=24.8) for those who had pain, 69.7 (SD=19.2) for no pain (p = 0.001); MTX locoregional, with pain had score 59.1 (SD=21.3), and those without pain 72.4 (SD=18.6) (p<0.001). In the MTX distance group, patients with mean pain 48.6 (SD=23.1) and 67.6 (SD=20.4) without pain (p=0.002). Considering spirituality, regardless of disease status, evangelical women showed greater spirituality: in the group without MTX (p=0.013), with locoregional MTX (p=0.011) and in the MTX group at a distance (p = 0.009). When the level of spirituality was analyzed associated with the EORTC scales, 39.8% of patients without MTX had a higher level of spirituality, both in the Symptom Scale (p=0.04) and GHS (p=0.02). The results showed that patients with higher levels of spirituality had higher values of QOL, regardless of the presence or absence of MTX.

14
  • ALEXANDRE COELHO SERQUIZ
  • (OBTENÇÃO DE EXTRATOS AQUOSOS DE POLPA, CASCA E SEMENTE DA FRUTA ATEMOIA (ANNONA CHERIMOLA X ANNONA SQUAMOSA L.): IDENTIFICACAO DE COMPONENTES ATIVOS E AVALIACAO DE ALGUMAS DE SUAS PROPRIEDADES  IN VITRO E IN VIVO)

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • ADRIANA FERREIRA UCHOA
  • RAQUEL BRANDT GIORDANI
  • MARIA APARECIDA MEDEIROS MACIEL
  • THALES ALLYRIO ARAUJO DE MEDEIROS FERNANDES
  • Data: 27/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • (A exposição ao ambiente, níveis elevados de xenobióticos na dieta e até as reações bioquímicas realizados pelo metabolismo humano, aumentam a geração de espécies reativas de oxigênio (ERO) e nitrogênio (ERN). Essa elevação de ERO e ERN cria um estresse oxidativo, podendo gerar uma série de problemas fisiopatológicos. Estudos bioquímicos relatam que os antioxidantes dietéticos possuem benefícios na prevenção de doenças. As frutas se destacam pela grande quantidade de substâncias bioativas com essa atividade benéfica. A atemoia é uma delas, contudo, ainda foi pouco estudada e não sendo possível saber seus componentes químicos (nutrientes) e seus efeitos no metabolismo após sua ingesta. Portanto, é muito importante compreender os mecanismos da reação dos antioxidantes presentes na fruta atemoia com as espécies reativas. Neste trabalho foram feitos ensaios in vitro e in vivo, dos quais destacam-se a formação de extrato aquoso e farinha das partes da semente, casca e polpa, quantificação de proteínas, carboidratos e compostos fenólicos, como também a avaliação da presença de inibidores de proteases e hemaglutininas, além dos testes antioxidantes; capacidade antioxidante total (CAT), sequestro de radicais hidroxila (SRH), sequestro de radicais superóxido (SRS), quelação de metais (QM), além da avaliação de estresse oxidativo por parâmetros bioquímicos e histológico em animais alimentados com as partes da atemoia. Foram detectados a presença de inibidores de protease e aglutininas nos extratos da atemoia, essas substâncias possuem potencial para serem utilizadas na área da biotecnologia ou biomédica, ajudando na prevenção de doenças ou até mesmo no melhoramento genético das frutas. Os extratos apresentaram proteínas, carboidratos e compostos fenólicos em sua composição, fato que sugere uma sinergia entre esses compostos no efeito antioxidante, vale ressaltar que no estudo supõem-se a presença de outras substâncias não conhecidas, que podem estar influenciando nesses efeitos. Já os estudos in vivo mostram um efeito não tóxico dos extratos. Os melhores resultados in vivo foram obtidos com extrato semente. Sendo assim, propõem-se que os extratos de atemoia tem propriedades funcionais. E estudos futuros devem ser realizados com intuito de se elucidar as vias e compostos específicos que possam atuar nesses benefícios.)

    .


  • Mostrar Abstract
  • Exposure to the environment, elevated xenobiotic levels in the diet and even the biochemical reactions performed
     by human metabolism, increase the generation of reactive oxygen species (ROS) and nitrogen (RN) .
    This increase in ROS and RNA creates an oxidative stress, and it can generate a series of pathophysiological
    problems. Biochemical studies report that dietary antioxidants have benefits in the prevention of diseases,
    fruits are distinguished by the large amount of bioactive substances with this beneficial activity.
    it is not possible to know its chemical components (nutrients) and their effects on the metabolism after its
    ingestion. Therefore, it is very important to understand the mechanisms of the reaction of the antioxidants
    present in the atemoia fruit with the reactive species, of which the formation of aqueous extract and flour of
     the parts of the sem proteins, carbohydrates and phenolic compounds, as well as the evaluation of the
     presence of inhibitors of proteases and hemagglutinins, in addition to the antioxidant tests; total antioxidant
    capacity (CAT), hydroxyl radical sequestration (SRH), superoxide radical scavenging (SRS), metal chelation
    (QM), and oxidative stress evaluation by biochemical and histological parameters in animals fed the atemoia
     parts. The presence of protease inhibitors and agglutinins in atemoia extracts have been detected. These
     substances have the potential to be used in the biotechnology or biomedical area, helping to prevent diseases
     or even to improve the genetic quality of fruits. The extracts present proteins, carbohydrates and phenolic
    compounds in their composition, a fact that suggests a synergy between these compounds in the
     antioxidant effect, it is worth mentioning that the study supposes the presence of other substances not
    known, which may be influencing these effects. In vivo studies, however, show a nontoxic effect of the
    extracts. The best in vivo results were obtained with seed extract. Thus, it is proposed that the extracts of
     atemoia have functional properties. And future studies should be carried out in order to elucidate specific
     pathways and compounds that can act on these benefits.
15
  • ANTONIO ARILDO REGINALDO DE HOLANDA
  • ALTERAÇÕES FISIOLÓGICAS MAMÁRIAS DURANTE A GESTAÇÃO E LACTAÇÃO NORMAIS: ASPECTOS ULTRASSONOGRÁFICOS E DOPPLERFLUXOMÉTRICOS

  • Orientador : TECIA MARIA DE OLIVEIRA MARANHAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • TECIA MARIA DE OLIVEIRA MARANHAO
  • ANA CRISTINA PINHEIRO FERNANDES DE ARAUJO
  • MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI
  • CLÉBER DE MESQUITA ANDRADE
  • CRISTYANNE SAMARA MIRANDA DE HOLANDA DA NÓBREGA
  • Data: 06/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Durante a gravidez e lactação as mamas apresentam  alterações importantes, que ainda não são totalmente compreendidas.  A ultrassonografia e  a ressonância magnética são os métodos mais apropriados para avaliar as alterações mamárias  durante a gravidez e lactação, sendo fundamental um conhecimento sólido da anatomia e  das doenças mamárias. Além disso, existem poucas publicações sobre a imagem da mama, relacionando a anatomia e fisiologia durante o ciclo grávido-puerperal.  A presente pesquisa teve como objetivo avaliar as alterações fisiológicas mamárias mediante ultrassonografia mamária e dopplerfluxometria das artérias mamárias em gestantes e lactantes normais, comparadas  com um grupo de mulheres não grávidas, avaliadas na fase folicular  e lútea da ciclo menstrual. Este  estudo, classificado como observacional e transversal, foi realizado entre agosto de 2013 e agosto de 2016, com  165 mulheres. As variáveis dependentes foram as  medidas da pele, do tecido adiposo subcutâneo, do tecido fibroglandular, do tecido adiposo retromamário, o diâmetro dos ductos, assim como os Índices de pulsatilidade (IP) e resistência (IR) das artérias mamárias internas. As variáveis independentes foram os diversos momentos de avaliação, representados pelos cinco grupos estabelecidos. Para a análise estatística foram calculadas médias e desvios-padrão, sendo usados dois modelos MANOVA (Análise de Variância Multivariada) para avaliar o efeito dos grupos sobre os valores médios encontrados, bem como foram ajustados  modelos ANOVA  para os valores médios individualmente. O teste de comparações múltiplas de Tukey-Kramer foi usado para a análise da diferença e das características entre os grupos. Foi considerado o nível de significância de 5%.   A partir dos dados coletados,  inicialmente foram originados  dois artigos, um com resultados parciais, avaliando apenas os grupos de gestantes, publicado na Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (RBGO) e outro de revisão, publicado na revista Radiologia Brasileira. O terceiro artigo,  submetido e aceito para publicação pela revista Clinical and Experimental Obstretics and Gynecology, mostrou que  existem alterações em mulheres durante o ciclo grávido-lactacional, as quais apresentam diferenças  com relação  às medidas da pele, do tecido fibroglandular e do diâmetro dos ductos e do  tecido adiposo subcutâneo, quando comparadas às mulheres não grávidas. A análise dos dados mostrou que não   existiram  diferenças significativas entre os grupos de gestantes e lactantes. 


  • Mostrar Abstract
  • During pregnancy and lactation breasts undergo important changes that are not fully understood. Ultrasound and magnetic resonance are the most suitable methods to assess breast alterations during pregnancy and lactation, making a solid knowledge of anatomy and breast diseases essential. Moreover, there are few articles on breast imaging, relating anatomy and physiology during the pregnancy-postpartum cycle. The present study aimed to assess physiological breast changes using ultrasound and dopper flowmetry of mammary arteries in normal pregnant and lactating women, compared to a group of non-pregnant women evaluated in the folicular and luteal phases of the menstrual cycle. This cross-sectional observational study was conducted between August 2013 and August 2016, with 203 women. The dependent variables were measures of skin, subcutaneous adipose tissue, fibroglandualr tissue, retromammary adipose tissue, duct diameter, as well as pulsatility (PI) and resistive indices (RI) of internal mammary arteries. The independent variables were the different assessment moments, represented by the five groups established. Statistical analysis involved calculating the means and standard deviations using two MANOVA models (Multivariate Analysis of Variance) to assess the group effect on the average values obtained. ANOVA models were individually fit to the mean values. The Tukey-Kramer multiple comparisons test was applied to analyze intergroup differences and characteristics, at a 5% significance level. 

    Based on the data collected,  one article with partial results, assessing only groups of pregnant women, was published in the Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (RBGO) and a review article in the journal Radiologia Brasileira. A third article, submitted and accepted for publication by the jornal Clinical and Experimental Obstetrics and Gynecology, showed changes in women during the pregnancy-lactation cycle that exhibed diferences in the measures of skin, fibroglandular tissue, subcutaneous adipose tissue and duct diameter,   when compared to non-pregnant women. Data analysis revealed no significant differences between the groups of pregnant and lactating women. 

16
  • MARILIA DANIELA FERREIRA DE CARVALHO MOREIRA
  • INFLUÊNCIA DO CÓLON NA REGENERAÇÃO HEPÁTICA DE RATOS SUBMETIDOS A HEPATECTOMIA E COLECTOMIA

  • Orientador : ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDO DA CUNHA MEDEIROS
  • CIPRIANO DA CRUZ FORMIGA
  • DEBORAH DE MELO MAGALHÃES PADILHA
  • GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
  • VALERIA SORAYA DE FARIAS SALES
  • Data: 12/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho visa examinar se a colectomia associada à hepatectomia 70% influencia parâmetros de regeneração do fígado em ratos. Foram utilizados 18 ratos Wistar distribuídos em 3 grupos (6 animais cada). No grupo I (sham) foi realizada uma laparotomia com leve manipulação de alças; no grupo II uma colectomia + hepatectomia a 70%; e no grupo III apenas hepatectomia a 70%. No 6° dia pós-operatório foi colhido sangue por punção cardíaca sob anestesia, seguido de eutanásia. Realizadas dosagens séricas de alanina aminotransferase (ALT), aspartato amino transferase (AST), fosfatase alcalina (FA), albumina, fator de crescimento de hepatócitos (HGF) e fator de crescimento transformador-α (TGF-α). A regeneração do fígado foi calculada pela fórmula: (razão do peso do fígado por 100g do peso corporal no momento da eutanásia/peso do fígado no pré-operatório projetado por 100g de peso corporal) × 100.  Os testes de análise de variância (ANOVA) e Tukey foram usados, com significância p<0,05. Resultados: Houve uma menor e significante magnitude dos níveis de ALT e AST no grupo II comparados com o grupo III (p<0,001). A albuminemia mostrou níveis significativamente mais elevados no grupo II que no III. Os níveis de HGF (408±18,2 pg/mL) e TGF-α (3,8±0,3 ng/mL) no grupo II foram significativamente mais elevados que o HGF (360±58,6 pg/mL) e TGF-α (2,3±0,4 ng/mL) no grupo III, respectivamente (p<0,001). O percentual de regeneração hepática foi significativamente mais elevado no grupo II, do que no grupo III (p=0,003). Este estudo concluiu que a colectomia realizada simultaneamente à hepatectomia 70% influenciou positivamente na regeneração do fígado em ratos. Pesquisas adicionais são necessárias para revelar os mecanismos moleculares deste efeito e para caracterizar a influência do cólon na fisiologia do fígado. 


  • Mostrar Abstract
  • Objetivo: Examinar se a colectomia associada à hepatectomia 70% influencia a regeneração do fígado em ratos. Métodos: Foram utilizados 18 ratos Wistar distribuídos em 3 grupos (6 animais cada). No grupo I (sham) foi realizada laparotomia; no grupo II colectomia + hepatectomia 70%; no grupo III apenas hepatectomia 70%. No 6° dia pós-operatório colhido sangue por punção cardíaca sob anestesia, seguido de eutanásia. Realizadas dosagens séricas de ALT, AST, fosfatase alcalina, albumina, fator de crescimento de hepatócitos (HGF), fator de crescimento transformador-α (TGF-α). A regeneração do fígado foi calculada pela fórmula: (razão peso do fígado por 100g do peso corporal no momento da eutanásia/peso do fígado no pré-operatório projetado por 100g de peso corporal)×100. Os testes ANOVA e Tukey foram usados, significância p<0,05. Resultados: Os níveis de ALT e AST foram significativamente menores no grupo II comparados com o grupo III (p<0,001). A albuminemia mostrou níveis significativamente mais elevados no II que no III. Os níveis de HGF (408±18,2 pg/mL) e TGF-α (3,8±0,3 ng/mL) no grupo II foram significativamente mais elevados que no grupo III HGF (360±58,6 pg/mL), TGF-α (2,3±0,4 ng/mL), respectivamente (p<0,001). O percentual de regeneração hepática foi significativamente mais elevado no grupo II, do que no grupo III (p=0,003). Conclusão: O estudo demonstrou que a colectomia realizada simultaneamente à hepatectomia 70% influenciou positivamente na regeneração do fígado em ratos. Pesquisas adicionais são necessárias para revelar os mecanismos moleculares deste efeito e para caracterizar a influência do cólon na fisiologia do fígado. 

17
  • MARIA JOSE DE BRITTO COSTA FERNANDES
  • TUBERCULOSE ASSOCIADA À AIDS: ANÁLISE ESPACIAL E TEMPORAL
    DOS COINFECTADOS, NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE,
    BRASIL (2001-2011)

  • Orientador : IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANIELA MENDES DA VEIGA PESSOA
  • DYEGO LEANDRO BEZERRA DE SOUZA
  • FLAVIA CHRISTIANE DE AZEVEDO MACHADO
  • IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • MARIA DO CARMO EULÁLIO
  • Data: 12/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • A sinergia entre a tuberculose e o vírus da imunodeficiência humana
    (HIV) vem causando grande impacto na epidemiologia da tuberculose
    nas Américas, seja em países desenvolvidos ou naqueles em
    desenvolvimento, configurando um problema emergente em todo o
    continente. A coinfecção pelo Micobacterium tuberculosis e o HIV vem
    sendo estudada em vários países, onde as duas infecções
    representam um importante problema de saúde pública. A infecção
    pelo HIV pode ser considerada, atualmente, um dos principais fatores
    de risco que faz com que um indivíduo com a tuberculose latente
    (TBL) desenvolva a tuberculose ativa. A população de estudo
    constituiu-se de todos os casos de TB e da coinfecção TB/AIDS,
    ocorridos no Estado do Rio Grande do Norte, notificados no banco de
    dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINANMS),
    no período de 2001 a 2011. Para uma análise temporal mais
    consistente, foram construídos mapas considerando o triênio 2001 –
    2003 e os quadriênios 2004 – 2007 e 2008 – 2011. Informações sócio
    demográficas foram obtidas com base no censo 2010 – IBGE a nível
    de município. Para a análise estatística, utilizou-se ferramentas SIG
    usando o software QGIS versão 2.0.1 Dufour (www.qgis.org), técnicas
    de análise estatística espacial para dados de áreas usando o software
    R-System versão 2.15.0 (www.r-project.gov), além do SPSS versão
    18. A forma padrão de apresentação de dados de área foi feita por
    meio de mapas temáticos referentes a taxa de incidência (TI),
    permitindo observar o padrão de variação espacial. Constatou-se uma
    variação temporal com tendência ascendente da coinfecção TB/AIDS;
    com uma maior incidência na faixa etária de 20 a 49 anos; seguida da
    faixa etária ≥ 50 anos; a forma pulmonar foi a mais frequente; o sexo
    masculino foi o predominante. Busca-s
    coletadas, contribuir com indicadores que possam melhor direcionar
    os recursos na rotina do tratamento dos coinfectados no Estado do
    Rio Grande do Norte, Brasil.
    ORIENTADOR AUTORIZAÇÃO DA COORDENAÇÃO
    Assinatura/Carimbo do Orientador Assinatura/Carimbo da Coordenação
    OBSERVAÇÃO


  • Mostrar Abstract
  • The synergy between tuberculosis and human immunodeficiency virus (HIV) has been making a major impact on the epidemiology of tuberculosis in the Americas, whether in developed countries or in developing an emerging problem throughout the world. continent. Co-infection with Micobacterium tuberculosis and HIV being studied in several countries, where the two infections an important public health problem. The infection can be considered, at present, one of the main factors of risk that causes an individual with latent tuberculosis to (TBL) to develop active tuberculosis. The study population consisted of all cases of TB and TB / AIDS coinfection, occurred in the State of Rio Grande do Norte, notified to the data from the Notification of Injury Information System (SINANMS), in the period from 2001 to 2011. For a more detailed consistent, maps were constructed considering the triennium 2001 - 2003 and the quadrenniums 2004 - 2007 and 2008 - 2011. Partner information demographic variables were obtained based on the 2010 - IBGE census at the of municipality. For the statistical analysis, GIS tools were used using QGIS software version 2.0.1 Dufour (www.qgis.org), techniques of spatial statistical analysis for area data using software R-System version 2.15.0 (www.r-project.gov), in addition to the SPSS version 18. The standard form of presentation of area data was made by thematic maps of the incidence rate (IT), allowing to observe the spatial variation pattern. It was found temporal variation with upward trend in TB / AIDS coinfection; with a higher incidence in the age group of 20 to 49 years; followed by age range ≥ 50 years; pulmonary form was the most frequent; the sex was predominant. Search collected, contribute with indicators that can better target resources in the routine treatment of coinfected patients in the State of Rio Grande do Norte, Brazil. AUTHORIZATION OF COORDINATION Signature / Guidance Stamp Signature / Coordination Stamp NOTE
18
  • IRIGRÁCIN LIMA DINIZ BASÍLIO
  • HELICOBACTER PYLORY E ÁREA URBANA E SUA RELAÇÃO COM A DOENÇA GÁSTRICA

  • Orientador : SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • LARA DE MELO BARBOSA ANDRADE
  • NILMA DIAS LEAO COSTA
  • ADRIANO AZEVEDO DE MELLO
  • MARIA GORETTI FREIRE DE CARVALHO
  • Data: 14/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Infection by Helicobacter pylori affects half of the world`s population and persistence of this pathogen is the principal cause of gastric diseases, and eventual cancer development. There are several virulent factors associated with H. pylori outcome. The purpose of the study was to estimate the prevalence of H. pylori infection in an adult population in northeast of Brazil and to identify the risk factors for dyspeptic symptoms. We evaluated 200 subjects from Campina Grande, a city in Northeast Brazil. All subjects presented with dyspeptic complaints. They underwent physical examination and endoscopy, followed by Gastric biopsies. Urease test wasperformed for all participants. Fragments of biopsies were examined for histology and DNA was extracted from all fragments. DNA samples were tested for H. pylori by Polymerase Chain Reaction. Females composed 72.5% (145/200) of subjects. Only 17.5% (35/200) of the elderly were exposed to infection and 65% (78/200) used city water. Lack of hand washing, exposure to city water and smoking were considered risk factors for H. pylori infection. Belching was the most common symptom associated with infection and gastritis, regardless of grade. Presence of H. pylory increased the severity of gastritis. Prevalence of H. pylori infection was higher in people with symptoms of gastritis and the severity of symptoms was associated with infection.




  • Mostrar Abstract
  • Infection by Helicobacter pylori affects half of the world`s population and persistence of this pathogen is the main cause of gastric diseases, and eventual cancer development. There are several virulent factors associated with H. pylori outcome. The purpose of the study was to estimate the prevalence of H. pylori infection in an adult population in northeast Brazil and to identify the risk factors for dyspeptic symptoms. We evaluated 200 subjects from Campina Grande, a city in Northeast Brazil. All subjects presented with dyspeptic complaints. They underwent physical examination and endoscopy, followed by Gastric biopsies. Urease test wasperformed for all participants. Fragments of biopsies were examined for histology and DNA was extracted from all fragments. DNA samples were tested for H. pylori by Polymerase Chain Reaction. Females composed 72.5% (145/200) of subjects. Only 17.5% (35/200) of the elderly were exposed to infection and 65% (78/200) used city water. Lack of hand washing, exposure to city water and smoking were considered risk factors for H. pylori infection. Belching was the most common symptom associated with infection and gastritis, regardless of grade. Presence of H. pylori increased the severity of gastritis. Prevalence of H. pylori infection was higher in people with symptoms of gastritis and the severity of symptoms was associated with infection.
19
  • ADILA LORENA MORAIS LIMA
  • FACTORS ASSOCIATED WITH HUMAN INFECTION BY Leishmania infantum AND ITS SPATIAL PATTERN IN A NORTHEAST DENMARK AREA OF BRAZIL

  • Orientador : SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LARA DE MELO BARBOSA ANDRADE
  • MARIA GORETTI FREIRE DE CARVALHO
  • NILMA DIAS LEAO COSTA
  • SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • WANESKA ALEXANDRA ALVES
  • Data: 15/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Visceral leishmaniasis (VL) or kala-azar, is one of the most deadly parasitic diseases and tends to affect mainly the poorest and most vulnerable populations. In Brazil, the disease had a predominantly rural distribution, but from the 1980s was its expansion to urban and peri-urban areas of medium and large, like Natal-RN. The aim of this study was to evaluate the factors associated with human infection with Leishmania infantum and its spatial distribution in Natal-RN municipality. This is an exploratory descriptive epidemiological study, ecological analysis, considering as the unit of analysis neighborhoods (n = 36) that make up the municipality.  A temporal analysis was performed (1990-2014) for the demographic characteristics of cases of human VL and VL-HIV coinfection, and spatial analysis (2007-2014) and correlation with socioeconomic and environmental factors, canine infection and potentially influencing entomological indicators transmission of Leishmania. The data of human infection show strong endemism of VL in Natal. Were observed high density Lu. longipalpis and high Leishmania infection in dogs over the years. Human VL, measured by the number of case rate per 100,000 population, showed heterogeneous distribution and spatial expansion over time, with the highest concentration of cases in the north of the city. Males under the age of 4 years were the most affected and there was a growing number of cases of VL-HIV coinfection. Socio-economic and structural variables, which increase implies improving the standard of the neighborhood, such as garbage collection, earning more than three minimum wages and literate population, led to a reduction in the incidence rate of VL, while lack of sanitation and income below the minimum wage, promoted its increase. VL in Natal has its expansion associated with poverty and people in more vulnerable population, such as children and immunocompromised, dwelling areas of recent development with poor public infrastructure and the presence of infected dogs.


  • Mostrar Abstract
  • Visceral leishmaniasis (VL) or kala-azar, is one of the most deadly parasitic diseases and tends to affect mainly the poorest and most vulnerable populations. In Brazil, the disease had a predominantly rural distribution, but from the 1980s was its expansion to urban and peri-urban areas of medium and large, like Natal-RN. The aim of this study was to evaluate the factors associated with human infection with Leishmania infantum and its spatial distribution in Natal-RN municipality. This is an exploratory descriptive epidemiological study, ecological analysis, considering as the unit of analysis neighborhoods (n = 36) that make up the municipality.  A temporal analysis was performed (1990-2014) for the demographic characteristics of cases of human VL and VL-HIV coinfection, and spatial analysis (2007-2014) and correlation with socioeconomic and environmental factors, canine infection and potentially influencing entomological indicators transmission of Leishmania. The data of human infection show strong endemism of VL in Natal. Were observed high density Lu. longipalpis and high Leishmania infection in dogs over the years. Human VL, measured by the number of case rate per 100,000 population, showed heterogeneous distribution and spatial expansion over time, with the highest concentration of cases in the north of the city. Males under the age of 4 years were the most affected and there was a growing number of cases of VL-HIV coinfection. Socio-economic and structural variables, which increase implies improving the standard of the neighborhood, such as garbage collection, earning more than three minimum wages and literate population, led to a reduction in the incidence rate of VL, while lack of sanitation and income below the minimum wage, promoted its increase. VL in Natal has its expansion associated with poverty and people in more vulnerable population, such as children and immunocompromised, dwelling areas of recent development with poor public infrastructure and the presence of infected dogs.
20
  • IRACI DUARTE DE LIMA
  • Influência dos fatores sociais e ambientais no padrão epidemiológico da leishmaniose visceral e de HIV-AIDS no Rio Grande do Norte, RN 

  • Orientador : SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA FERREIRA UCHOA
  • BRUNA LEAL LIMA MACIEL
  • IGOR THIAGO BORGES DE QUEIROZ E SILVA
  • SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • WANESKA ALEXANDRA ALVES
  • Data: 15/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: A leishmaniose visceral (LV) é uma doença grave e os riscos de seu desenvolvimento estão asssociados a fatores relacionados às co-morbidades, transformações ambientais e aspectos socioecônomicos da área geográfica de ocorrência. O entendimento desses fatores é determinante para que se possa redesenhar medidas de intervenção para o controle dessa endemia. Objetivo geral: Analisar o padrão social e epidemiológico da Leishmaniose Visceral no “espaço tempo” e os fatores associados à ocorrência da doença, no período de 1990 a 2014. Metodologia: Foi realizado um estudo ecológico, de caráter quantitativo e retrospectivo, analisando-se no “espaço-tempo”, a existência de dependência espacial de fatores sociais e ambientais influenciadores na incidência da LV. Resultados: A LV se instalou de forma definida nas microrregiões de Natal, Macaíba e Litoral Norte, no período de 1990 a 1994. Entre 2000 a 2004, se dispersou para outras microrregiões do Estado, se estabelecendo entre 2010 a 2014 nas microrregiões de Mossoró e Açu. Concomitante ao aumento das áreas endêmicas para LV, o HIV-AIDS se dispersou no RN, de forma desordenada, sendo encontradas áreas de sobreposição HIV-AIDS e LV, favorecendo a correlação da coinfecção LV/HIV-AIDS nos períodos de 1990 a 1994 (p=0.0006) e 2010 a 2014 (p=0.0094), respectivamente. Observou-se no período estudado um aumento contínuo na incidência de LV em indivíduos do sexo masculino (p=0,05; β= 0.003 ano e R2 0.398). Também se observou redução na média anual da incidência da doença nas faixas etárias de 0 a 4 anos (p<0.000; β=-0.0117; R2=0.6564) e 5 a 9 anos (p<0.0001; β=-0.0042;  R2 0.4740). Ao mesmo tempo observou-se crescimento médio anual nas faixas etárias de 20 a 39 (p<0.0071; β= 0.0071;R2=0.5636) e  40 anos e + (p<0.0001; β= 0.0105; R2=0.8309). Observou-se na maioria das microrregiões do Estado a associação entre a melhora do Índice do Estado Nutricional em menores de 5 anos com a redução da incidência da LV em crianças. A cobertura das vacinas de BCG (p<0.0001), de Pólio (p=0.0036) e Sarampo (p=0.0276) estão associadas à redução da incidência de LV em menores de 5 anos, no período de 2000 a 2004. O aumento do índice pluviométrico influenciou no aumento da taxa do vetor, Lu longipalpis (p=0,000, R2 linear=0.58); que, por sua vez, promoveu efeito no aumento da incidência de LV, (p=0,002 e R2=0.438). Dessa maneira, a incidência de LV é maior em microrregiões com maiores índices pluviométricos. A análise dos indicadores sociais mostrou uma associação negativa na incidência de LV em relação a coleta de lixo. Ao mesmo tempo, observou-se que a incidência de HIV-AIDS está associada positivamente com melhores níveis de renda, instrução e densidade demográfica. Conclusão: A incidência da LV é decrescente, porém prevalece em adultos do sexo masculino, em áreas com baixa cobertura de coleta de lixo e boa oferta de água. Teve sua redução em crianças associada com a melhoria dos Índices do Estado Nutricional e com a cobertura vacinal. A dispersão da LV e do HIV-AIDS determinou a instalação da coinfecção LV/HIV-AIDS. Já a incidência de HIV é crescente e sua dispersão está associada com microrregiões com perfil urbanizado, com boa cobertura dos indicadores sociais de coleta de lixo, limpeza pública, instrução, renda e alta densidade demográfica


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: Visceral leishmaniasis (VL) is a serious disease and the risks of its development are associated with factors related to co morbidities, environmental transformations and socioeconomic aspects of the geographical area of occurrence. The understanding of these factors is crucial for the redesign of intervention measures to control this endemic disease. General objective. To analyze the epidemiological pattern of Visceral Leishmaniasis in "time space" and the factors associated with the occurrence of the disease, in the period from 1990 to 2014, identify in the State Microregions the social and environmental factors of greatest risk for the occurrence of VL, and propose a intervention protocol for specific areas in order to contribute to the eventual control of the disease. Methodology. A quantitative and retrospective ecological study was carried out with space-time analysis of the existence of spatial dependence of social and environmental factors influencing the incidence of VL. Results: LV settled in the microregions of Natal, Macaíba and Litoral Norte from 1990 to 1994. Between 2000 and 2004, it spread to other microregions of the State, establishing itself between 2010 and 2014 in the microregions of Mossoró and Açu. Concomitant to the increase in endemic areas for LV, HIV-AIDS spread in the NB in a disordered manner, with areas of HIV-AIDS and LV overlapping, favoring the correlation of LV / HIV-AIDS coinfection between 1990 and 1994 ( p = 0.0006) and 2010 to 2014 (p = 0.0094), respectively.
    A negative association was observed in the incidence of VL with increased garbage collection. At the same time, it was observed that the incidence of HIV-AIDS is positively associated with better levels of income, education and population density. Conclusion: The incidence of VL is decreasing, but it prevails in male adults, in areas with low litter collection coverage and good water supply. There was reduction in children associated with the improvement of the Nutritional Status Index and the vaccine coverage. The spread of LV and HIV-AIDS determined the setting up of LV / HIV-AIDS coinfection. The incidence of HIV is increasing and its dispersion is associated with microregions with urbanized profile with good coverage of social indicators of garbage collection, public cleanliness, education, income and high population density.
2016
Dissertações
1
  • ALINE TUANE OLIVEIRA DA CUNHA
  • AVALIAÇÃO DO CONSUMO HABITUAL DE NUTRIENTES EM PACIENTES COM SÍNDROME METABÓLICA

  • Orientador : LUCIA DE FATIMA CAMPOS PEDROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLÁVIA EMÍLIA LEITE DE LIMA FERREIRA
  • LUCIA DE FATIMA CAMPOS PEDROSA
  • URSULA VIANA BAGNI
  • Data: 19/02/2016

  • Mostrar Resumo
  • A avaliação do consumo alimentar e dietético de uma população é uma medida importante na prevenção e tratamento da síndrome metabólica (SM). O objetivo deste estudo foi avaliar o consumo habitual de nutrientes em pacientes com SM. Foi realizado um estudo transversal com 103 pacientes com SM atendidos no Ambulatório de Endocrinologia do Hospital Universitário Onofre Lopes, Natal, RN. A ingestão habitual de energia e nutrientes foi estimada por meio de dois recordatórios de 24 horas (R24h). A adequação dos macronutrientes foi avaliada segundo a I Diretriz Brasileira de Diagnóstico e Tratamento da Síndrome Metabólica. A prevalência de inadequação de micronutrientes foi estimada pela Estimated Average Requirement (EAR) como ponto de corte, com ajustes pelas variâncias intra e interpessoal e de energia. O ferro foi avaliado por abordagem probabilística. A idade média dos participantes foi de 50±13,2 anos (82% do sexo feminino). Os valores médios do índice de massa corporal e circunferência abdominal foram respectivamente 33,5±7,3 kg/m2 e 106,7±13,6 cm. O consumo médio de energia foi 1523,1±592,2 kcal/d, sendo maior no sexo masculino (1884,0 kcal/d vs. 1441,5 kcal/d; p=0,003). A ingestão percentual de proteína foi superior ao recomendado (18% e 19%; sexo feminino e masculino, respectivamente). A ingestão de fibra foi mais elevada no sexo masculino (18,8 g/d vs. 13,3 g/d; p=0,011), porém abaixo da recomendação. Maior consumo de gordura total foi observado no sexo feminino (47,6 g/d vs. 41,3 g/d; p=0,007). Prevalências de inadequação superiores a 80% foram observadas para a vitamina D e cálcio, em ambos os sexos. O mesmo foi observado para o magnésio nos pacientes com idade superior a 30 anos. Vitamina E, riboflavina e zinco apresentaram inadequações entre 50-75% no sexo masculino. A prevalência de inadequação foi inferior a 50% para as vitaminas A, C, tiamina, piridoxina (B6); e os minerais, cobre e selênio, em ambos os sexos. Pacientes do sexo feminino (>50 anos) apresentaram baixa inadequação de ferro (7,8%). Em conclusão, os pacientes com SM apresentaram ingestão de proteína superior ao recomendado, baixo consumo de fibra e elevadas prevalências de inadequação de micronutrientes, principalmente vitamina D, magnésio e cálcio em ambos os sexos.


  • Mostrar Abstract
  • A avaliação do consumo alimentar e dietético de uma população é uma medida importante na prevenção e tratamento da síndrome metabólica (SM). O objetivo deste estudo foi avaliar o consumo habitual de nutrientes em pacientes com SM. Foi realizado um estudo transversal com 103 pacientes com SM atendidos no Ambulatório de Endocrinologia do Hospital Universitário Onofre Lopes, Natal, RN. A ingestão habitual de energia e nutrientes foi estimada por meio de dois recordatórios de 24 horas (R24h). A adequação dos macronutrientes foi avaliada segundo a I Diretriz Brasileira de Diagnóstico e Tratamento da Síndrome Metabólica. A prevalência de inadequação de micronutrientes foi estimada pela Estimated Average Requirement (EAR) como ponto de corte, com ajustes pelas variâncias intra e interpessoal e de energia. O ferro foi avaliado por abordagem probabilística. A idade média dos participantes foi de 50±13,2 anos (82% do sexo feminino). Os valores médios do índice de massa corporal e circunferência abdominal foram respectivamente 33,5±7,3 kg/m2 e 106,7±13,6 cm. O consumo médio de energia foi 1523,1±592,2 kcal/d, sendo maior no sexo masculino (1884,0 kcal/d vs. 1441,5 kcal/d; p=0,003). A ingestão percentual de proteína foi superior ao recomendado (18% e 19%; sexo feminino e masculino, respectivamente). A ingestão de fibra foi mais elevada no sexo masculino (18,8 g/d vs. 13,3 g/d; p=0,011), porém abaixo da recomendação. Maior consumo de gordura total foi observado no sexo feminino (47,6 g/d vs. 41,3 g/d; p=0,007). Prevalências de inadequação superiores a 80% foram observadas para a vitamina D e cálcio, em ambos os sexos. O mesmo foi observado para o magnésio nos pacientes com idade superior a 30 anos. Vitamina E, riboflavina e zinco apresentaram inadequações entre 50-75% no sexo masculino. A prevalência de inadequação foi inferior a 50% para as vitaminas A, C, tiamina, piridoxina (B6); e os minerais, cobre e selênio, em ambos os sexos. Pacientes do sexo feminino (>50 anos) apresentaram baixa inadequação de ferro (7,8%). Em conclusão, os pacientes com SM apresentaram ingestão de proteína superior ao recomendado, baixo consumo de fibra e elevadas prevalências de inadequação de micronutrientes, principalmente vitamina D, magnésio e cálcio em ambos os sexos.

2
  • MARIA DO PERPÉTUO SOCORRO NOBRE MEDEIROS E SILVA
  • ABNORMAL ANAL CYTOLOGY RISK IN WOMEN WITH KNOWN GENITAL SQUAMOUS INTRAEPITHELIAL LESION

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • IVONETE BATISTA DE ARAUJO
  • MARIA GORETTI FREIRE DE CARVALHO
  • Data: 19/04/2016

  • Mostrar Resumo
  • The purpose of this study was to assess the risk of abnormal anal cytology in women with known genital squamous intraepithelial lesion (SIL). This study evaluated 200 women with and without genital SIL who were recruited for anal Pap smears. Women who had abnormal results on equally or over atypical squamous cells of undetermined significance were classified as having abnormal anal cytology. A multiple logistic regression analysis (stepwise) was performed to identify the risk for developing abnormal anal cytology. Data were analyzed using the SPSS 20.0 program. The average age was 41.09 (±12.64). Of the total participants, 75.5% did not practice anal sex, 91% did not have HPV-infected partners, 92% did not have any anal pathology, and 68.5% did not have anal bleeding. More than half (57.5%) had genital SIL and a significant number developed abnormal anal cytology: 13% in the total sample and 17.4% in women with genital SIL. A significant association was observed between genital SIL and anal SIL (PR=2.46; p=0.03). In the logistic regression model, women having genital intraepithelial lesion were more likely to have abnormal anal Pap smear (aPR=2.81; p=0.02). This report shows that women with genital SIL must be more closely screened for anal cancer.


  • Mostrar Abstract
  • The purpose of this study was to assess the risk of abnormal anal cytology in women with known genital squamous intraepithelial lesion (SIL). This study evaluated 200 women with and without genital SIL who were recruited for anal Pap smears. Women who had abnormal results on equally or over atypical squamous cells of undetermined significance were classified as having abnormal anal cytology. A multiple logistic regression analysis (stepwise) was performed to identify the risk for developing abnormal anal cytology. Data were analyzed using the SPSS 20.0 program. The average age was 41.09 (±12.64). Of the total participants, 75.5% did not practice anal sex, 91% did not have HPV-infected partners, 92% did not have any anal pathology, and 68.5% did not have anal bleeding. More than half (57.5%) had genital SIL and a significant number developed abnormal anal cytology: 13% in the total sample and 17.4% in women with genital SIL. A significant association was observed between genital SIL and anal SIL (PR=2.46; p=0.03). In the logistic regression model, women having genital intraepithelial lesion were more likely to have abnormal anal Pap smear (aPR=2.81; p=0.02). This report shows that women with genital SIL must be more closely screened for anal cancer.

3
  • LUCIANA DA SILVA REVORÊDO
  • CRIAÇÃO E VALIDAÇÃO DE CONTEÚDO DE UM INSTRUMENTO PARA IDENTIFICAÇÃO DE VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA

  • Orientador : EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERNARDINO FERNANDEZ CALVO
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • IZABEL AUGUSTA HAZIN PIRES
  • Data: 22/07/2016

  • Mostrar Resumo
  •  

    A atuação das equipes multiprofissionais de saúde é fundamental para a prevenção e a identificação precoce de situações de violência. Entretanto, observa-se que ainda existe grande dificuldade entre os profissionais quanto ao rastreamento de abusos contra criança. Assim, observa-se a necessidade de um instrumento validado que possa ser utilizado por profissionais de saúde, de maneira prática e objetiva, no rastreamento de negligência e maus tratos em infantes no cotidiano da prática clínica. Neste sentido, esta pesquisa objetivou elaborar e validar o conteúdo de um instrumento para identificação de violência contra criança. Trata-se de estudo metodológico composto por duas etapas: a primeira foi a elaboração do instrumento, a partir de revisão da literatura; a segunda, de validação de conteúdo, mediante a avaliação do instrumento por 25 especialistas, na primeira fase, 22 juízes na segunda, e 21 na terceira rodada. Para análise, adotaram-se coeficiente Kappa ≥0,61 e índice de validade de conteúdo ≥0,75. Na primeira rodada, 39 (62,90%) apresentaram Kappa ≥0,61 e Índice de Validade de Conteúdo ≥0,79. Nos demais itens (n=23; 37,10%), foram encontrados baixos índices de concordância Kappa e, por isso, receberam reformulações. O instrumento recebeu avaliação geral de Kappa de 0,62 e Índice de Validade de Conteúdo de 0,85, que são considerados bons resultados. No que diz respeito à segunda rodada, após as alterações sugeridas pelos especialistas, o instrumentou passou a possuir 50 itens. Destes, 49 apresentaram Índice de Validade de Conteúdo entre 0,81 e 1,00, e Kappa entre 0,61 e 0,99.  Apenas um item teve Kappa >0,61 (K=0,50; IVC=0,81). A insuficiência de concordância entre os especialistas ocasionou na exclusão dele, em uma terceira rodada. O instrumento foi avaliado de forma positiva, obtendo Kappa igual a 0,85 e Índice de Validade de Conteúdo de 0,95, na segunda fase Delphi. Por fim, na última etapa, os índices gerais de Kappa e de IVC do instrumento foram 0,98 e 0,99, respectivamente O instrumento apresentou índice de validade de conteúdo satisfatório e pode ser utilizado para identificar os sinais de suspeita de violência e auxiliar os profissionais de saúde na assistência à criança. 


  • Mostrar Abstract
  • -

4
  • MICHELLY NOBREGA MONTEIRO
  • AVALIAÇÃO DA FUNÇÃO SEXUAL EM GESTANTES E A CORRELAÇÃO DE VULVOVAGINITES COM DESFECHOS OBSTÉTRICOS DESFAVORÁVEIS

  • Orientador : ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • IVONETE BATISTA DE ARAUJO
  • MARIA GORETTI FREIRE DE CARVALHO
  • Data: 19/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo foi realizado como requisito para a obtenção do título de Mestre em Ciências da Saúde no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O programa constitui uma proposta multidisciplinar onde temos a oportunidade de trocar ideias e conhecer experiências de diversos profissionais da área, e inclui disciplinas que ampliam o nosso campo de visão. Os conhecimentos de estatística, redação de trabalho científico e práticas educativas foram fundamentais para não restringir o nosso olhar a ser simplesmente médico. Foram produzidos dois artigos a partir da pesquisa realizada. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento sexual e a prevalência de vulvovaginites na gestação, eficácia dos métodos diagnósticos disponíveis e risco de complicações perinatais. Os dois artigos produzidos resultaram dos dados obtidos de um estudo observacional prospectivo, onde foi coletado material vaginal de 225 mulheres entre 26 e 34 semanas de gestação e realizados exames microbiológico a fresco e corado pelo Gram, Papanicolau, cultura, teste das aminas e mensuração do pH vaginal e, nestas pacientes foi aplicado o questionário FSFI (Female Sexual Function Index)  para avaliação da resposta sexual feminina, com análise de todos os seus domínios (desejo, excitação, lubrificação, orgasmo, satisfação, e dor). Inicialmente, a análise univariada da amostra foi feita. Variáveis quantitativas e categóricas absolutas e relativas foram descritas. As médias dos domínios de acordo com o risco de disfunção sexual (FSFI≤26,5) foram comparadas pelo teste T para amostras independentes. A magnitude da associação entre disfunção sexual e todas as variáveis sociodemográficas, clínicas e comportamentais foram mensuradas pelo teste do qui-quadrado (χ2) e exato de Fisher. A partir desta perspectiva, foram aferidos os Riscos Relativos e seus respectivos intervalos de confiança para a análise bivariada. Foram considerados significativos os valores de p inferiores a 0,05. Como resultados, aproximadamente dois terços das gestantes estudadas (66,7%) apresentaram risco de disfunção sexual (FSFI≤26,5). Analisando o desfecho disfunção sexual em função dos domínios, o FSFI≤26,5 (ou seja, indicador de disfunção sexual) foi estatisticamente significativo (p<0,001) em todos os componentes (desejo, excitação, lubrificação, orgasmo, satisfação, e dor). Interpretando individualmente os domínios que compõem o FSFI, constatou-se que as médias mais baixas observadas foram em desejo (2,67), satisfação (2,71) e excitação (2,78). A presença de Vaginose Bacteriana (p=0,001; RR 3,542) e Tricomoníase (p=0,010; RR 2,577) foi associada a trabalho de parto pré-tremo (p=0,001; RR 2,897) e peso fetal ao nascer abaixo de 2.500g (p valor=0,001; RR 2,175). Não houve significância estatística nas variáveis rotura prematura de bolsa amniótica e o escore de APGAR desfavorável (p>0,05). Portanto, Vaginose Bacteriana e Tricomoníase parece ter tido relação com desfecho obstétrico desfavorável (parto prematuro e fetos com baixo peso ao nascer).


  • Mostrar Abstract
  • *

5
  • MÔNICA DE OLIVEIRA ROCHA AMORIM
  • NANOPARTÍCULAS SINTETIZADAS POR MÉTODO VERDE, CONTENDO PRATA E FUCANA, INDUZEM MORTE DE CÉLULAS DE ADENOCARCINOMA RENAL HUMANO (786-0)

  • Orientador : HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
  • VANESSA DE PAULA SOARES RACHETTI
  • LUCIANA NUNES MENOLLI LANZA
  • Data: 30/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • O estado do Rio Grande do Norte possui uma grande diversidade de espécies de macroalgas marinhas fornecedores de compostos com grande potencial farmacológico e biotecnológico. Dentre eles destacam-se os polissacarídeos sulfatados. Polissacarídeos que contém L-fucose sulfatada são muitas vezes denominados de fucanas. A alga marrom Spatoglossum schröederi sintetiza três fucanas e aquela que é obtida em maior quantidade foi denominada de fucana A. A produção de nanopartículas de prata contendo biopolímeros naturais tem sido apontada como uma excelente alternativa para potencializar ou fornecer novas aplicabilidades aos mesmos, pois estes apresentam propriedades farmacológicas que podem ser potencializadas se aliadas à nanotecnologia. A fucana A não se mostrou citotóxica para diferentes linhagens de células normais, nem tampouco é tóxico para ratos quando administrado em altas doses. Ademais, apresentou baixa toxicidade para células tumorais. Com intuito de potencializar a toxicidade da fucana A frente às linhagens tumorais, nanopartículas de prata contendo este polissacarídeo foram sintetizadas por um método verde (pouco agressivo ao meio ambiente). Estas nanopartículas apresentaram um tamanho médio de 210 nm e formato arredondado, bem como, uma carga superficial negativa e foram estáveis por quatorze meses. Quando incubadas com células, estas nanopartículas não apresentaram citotoxicidade para diferentes linhagens de células normais, mas diminuíram a viabilidade de várias linhagens de células tumorais (786-0, HepG2, Siha), principalmente células de adenocarcinoma de renal 786-0. Análises por fluorescência e de citometria de fluxo sugerem que as nanopartículas induzem necrose nas células 786-0. Por outro lado, as nanoparticulas não foram toxicas para células renais normais (HEK, VERO, MDCK). Os dados aqui mostrados levam a conclusão de que as nanopartículas com fucana A são promissores agentes para combate de adenocarcinoma renal.


  • Mostrar Abstract
  • -

6
  • SONIA MARIA DE MEDEIROS BARRETO
  • THE NEW FACE OF HYPERTENSIVE DISORDERS OF PREGNANCY IN A POPULATION UNDERGOING SOCIOECONOMIC CHANGES

  • Orientador : SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HELENA BONCIANI NADER
  • IVONETE BATISTA DE ARAUJO
  • SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • Data: 31/10/2016

  • Mostrar Resumo
  • Preeclampsia and its complications affect 3-8% of all pregnancies, with a higher incidence in underdeveloped countries and among women in socioeconomic vulnerability. It is still an important cause of maternal morbidity and mortality, in addition to fetal mortality. The long-term impact on a child born of preeclampsia is not entirely understood, but includes a greater risk of hypertension and cardiovascular diseases later in life. The objectives of this work were to determine the incidence of eclampsia in the state of Rio Grande do Norte and to assess the risk factor for disease. Data sources were obtained from the DATASUS and from the Maternidade Escola Januario Cicco. Of the 253,223 pregnancies, 24,081 had documented hypertensive disorder during pregnancy in the State of Rio Grande do Norte with a frequency of 9.5%. Of importance, the frequencies of severe preeclampsia and eclampsia were respectively, 2.1 and 0.9%. The frequency of eclampsia among hypertensive disorders of pregnancy was 10.1%. The overall incidence of severe preeclampsia was 5.2% and eclampsia was 0.02%. Risk factor for severe preeclampsia included family history of hypertension, whereas obesity was associated with mild preeclampsia. The introduction of magnesium sulfate decreased the cases of eclampsia. However, there has been an increase in severe preeclampsia, leading to risk of mortality and potential of complications in a future pregnancy. There is a need to careful revision of prenatal care, with identification of women at risk of severe preeclampisa.



  • Mostrar Abstract
  • *

7
  • JEFFERSON ROMÁRYO DUARTE DA LUZ
  • LEAVES OF Licania rigida Benth AND Turnera subulata HAS AN ANTICOAGULANT ACTIVITY BY THROMBIN INHIBITION

  • Orientador : MARIA DAS GRACAS ALMEIDA THORNTON
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA DAS GRACAS ALMEIDA THORNTON
  • SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
  • CELINA MARIA PINTO GUERRA DORE
  • Data: 17/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • Over many years, cardiovascular disease and thromboembolic disorders has been the leading cause of death by disease in the world, being responsible for the death of approximately 17.5 million people by the year 2012 (31% of deaths worldwide). The coagulation system is centrally involved in the formation of venous thrombus. Indications currently defined for anticoagulants include the prophylaxis and treatment of venous thromboembolism, cardioembolic prevention in patients with cardiac arrhythmia or mechanical valve prostheses and secondary prevention in patients with acute coronary syndromes or undergoing percutaneous coronary intervention. Unfractionated heparins and low molecular heparins are used as anticoagulant drugs. However, these compounds are accompanied to several side effects such as thrombocytopenia and a high risk of systemic bleeding. The effect of this problem generated demand for new substances in order to assist prolonged anticoagulant therapy. In this context, this study aimed to evaluate the anticoagulant potential, toxic and hemorrhagic effects from Licania rigida Benth and Turnera subulata leaves, species widely found in semiarid northeast. The crude extracts were obtained from ethanol (50%) and subsequent partition with increasingly polar solvents including hexane and ethyl acetate. Evaluation of extracts for coagulation system showed a large thrombin inhibition capacity (~ 80 to 100% of inhibition), a satisfactory anticoagulant activity by methods of aPTT and PT (100% of activity) and low activity AntiXa (~40% of inhibition). Furthermore, it was observed that these extracts also present a low hemorrhagic effect, as well as, the absence of toxicity in vitro and in vivo models. This study reports the first time the anticoagulant potential of Licania rigida Benth and Turnera subulata.


  • Mostrar Abstract
  • *

8
  • MARIA QUITERIA BATISTA MEIRELLES
  • GESTANTES HIV+/AIDS NO BRASIL: UM PANORAMA DE 15 ANOS DA EPIDEMIA

  • Orientador : KENIO COSTA DE LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA KATHERINE DA SILVEIRA GONCALVES DE OLIVEIRA
  • ANA MARIA DE BRITO
  • KENIO COSTA DE LIMA
  • Data: 28/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • O perfil epidemiológico da infecção por HIV/aids no Brasil passou por mudanças nos últimos anos, sendo esse fenômeno conhecido como “Feminização da epidemia”, com aumento do número de casos em mulheres em idade fértil e consequente aumento do risco de transmissão vertical. O estudo descreve o perfil epidemiológico das gestantes HIV+/aids no Rio Grande do Norte e no Brasil, consideradas proxy do número de mulheres infectadas pelo HIV, e analisa a qualidade dos dados disponíveis no Sistema Nacional de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). A qualidade dos dados disponíveis foi avaliada segundo a completude dos registros no SINAN, sendo classificada em excelente, regular e ruim, conforme escore pré-existente. Além disso, o estudo analisou o comportamento da série histórica das gestantes HIV+/aids, no período de 2000 a 2013, no Brasil, regiões e unidades federativas, raça/cor, realização do pré-natal, faixa etária e escolaridade. Fatores contextuais que pudessem interferir no comportamento da tendência da infecção por HIV e aids em gestantes foram correlacionados com o percentual de incremento do coeficiente de gestantes HIV+/aids. Para a análise da tendência foi usado o método de regressão polinomial e a correlação de Spearman foi utilizada entre os fatores contextuais e o percentual de incremento do coeficiente de gestantes HIV+/aids no Brasil. Dados do Rio Grande do Norte (RN), no período entre 2007 e 2014, evidenciaram uma qualidade excelente nas variáveis sócio demográficas e ruim a regular nas variáveis referentes ao pré-natal e ao parto. Foi identificada dissonância na notificação de gestantes e mulheres HIV+/aids entre os serviços de Vigilância Epidemiológica do RN e os dados disponíveis no SINAN/DATASUS. As gestantes HIV+/aids se caracterizaram por estarem na faixa etária reprodutiva, serem negras, com escolaridade inferior a oito anos e residentes na zona urbana. No Brasil, no período de 2000 a 2014, a maioria das variáveis sócio demográficas obteve uma completude excelente, sendo regular para a maioria das variáveis relacionadas ao pré-natal e ao parto. Observou-se ainda que a epidemia tem um comportamento heterogêneo, seguindo uma tendência crescente na maioria dos estados, durante o período analisado. Em relação às variáveis raça/cor, realização do pré-natal, faixa etária e escolaridade, pode-se observar que as adolescentes que não fizeram pré-natal, pretas e analfabetas tiveram um maior incremento médio anual no coeficiente de infecção por HIV/aids. Entre os fatores contextuais, o número de homens infectados por HIV foi aquele que apresentou correlação positiva com o número de mulheres/gestantes HIV+/aids. Sendo assim, pode-se afirmar que os sistemas de informação permitem um conhecimento acerca das gestantes HIV+/aids, no entanto é necessário otimizar a notificação dos casos, aumentar a completude e consequentemente a qualidade da informação produzida, seja em nível nacional, estadual ou municipal, diminuindo a dissonância entre os dados produzidos nessas três esferas. O perfil epidemiológico das gestantes HIV/aids reflete a vulnerabilidade social dessas mulheres, traduzido no incremento observado ao longo da série histórica e nos fatores contextuais a ele correlacionados. 


  • Mostrar Abstract
  • *

Teses
1
  • MARCIA MARILIA GOMES DANTAS LOPES
  • NUTRITIONAL ASSESSMENT METHODS FOR ZINC SUPPLEMENTATION IN PREPUBERTAL NONZINC-DEFICIENT CHILDREN

  • Orientador : JOSE BRANDAO NETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA BEZERRA NUNES
  • BRUNA LEAL LIMA MACIEL
  • JAILANE DE SOUZA AQUINO
  • MARIA JOSÉ DE CARVALHO COSTA
  • SELMA SOUSA BRUNO
  • Data: 19/02/2016

  • Mostrar Resumo
  • Background: Zinc is an essential nutrient that is required for numerous metabolic functions, and zinc deficiency results in growth retardation, cellmediated immune dysfunction, and cognitive impairment. Objective: This study evaluated nutritional assessment methods for zinc supplementation in prepubertal nonzinc- deficient children. Design: We performed a randomised, controlled, triple-blind study. The children were divided into a control group (10% sorbitol, n = 31) and an experimental group (10 mg Zn/day, n = 31) for 3 months. Anthropometric and dietary assessments as well as bioelectrical measurements were performed in all children. Results: Our study showed (1) an increased body mass index for age and an increased phase angle in the experimental group; (2) a positive correlation between nutritional assessment parameters in both groups; (3) increased soft tissue, and mainly fat-free mass, in the body composition of the experimental group, as determined using bioelectrical impedance vector analysis; (4) increased consumption of all nutrients, including zinc, in the experimental group; and (5) an increased serum zinc concentration in both groups (p < 0.0001). Conclusions: Given that a reference for body composition analysis does not exist for intervention studies, longitudinal studies are needed to investigate vector migration during zinc supplementation. These results reinforce the importance of employing multiple techniques to assess the nutritional status of populations.


  • Mostrar Abstract
  • Background: Zinc is an essential nutrient that is required for numerous metabolic functions, and zinc deficiency results in growth retardation, cellmediated immune dysfunction, and cognitive impairment. Objective: This study evaluated nutritional assessment methods for zinc supplementation in prepubertal nonzinc- deficient children. Design: We performed a randomised, controlled, triple-blind study. The children were divided into a control group (10% sorbitol, n = 31) and an experimental group (10 mg Zn/day, n = 31) for 3 months. Anthropometric and dietary assessments as well as bioelectrical measurements were performed in all children. Results: Our study showed (1) an increased body mass index for age and an increased phase angle in the experimental group; (2) a positive correlation between nutritional assessment parameters in both groups; (3) increased soft tissue, and mainly fat-free mass, in the body composition of the experimental group, as determined using bioelectrical impedance vector analysis; (4) increased consumption of all nutrients, including zinc, in the experimental group; and (5) an increased serum zinc concentration in both groups (p < 0.0001). Conclusions: Given that a reference for body composition analysis does not exist for intervention studies, longitudinal studies are needed to investigate vector migration during zinc supplementation. These results reinforce the importance of employing multiple techniques to assess the nutritional status of populations.

2
  • ALMIR MIRANDA FERREIRA
  • PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS A LESÕES ORAIS POTENCIALMENTE MALIGNAS  ASSOCIADOS EM  UMA POPULAÇÃO DE TRABALHADORES RURAIS.

  • Orientador : KENIO COSTA DE LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MIRYAM COSTA DE MEDEIROS
  • GUSTAVO PINA GODOY
  • KENIO COSTA DE LIMA
  • MANUEL ANTONIO GORDON NUNEZ
  • MARIA ANGELA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 11/03/2016

  • Mostrar Resumo
  • As lesões orais potencialmente malignas (LOPMs) são objeto de estudos realizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e, no Brasil, pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA). Dentre esses estudos, as LOPMs são classificadas como desordens clinicamente evidentes, sendo as principais: leucoplasia, eritroplasia e queilite actínica. Neste estudo descritivo, exploratório, quantitativo do tipo seccional, objetivou-se estimar a prevalência de lesões orais potencialmente malignas e malignas e verificar associações entre estas e os fatores de risco e aspectos sócio-demográficos, exposição a fatores etiológicos como o fumo, álcool e o grau de exposição ao sol em um grupo de trabalhadores rurais da Região do Seridó/RN. Para a pesquisa de campo utilizou-se um questionário previamente validado e uma ficha clínica empregada na anamnese dos trabalhadores atendidos. Foram realizados exames clínicos bucais para identificação de lesões suspeitas e malignas na população alvo. Aqueles trabalhadores acometidos de lesões suspeitas foram encaminhados para biópsia, tanto na Faculdade de Odontologia da UFRN, quanto na UERN e também para um consultório odontológico particular situado em Currais Novos, onde um odontólogo colaborador desse projeto atendeu gratuitamente os trabalhadores residentes em municípios circunvizinhos a esta cidade. De 1.385 trabalhadores pesquisados, 53,2% eram do sexo feminino e 48,8% do sexo masculino, com média de idade igual a 53 anos; 57% destes não estudaram ou cursaram até o primário; 73,2% tinha renda familiar mensal de aproximadamente 300 dólares. A maioria exibiu pele clara (49,2%). A prevalência de LOPMs foi igual a 29,6% (27,2; 32,0). Os resultados obtidos na análise bivariada evidenciaram associação estatisticamente significativa entre a variável presença de lesão e as variáveis independentes: sexo, idade, escolaridade, cor da pele, exposição acumulada aos raios solares, uso de proteção, a condição de ex-fumantes e consumidores de bebidas alcoólicas. Todas essas variáveis que apresentaram significância estatística ingressaram no modelo logtístico múltiplo que, através do método Backward-Stepwise, revelou apenas 3 (três) variáveis que permaneceram com significância, independentemente das outras variáveis: sexo, cor da pele e tempo de exposição prolongada aos raios solares. Os achados deste estudo reforçam a importância da promoção de políticas públicas em saúde bucal e a disseminação de informações que levem indivíduos que trabalham expostos aos raios solares a se protegerem adequadamente para minimizar a prevalência das lesões orais potencialmente malignas e malignas e consequentemente reduziu a incidência do câncer oral. 


  • Mostrar Abstract
  • As lesões orais potencialmente malignas (LOPMs) são objeto de estudos realizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e, no Brasil, pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA). Dentre esses estudos, as LOPMs são classificadas como desordens clinicamente evidentes, sendo as principais: leucoplasia, eritroplasia e queilite actínica. Neste estudo descritivo, exploratório, quantitativo do tipo seccional, objetivou-se estimar a prevalência de lesões orais potencialmente malignas e malignas e verificar associações entre estas e os fatores de risco e aspectos sócio-demográficos, exposição a fatores etiológicos como o fumo, álcool e o grau de exposição ao sol em um grupo de trabalhadores rurais da Região do Seridó/RN. Para a pesquisa de campo utilizou-se um questionário previamente validado e uma ficha clínica empregada na anamnese dos trabalhadores atendidos. Foram realizados exames clínicos bucais para identificação de lesões suspeitas e malignas na população alvo. Aqueles trabalhadores acometidos de lesões suspeitas foram encaminhados para biópsia, tanto na Faculdade de Odontologia da UFRN, quanto na UERN e também para um consultório odontológico particular situado em Currais Novos, onde um odontólogo colaborador desse projeto atendeu gratuitamente os trabalhadores residentes em municípios circunvizinhos a esta cidade. De 1.385 trabalhadores pesquisados, 53,2% eram do sexo feminino e 48,8% do sexo masculino, com média de idade igual a 53 anos; 57% destes não estudaram ou cursaram até o primário; 73,2% tinha renda familiar mensal de aproximadamente 300 dólares. A maioria exibiu pele clara (49,2%). A prevalência de LOPMs foi igual a 29,6% (27,2; 32,0). Os resultados obtidos na análise bivariada evidenciaram associação estatisticamente significativa entre a variável presença de lesão e as variáveis independentes: sexo, idade, escolaridade, cor da pele, exposição acumulada aos raios solares, uso de proteção, a condição de ex-fumantes e consumidores de bebidas alcoólicas. Todas essas variáveis que apresentaram significância estatística ingressaram no modelo logtístico múltiplo que, através do método Backward-Stepwise, revelou apenas 3 (três) variáveis que permaneceram com significância, independentemente das outras variáveis: sexo, cor da pele e tempo de exposição prolongada aos raios solares. Os achados deste estudo reforçam a importância da promoção de políticas públicas em saúde bucal e a disseminação de informações que levem indivíduos que trabalham expostos aos raios solares a se protegerem adequadamente para minimizar a prevalência das lesões orais potencialmente malignas e malignas e consequentemente reduziu a incidência do câncer oral. 

3
  • HENRIQUE RODRIGUES MARCELINO
  • IMPACT DE L'ÉTAT D'AGRÉGATION DE L'AMPHOTÉRICINE B SUR SES PROPRIÉTÉS BIOPHARMACEUTIQUES. MISE EN OEUVRE DE MICRO- ET DE NANOTRANSPORTEURS EN VUE DE SON ADMINISTRATION ORALE.

  • Orientador : ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CHRISTINE VAUTHIER
  • ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
  • FRANCELINE REYNAUD
  • GHANIA HAMDI DEGOBERT
  • Gilles Ponchel
  • PHILIPPE LEGRAND
  • Data: 08/04/2016

  • Mostrar Resumo
  •  

    Esta tese foi realizada com o objetivo geral de desenvolver e a caracterizar nanocarreadores com potencial para sobrepujar as propriedades biofarmacêuticas não-favoráveis da anfotericina B (AmB), uma molécula extremamente eficaz no tratamento de infecções sistemicas fungicas e leishmaniose, mas difícil de formular independentemente da via de administração desejada. Acredita-se que essa molécula hidrofóbica possui limitações devido a pronunciada tendência de agregar sob condições fisiológicas humanas. A primeira parte desta tese foi conduzida pela hipótese de que o estado de agregação da AmB teria um forte impacto sobre as propriedades farmacocinéticas da mesma. Por tal razão, complexos de albumina e amB foram produzidos de forma a controlar o estado de agregação da AmB. A estrutura dos coloides obtidos foi caracterizada através de ensaios de espectroscopia UV-Vis e dicroismo circular. Adicionalmente, o impacto do estado de agregação na permeabilidade intestinal e no possível reconhecimento dos agregados pelo sistema imunológico foram investigados. A segunda parte deste trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de micro- e nanocarreadores para sobrepor as barreiras para absorção da AmB após a sua administração pela via oral. Para este fim, AmB foi incorporada em micro- e nanoemulsões para observação da habilidade destes sistemas de incrementar a permeabilidade intestinal de moléculas. Tal habilidade foi avaliada através do método ex vivo de Câmaras de Ussing, onde o tecido intestinal é utilizado como barreira entre duas semi-câmaras. Nenhuma permeação foi detectada nas condições experimentais utilizadas. No entanto, os dados obtidos através da medidas eletrofisiológicas demonstraram que a velocidade da perda da viabilidade do tecido é dependente do estado de agregação da AmB em contato com o tecido. Também foi observado, através dos ensaios de permeabilidade que as rotas de absorção paracelular e transcelular devem ser rotas marginais quando a absorção da AmB é observada in vivo, como descrito na literatura. Como alternativas, as rotas de absorção pela captura de agregados e partículas pelas placas de Peyer e a rota de absorção linfática têm sido discutidas. Finalmente, um otro sistema particulado que objetiva a liberação em nível de colón e baseada na utilização da xilana, um biopolímero natural e enzimaticamente degradado. A xilana é polissacarídeo presente em grãos, cereais e plantas angiospermas que é especificamente degradado na região colônica, especificamente pela microbiota lá presente. A técnica aplicada de forma original consiste na formação de uma emulsão água-água de xilana em presença de PEG, seguida por uma etapa de reticulação com o trisódio trimetafosfato. Através da aplicação desta técnica foi possível produzir partículas à base de xilana que podem ter seu tamanho médio, de forma controlada, variado entre 380 nm e 4.5 μm, de acordo com os parâmetros utilizados. Esta técnica também é livre do uso de solventes orgânicos e possui potencial aplicação para a liberação controlada de AmB em nível de colón. 


  • Mostrar Abstract
  • -

4
  • MICHELLE DE MEDEIROS AIRES
  • ANÁLISE DE DIFERENTES SUPERFÍCIES DE TI TRATADAS TERMOQUIMICAMENTE POR PLASMA NA RESPOSTA CELULAR E BACTERIANA

  • Orientador : CLODOMIRO ALVES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLODOMIRO ALVES JUNIOR
  • CARLOS AUGUSTO GALVAO BARBOZA
  • KARILANY DANTAS COUTINHO
  • CARLOS EDUARDO BEZERRA DE MOURA
  • REGINA CELIA DE SOUSA
  • Data: 20/04/2016

  • Mostrar Resumo
  • Superfícies de Ti foram modificadas termoquimicamente por plasma em atmosfera de N2+H2 (nitretação) e Ar+N2+O2 (oxinitretação), com o objetivo de avaliar as respostas biológicas sobre as mesmas.  Após o tratamento por plasma, as superfícies foram caracterizadas quanto às fases cristalinas, topografia, rugosidade e molhabilidade. A partir de ensaios in vitro foram determinadas a adesão, proliferação, formação de biofilme e viabilidade bacteriana. As condições que resultaram na maior resistência ao crescimento bacteriano foram utilizadas para estudo de cultura de células e determinação da adesão e proliferação celular. Dentre estas condições está a superfície nitretada durante 1 h.  Os resultados mostraram que não houve formação de grumos ou microcolónias mas também o número de células aderentes é baixo. Já na superfície oxinitretada, foi observado que existe uma concentração ideal de O2 para o qual, além do crescimento microbiano não ocorrer, as bactérias dispersam, sem a presença de um estresse químico (tal como antibiótico), o que significa que o ambiente formado após o tratamento termoquímico da superfície não é favorável ao crescimento e desenvolvimento de um biofilme. Por outro lado, amostras tratadas nessas condições teve adesão celular bastante significativa. Verificou-se que em apenas 15 min de cultivo de células osteoblásticas, essas amostras oxinitretadas já apresentavam muitas células aderidas à superfície. Além disso, os resultados indicaram que essas superfícies apresentaram maior proliferação no tempo de 24h em relação às amostras sem tratamento. Foi observado que a porcentagem de sobrevivência celular é maior nas amostras tratadas. Os discos tratados não apresentaram células em necrose, apesar da amostra sem tratamento possuir uma baixíssima porcentagem de células nesse estágio. Isso infere que o titânio não é citotóxico e que as alterações superficiais causadas pela formação de nitreto e de oxinitreto de titânio apresentaram um papel fundamental na adesão e proliferação celular. Estes resultados são relevantes para a prática clínica, pois mostra o potencial de aplicação destes tratamentos em superfícies de Ti com interesse biomédico anti-infectivos. Desse modo, essa pesquisa de caráter multidisciplinar tem permitido novas estratégias de análises alternativas nessa área, onde a participação do profissional da área de ciências exatas, engenharias e biomédica se faz importante para o sucesso no desenvolvimento de novos biomateriais.


  • Mostrar Abstract
  • Superfícies de Ti foram modificadas termoquimicamente por plasma em atmosfera de N2+H2 (nitretação) e Ar+N2+O2 (oxinitretação), com o objetivo de avaliar as respostas biológicas sobre as mesmas.  Após o tratamento por plasma, as superfícies foram caracterizadas quanto às fases cristalinas, topografia, rugosidade e molhabilidade. A partir de ensaios in vitro foram determinadas a adesão, proliferação, formação de biofilme e viabilidade bacteriana. As condições que resultaram na maior resistência ao crescimento bacteriano foram utilizadas para estudo de cultura de células e determinação da adesão e proliferação celular. Dentre estas condições está a superfície nitretada durante 1 h.  Os resultados mostraram que não houve formação de grumos ou microcolónias mas também o número de células aderentes é baixo. Já na superfície oxinitretada, foi observado que existe uma concentração ideal de O2 para o qual, além do crescimento microbiano não ocorrer, as bactérias dispersam, sem a presença de um estresse químico (tal como antibiótico), o que significa que o ambiente formado após o tratamento termoquímico da superfície não é favorável ao crescimento e desenvolvimento de um biofilme. Por outro lado, amostras tratadas nessas condições teve adesão celular bastante significativa. Verificou-se que em apenas 15 min de cultivo de células osteoblásticas, essas amostras oxinitretadas já apresentavam muitas células aderidas à superfície. Além disso, os resultados indicaram que essas superfícies apresentaram maior proliferação no tempo de 24h em relação às amostras sem tratamento. Foi observado que a porcentagem de sobrevivência celular é maior nas amostras tratadas. Os discos tratados não apresentaram células em necrose, apesar da amostra sem tratamento possuir uma baixíssima porcentagem de células nesse estágio. Isso infere que o titânio não é citotóxico e que as alterações superficiais causadas pela formação de nitreto e de oxinitreto de titânio apresentaram um papel fundamental na adesão e proliferação celular. Estes resultados são relevantes para a prática clínica, pois mostra o potencial de aplicação destes tratamentos em superfícies de Ti com interesse biomédico anti-infectivos. Desse modo, essa pesquisa de caráter multidisciplinar tem permitido novas estratégias de análises alternativas nessa área, onde a participação do profissional da área de ciências exatas, engenharias e biomédica se faz importante para o sucesso no desenvolvimento de novos biomateriais.

5
  • MARIA REGINA MACEDO COSTA
  • CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA, CITOTOXICIDADE E AÇÃO ANTIMICROBIANA DE EXTRATOS VEGETAIS SOBRE MICRORGANISMOS SUPERINFECTANTES DO MEIO AMBIENTE BUCAL.

  • Orientador : KENIO COSTA DE LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KENIO COSTA DE LIMA
  • AURIGENA ANTUNES DE ARAUJO
  • RUTHINEIA DIOGENES ALVES UCHOA LINS
  • EDJA MARIA MELO DE BRITO COSTA
  • JOZINETE VIEIRA PEREIRA
  • Data: 28/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivos: O objetivo do estudo foi avaliar a ação antimicrobiana de Solanum paniculatum, Lycium barbarum e  Spondias mombin sobre Enterococcus faecalis, Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa e Candida albicans ATCC e isolados do ambiente bucal (AB), bem como avaliar a citotoxicidade e caracterizar o perfil químico dos extratos vegetais. Método: O screening fitoquímico do extrato foi investigado por reações químicas e Cromatografia em Camada Delgada (CCD). Nas análises por CCD foram utilizadas placas de sílica gel 60; AcOEt:Ácido fórmico:MeOH:Água (10:0,5:0,6:0,2, v/v/v/v), BuOH:Ácido fórmico:Água (3:1:1, v/v/v), Clorofórmio:MeOH (8:2,  v/v), tolueno:acetato de etila:ácido fórmico (5:2,5:0,25, v/v/v), acetato de etila:n-propanol:ácido acético: água (4:2:2:0,6, v/v/v/v) como fases móveis; e para detecção dos metabólitos secundários, usou-se vanilina sulfúrica, solução FeCl3 1 %, Reagente Natural A 0,5% e Dragendorff. Posteriormente, foi determinada a Concentração Inibitória Mínima (CIM - difusão em ágar e microdiluição em caldo), Concentração Inibitória Mínima de Aderência (CIMA) Cinética bactericida (CF) e fungicida (CF) dos extratos. Ao nível de 5% de significância aplicou-se o teste t-Student ou de Mann-Whitney (p<0,05). Cada ensaio foi realizado em duplicata e utilizou-se como controle positivo, o digluconato de clorexidina a 0,12% e nistatina 100.000 U.I. A determinação do potencial citotóxico dos extratos foi avaliada sobre fibroblastos gengivais. Resultados: Foram detectados através de reações químicas: compostos fenólicos, flavonoides, taninos, saponinas e alcaloides. As análises por CCD sugerem presença de acidos fenolicos, taninos, esteroides ou terpenos, compostos fenólicos, flavonoides, cumarinas e carboidratos.Todos os extratos apresentaram ação bacteriostática e fungistática destacando-se o efeito de Solanum paniculatum sobre C. albicans AB  e ATCC e P. aeruginosa ATCC ; Lycium barbarum sobre P. aeruginosa ATCC; Spondias mombin sobre E. faecalis ATCC,  S. aureus ATCC e P. aeruginosa ATCC. As plantas também apresentaram ação antiaderente e superior aos controles e ação bactericida e fungicida quando dos extratos brutos. Conclusão: S. paniculatum, Lycium barbarum e Spondias mombin apresentaram significante ação antimicrobiana, justificada pelos achados farmacológicos, estimulando a pesquisa de substâncias naturais bioativas para tratamento de infecções bucais persistentes ou refratárias.


  • Mostrar Abstract
  • -

6
  • SANDRA MARIA DA SOLIDADE GOMES SIMÕES DE OLIVEIRA TORRES
  • ASSOCIAÇÃO DOS ASPECTOS SOCIODEMOGRÁFICOS, CLÍNICOS E ASSISTENCIAIS NA QUALIDADE DE VIDA DAS PESSOAS COM ÚLCERA VENOSA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA

  • Orientador : EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • THAIZA TEIXEIRA XAVIER NOBRE
  • CRISTINA KATYA TORRES TEIXEIRA MENDES
  • ROBERTA AZOUBEL
  • Data: 30/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: Analisar a associação dos aspectos sociodemográficos, clínicos e assistenciais na qualidade de vida das pessoas com úlcera venosa (UV) na atenção primária. Método: Estudo analítico e transversal conduzido na atenção primária à saúde com 101 pessoas com UV. Os dados foram coletados por formulário estruturado de medidas sociodemográficas e biofisiológicas e o Medical Outcomes Short-Form Health Survey (SF-36).  Aplicados os testes Qui-quadrado, Friedman, U de Mann-Whitney e Regressão Logística Binária. Obteve aprovação por Comitê de Ética em Pesquisa (CAAE nº 07556312.0.0000.5537). Resultados: A população estudada era composta em sua maioria por mulheres, idosos, casados ou com união estável, com baixa renda e nível de escolaridade,. Entre os idosos, predominaram mulheres (p=0,011), com companheiro(a) (p=0,025), escolaridade até ensino fundamental (p=0,016), sem profissão (p<0,001), não etilistas (p=0,029), com diabetes mellitus (p=0,002) e hipertensão arterial sistêmica (p=0,001). Quanto aos aspectos de saúde e assistenciais, houve tendência de piores resultados entre os idosos, com predomínio de indivíduos com assistência inadequada. As variáveis faixa etária, sono, intensidade e presença da dor, tempo de lesão, orientação de exercícios regulares, orientações para terapia compressiva, tempo de tratamento e referência e contrareferência colaboraram para pior QV, juntas, as variáveis sono, presença e intensidade da dor e orientação para exercícios físicos explicam pior qualidade de vida. Conclusão: os pesquisados em sua maioria eram idosas, sem ocupação, com companheiro, baixa renda, comorbidades, tempo de lesão superior a um ano, recidivas e dor presente. Ev