Banca de QUALIFICAÇÃO: JOVANKA BITTENCOURT LEITE DE CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: JOVANKA BITTENCOURT LEITE DE CARVALHO

DATA: 21/12/2009

LOCAL: Sala de aula do PPGCSa

TÍTULO:

SIGNIFICADOS E PERCEPÇÕES DO HOMEM DIANTE DA GRAVIDEZ DE SUA COMPANHEIRA COM SÍNDROMES HIPERTENSIVAS


PALAVRAS-CHAVES:

Gravidez de alto risco. Cônjuges. Enfermagem obstétrica.


PÁGINAS: 11

GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde

ÁREA: Enfermagem

RESUMO:

A pesquisa teve como objetivo analisar as Representações Sociais, para o homem, da gravidez de risco de sua companheira causada por síndromes hipertensivas. O estudo é de natureza exploratória e descritiva em uma abordagem qualitativa, desenvolvido em duas maternidades públicas, ambas localizadas em Natal-RN, com 65 homens cujas esposas vivenciaram gestação de alto risco. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - Brasil (CEP-UFRN), sob o nº 81/07. Para coleta de dados, utilizou-se os seguintes multimétodos: teste
de associação livre de palavras; teste projetivo destinado a registrar as imagens mentais; e um roteiro de entrevista semi-estruturado. Os materiais originados das falas foram analisados à luz da Teoria das Representações Sociais e complementada pela Teoria do Núcleo Central. A discussão dos resultados teve como base os achados literários acerca da participação do homem companheiro na gravidez, bem como da gestação derisco com ênfase nas síndromes hipertensivas. Os dados a pontam para o medo como núcleo central da representação, enquanto que as evocações relativas a esse sentimento se referem à morte da companheira e do filho, como também medo do desconhecido. As categorias preocupação, cuidados e quadro clínico da doença representam componentes do núcleo periférico. Os resultados relativos às imagens mentais obedeceram aos mesmos critérios de categorias do Teste de Associação Livre de Palavras - medo, outros sentimentos, preocupação e cuidados e quadro clínico da doença. Após serem processados dentro dos preceitos de análise de conteúdo, os depoimentos originaram três unidades temáticas: Sentimentos diante da gravidez de risco da companheira; Desempenho de cuidados prestados diante da gravidez de risco da companheira e Necessidades da assistência humanizada durante a gravidez de risco da companheira. Refletindo sobre os resultados, conclui-se que a gravidez de risco da parceira por síndromes hipertensivas representa para o homem a convivência com sentimentos de medo, preocupação, insegurança, falta de acolhimento e de informação e o desempenho de atitudes de cuidados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149381 - ANA CRISTINA PINHEIRO FERNANDES DE ARAUJO
Externo ao Programa - 2566534 - JACILEIDE GUIMARAES
Externo ao Programa - 2644228 - SIMONE DA NOBREGA TOMAZ MOREIRA
Notícia cadastrada em: 25/08/2010 16:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao