Banca de QUALIFICAÇÃO: ALDAIR DE SOUSA PAIVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALDAIR DE SOUSA PAIVA
DATA : 22/09/2017
HORA: 09:00
LOCAL: sala de aula do PPGCSa
TÍTULO:

RELEVÂNCIA CLINICA DA IMUNOFENOTIPAGEM POR CITOMETRIA DE
FLUXO E ACHADOS HEMATOLÓGICOS NO DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO
DAS DOENÇAS LINFOPROLIFERATIVAS CRÔNICAS.


PALAVRAS-CHAVES:

Citometria de fluxo; Imunofenotipagem; Parâmetros hematológicos; Doenças
Linfoproliferativas Crônica.


PÁGINAS: 30
RESUMO:

Introdução: As Doenças linfoproliferativos crônicos (DLPC) constituem um grupo de
neoplasias malignas linfáticas caracterizadas pela proliferação de linfócitos neoplásicos
maduros, podendo ser do tipo B, T ou células assassinas naturais (NK). A imunofenotipagem
de citometria de fluxo (CF) é uma prática de rotina no diagnóstico diferencial desses tumores,
contribuindo para maior precisão e novas perspectivas terapêuticas. Métodos: Pacientes
(n=500) com DLPC foram investigados pelo CF. Além disso, reunimos também informações
dos pacientes tais como idade, sexo e paramentos hematológicos. Resultados: Os
resultados mostraram que 408 (81,6%) dos casos eram de células B e 92 (18,4%) de
linfócitos T e células NK. A distribuição das DLPC de células B foi: 265 leucemia linfocítica
crônica de células B, 17 leucemia pró-linfocítica de células B, 11, leucemias de células
pilosas, 3 casos de linfoma folicular em fase leucêmica, 3 linfoma esplênico com linfócitos
vilosos, 12 linfoma de células de manto leucemizados, um caso de macroglobulinemia de
Waldenstrong, 47 mieloma multiplo,12 leucemia de células plasmáticas, 9 linfoma de Burkitt e
37 DLPC de células B sem imunoclassificação específica. A classificação DLPC de células
T/NK foi: 11 leucemia de linfócitos grandes granulares (10 de linfóctos T e uma de células
NK), 47 leucemia pro-linfocítica de células T, 10 leucemia /linfoma de células T do adulto T, 8
síndrome de Sezary e 24 linfoma periférico de células T. Conclusão: os dados obtidos
demontram que a imunofenotipagem é um método importante no diagnóstico, monitoramento
e estabelicimento de fator prognóstico na determinação de mecanismos patológicos da
evolução das DLPC.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 346138 - ALDO DA CUNHA MEDEIROS
Presidente - 6349161 - GERALDO BARROSO CAVALCANTI JUNIOR
Externo ao Programa - 2171948 - PAULO JOSE DE MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 20/09/2017 14:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao