Banca de DEFESA: ISABEL KAROLYNE FERNANDES COSTA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ISABEL KAROLYNE FERNANDES COSTA
DATA : 07/07/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Anfiteatro do Departamento de Enfermagem - UFRN
TÍTULO:

CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE UM CURSO A DISTÂNCIA DE SUPORTE BÁSICO DE VIDA.


PALAVRAS-CHAVES:

Tecnologia Educacional; Conhecimento; Educação em Saúde; Educação a Distância; Estudos de Validação; Ressuscitação Cardiopulmonar


PÁGINAS: 144
RESUMO:

O objetivo dessa investigação foi analisar as evidências de validação de um curso de Suporte Básico de Vida (SBV) na modalidade de ensino a distância (EAD) para acadêmicos e profissionais de saúde de um Hospital Universitário. Trata-se de uma pesquisa metodológica, quantitativa, utilizando enquanto método a teoria psicométrica de Pasquali. O estudo desenvolveu-se em duas etapas: construção e validação do conteúdo de três ferramentas: instrumento de avaliação de conhecimento em suporte básico de vida (ACSBV); conteúdo do curso de Suporte Básico de Vida (CSBV) e roteiro do jogo educativo simulado de Suporte Básico de Vida (JESBV). A amostra para validação do instrumento de avaliação do conhecimento foi composta por 29 juízes e seis juízes para o curso e roteiro do jogo. A coleta de dados foi realizada entre agosto e setembro de 2016. O estudo foi aprovado (Parecer nº 1.709.004 e CAAE: 58511516.0.0000.5292) pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial, utilizando os programas Microsoft-Excel e SPSS 20.0, com uso do índice Kappa (K) e Índice de Validade de Conteúdo (IVC), considerando aceitável K ≥0,65 e IVC>0,80. O nível de significância estatística estabelecido para o valor de ρ foi < 0,05. O ACSBV continha inicialmente 13 questões. Na validação do ACSBV, verificou-se que das 33 sugestões realizadas, 18 foram acatadas, 3 rejeitadas e 12, após análise de valores de IVC e Kappa, serviram de orientação para a exclusão de três questões. Assim, ao final foram removidas as questões (5, 6 e 13) com índice K ou IVC menores que o estabelecido nesse estudo, sendo a clareza o requisito com menores valores de adequação. Na avaliação global, após retirada das três questões, o instrumento final ficou com 10 questões e obteve IVC de 0,95 e K de 0,81. Quanto ao processo de validação do CSBV, verificou-se que das 16 sugestões realizadas, 14 foram acatadas e apenas 2 rejeitadas. A maioria das sugestões esteve relacionada aos requisitos avaliação geral do conteúdo, utilidade, clareza, objetividade e vocabulário. Desse modo, o CSBV foi validado com índices satisfatórios pelos juízes (IVC – 0,94; K - 0,87; nota média 9,50). Quanto ao JESBV, esse foi desenvolvido em 13 telas, das quais 9 apresentaram conteúdos de SBV, e as demais orientações gerais para o avançar do jogo. A elaboração do roteiro priorizou a complexidade gradativa dos conhecimentos em SBV com cuidados minuciosos na organização dos textos e na proposta das animações. Das cinco sugestões realizadas, todas foram acatadas, sendo a maioria relacionada aos requisitos de organização, clareza e vocabulário. Nenhum item foi considerado inadequado, apresentando o jogo um valor médio de 0,95 de IVC; 0,81 de Kappa e nota média de 9,67. O desenvolvimento de todas as ferramentas que compõe o Curso de Suporte Básico de Vida (CSBV) em EAD apesar de ter se mostrado um processo complexo e desafiador é válido para apoiar o ensino de urgência (nessa temática) para acadêmicos e profissionais de saúde.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 347027 - EULALIA MARIA CHAVES MAIA
Presidente - 1161810 - GILSON DE VASCONCELOS TORRES
Externo à Instituição - RENATA SILVA SANTOS - ESTACIO
Externo ao Programa - 3578073 - RODRIGO ASSIS NEVES DANTAS
Externo à Instituição - THALYTA CRISTINA MANSANO SCHLOSSER - UNICAMP
Notícia cadastrada em: 21/06/2017 09:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao