Banca de DEFESA: JAILMA ALMEIDA DE LIMA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAILMA ALMEIDA DE LIMA
DATA: 21/03/2015
HORA: 08:30
LOCAL: CONSEC - CCS
TÍTULO:

SÍNTESE E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTITUMORAL DE NANOGÉIS DE FUCANA A EXTRAÍDA DA ALGA MARROM Spatoglossum schröederi (C.Agardh) Kützing


PALAVRAS-CHAVES:

Polissacarídeos sulfatados, Fucanas, Nanogéis, Atividade antitumoral, Citotoxicidade


PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

Fucanas são polissacarídeos sulfatados encontrados em algas marrons e equinodermos. Tem sido demonstrado que uma fucana denominada de fucana A extraída da alga marrom Spatoglossum schröederi apresenta uma série de efeitos biológicos, em particular, a atividade antitumoral. Com intuito de se potencializar esta atividade nanogéis de fucana A foram sintetizados através da adição de grupamentos tióis a sua estrutura, obtendo-se assim fucana A tiolada. Posteriormente, os nanogéis foram sintetizados pela formação de nanocomplexos entre a fucana A tiolada e o polietileno glicol (PEG) em várias relações 2.5, 5.0, 10, 15 e 30. Os nanogéis com a relação de 10 e 15 (FucA:PEG10 e FucA:PEG15) foram os que se apresentaram com os menores tamanhos, mais esféricos, com diâmetro em torno de 186,95 ± 10,62 nm e carga de superfície ligeiramente negativo. Após a síntese dos nanogéis estes foram submetidos aos ensaios antiproliferativos com células da linhagem tumoral 786-0 nas concentrações 8,0 a 64 µg/mL. As células foram analisadas durante um período de 24, 48 e 72 horas. Os dados mostraram que, em todas as concentrações de nanogéis de fucana A, a atividade antiproliferativa foi tempo e dose dependente, o mesmo não sendo observado para a fucana A sozinha. Além disso, o nanogel FucA:PEG15 também induziu apoptose por mecanismos dependente e independentes de caspases. FucA:PEG15 foi marcado fluorescentemente e utilizado como sonda em ensaios de microscopia confocal e citometria de fluxo. Observou-se que após 15 minutos de incubação FucA:PEG15 se encontrava no interior celular, na região pericelular. Após uma hora de incubação todo o nanogel de FucA:PEG15 se encontrava no interior celular. Além disso, FucA:PEG15 apresentou as atividades antioxidante e  antiangiogênica. Estes resultados indicam que os nanogéis de fucana A tem um uso potencial contra a terapêutica do câncer. Em um futuro próximo, nós intencionamos aprofundar os estudos para desvendar os mecanismos pelos quais os nanogéis de fucana exercem seus efeitos antineoplásicos. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 6345702 - ARTUR DA SILVA CARRICO
Externo ao Programa - 347338 - EDDA LISBOA LEITE
Presidente - 2195251 - HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
Externo à Instituição - NORMA MARIA BARROS BENEVIDES - UFC
Externo à Instituição - VALQUIRIA PEREIRA DE MEDEIROS - UFJF
Notícia cadastrada em: 13/03/2014 15:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao