Banca de DEFESA: NATHALIA OLIVEIRA DE BARROS CARVALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : NATHALIA OLIVEIRA DE BARROS CARVALHO
DATA : 21/07/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório C cchla
TÍTULO:

PROTAGONISMO FEMININO E TRAÇOS MEMORIALÍSTICOS EM MALINCHE, DE LAURA ESQUIVEL E INÉS DEL ALMA MÍA, DE ISABEL ALLENDE


PALAVRAS-CHAVES:

Memória; Narrativas de extração histórica; Malinche; Inés Suárez.


PÁGINAS: 115
RESUMO:

RESUMO

 

Ao longo do século XVI, diversas áreas do continente americano passaram pelo processo de conquista empreendido por nações europeias como a Espanha e Portugal, por exemplo. Partindo desse contexto histórico como cenário, temos as obras literárias Malinche (2005)e Inés del alma mía(2006), narrativas de extração histórica escritas por Laura Esquivel e Isabel Allende, respectivamente, que apresentam um olhar voltado para figuras femininas que participaram de modo significativo na ocupação do México e do Chile pelos espanhóis. A presença de protagonistas femininas é um traço recorrente em ambas as escritoras latino-americanas e, no caso das narrativas que nos propusemos analisar, esta característica se mantém,acrescida da memória como elemento fundamental na construção dos textos. Desse modo, buscamos neste trabalho, analisar como Esquivel e Allende constroem suas narrativas dando voz à mulher como protagonista na conquista da América e como o abandono, presente na vida de Malinalli e Inés Suárez, influenciou significativamente seus destinos, deixando marcas em suas memórias, elementos que são resgatados pelas autoras.Nosso estudo é baseado em pesquisa bibliográfica, utilizando como base teórica Costa Lima (1983; 1986; 2006) e suas discussões sobre as relações entre texto histórico e texto ficcional; Menton (2003) e Trouche (2006) e suas sistematizações teóricas sobre romance histórico; Todorov (1993), Díaz delCastillo (2003) e Delgado (1987) e suas abordagens acerca dos dados históricos referentes às protagonistas das narrativas em estudo; Le Goff (2003) e Ricoeur (2007) e suas concepções acerca da memória, entre outros autores relacionados ao tema da pesquisa. Diante dos objetivos propostos, verificamos que o abandono foi um fator determinante para o destino delineado das protagonistas Malinalli e Inés Suárez. Ademais, através da análise, pudemos identificar uma clara intenção das escritoras de elaborar releituras e/ou reescritas das memórias de ambas personagens históricas ficcionalizada, destacando o papel da mulher na conquista da América e questionando os registros históricos sobre elas, bem como as imagens construídas em torno de suas figuras.

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1803529 - REGINA SIMON DA SILVA
Externo ao Programa - 1673669 - GERARDO ANDRES GODOY FAJARDO
Externo à Instituição - CRISTINA BONGESTAB - UEPB
Notícia cadastrada em: 03/07/2017 08:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao