Banca de DEFESA: BRUNO FERREIRA DE LIMA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : BRUNO FERREIRA DE LIMA
DATA : 24/03/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório D
TÍTULO:

EXPERIÊNCIA INTERCULTURAL MEDIADA PELA INTERNET: O ENSINO DE LÍNGUAS VIA TELECOLABORAÇÃO.


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave: Experiência Intercultural. Telecolaboração. Competência Comunicativa Intercultural.


PÁGINAS: 190
RESUMO:

 

Este trabalho tem como objetivo geral promover uma experiência intercultural via telecolaboração assíncrona no ambiente escolar. Também são objetivos específicos desta pesquisa elaborar e implementar um protocolo de atividades preparatórias para a telecolaboração assíncrona e identificar aspectos que denotem o desenvolvimento da Competência Comunicativa Intercultural (CCI) nas produções dos alunos brasileiros participantes. Com base nisso, realizamos uma pesquisa qualitativa interpretativista (BORTONI-RICARDO,2008) que contou com a participação 30 alunos brasileiros do Ensino Médio do IFRN Campus Natal Zona Norte que se corresponderam via e-mail com cerca de 110 alunos universitários da Universidade da Califórnia em Davis durante seis semanas. O corpus analisado foi composto por um questionário aplicado aos alunos brasileiros como parte de sua preparação para a telecolaboração, e pelos e-mails escritos por eles ao longo das semanas da parceria. Apoiamo-nos, principalmente, nos estudos de Byram (1997; 2008) e Kramsch (1993; 1996; 1998), no que diz respeito ao desenvolvimento da Competência Comunicativa Intercultural, ao ensino intercultural de línguas e à relação entre língua e cultura; em Belz (2003), Menard-Warwick et al (2013) e O´Dowd (2003; 2011) que discorrem sobre a telecolaboração como recurso para o ensino de línguas. Os resultados relevam que os alunos brasileiros aproveitaram a experiência intercultural para discutir assuntos complexos como preconceito, diversidade cultural e as noções atreladas à língua inglesa no Brasil. O protocolo de atividades mostrou-se consistente na preparação dos alunos para a colaboração. Dele, destacam-se as simulações de envio e resposta de mensagens e a exposição de e-mails reais com o propósito de debater a correção gramatical, a adequação dos níveis de formalidade e discutir aspectos culturais. Ademais, através de análise linguística aplicada aos e-mails, em que se utilizaram os Sistemas de Avaliatividade, ficaram evidenciados os indicadores do desenvolvimento de todos os componentes da CCI, quais sejam, atitude, conhecimento, habilidades e consciência cultural crítica.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2194174 - ANA GRACA CANAN
Interno - 1720830 - MARCELO DA SILVA AMORIM
Externo ao Programa - 1493578 - LUIS ALFREDO FERNANDES DE ASSIS
Externo à Instituição - EVA CAROLINA DA CUNHA - UFPE
Externo à Instituição - SÉRGIO IFA - UFAL
Notícia cadastrada em: 02/03/2017 08:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao