Banca de QUALIFICAÇÃO: NATHALIA OLIVEIRA DE BARROS CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : NATHALIA OLIVEIRA DE BARROS CARVALHO
DATA : 02/09/2022
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório 3 do Ágora
TÍTULO:

UNA VIDA DE JUANA PAULA MANSO: DESLOCAMENTOS E CONSTRUÇÃO DE UMA REDE DE CONHECIMENTO EM CÓMO SE ATREVE, DE SILVIA MIGUENS


PALAVRAS-CHAVES:

Juana Manso; Silvia Miguens; Cómo se atreve; Rede de conhecimento; Personagem.


PÁGINAS: 91
RESUMO:

A escritora argentina Silvia Miguens (1950) apresenta como traço marcante de sua obra o diálogo entre a literatura e a história. Nota-se ainda, a predominância de protagonistas femininas, podendo identificar, dessa forma, o perfil geral de suas publicações que tiveram início na década de 1990. Nessa lógica de produção literária destaca-se a obra que compõe nosso corpus de análise, o livro Cómo se atreve. Una vida de Juana Paula Manso (2004), que ficcionaliza a também escritora argentina Juana Paula Manso de Noronha (1819-1875). Dessa forma, neste trabalho buscamos analisar a protagonista Juana Paula, especialmente quanto ao processo de formação intelectual e profissional, considerando o olhar mais intimista proposto por Silvia Miguens, além de identificar as conexões com outras mulheres históricas através da protagonista, desvelando uma rede de conhecimento entre elas. Estudo de caráter qualitativo e de base bibliográfica tem entre as principais referências Jozef (1986; 2005), Menton (1993) e Hernandes (2017) para o estudo das produções de narrativas de extração histórica; Candido (2014) e Brait (2017) com as discussões sobre personagem, nossa principal categoria analítica; Lewkowicz (2000) e Zucotti (1998) com seus trabalhos sobre a figura histórica de Juana Paula Manso, além dos textos da própria Juana Manso, publicados especialmente em periódicos como o Jornal das Senhoras (1852) e o Álbum de Señoritas (1854), por exemplo; Lacerda (2003), Lerner (2019), Perrot (2017), Wolf (2020) e hooks (2019) no que tange à formação intelectual, às questões de patriarcado, e lutas femininas. Espera-se com esta tese e ao longo das análises, verificar a rede de conhecimento evidenciada pela narradora ao trazer para o texto outras figuras históricas – sobretudo mulheres – por meio da personagem principal do romance.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1803529 - REGINA SIMON DA SILVA
Externo à Instituição - CRISTINA BONGESTAB - UEPB
Externa à Instituição - RAQUEL DE ARAÚJO SERRÃO - IFRN
Notícia cadastrada em: 30/08/2022 10:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao