Banca de DEFESA: CARLOS HENRIQUE DA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CARLOS HENRIQUE DA SILVA
DATA : 20/09/2021
HORA: 15:00
LOCAL: Ambiente virtual
TÍTULO:

O PROCESSO FORMATIVO DE CUIDADORES DE IDOSOS: O PORTFÓLIO COMO ARTEFATO DE LETRAMENTO


PALAVRAS-CHAVES:

Letramento Laboral. Curso de formação de cuidadores de idosos. Portfólio formativo como artefato de letramento


PÁGINAS: 115
RESUMO:

O aumento da expectativa de vida das pessoas, já notado em países desenvolvidos é percebido agora também no Brasil, razão pela qual tem despertado o interesse de pesquisadores sobre o tema do envelhecimento. Isso implica dizer que teremos nas próximas décadas um percentual significativo de idosos que necessitarão de cuidados especializados, uma vez que o processo de envelhecimento natural promove modificações no corpo em virtude das doenças crônico degenerativas que acompanham a velhice. A partir desse contexto surge a necessidade de qualificar cuidadores de idosos a fim de dar conta dessa demanda crescente. Nesta tese, investigamos o processo formativo para atividade de cuidadores de idosos como eventos de letramento. O curso de formação eleito para essa investigação foi ofertado pela Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ESUFRN), através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC). Em termos metodológicos, o estudo se insere na área da Linguística Aplicada (MOITA LOPES, 2009; 2016) e segue uma abordagem de dados de pesquisa qualitativa com perspectiva interpretativista. (BODGAN; BIKLEN, 1994 e MINAYO, 2002). O corpus é constituído a partir de portfólios produzidos por dez cursistas em formação e um questionário aplicado com os participantes da pesquisa. Em relação aos fundamentos teóricos, a investigação se ancora nos pressupostos dos Estudos do Letramento como prática social (HEATH, 1983; BARTON, 1991, 1994; STREET, 2006; BARTON; HAMILTON, 2000, KLEIMAN, 1995, 2005); nas discussões sobre o Letramento em Saúde (PAZ, 2008; SILVA, 2013; MELO, 2016); dos Estudos alusivos ao uso do portfólio (CARVALHO; PORTO, 2005; AMBRÓSIO, 2013; 2015). A análise dos dados aponta a relevância do processo formativo dos cuidadores de idosos, mais precisamente do curso de cuidadores de idosos promovido por meio da ESUFRN/PRONATEC como também para a produção de portfólios como artefato de letramento, por intermédio dos quais os participantes do curso, além de cumprirem um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), também descrevem nele o seu percurso de formação, fazem reflexões sobre os conteúdos estudados e suas possíveis implicações para a prática laboral, inclusive as mudanças de atitude que devem assumir ao exercer o ofício, o que sinaliza o uso de portfólios como artefato/dispositivo formativo. Em termos de contribuições, este trabalho coopera para a expansão das discussões referentes aos letramentos, notadamente às questões que envolvem a formação e as atividades laborais do cuidador de idoso, como ofício em ascensão no mercado de trabalho.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1674285 - ANA MARIA DE OLIVEIRA PAZ
Interna - 332207 - MARIA DO SOCORRO OLIVEIRA
Externo ao Programa - 1161810 - GILSON DE VASCONCELOS TORRES
Externa à Instituição - MARLUCIA BARROS LOPES CABRAL - UERN
Externa à Instituição - NADIA MARIA SILVEIRA COSTA DE MELO - UERN
Notícia cadastrada em: 09/09/2021 17:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao