Banca de DEFESA: MARIA LILIANE BORGES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIA LILIANE BORGES DA SILVA
DATA : 06/03/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório D do CCHLA
TÍTULO:

 POSIÇÕES AXIOLÓGICAS NA ESCRITA DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO PROFLETRAS


PALAVRAS-CHAVES:

 

Posições axiológicas. Escrita acadêmico-científica. ProfLetras


PÁGINAS: 107
RESUMO:

Esta pesquisa tem como objetivo compreender como as posições axiológicas assumidas por professores-pesquisadores, ao dialogarem com as vozes citadas no texto e ao discutirem o seu objeto de pesquisa, constituem a tessitura textual de artigos científicos produzidos no âmbito do Programa de Mestrado Profissional em Letras (ProfLetras). Para tanto, parte da hipótese de que, na escrita de artigos científicos, as posições axiológicas assumidas pelos professores-pesquisadores mostram-se a partir da construção de um senso crítico, da elaboração de questionamentos e quando se problematiza um dizer, na reflexão sobre os problemas do contexto da sala de aula e no diálogo com as vozes citadas no texto. O trabalho tem como objetivos específicos: a) verificar quais vozes são reportadas nos artigos científicos, observando-as na constituição da voz do professor-pesquisador; b) investigar o funcionamento de elementos linguístico-discursivos, configuradores de posições axiológicas, nas discussões apresentadas pelo professor-pesquisador acerca de seu objeto de estudo, considerando os resultados da pesquisa; c) analisar como professores-pesquisadores dialogam com a palavra do outro, observando seus posicionamentos, e como a relacionam à sua experiência profissional; e d) averiguar as posições axiológicas na organização macroestrutural do artigo científico. Os pressupostos teórico-metodológicos utilizados na pesquisa compreendem, de modo central, os estudos do Círculo de Bakhtin (2010, 2011, 2016, 2017) especialmente sobre as concepções de linguagem, de signo ideológico, de posições axiológicas e de discurso alheio. Também contribuem para a pesquisa, os estudos de Authier-Revuz (1990, 1998, 2004 e 2008), acerca da heterogeneidade enunciativa, e de Coracini (1991), sobre a modalidade no discurso científico. corpus é constituído por seis artigos científicos produzidos por egressos do ProfLetras e publicados em uma revista científica, disponível em formato eletrônico. Filiada à linha de pesquisa Estudos Linguísticos do Texto e tendo natureza qualitativa, esta pesquisa adota o método interpretativo do Paradigma Indiciário proposto por Ginzburg (1989). Os resultados apontam que: a) para imprimirem suas posições axiológicas, os professores-pesquisadores fazem uso de diferentes estratégias, como recorrer aos discursos diariamente veiculados em seu contexto, e reportar autores, dicionários, além de documentos referenciais do ensino de Língua Portuguesa, buscando corroborar as ideias defendidas; b) nas discussões acerca do objeto de estudo, seja de forma implícita ou de modo explícito (por meio do uso de algumas expressões, verbos, por exemplo), os professores-pesquisadores avaliam, recomendam, revelando um discurso de dever; e c) no diálogo com a palavra do outro, predominam movimentos de concordância com as vozes citadas nos textos, bem como de convocação do dizer outro para dar sustentação à voz dos pesquisadores.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1673309 - SULEMI FABIANO CAMPOS
Interna - 349685 - MARIA DAS GRACAS SOARES RODRIGUES
Externo à Instituição - JOSE CEZINALDO ROCHA BESSA - UERN
Notícia cadastrada em: 27/02/2020 15:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao