Banca de DEFESA: EUNICE MATIAS DO NASCIMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EUNICE MATIAS DO NASCIMENTO
DATA : 30/01/2017
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório C do CCHLA
TÍTULO:

ASPECTOS DA ORGANIZAÇÃO INTERACIONAL NAS CARTAS PESSOAIS COMPARTILHADAS ENTRE CÂMARA CASCUDO E MÁRIO DE ANDRADE


PALAVRAS-CHAVES:

Interação; carta pessoal; sequência dialogal; trocas; pares dialogais.


PÁGINAS: 200
RESUMO:

Esta dissertação teve como objeto de estudo a interação estabelecida por meio de cartas pessoais partilhadas entre Câmara Cascudo e Mário de Andrade.  Assim sendo, estabelecemos como objetivo geral investigar aspectos da organização interacional dessas correspondências e como objetivos específicos descrever, analisar e interpretar os propósitos genéricos e a composição dos planos de texto da carta pessoal; as intervenções que ocorrem nas interações instauradas; a materialização das sequências dialogais e as trocas nesses textos; a natureza e estrutura das perguntas e respostas evidenciadas.   Subsidiamo-nos, para tanto, em Bakhtin (2003), Silva (2002), Silva (1997), Marcuschi (2005, 2008), Bazerman (2005), Andrade (2010), Adam ([2008]2011), entre outros pesquisadores, no que se refere a questões específicas do gênero discursivo/textual em foco. Também, orientamo-nos por perspectivas textuais e interacionais de investigação, cujas discussões fundamentam-se, principalmente, nos postulados da Análise da Conversação para abordar noções gerais que embasam o estudo da interação verbal em situações diversas. Nessa direção, destacamos pressupostos teóricos que têm como referência os estudos de Sacks, Schegloff e Jefferson ([1974] 2003), Marcuschi ([1986] 2003), Briz (2006), Kerbrat-Orecchioni (2006), Adam ([2008] 2011), Galvão (2011) e Galvão e Silva (2012), dentre outros. Metodologicamente, a pesquisa caracterizou-se como documental, sendo guiada por uma abordagem qualitativa e indutiva de investigação, com postura interpretativista de análise dos dados. O corpus do trabalho se constituiu de 97 cartas pessoais que fazem parte da correspondência de Câmara Cascudo e Mário de Andrade, escrita durante o período de 1924-1944, organizada em livro publicado em 2010. As análises realizadas revelaram que as cartas são interações verbais cujos aspectos de organização deixaram transparecer planos de texto fixos e ocasionais em um gênero discursivo/textual, sequências dialogais que se realizaram de forma semelhantes ao que observamos em situações face a face, embora os participantes estivessem distantes um do outro. Os resultados apontaram que essas ocorrências foram organizadas e mediadas por trocas e intervenções em que os participantes contribuíram na construção de um foco comum, pela instauração de pares dialogais, principalmente por manifestações de perguntas e respostas. Entendemos, assim, que escrever carta é uma forma de interação em que os participantes abordam muitas questões de interesse comum, compartilhando questões como política, literatura, cultura, entre outras, cujo objetivo é trazer um ao outro para o espaço presente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 348014 - MARISE ADRIANA MAMEDE GALVAO
Interno - 349685 - MARIA DAS GRACAS SOARES RODRIGUES
Externo à Instituição - MARIA ELIETE DE QUEIROZ - UERN
Notícia cadastrada em: 24/01/2017 09:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao