Banca de DEFESA: FLAVIO CESAR OLIVEIRA DA ROSA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FLAVIO CESAR OLIVEIRA DA ROSA
DATA : 23/01/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório D do CCHLA
TÍTULO:

ANÁLISE TEXTUAL DOS DISCURSOS - RESPONSABILIDADE ENUNCIATIVA EM RESPOSTAS A QUESTÕES DE LIVROS DIDÁTICOS


PALAVRAS-CHAVES:

Livro didático; heterogeneidade da linguagem; Responsabilidade Enunciativa 

 



PÁGINAS: 170
RESUMO:

Este trabalho tem como objetivo analisar e interpretar enunciados/respostas de atividades de interpretação textual propostos a alunos do 5º ano do Ensino Fundamental em dois livros didáticos, aprovados pelo PNLD 2010 e 2013, em que nos propusemos a identificar unidades da linguagem que evidenciam a assunção da Responsabilidade Enunciativa conforme as categorias propostas por Adam (2011). A linguagem é constitutivamente polifônica, razão que justifica que a escola, mediadora do conhecimento, por meio de seu trabalho, leve seus alunos a perceberem a heterogeneidade da linguagem e a pluralidade de vozes em um texto, além de, se possível, reconhecer os responsáveis por elas, bem como suas intenções comunicativas. A partir dos pressupostos teóricos de Bakhtin (1988, 1992,1997, 2006) a respeito da polifonia e de Authier-Revuz (2004) sobre a heterogeneidade da linguagem, procuramos identificar as diferentes vozes que podem constituir um discurso, por meio da expressão de seus pontos de vista. A Responsabilidade Enunciativa pode ser evidenciada em um texto por diversas unidades da linguagem, conforme os estudos de Adam (2011).  Quanto à metodologia, nossa pesquisa é de base qualitativa,  de  natureza  interpretativista. O corpus se constitui de respostas a questões de dois livros didáticos dos quais foram selecionadas, em todos os capítulos, unidades de trabalho que tratam da interpretação textual. Para fundamentar nossa pesquisa, partimos da concepção de alguns teóricos que estudam a linguagem em sentido mais amplo, como Authier-Revuz (2004), Bakhtin (1988, 1992,1997, 2006), Marcuschi (2001, 2003, 2008), Koch (1996,1996) e, mais especificamente, em teóricos da Análise Textual dos Discursos (ADAM, 2011) e da Linguística Enunciativa, na perspectiva de autores Ducrot (1980, 1984 e 2001),  Nølke (2001, 2005, 2009, 2013), Nølke, Fløttum e Norén (2004), Rabatel (2003, 2004, 2005, 2008, 2009, 2010, 2016). Os dados revelam mais zonas textuais marcadas pela não assunção da Responsabilidade Enunciativa, o que atribuímos à brevidade das respostas a questões de interpretação textual. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CELIA MARIA MEDEIROS BARBOSA DA SILVA - UnP
Externo à Instituição - GILTON SAMPAIO DE SOUSA - UERN
Interno - 349707 - LUIS ALVARO SGADARI PASSEGGI
Presidente - 349685 - MARIA DAS GRACAS SOARES RODRIGUES
Interno - 348014 - MARISE ADRIANA MAMEDE GALVAO
Notícia cadastrada em: 05/01/2017 11:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao