Banca de DEFESA: JASMINE SOARES RIBEIRO MALTA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JASMINE SOARES RIBEIRO MALTA
DATA: 26/02/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Setor 2 - Sala I-13
TÍTULO:

MOSAICO MAFRENSE: CINEMA E LITERATURA PIAUIENSES, UMA IMAGEM DO SERTÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Literatura, Cinema, Piauiense, Identidade, Linguagem, Comparação, Discurso.


PÁGINAS: 119
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literatura Comparada
RESUMO:

Apesar das mudanças históricas e sociais ocorridas no Brasil, do avanço e crescimento

das cidades, quais transformações ocorreram com a imagem do sertanejo nos últimos tempos

em função destas?

A presente Tese tem por objetivo realizar um estudo com base em fundamentações

teóricas dos estudos da Linguagem e Análise dos Discursos, notadamente os desenvolvidos e

aplicados na área da Literatura Comparada, usando como referenciais os preceitos de Jean-

Michem Adam e Ute Heidmann – acerca das análises textuais e discursivas, e de Mikhail

Bakhtin – no aporte sobre a linguagem.

Os objetos de estudos são duas obras de autores piauienses. Uma, cinematográfica, a

outra, Literária. Ambas, vistas sob a ótica de trabalhos artísticos, de linguagem e de

identidade local. Desta forma, as “partes” referentes a cada um dos materiais pesquisados,

estarão “coladas” em sua composição final, resultante neste Mosaico Mafrense.

Os estudos identitários constituem uma das preocupações intelectuais da modernidade.

Trata-se da busca pelo “eu e o outro” em uma sociedade dominada pelas relações

comunicativas mais ágeis e fugazes. A dicotomia entre a apreciação literária – mais

demorada, comedida, introspectiva e, muitas vezes, solitária – e a apreciação cinematográfica

– quando comparada com a anterior é mais rápida, intensa, imediata e, muitas vezes, coletiva

– proporciona a observação sobre o saber criativo, através da transdisciplinariedade

emergente.

Um mergulho nas águas profícuas e, porque não, profundas da Literatura e do Cinema

constituem o ponto de interesse nesse processo de linguagem construtiva. A busca pela

formação da identidade sertaneja será o guia norteador nessa viagem inovadora e

esclarecedora.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1496892 - MARCIO VENICIO BARBOSA
Interno - 2211871 - RENATA ARCHANJO
Externo ao Programa - 1345775 - MARIA HELENA BRAGA E VAZ DA COSTA
Externo à Instituição - LAIS KARLA DA SILVA BARRETO - UnP
Externo à Instituição - LUCIANO BARBOSA JUSTINO - UEPB
Notícia cadastrada em: 24/02/2016 10:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao