Banca de DEFESA: MIRLENE COUTINHO DE MELO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MIRLENE COUTINHO DE MELO
DATA: 30/07/2015
HORA: 14:00
LOCAL: a definir
TÍTULO:

Canto de muro: A contrução de um mundo de papel


PALAVRAS-CHAVES:

 Canto de Muro. Intertextualidade. Tradição. Memória. 


PÁGINAS: 89
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literatura Comparada
RESUMO:

CANTO DE MURO: A CONSTRUÇÃO DE UM MUNDO DE PAPEL

corpus desta pesquisa é a obra Canto de Muro (1959), do escritor potiguar Luís da Câmara Cascudo. Trata-se de um romance de costumes que apresenta, em sua temática e estrutura composicional, nitidez científica associada à poeticidade. A obra é a narração da vida, das aventuras e da morte de animais que vivem no quintal de uma chácara urbana, no Tirol, lugar que Cascudo investiga as atitudes e os comportamentos diários dos bichos sob a ótica naturalista (científico), social (cotidiano) e poética (linguagem). Nessa perspectiva, este estudo tem como objetivo compreender e analisar a presença da intertextualidade para a construção da narrativa cascudiana, em que evidenciamos a existência de outros textos tanto de estudos divulgados da História Natural, quanto da cultura popular, que contribuem para a formação do texto literário e para a cultura e a memória coletiva. Sendo assim, a fim de embasar a nossa reflexão sobre a intertextualidade, estamos fundamentados nas teorias dos seguintes estudiosos: Compagnon (1996) e Kristeva (2005), que nos subsidiam acerca da presença de epígrafes, de citações e de notas de rodapé. Além disso, refletimos sobre a tradição popular que caracterizam as personagens animalescas e percebemos como a memória faz parte da obra. Para isso, contemplamos as principais contribuições teóricas de Bornheim (1987), Candido (2000, 2004), Brandão (2008) e Bosi (2006) que discutem com propriedade essas reflexões. Logo, a nossa pesquisa também compreende uma análise  das personagens, no tocante às atitudes e às vidas que habitam e visitam o cotidiano no canto do muro, e a figura do narrador pesquisador.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1746024 - EDNA MARIA RANGEL DE SA
Interno - 155.661.454-34 - HUMBERTO HERMENEGILDO DE ARAUJO - UFRN
Externo à Instituição - MARIA SUELY DA COSTA - UEPB
Notícia cadastrada em: 22/07/2015 08:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao