Projetos de pesquisa dos docentes do programa

A enfermagem e o cuidado sistematizado ao adulto em situações clínicas e cirúrgicas

Docente responsável: ALLYNE FORTES VITOR

 

Descrição: Pesquisa sobre a prática clínica sistematizada do enfermeiro de forma a promover o avanço no conhecimento da área e aprimorar esta ciência investigativa, em prol do progresso da Enfermagem na Atenção à Saúde, mediante o Desenvolvimento tecnológico em saúde e enfermagem. Estrutura-se na contribuição dos diversos níveis do conhecimento teórico de enfermagem para a pesquisa e a prática assistencial do enfermeiro. Aborda o processo de cuidar ao adulto nos diversos níveis complexidade, o uso do julgamento clínico, a sistematização da assistência de enfermagem, o processo de enfermagem e seus sistemas de classificação na construção de um ambiente de segurança e prevenção de incidentes, eventos adversos e danos desnecessários. Propõem o aprimoramento da tomada de decisão clínica com base na produção, síntese, avaliação e disseminação das melhores evidências científicas para o fortalecimento do conhecimento translacional e a articulação entre a ciência, o cuidado de enfermagem e saúde populacional. Enfoca a promoção à saúde por meio do desenvolvimento e aplicação de tecnologias da saúde com vistas à melhoria contínua dos processos de cuidado, articulação e integração de conhecimentos para a garantia de boas práticas de funcionamento dos serviços de assistência à saúde. Visa aprimorar métodos, processos e instrumentos de enfermagem e o aperfeiçoamento de suas taxonomias. Universal CNPq 486042/2011-1 (Recurso financeiro R$20.000,00); Universal CNPq 444290/2014-1 (Recurso financeiro R$24.100,00); (2 bolsas de iniciação à pesquisa CNPq R$ 19.200,00).

 

 

 

A formação e o trabalho em saúde/enfermagem voltado para o sistema único de saúde

 

Docente responsável: SORAYA MARIA DE MEDEIROS

 

Descrição: Estuda a mudança e a reorientação da formação de profissionais de saúde pautadas na reforma sanitária, nos princípios e diretrizes do sistema único de saúde (SUS) e nas diretrizes curriculares nacionais para os cursos de graduação em saúde. A repercussão dessa formação em saúde/enfermagem incorre na releitura dos processos de trabalho, dos espaços produtivos e da análise ética e política nas profissões da saúde. As principais áreas de estudos e pesquisas envolvem de saúde coletiva, bioética, formação e educação em saúde/enfermagem e saúde do trabalhador.

 

 

 

A organização do processo de trabalho do enfermeiro na atenção à saúde do adulto e da pessoa idosa de vida, em condições crônicas de saúde, nos diversos níveis de complexidade da assistência em saúde

 

Docente responsável: REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES

 

Descrição: Projeto vinculado atualmente, ao grupo de pesquisa Práticas Assistenciais e Epidemiológicas em Saúde e enfermagem, com inserção na linha de pesquisa de Atenção à Saúde dos grupos populacionais e de riscos. Está centralizado nas questões atuais que envolvem o envelhecimento e a saúde de pessoas adultas e idosas, nos três níveis de complexidade de assistência, a partir da epidemiologia e da clínica no desenvolvimento de ações de promoção à saúde, proteção específica, prevenção de doenças e reabilitação, de acordo com o modelo assistencial de vigilância à saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. Além de incluir a temática da enfermagem geriátrica e gerontológica, através dos estudos cujos objetivos sejam os cuidados e as intervenções de enfermagem para pessoas idosas acometidas por agravos à saúde, ou em condições crônicas, com vistas à identificação dos fatores e aspectos sociais e de sua influência como principais determinantes do processo saúde-doença no contexto do processo de trabalho em saúde e enfermagem. Participa da equipe dos seguintes projetos: 1) Projeto de Pesquisa Multicêntrico MCTI/CNPq/MS-SCTIE-Decit Nº 40/2012 – Pesquisa Doenças Negligenciadas - Processo 404073/2012- 3. Tuberculose: análise dos pontos de estrangulamento da atenção para controle da doença em municípios das regiões sul, sudeste e nordeste do Brasil. Vigência: 2012 – 2015. Coordenação: Profa. Dra. Tereza Cristina Scatena Villa.

 

 

 

Ações promocionais e de atenção a saúde mental e saúde coletiva a grupos humanos nos ciclos da vida na formação de redes comunitárias frente aos processos de trabalho e ensino-aprendizagem na enfermagem

 

Docente responsável: FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA

 

Descrição: O panorama geral dos transtornos mentais e comportamentais sobre a Saúde no Mundo de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) ressalta o despertar da consciência crítica-reflexiva para a problemática, levando em conta o real ônus dos transtornos mentais e seus custos em termos humanos, sociais e econômicos. Ao mesmo tempo, empenha-se em ajudar a desconstruir muitas das barreiras, especialmente a estigmatização, a discriminação e a insuficiência dos serviços que impedem milhões de pessoas em todo o mundo de receberem tratamento de que necessitam e que merecem (OMS, 2001). No Brasil, a Reforma Psiquiátrica organiza-se com base nos pressupostos da Reforma Sanitária e da Psiquiatria Democrática Italiana para eliminar o modelo hospitalocêntrico. Os serviços substitutivos expressam todas as formas de atenção à saúde mental que não sejam caracterizados como confinamento ou institucionalização, com finalidade de aproximação e ressocialização do portador de transtorno mental e comportamental junto à comunidade. O projeto tem por objetivo geral: desenvolver estudos e ações terapêuticas por meio da construção de práticas e saberes (científico/popular) no contexto do Sistema Único de Saúde na interface da saúde mental e saúde coletiva. Específicos: promover processos de cuidados priorizando o equilíbrio físico e mental; fortalecer as expressões subjetivas do sujeito, sua identidade e a sua cidadania; criar espaços na rede de cuidados básicos que possibilitam a diminuição do uso indiscriminado de medicamentos e a fragmentação do sujeito; promover a redução do estigma e preconceito de grupos vulneráveis e riscos de morte; implementar a inclusão de ações que respeite as experiências dos usuários dos serviços de saúde; analisar os fatores que interferem na inclusão familiar nos CAPS e na formação da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS); implantar a estratégia complementar da TC como suporte às equipes de saúde da família; fomentar a pesquisa na pós-graduação na interface da saúde mental e saúde coletiva; validar instrumentos; analisar papéis e funções dos profissionais da RAPS; estudar doenças mentais na perspectiva da psicopatologia e psicanálise. O estudo global caracteriza-se por mixed methods e subdivide-se em etapas na medida em que atende a uma demanda aberta dos objetos de investigação em consonância com as pactuações e agendas de prioridades no setor Saúde. A população é composta por profissionais de saúde e áreas afins, usuários e familiares cuidadores e/ou responsáveis de pessoas com transtornos mentais e comportamentais, profissionais atendidos na Rede de Atenção Psicossocial do Estado do Rio Grande do Norte e demais estados federados e na interface da saúde coletiva nos ciclos da vida, com ênfase nas doenças negligenciadas, infecções sexualmente transmissíveis, relação de gênero, ideação e suicídio. FINANCIAMENTOS: Número do Processo/CNPq: 305092/2012-0 – 2013/2016 – Edital: Produtividade em Pesquisa – Bolsa – R$ 28.000,00; Número do Processo/CNPq: 477241/2013-1 Chamada: Universal 14/2013 - Faixa B – R$ 34.00,00; Número do Processo/CAPES: Processo: 88881.119043/2016-01 – Edital: Estágio Sênior no Exterior -88881.119043/2016-01 – Bolsa – R$ 103.000,00 – 2017-2018. Destacam-se outros financiamentos anteriores a 2010: MS / CNPQ / FAPERN Edital n. 001 / 2007/PPSUS R$ 46.735,00; CTSAUDE / Edital MCT/CNPq/CT-Saúde/MS/SCTIE/DECIT nº 33/2008 - Saúde Mental. Processo: 575230/2008-8 - R$ 62.000,00 e Bolsas por cota (PIBIC); Edital MCT/CNPq nº 70/2008 - Mestrado/Doutorado – Processo: 553618/2009-1, bolsa de MA por 24 meses.

 

 

 

Acurácia dos Diagnósticos de Enfermagem Amamentação Ineficaz e Risco de Glicemia Instável em recém-nascidos em uma maternidade 

Docente responsável: QUENIA CAMILLE SOARES MARTINS

 

Descrição: A infância é um período em que se desenvolve grande parte das potencialidades humanas. Os distúrbios que incidem nessa época são responsáveis por graves consequências para indivíduos e comunidades (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2015). A Sistematização da Assistência (SAE) de Enfermagem no Brasil é uma atividade regulamentada pela Lei do Exercício Profissional de Enfermagem, se caracteriza como uma ferramenta do enfermeiro no seu ambiente de trabalho. Carvalho, Jesus e Bachion (2010), define o diagnóstico de enfermagem como um conjunto de analise clínica, relatando o estado de saúde do indivíduo. A atribuição do diagnóstico requer uma boa avaliação do paciente, assim promovendo uma melhor qualidade de vida. Considerando a escassez de estudos que abordem a acurácia do diagnóstico de amamentação ineficaz e risco de glicemia instável, os estudos encontrados tiveram como principal importância auxiliar na obtenção de uma amamentação eficaz (ABRAÃO, GUTIERREZ E MAIN 2005). O objetivo deste trabalho é avaliar a acurácia dos Diagnóstico de Enfermagem Amamentação ineficaz e risco de glicemia instável por meio da Escala de acurácia dos diagnósticos de enfermagem, EADE, (MATOS, CRUZ, 2009). Investigar quais os aspectos relevantes para atribuição do diagnóstico de enfermagem na perspectiva de uma avaliação clínica; identificar quais as principais características definidoras se relacionam a prescrição dos diagnósticos de enfermagem amamentação ineficaz e risco de glicemia instável. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal descritivo de corte prospectivo com abordagem quantitativa para avaliar a acurácia dos diagnósticos de enfermagem. Será desenvolvida no Hospital Universitário Ana Bezerra (HUAB), localizado no município de Santa Cruz, interior do Rio Grande do Norte e há 121 km da capital, Natal. A população deste estudo será constituída de prontuários de puérperas e recém-nascidos atendidos no Pré-Parto, Pós-Parto e Puerpério (PPP) e alojamento conjunto do referido hospital. No presente estudo, serão colhidos dados da população de pacientes elegíveis através dos registros de enfermagem (evolução de enfermagem), do sistema eletrônico, Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários (AGHU), de onde serão evidenciados os diagnósticos presentes para cada paciente.

 

 

 

Adolescência e juventude & exposição ao HIV em estados brasileiros: análise epidemiológica, geoespacial e desenvolvimento de ações preventivas multiplicadoras 

Docente responsável: ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJÃO

 

Descrição: Trata-se de um estudo multicêntrico o qual conta com a participação de nove universidades em cinco estados de diferentes regiões do país. Este projeto foi aprovado na Chamada CNPq/MS-DIAHV Nº 24/2019 - Pesquisas em Ações de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, HIV/Aids e Hepatites Virais, na Linha temática II ? Desenvolvimento de estudos de avaliação dos aspectos sociocomportamentais de risco de exposição ao HIV em adolescentes e jovens adultos. Os objetivos são: avaliar o perfil epidemiológico e os fatores de risco de infecção pelo HIV entre adolescentes e jovens; desenvolver, validar, implementar e avaliar o efeito de ações de promoção da saúde sexual, prevenção e redução da exposição ao HIV e AIDS para adolescentes, jovens, profissionais de saúde e professores da educação básica. Trata-se de pesquisa de natureza quantiqualitativa, de multimétodo e sequenciada a ser realizada em cinco estados brasileiros (Goiás, Pará, Ceará, Paraná e Rio Grande do Norte). A população de estudo será selecionada de acordo com a área adscrita da Unidade de Saúde da Família sendo, adolescentes e jovens (10 a 24 anos), profissionais de saúde da atenção primária e professores da educação básica (fundamental e médio). O estudo contará com três grandes etapas, a saber: (1) Análise do cenário atual; (2) Desenvolvimento e validação de tecnologia educacional e (3) Implementação e avaliação de estratégias de enfrentamento do problema.

 

 

 

Aspectos clínicos e epidemiológicos relacionados ao desenvolvimento tecnológico em saúde e enfermagem 

Docente responsável: ALLYNE FORTES VITOR 

 

Descrição: Projeto de pesquisa vinculado ao grupo de pesquisa Núcleo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem Clínica – NEPEC/UFRN, que aborda os aspectos clínicos e epidemiológicos relacionados às tecnologias em saúde e enfermagem, em seus aspectos assistenciais, educacionais e gerenciais. Envolve estudos dos mais diversos delineamentos para estabelecimento de níveis/índices de acurácia, sobrevida, além de cálculos de razão de prevalência, risco relativo e razão de chances de diversas condições clínicas de interesse para promoção do conhecimento. Aborda a avaliação da eficácia e eficiência dos serviços e tecnologias em saúde. Trata de estudos aplicados aos serviços de transplantes de córneas, de medula óssea e de células tronco-hematopoéticas (TCTH), bem como nas condições pré- hospitalares nas mais diversas situações agudas e crônicas em saúde. Se articula com a área de Concentração de Enfermagem na Atenção à Saúde do PGENF/UFRN ao abordar aspectos clínicos e epidemiológicos das condições de saúde e doença da população, com produção científica na busca de melhorias e mudanças dos indicadores de saúde, por meio de pesquisas que contribuam para a atenção à saúde em uma concepção ampliada dos objetos de atuação e investigação pelos estudos de dissertação e tese em desenvolvimento. Os estudos em andamento estão em consonância com a linha de pesquisa “Desenvolvimento tecnológico em saúde e enfermagem”, pois aborda os eixos temáticos de aspectos clínicos e epidemiológicos do processo saúde doença em seus aspectos tecnológicos assistenciais e gerenciais. Recursos financeiros captados: Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Edital PIBIC PVD10064; Edital PIBIC PVD9121; Edital ações integradas – Processo 21457/2012 - Recurso financeiro (5.000,00) e Bolsa (03 bolsas); CNPq – Edital Universal 2015-2017 – Processo 4445232/2014-5 - Recurso financeiro (15.300,00).

 

 

 

Aspectos de saúde, qualidade de vida e prática baseada em evidências na assistência de enfermagem ao adulto e idoso portador de doença infecciosa 

Docente responsável: ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJÃO

 

Descrição: Projeto inerente às linhas de pesquisa Biossegurança e doenças infecciosas: controle e estratégias de enfrentamento e Prática de Enfermagem Baseada em Evidência pertencentes ao Grupo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem Baseada em Evidência, o qual visa estudar aspectos intrínsecos ao cuidado individualizado e coletivo de pessoas portadoras de doenças infecciosas em acompanhamento ambulatorial e em internação hospitalar, com vistas a promoção, prevenção e recuperação da saúde. Estuda e avalia aspectos de saúde e qualidade de vida, por meio da utilização de escalas e instrumentos validados; investiga evidências acerca das melhores práticas para assistência com foco no Processo de Enfermagem; objetiva, ainda, elaborar e validar instrumentos de avaliação clínica e protocolos assistenciais de enfermagem para esta população específica. Neste sentido, coaduna com a linha de pesquisa Enfermagem na Vigiância à saúde, pertinente ao Programa de Pós-graduação em Enfermagem da UFRN. EDITAL UNIVERSAL– MCTI/CNPq Nº 14/2014 – Processo nº 460777/2014-9 - Valor preditivo do diagnóstico de enfermagem risco de infecção em pacientes portadores de AIDS e sua utilização na elaboração de protocolos assistenciais. Recurso financeiro (R$ 21.750,00).

 

 

 

Avaliação de Políticas e Programas de Saúde direcionados a atenção à mulher no ciclo gravídico e puerperal, ao recém-nascido e a crianças 

Docente responsável: NILBA LIMA DE SOUZA

 

Descrição: Tratar-se de um projeto guarda chuva que tem uma abordagem de estudos qualitativos, quantitativos e misto. Por trata-se de projeto avaliativos o referencial teórico terá como norte comparativo as políticas e programas públicos de saúde do sistema único de saúde. Atualmente alguns dos seus objetivos estão sendo contemplados em trabalho de conclusão de curso (TCC), dissertações de mestrado e teses de doutorado. Todos as investigações têm como campo de pesquisa as unidades de saúde pública de atenção primária, média e alta complexidade, o que possibilita a integração com a realidade dos serviços de saúde nos quais os alunos de graduação, alunos de pós-graduação estão inseridos, favorecendo novos conhecimentos, com vistas a possibilitar a elaboração de outros estudos dentro da realidade observada. Também constam com a participação de professores da UFRN e enfermeiros que atuam nas redes de atenção pública. O presente projeto encontra-se vinculado a linha de pesquisa Enfermagem na Vigilância à Saúde e ao Grupo de Atenção à Saúde Infanto-Juvenil Mulher e Homem do Departamento de Enfermagem do qual estou como líder desde 2016. Entende-se que obter conhecimentos acerca das Políticas e Programas de Saúde pública de atenção a mulher, ao recém-nascido e a criança amplia novas pesquisas, com inserção de alunos de graduação nos projetos de iniciação científica (pesquisa e extensão) e alunos de pós-graduação Latu senso e Stricto sensos, por meio de TCC (graduação e pós-graduação), dissertações de mestrado e teses de doutorado (Universal 14/2013 - Faixa A – Processo: 478047/2013-4; Universal 014/2014 Número: 448392/2014-3 Modalidade: APQ; FAPERN – PPSUSIII EDITAL 0112009 – GESTÃO COMPARTILHADA EM SAÚDE - PVD4879-2013).

 

 

 

Construção e validação de fluxograma de elegibilidade de paciente para o uso da hipodermóclise 

Docente responsável: QUENIA CAMILLE SOARES MARTINS

 

Descrição: A hipodermóclise é uma técnica de terapia subcutânea para infusão de fluidos medicamentosos, de hidratação e nutrição. Tem uma absorção semelhante a da via intramuscular, mas com a vantagem de ser praticamente indolor devido ao tecido da hipoderme ser menos inervado. Evidências disponíveis em ensaios clínicos indicam que a infusão subcutânea pode ser uma técnica eficaz para administrar fluidos e tem um perfil de segurança favorável em várias populações. Configurando-se como uma vantagem para os pacientes, principalmente aqueles em cuidados paliativos ou oncológicos. Atualmente a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia dispõe de um guia e um protocolo sobre a técnica, bem como o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Entretanto, entre as principais barreiras encontradas para realização dessa técnica reside nos critérios de elegibilidade dos pacientes e ainda no desconhecimento dos profissionais diretamente envolvidos na técnica (equipe de enfermagem e médica). Destarte delineou-se este estudo com vistas no desenvolvimento e validação de um protocolo para elegibilidade desses pacientes para utilização da hipodermóclise.

 

 

 

Construção e validação de um protótipo de software para operacionalizar o processo de enfermagem voltado para pacientes com aids 

Docente responsável: ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJÃO

 

Descrição: O estudo tem como objetivo geral desenvolver e validar um protótipo de software para operacionalizar o processo de enfermagem para pacientes com Aids.Trata-se de um estudo metodológico de desenvolvimento tecnológico. Para tanto, será realizado em cinco etapas, a saber: (1) construção do instrumento com as fases do processo de enfermagem, sendo utilizadas as taxonomias NANDA Internacional, NursingOutcomesClassification e NursingInterventionsClassification, para elaboração do item histórico de enfermagem e a seleção dos diagnósticos de enfermagem optou-se por uma scoping review, já a elaboração do plano assistencial e prescrição de enfermagem consistirá com base nos diagnósticos elencados anteriormente utilizando a NursingInterventionsClassification, o item prognóstico será utilizada a NursingOutcomesClassificationcom apoio da prescrição de enfermagem e finalmente haverá um espaço destinado para que o enfermeiro possa realizar a evolução de enfermagem; (2) validação de conteúdo do instrumento com as fases do processo de enfermagem por meio da técnica Delphi, empregar-se-á o coeficiente de validade de conteúdo, onde serão consideras aceitáveis as questões que obtiverem coeficiente > 0,8; (3) desenvolvimento do protótipo de software será de acordo com os seguintes passos: comunicação, planejamento, modelagem, construção e entrega; (4) validação do protótipo de software por meio dos requisitos da InternationalOrganization for Standardization e da InternationalElectrotechnicalCommision 25010, para avaliar os resultados obtidos será utilizada escala de avaliação para subcaracterísticas recomendada pela norma Associação Brasileira de Normas Técnicas norma brasileira InternationalOrganization for Standardization/InternationalElectrotechnicalCommision 14598-6 adotando o valor considerado esperado, ou seja, mais de 70% das respostas positivas; (5) implementação e avaliação da usabilidade do protótipo de software. Na implementação serão 5 oficinas ministradas e para avaliação da usabilidade será utilizada ABNT NBR ISO 9241-11.Ressalta-se que o estudo será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte respeitando a Resolução 466/12. Espera-se contribuir para uma assistência de enfermagem qualificada e segura ao paciente com Aids.

 

 

 

Cuidado ao paciente com afecções agudas e críticas: avaliação e implicações para a assistência 

Docente responsável: ALLYNE FORTES VITOR

 

Descrição: Compreende estudos sobre o cuidado ao paciente com afecções agudas e críticas na média e alta complexidade. Esses estudos tratam da avaliação em saúde e qualidade da assistência, bem como elaboração e validação de instrumentos, ensaios clínicos randomizados para avaliar a segurança e eficácia de novos produtos, formulações, procedimentos e efeitos terapêuticos. Equipe do projeto aprovado pela Chamada MCTI/CNPq/Universal, Processo nº 403613/2016-7, no valor de R$ 27.000,00.

 

 

 

Cuidado de enfermagem e segurança do paciente: perspectivas teórico-metodológica e tecnológica nos cenários de prática e de ensino em saúde e enfermagem 

Docente responsável: VIVIANE EUZÉBIA PEREIRA SANTOS

 

Descrição: O Projeto proposto a partir de referências teórico- filosófico e metodológico sobre o cuidado de Enfermagem e a segurança do paciente. Tem como objetivo descrever as interfaces do cuidado de Enfermagem e da segurança do paciente, através de tecnologias em saúde, como a aplicação das teorias de Enfermagem na prática clínica e no ensino, bem como da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). Com o desenvolvimento e resultados do projeto, poderá se implantar projetos de extensão, além de articular as áreas de ensino, pesquisa e assistência, as quais poderão levar os alunos a prática do aprender pesquisando o processo de cuidar, a segurança do paciente com subsídio das tecnologias em saúde (Sindrome de Burnout em docentes do centro de ciências da Saúde da UFRN - FAPERN – PPP IV/2012 - encerrado em julho 2014 - Recurso financeiro e bolsa de pesquisa (R$15.915,00); Parto prematuro: estudo dos fatores associados para construção de estratégias de prevenção - Universal - 14/2013 - Faixa A – Processo: 478047/2013- Recurso financeiro R$ 23.976,00); Bolsa Produtividade em Pesquisa - PQ2 - CNPq 2016/2019 (Processo: 311019/2015-3).

 

 

 

Desenvolvimento das práticas de enfermagem nos serviços de saúde 

Docente responsável: ANA LUISA BRANDÃO DE CARVALHO LIRA

 

Descrição: Projeto Global do Pesquisador. Investiga a realidade da prática da enfermagem, a partir da compreensão e avaliação das ações dos profissionais de enfermagem nos diversos contextos da atenção à saúde com vistas a orientar novos modelos teóricos e práticos do saber-fazer do enfermeiro. Estuda a prática de enfermagem numa perspectiva da práxis que engloba a vinculação do saber com o fazer do enfermeiro de forma integral e consciente. O projeto se desenvolve através de investigações que incluem a análise e avaliação da realidade, teorização e a reformulação dos conceitos e das práticas perante as mudanças sociais e dos problemas de saúde. O conceptualização da prática que orienta o desenvolvimento do projeto é multidimensional e engloba a ação do enfermeiro como deliberativa e direcionada, num trabalho coordenado para a melhoria da saúde daqueles sob cuidados em saúde. Nessa perspectiva da prática de enfermagem, implementam-se ações de forma coordenada e com conhecimentos científicos, tecnológicos e de relações humanas para a solução de problemas das pessoas e dos serviços nos quais o enfermeiro assume diversas responsabilidades. BRITISH COUNCIL/PROJETO DE COOPERAÇÃO MIDWIFERY 2002; UNIVERSAL481265/2004-0; EDITAL 36/2OO4 403619/2004-1; PRODUTIVIDADE PQ 305960/2005-9; PRODUTIVIDADE PG 305767/2008-9; MCT/CNPQ 554088/2010-0; MCT/CNPQ 506765/2010-5; UNIVERSAL 482618/2011-6; PRODUTIVIDADE PQ 11565/2011-5; UNIVERSAL 485627/2012-4; PRODUTIVIDADE 309860/2014-8.

 

 

 

Diagnóstico situacional das infecções sexualmente transmissíveis no contexto amazônico: análise geoespacial, rastreio e desenvolvimento de tecnologias cuidativas educacionais 

Docentes responsáveis: ANA LUISA BRANDÃO DE CARVALHO LIRA & ELUCIR GIR (USP)

 

Descrição: Projeto com o objetivo de conhecer a expressão geográfica da sífilis e do HIV/aids no estado do Pará por meio do geoprocessamento, levantar a prevalência de ISTs e taxa de cobertura vacinal para o HPV na população ribeirinha, avaliar comportamentos de riscos para a ISTs e nível de conhecimento que a população paraense sobre as ISTs. Após tais levantamentos, será traçadas intervenções de educação em saúde sexual específicas, visando a prevenção dessas infecções. Edital n°021/2018 - Programa Nacional de Cooperação Acadêmica na Amazônia - PROCAD Amazônia 2018. Processo: 88887.200526/2018-00. Coordenador geral do projeto: Elia Pinheiro Botelho (UFPA/PPGENF); Coordenadora Associada 1: Elucir Gir (EERP/USP); Coordenadora associada 2: Ana Luisa Brandão de Carvalho Lira.

 

 

 

Diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem da cipe® para pacientes com COVID-19 

Docente responsável: RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA

 

Descrição: Trata-se de um estudo metodológico, seguido de validação de conteúdo, que possui como objetivo geral validar um subconjunto terminológico da CIPE® para pacientes com COVID-19, e específicos: elaborar diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem para pacientes com COVID-19, utilizando-se o Sistema de Classificação em Enfermagem da CIPE® e validar o conteúdo de diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem de pacientes com COVID-19. As etapas do desenvolvimento da pesquisa serão: identificação das evidências empíricas contidas na literatura científica relacionadas à COVID-19; construção de título de diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem a partir do banco de termos, utilizando a CIPE®; categorização dos títulos com a teoria das necessidades humanas básicas de Horta em pacientes com COVID 19; elaboração do subconjunto terminológico da CIPE para pacientes com COVID-19; validação dos conteúdos de diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem de pacientes com COVID-19 por Especialistas/Juízes. A pesquisa será conduzida de acordo com a Resolução nº466/12 do Conselho Nacional de Saúde, que aborda as diretrizes e normas regulamentadora de pesquisas envolvendo seres humanos após a aprovação do comitê de ética.

 

 

 

Efetividade de intervenção à luz do modelo de adaptação de Roy em pessoas estomizadas

Docente responsável: ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA

 

Descrição: Esse projeto tem como objetivo geral avaliar a efetividade de intervenção de seguimento pós-operatório na adaptação das pessoas estomizadas à luz do modelo de Roy. Esta proposta além de ter como meta a criação de um instrumento baseado no modelo teórico de Roy, propõe-se a realizar uma intervenção com pacientes estomizados usando como principal instrumento para a intervenção o telefone e o instrumento criado; estando por tanto intimamente relacionado a linha de pesquisa de desenvolvimento tecnológico em saúde e Enfermagem. Para alcançar os objetivos e metas delineados, o estudo será desenvolvido em TRÊS etapas: a primeira, será a construção e validação de um instrumento para mensurar o nível de adaptação da pessoa com estomia à luz do modelo de adaptação de Roy em que será realizada uma revisão integrativa da literatura que embasará a construção do instrumento de adaptação. Os itens obtidos na literatura serão organizados a partir dos problemas adaptativos identificados e distribuídos nos modos fisiológico, autoconceito, função de papel e interdependência, conforme direcionamento do Modelo de Adaptação de Roy, em seguida, será realizado um estudo metodológico para validação de conteúdo do instrumento, utilizando o referencial teórico de Pasquali, com juízes selecionado na plataforma Lattes do CNPq, operacionalizado pela técnica Delphi. Os dados obtidos serão analisados pela equivalência, a correlação será obtida através do coeficiente de Kappa. Em seguida o instrumento passará pelas demais etapas de validação proposta por Pasquali, a saber: polo experimental e pólo analítico. A segunda etapa consiste na associação entre as variáveis sociodemográficas clínicas e de saúde com os domínios da adaptação. Será realizada estatística descritiva e inferencial para realizar essa associação. A terceira etapa consistirá em um estudo clínico randomizado, baseado em uma intervenção de seguimento assistencial das pessoas com estomia à luz do Modelo de adaptação de Roy, a partir do contato telefônico. Todos os participantes serão submetidos à avaliação do nível de adaptação por meio do instrumento validado na etapa anterior. A amostra, contendo os grupos de intervenção e controle, será escolhida por intencionalidade em primeiro contato e distribuída de forma aleatória nos grupos controle e intervenção. Os sujeitos alocados no grupo controle terão o acompanhamento de rotina realizado pelos enfermeiros e profissionais das instituições que apoiam a pesquisa, o Centro Especializado em Reabilitação e Habilitação do RN e a Associação dos Ostomizados do Rio Grande do Norte. Para o grupo intervenção, além do seguimento de rotina, eles receberão o acompanhamento assistencial via contato telefônico (três ligações). Após a finalização do período de ligações, os entrevistados serão convidados a responder novamente o instrumento para mensurar o nível de adaptação das pessoas estomizadas à luz do Modelo de Adaptação de Roy, a fim de comparar com o estado inicial. Pretende-se utilizar a estatística descritiva, bem como o teste do qui-quadrado para comparar as diversas variáveis demográficas, e após verificação de normalidade, para fins de comparação dos grupos poderão ser utilizados o teste T, Wilcoxon e Mann-Whitney. Serão considerados estatiscamente significantes as diferenças com p-valor < 0,05. Todos os passos da presente investigação cumprirão as instruções da Resolução nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. Para o desenvolvimento da proposta conta-se com equipe de colaboradores de diferentes áreas e de instituições nacionais, estudantes de pós-graduação de universidades da região Nordeste e de iniciação científica estarão diretamente envolvidos. Deste modo, esta iniciativa permitirá a formação de recursos humanos e a internacionalização do conhecimento mediante a publicação de artigos científicos. EDITAL UNIVERSAL– MCTI/CNPq Nº 01/2016 [Faixa A] – Processo nº 423694/2016-2 - EFETIVIDADE DE INTERVENÇÃO À LUZ DO MODELO DE ADAPTAÇÃO DE ROY EM PESSOAS ESTOMIZADAS. Recurso financeiro (R$ 34.586,86).

 

 

 

Epidemiologia, impacto, avaliação e assistência de saúde e enfermagem ao paciente crítico

 

Docente responsável: ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA 

 

Descrição: Possui como escopo de investigação os agravos críticos à saúde, em média e alta complexidade, no que se refere à epidemiologia, avaliação da gravidade aferida por instrumentos e impacto na saúde da população, bem como a avaliação de sistemas, programas e serviços de saúde que atendem pacientes críticos, vítimas de afecções clínicas e/ou traumáticas, com ênfase na assistência de enfermagem. Coordenador do projeto aprovado na Chamada MCTI/CNPq/Universal, Processo nº 403613/2016-7, no valor de R$ 27.000,00.

 

 

 

Estudos sobre o contexto do mundo do trabalho atual e as suas repercussões na saúde do trabalhador e na formação em enfermagem

 

Docente resposável: SORAYA MARIA DE MEDEIROS

 

Descrição: O presente projeto se propõe a estudar o contexto do mundo do trabalho atual e as suas repercussões na saúde do trabalhador e na formação em enfermagem. Esse projeto corresponde ao projeto guarda-chuva da pesquisadora em apreço, tendo sido iniciado no ano de 2001 e vem passando por transformações à medida que as pesquisas dele oriundas vão mudando o seu enfoque. No momento atual, o projeto encontra-se mais voltado para os aspectos relacionados à dimensão da educação em enfermagem. Nesse contexto, vem ocorrendo a emergência de uma nova relação da educação com o trabalho e a vida e é esse fenômeno que estar ordenando as pesquisas que conformam o presente projeto global de pesquisa, a saber: 1) Ensino de tópicos de Atenção Primária à Saúde na graduação em enfermagem: comparação entre estratégias de ensino e aprendizagem, com parceria da Universidade de Coimbra – Portugal, através do doutorado sanduiche do aluno Raphael Raniere de Oliveira Costa. Esse projeto corresponde atualmente ao projeto guarda- chuva referente à Bolsa de Produtividade em Pesquisa 2 da Profa. Dra. Soraya Maria de Medeiros; 2) Construção e validação de instrumento para avaliar carga de trabalho nos Centros de Atenção Psicossocial, destacando a importância do cuidado com a saúde dos trabalhadores e a perspectiva de melhoria da sua atuação com a utilização de instrumentos para otimizar o seu processo de trabalho; 3) A investigação sobre o diagnóstico de Síndrome de Burnout em enfermeiros da Atenção Básica e as possibilidades de utilização terapêuticas com as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) junto a esses profissionais; 4) O ensino acerca da hanseníase em cursos de graduação em enfermagem: possibilidades e limites. Além disso, atualmente, a pesquisadora participa de dois projetos multicêntricos financiados pelo CNPq: Inovação tecnológica não material em saúde: Cargas de trabalho e satisfação (Universidade Federal de Santa Catarina-DENF/UFSC-Florianópolis/SC); Erro profissional em Enfermagem (Universidade Federal da Bahia-DENF/UFBA/Salvador/BA), além do seu próprio projeto financiado de bolsa PQ/ CNPq, a partir de Março de 2017. Bolsa produtividade do CNPQ (2017-2019).

 

 

 

Gestão do cuidado e qualidade em enfermagem: abordagens metodológicas, assistenciais, tecnológicas e de ensino em ambiente hospitalar

 

Docente responsável: QUENIA CAMILLE SOARES MARTINS

 

Descrição: Projeto de pesquisa vinculado ao grupo de pesquisa Laboratório de investigação do cuidado, segurança, tecnologias em saúde e enfermagem LABTEC-UFRN, com sua inserção na linha de pesquisa Desenvolvimento tecnológico em saúde e enfermagem. O projeto visa investigar através de diferentes abordagens metodológicas o desenvolvimento de práticas que envolvam os diversos aspectos da qualidade nas práticas de enfermagem no âmbito hospitalar. Deste modo, o projeto se fundamenta na interface com diferentes áreas do conhecimento da enfermagem como a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), o processo de enfermagem e suas classificações, segurança do cuidado, simulação realística e o ensino em enfermagem, e ainda a gestão em enfermagem e saúde. Nessa perspectiva o projeto busca o desenvolvimento de tecnologias que corroborem para a qualificação das práticas de cuidado em saúde e enfermagem no ambiente hospitalar.

 

 

 

O sono de trabalhadores por turnos da enfermagem: repercussões na saúde e os aspectos psicofisiologicos dos enfermeiros que trabalham em turnos hospitalares

 

Docente responsável: SORAYA MARIA DE MEDEIROS

 

Descrição: O projeto de pesquisa envolve dois subprojetos, a saber: Projeto I -O objeto de análise do presente estudo será o sono, num grupo de enfermeiros através de instrumentos de medidas. Neste estudo, será aplicado o questionário para avaliação do ciclo vigília - sono, elaborado pelo Grupo Multidisciplinar em Ritmos Biológicos do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade de São Paulo, ao qual foram acrescentados três itens específicos sobre : qualidade do sono diurno, total de horas de sono diurno, latência e número de vezes de ocorrência do sono. Para as variáveis: cronotipo (Hábitos de sono) -Questionario de Horne &Östberg (1976) , qualidade de sono(Escala Analogica) e PSQI-BR(Indice Qualidade de Sono de Pittsburgh validado no Brasil). Tem como objetivo vverificar as características do sono após os turnos e correlacionar as variáveis em estudo. Pretendemos analisar analogicamente a qualidade do sono diurno e por meio da escala de Pittsburgh o sono noturno e analisar os padrões de sono através das variáveis: horários de dormir, de acordar, qualidade do sono, quantidade de sono diurno e noturno, latência do sono e hábitos de cochilo. Verificar se há associação entre variáveis sociodemograficas e do padrão de sono. Pretende-se investigar a qualidade do sono do trabalhador de enfermagem nos turnos hospitalares em função das escalas de trabalho. O Projeto II-Este estudo tem como objetivo analisar os aspectos psicofisiologicos : indices de estresse e nívéis de atenção e memória associados aos padrões de sono dos enfermeiros , utilizando instrumentos específicos para analisar as variáveis propostas: Inventário de Stress de Lipp e Testes da Bateria WAIS-Digit Symbol e Digit Span .Para tanto, serão convidados a participar desta pesquisa os alunos e enfermeiros de dois hospitais escola , localizados um no interior e outro capital Natal. RN Serão utilizados os questionários: a- Um para coleta de dados sociodemograficos e dados relativos ao estado geral de saúde, b- Inventário de Sintomas de Stress de Lipp,Testes da Bateria WAIS, Digit Symbol e Digit Span. A partir desta pesquisa, pretende-se avaliar os aspectos psicofisiologicos relacionados aos turnos de trabalho. Tem como proposta sugerir medidas preventivas sobre vários aspectos do trabalho em turno hospitalar (Conselho Nacional de Pesquisa –CNPq – Processo 307065\2013-8 - Bolsa Produtividade em Pesquisa-13.200,00).

 

 

 

Processo de cuidar em saúde relacionada ao adulto e idoso nos contextos da atenção primária, secundária e terciária

 

Docente responsável: ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA

 

Descrição: Projeto vinculado ao Grupo de Pesquisa Incubadora de procedimentos de enfermagem, que abrange subprojetos de pesquisas vinculados aos programas de Pós-Graduação em Enfermagem e Ciências da Saúde (Mestrado e Doutorado) desenvolvidos nas linhas de pesquisa: Semiologia e Semiotécnica, Processo de cuidar em dermatologia e Avaliação em saúde. Subprojetos em desenvolvimento: 1- 2011/2017: Validação de Instrumento para Avaliação Clínica e Qualidade de Vida em Pacientes com Úlceras Venosas. Projeto financiado pelo Edital PNPD/CAPES processo nº850001 - 850020. (Auxílio financeiro de R$72.000.00 e 2 bolsas de pós-doutorado). 2- 2012/2016: Conhecimentos e Habilidades em Semiologia e Semiotécnica da Enfermagem: Proposta de Ação Acadêmica Associada. Projeto financiado pelo Edital MCT/CNPq - N º 14/2012 - Universal / Universal 14/2012 - Faixa B - de R$ 30.000,01 a R$ 60.000,00 com auxílio financeiro de R$32.837,00 e uma bolsa de longa duração CNPq, modalidade iniciação científica, com duração de 36 meses. 3- 2012/2017: Assistência clínica e aspectos relacionados a qualidade de vida das pessoas com úlcera venosa na atenção primária e terciária: proposição, implementação e avaliação de protocolo. Edital Projeto de produtividade em pesquisa PQ - CNPq/2011, no valor de R$ 39.600,00 (2012/2015); 4- 2014/2018: Atenção à saúde do idoso na estratégia de saúde da família no Brasil e Portugal: proposta de avaliação e intervenção multidimensional. Edital MCTI/CNPQ/Universal 1 4/2014 - Faixa B - até R$ 60.000,00 - R$ 35.1 68,42 e Bolsa IC por 36 meses (R$ 14400,00). Bolsa Produtividade em Pesquisa - PQ2 - CNPq 2015/2018 (R$ 39.600,00).

 

 

 

 

Programa de educação em saúde para estímulo à alimentação saudável

 

Docente responsável: ANA LUISA BRANDÃO DE CARVALHO LIRA

 

Descrição: Trata-se de uma pesquisa participativa, do tipo pesquisa- ação, desenvolvida a partir da análise das necessidades identificadas no grupo, planejamento em conjunto com os adolescentes das atividades de saúde a serem realizadas, e avaliação. A pesquisa ocorrerá no Estado do Rio Grande do Norte, no município de Natal, em uma escola estadual que participou da etapa de construção, implantação e avaliação do Programa de Enfermagem Saúde na Escola. Edital FAPERN/SEEC n 001/2018 - Programa de Iniciação Científica Júnior.

 

 

 

Sistematização da assistência de enfermagem a indivíduos, famílias e grupos específicos nos diferentes níveis de complexidade de assistência à saúde

 

Docente responsável: RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA

 

Descrição: O presente Projeto Global se propõe a estudar: a adequação de recursos tecnológicos à prática de enfermagem; aplicação das Teorias de Enfermagem na prática clínica; o Processo de Enfermagem; o desenvolvimento, aprimoramento e testagem de sistemas de classificação, NANDA-I, Nursing Interventions Classification (NIC) e Nursing Outcomes Classification (NOC) e Classificação Internacional para a prática de Enfermagem (CIPE®) nos diferentes níveis de complexidade de Assistência à Saúde; validação da nomenclatura de diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem para grupos específicos; a construção de um padrão de registro de enfermagem a partir de termos da linguagem especial de enfermagem fundamentada na CIPE; Subconjuntos Terminológicos da CIPE® para áreas de especialidades clínicas e da atenção básica em saúde. Objetiva, ainda, construir e validar instrumentos de avaliação clínica e protocolos assistenciais em saúde e enfermagem. Abrange os seguintes subprojetos de pesquisa em andamento: Banco de termos da linguagem especial de Enfermagem para pessoas vivendo com a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida; Mapeamento cruzado dos títulos de diagnósticos de enfermagem formulados segundo a CIPE® versus diagnósticos da NANDA-I para pessoas vivendo com Aids; Sistematização da assistência de enfermagem em pacientes com Aids; Banco de termos da linguagem especial de enfermagem para pacientes com lesão por pressão; Validação de tecnologia assistiva para cegos: instrumentos de educação em saúde sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis; Aplicativo para adesão ao tratamento antirretroviral para pacientes com Aids; Protocolo assistencial para pacientes atendidos em serviço de tomografia computadorizada; Diagnósticos/resultados e intervenções de enfermagem da CIPE® para pessoas vivendo com aids: estruturação de um subconjunto terminológico (Projeto financiado pelo CNPq – Edital Universal 01/2016). Espera-se com os resultados do presente projeto global, implementar modelos de atenção à saúde que contribuam para a melhoria da qualidade de vida da clientela-alvo da assistência de enfermagem, bem como promover a Atenção à saúde de indivíduos, famílias e grupos específicos. Financiamento: Ministério da Saúde - Chamamento Público Edital 05/2014 – Iniciativas Educacionais Aplicadas à Vigilância em Saúde - Valor do financiamento: R$ 658.645,44; FAPERN - EDITAL FAPERN/MCT/CNPq/CT-INFRA Nº005/2011 - Programa Primeiros Projetos – PPP -Programa de Infra-Estrutura para Jovens Pesquisadores - Valor do financiamento: R$ 19.726,98). CNPq – Edital Universal 01/2016 – Processo 402978/2016-1- Faixa A - Recurso financeiro de R$ 24.462,00).

 

 

 

Sistematização da assistência de enfermagem e os sistemas de classificação da prática profissional

 

Docente responsável: ANA LUISA BRANDÃO DE CARVALHO LIRA

 

Descrição: Estuda a sistematização da assistência de enfermagem e os sistemas de classificação, principalmente NANDA-I, Nursing Interventions Classification (NIC) e Nursing Outcomes Classification (NOC), nos diferentes níveis de atenção à saúde, com o propósito de organizar o trabalho profissional, aumentar a qualidade e a credibilidade dos serviços prestados. Os princípios norteadores são: tecnologia em saúde e enfermagem, conceitos, modelos de cuidado em enfermagem e as etapas do processo de enfermagem. Edital Universal 483285/2010-2; Edital Universal 477559/2013-1; Bolsa Produtividade em pesquisa do CNPQ (2018-2020); Edital FAPERN/SEEC nº 001/2018.

 

 

 

Tecnologia educacional envolvendo a simulação clínica e o mapa conceitual para o ensino do raciocínio diagnóstico em enfermagem

 

Docente responsável: ANA LUISA BRANDÃO DE CARVALHO LIRA

 

Descrição: O ensino do raciocínio diagnóstico é de extrema relevância para a formação de enfermeiros com pensamento crítico e reflexivo para prestar uma assistência segura e de qualidade. Acredita-se que a incorporação de tecnologias educacionais em enfermagem contribui para uma aprendizagem ativa e significativa do discente. Assim, o presente estudo tem como objetivo geral: analisar a eficácia de uma ferramenta tecnológica envolvendo a simulação clínica coadunada ao mapa conceitual para o ensino do raciocínio diagnóstico de discentes de enfermagem. Edital Universal MCTIC/CNPq 2018. Processo: 421647/2018-3.

 

 

 

Tecnologias educacionais no ensino de diagnósticos de enfermagem: desenvolvimento e validação

 

Docente responsável: ANA LUISA BRANDÃO DE CARVALHO LIRA

 

Descrição: O presente estudo tem por objetivo geral avaliar os processos técnico metodológicos do desenvolvimento e validação de ferramentas tecnológicas para o ensino de diagnósticos de enfermagem nas áreas de semiologia e semiotécnica, saúde do adulto, da mulher, da criança e do adolescente. Edital N.12/2017 Bolsa de Produtividade em Pesquisa PQ/CNPQ.

 

 

 

Uso das informações em saúde nos processos decisórios e de planejamento nas gestões municipais do SUS/RN

 

Docente responsável: JOVANKA BITENCOURT LEITE DE CARVALHO

 

Descrição: A partir de 2006, com a implantação do Pacto pela Saúde, as gestões do SUS passam a pactuar e monitorar suas ações e responsabilidades com base em Indicadores Epidemiológicos. O uso da epidemiologia nos serviços de saúde apesar de comprovada importância no apoio ao diagnóstico da situação de saúde, na vigilância e no planejamento e avaliação dos serviços ainda não tem se dado na proporção desejada, apesar dos recentes avanços. Esta pesquisa pretende avaliar como as informações em saúde estão sendo utilizadas nos processos decisórios e de planejamento do SUS em uma amostra de municípios do RN, considerando sua regulamentação no Pacto pela Saúde e será desenvolvida com base em métodos investigativos quantitativos e qualitativos, na perspectiva da triangulação. Inicialmente será realizada a análise das metas pactuadas e resultados obtidos nos Indicadores de Monitoramento e Avaliação do Pacto pela Saúde, através da estatística descritiva e analítica. Em seguida, será realizado um diagnóstico das características dos gestores, de sua equipe e da estrutura de gestão da SMS, através da aplicação de formulários e finalmente, um diagnóstico quanto ao uso das informações em saúde nos processos decisórios e de planejamento, através da realização de grupos focais. Pretende-se, com os resultados desta pesquisa, contribuir para uma reflexão sobre suas práticas e delinear novas perspectivas de atuação onde a epidemiologia possa assumir papel central neste (FAPERN - Uso das informações em saúde nos processos decisórios e de planejamento nas gestões Municipais do SUS/RN. EDITAL FAPERN 011/2009. PESQUISA PARA O SUS: GESTÃO COMPARTILHADA EM SAÚDE PPSUS – III MS/CNPq/FAPERN/SESAP).

 

 

 

Uso de recurso audiovisual na ansiedade e educação em saúde no pré-operatório de cirurgia cardíaca: ensaio clínico randomizado

 

Docente responsável: DANIELE VIEIRA DANTAS

 

Descrição: Trata-se de ensaio clínico randomizado cego, controlado, a ser realizado no Hospital Universitário Onofre Lopes, com 52 pacientes internados na enfermaria cardiológica em pré-operatório. Os participantes serão alocados em dois grupos de 26 pacientes (Grupo Controle e Grupo Intervenção). O Grupo Controle será composto por pacientes que receberão apenas as orientações pré-operatórias próprias da instituição, denominadas neste estudo de “orientações padrão”. Estas orientações serão dadas por um dos pesquisadores juntamente com um dos profissionais enfermeiros da instituição. O Grupo Intervenção contará com pacientes que receberão as orientações padrão da instituição mais a intervenção com o recurso audiovisual. Esse recurso audiovisual refere-se a um vídeo de cinco minutos, elaborado em linguagem clara, e de uma apresentação em Power Point sobre o procedimento cirúrgico e informações pós-cirurgia. Serão utilizados dois instrumentos para coleta de dados: 1) Inventário de Ansiedade Traço Estado (IDATE); e 2) Instrumento de Avaliação do Conhecimento (IAC), com a finalidade de avaliar a eficácia do recurso audiovisual utilizado. Os dados serão processados em banco de dados dos softwares Microsoft Office Excel 2010 e Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 20.0, através de estatística descritiva e inferencial. Para verificar a relação entre as variáveis será utilizado o Teste Qui-quadrado (χ²) ou Teste de Fisher ou Teste T de Student e demais testes estatísticos necessários, utilizando-se p<0,05. O projeto será submetido a anuência da Gerência de Ensino e Pesquisa do Hospital e, em seguida, submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

 

 

 

Vigilância a saúde no âmbito da atenção primaria à saúde

 

Docente responsável: ÉRIKA GALVÃO PINTO

 

Decrição: A proposta de pesquisa, projeto guarda chuva, será baseado no referencial conceitual e teórico de vigilância à saúde abordando as vertentes de situação de saúde, integração entre vigilância epidemiológica e sanitária e praticas sanitária. As estratégias de intervenção dessa prática correspondem ao controle de condicionantes e determinantes dos danos e riscos à saúde e de suas causas. A temática escolhida se insere na linha de pesquisa de vigilância a saúde do Projeto Politico Pedagógico (PPP) da Pós Graduação em Enfermagem (PGENF/UFRN), a qual objetiva buscar uma enfermagem comprometida no âmbito da Atenção Primaria a Saúde (APS). A referida proposta ainda objetiva desenvolver metodologias voltadas para o ensino e associar os conceitos de risco e de vulnerabilidade, como também discutir as implicações da assistência ao cuidado relacionado aos processos de descentralização das ações e programas como também a regionalização da assistência. A proposta metodológica será voltada volta para a articulação entre as abordagens qualitativa e quantitativa envolvendo diferentes atores e será utilizada de acordo com as vertentes da vigilância a saúde. A população ou amostra do estudo será profissionais de saúde, gestores e usuários da APS. A avaliação das vertentes da vigilância a saúde será representada por três dimensões: situação de saúde, integração entre vigilância epidemiológica e sanitária, praticas sanitária. Destaca-se os projetos de pesquisa e extensão que vem sendo realizado, na área de tuberculose e na área de saúde escolar, com discentes e docentes de graduação em Enfermagem da UFRN, da Escola de Saúde como também do departamento de saúde coletiva da UFRN. Estes projetos estão vinculados ao grupo de pesquisa em tuberculose da UFRN ao qual coordeno. Também participo do grupo epidemiológico e operacional (GEOTB) da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto /USP. Para consolidar este trabalho, pretende- se com a proposta sugerida em vigilância a saúde como também em avaliação em saúde desenvolver projetos com discentes da PGENF, contribuindo para a formação crítica, ativa e criativa e envolver também os discentes da graduação ajustando ferramentas a serem consideradas na vigilância a saúde e avaliação em saúde. Com essa proposta também será beneficiado profissionais de saúde, gestores e usuários da APS. Os projetos oriundos desta proposta de trabalho poderão ser encaminhados para agências de fomentos. Ainda pretende-se buscar novas parcerias institucionais além de me vincular também aos docentes da PGENF e de outras pós-graduações. FINANCIAMENTO: Participa da equipe dos seguintes projetos: 1) Bolsa Produtividade em Pesquisa – PQ/ 2014 - Nível 1A. Processo: 304346/2013-6. Avaliação da integração de serviços de saúde para o tratamento da tuberculose na Atenção Primária em regiões do Brasil. Vigência: 2014 – 2019. Coordenação: Profa. Dra. Tereza Cristina Scatena Villa. 2) Projeto de Pesquisa - FAPESP - Programas Regulares / Auxílios a Pesquisa - Processo: 2013/22512-3. Avaliação da integração de serviços de saúde para o tratamento da tuberculose na Atenção Primária nas redes de atenção em regiões do Brasil. Vigência: 2014 – 2015. Coordenação: Profa. Dra. Tereza Cristina Scatena Villa. 3) Projeto de Pesquisa Multicêntrico MCTI/CNPq/MS-SCTIE-Decit Nº 40/2012 – Pesquisa Doenças Negligenciadas - Processo 404073/2012- 3. Tuberculose: análise dos pontos de estrangulamento da atenção para controle da doença em municípios das regiões sul, sudeste e nordeste do Brasil. Vigência: 2012 – 2015. Coordenação: Profa. Dra. Tereza Cristina Scatena Villa. 4) FAPESP - Programas Regulares / Auxílios a Pesquisa - Processo: 2011/09469-6. Avaliação da Atenção Básica para o tratamento da tuberculose na perspectiva dos profissionais de saúde e doentes em municípios do Brasil. Vigência: 2011 – 2014. Coordenação: Profa. Dra. Tereza Cristina Scatena Villa.

SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao