Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFRN

2019
Dissertações
1
  • LAÍSI CATHARINA DA SILVA BARBALHO BRAZ
  • Ação educativa participativa na promoção da saúde sexual de adolescentes

  • Orientador : BERTHA CRUZ ENDERS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • CAROLINE EVELIN NASCIMENTO KLUCZYNIK VIEIRA
  • MARCELO COSTA FERNANDES
  • Data: 15/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • A adolescência é um período de vida marcado por diversos conflitos, modificações e descobertas, entre elas a primeira relação sexual, atividade realizada precocemente e na maioria das vezes, sem a devida orientação ou proteção.  Isso tem resultado em maior vulnerabilidade às Infecções Sexualmente Transmissíveis e à gravidez indesejada. Tais casos permanecem crescentes apesar das políticas públicas existentes sobre saúde do adolescente e de ações educativas sobre saúde sexual. Implementou-se uma ação educativa participativa sobre saúde sexual utilizando um jogo temático. A estratégia baseou-se na necessidade de ações educativas que possibilitem vincular a informação à reflexão, aproximando o conhecimento da realidade para que o adolescente se torne participante ativo da promoção de sua saúde sexual, em um processo permanente de autonomia e aprendizado, elementos essenciais para a tomada de decisões. Os objetivos foram: 1) Analisar as percepções de adolescentes a respeito da sua experiência em uma ação educativa participativa sobre saúde sexual   e 2) Identificar o conhecimento dos adolescentes sobre os comportamentos relacionados a sua saúde sexual ao se inserir em uma ação educativa participativa. Estudo descritivo e exploratório de abordagem qualitativa, realizado em uma escola pública estadual localizada em Natal, RN. O estudo faz parte de uma pesquisa maior que se propõe a criar, implantar e avaliar ações de promoção da saúde ao adolescente na escola, aprovado pelo CAEE 73721217.8.0000.553, Resolução nº 466/12-CNS. Participaram 122 adolescentes regularmente matriculados e com média de idade de 15 anos. A ação educativa foi realizada em abril e maio de 2018, em quatro encontros de 50 minutos. Os encontros objetivavam a identificação dos conhecimentos prévios sobre educação sexual, a implementação de rodas de conversa e a aplicação de jogo educativo com temas de sexualidade. A coleta dos dados ocorreu por meio de questionário semiestruturado, discussões abertas em rodas de conversa, comentários nas sessões de aplicação do jogo educativo, e observação direta não-participativa. A técnica de análise de conteúdo de Bardin foi aplicada. As categorias temáticas identificadas foram: Interesse na temática e na metodologia; Desejo pela continuidade da ação; Ação como diversão/brincadeira; Ação como aula participativa; Ação como ambiente aberto para o diálogo; Ação como forma diferente de aprendizado; Importância da ação de educação para saúde, Conhecimento construído e repercussões positivas para vida; Ausência de diálogo familiar. Conclui-se que ações educativas sobre saúde sexual voltadas aos adolescentes, com utilização de metodologias ativas e jogos educativos, além de despertarem interesse e promoverem a participação ativa dos educandos, também viabilizam a aprendizagem e reflexão sobre questões relacionadas a sua saúde. Este estudo visa contribuir com o fortalecimento da política pública voltada para a saúde do adolescente e para o raciocínio clínico dos enfermeiros, no tocante à assistência prestada aos adolescentes no âmbito escolar.


  • Mostrar Abstract
  • Adolescence is a life period marked by conflicts, modifications and discoveries, one of which is the first sexual intercourse, activity generally conducted precociously and usually without orientation and protection. This has resulted in increased vulnerability to sexually transmitted diseases and undesired pregnancy, cases that continue to be on the increase despite the existing health policies for adolescent health and the educational strategies on sexual health. In this study an active educational strategy on sexual health was implemented using a thematic game. The study was based on the need for educational strategies that link information to reflection, thus integrating knowledge to reality enabling the adolescent to be an active participant in the promotion of own sexual health, and in the permanent process of autonomy and learning, essential elements for decision making. The objectives were: 1) To analyze the perceptions of adolescents regarding their experience in a participative educational action about sexual health, and 2) To identify the adolescents´ knowledge regarding behaviors related to their sexual health as they participate in a participative educational strategy. Descriptive and exploratory qualitative study conducted in public high school located in Natal, RN. The population was composed of 122 enrolled adolescents, in average of 15 year of age. The educational activity was conducted in April and May 2018, in four sessions of 50 minutes duration. The sessions were used to identify the previous knowledge of sexual education, to implement round group discussions, and to apply the sexual health educational game. Data were collected by a semi-structured questionnaire, open discussions in the round group discussions, comments during the game sessions, and direct non-participative observations. Bardin´s thematic content analysis techniques were used to categorize the data. The thematic categories formed were: Interest in themes and methodology; Desire for continuation of activity; Activity as diversion, play; Activity as a participative class; Importance of the educational activity in health; Knowledge constructed and positive life results; Lack of dialogue in the. It is concluded that educational activities on sexual health with adolescents using active methodologies and educational games, incite interest and promote active participation of the students, also enable learning and reflection about health issues. This study seeks to contribute to strengthening of public health policy in adolescent health and for clinical thinking by nurses in the school context.

2
  • BEATRIZ MEDEIROS DE MACEDO
  • Acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem fadiga em pacientes com insuficiência cardíaca

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA BEATRIZ DE ALMEIDA MEDEIROS MOURA
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • KESSYA DANTAS DINIZ
  • MARIA ISABEL DA CONCEICAO DIAS FERNANDES
  • Data: 21/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Indicadores clínicos acurados são importantes para a assistência e o ensino de enfermagem. A identificação desses componentes ocorre por meio de estudos de acurácia diagnóstica. Assim, o presente estudo tem o objetivo de analisar a acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Fadiga em pacientes com insuficiência cardíaca. Trata-se de um estudo de acurácia diagnóstica, do tipo transversal. A amostra foi composta por 96 pacientes em atendimento no Hospital Universitário Onofre Lopes, selecionados por conveniência, de forma consecutiva. O instrumento de coleta de dados foi um formulário, contendo perguntas relacionadas aos aspectos sociodemográficos, clínicos e indicadores do diagnóstico. Ademais, para subsidiar a coleta de dados, utilizou-se protocolo com as definições conceituais e operacionais dos indicadores clínicos. A pesquisa foi aprovada pelo comitê de ética em pesquisa da unidade responsável, sob número 2.517.527 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética: 80923217.7.0000.5537. Os resultados apresentaram que a maioria da clientela investigada era do sexo masculino, pardos, com companheiro, provenientes do interior do estado, praticantes de uma religião, com ensino fundamental incompleto e aposentados ou beneficiado. A média de idade foi de 57,78 anos. Os indicadores clínicos mais prevalentes foram: Capacidade prejudicada para manter o nível habitual de atividade física, Aumento dos sintomas físicos, Aumento da necessidade de descanso, Capacidade prejudicada para manter as rotinas habituais, Energia insuficiente, Padrão de sono não restaurador, Introspecção e Cansaço. Houve associação estatística do diagnóstico de enfermagem investigado com as variáveis sexo e ingurgitamento de jugular. Os indicadores clínicos com maior sensibilidade foram: Aumento dos sintomas físicos e Cansaço. E o de maior especificidade foi: Desinteresse quanto ao ambiente que o cerca. O diagnóstico em estudo esteve presente em 42,54% dos pacientes com insuficiência cardíaca. Assim, conclui-se que o diagnóstico Fadiga apresenta indicadores clínicos acurados na clientela com insuficiência cardíaca. Outrossim, espera-se que, a partir da identificação desses indicadores clínicos acurados, a inferência diagnóstica do enfermeiro seja facilitada na prática clínica.


  • Mostrar Abstract
  • Accurate clinical indicators are important for nursing care and teaching. The identification of these components occurs through studies of diagnostic accuracy. Thus, the present study aims to analyze the accuracy of the clinical indicators of nursing diagnosis Fatigue in patients with heart failure. This is a cross-sectional, diagnostic accuracy study. The sample consisted of 96 patients in attendance at the University Hospital Onofre Lopes, selected for convenience, consecutively. The instrument of data collection was a form, containing questions related to sociodemographic, clinical aspects and diagnostic indicators. In addition, to support the data collection, a protocol was used with the conceptual and operational definitions of the clinical indicators. The research was approved by the ethics committee in research of the unit responsible, under number 2,517,527 and Certificate of Presentation for Ethical Appreciation: 80923217.7.0000.5537. The results showed that the majority of the clientele investigated were male, brown, with companion, from the interior of the state, practicing a religion, with incomplete elementary school and retired or benefited. The mean age was 57.78 years. The most prevalent clinical indicators were: Impaired ability to maintain habitual level of physical activity, Increased physical symptoms, Increased need for rest, Impaired ability to maintain habitual routines, Insufficient energy, Non-restorative sleep pattern, Introspection, and Tiredness. There was statistical association of the nursing diagnosis investigated with the variables gender and jugular engorgement. The most sensitive clinical indicators were: Increased physical symptoms and Tiredness. And the one of greater specificity was: Disinterest in the environment that surrounds it. The diagnostic study was present in 42.54% of patients with heart failure. Thus, it is concluded that the Fatigue diagnosis presents accurate clinical indicators in the clientele with heart failure. Furthermore, it is expected that, from the identification of these accurate clinical indicators, the diagnostic inference of the nurse will be facilitated in clinical practice.

3
  • TÁSSIA REGINE DE MORAIS ALVES
  • Vivência de mães na interrupção do Aleitamento Materno Exclusivo.

  • Orientador : JOVANKA BITTENCOURT LEITE DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSÉ LUÍS GUEDES DOS SANTOS
  • JOVANKA BITTENCOURT LEITE DE CARVALHO
  • LUCIANE PAULA BATISTA ARAUJO DE OLIVEIRA
  • MARIA CLAUDIA MEDEIROS DANTAS DE RUBIM COSTA
  • SIMONE PEDROSA LIMA
  • Data: 21/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: A interrupção do aleitamento materno exclusivo é um problema de saúde pública. Diversos fatores podem estar associados ligados à cultura, estilo de vida, influência da sociedade, dentre outros. Objetivo: compreender a vivência de mães na interrupção do aleitamento materno exclusivo. Método: pesquisa qualitativa, ancorada na vertente straussiana da Teoria Fundamentada nos Dados (GroundedTheory). O cenário da pesquisa foi uma Unidade de Saúde que atua como Estratégia Saúde da Família no município de Caicó (Rio Grande do Norte). Compuseram este estudo 19 participantes, distribuídos em três grupos amostrais: o primeiro constituído por 13 mães, o segundo por três profissionais de saúde e o terceiro por três familiares. A coleta de dados ocorreu entre os meses de abril e setembro de 2018 por meio de entrevista em profundidade, com auxílio de memorandos e diagramas. Realizou-se a análise dos dados concomitante a coleta, em três etapas: codificação aberta, axial e integração. Utilizou-se o software NVivo® 11 para organização dos dados durante o processo analítico. Adotou-se como referencial teórico o Interacionismo Simbólico. Resultados: do processo analítico, emergiu o fenômeno intitulado “Vivenciando a multidimensionalidade da interrupção do Aleitamento Materno Exclusivo”, sustentado por três categorias que promovem um movimento indutor para o fenômeno central, conforme os componentes do modelo paradigmático: condições – “Vivenciando mitos e tabus e a influência da rede de apoio social da mulher no aleitamento materno exclusivo”; “não se sentindo respaldada pela legislação brasileira de proteção ao aleitamento materno exclusivo” e “destacando os motivos de ordem social que contribuem para o insucesso do aleitamento materno exclusivo”; ações/interações –  “interrompendo o aleitamento materno exclusivo” e “desenvolvendo intercorrências mamárias”; consequências – “introduzindo o leite artificial e alimentação complementar antes do sexto mês de vida” e “experenciando sentimentos negativos diante da interrupção do aleitamento materno exclusivo”. Conclusão: O aleitamento materno exclusivo é um fenômeno complexo, que transcende dimensões biológicas, sendo influenciado por fatores culturais, interferências familiares e de profissionais de saúde que prestam assistência direta à mulher-mãe-nutriz, bem como, a licença maternidade curta também contribui para o desmame precoce, que desperta nas mães sentimentos negativos.

     


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The exclusive breastfeeding is a vital practice for the mother and its child, since it fights malnourishment and extreme hunger at the first years of life, and, in many cases, it is responsible to ensure the child survival. It is estimated that 823,000 fatalities would be avoided each year in relation to five years old children if the breastfeeding were universally amplified. Objective: To comprehend the livingness of mothers regarding the interruption of exclusive breastfeeding. Method: Qualitative research, underpinned at the straussian aspect of the Grounded Theory. The research scenario was a Health Unit that acts in the field of Family’s Health Strategy in the city of Caicó (Rio Grande do Norte). 19 subjects took part in the study, distributed on three sample groups: the first one was composed of thirteen mothers, the second, by three health professionals and the third, by three relatives. The data gathering occurred between April and September of 2018, using an in-depth interview, with the support of memos and diagrams. An analysis of the data was made concurrently with the data gathering, in three stages of codification: open, axial and of integration. The software NVivo® 11 was used to organize data during the analysis process. The Symbolic Interactionism was adopted as theoretical frame. Results: From the analytic process, emerged a phenomenon or central category of the research, entitled as ”living the multidimensionality of the interruption of exclusive breastfeeding”, sustained by three categories that promotes a driving movement for the central phenomenon, accordingly to the paradigmatic model’s components: conditions –“ living the myths and taboos related to exclusive breastfeeding”; “receiving influence from the family nucleus and from health professionals regarding exclusive breastfeeding”; “not feeling protected by the Brazilian laws”; actions/interactions – “interrupting the exclusive breastfeeding” and “developing mammary complications”; and consequences – “introducing artificial milk and complementary breastfeeding before the sixth month of life” and “experiencing negative feelings and sensations in front of the interruption of exclusive breastfeeding”. Conclusion: The current study highlighted that the exclusive breastfeeding is a complex phenomenon, which transcends biological dimensions, being influenced by cultural factors, interference of family and health professionals that provides direct care to the mother. Moreover, the lack of law coverage that protects exclusive breastfeeding contribute for the non-adhesion of this practice, which awakens negative feelings.

4
  • BELARMINO SANTOS DE SOUSA JÚNIOR
  • Análise Institucional das Práticas do Enfermeiro na Prevenção de Lesão por Pressão

  • Orientador : CECILIA NOGUEIRA VALENCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • CECILIA NOGUEIRA VALENCA
  • DOMINGO PALACIOS CEÑA
  • Data: 22/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • As lesões por pressão são fortes indicadores da qualidade da assistência à saúde prestada pelo enfermeiro. A análise institucional permite acesso às contradições e às possibilidades de transformações de práticas. Este estudo teve a seguinte questão norteadora: Quais as práticas do enfermeiro relacionadas à prevenção de lesão por pressão em um Hospital Universitário do município de Natal/RN? O estudo teve por objetivo analisar as práticas do enfermeiro relacionadas à prevenção de lesão por pressão em um Hospital Universitário do município de Natal/RN. Trata-se de um estudo quantitativo e transversal. Participaram 48 enfermeiros lotados na Unidade de Terapia Intensiva e Centro Cirúrgico do hospital universitário. A coleta de dados foi realizada através de questionário após a aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes. Os dados obtidos foram digitados em banco de dados do programa Statistical Package for the Social Sciences, versão 20.0, para tratamento dos resultados com análise estatística inferencial. Como resultados, os enfermeiros foram questionados acerca de sua prática na prevenção e no tratamento de lesões por pressão no setor onde trabalham. Os erros e acertos nas questões sobre prevenção de lesão por pressão representou um quantitativo maior que 50% dos erros às questões. Também foram analisadas questões sobre a aplicabilidade das medidas preventivas, cujas respostas evidenciaram pouca aplicabilidade na prática clínica. A prática do enfermeiro nos cuidados de pele objetivando prevenir lesão por pressão é relevante para avaliação da exposição de riscos e danos relativos ao adequado atendimento de saúde na unidade hospitalar. A pesquisa concluiu que práticas assistenciais na prevenção de lesão por pressão pelo enfermeiro ajudam a desenvolver uma cultura de segurança, com melhorias na qualidade assistencial nos serviços de saúde e enfermagem. Assim, as estratégias de capacitação permanente dos enfermeiros em segurança do paciente com abordagens prevenção de lesão por pressão representam uma ferramenta da gestão para minimizar ou mitigar a ocorrências dessas lesões.


  • Mostrar Abstract
  • Pressure injuries are strong indicators of the quality of health care provided by nurses. Institutional analysis allows access to contradictions and possibilities for changes in practices. This study had the following guiding question: What are the practices of the nurse related to the prevention of pressure injury in a University Hospital in the city of Natal / RN? The objective of this study was to analyze nurses' practices related to the prevention of pressure injury in a university hospital in the city of Natal / RN. It is a quantitative and cross-sectional study. Participated 48 nurses at the Intensive Care Unit and Surgical Center of the university hospital. The data collection was done through a questionnaire after the approval of the Ethics and Research Committee of the University Hospital Onofre Lopes. The data obtained were entered in a database of the Statistical Package for the Social Sciences, version 20.0, for treatment of the results with inferential statistical analysis. As a result, nurses were questioned about their practice in the prevention and treatment of pressure injuries in the sector where they work. The errors and correctness in the questions about prevention of pressure injury represented a quantitative greater than 50% of the errors to the questions. We also analyzed questions about the applicability of preventive measures, whose answers showed little applicability in clinical practice. The nurses' practice in skin care with a view to preventing pressure injury is relevant for the evaluation of the exposure of risks and damages related to adequate health care in the hospital unit. The research concluded that the use of care practices in the prevention of pressure injury by nurses help to develop a safety culture, with improvements in the quality of care in health and nursing services. Thus, nurses' ongoing training strategies in patient safety with pressure injury prevention approaches represent a management tool to minimize or mitigate the occurrence of these injuries.

5
  • JÉSSICA DE ARAÚJO OLÍMPIO
  • Acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Hipotermia em pacientes cardiopatas

  • Orientador : ALLYNE FORTES VITOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • MARCOS VENÍCIOS DE OLIVEIRA LOPES
  • Data: 25/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo objetiva avaliar a acurácia do diagnóstico de enfermagem Hipotermia em pacientes cardiopatas. Trata-se de um estudo metodológico com abordagem quantitativa, a ser conduzido em duas etapas: Análise de conceito da hipotermia e análise da acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Hipotermia em pacientes cardiopatas. A primeira etapa propõe clarificar o conceito de hipotermia, seus atributos, antecedentes, consequentes e referenciais empíricos, embasado no modelo proposto por Walker & Avant (2011). Para busca da literatura, foi realizada uma revisão integrativa de literatura que obteve uma amostra de 66 artigos, identificados a partir dos seguintes buscadores e bases de dados: Cochrane, Lilacs, Scielo, Web of Science, Scopus, Pubmed e Google Acadêmico, acessadas por meio do diretório de periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Além do material selecionado por meio das bases de dados, foram utilizados artigos de leitura prévia e obtidos a partir de busca reversa. A segunda etapa propõe analisar a acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Hipotermia em pacientes cardiopatas e verificar a prevalência deste diagnóstico na presença dos seus indicadores clínicos fundamentada no método de Análise de Classes Latentes. A coleta de dados foi realizada por meio de instrumento contendo informações sociodemográficas, clínicas, avaliação dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Hipotermia através de exame físico e de coleta de informações nos prontuários dos pacientes internados na unidade de internação cardiológica. O estudo conta com uma amostra de 120 pacientes selecionados a partir dos seguintes critérios de elegibilidade: ter idade igual ou superior a 18 anos e estar internado em tratamento clínico ou pré-cirúrgico. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em obediência à Resolução nº. 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde e obteve parecer favorável do CEP sob número 2.574.889 e CAAE 85607418.3.0000.5537. A partir da revisão integrativa, os Estados Unidos da América foi o país com maior produção de artigos (44,0%), grande parte das pesquisas foram produzidas nos últimos cinco anos (43,7%), e no idioma inglês (97%). Em relação a análise de conceito, identificou-se como principal atributo a redução da temperatura corporal central à menos de 36°C. Como antecedentes estão todos os fatores que influenciam na redução da temperatura como os metabólicos e exposição ao frio.
    Dentre os consequentes estão: eventos cardíacos, eventos respiratórios, maior susceptibilidade a infecções, tremores, hipoglicemia, aumento na taxa metabólica, vasoconstrição periférica, piloereção e pele fria ao toque. No que concerne a caracterização sociodemográfica dos pacientes que participaram da segunda etapa deste estudo, identificou-se: maioria do sexo masculino (62,5%), com companheiro (74,2%), nascido e residente no interior do estado do Rio Grande do Norte (65% e 59,2%), aposentado (59,2%), de religião praticante (87,5%). Grande parte com ensino fundamental incompleto (37,5%), renda aproximada à dois ou mais salários mínimos (50,8%) e idade média foi de 59,7 anos. Dentre os motivos de internação identificados, a insuficiência cardíaca congestiva ocorreu com maior prevalência (30%).


  • Mostrar Abstract
  • This study aims to evaluate the accuracy of the nursing diagnosis of hypothermia in patients with heart disease. This is a methodological study with a quantitative approach, to be conducted in two stages: Concept analysis of hypothermia and analysis of the accuracy of clinical indicators of nursing diagnosis Hypothermia in patients with heart disease. The first step proposes to clarify the concept of hypothermia, its attributes, antecedents, consequent and empirical referentials, based on the model proposed by Walker & Avant (2011). In order to search the literature, an integrative literature review was carried out, which obtained a sample of 66 articles, identified from the following search engines and databases: Cochrane, Lilacs, Scielo, Web of Science, Scopus, Pubmed and Google Scholar, accessed by middle of the periodical directory of the Coordination of Improvement of Higher Level Personnel. In addition to the material selected through the databases, previous reading articles obtained from reverse search were used. The second step proposes to analyze the accuracy of the clinical indicators of the nursing diagnosis Hypothermia in patients with heart disease and verify the prevalence of this diagnosis in the presence of its clinical indicators based on the Latent Class Analysis method. Data were collected through an instrument containing sociodemographic, clinical information and clinical indicators of nursing diagnosis.
    Hypothermia through physical examination and collection of information in the medical records of patients admitted to the cardiology unit. The study has a sample of 120 patients selected from the following eligibility criteria: being 18 years of age or older and hospitalized for pre-surgical or clinical treatment. The study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, in compliance with Resolution no. 466/2012 of the National Health Council of the Ministry of Health and obtained a favorable opinion from the CEP under number 2,574,889 and CAAE 85607418.3.0000.5537. From the integrative review, the United States of America was the country with the highest production of articles (44.0%), a large part of the research was produced in the last five years (43.7%) and in the English language (97%). Regarding the concept analysis, the main attribute was the reduction of the central body temperature to less than 36 ° C. As antecedent are all the factors that influence in the reduction of the temperature as the metabolic ones and exposure to the cold. Among the consequences are: cardiac events, respiratory events, increased susceptibility to infections, tremors, hypoglycemia, increased metabolic rate, peripheral vasoconstriction, piloerection and cold skin on the touch. The sociodemographic characterization of the patients who participated in the second stage of this study identified: a majority male (62.5%), companion (74.2%), born and resident in the state of Rio Grande of the North (65% and 59.2%), retired (59.2%), practicing religion (87.5%). Most of them had incomplete elementary education (37.5%), with an approximate income of two or more minimum wages (50.8%) and a mean age of 59.7 years. Among the hospitalization reasons identified, congestive heart failure occurred with a higher prevalence (30%).

6
  • ISABEL NEVES DUARTE LISBOA
  • Acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem constipação nos pacientes oncológicos em quimioterapia antineoplásica

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • CAROLINE EVELIN NASCIMENTO KLUCZYNIK VIEIRA
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • WERUSKA ALCOFORADO COSTA
  • Data: 26/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • O diagnóstico de enfermagem constipação é prevalente em pacientes com câncer e pode diminuir a qualidade de vida dos mesmos. A inferência de diagnósticos de enfermagem, por meio de indicadores clínicos sensíveis e específicos, permite intervenções rápidas e eficazes para obter resultados pelos quais o enfermeiro é responsável. Assim, o presente estudo objetiva analisar a acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem constipação nos pacientes oncológicos em quimioterapia antineoplásica. Estudo de acurácia diagnóstica, do tipo transversal, desenvolvido no ambulatório de quimioterapia do Hospital Liga Norteriograndense contra o Câncer. A população foi composta por pacientes em terapia antineoplásica atendidas no ambulatório do referido hospital. A amostra foi de 240 indivíduos. A coleta de dados ocorreu de fevereiro a setembro de 2018, por meio de um formulário contendo perguntas relacionadas aos dados sociodemográficos, clínicos e indicadores do diagnóstico. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Instituição responsável, sob número de parecer: 2.417.240. Os resultados mostraram que a maioria dos entrevistados era do sexo feminino, com média de 55,62 anos, com companheiro, praticantes de alguma religião, procedentes da capital e aposentados ou pensionistas. Em relação ao diagnóstico de enfermagem constipação, sua prevalência foi de 86,6%. Os indicadores clínicos sensíveis do diagnóstico foram: esforço ao evacuar, ruídos intestinais hipoativos. Os indicadores clínicos específicos foram: cefaleia, dor abdominal, dor ao evacuar, esforço ao evacuar e fezes líquidas. Dessa forma, conclui-se que a constipação é um diagnóstico de enfermagem prevalente nos pacientes oncológicos em quimioterapia antineoplásica. Outrossim, há indicadores clínicos que predizem com exatidão sua ocorrência nessa clientela. Assim, intervenções de enfermagem devem ser direcionadas para esse diagnóstico, com o intuito de prevenir efeitos colaterais, promover apoio e contribuir positivamente para a qualidade de vida dos pacientes submetidos à quimioterapia antineoplásica.


  • Mostrar Abstract
  • Nursing diagnosis constipation is prevalent in cancer patients and may decrease their quality of life. The inference of nursing diagnoses, through sensitive and specific clinical indicators, allows rapid and effective interventions to obtain results for which the nurse is responsible. Thus, the present study aims to analyze the accuracy of the clinical indicators of the nursing diagnosis constipation in cancer patients on antineoplastic chemotherapy. Diagnostic accuracy study, of the transversal type, developed at the chemotherapy outpatient clinic of the Norteriograndense Hospital League against Cancer. The population was composed of patients undergoing antineoplastic therapy attended at the outpatient clinic of said hospital. The sample was 240 individuals. The data collection took place from February to September 2018, through a form containing questions related to sociodemographic, clinical data and diagnosis indicators. The project was approved by the Research Ethics Committee of the institution responsible, under the number of opinion: 2,417,240. The results showed that the majority of the interviewees were female, with a mean of 55.62 years, with a partner, practicing some religion, coming from the capital and retired or pensioners. Regarding the nursing diagnosis constipation, its prevalence was 86.6%. The sensitive clinical indicators of the diagnosis were: effort to evacuate, hypoactive bowel sounds. The specific clinical indicators were: headache, abdominal pain, pain when evacuating, exertion when evacuating and liquid stools. Thus, it is concluded that constipation is a prevalent nursing diagnosis in cancer patients on antineoplastic chemotherapy. Also, there are clinical indicators that accurately predict their occurrence in this clientele. Thus, nursing interventions should be directed to this diagnosis, in order to prevent side effects, promote support and contribute positively to the quality of life of patients submitted to antineoplastic chemotherapy.

7
  • LUANA SOUZA FREITAS
  • Efetividade da telenfermagem no acompanhamento de pessoas estomizadas: mediante perspectiva do Modelo de Adaptação de Roy

  • Orientador : ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRO SILVA COURA
  • ANA ANGELICA REGO DE QUEIROZ
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • RODRIGO ASSIS NEVES DANTAS
  • Data: 28/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Estomia é o nome dado a qualquer abertura, criada artificialmente, do meio interno da estrutura corporal para o ambiente externo. O fato de tornar-se estomizado acarreta mudanças relacionadas à nova condição de eliminação de excretas gerando a necessidade de adaptação à essa situação. A dificuldade de acesso aos atendimentos pode resultar no reduzido conhecimento do estomizado sobre os cuidados com a estomia, diante disso optou-se por estudar nessa pesquisa a efetividade de uma intervenção baseada no acompanhamento do estomizado via telefone, a qual será avaliada e direcionada sistematicamente utilizando o Modelo de Adaptação de Roy como um orientador das ações de enfermagem. Objetiva-se analisar a efetividade da intervenção de acompanhamento via contato telefônico no processo adaptativo da pessoa estomizada. Trata-se de um estudo, longitudinal, quase experimental do tipo ensaio clínico de efetividade, randomizado e unicego realizado com 2 grupos de pessoas com até 1 ano de estomia, o grupo controle recebeu apenas o tratamento convencional e o grupo intervenção obteve além do tratamento convencional, o acompanhamento via contato telefônico. Os resultados apontaram que não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos controle e intervenção, quanto suas variáveis sociodemográficas, clínicas e de adaptação, a caracterização da amostra, identificou-se a predominância de pessoas do sexo masculino, com idade menor ou igual a 60 anos, pardos, aposentado, vivendo com companheiro, com grau de instrução até ensino fundamental, com renda de até 1 salário mínimo, católicos. De acordo com os aspectos clínicos e de saúde a maioria não possui doenças ou agravos, não realizou quimioterapia ou radioterapia, teve câncer intestinal como diagnóstico predominante da confecção do estoma, não possui complicações de estoma e pele periestomal, possui colostomia, com caráter temporário, utiliza o dispositivo coletor é de 1 peça, sendo o paciente que realiza a troca de sua bolsa, e se sente adaptado. No tocante aos modos adaptativos, identificou-se a ausência de diferença estatística significante entre os grupos controle e intervenção quanto sua adaptação no pré-teste. Entretanto no pós-teste foi apontado que as medias e medianas do grupo controle foram mais baixas do que as medidas do grupo que recebeu a intervenção de modo estatisticamente significante. Detectou-se também que a escore adaptativo do grupo controle no pós-teste foi menor quando comparado ao pré-teste do mesmo grupo, enquanto que a análise do grupo intervenção evidenciou a elevação dos níveis adaptativos do grupo quando comparou-se o pré e pós-teste. Percebe-se a efetividade de uma intervenção telefônica nos níveis de adaptação da pessoa com estomia, ressaltando a importância de um acompanhamento complementar e regular na promoção de ações de saúde que influenciam na autoestima, autocuidado e adaptação desse público.


  • Mostrar Abstract
  • Stomy is the name given to any artificially created opening of the internal environment of the body structure to the external environment. The fact of becoming aesthetic entails a change to a new excreta elimination condition generating an adaptation to this situation. Attempts to access care may result in poor knowledge of the stomatomania about the care of the stomach, in view of this. Roy's Model of Adaptation as a guideline for nursing actions. It is aimed at analyzing the effectiveness of the telephone intervention without the adaptive process of the stomized person. This is a longitudinal, almost experimental, type-of-trial, randomized, and unicego study conducted with 2 groups of individuals with up to one year of oestrus, the only conventional treatment. , the monitoring by phone. The indicators indicated that they were not able to differentiate statistically between the control and intervention groups, because their sociodemographic, clinical and adaptation variables, a sample characterization, identified a predominance of people with a lower gender, with lesser or equal age to 60 years, pardos, retired, living with companion, elementary school, with income of 1 minimum wage, catholics. According to asics as well as non-orquality and uravities, have anti-therapy, have anti-therapy or radiotherapy, have had behavior of the stoma and peristomal, has not colostomy, with comestible temporary, Use the device collector of 1 piece, being the patient who makes an exchange of his bag, and feels adapted. Regarding the adaptive modes, an absence of significant statistical significance was identified between the control groups and their adaptation without pre-test. However, in the post-test it was pointed out that, since the means and medians of the control group were lower than those in the group that received an intervention in a statistically significant way. An adaptive score of the control group in the post-test was also lower when compared to the pre-test of the group, whereas an analysis of the intervention group evidenced an elevation of the adaptive levels of the group when comparing the pre- and post-east . It is noticed the effectiveness of a telephone intervention in the levels of adaptation of the person with health, emphasizing the importance of a complementary and regular accompaniment in the promotion of health actions that influence the self-esteem, self-care and the adaptation of the public.

8
  • ÂNGELA MONIC LIMA DE SOUZA
  • Estado emocional e qualidade do sono em profissionais de enfermagem nos turnos hospitalares

  • Orientador : MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • ROSÂNGELA MARION DA SILVA
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • Data: 15/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • O Estado Emocional exerce de forma significativa uma influência no contexto social, comportamental e até mesmo no processo de trabalho, a enfermagem lida de forma direta com essa extensão em especial aqueles que trabalham por turnos chegando a cumprir uma carga horária de até 12 horas, essa jornada pode gerar perturbações emocionais caracterizadas por sensações subjetivas de desconforto e acompanhada por mudanças no nível da atividade em funções cognitivas, linguagem e funções fisiológicas como apetite, atividade sexual, ritmos biológicos e qualidade do sono. Tais funções fisiológicas se alteradas podem influenciar de forma direta profissionais de enfermagem. O presente estudo objetivou descrever o estado emocional e investigar se este exerce influência na qualidade do sono dos profissionais de enfermagem nos turnos diurno e noturno. Foi desenvolvido no Hospital Universitário do Rio Grande do Norte. O levantamento de dados em sua totalidade foi coletado no período de janeiro a dezembro de 2018, mediante os instrumentos: Lista de Estado Emocional Presente, Questionário Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh e Formulário de Caracterização Sociodemográfica. Os questionários foram disponibilizados de acordo com o turno de trabalho de cada profissional. Participaram da pesquisa 74 enfermeiros e 107 técnicos de enfermagem. Os dados após serem codificados e tabulados, passaram por análise estatística por meio do programa SPSS versão 2.0. O estudo obteve parecer favorável do Comitê de Ética e Pesquisas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob Parecer com CAAE de nº 80922717.8.0000.5537. O perfil sociodemográfico apresentou caracterização com predominância do sexo feminino para ambas as classes, em 79% da amostra, com faixa etária entre 24 a 45 anos, correspondendo a aproximadamente 94%. Verificou-se presença de diferença estatisticamente significativa para a variável mais de um trabalho (p=0,001) e semelhança significativa para a variável filhos (p=0,047). Para a variável uso de estimulantes, afirmaram fazer uso 81% dos enfermeiros e 75% dos técnicos de enfermagem. Quanto ao PSQI apenas 22% dos profissionais de enfermagem apresentaram boa qualidade do sono. Em relação ao estado emocional, as locuções “estou refletindo”, “estou cansado”, “estou tomando cuidado”, “sinto saudade de alguém” e “estou com sono” apresentaram mais respostas para as intensidades mais ou menos e fortemente. Conclui-se que que o trabalho em turnos causa prejuízos a qualidade do sono dos profissionais de enfermagem, a qual também pode sofrer influências pelas alterações identificadas nos estados emocionais.


  • Mostrar Abstract
  • The Emotional State exerts a significant influence in the social, behavioral and even in the work process, nursing deals directly with this extension, especially those who work in turns arriving to fulfill a workload of up to 12 hours, this day can generate emotional disturbances characterized by subjective feelings of discomfort and accompanied by changes in the level of activity in cognitive functions, language and physiological functions such as appetite, sexual activity, biological rhythms and sleep quality. Such altered physiological functions can directly influence nursing professionals. The present study aimed to describe the emotional state and to investigate whether it exerts influence on the quality of sleep of the nursing professionals in the day and night shifts. It was developed at the University Hospital of Rio Grande do Norte. The data collection in its entirety was collected from January to December of 2018, using the instruments: Present Emotional Status List, Pittsburgh Sleep Quality Index Questionnaire and Sociodemographic Characterization Form. The questionnaires were made available according to the work shift of each professional. A total of 74 nurses and 107 nursing technicians participated in the study. The data after being coded and tabulated, passed through statistical analysis through the SPSS version 2.0 program. The study obtained a favorable opinion from the Ethics and Research Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, under Opinion with CAAE of nº 80922717.8.0000.5537. The sociodemographic profile presented a predominance of female gender for both classes, in 79% of the sample, with age range between 24 and 45 years, corresponding to approximately 94%. There was a statistically significant difference for the variable more than one work (p = 0,001) and significant similarity for the children variable (p = 0,047). For the variable use of stimulants, they affirmed that 81% of nurses and 75% of nursing technicians use it. As to PSQI, only 22% of nursing professionals presented good sleep quality. Regarding the emotional state, the phrases "I am reflecting", "I am tired", "I am taking care", "I miss someone" and "I am sleepy" have presented more responses to the intensities more or less and strongly. It is concluded that shift work causes impairment of sleep quality of nursing professionals, who may also be influenced by changes identified in emotional states.

Teses
1
  • JESSICA NAIARA DE MEDEIROS ARAUJO
  • Construção e validação do diagnóstico de enfermagem Ressecamento ocular em pacientes adultos internados em unidade de terapia intensiva

  • Orientador : ALLYNE FORTES VITOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • FABIANE ROCHA BOTARELI
  • KALYANE KELLY DUARTE DE OLIVEIRA
  • MARCOS VENÍCIOS DE OLIVEIRA LOPES
  • RODRIGO ASSIS NEVES DANTAS
  • Data: 01/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo objetivou construir e validar o diagnóstico de enfermagem Ressecamento ocular em pacientes adultos internados em unidade de terapia intensiva (UTI). Trata-se de uma pesquisa metodológica de validação de diagnóstico de enfermagem desenvolvida em três etapas inter-relacionadas, a saber: ETAPA 1: Construção do diagnóstico de enfermagem Ressecamento ocular em pacientes adultos internados em UTI e construção das definições, fundamentada no referencial de análise de conceito e operacionalizada mediante Scoping Review; ETAPA 2: Análise de conteúdo diagnóstico, na qual os juízes julgaram a adequação dos conceitos criados anteriormente, mediante grupo focal; ETAPA 3: Validação clínica do diagnóstico de enfermagem Ressecamento ocular em pacientes adultos internados em UTI, executado por meio de estudo da acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Ressecamento ocular, com delineamento transversal e abordagem quantitativa, realizado com 206 pacientes internados na UTI de adultos de um hospital universitário localizado no nordeste brasileiro. Os dados coletados foram organizados e armazenados em um banco de dados construído no Microsoft Office Excel 2016 e analisados por um programa estatístico específico. O estudo obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa sob número 918.510 e CAAE 36079814.6.0000.5537. Foram obedecidas as recomendações da Resolução n° 466/12, aprovada pelo Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde, em 12 de dezembro de 2012. Na primeira etapa, foram selecionados 169 artigos e identificaram-se dois atributos, 32 antecedentes e 12 consequentes. Na segunda etapa, após discussão no grupo focal, os juízes obtiveram consenso quanto à adequação de cada componente e definição do diagnóstico. Foram considerados 14 características definidoras, nove fatores relacionados, duas populações em risco e 22 condições associadas. Na terceira etapa, verificou-se mediante o modelo de classe latente a prevalência do diagnóstico de enfermagem Ressecamento ocular em 76,22% da amostra. Os indicadores clínicos volume lacrimal diminuído e excesso de secreção mucoide apresentaram valores elevados de especificidade. Além disso, vasos sanguíneos dilatados na superfície ocular, excesso de secreção mucoide, filamento mucoide e quemose apresentaram valores mais altos para sensibilidade. Conclui-se que os dados obtidos podem contribuir para uma melhor compreensão da manifestação do diagnóstico em adultos internados em UTI, bem como dos sinais mais importantes para inferência do Ressecamento ocular. Destarte, o diagnóstico de enfermagem Ressecamento ocular é válido em pacientes adultos internados em UTI.


  • Mostrar Abstract
  •  

    This study aimed to construct and validate the nursing diagnosis Ocular dryness in adult patients hospitalized in an intensive care unit (ICU). This is a methodological research of validation of nursing diagnosis developed in three interrelated stages, namely: STAGE 1: Construction of the nursing diagnosis Ocular dryness in adult patients hospitalized in an ICU and construction of the definitions, based on the concept analysis framework and operationalized through Scoping Review. STAGE 2: Analysis of diagnostic content, in which the evaluators judged the adequacy of previously created concepts, through focus group. STAGE 3: Clinical validation of nursing diagnosis Ocular dryness in adult patients hospitalized in an ICU, performed by means of a study of the accuracy of clinical indicators of nursing diagnosis Ocular dryness, with a cross-sectional design and quantitative approach, performed with 206 patients hospitalized in an ICU of adults of a university hospital located in the Brazilian northeast. The data collected was organized and stored in a database built in Microsoft Office Excel 2016 and analyzed by a specific statistical program. The study obtained a favorable opinion from the Research Ethics Committee under number 918.510 and CAAE 36079814.6.0000.5537. The recommendations of Resolution nº 466/12, approved by the National Health Council of the Ministry of Health, on December 12, 2012, were obeyed. In the first stage, 169 articles were selected and two attributes, 32 antecedents and 12 consequent ones were identified. In the second stage, after discussion in the focus group, the judges obtained a consensus regarding the adequacy of each component and definition of the diagnosis. We defined 14 defining characteristics, nine related factors, two populations at risk and 22 associated conditions. In the third stage, was verified using the latent class model the prevalence of nursing diagnosis Ocular dryness in 76.22% of the sample. The clinical indicators decreased lacrimal volume and excess mucoid secretion presented high values of specificity. In addition, dilated blood vessels on the ocular surface, excess mucoid secretion, mucoid filament and chemosis presented higher values for sensitivity. It is concluded that the data obtained can contribute to a better understanding of the manifestation of the diagnosis in adults hospitalized in an ICU, as well as the most important signs for inference of Ocular dryness. Thus, the nursing diagnosis Ocular dryness is valid in adult patients admitted to the ICU.

2
  • SUZANE GOMES DE MEDEIROS
  • Avaliação da segurança no uso de vacinas na atenção primária à saúde

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCIS SOLANGE VIEIRA TOURINHO
  • KISNA YASMIN ANDRADE ALVES
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • PATRÍCIA PERES DE OLIVEIRA
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 01/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • A importância da segurança nos serviços de Atenção Primária à Saúde desperta a necessidade de estudos sobre os eventos adversos provenientes de erros de medicação, especialmente as vacinas, utilizadas com frequência nesses locais. Diante disso, teve-se como objetivo avaliar a segurança do cuidado de enfermagem no uso de vacinas na atenção primária à saúde. Pesquisa metodológica, com abordagem quantitativa, dividida nas seguintes etapas: 1) revisão de literatura – através de materiais nacionais e internacionais, manuais ministeriais, leis, decretos, artigos científicos atualizados, dentre outros; 2) elaboração de um protocolo gráfico para avaliação do cuidado seguro de enfermagem no uso de vacinas na atenção primária à saúde; 3) validação de conteúdo e aparência do protocolo gráfico – que contou com a participação de doze juízes na Delphi 1 e oito na Delphi 2, com preenchimento de um formulário eletrônico disponibilizado pelo Google Forms. A análise de relevância desses itens foi pelo Coeficiente de Validade de Conteúdo (CVC) ≥ 0,78; 4) avaliação das salas de vacinas - ocorreu pelo protocolo gráfico previamente validado em seu conteúdo e aparência, em 13 Unidades de Saúde da Família de Natal/RN/Brasil. O protocolo foi utilizado de maneira presencial, através da técnica de observação não participante, por dois avaliadores. O período de coleta de dados ocorreu de novembro de 2016 a agosto de 2018. A análise dos dados referente à avaliação das salas de vacinas foi realizada a partir das instruções do próprio protocolo e pelo coeficiente Kappa, para evidenciar a confiabilidade interobservadores. Todas as etapas da pesquisa seguiram os preceitos éticos com aprovação sob Certificado de Apresentação e Apreciação Ética (CAAE) nº 59962316.8.0000.5537. O protocolo válido em seu conteúdo e aparência alcançou Coeficiente de Validade de Conteúdo geral (0,83) na Delphi 2. Esse valor demonstra que o instrumento possui confiabilidade e fidedignidade, com recomendação de 75% dos juízes para a aplicação do instrumento na prática dos serviços de saúde. Os resultados e discussão estão organizados em quatro tópicos, a saber: a segurança do paciente na atenção primária, que identificou uma variedade de ações de segurança do paciente neste nível de atenção, com destaque para a importância de melhorar a cultura de segurança na atenção primária, a partir de instrumentos adequados para avaliação da cultura de segurança nesse contexto; a atuação da equipe de enfermagem no cuidado com vacinas, que permitiu elencar aspectos importantes para as ações em sala de vacina, com ênfase para a necessidade de capacitações dos profissionais e supervisão pelo enfermeiro. No terceiro tópico, construção e validação de conteúdo e aparência do protocolo gráfico, a avaliação dos juízes considerou válidos os itens do instrumento, com recomendação do seu uso nos serviços de atenção primária. O quarto, avaliação da segurança do cuidado de enfermagem nas salas de vacinas, identificou um cuidado inseguro em sete ambientes investigados e um cuidado parcialmente seguro em cinco salas de vacinas. Esses resultados apontam que o cuidado de enfermagem com vacinas na Atenção Primária à Saúde no município de Natal apresenta fragilidades capazes de comprometer a segurança do paciente. Desse modo, a avaliação periódica dos ambientes vacinais se faz necessária para detectar os fatores que podem afetar a adequada conservação das vacinas e sua potência e eficácia, com danos à saúde da população. Assim, enfatiza-se a importância de treinamentos e sensibilização dos vacinadores para atuarem de acordo com as normas preconizadas e, a implementação de ciclos de melhoria para qualificar os serviços. Salienta-se ainda que novas investigações nessa área sejam aprofundadas para consolidar práticas de enfermagem seguras em todos os contextos vacinais e efetivar as políticas públicas que envolvem o programa nacional de imunização.


  • Mostrar Abstract
  • The importance of safety in Primary Health Care services raises the need for studies on adverse events arising from medication errors, especially vaccines, which are frequently used at these sites. Therefore, the objective was to evaluate the safety of nursing care in the use of vaccines in primary health care. Methodological research, with a quantitative approach, divided into the following stages: 1) literature review - through national and international materials, ministerial manuals, laws, decrees, updated scientific articles, among others; 2) elaboration of a graphic protocol for the evaluation of safe nursing care in the use of vaccines in primary health care; 3) validation of content and appearance of the graphical protocol - which counted on the participation of twelve judges in Delphi 1 and eight in Delphi 2, with the completion of an electronic form made available by Google Forms. The relevance analysis of these items was by the Content Validity Coefficient (CVC) ≥ 0.78; 4) evaluation of vaccination rooms - occurred by the graphic protocol previously validated in its content and appearance, in 13 Health Units of the Family of Natal / RN / Brazil. The protocol was used in person, through the technique of non-participant observation, by two evaluators. The data collection period was from November 2016 to August 2018. The analysis of the data regarding the evaluation of the vaccination rooms was carried out using the instructions of the protocol itself and the Kappa coefficient, in order to demonstrate inter-observer reliability. All the steps of the research followed the ethical precepts with approval under Certificate of Presentation and Ethical Appraisal (CAAE) nº 59962316.8.0000.5537. The valid protocol in its content and appearance reached General Content Validity Coefficient (0.83) in Delphi 2. This value demonstrates that the instrument has reliability and reliability, with a recommendation of 75% of the judges for the application of the instrument in the practice of health services. The results and discussion are organized into four topics: patient safety in primary care, which identified a variety of patient safety actions at this level of attention, with emphasis on the importance of improving safety culture in primary care , using appropriate instruments to assess the safety culture in this context; the role of the nursing team in vaccine care, which allowed the listing of important aspects for the actions in the vaccine room, with emphasis on the need for professional training and supervision by the nurse. In the third topic, construction and validation of content and appearance of the graphic protocol, the evaluation of the judges considered valid the items of the instrument, with recommendation of its use in the primary care services. The fourth, safety assessment of nursing care in the vaccine rooms, identified unsafe care in seven investigated settings and partially safe care in five vaccine rooms. These results point out that nursing care with vaccines in Primary Health Care in the city of Natal presents fragilities capable of compromising patient safety. Thus, the periodic evaluation of the vaccine environments is necessary to detect factors that can affect the proper conservation of vaccines and their potency and efficacy, with damages to the health of the population. Thus, it is emphasized the importance of training and sensitization of the vaccinators to act according to the recommended norms, and the implementation of improvement cycles to qualify the services. It is also worth noting that further research in this area will be deepened to consolidate safe nursing practices in all vaccine contexts and to implement the public policies that involve the national immunization program.

     

2018
Dissertações
1
  • PRISCILA FERNANDES MEIRELES
  • Efetividade da terapia fibrinolítica para tratamento pré-hospitalar do infarto agudo do miocárdio

  • Orientador : MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • OLECI PEREIRA FROTA
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 22/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • A Terapia Fibrinolítica (TF) constitui o tratamento farmacológico para reperfusão miocárdica nos pacientes com diagnóstico de Infarto Agudo do Miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST (IAMCST) ao obedecer os critérios de indicação e contraindicação. Sua administração na fase pré-hospitalar está associada a uma redução significativa dos índices de mortalidade. Este estudo objetivou descrever a efetividade do uso da TF no atendimento pré-hospitalar para o tratamento de pacientes com IAMCST. Pesquisa de cunho epidemiológico, de abordagem quantitativa, do tipo descritivo, analítico, observacional, individuado, realizado por meio de um delineamento seccional. Foi realizado em duas etapas em que a primeira ocorreu junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do município de Natal/RN e a segunda nos serviços referenciados como portas de entrada daquelas unidades. Os dados foram coletados à partir de fontes secundárias no período de março à outubro de 2017. Para este estudo, a efetividade foi relacionada ao desfecho dos pacientes, considerada como melhora clínica, IAM refratário, reinfarto, agravamento do quadro clínico ou óbito. Os dados foram organizados em planilha com uso do programa Microsoft Excel® 2010, submetido à análise estatística por meio do programa Statistic Package for Social Sciences - SPSS® versão 20.0. Foram utilizadas frequências e medidas de tendência central e aplicadas medidas de associação (teste qui-quadrado). O nível de significância adotado foi de 0,05 (p < 0,05). O Protocolo de Pesquisa deste estudo foi aprovado em seus aspectos éticos e metodológicos pelo Comitê de Ética em Pesquisas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte sob parecer nº. 1.762.797 e CAAE nº. 59963416.5.0000.5537. Dos 53 prontuários de pacientes da amostra final do estudo, houve predomínio de atendimento pelas UPA com 88,68%, quando 41,51% tiveram alta com melhora clínica ainda no atendimento pré-hospitalar, 37,73% foram transferidos para outros serviços de saúde e 13,21% foram à óbito. Os principais sinais e sintomas na admissão foram a precordialgia (84,62%), sudorese (36,54%), dispneia (26,92%), hipertensão arterial (19,23%), náusea (17,31%), sensação de mal-estar (17,31%) e êmese (13,46%). A principal característica do desconforto torácico foi a precordialgia (70,45%). O medicamento da TF administrado em todos os pacientes foi o tenecteplase. A mediana de tempo sintoma-porta foi de 180 minutos, sintoma-reperfusão 300 minutos e porta-agulha 160 minutos. Como desfechos, 74,47% apresentaram melhora clínica, 19,15% óbito, 4,25% IAM refratário e 2,13 reinfarto. A principal característica da melhora clínica foi a reversão da precordialgia (68,57%), caracterizada como critério de reperfusão miocárdica. A administração precoce da TF ainda pôde otimizar o desfecho de melhora clínica (100%) quando realizada em até 3 horas. Em 60,78% dos casos não houve registro de ocorrências que pudessem estar relacionadas ao uso da TF e dentre as ocorrências após seu uso, 21,56% apresentaram algum sangramento. Como limitação, observou-se a insuficiência de registros importantes. O presente estudo apresentou evidências científicas da efetividade da TF com melhora dos desfechos clínicos dos pacientes que a utilizaram e os menores tempos relacionados ao desconforto torácico e à administração da TF foram responsáveis por aumentar os desfechos de melhora clínica e diminuir o desfecho óbito.


  • Mostrar Abstract
  • Fibrinolytic Therapy (TF) is the pharmacological treatment for myocardial reperfusion in patients with a diagnosis of ST-segment elevation myocardial infarction (STEMI) in accordance with the criteria of indication and contraindication. Its pre-hospital administration is associated with a significant reduction in mortality rates. This study aimed to describe the effectiveness of the use of TF in prehospital care for the treatment of patients with STEMI. Epidemiological research, with a quantitative approach, of the descriptive, analytical, observational, individuated type, performed through a sectional design. It was carried out in two stages in which the first occurred with the Mobile Emergency Service (SAMU) and Emergency Care Units (UPA) in the city of Natal/RN and the second in the services referenced as entrance doors of those units. Data were collected from secondary sources from March to October 2017. For this study, the effectiveness was related to the outcome of the patients, considered as clinical improvement, refractory AMI, reinfarction, worsening of the clinical picture or death. The data were organized in a spreadsheet using the Microsoft Excel® 2010 program, submitted to statistical analysis through the Statistic Package for Social Sciences - SPSS® version 20.0. Frequencies and measures of central tendency were used and association measures were applied (chi-square test). The level of significance was set at 0.05 (p <0.05). The Research Protocol of this study was approved in its ethical and methodological aspects by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte under opinion no. 1.762.797 and CAAE no. 59963416.5.0000.5537. Of the 53 patients' charts of the final study sample, there was a predominance of care by the UPA with 88.68%, when 41.51% were discharged with clinical improvement still in the prehospital care, 37.73% were transferred to other services and 13.21% died. The main signs and symptoms at admission were precordialgia (84.62%), sweating (36.54%), dyspnea (26.92%), hypertension (19.23%), nausea (17.31%), malaise (17.31%) and emesis (13.46%). The main characteristic of chest discomfort was precordialgia (70.45%). The TF drug administered in all patients was tenecteplase. The median time to symptom-port was 180 minutes, symptom-reperfusion 300 minutes and needle-holder 160 minutes. As outcome, 74.47% had clinical improvement, 19.15% died, 4.25% refractory AMI and 2.13 reinfarction. The main characteristic of the clinical improvement was the reversal of precordialgia (68.57%), characterized as myocardial reperfusion criterion. Early administration of TF could still optimize the outcome of clinical improvement (100%) when performed within 3 hours. In 60.78% of the cases, there was no record of occurrences that could be related to the use of TF and among the occurrences after its use, 21.56% presented some bleeding. As a limitation, it was observed the insufficiency of important records. The present study presented scientific evidence of the effectiveness of TF with improvement of the clinical outcomes of patients who used it and the shorter times related to chest discomfort and the administration of TF were responsible for increasing the outcomes of clinical improvement and reducing the outcome of death.

2
  • CRISTIANE DA CÂMARA MARQUES
  • Associação entre a presença do diagnóstico de enfermagem Risco de infecção e o desenvolvimento de infecções em pacientes com AIDS hospitalizados - Estudo de caso controle

  • Orientador : ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • ALINE RODRIGUES FEITOZA
  • Data: 26/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • A necessidade de internações das pessoas que vivem com a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida torna os pacientes mais susceptíveis à Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde, como também, à morte. As infecções relacionadas à assistência estão entre as principais causas de morbimortalidade, considerando se um relevante problema de saúde pública Diante da necessidade de identificar o risco de infecção e os fatores a eles relacionados, de forma a reconhecer déficits e necessidades do paciente com AIDS e melhorar a qualidade da atenção à saúde, esse estudo tem como objetivo analisar o valor preditivo dos fatores de risco do diagnóstico de enfermagem risco de infecção em pacientes com AIDS. Trata se de um estudo retrospectivo, analítico, observacional, do tipo caso controle, realizado no Serviço de Arquivo Médico e Estatístico do Hospital Giselda Trigueiro, localizado no município de Natal, no estado do Rio Grande do Norte O grupo caso foi formado por 104 pacientes que apresentaram Infecção relacionada à assistência à saúde. O grupo controle foi composto por 104 indivíduos que não evoluíram para infecção hospitalar durante o período de internação A coleta foi realizada entre os meses de abril e agosto de 2017 por meio de um instrumento dividido em quatro partes: dados sociodemográficas dados clínicos dados da infecção hospitalar e fatores de risco do diagnóstico de enfermagem Risco de Infecção. Para a análise dos dados, utilizou se a estatística inferencial mediante aplicação do teste Qui quadrado Pearson, foram calculados a Odds Ratio com seu respectivo intervalo de confiança de 95% e a prevalência dos pacientes com infecção. Mensurou se a acurácia dos fatores de risco do diagnóstico estudado por meio da sensibilidade, especificidade e dos valores reditivos. Os resultados foram organizados em tabelas e discutidos com a literatura pertinente. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº 46209215.0.0000.5537. Os resultados revelaram que dentre os fatores de risco com prevalência acima de 50% destacaram se: procedimento invasivo, alteração na integridade da pele, diminuição de hemoglobina, imunossupressão, alteração do peristaltismo, enfermidade crônica e leucopenia. Apresentaram associação estatisticamente significativa com o diagnóstico de enfermagem investigado três fatores de risco: procedimento invasivo, alteração na integridade da pele e diminuição da hemoglobina. Dentre essas, as que apresentaram maiores razões de chances foram procedimento invasivo e alteração na integridade da pele. O fator de risco com maior sensibilidade foi o procedimento invasivo e alteração na integridade da pele e sobressaíram se com maior especificidade a resposta inflamatória suprimida e a enfermidade crônica. Conclui se que a identificação dos indicadores clínicos acurados auxiliam na tomada de decisão do enfermeiro, o que favorecerá a identificação precoce de fatores de risco para o desenvolvimento de uma infecção durante o cuidado prestado às pessoas vivendo com a síndrome da imunodeficiência adquirida, garantindo assim a segurança do paciente.


  • Mostrar Abstract
  • The need for hospitalization of people living with Acquired Immunodeficiency Syndrome makes patients more susceptible to Health Care Related Infections as well as death. Infections related to care are among the main causes of morbidity and mortality, considering a relevant public health problem. Faced with the need to identify the risk of infection and factors related to them, in order to recognize deficits and patient needs with AIDS and improve the quality of health care, this study aims to analyze the predictive value of risk factors nursing diagnosis risk of infection in patients with AIDS. This is a retrospective study, analytical, observational, case control study in Statistical and Medical Archive Service of the Hospital Giselda Trigueiro, located in Natal, in the state of Rio Grande do Norte. The case group was formed by 104 patients who presented infection related to health care. The control group consisted of 104 individuals who did not evolve to hospital infection during the hospitalization period. The collection was performed between April and August 2017 through an instrument divided into four parts: sociodemographic data; clinical data; hospital infection data; and Risk Factors of Nursing Diagnosis Risk of Infection. For data analysis, we used statistical inference by applying the Pearson chi square test, we calculated the odds ratios with 95% confidence interval, and the prevalence of infected patients. The accuracy of the risk factors of the diagnosis was measured by sensitivity, specificity and predictive values. The results were organized in tables and discussed with the pertinent literature. The study was approved by the Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, with Certificate of Presentation for Ethical Appraisal nº 46209215.0.0000.5537. The results showed that among the risk factors and prevalence of over 50% were identified: invasive procedure, changes in skin integrity, decreased hemoglobin, immunosuppression, abnormal peristalsis, chronic illness and leukopenia. There were three statistically significant associations with the nursing diagnosis investigated: three invasive procedures, altered skin integrity and decreased hemoglobin. Among those, the ones with the highest odds ratios were invasive procedure and altered skin integrity. The most sensitive risk factor was the invasive procedure and alteration in skin integrity and the suppressed inflammatory response and chronic disease were more prominent. It is concluded that the identification of accurate clinical indicators assist in the decision making of the nurse, which will facilitate the early identification of risk factors for developing an infection during care provided to people living with acquired immunodeficiency syndrome, thus ensuring patient safety.

3
  • ROMEIKA CARLA FERREIRA DE SENA
  • Prevalências e fatores associados à ideação suicida, estados depressivos e satisfação no trabalho entre profissionais de enfermagem da assistência hospitalar em urgência e emergência em hospitais do Rio Grande do Norte.

  • Orientador : FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • JOAO MARIO PESSOA JUNIOR
  • KARINA CARDOSO MEIRA
  • Data: 28/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Entre as precárias condições de trabalho, muitos profissionais de enfermagem que atuam na rede hospitalar de urgência e emergência estão submetidos a altos níveis de estresse, colocando em risco a saúde física e mental. Objetivo: Analisar a prevalência e os fatores associados à ideação suicida, predisposição à depressão e satisfação no trabalho com variáveis sociodemográficas, ocupacionais e fatores de riscos para suicídio entre profissionais de enfermagem dos setores de urgência e emergência (UE) de hospitais regionais do Rio Grande do Norte. Método: Estudo transversal que envolveu amostra por conveniência de 56 enfermeiros e 91 técnicos de enfermagem (n=147) dos Hospitais Públicos da Rede de Atenção às Urgências e Emergências das II, IV e VII URSAP/RN. A coleta de dados ocorreu no período de janeiro a novembro de 2017, utilizando-se quatro instrumentos: Formulário de Caracterização sociodemográfica, ocupacional e fatores de risco para suicídio, Inventário de Depressão de Beck, Escala de Ideação Suicida de Beck, Escala de Satisfação no Trabalho de Martins. Os dados obtidos foram inseridos em planilha do Microsoft Excel® v.2016 e conferidos por dupla entrada. Realizou-se a análise descritiva (frequências absoluta e relativa, medidas de tendência central e de dispersão), análise univariada (teste Qui-quadrado de Pearson ou exato de Fisher, Razão de verossimilhança, teste t-Student, teste U Mann-Whitney ou Kruskal Walliss a depender da presença de normalidade das variáveis) e análise multivariada (calculou-se a razão de prevalência e os intervalos de confiança -IC95%, por meio da regressão de Poisson com variância robusta). Utilizou-se os softwares SPSS v.20 e o Pacote R v.2.7.1. O nível de significância utilizado foi de 5%. O projeto de pesquisa foi aprovado pelo CEP/UFRN sob Parecer nº 1.877.910 de 21 de dezembro de 2016 e CAAE: 62824216.6.0000.5537. Resultados: Identificou-se Ideação Suicida (IS) em 4,8% (n=7) dos participantes, e estados depressivos - mínimo: 86,4% (n=124), leve: 12,2% (=18), moderado: 1,4% (n=2). Média geral de satisfação no trabalho: 85,7% (n=126) indiferente, 10,9% (n=16) satisfeito, 2% (n=3) insatisfeito e 14% (n=2) muito insatisfeito. Houve relação estatisticamente significativa entre: IS e as variáveis orientação sexual (p=0,006), baixa autoestima (p-valor=0,010) e estados depressivos (p=0,012). Estados depressivos e último treinamento sobre situações de urgência (p=0,041), avaliação da relação familiar (p=0,012), auto relato de baixa autoestima (p=<0,0001) e desesperança (p=0,001); Média geral de satisfação no trabalho com média de tempo de serviço na área de UE (p=0,016), morar com a família (p=0,015) e possuir familiar que tentou suicídio (p=0,024). Os modelos ajustados evidenciaram que heterossexuais tiveram 0,60 menos chances de desenvolver IS quando comparados com homossexuais (IC95%-0,44-0,83). Os que possuíam baixa autoestima tiveram 1,17 maiores chances de desenvolver IS (IC95%-1,02-1,34). Os indivíduos com relação familiar ruim (IC95%-3,87-12,30) e baixa autoestima (IC95%-2,07-10,57) tiveram maiores chances de apresentarem estado depressivo leve/moderado, 1,35 e 4,76 respectivamente. Conclusão: Evidencia-se que os profissionais de enfermagem deste estudo apresentaram processos de adoecimento mental no contexto do serviço hospitalar de urgência e emergência. Especificamente, a ideação suicida e estados depressivos estiveram associados a fatores pessoais e coletivos do ambiente de trabalho. Sugere-se o desenvolvimento de estudos de cunho analíticos que possam avaliar principalmente as questões de autoestima e apoio social, para o alcance de novas evidências.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: Among the precarious working conditions, many nursing professionals who work in the emergency and emergency hospital network are subjected to high levels of stress, putting at risk physical and mental health. Objective: To analyze the prevalence and factors associated with suicidal ideation, predisposition to depression, and job satisfaction with sociodemographic, occupational and suicide risk factors among nursing professionals from the emergency and emergency (EU) sectors of regional hospitals in Rio Grande From north. Method: A cross-sectional study involving 56 nurses and 91 nursing technicians (n = 147) from the Public Hospitals of the Network of Emergency and Emergency Care of the II, IV and VII URSAP / RN. Data collection took place from January to November 2017, using four instruments: Socio-demographic, Occupational Characterization and Risk Factors for Suicide, Beck Depression Inventory, Beck Suicidal Ideation Scale, Satisfaction Scale in the Work by Martins. Data were entered in a Microsoft Excel® v.2016 worksheet and checked by double entry. Descriptive analysis (absolute and relative frequencies, measures of central tendency and dispersion), univariate analysis (Pearson's Chi-square test or Fisher's exact test, Likelihood ratio, Student's t test, Mann-Whitney U test or Kruskal Walliss, depending on the presence of normality of the variables) and multivariate analysis (the prevalence ratio and confidence intervals -IC95% were calculated using Poisson regression with robust variance). The software SPSS v.20 and Package R v.2.7.1 were used. The level of significance was 5%. The research project was approved by CEP / UFRN under Opinion No. 1,877,910 of December 21, 2016 and CAAE: 62824216.6.0000.5537. Results: Suicidal Ideation (IS) was identified in 4.8% (n = 7) of the participants, and depressive states - minimum: 86.4% (n = 124), mild: 12.2% (= 18), moderate: 1.4% (n = 2). Mean overall satisfaction at work: 85.7% (n = 126) indifferent, 10.9% (n = 16) satisfied, 2% (n = 3) dissatisfied and 14% (n = 2) very dissatisfied. There was a statistically significant relationship between: IS and the variables sexual orientation (p = 0.006), low self-esteem (p-value = 0.010) and depressive states (p = 0.012). Depressive states and last training on emergency situations (p = 0.041), evaluation of family relationship (p = 0.012), self report of low self-esteem (p = <0001) and hopelessness (p = 0.001); Average overall job satisfaction with average length of service in the EU area (p = 0.016), living with the family (p = 0.015) and having a family member who attempted suicide (p = 0.024). The adjusted models showed that heterosexuals were 0.60 less likely to develop IS when compared to homosexuals (95% CI -0.44-0.83). Those with low self-esteem had 1.17 higher odds of developing IS (95% CI -1.02 - 1.34). Individuals with a poor family relationship (95% CI -3.87-12.30) and low self-esteem (CI 95% -2.07-10.57) were more likely to present mild / moderate depressive status, 1.35 and 4, 76 respectively. Conclusion: It is evidenced that the nursing professionals of this study presented processes of mental illness in the context of the hospital emergency and emergency service. Specifically, suicidal ideation and depressive states have been associated with personal and collective factors of the work environment. It is suggested the development of analytical studies that can mainly evaluate the issues of self-esteem and social support, in order to reach new evidences.

4
  • HELOIZA TALITA ADRIANO DA SILVA
  • Autocuidado do usuário com diabetes na atenção primária à saúde.

  • Orientador : REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRO SILVA COURA
  • ANA ANGELICA REGO DE QUEIROZ
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • Data: 29/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • O diabetes mellitus está entre as doenças crônicas de maior impacto mundial na saúde. No Brasil é uma das principais causas de mortalidade, reflexo provável do atual padrão de população resultante das mudanças demográficas, com alta prevalência e baixas taxas de controle, na população adulta. Assim, há necessidade de maior ênfase nas ações de controle, prevenção e detecção precoce dos casos, a fim de reduzir complicações. Em vista disso, os usuários acometidos devem ser agentes modificadores de sua saúde, e vislumbra-se nas ações de autocuidado um dos caminhos na busca de mais saúde, redução de danos e melhoria da qualidade de vida. O objetivo desse estudo é analisar as ações de autocuidado realizadas pelos usuários com Diabetes Mellitus, atendidos na atenção primária à saúde. Estudo do tipo descritivo, exploratório, com abordagem quantitativa.  O local de realização foi nas Unidades com Estratégia Saúde da Família (ESF), dos Distritos sanitários Norte e Sul do município de Natal. Utilizou-se uma amostra aleatória, estratificada, com intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 5%, correspondendo a 379 usuários diabéticos, e um total de 387 usuários pesquisados. Os sujeitos tinham diagnóstico de diabetes a partir de 18 anos de idade, cadastrados nas Unidades de Saúde pesquisadas. Fez-se uso do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, conforme a Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Os instrumentos usados foram dois: o primeiro, contendo questões sobre a caracterização da unidade, junto ao diretor ou administrador; e, o segundo, formado por duas partes: a primeira, com as variáveis socioeconômicas e a segunda, contendo questões sobre as atividades de autocuidado com o diabetes (QAD). A análise estatística descritiva, com média, mediana, desvio padrão e aplicação do teste paramétrico t de Student para um nível de significância de 5%, na comparação dos itens do QAD por região. Os dados foram analisados através do software Statistica SPSS, versão 20.0. Os resultados indicaram que por região de estudo a maior parte dos entrevistados foi do distrito Norte (91,73%), a predominância de faixa etária maior que 60 anos (53,23%), sexo feminino (71,06%), casados (49,87%), com mais de cinco anos de diagnóstico de diabetes (53,75%) que não frequentam reunião de apoio ao diabetes (90,44%) em sua maioria porque não existe reunião na unidade de saúde (32,29%). A maioria afirma conhecer sobre o autocuidado (50,13%) e realiza ações de autocuidado com o diabetes (68,22%). Quanto aos resultados sobre o autocuidado com o Diabetes (QAD) baseado nos sete dias da semana, os itens relacionados à medicação tiveram maior número de dias de ações executadas (6,39), enquanto as ações relacionadas à atividade física (1,10) e controle da glicemia (0,97), foram às ações menos executadas. Quando comparados os distritos pesquisados a evidências de diferença estatística, baseado nos sete dias da semana, os usuários da ESF com diabetes da zona sul apresentaram maior número de dias com relação a seguir uma dieta saudável (4,94), ingerir carne vermelha e/ou derivados do leite integral (3,34) e realizar atividades físicas por pelo menos 30 minutos (2,56). Os resultados indicaram as ações de autocuidado mais e menos realizadas pelos portadores da doença, bem como, as dificuldades existentes, e apontam algumas características das unidades de saúde, que podem dificultar na assistência diária junto aos usuários. Esses resultados contribuem para a melhoria da assistência ao usuário com diabetes, ao identificar as principais dificuldades nas ações de autocuidado, assim como oportuniza a identificação da necessidade de protocolos assistenciais voltados ao autocuidado do usuário do serviço com a doença.


  • Mostrar Abstract
  • The diabetes mellitus is among the chronic diseases of the highest global impact regarding health. It is one of the main causes of mortality in Brazil, probably a reflex of the population’s current profile, a consequence of demographic changes, with high prevalence and low control rates, in the adult population. Therefore, there is the need of a higher focus in the actions of control, prevention and early detection of the cases, in order to diminish complications. With this in mind, the afflicted patients must be modifying agents of their health, and it is possible to foresee in the actions of selfcare a path in the pursue of more health, damage reduction and improvement in the quality of life.  The study’s objective is to analyze the actions of selfcare accomplished by the patients with Diabetes Mellitus, that were treated in the primary health care. It is a descriptive, exploratory study with a quantitative approach. The testing place was on the Units of Family Health Strategy (FHS), from the North and South sanitary Districts of Natal. It was used a random, stratified sample with a confidence interval of 95% and margin of error of 5%, corresponding to 379 diabetics, and a total of 387 researched patients. The subjects had a diagnosis of diabetes at 18 years old, registered in the researched Health Units. A Term of Consent was used, according to the Resolution 466/12 of the National Health Council. The instruments used were two: the first, having questions about the unit’s characterization, alongside the administrator; and, the second, made by two parts: the first, with socioeconomical variables and the second, containing questions about the activities of the selfcare with diabetes (QAD). The descriptive statistical analysis, with average, medium, standard deviation and the Student’s application of a parametric test t for a significance level of 5%, regarding the comparison of the QAD items by region. The gathered data were analyzed from the software Statistica SPSS, version 20.0. The results showed that by studied region the majority of the interviewed were from the North District (91.73%), the predominance of an age group higher than 60 years old (53.23%), female (71.06%), married (49.87%), with more than five years of diabetes diagnosis (53.75%), that did not attend to the support meetings (90.44%), mostly because there was no reunion at all inside the Health Unit (32.29%). The majority affirm to know about the selfcare (50.13%) and carry out selfcare actions regarding diabetes (68.22%). In relation to the results about selfcare with diabetes (QAD) based on the seven days of the week, the items related to medication had higher number of days of executed actions (6,39), meanwhile the actions related to physical activity (1.10) and glycemia control (0.97), were the least executed actions. When compared to the researched districts the evidences about statistical differences, based on the seven days of the week related to following a healthy diet (4.94), ingesting red meat and/or whole milk derivatives (3.34) and accomplish physical activities for at least 30 minutes (2.56). The results pointed out the most and least accomplished selfcare activities by the disease carriers, as well as, the existing difficulties, and indicate a few characteristics of the health units, that can hamper the daily support alongside the patients These results contribute to an improvement of the patient’s care, by identifying the mainly difficulties in the selfcare actions, as well as make it possible to identify the need of care protocols guided towards the patient’s selfcare.

     

5
  • WENYSSON NOLETO DOS SANTOS
  • Análise de conceito do diagnóstico de enfermagem controle ineficaz da saúde em pessoas vivendo com Aids

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • RUDVAL SOUZA DA SILVA
  • Data: 09/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Trata-se de uma análise de conceito, segundo o método de Walker e Avant, operacionalizada mediante revisão integrativa, com objetivo de analisar o conceito do diagnóstico de enfermagem controle ineficaz da saúde em pessoas vivendo com Aids.  Para tanto, pesquisou-se as bases de dados:  Scopus, Cinahl,  PubMed,  Web of Science, Science Direct, Cochrane e Lilacs, utilizando-se os descritores: Cooperação e Adesão ao Tratamento; adesão à medicação e síndrome de imunodeficiência adquirida. A coleta de dados foi realizada entre janeiro  e Março de 2018, por um par de pesquisadores. A amostra inicial foi de 7693 artigos, sendo 1.029 na Scopus, 427 na CINAHL, 3.673 na PubMed, 1.280 na Web of Science, 646 na Science Direct, 354 na Cochrane  e 284 na LILACS. Em seguida, aplicaram-se os critérios de inclusão para refinar a busca, quais sejam: artigos disponíveis na integra nas bases de dados selecionadas, disponíveis nos idiomas português, inglês ou espanhol; estudos que respondam as questões norteadoras propostas. Aplicaram-se os seguintes critérios de exclusão: nota prévia, protocolos, pesquisas em andamento, resenhas, editoriais e cartas ao editor. Após a aplicação dos critérios estabelecidos, obteve-se uma amostra final de 46 artigos, sendo 14 na Scopus, 3 na Cinahl , 8 na PubMed, 6 na Web of Science, 5 Science na Direct, 7 na Cochrane  e 3 na Lilacs. Foram identificados 5 atributos, 34 antecedentes e 17 consequentes. O conceito foi definido como: processo dinâmico e multifatorial, que envolve aspectos físicos, psicológicos, comportamentais, socioculturais, ambientais e econômicos, relacionado à dificuldade em seguir o plano terapêutico pactuado entre a pessoa/cuidador e o profissional de saúde, afetando negativamente sua condição clínica e qualidade de vida; e trazendo consequências pessoais, sociais e econômicas as pessoas vivendo com Aids. A definição da NANDA Internacional para o diagnóstico Controle Ineficaz da saúde e seus componentes carecem de uma complementação, com vistas a um melhor direcionamento do cuidado às pessoas vivendo com Aids. Faz-se necessário a realização de outros estudos dessa temática e com investigações futuras pretende- se realizar validação de conteúdo e validação clínica do conceito de controle ineficaz da saúde  em pessoas vivendo com Aids. Por fim, este estudo pode representar um avanço para a literatura da temática ao sintetizar, definir e analisar o fenômeno controle ineficaz da saúde  em pessoas vivendo com Aids.


  • Mostrar Abstract
  •  

    This is a concept analysis, according to the Walker and Avant method, operationalized through integrative review, aiming to analyze the concept of nursing diagnosis ineffective control of health in people living with AIDS. To do so, we searched the databases: Scopus, Cinahl, PubMed, Web of Science, Science Direct, Cochrane and Lilacs, using the descriptors: Cooperation and Adherence to Treatment; adherence to medication and acquired immunodeficiency syndrome. Data collection was performed between January and March 2018, by a pair of researchers. The initial sample was 7693 articles, 1,029 in Scopus, 427 in CINAHL, 3,673 in PubMed, 1,280 in the Web of Science, 646 in Science Direct, 354 in Cochrane and 284 in LILACS. Next, the inclusion criteria were applied to refine the search, ie: articles available in the selected databases in Portuguese, English or Spanish; studies that respond to the proposed guiding questions. The following exclusion criteria were applied: prior notice, protocols, ongoing research, reviews, editorials and letters to the editor. After the application of the established criteria, a final sample of 46 articles was obtained, 14 in Scopus, 3 in Cinahl, 8 in PubMed, 6 in Web of Science, 5 Science in Direct, 7 in Cochrane and 3 in Lilacs. Five attributes, 34 antecedents and 17 consequent ones were identified. The concept was defined as: a dynamic and multifactorial process that involves physical, psychological, behavioral, socio-cultural, environmental and economic aspects related to the difficulty of following the therapeutic plan agreed between the person / caregiver and the health professional, negatively affecting their condition clinical and quality of life; and bringing personal, social and economic consequences to people living with AIDS. The definition of NANDA International for the diagnosis Ineffective control of health and its components need a complementation, aiming at a better targeting of care to people living with AIDS. It is necessary to carry out other studies on this subject and future research is intended to validate content and clinical validation of the concept of ineffective health control in people living with AIDS. Finally, this study may represent an advance for the literature on the subject by synthesizing, defining and analyzing the phenomenon of ineffective health control in people living with AIDS.

6
  • SANDY YASMINE BEZERRA E SILVA
  • AVALIAÇÃO DO GRAU DE IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE CONTROLE DA TUBERCULOSE NO MUNICÍPIO DE NATAL/RN

  • Orientador : ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE ALE BERALDO
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • EWERTON WILLIAM GOMES BRITO
  • MARIA DE LOURDES COSTA DA SILVA
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • Data: 13/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: O Programa Nacional de Controle da Tuberculose tem como objetivo reduzir a morbidade, mortalidade e transmissão da doença através de ações de prevenção, diagnóstico e tratamento. O controle da tuberculose é de responsabilidade de todas as esferas de governo, as quais devem promover a implantação adequada dos programas de controle dessa doença e garantir o acesso do usuário à rede de atenção à saúde. Objetivos: O objetivo geral deste estudo consistiu em avaliar o grau de implantação do Programa de Controle da Tuberculose na Atenção Primária à Saúde no município de Natal, Rio Grande do Norte. Os objetivos específicos foram: elaborar o modelo lógico do Programa de Controle da Tuberculose com foco nas dimensões de estrutura e processo e identificar a implantação do Programa de Controle da Tuberculose na Atenção Primária a saúde no município de Natal, Rio Grande do Norte.

    Método: Trata-se de uma pesquisa avaliativa, de abordagem quantitativa, com ênfase no grau de implantação de programas, utilizando como referencial teórico-metodológico a avaliação em saúde de Avenis Donabedian. A população do estudo foi constituída por enfermeiros da Atenção Primaria a Saúde de Natal/RN distribuídos nas 54 Unidades de Saúde do município. Os critérios de inclusão utilizados foram: enfermeiros atuantes no exercício profissional no período de coleta da pesquisa e que desempenhassem ações no controle da Tuberculose. Para cálculo da amostra das Unidades de Saúde utilizou-se a fórmula de Barbetta, considerando erro amostral de 5 % e intervalo de confiança de 95%, resultando em 48 Unidades de Saúde e foi preconizada participação de no mínimo 02 enfermeiros por unidade, totalizado 96 enfermeiros. A coleta de dados foi realizada nos meses de novembro de 2017 a fevereiro de 2018 através de um questionário baseado no Manual de Recomendações para Controle da Tuberculose no Brasil, constituído por perguntas sobre a caracterização profissional e sobre as dimensões estrutura e processo do Programa de Tuberculose . Os dados foram organizados e analisados através do programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), versão 22.0 IBM, utilizando-se estatística descritiva em números absolutos e relativos. Para a análise de implantação do Programa de Controle da Tuberculose no município de Natal foram consideradas as dimensões (estrutura e processo) e suas  subdimensões (recursos: humanos, estruturais e  materiais; atividades: operacionais, de educação em saúde e de sistemas de informação). Em relação a avaliação do grau de implantação foram selecionados 31 critérios e o percentual de respostas identificadas foram  distribuídas em quatro classificações: Não implantado (de 0% a 25%); Incipiente (de 26% a 50%); Parcialmente implantado (de 51% a 75%);  Implantado (de 76% a 100%). Resultados: A construção do modelo lógico permitiu a identificação da organização estrutural, das atividades desenvolvidas e dos resultados esperados do programa. Dos 96 enfermeiros selecionados na amostra, 08 encontravam-se  afastados de suas atividades durante a coleta de dados, 06 recusaram a participar da pesquisa  e em 02 unidades só haviam dois enfermeiros responsáveis pelas atividades da unidade, totalizando assim 80 participantes. A partir dos dados coletados foi possível identificar o grau de implantação do Programa de Controle da Tuberculose no município de Natal/RN, o qual foi classificado como parcialmente implantado (62,85%). As dimensões estrutura e processo também foram classificadas com o mesmo grau de avaliação (61,80% e 63,17%, respectivamente). Na dimensão estrutura, os recursos materiais foram classificados como implantados (86,92%), os recursos humanos, como parcialmente implantados  (55,00%) e os recursos estruturais, com implantação incipiente (49,58%). Quanto à dimensão processo, as atividades operacionais obtiveram o grau de parcialmente implantado (59,26%), as atividades de educação em saúde, incipiente (36,88%) e as atividades de sistemas de informação foram classificadas como implantadas (87,00%). Conclusão: O modelo lógico do Programa de Controle da Tuberculose construído permitiu a compreensão da organização do programa e subsidiou o processo de avaliação. A identificação dos critérios relacionados à estrutura e processo fizeram possível a identificação do grau da implantação do programa no município de Natal como parcialmente implantado, o que ressalta a necessidade de aprimoramento para sua adequada operacionalização. Faz-se necessária a estruturação dos espaços destinados ao atendimento dessa clientela, assim como a integralidade na assistência, com maior participação das outras categorias profissionais, além da intensificação das atividades de educação em saúde.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The National Tuberculosis Control Program aims reduce morbidity, mortality and transmission of the disease through prevention, diagnosis and treatment. Tuberculosis control is the responsibility of all spheres of government, which should promote the adequate implementation of tuberculosis control programs and ensure the user's access to the health care network. Objectives: The general objective of this study was is evaluate the implementation level of the Program of Control of Tuberculosis in Primary Health Care in the city of Natal, Rio Grande do Norte. The specific objectives were: develop a logic model of the Tuberculosis Control Program focusing on the structure and process dimensions and identify the implementation of the Tuberculosis Control Program in Primary Health Care in the city of Natal, Rio Grande do Norte. Method: This is an evaluative research, with a quantitative approach, with emphasis on the level of program implementation, using Avenis Donabedian's health evaluation as a theoretical-methodological reference. The study population consisted of primary health care nurses from Natal/RN distributed in the 54 Health Units of the municipality. The inclusion criteria used were: nurses working in the professional period in the period of collection of the research and who performed actions in the control of Tuberculosis. The Barbetta formula was used to calculate the sample of Health Units, considering a sample error of 5% and a 95% confidence interval, resulting in 48 Health Units and a participation of at least 02 nurses per unit, totaling 96 nurses. Data collection was carried out from November 2017 to February 2018 through a questionnaire based on the Manual of Recommendations for Tuberculosis Control in Brazil, consisting of questions on the professional characterization and on the structure and process dimensions of the Tuberculosis Program . The data were organized and analyzed through the Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), version 22.0 IBM, using descriptive statistics in absolute and relative numbers. In order to analyze the implementation of the Tuberculosis Control Program in the city of Natal, the dimensions (structure and process) and its sub-dimensions were considered (human, structural and material resources; operational activities, health education and information systems). Regarding the evaluation of the level of implantation, 31 criteria were selected and the percentage of responses identified were distributed in four classifications: Not implemented (from 0% to 25%); Incipient (26% to 50%); Partially implanted (from 51% to 75%); Implanted (76% to 100%). Results: The construction of the logic, model allowed the identification of the structural organization, the activities developed and the expected results of the program. Of the 96 nurses selected in the sample, 08 were distant from their activities during data collection, 06 refused to participate in the study and in two units there were only 02 nurses responsible for the activities of the unit, totaling 80 participants. From the data collected, it was possible to identify the level of implementation of the Tuberculosis Control Program in Natal RN, which was classified as partially implanted (62.85%). The structure and process dimensions were also classified with the same degree of evaluation (61.80% and 63.17%, respectively). In the structure dimension, material resources were classified as implanted (86.92%), human resources as partially implanted (55.00%) and structural resources, with incipient implantation (49.58%). As for the process dimension, the operational activities obtained the degree of partially implemented (59.26%), health education activities, incipient (36.88%) and information system activities were classified as implemented (87.00 %). Conclusion: The logic model of the Tuberculosis Control Program that was built allowed an understanding of the organization of the program and subsidized the evaluation process. The identification of the criteria related to the structure and process made it possible to identify the level of implementation of the program in the municipality of Natal as partially implemented, which highlights the need for improvement for its proper operation. It is necessary structuring the spaces destined to the care of this clientele, as well as the integrality in the assistance, with greater participation of the other professional categories, besides the intensification of the activities of health education.

7
  • MANACÉS DOS SANTOS BEZERRIL
  • Percepções e vivências de docentes do centro de ciências da saúde sobre o ensino da segurança do paciente

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • QUENIA CAMILLE SOARES MARTINS
  • ANA LUISA PETERSEN COGO
  • Data: 05/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Na perspectiva de estimular uma formação profissional mais ampla no que concerne à segurança do paciente, a Organização Mundial de Saúde lançou o Guia Curricular Multiprofissional de Segurança do Paciente para impulsionar a introdução da temática nas atividades desenvolvidas pelos docentes nas instituições de ensino e incitar sua inserção no ensino. Destarte, torna-se relevante compreender como se dá o entendimento da segurança do paciente pelos docentes, além de verificar se a temática está presente na formação dos diferentes cursos da área da saúde da instituição em estudo. Por conseguinte, a questão norteadora desse estudo foi: quais as percepções e vivências de docentes da área da saúde de uma universidade federal sobre o ensino da segurança do paciente? E, teve como objetivo, identificar as percepções e vivências de docentes do Centro de Ciências da Saúde de uma universidade federal sobre o ensino da segurança do paciente. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem mista; o cenário de pesquisa foi a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, e envolveu os docentes dos departamentos do Centro de Ciências da Saúde, a amostra foi do tipo estratificada e teve 96 participantes. Para a coleta de dados utilizou-se o Google Forms ou formulário impresso composto pelos dados de caracterização dos participantes e por questões abertas acerca das vivências e percepções dos docentes para com a segurança do paciente. A análise dos dados foi realizada de forma descritiva simples e utilizou-se a Classificação Hierárquica Descendente e a análise de similitude com auxílio do software Interface de R pour Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionneires. O estudo está em conformidade com os preceitos éticos estabelecidos pela Resolução Nº 466, de 12 de dezembro de 2012, do Conselho Nacional de Saúde e teve sua aprovação autenticada pelo Parecer Consubstanciado do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, nº 2.454.034, Certificado de Apresentação para Apreciação Ética: 80929617.1.0000.5537. Dentre os participantes por cursos obteve-se representatividade da educação física (7,4%), enfermagem (8,3%), farmácia (7,4%), fisioterapia (7,4%), fonoaudiologia (3,1%), medicina (42,7%), nutrição (6,0%), odontologia (12,5%) e saúde coletiva (5,2%). A partir do processamento da Classificação Hierárquica Descendente, emergiram-se cinco classes: percepções sobre a segurança do paciente; ações para a inclusão da segurança do paciente na formação acadêmica; dificuldades para implementação da segurança do paciente no processo formativo; aprimoramentos teóricos e práticos para o ensino da segurança do paciente; vivências com a segurança do paciente no ensino e na pesquisa. Concluiu-se que os docentes do Centro de Ciências da Saúde compreendem a relevância de inserir a segurança do paciente como tema transversal no processo ensino-aprendizagem nos mais diversos níveis acadêmicos, como uma forma de potencializar a formação dos futuros e atuais profissionais da saúde, e, por conseguinte, propiciar um cuidado efetivo, seguro e de qualidade.


  • Mostrar Abstract
  • With a view to stimulating broader professional training regarding patient safety, the World Health Organization has launched the Multiprofessional Curriculum Guide on Patient Safety to encourage the introduction of the theme in the activities carried out by teachers in educational institutions and encourage their insertion in teaching. Therefore, it is relevant to understand how the patient's understanding of patient safety is verified, as well as to verify if the theme is present in the training of the different courses in the health area of the institution under study. Therefore, the guiding question of this study was: what are the perceptions and experiences of health professors from a federal university about teaching patient safety? And, it aimed to identify the perceptions and experiences of teachers of the Health Sciences Center of a federal university on the teaching of patient safety. It is a descriptive study, with a mixed approach; the research scenario was the Federal University of Rio Grande do Norte, and involved the professors of the departments of the Health Sciences Center, the sample was stratified type and had 96 participants. For the collection of data was used the Google Forms or printed form composed by the characterization data of the participants and open questions about the experiences and perceptions of teachers for patient safety. Data analysis was carried out in a simple descriptive way and we used the Descending Hierarchical Classification and similarity analysis with the aid of the Interface Software of R for Multidimensionnal Analyzes of Textes et de Questionneires. The study is in accordance with the ethical precepts established by Resolution No. 466 of December 12, 2012, of the National Health Council and had its approval authenticated by the Consubstantiated Opinion of the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, nº 2.454.034, Certificate of Presentation for Ethical Appreciation: 80929617.1.0000.5537. Among the participants in the courses, physical education (7.4%), nursing (8.3%), pharmacy (7.4%), physiotherapy (7.4%), speech therapy (3.1%) , medicine (42.7%), nutrition (6.0%), dentistry (12.5%) and collective health (5.2%). From the processing of the Descending Hierarchical Classification, five classes emerged: perceptions about patient safety; actions to include patient safety in academic training; difficulties to implement patient safety in the training process; theoretical and practical improvements in teaching patient safety; experiences with patient safety in teaching and research. It was concluded that the teachers of the Health Sciences Center understand the relevance of inserting patient safety as a cross-cutting theme in the teaching-learning process in the most diverse academic levels, as a way to enhance the training of future and current health professionals, and therefore provide effective, safe and quality care.

8
  • FLÁVIA BARRETO TAVARES CHIAVONE
  • Construção e validação de conteúdo do protótipo de um serious game para apoio ao ensino da segurança do paciente na enfermagem

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • PETALA TUANI CANDIDO DE OLIVEIRA SALVADOR
  • ANA LUISA PETERSEN COGO
  • Data: 07/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • A segurança do paciente destaca-se como uma área atual e de grande relevância no que tange aos cuidados prestados pelo setor saúde, logo, torna-se imprescindível que o ensino dessa temática seja realizado de forma transversal e efetiva, principalmente subsidiada por tecnologias digitais com a finalidade de atender as demandas atuais dos discentes. Neste ínterim, esse estudo estabelece a seguinte questão norteadora: quais conteúdos são válidos para compor um Serious game para apoio ao ensino da segurança do paciente? E, tem como objetivo construir e validar o conteúdo do protótipo de um Serious game para apoio ao ensino da Segurança do Paciente na Enfermagem. Trata-se de um estudo metodológico de abordagem quantitativa para construção e validação de conteúdo de um Serious game. Para tal, baseou-se na proposta de Pasquali, a saber: procedimentos teóricos, em que se realizou uma busca na literatura científica através de uma Scoping review, para elucidar as temáticas relevantes para construção dos conteúdos que compuseram o recurso educacional; procedimentos empíricos, que se deu pela construção do conteúdo, do instrumento para sua validação via Google Forms e as etapas Delphi. Por fim, os procedimentos analíticos, em que foi executado o cálculo e análise dos coeficientes de validação de conteúdo e nível de concordância. O estudo esta em consonância com os preceitos éticos estabelecidos Nº 466, de 12 Dezembro de 2012, do Conselho Nacional de Saúde e teve sua aprovação autenticada pelo parecer consubstanciado do comitê de ética em pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, nº 2.455.166, CAAE: 80922917.0.0000.5537, de 22 de Dezembro de 2017. Constatou-se que o ensino da segurança do paciente baseia-se majoritariamente em aspectos relacionados às metas internacionais estabelecidas pela organização mundial da saúde. Neste panorama, propôs-se roteiros de jogos baseados nas metas internacionais, em que o jogador irá motivar-se a buscar seu conhecimento com a perda e ganho das pontuações, bem como feedbacks imediatos e ao final do jogo. Após a construção de seis roteiros realizou-se as etapas Delphi I e Delphi II para validação do conteúdo desses, ao final das etapas foi calculado o nível de concordância entre os juízes, os quais apresentaram valores acima 80% e coeficiente de validação de conteúdo acima de 0,8. Conclui-se que os roteiros construídos são válidos em seu conteúdo para construção do protótipo do Serious game. Contudo, salienta-se que além da validação do conteúdo faz-se necessário que o recurso educacional passe por outras etapas de validação como uso e efetividade com a finalidade de comprovar sua eficácia para com o ensino da segurança do paciente.


  • Mostrar Abstract
  • Patient safety stands out as a current area of great relevance to the care provided by the health sector, so it is imperative that the teaching of this subject be carried out in a transversal and effective way, mainly subsidized by digital technologies with the purpose of meeting the students' current demands. In the meantime, this study establishes the following guiding question: what contents are valid to compose a Serious game to support the teaching of patient safety? And, it aims to build and validate the content of the prototype of a Serious game to support the teaching of Patient Safety in Nursing. This is a quantitative approach methodological study for the construction and validation of content of a Serious game. For that, it was based on the proposal of Pasquali, that is to say: theoretical procedures, in which a search in the scientific literature was carried out through a Scoping review, to elucidate the relevant themes for construction of the contents that composed the educational resource; procedures, which was done by the construction of the content, the instrument for its validation via Google Forms and the Delphi stages. Finally, the analytical procedures, in which the calculation and analysis of the content validation coefficients and level of agreement were performed. The study is in accordance with the ethical precepts established No. 466, of December 12, 2012, of the National Health Council and had its approval authenticated by the consubstantiated opinion of the research ethics committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, nº 2.455. 166, CAAE: 80922917.0.0000.5537, dated December 22, 2017. It was found that teaching of patient safety is based mostly on aspects related to the international goals established by the world health organization. In this scenario, it was proposed game scripts based on international goals, in which the player will motivate himself to seek his knowledge with the loss and gain of the scores, as well as immediate feedbacks and the end of the game. After the construction of six scripts, the Delphi I and Delphi II stages were validated, at the end of the stages the level of agreement between the judges was calculated, which presented values above 80% and content validation coefficient above of 0.8. It is concluded that the constructed scripts are valid in their content for construction of the prototype of the Serious game. However, it should be noted that in addition to content validation, it is necessary for the educational resource to undergo other validation steps such as use and effectiveness in order to prove its effectiveness in teaching patient safety.

9
  • DANIELLY OLIVEIRA PITOMBEIRA
  • ANÁLISE DA HIPOTERMIA EM PACIENTES CARDIOPATAS

  • Orientador : ALLYNE FORTES VITOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • ANA CARLA DANTAS CAVALCANTI
  • DANIELE VIEIRA DANTAS
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • Data: 11/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • A hipotermia é definida como a temperatura corporal central inferior a 36°C, que pode estar presente independentemente da temperatura, se o paciente referir sensação de frio e/ou apresentar tremores, vasoconstrição periférica e piloereção. A hipotermia não- intencional é o foco desta pesquisa e foi observada em pacientes cardiopatas que não foram submetidos a procedimento cirúrgico. Trata-se de um estudo de coorte retrospectiva com prontuários informatizados, cujo principal objetivo é analisar o fenômeno da hipotermia em pacientes cardiopatas entre o período de admissão e a ocorrência desse desfecho. Foram considerados todos os prontuários dos pacientes internados na unidade de internação cardiológica para adultos de um hospital universitário no nordeste brasileiro, no período de agosto de 2016 a julho de 2018. A coleta resultou em 1006 registros, dos quais 645 estavam internados por doenças cardíacas. Estes foram analisados e 109 foram selecionados por atenderam aos critérios de elegibilidade previamente estabelecidos e, portanto, estão presentes neste estudo. A coleta dos dados ocorreu de julho a setembro de 2018 mediante uso de instrumento com dados sociodemográficos, clínicos e indicadores do diagnóstico de enfermagem Hipotermia. Os dados foram categorizados e organizados em uma planilha construída no Microsoft Excel for Windows e exportados para pacote estatístico para análise de frequência simples, medidas de tendência central e variabilidade, teste Qui-quadrado, Fisher, cálculo de risco relativo, teste de Kolmogorov-Smirnov e t de Student. Os resultados demonstraram que 45% da amostra apresentou a hipotermia no segundo dia de acompanhamento. Referente à caracterização sociodemográfica, houve maior frequência do sexo masculino, com 61,4% do total estudado. Sobre a faixa etária, 55,9% apresentaram idade menor que 60 anos. Em relação a escolaridade, 33% cursou ensino fundamental incompleto, seguido de 20,2% com ensino médico completo e 19,3% não alfabetizados. Referente ao estado civil, 66% da amostra vive com companheiro. Quanto ao local de nascimento e residência, 67,8% nasceram no interior do estado e 51,3% residem no interior. Relativo aos dias de internação, obteve-se uma média de 18 dias. Dos
    prontuários analisados, 60,5% dos pacientes não realizaram cirurgia cardíaca. Sobre a terapia medicamentosa, foi observado o uso de analgésico em 95% dos pacientes, seguido dos anti-hipertensivos com 69,7% e betabloqueadores com 63,3% do total estudado. Houve dificuldade em obter registros das medidas antropométricas nos prontuários, com 62,3% dos dados acerca da altura ausentes e 34,8% dos dados sobre peso ausentes, durante o período de acompanhamento. Este estudo reforça a necessidade de desenvolver instrumentos para aprimoramento da gestão do cuidado com relação à hipotermia em pacientes com cardiopatias.


  • Mostrar Abstract
  • Hypothermia is defined as the core body temperature below 36 ° C, which may be present regardless of temperature, if the patient reports cold sensation and / or presents with tremors, peripheral vasoconstriction and piloerection. Unintentional hypothermia is the focus of this research and was observed in patients with heart disease who did not undergo a surgical procedure. This is a retrospective cohort study with computerized charts, whose main objective is to analyze the phenomenon of hypothermia in patients with heart disease between the admission period and the occurrence of this outcome. All medical records of the patients admitted to the cardiology unit for adults of a university hospital in the Brazilian Northeast, from August 2016 to July 2018 were considered. The collection resulted in 1006 records, of which 645 were hospitalized for heart disease. These were analyzed and 109 were selected because they met the eligibility criteria previously established and therefore are present in this study. Data were collected from July to September of 2018 through the use of an instrument with sociodemographic, clinical data and nursing diagnosis indicators Hypothermia. Data were categorized and organized into a spreadsheet built in Microsoft Excel for Windows and exported to statistical package for simple frequency analysis, central tendency and variability measures, Chi-square test, Fisher, relative risk calculation, Kolmogorov-Smirnov test et de Student. The results showed that 45% of the sample presented hypothermia on the second follow-up day. Concerning the sociodemographic characterization, there was a greater frequency of males, with 61.4% of the total studied. Regarding the age group, 55.9% were younger than 60 years. Regarding schooling, 33% attended incomplete primary education, followed by 20.2% with complete medical education and 19.3% with no literacy. Regarding marital status, 66% of the sample lives with a partner. Regarding the place of birth and residence, 67.8% were born in the interior of the state and 51.3% live in the interior. Regarding the days of hospitalization, an average of 18 days was obtained. From the charts analyzed, 60.5% of the patients did not perform cardiac surgery. Regarding drug therapy, analgesic use was observed in 95% of patients, followed by antihypertensives with 69.7% and beta-blockers with 63.3% of the total studied. There were difficulties in obtaining records of anthropometric measurements in the medical records, with 62.3% of the missing height data and 34.8% of the absent weight data during the follow-up period. This study reinforces the need to develop instruments to improve care management regarding hypothermia in patients with heart disease.

10
  • ANA RAQUEL CORTÊS NELSON
  • Acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem mobilidade física prejudicada em pacientes submetidos a procedimentos cardiovasculares invasivos

  • Orientador : BERTHA CRUZ ENDERS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • CAROLINE EVELIN NASCIMENTO KLUCZYNIK VIEIRA
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • MARIA ISABEL DA CONCEICAO DIAS FERNANDES
  • Data: 14/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se analisar a acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem mobilidade física prejudicada em pacientes submetidos a procedimentos cardiovasculares invasivos. Trata-se de um estudo de acurácia diagnóstica, desenvolvido na clínica cirúrgica de um Hospital Universitário do Rio Grande do Norte, com amostra de 140 pacientes, maiores de 18 anos, em pós-operatório mediato de procedimentos cardiológicos invasivos, a partir de um instrumento elaborado de acordo com os indicadores clínicos do diagnóstico mobilidade física prejudicada, baseados na NANDA Internacional. Os dados foram avaliados com base na análise de Classe Latente, identificadas a prevalência do diagnóstico, valores de sensibilidade e especificidade de cada indicador clínico investigado e os respectivos intervalos de confiança de 95%. Houve predominância do sexo masculino, com idade média de 59 anos, histórico de tabagismo e portadores de comorbidades crônicas associadas. Os resultados indicaram prevalência de 55,45% do diagnóstico mobilidade física prejudicada, sendo os indicadores clínicos que melhor predizem o diagnóstico, a capacidade limitada de desempenhar atividades motoras grossas (99,3%; IC 95%= 95,5 – 100,0), dificuldade para virar-se (92,1%; IC 95%= 85,2 – 95,3) amplitude limitada dos movimentos (79,3%; IC 95%=71,4 – 85,5), desconforto e alterações e marcha (71,4%; IC 95%=63,1 – 78,6). Movimentos espásticos (OR: 0,07) e engajar-se em substituição de movimento (OR=0,09) foram os indicadores clínicos que menos predizem o diagnóstico. Verificou-se que indivíduos submetidos a cirurgias cardíacas de grande porte possuem 100 vezes (OR=0,01) mais chances de ter mobilidade física prejudicada. As evidências geradas por este estudo contribuíram para o conhecimento do diagnóstico mobilidade física prejudicada entre os pacientes cardiopatas em pós operatório de procedimentos  cardiológicos invasivos, assim, auxiliam no fortalecimento da Enfermagem como ciência, gerando subsídios para pesquisas de validação dos diagnósticos de enfermagem e maior confiabilidade nas avaliações clínicas do enfermeiro , fatores fundamentais para a enfermagem em seus diversos contextos, inclusive na consolidação e reconhecimento de sua prática avançada.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to analyze the accuracy of the clinical indicators of the nursing diagnosis, physical mobility impaired in patients submitted to invasive cardiovascular procedures. This is a diagnostic accuracy study, developed in the surgical clinic of a University Hospital of Rio Grande do Norte, with a sample of 140 patients older than 18 years, in the postoperative period of invasive cardiac procedures, using an elaborate instrument according to the clinical indicators of impaired physical mobility diagnosis, based on NANDA International. The data were evaluated based on the Latent Class analysis model, identifying the prevalence of diagnosis, sensitivity and specificity values of each clinical indicator investigated and the respective 95% confidence intervals. There was a predominance of males, with a mean age of 59 years, smoking history and associated chronic comorbidities. The results indicated a prevalence of 55.45% of the impaired physical mobility diagnosis, with the clinical indicators that best predict the diagnosis, the limited ability to perform gross motor activities (99.3%, 95% CI = 95.5 - 100.0 ), difficulty in turning (92.1%, 95% CI = 85.2 - 95.3), limited range of motion (79.3%, 95% CI = 71.4 - 85.5), discomfort and changes and gait (71.4%, 95% CI = 63.1-78.6). Spastic movements (OR: 0.07) and engaging in stroke replacement (OR = 0.09) were the clinical predictors that least predicted the diagnosis. It was verified that individuals submitted to large cardiac surgeries have 100 times (OR = 0.01) more chances of having impaired physical mobility. The evidence generated by this study contributed to the knowledge of the impaired physical mobility diagnosis among cardiac patients in the postoperative period of invasive cardiologic procedures, thus, it helps to strengthen Nursing as a science, generating subsidies for validation research of nursing diagnoses and greater reliability in the clinical evaluations of the nurse, fundamental factors for the nursing in its diverse contexts, including in the consolidation and recognition of advanced practice nursing. 

11
  • JÉSSICA VALESKA HERCULANO LIMA
  • Avaliação do ensino/aprendizagem sobre o pré-natal de risco habitual para estudantes da graduação em enfermagem.

  • Orientador : NILBA LIMA DE SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DIANA PAULA DE SOUZA REGO PINTO CARVALHO
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • MARIA JACQUELINE ABRANTES GADELHA
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • Data: 17/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • INTRODUÇÃO: A avaliação no ensino sobre o pré-natal de risco habitual pode identificar fatores dificultadores que comprometem o desenvolvimento de competências e as habilidades dos estudantes nas consultas do pré-natal. OBJETIVO: Objetivou avaliar as competências e as habilidades dos estudantes de graduação em enfermagem para as consultas do pré-natal de risco habitual. MÉTODOS: Tratar-se de uma avaliação normativa, de caráter transversal com dados quantitativos, realizada no Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com 54 graduandos de enfermagem regularmente matriculados no 7° e 8° período, cadastrados nas disciplinas: Atenção Integral à Saúde III e Estágio Supervisionado I: o processo de trabalho do enfermeirando na atenção básica de saúde. A coleta de dados ocorreu por meio de um questionário que teve como base teórica da avaliação normativa os  documentos relativos à consulta pré-natal preconizados pelo Ministério da Saúde. Os dados foram analisados por meio do software estatístico no programa SPSS 21.0. O estudo teve aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da UFRN sob o numero 2.698.375.  RESULTADOS: Foram definidos oito eixos e para cada deles as seguintes assertivas: Eixo 1: Exame físico geral e especifico - 59,82%  disseram realizar totalmente com segurança – Eixo 2: Exames laboratoriais - 82% informaram solicitar, Eixo 3: Sinais de alerta – 54,28% disseram que identificam totalmente com segurança; Eixo 4: Fatores de risco - 64,28% disseram que identificam totalmente com segurança; Eixo 5: Preenchimento da caderneta da gestante - 84,28% disseram que realizam totalmente com segurança; Eixo 6: Prescrever com supervisão – 91,07% disseram que realizam totalmente com segurança; Eixo 7: Imunização - 92,85% disseram que realizam totalmente com segurança; Eixo 8: Orientações educativas - 66,42% disseram que realizam totalmente com segurança. CONCLUSÃO: Esse estudo demonstrou resultados satisfatórios na maioria dos eixos, porém destaca-se resultados insatisfatório nos Eixos 1, 3, 4, sobretudo no eixo 8 relativo as ações educativas, fator primordial na realização das consultas de pré-natal de risco habitual.


  • Mostrar Abstract
  • INTRODUCTION: Evaluation in prenatal education at usual risk may identify factors that hamper the development of students' skills and abilities in prenatal consultations. OBJECTIVE: The purpose of this study was to evaluate the skills and abilities of undergraduate students in nursing for prenatal visits. METHODS: This is a transversal evaluation with quantitative data, carried out in the Nursing Department of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), with 54 nursing students regularly enrolled in the 7th and 8th period, enrolled in the disciplines : Integral Health Care III and Supervised Internship I: the nursing work process in basic health care. The data collection was performed through a questionnaire that had as theoretical basis of the normative evaluation the documents related to prenatal consultation recommended by the Ministry of Health. Data were analyzed through statistical software in the program SPSS 21.0. The study was approved by the Ethics and Research Committee of UFRN under the number 2,698,375. RESULTS: Strong definitions and words for each of the following assertives: Axis 1: General and specific physical examination - 59.82% said to perform fully safely - Axis 2: Laboratory exams - 82% reported to request, Axis 3: Warning signs - 54 , 28% said they fully identify with safety; Axis 4: Risk factors - 64.28% said they fully identify with safety; Axis 5: Fill of the pregnant woman's book - 84.28% said they performed totally safely; Axis 6: Prescribe with supervision - 91.07% said they perform fully safely; Axis 7: Immunization - 92.85% said they perform fully safely; Axis 8: Educational guidelines - 66.42% said they perform fully safely.  CONCLUSION: This study showed satisfactory results in most of the axes, but unsatisfactory results are found in Axes 1, 3, 4, especially in Axis 8, regarding educational actions, a primary factor in conducting prenatal consultations.

12
  • RAFAELLA GUILHERME GONCALVES
  • Formação do Enfermeiro em Cuidados Paliativos no Estado do Rio Grande do Norte

  • Orientador : REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • LUCIANE PAULA BATISTA ARAUJO DE OLIVEIRA
  • ANA ANGELICA REGO DE QUEIROZ
  • FABÍOLA DE ARAÚJO LEITE MEDEIROS
  • Data: 20/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • No Brasil, o aumento da expectativa de vida e o envelhecimento da população, associados aos altos índices das condições crônicas degenerativas, propiciaram o aumento da demanda por cuidados paliativos, fundamentais para a qualidade de vida da pessoa e seus familiares diante de doenças que ameaçam a continuidade da vida. Neste sentido, o enfermeiro deve assistir ao paciente de forma integral e sensível, em suas dimensões física, psicológica, social e espiritual, atuando como elo entre o paciente e a família e os demais membros da equipe, sendo o profissional com maior oportunidade de efetivação para as práticas de cuidado. No entanto, evidencia-se que os enfermeiros ou graduandos em enfermagem ainda não estão preparados para lidar com o paciente em cuidados paliativos. O objetivo desse estudo é analisar o ensino dos cuidados paliativos na formação do enfermeiro no Estado do Rio Grande do Norte. Trata-se de um estudo do tipo descritivo-exploratório, de abordagem qualitativa. O local de estudo serão as instituições de ensino superior, públicas e privadas do Estado do Rio Grande do Norte, reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura, presenciais e ativos em 2018. Seus participantes, 11 coordenadores dos cursos de graduação em enfermagem e nove projetos pedagógicos. A pesquisa foi realizada em duas etapas: 1) entrevista semiestruturada acompanhada, por um roteiro com os coordenadores, sobre o ensino de cuidados paliativos durante a formação do enfermeiro, com a caracterização dos participantes; 2) Análise descritiva dos projetos pedagógicos e caracterização da instituição investigada. Foi utilizada a análise de conteúdo temática de Bardin com adaptação da autora Minayo e o referencial teórico filosófico de Edgar Morin. O estudo obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com CAAE n° 91830118.7.0000.5537. Como resultados, identificaram-se duas três categorias temáticas: 1. Cuidados paliativos na concepção de coordenadores de cursos; 2. Formação do enfermeiro em cuidados paliativos; 3. Potencialidades e desafios do ensino em cuidados paliativos. Os resultados analisados a partir dos Projetos Pedagógicos evidenciam a ausência deste conteúdo como componente curricular obrigatório ou optativo em todas as instituições de ensino superior pesquisadas, bem como a ausência do termo nas ementas das disciplinas na maioria das instituições. Estes achados reforçam a tese de que a enfermagem brasileira, em especial do contexto desse estudo, apresenta uma lacuna na formação do enfermeiro em cuidados paliativos, e responde as evidencias da literatura sobre as dificuldades vivenciadas e o despreparo dos profissionais e acadêmicos de enfermagem ao assistir pacientes em cuidados paliativos. Destaca-se a necessidade de uma reflexão quanto à formação da enfermagem, dado a importância atual do tema no ensino desses profissionais da saúde, ao considerar o perfil epidemiológico da população para as condições crônicas, e a crescente necessidade de cuidados paliativos, que se revela como um desafio para a coordenação, professores e enfermeiros, por tratar-se de uma nova demanda de cuidado.


  • Mostrar Abstract
  • In Brazil, the increase in life expectancy and the ageing population, associated with high levels of degenerative chronic diseases, provided an increment on the demand of palliative care, which is vital for the person’s quality of life and their relatives in face of diseases that threaten the continuity of life. In this regard, the nurse must attend the patient in an integral and sensitive way, always concerning the physical, psychological, social and spiritual dimensions, acting as a link between the patient, family and the other team members, being the professional with the highest opportunity to establish the care practices. However, one highlights that the nurses or the nursing students are not yet ready to deal with the patient in palliative care. This study’s objective is to analyze the teaching of palliative care in the nursing education at the state of Rio Grande do Norte. It is about an exploratory-descriptive study, with a qualitative approach. The place of study will be both, public and private university education institutions, from the state of Rio Grande do Norte, recognized by the Minister of Education and Culture, on-site and active courses in 2018. Its participants were eleven coordinators from graduation courses in nursing and nine pedagogical projects. The research was fulfilled with two stages: 1) Semi structured interview accompanied by a script with the coordinators, regarding the teaching of palliative care during the nurse’s formation, with the participants’ characterization; 2) Descriptive analysis of the pedagogical projects and the investigated institution’s characterization. Bardin’s thematic content analysis with Minayo’s adaptation and the philosophic theoretical reference of Edgar Morin was used. The study received the assent from the Committee of Ethics in Research from the Federal University of Rio Grande do Norte with CAAE nº 91830118.7.0000.5537. As results, three thematic categories were identified: 1. Palliative care regarding the coordinators point of view; 2. Nursing formation in palliative care; 3. Capabilities and challenges of teaching alluding palliative care. The analyzed results, from the pedagogical projects, highlighted the absence of the palliative care content as a mandatory or optional discipline in all researched university education institutions, as well as the lack of the term “palliative care” inside the academic discipline summaries on most institutions. These findings reinforce the thesis that Brazilian nursing, especially regarding this study’s context, shows a void in the nursing formation related to palliative care, and it responds to the literature evidences about the lived hardships and unpreparedness of professionals and nursing student when assisting patients with palliative care. One highlights the need of a reflection in relation to the nursing formation, given the theme’s current importance in the health professionals’ teaching, upon considering the population’s epidemiologic profile for chronic conditions, and the crescent need of palliative care, that reveals itself as a challenge for the coordinators, professors and nurses, as it is a new demand of care.

13
  • VANESSA PINHEIRO BARRETO
  • Análise da situação epidemiológica das arboviroses dengue, zika  e Chikungunya no estado do Rio Grande do Norte, Brasil.

  • Orientador : ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • KARINA CARDOSO MEIRA
  • PATRÍCIA PERES DE OLIVEIRA
  • RODRIGO ASSIS NEVES DANTAS
  • Data: 20/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • O acompanhamento do comportamento epidemiológico das arboviroses é de extrema relevância, pois compreensão abrangente da realidade regional é essencial para o estabelecimento de estratégias importantes para a redução de risco e vulnerabilidade de indivíduos e comunidades, além da adaptação das políticas públicas vigentes no contexto epidemiológico local. Diante da necessidade de investigações que abranjam fatores que possam estar associados às epidemias, este estudo objetivou proceder a uma análise do perfil epidemiológico e distribuição geográfica dos casos de dengue, chikungunya e zika no Estado do Rio Grande do Norte. Trata-se de um estudo ecológico que analisou todos os casos confirmados de Dengue, Chikungunya e Zika no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) durante o período de 2015 a 2017, que totalizou em amostra de 50.529 casos. Tais dados foram obtidos por meio das fichas de notificação e investigação dos casos confirmados e disponíveis na Secretaria da Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Norte (SESAP-RN). Os dados foram tratados por meio de frequências, medidas de tendência central (média, mediana, desvio-padrão), taxa de incidência e mapas temáticos. Apesar do estudo não envolver diretamente seres humanos, foi submetido e obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (CEP-UFRN) sob Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE): 80007217.0.0000.5537. Os resultados da caracterização sociodemográfica da dengue, nos três anos analisados, apontaram a faixa etária com maior frequência foi de 20-34 anos, com 30,8% do total de casos. Em relação ao sexo, a maioria foi do sexo feminino com 57% do total. Sobre a escolaridade, o percentual de ignorado/branco superou significativamente o total das informações preenchidas com 63,1% das fichas sem informação sobre essa variável. A faixa de escolaridade mais frequente no período foi ensino médio completo com 5,5% dos casos. Relativo à necessidade de hospitalização verificou-se um percentual de apenas 9,8%. Entretanto, esse dado é submestimado, devido ao grande percentual de ignorados/branco que corresponde a 48,8% no período. Destaca-se que no ano de 2017 ocorreu a classificação de todos os casos em sim ou não nesta variável, portanto não houve ignorado/branco, o que resultou em 16,8% de hospitalizações neste ano. Quanto à evolução dos casos, analisados foram notificados 48 óbitos relacionados à dengue. Quanto à distribuição geográfica dos casos, a região de saúde com maior número de casos foi a de Mossoró com 2.274 casos confirmados, correspondendo a 22,7%. Relacionado aos casos confirmados de chikungunya, a faixa etária com maior frequência foi de 20-34 anos com 27,5% dos casos. Quanto ao sexo, a maioria foi do sexo feminino (62,4%). No que se refere a escolaridade, 5,9% dos casos correspondem ao ensino médio completo. Quanto à evolução clínica, ocorreram mais óbitos pelo agravo em 2016, com 48 notificações. A distribuição geográfica apontou a região metropolitana de Natal com maior frequência dos casos confirmados (35,2%). Relativo ao zika vírus, foram confirmados 254 casos. Observou-se que todas as regiões de saúde apresentaram diminuição dos casos notificados de zika em 2017 comparado ao ano de 2016. A maioria dos casos correspondeu ao sexo feminino (76,6%). A faixa etária com maior frequência foi de 20-34 anos, com 37,8%. Sobre a escolaridade, o número de ignorado/branco superou significativamente o total das informações preenchidas com 56,64%. Por fim, foi possível identificar as principais regiões de saúde que apresentaram os maiores números de casos e verificou-se a situação epidemiológica da concomitância das três arboviroses no estado do Rio Grande do Norte.


  • Mostrar Abstract
  • Or accompanying the epidemiological behavior of arbovirosis of extreme relevancy, comprehensive comprehension of the regional reality and essential for the establishment of important strategies for the reduction of risk and vulnerability of individuals and communities, further adaptation of current public policies, not the local epidemiological context. Faced with the need for investigations that cover factors that may be associated with epidemics, this study aimed to analyze the epidemiological profile and geographical distribution of dengue, chikungunya and zika cases in the State of Rio Grande do Norte. It is an ecological study that analyzed all the confirmed cases of Dengue, Chikungunya and Zika in the System of Information of Notification Diseases (SINAN) during the period from 2015 to 2017, which totaled in a sample of 50,529 cases. These data were obtained through the forms of notification and investigation of the cases confirmed and available at the Public Health Secretariat of the State of Rio Grande do Norte (SESAP-RN). Data were treated using frequencies, central tendency measures (mean, median, standard deviation), incidence rate and thematic maps. Although the study did not directly involve human beings, it was submitted and  obtained a favorable opinion from the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte (CEP-UFRN) under Certificate of Presentation for Ethical Assessment (CAAE): 80007217.0.0000.5537. The results of the sociodemographic characterization of dengue, in the three years analyzed, indicated the age group with the highest frequency was 20-34 years, with 30,8% of the total cases. In relation to sex, the majority was female with 57% of the total. Regarding schooling, the percentage of ignored / white significantly exceeded the total of information filled with 63.1% of the files without information on this variable. The most frequent  schooling rate in the period was high school with 5,5% of the cases. Regarding the need for hospitalization, a percentage of only 9,8% was found. However, this data is underestimated, due to the large percentage of ignored/white that corresponds to 48,8% in the period. It should be noted that in 2017 all cases were classified as yes or no in this variable, so there was no ignore/blank, which resulted in 16,8% hospitalizations this year. Regarding the evolution of the cases, 48 dengue-related deaths were reported. Regarding the geographical distribution of cases, the health region with the highest number of cases was Mossoró, with 2.274 confirmed cases, corresponding to 22,7%. Regarding the confirmed cases of chikungunya, the age group with the highest frequency was 20-34 years with 27,5% of the cases. As for sex, the majority were female (62,4%). Regarding schooling, 5,9% of the cases correspond to complete secondary education. Regarding the clinical evolution, there were more deaths due to the disease in 2016, with 48 reports. The geographical distribution pointed to the metropolitan region of Natal with the highest frequency of confirmed cases (35,2%). Relative to zika virus, 254 cases were confirmed. It was observed that all health regions reported a decrease in reported cases of zika in 2017 compared to 2016. Most of the cases corresponded to the female sex (76,6%). The most frequent age group was 20-34 years, with 37,8%. Regarding schooling, the ignored/white number significantly outpaced the total information filled with 56,64%. Finally, it was possible to identify the main health regions that presented the largest number of cases and the epidemiological situation of the concomitance of the three arboviruses in the state of Rio Grande do Norte.

Teses
1
  • SUENIA SILVA DE MESQUITA XAVIER
  • VALIDAÇÃO DA ESCALA DO NÍVEL DE ADAPTAÇÃO DA PESSOA COM ESTOMIA (ENAE) ELABORADA À LUZ DO MODELO DE ROY.

  • Orientador : ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • CRISTINA KATYA TORRES TEIXEIRA MENDES
  • GABRIELA DE SOUSA MARTINS MELO DE ARAUJO
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • IZAURA LUZIA SILVERIO FREIRE
  • MIRIAN ALVES DA SILVA
  • Data: 26/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • Estomia é a abertura de qualquer víscera oca com o exterior do corpo por meio de um ato cirúrgico, com finalidade de suprir a necessidade de eliminação ou alimentação. Ser estomizado pode trazer limitações às ideações de vida visto que as alterações físicas transcursam o campo fisiológico e atingem o campo psicossocial o que demanda do indivíduo uma adaptação frente à nova realidade. Desse modo, acredita-se que a utilização de um instrumento elaborado a partir de uma teoria de enfermagem com foco na adaptação, como o Modelo de Adaptação de Roy (MAR), pode colaborar para a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) e para o cuidado a pessoas com estomia. Nesse sentido, objetivou-se analisar evidências de validade da Escala do Nível de Adaptação da Pessoa com Estomia (ENAE) elaborada à luz do Modelo de Roy. Trata-se do estudo metodológico de validação da ENAE, que foi desenvolvido em quatro etapas: a primeira referente ao polo teórico que foi constituído por duas rodadas de submissão do instrumento aos juízes, realização do teste piloto e correção léxica e gramatical; a segunda etapa tratou do polo experimental que envolveu o planejamento da aplicação do instrumento, aplicação e coleta de dados, sendo o instrumento aplicado em 200 pessoas com estomia no Centro de Reabilitação Infantil e Adulto do Rio Grande do Norte (CRI/CRA); a terceira alusiva ao polo analítico envolveu à realização das análises estatísticas, foi utilizado o software estatístico SPSS, versão 20.0, e aplicação Alfa de Cronbach para análise da consistência interna dos itens, correlação de Pearson e teste T para análise da precisão do instrumento, e teste de kruskal-Wallis para a verificação das evidências de validade de critério; por fim a quarta etapa onde foi efetivado a associação entre as características sociodemográficas, clínicas e de saúde e as dimensões da ENAE em que utilizou-se o teste de Mann-Whitney. Como resultado deste estudo, na primeira etapa 13 itens receberam sugestões de melhoria, 3 itens foram unificados por similaridade de abordagem e 1 item foi excluído.  Após os ajustes realizados na primeira etapa, foi alcançada a concordância unânime dos juízes quanto à representatividade dos itens e a permanência nos modos. A versão final do instrumento ficou composta por 32 itens distribuídos em quatro modos adaptativos sendo os índices de Alfa de Cronbach: modo fisiológico (α = 0,680), autoconceito (α =0,889), função de papel (α =0,749) e interdependência (α =0,793). E um valor global de Alfa de 0,980; Verificou-se relação significativa entre sexo, faixa etária, renda, tempo de estomia, critério de permanência e presença de complicações e os domínios da ENAE.  Assim, aceita-se a hipótese alternativa do estudo, a medida que o instrumento apresentou fortes evidências de validação. Espera-se que a utilização de um instrumento construído a partir de uma teoria e validado cientificamente, possa contribuir para a prática assistencial as pessoas com estomias e colaborar com o desenvolvimento da enfermagem enquanto ciência.


  • Mostrar Abstract
  • Ostomy is the surgical opening of any of the hollow viscera to the exterior of the body, with the purpose of supplying alimentary or disposal needs. Undergoing an ostomy can lead the patient to regard life as limited given that the physical alterations crossover from the physiological field to the psychosocial field, requiring adaptation of the individual faced with the new reality. Thus, the usage of an instrument based on a theory of nursing that focuses on adaptation, such as the Roy’s Adaptation Model (RAM), can complement the Systematization of Nursing Care (SNC) and ostomy patient care. In this sense, the objective of this study was to analyze the validity of the Adaptation Level of People with Stoma Scale (ALPSS) based on the perspective of Roy’s model. This work is characterized as a methodological study of the ALPSS validation, developed in four phases: the first phase refers to the theoretical pole that consisted of two rounds of the instrument submission to the judges, the realization of the pilot test and lexical and grammatical correction; the second phase constituted the experimental pole that involved planning the application of the instrument, application and data collection, with the instrument being applied to 200 people with stoma at the Child and Adult Rehabilitation Center of Rio Grande do Norte (acronym in Portuguese, CRI/CRA); the third phase within the analytic pole, involved the carrying out of a statistical analysis, using the statistical software SPSS, 20.0 version, and Cronbach’s alpha for the internal item consistency analysis, Pearson correlation and T test for the instrument precision analysis, and Kruskal-Wallis test for the verification of evidence of criterion validity; lastly, in the fourth phase the association between the sociodemographic, clinical and health characteristics was made, as well as the ALPSS dimensions using the Mann-Whitney test. Results of this study showed, in the first phase 13 items received improvement suggestions, 3 items were unified by their similarity of approach and 1 item was excluded. After the adjustments made in the first phase, the judges unanimously agreed on representativeness of the items and the permanence of the modes. The final version of the instrument was composed of 32 items distributed in four adaptive modes, following Cronbach’s alpha rates: physiological mode (α = 0,680), self-concept (α =0,889), role function (α =0,749), and interdependence (α =0,793). In addition, a global rating for Alpha of 0,980 was found. Also verified was the relation between sex, age, income, stoma time, permanence criteria and presence of complications and APS domains. Thus, the alternative hypothesis of the study is accepted, in that the instrument presented strong evidence of validation. The expectation is that using an instrument built on a scientifically valid theory, contributes to the care of people with stomas and the development of nursing as a science.

2
  • DEBORAH DINORAH DE SA MORORO
  • Cultura institucional e a gestão do cuidado à criança com doença crônica: o enfermeiro nesse contexto.

  • Orientador : REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • CLAUDIA SANTOS MARTINIANO SOUSA
  • ELISANGELA FRANCO DE OLIVEIRA CAVALCANTE
  • JOÃO BOSCO FILHO
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • Data: 30/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • Gestão do cuidado, fundamentado no princípio da integralidade, exige uma cultura de integração entre os serviços e interlocução entre os profissionais nos níveis de complexidade que compõem a Rede de Atenção à Saúde, associados à reorganização dos processos de trabalho dos profissionais. Na atenção à saúde da criança, vivencia-se uma transição demográfica e epidemiológica em razão da prevalência da doença crônica. Esse novo padrão de saúde e doença impõe um modelo de cuidado ampliado, coerente com a proposta do Sistema Único de Saúde. Nessa gestão do cuidado à saúde da criança, a inserção do enfermeiro como coordenador da equipe de enfermagem, ou como gestor do cuidado, é de fundamental importância. O objetivo desse estudo é analisar a influência da cultura hospitalar sobre a organização da gestão do cuidado à criança com doença ou condição crônica de saúde em unidade pediátrica de um hospital geral universitário e a atuação do enfermeiro. Estudo do tipo descritivo e analítico de abordagem qualitativa, fundamentado nos princípios da etnografia institucional como referencial teórico metodológico. Tem como local da pesquisa, uma unidade de pediatria, de um Hospital geral universitário em uma capital do nordeste brasileiro. A população do estudo incluiu os profissionais dessa unidade especializada, num total de 20, sendo eles: coordenador geral, supervisora de enfermagem, coordenadora do Núcleo Interno de Regulação, enfermeiro, psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta, farmacêutico, assistente social e médico. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram, a técnica da observação participante, o diário de campo, a análise documental e a entrevista semiestruturada, realizados no período de maio a agosto de 2017. O tratamento das informações coletadas seguiu a técnica de análise de conteúdo de Bardin, auxiliado pelo Scientific Software Atlas ti versão 8.0, das quais emergiram as seguintes categorias: cultura institucional da gestão do cuidado de uma unidade pediátrica; visita como mecanismo de gestão do cuidado; atuação do enfermeiro na gestão do cuidado à criança; potencialidades e fragilidades na gestão do cuidado. Os resultados analisados apontam para uma cultura de gestão do cuidado sob influência do modelo assistencial hegemônico, fragmentação da atenção e do cuidado, embora vislumbre avanços no trabalho multiprofissional. Por sua vez, a visita médica se destacou como mecanismo de gestão do cuidado com potencial para fortalecer o trabalho em equipe, mas necessita ser repensada para tornar-se efetivamente interprofissional. Nesse contexto, Gestão do Cuidado em Enfermagem entendida como articulação e integração entre ações cuidativas e gerenciais, mediante o exercício de liderança, relações interativas, comunicativas e cooperativas é desenvolvida por um profissional enfermeiro com perfil assistencial, que executa todas as etapas do Processo de Enfermagem. Contudo, a enfermeira se reconhece como gestora à medida que organiza e intermedia as relações entre médico, usuário e as diversas categorias profissionais para prover as condições materiais necessárias ao processo assistencial. De forma semelhante, os demais profissionais, atribuem ao enfermeiro uma responsabilidade para além da gestão do cuidado, como possível consequência da reprodução histórica, cultural e social do enfermeiro como organizador do serviço. Diante disso, as enfermeiras sentem-se sobrecarregadas, dificultando a integração entre as dimensões gerencial e cuidativa, bem como, sua comunicação e articulação com a Rede de Atenção à Saúde da Criança. Por fim, a estrutura física do hospital universitário e o projeto de segurança do paciente se destacaram como potenciais para a gestão do cuidado. Entretanto, evidenciaram-se fragilidades locais relacionadas a indefinição de um modelo de gestão do cuidado pactuado em equipe e dificuldades para continuar o cuidado no âmbito domiciliar.


  • Mostrar Abstract
  • Based on the principle of integrality, care management requires a culture of integration between services and interaction among professionals in the levels of complexity of the Health Care Network, associated to the reorganization of the work processes of professionals. A demographic and epidemiological transition is experienced in the healthcare of the child due to the prevalence of the chronic disease. This new standard of health and disease imposes an extended care model, consistent with the proposal of the Unified Health System. In this child healthcare management, the insertion of the nurse as coordinator of the nursing team or as care manager is of fundamental importance. The objective of this study is to analyze the influence of hospital culture on the organization of care management for children with chronic disease or health condition in a pediatric unit of a general university hospital and the nurse´s role. This is a descriptive and analytical study of a qualitative approach, based on the principles of institutional ethnography as a theoretical and methodological reference. The research site is a unit of pediatrics of a university general hospital in a capital of northeastern Brazil. The study population included the professionals of this specialized unit with a total of 20 of them including general coordinator, nursing supervisor, internal regulation coordinator, nurse, psychologist, nutritionist, physiotherapist, pharmacist, social worker, and physician. The data collection instruments used were the participant observation technique, the field diary, the documentary analysis and the semi-structured interview carried out from May to August 2017. The information collected were analyzed followed the Bardin content analysis technique, helped by the Scientific Software Atlas version 8.0, emerging the following categories: institutional culture of the management of the care of a pediatric unit; visit as a management mechanism of care; nurses' performance in child care management; potentialities and weaknesses in care management. The results analyzed showed a culture of care management under the influence of the hegemonic care model, fragmentation of attention and care, although it glimpses advances in the multi-professional work. Also, the medical visit stood out as a care management mechanism with potential to strengthen teamwork but needs to be rethought to become effectively inter-professional. In this context, Nursing Care Management understood as the articulation and integration between care and management actions, through the exercise of leadership, interactive, communicative and cooperative relationships is developed by a professional nurse with a care profile, who performs all the stages of the Nursing Process. However, the nurse sees herself as a manager since she organizes and mediates the relationships between the doctor, the patient and the different professional categories to provide the material conditions necessary for the care process. Similarly, other professionals see the nurses with a responsibility beyond care management, as a possible consequence of the nurses´ historical, cultural and social reproduction as the service organizer. Given this, nurses feel overwhelmed, hindering to integrate the managerial and care dimensions, as well as their communication and articulation with the Child Health Care Network. Finally, the physical structure of the university hospital and the patient safety project stood out as potential for the management of care. However, local fragilities related to the lack of definition of an organized care management model in the team and difficulties to continue home care were evidenced.

3
  • IZABELLA BEZERRA DE LIMA
  • NECESSIDADES DE SAÚDE DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: UMA ANÁLISE DE CONCEITO

  • Orientador : FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLELIA ALBINO SIMPSON
  • FRANCISCA PATRÍCIA BARRETO DE CARVALHO
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • SANDRA MARIA DA SOLIDADE GOMES SIMÕES DE OLIVEIRA TORRES
  • Data: 30/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo trata-se de uma análise de conceito de Necessidades de saúde de pessoas com deficiência, de acordo com o modelo de Walker e Avant. O objetivo geral foi: analisar o conceito de necessidades de saúde de pessoas com deficiência usando o modelo de Walker e Avant. E os objetivos específicos foram: identificar e sintetizar o conceito de necessidades de saúde de pessoas com deficiência por meio de uma revisão integrativa (RI); identificar os atributos, os antecedentes, os consequentes e os referenciais empíricos do conceito de necessidades de saúde de pessoas com deficiência; elaborar um caso modelo, um caso-relacionado e um caso-contrário do conceito de necessidades de saúde de pessoas com deficiência. Foram seguidas as oito etapas propostas pelo modelo de Walker e Avant, a saber: seleção do conceito, objetivos da análise conceitual, identificação dos possíveis usos do conceito, determinação dos critérios de busca na literatura; identificação do conceito; definição do objetivo da análise; verificação dos usos do conceito; identificação dos atributos definidores; exemplificação de um caso modelo; determinação de casos adicionais; definição dos termos antecedentes e consequentes ao conceito; e determinação de referenciais empíricos. Para este estudo foi selecionado o conceito de necessidades de saúde de pessoas com deficiência, com o objetivo de identificar as principais características dessas necessidades e se elas são aplicadas a todas as pessoas com qualquer tipo de deficiência ou podem ser especificas para cada grupo. Em seguida, foi elaborado um protocolo de orientação para uma revisão integrativa. A coleta de dados ocorreu nas seguintes bases de dados: PUBMED, SCOPUS e Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL), acessadas através do Portal de Periódicos da Capes, utilizando descritores indexados no Medical Subject Headings (MeSH); e as bases de dados Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (LILACS) e Scientific Electronic Library Online (SCIELO), acessadas por meio da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) com Descritores em Ciências da Saúde (DeCS). O uso do conceito de necessidade de saúde de pessoas com deficiência apresentou dois pólos formadores, o primeiro, o da compreensão sobre necessidades de saúde, e o segundo, o do entendimento de quem são pessoas com deficiência. Os antecedentes mais encontrados estavam fortemente associados com as limitações próprias da deficiência, com as vulnerabilidades e fragilidades sociais, com a falta de acessibilidade e com a desarticulação dos serviços de saúde. Os atributos definidores identificados foram as necessidades de serviços de saúde, de atividades de autocuidado, de apoio psicossocial e de equipamentos especializados. Como consequentes deste conceito, encontrou-se predominantemente, o comprometimento da saúde; escasso acesso e contato com profissionais de saúde, consultas medicas e serviços; isolamento social e sentimentos de desvalorização social e dependência para a manutenção da vida, dentre outros. Esta análise de conceito possibilitou o aprofundamento da discussão sobre as necessidades de saúde de pessoas com deficiência, com vistas, a embasar o cuidado em saúde a esse grupo. Para tanto, contribuirá para a validação do Instrumento de Avaliação de Necessidades de saúde de pessoas com deficiência física, auditiva e visual (IANS – PCDFAV), que está em curso.


  • Mostrar Abstract
  • This study is a concept analysis of the health needs of people with disabilities, according to the model of Walker and Avant. The general objective was: to analyze the concept of health needs of people with disabilities using the Walker and Avant model. The specific objectives were: to identify and synthesize the concept of health needs of people with disabilities through an integrative review (IR); identify the attributes, antecedents, consequents and empirical referents of the concept of health needs of people with disabilities; elaborate a model case, a case-related and a contrary case of the concept of health needs of people with disabilities. The eight steps proposed by the Walker and Avant model were followed, namely: concept selection, conceptual analysis objectives, identification of possible uses of the concept, determination of the search criteria in the literature; concept identification; definition of the purpose of the analysis; verification of the uses of the concept; identification of defining attributes; example of a model case; determination of additional cases; definition of the antecedent and consequent terms to the concept; and determination of empirical references. For this study, the concept of the health needs of people with disabilities was selected, aiming to identify the main characteristics of these needs and whether they are applied to all people with any type of disability or can be specific to each group. A guideline protocol for an integrative review was then prepared. Data collection was carried out in the following databases: PUBMED, SCOPUS and Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL), accessed through the Capes Journals Portal, using descriptors indexed in the Medical Subject Headings (MeSH); and the Latin American Literature in Health Sciences (LILACS) and Scientific Electronic Library Online (SCIELO) databases, accessed through the Virtual Health Library (VHL) with Descriptors in Health Sciences (DeCS). The use of the concept of the health need of people with disabilities presented two training poles, the first one, the understanding about health needs, and the second, the understanding of who are disabled people. The most frequent antecedents were strongly associated with disability limitations, social vulnerabilities and weaknesses, lack of accessibility and disarticulation of health services. The defining attributes identified were the needs of health services, self-care activities, psychosocial support and specialized equipment. As a consequence of this concept, health commitment was predominantly found; poor access and contact with health professionals, medical consultations and services; social isolation and feelings of social devaluation and dependence for the maintenance of life, among others. This concept analysis made it possible to deepen the discussion about the health needs of people with disabilities, with a view to supporting health care for this group. To this end, it will contribute to the validation of the Health Needs Assessment Tool for physically, hearing and visual impairment (IANS - PCDFAV), which is under way

4
  • RAPHAEL RANIERE DE OLIVEIRA COSTA
  • Eficácia da simulação realística no ensino de imunização de adultos no contexto da graduação em enfermagem

  • Orientador : SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDILMA DE OLIVEIRA COSTA
  • JOÃO BOSCO FILHO
  • MARIA LUCIA AZEVEDO FERREIRA DE MACEDO
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • VERÔNICA RITA DIAS COUTINHO
  • Data: 08/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • A simulação realística é uma estratégia valiosa de ensino e aprendizagem que vem sendo difundida e utilizada nos cursos de graduação em saúde e enfermagem. Porém, a sua eficácia, quando comparada aos métodos tradicionais de ensino, ainda carece de melhores evidências. Assim, o estudo teve por objetivo geral analisar a eficácia de estratégias de ensino e aprendizagem na aquisição de conhecimento e satisfação de discentes da graduação em enfermagem no ensino de imunização no contexto da Atenção Primária a Saúde (APS). Trata-se de um estudo experimental, do tipo Ensaio Clínico Controlado e Randomizado (ECCR) pré-teste e pós-teste. A amostra do tipo não probabilística por conveniência, foi composta por 34 estudantes de enfermagem, alocados em dois grupos de 17 (controle e experimental) respeitando as variáveis de controle: sexo, idade, Índice de Rendimento Acadêmico (IRA), experiência profissional na área de APS, e diagnóstico do Sistema Representacional Preferencial (SRP). Obteve parecer favorável junto ao Comitê de Ética em Pesquisa, CEP/UFRN, protocolo nº 1.958.827, e cadastrado na plataforma de Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos sob protocolo RBR-9sqr6b. Os dados foram coletados entre maio e junho de 2017. Os estudantes participaram de um curso com 40 horas referente à imunização de adultos. O Grupo Controle (GC) participou do curso na modalidade 1: (exposição dialogada e treino de habilidades). O Grupo Experimental (GE) foi direcionado a modalidade 2 (exposição dialogada, treino de habilidades e simulação realística). A eficácia das estratégias de ensino e aprendizagem foi aferida mediante a avaliação pré e pós-teste. Foram também aplicados o Questionário de Satisfação e Autoconfiança na Aprendizagem, o Questionário de Práticas Educativas, e a Escala de Design de Simulação. Em todos os cálculos inferenciais foi adotado o nível de significância de 5%. Os estudantes do GE apresentaram melhores desempenhos, em relação ao GC, nas quatro avaliações de desempenho cognitivo, com significância estatística nas avaliações de conhecimento imediato (p valor = 0,031) tardio 1 – 20 dias (p valor = 0,031).  Quanto a satisfação e autoconfiança na aprendizagem, não houve significância estatística entre os grupos em ambas as subescalas (p valor ≥ 0,05). Porém, o GE apresentou maiores médias. A Escala de Design de Simulação apresentou um Alpha de Cronbach total de 0,930. Em todas as dimensões da escala, obteve-se médias global igual ou superior a 4,60, sendo a resolução de problemas e o realismo as dimensões que apresentaram maior concordância e importância entre os estudantes do GE. Quanto as práticas educativas, as modalidades (1 e 2) foram avaliadas positivamente pelos estudantes. No GE foi encontrado significância estatística na subescala de importância, no domínio “maneiras diferentes de aprendizagem” (valor de p = 0,018). Aceita-se a hipótese alternativa do estudo à medida que na modalidade 2 os estudantes aprendem melhor e por mais tempo. Além disso, promove maior satisfação e autoconfiança nos estudantes. Conclui-se assim que essas práticas educativas apresentam suas dimensões estruturais mais próximas da aprendizagem significativa. Recomenda-se o uso da simulação e espera-se que as evidências produzidas no estudo contribuam para a melhoria no ensino de graduação em enfermagem.


  • Mostrar Abstract
  • Realistic simulation is a valuable teaching and learning strategy that has been disseminated and used in undergraduate courses in health and nursing. However, its effectiveness, when compared to traditional teaching methods, still lacks better evidence. The aim of the study was to analyze the effectiveness of teaching and learning strategies in the acquisition of knowledge and satisfaction of undergraduate nursing students in the teaching of immunization in the context of Primary Health Care (PHC). This is an experimental study, of the type Controlled and Randomized Controlled Trial (ECCR), pre-test and post-test. The sample of the non-probabilistic type for convenience was composed of 34 nursing students, assigned to two groups of 17 (control and experimental) respecting control variables: gender, age, Academic Income Index (ARI), professional experience in APS, and diagnosis of the Preferential Representational System (SRP). It obtained a favorable opinion from the Research Ethics Committee, CEP / UFRN, protocol no. 1,958,827, and registered in the platform of Brazilian Registry of Clinical Trials under protocol RBR-9sqr6b. Data were collected between May and June 2017. Students participated in a 40-hour course on adult immunization. The Control Group (GC) participated in the course in modality 1: (dialogue exhibition and skills training). The Experimental Group (GE) was directed to modality 2 (dialogical presentation, skills training and realistic simulation). The effectiveness of teaching and learning strategies was assessed through pre and post-test evaluation. The Satisfaction and Self-Confidence Questionnaire in Learning, the Educational Practices Questionnaire, and the Simulation Design Scale were also applied. In all inferential calculations the significance level of 5% was adopted. The GE students presented better performance than the CG in the four assessments of cognitive performance, with statistical significance in the assessments of immediate knowledge (p value = 0.031) late 1 - 20 days (p value = 0.031). Regarding satisfaction and self-confidence in learning, there was no statistical significance between groups in both subscales (p value ≥ 0.05). However, the GE presented higher averages. The Simulation Design Scale presented a Cronbach Alpha total of 0.930. All the dimensions of the scale obtained global averages equal to or higher than 4.60, with problem solving and realism being the dimensions that showed the greatest agreement and importance among the students of the GE. Regarding educational practices, modalities (1 and 2) were evaluated positively by the students. In EG, statistical significance was found in the subscale of importance in the "different ways of learning" domain (p = 0.018). The alternative hypothesis of the study is accepted as in module 2 students learn better and for longer. In addition, it promotes greater satisfaction and self-confidence in students. We conclude that these educational practices present their structural dimensions closer to meaningful learning. It is recommended to use the simulation and it is hoped that the evidence produced in the study will contribute to the improvement in undergraduate nursing education.

5
  • MÔNICA GISELE COSTA PINHEIRO
  • Associação do grau de incapacidade física, limitação de atividades e participação social com qualidade de vida em indivíduos que receberam alta em hanseníase: um estudo transversal

  • Orientador : FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • CLELIA ALBINO SIMPSON
  • FELISMINA ROSA PARREIRA MENDES
  • FRANCISCA PATRÍCIA BARRETO DE CARVALHO
  • Data: 30/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Considerando a prevalência da hanseníase no território brasileiro e o potencial incapacitante após a conclusão do esquema terapêutico, parte-se do pressuposto de que aqueles que receberam alta em hanseníase podem apresentar incapacidades físicas, limitações no desenvolvimento de atividades e na participação social e que estas se associam à qualidade de vida de tais indivíduos. Nessa perspectiva, questiona-se: qual o grau de incapacidade física, limitação de atividades e participação social de indivíduos que receberam alta em hanseníase e sua associação com a qualidade de vida?São hipóteses do estudo: H0: Não existe associação entre grau de incapacidade física, limitação de atividade e de participação social com a qualidade de vida de indivíduos que receberam alta em hanseníase; H1: Existe associação entre grau de incapacidade física, limitação de atividade e de participação social com a qualidade de vida de indivíduos que receberam alta em hanseníase. O objetivo geral consiste em avaliar a associação existente entre o grau de incapacidade física, limitação de atividades e participação social com QV de indivíduos que receberam alta em hanseníase. Os objetivos específicos são: descrever a caracterização sociodemográfica, de tratamento e clinica em usuários que receberam alta em hanseníase; dimensionar o grau de incapacidade física nos usuários que receberam alta por cura em hanseníase; estimar a limitação de atividade de usuários que receberam alta em hanseníase; dimensionar o nível de restrição à participação social na alta em hanseníase; descrever a qualidade de vida de egressos por cura do tratamento de hanseníase; comparar os níveis médios da qualidade de vida com grau de incapacidade física, limitação de atividade, participação social e classificação operacional.Trata-se de um estudo analítico, de delineamento transversal, com abordagem quantitativa, desenvolvido no município de Natal/RN. A população foi compostapor 214 casos de hanseníase notificados em Natal nos anos de 2011 a 2015. A amostra de 90 usuários foi calculada e selecionada mediante sorteio e seguindo os critérios de elegibilidade. São critérios de inclusão: egressos do tratamento de hanseníase que concluíram a PQT nos anos de 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015, em tempo padronizado pela OMS, conforme a classificação operacional; cadastrados no banco de dados do Núcleo de Agravos Notificáveis da Secretaria Municipal de Saúde de Natal; que realizaram o tratamento em Natal; residentes no endereço cadastrado no banco de dados ou que utilizam o mesmo número de telefone a fim de permitir o contato com possível participante da pesquisa; com idade mínima de 18 anos; e vivo. Excluíram-se aqueles indivíduos com barreiras de comunicação que poderiam prejudicar a efetivação da entrevista; pessoas com sofrimento psíquico; indivíduos com comprometimento neurológico por causa não relacionada à hanseníase; pacientes internados; bem como aqueles cujos endereços não estavam cadastrados corretamente para permitir acesso ao local de residência do usuário. Definiram-se cinco instrumentos para coleta de dados: Formulário de caracterização clínica e social, roteiro de exame físico dermatoneurológico, escala SALSA, Escala de Participação e o instrumento WHOQoL-bref. Utilizou-se o teste de Kolmogorov-Smirnovcom a finalidade de avaliar a distribuição da normalidade dos dados coletados, optando-se por trabalhor com testes não paramétricos.O projeto de pesquisa foi submetido à Plataforma Brasil e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), com parecer consubstanciado número 2.054.508 e CAAE 64874316.3.0000.5537.Houve predominância de indivíduos do sexo feminino (61,1%), do lar, com até 59 anos de idade (62,2%), que vivem com companheiro (61,1), não branca (55,6%), com estudo até o ensino fundamental (45,6%), renda familiar em torno do R$1.800,00. Na caracterização de tratamento e clínica, observa-se predomiância de caso novo (87,8%), detectado por encaminhamento (90,0%), no centro de referência especializada (97,8%), classificados como tuberculóide (53,3%), com baciloscopia negativa (63,3%) grau de incapacidade física 0 no início do tratamento (53,3%). Destaca-se o retorno de 76,7% dos entrevistados ao serviço em que realizou o tratamento, após a alta medicamentosa. Foi mais frequente nos casos multibacilares a presença de algum grau de incapacidade física, limitação de atividade e restrição à participação social. Com relação à qualidade de vida, observa-se que os casos paucibacilares apresentam melhores escores quando comparados aos multibacilares, com significância estatística para a qualidade de vida geral (p=0,003), física (p<0,001) e psicológica (p<0,001). Os melhores escores da qualidade de vida também foram encontrados nos indivíduos sem incapacidades físicas, limitação de atividades e sem restrição à participação social. Como conclusão, aceita-se a hipótese alternativa de que existe associação entre grau de incapacidade física, limitação de atividade e de participação social com a qualidade de vida de indivíduos que receberam alta em hanseníase, evidenciando melhores escores de qualidade de vida naqueles indivíduos classificados como paucibacilares, sem incapacidade física, limitação de atividade e restrição à participação social.


  • Mostrar Abstract
  • Considering the high prevalence of leprosy in Brazil, as well as the incapacitating potential of such disease even after therapy is concluded, it is assumed that those who have been discharged from leprosy may present physical disabilities and limitations regarding performance of activities and social participation. Such impairments might directly impact in one`s quality of life (QOL). In this perspective, it is questioned: what is the level of these physical and social limitations in individuals who were discharged from leprosy, and how can it be associated with quality of life? Hypothesis 0 (H0): There is no association between the degree of physical disability, activity limitation and social participation with the quality of life of individuals who were discharged from leprosy; H1: There is an association between the degree of physical incapacity, activity limitation and social participation with the quality of life of individuals who were discharged from leprosy. The main goal of the present study is to evaluate the association between the degree of physical disability, activity limitation and social participation with QOL of individuals who were discharged from leprosy. The specific objectives are: to characterize sociodemographic, therapeutic and clinical profile of discharged leprosy patients; to determine the degree of physical disability in individuals who were discharged from leprosy; to estimate the activity limitation of users who were discharged from leprosy; to characterize the degree of restriction to social participation in such patients; to describe the quality of life of patients receiving treatment for leprosy; to compare the average levels of quality of life with the degree of physical incapacity, activity limitation, social participation and operational classification of discharged leprosy patients. This is an analytical, cross-sectional, quantitative approach developed in the city of Natal / RN. The population was comprised by 214 cases of leprosy reported in Natal from the years 2011 to 2015. The sample of 90 users was calculated and selected by draw and followed the eligibility criteria. Inclusion criteria were: treatment discharged patients who completed MDT in the years 2011, 2012, 2013, 2014 and 2015, with the duration standardized by the WHO, according to the operational classification; patients registered in the database of the Center of Notifiable Diseases of the Municipal Health Department of Natal; who performed the treatment in Natal; residents in the address registered in the database or those who use the same telephone number registered in order to allow the contact with a possible research participant; to be at least 18 years old; and to be alive. It were excluded  from the present study: individuals with communication barriers that could impair the effectiveness of the interview; people with psychic suffering; individuals with neurological impairment due to causes unrelated to leprosy; hospitalized patients; as well as those whose addresses were not properly registered to allow access to the “user's place of residence”. Five instruments were defined for data collection: form of clinical and social characterization, guidelines of dermato-neurological exam, SALSA scale, Scale of Participation and the WHOQOL-bref. The Kolmogorov-Smirnov test was used to evaluate the distribution of the normality of the collected data, choosing to work with non-parametric tests. The research project was submitted to Plataforma Brasil and approved by the Research Ethics Committee, number 2,054,508 and CAAE 64874316.3.0000.5537. There was a predominance of female individuals (61.1%), housewives, up to 59 years old (62.2%), living with a partner (61.1), non-white (55.6%), educational level up to elementary school (45.6%) and family income around R $ 1,800.00. In the treatment and clinical characterization, a prevalence of new cases (87.8%) was detected by referral (90.0%) in the specialized reference center (97.8%), classified as tuberculoid (53.3% %), negative bacilloscopy (63.3%) and lack of any degree of physical disability at the beginning of treatment (53.3%). It is worth mentioning the return of discharge of medication. The presence of some degree of physical incapacity, activity limitation, and restriction of social participation was more frequent in multibacillary cases. When it comes to quality of life, paucibacillary cases present better scores when compared to multibacillary patients, with statistical significance for general quality of life(p = 0.003), physical (p <0.001) and psychological (p <0.001) status . The best quality of life scores were also found in individuals without physical disabilities, activity limitations and without restriction to social participation. As a conclusion, the alternative hypothesis accepted is that there is an association between the degree of physical disability, activity limitation and social participation with the quality of life of individuals who were discharged from leprosy, evidencing better quality of life scores in those individuals classified as paucibacillary, with no physical disability, activity limitation or social participation restriction

6
  • CLEYTON CÉZAR SOUTO SILVA
  • Auriculoterapia e a Síndrome de Burnout em enfermeiras da Atenção Primária à Saúde

  • Orientador : SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JONAS SAMI ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
  • LUCIA DE FATIMA AMORIM
  • MARIA ELMA DE SOUZA MACIEL SOARES
  • NICOLE LEITE GALVAO COELHO
  • RENATA PASCOAL FREIRE
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  •      A auriculoterapia utiliza pontos energéticos específicos da orelha para tratar várias desordens do corpo. A Síndrome de Burnout (SB) é uma resposta ao estresse crônico e apresenta três dimensões: exaustão emocional, desumanização e decepção com o trabalho. O objetivo do estudo é analisar a utilização da auriculoterapia no enfrentamento e controle da SB em enfermeiras da Atenção Primária em Saúde (APS). Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa e delineamento quase-experimental do tipo pré-teste e pós-teste. Foi desenvolvido nas unidades da APS do município de Natal, RN. A amostra não-probabilística acidental foi composta por 75 enfermeiras diagnosticadas com a doença em níveis leve, moderado e grave através da Escala de Caracterização do Burnout (ECB). O cortisol salivar foi coletado em todas as enfermeiras para comparação do nível sérico antes e após a aplicação da  auriculoterapia nas trabalhadoras identificadas com a síndrome, sendo a dosagem do hormônio realizada pela técnica de ELISA competitiva. A auriculoterapia utilizou doze sessões e o pontos utilizados foram: de ação específica (Ansiedade), da Medicina Tradicional Chinesa (Fígado, Baço/Pâncreas e Coração), do Sistema Nervoso (Shem Men e Simpático) e do Sistema Endócrino (Suprarrenal). Obteve-se parecer favorável junto ao Comitê de Ética em Pesquisa, CEP/UFRN, protocolo nº 2.444.525, e cadastro na plataforma de Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos sob o número RBR-4xbqbw. Os dados foram coletados de janeiro a junho de 2017 através de um questionário sociodemográfico e ocupacional, da ECB e do cortisol salivar pelo dispositivo Salivette. Foram utilizadas técnicas de estatística descritiva com medidas de frequência para variáveis categóricas. Na análise inferencial foi utilizado o teste Qui quadrado para verificação da associação entre as variáveis categóricas estado civil, filhos e formação. Posteriormente foi testada a normalidade dos dados para as variáveis numéricas por meio do teste Kolmogorov Smirnov e  utilizado teste T Student e análise de variância (ANOVA) para comparação entre os grupos. Todas as dimensões da ECB apresentaram valores de Alfa acima de 0,60: Exaustão=0,943; Desumanização=0,824; Decepção no trabalho 0,738. As enfermeiras da APS apresentaram frequência percentual moderada de exaustão emocional (74,7%), acompanhadas de leve desumanização (81,3%) e leve decepção no trabalho (60%). A prevalência da SB em níveis foi: grave (n=2),  moderado (n=5) e leve (n=64). Apenas quatro enfermeiras não apresentaram a doença. As correlações entre as variáveis sócio-demográficas e ocupacionais demostraram significância estatística fraca para as correlações negativas entre exaustão e o tempo de serviço; e entre decepção e o tempo de serviço; e correlações positivas fracas entre desumanização com exaustão e decepção; e entre decepção com exaustão, além de uma forte tendência estatística para a correlação positiva entre a decepção e a idade. Os testes de comparação entre as dimensões da doença e as variáveis ocupacionais mostraram que a exaustão emocional e a decepção com trabalho possuem relação com o tempo de serviço (menos de 8 anos) e entre a exaustão emocional  com relação à carga horária de trabalho (jornada de 40h semanais). A ANOVA entre as dimensões da ECB revelou diferença estatisticamente significativa entre todas as dimensões da doença. O comparação do cortisol salivar dentro dos grupos (Burnout leve, moderado, grave e sem a doença) entre os turnos de coleta (manhã e tarde) mostrou significância estatística entre os grupos da SB leve, grave e sem a doença. Comparando-se o nível sérico do cortisol salivar (manhã e noite) antes e após a intervenção observou-se uma tendência de redução significativa nas enfermeiras que realizaram a terapia e que possuíam a doença em seu nível grave. Conclui-se que a SB possui associação com tempo de serviço menor de 8 anos e jornada de trabalho de 40h semanais, sendo a auriculoterapia é eficiente na redução do nível sérico do cortisol salivar das enfermeiras com nível grave da  doença.


  • Mostrar Abstract
  •        Auriculotherapy uses specific ear points to treat various body disorders. Burnout Syndrome (BS) is a response to chronic stress and has three dimensions: emotional exhaustion, dehumanization and disappointment with work. The aim of the study is to analyze the application of auriculotherapy in coping with and controlling the BS in Primary Health Care (PHC) nurses. This is a descriptive study, with a quantitative approach and quasi-experimental design, of pre-test and post-test types. It was carried out in the APS units of the municipality of Natal, RN. The non-probabilistic sample consisted of 75 nurses diagnosed with the disease at mild, moderate and severe levels by the Burnout Characterization Scale (BCS). Salivary cortisol was collected in all nurses to compare the concentration before and after auriculotherapy in the workers identified with the syndrome, and the hormone dosage was performed using the competitive ELISA technique. Twelve sessions were performed and the points used were: specific action (anxiety), Traditional Chinese Medicine (liver, spleen/pancreas and heart), nervous system (Shem Men and sympathetic) and endocrine system (adrenal). A favorable technical advice was obtained from the Research Ethics Committee (CEP/UFRN), protocol no. 2.444.525, and registered on the platform of the Brazilian Registry of Clinical Trials under the number RBR-4xbqbw. Data were collected from January to June of 2017 through a sociodemographic and occupational questionnaire, BCS and salivary cortisol by the Salivette™ device. Descriptive statistics techniques were used with frequency measures for categorical variables. In the inferential analysis, the Chi-Square test was used to verify the association between categorical variables: marital status, children and professional qualification. Subsequently, the normality of the data for the numerical variables was tested using the Kolmogorov Smirnov test and the Student's t test and analysis of variance (ANOVA) were used to compare the groups. All dimensions of BCS presented alpha values above 0.60: exhaustion = 0.943; dehumanization = 0.824; disappointment at work 0.738. PHC nurses had a moderate percentage of emotional exhaustion (74.7%), accompanied by mild dehumanization (81.3%) and slight disappointment at work (60%). The prevalence of SB at levels was: severe (n = 2), moderate (n = 5) and mild (n = 64). Only four nurses did not present the disease. Correlations between socio-demographic and occupational variables showed weak statistical significance for the negative correlations between exhaustion and length of service; and between disappointment and length of service; and weak positive correlations between dehumanization with exhaustion and deception; and between deception and exhaustion, as well as a strong statistical tendency for the positive correlation between disappointment and age. ANOVA between BCS dimensions revealed a statistically significant difference between all dimensions of the disease. Comparison of salivary cortisol within the groups (mild, moderate, severe, and non-sickness Burnout) between collection shifts (morning and afternoon) showed statistical significance among the groups of mild, severe and non-disease BS. Comparing the concentration of salivary cortisol (morning and evening) before and after the intervention, there was a significant reduction in the nurses who performed the therapy and who had the disease at a severe level. In conclusion, BS is associated with service time of less than 8 years and 40-hour workweek, and auriculotherapy is efficient in reducing salivary cortisol concentration in nurses with serious disease level.

7
  • EURIDES ARAUJO BEZERRA DE MACEDO
  • Conhecimento e habilidades de acadêmicos de enfermagem no cuidado a pessoa com lesão cutânea: evidências de validade de instrumentos

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE MAINO PERGOLA MARCONATO
  • EDILMA DE OLIVEIRA COSTA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • ROBERTA AZOUBEL
  • RODRIGO ASSIS NEVES DANTAS
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • O enfermeiro desempenha um papel fundamental no cuidado à pessoa com lesão, pois está diretamente envolvido nas tomadas de decisão na assistência a esses indivíduos em todos os níveis de atenção à saúde. Seu conhecimento e prática são fatores essenciais tanto para a prevenção como para o tratamento de lesões e devem ser iniciados nos cursos de graduação. A disciplina de Semiologia e Semiotécnica da Enfermagem tem sido responsável por proporcionar o conhecimento básico e o desenvolvimento de habilidades necessárias à prática da enfermagem relacionada ao cuidado com lesões cutâneas. A avaliação dessas competências deve ser feita por meio de instrumentos validados. Sendo assim, objetivou-se investigar as evidências de validade dos instrumentos de conhecimento e habilidades sobre o cuidado de enfermagem à pessoa com lesão cutâneapara acadêmicos de enfermagem. Trata-se de um estudo metodológico, desenvolvido no período de abril de 2017 a abril de 2018 em instituição federal de ensino superior de enfermagem, no Rio Grande do Norte, em duas etapas: a validação do instrumento de conhecimento e do instrumento de habilidades. Participaram da etapa de validação do instrumento de conhecimento 117 alunos de graduação, matriculados na disciplina de Semiologia e Semiotécnica da Enfermagem e 38 profissionais de grupo de pesquisa da mesma instituição que trabalha com a temática de feridas. Na validação do instrumento de habilidades participaram 109 graduandos. Os instrumentosutilizados foram um questionário com 10 questões de múltipla escolha aplicado antes e após as aulas de feridas eum roteiro de observação do tipo checklist contendo 20 itens, aplicado no início da aula prática, antes de serem dadas as orientações sobre o procedimento de troca de curativo, e após as orientações.Ambos os instrumentos já haviam sido validados quanto ao conteúdo, entretanto ainda não tinham sido aplicados junto ao público-alvo. Os itens do questionário foram analisados segundo os índices de dificuldade e discriminação e os do checklist quanto ao percentual de acertos dos respondentes, tendo sido utilizado o Teste de Sinal na comparação dos dois momentos de aplicação dos instrumentos.A pesquisa obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Onofre Lopes (CAAE nº: 0002.0.294.000-10).Na primeira etapa de aplicação do questionário,das 10 questões 06 apresentaram baixo nível de dificuldade antes das aulas, e após as aulas,esse número aumentou para 09, com apenas 01questão de dificuldade mediana, e 08 questões com necessidade de revisão quanto ao poder discriminativo. Realizada a primeira revisãopelos pesquisadores do estudo,04 questões apresentaram média dificuldade após as aulase 05 questõespoder discriminativosatisfatório. Após a última etapa de revisão, conforme as sugestões apontadas pelo grupo de pesquisa, 05 questões apresentaram nível médio de dificuldade, 03 questões nível baixo de dificuldade e 02 alta dificuldade antes das aulas,05 com índice de discriminação satisfatório. Quanto a aplicação do checklist, de um total de 20 itens, apenas 01 apresentou um percentual de acerto acima de 70%antes das orientações. Após as orientações,19 itens apresentaram um aumento do nível de acertos, sendo essa diferença significativa, exceto no item relacionado à higienização das mãos antes do procedimento. Os resultados obtidos indicam a evidência de validade do checklist de habilidades e,após as revisões, umamelhoria das evidências de validade do questionário, embora ainda com necessidade de refinamento.


  • Mostrar Abstract
  • Nurses play a key role in caring for the injured person as they are directly involved in decision making in assisting these individual satall level sof health care. Their knowledge and practice are essential factors for prevention and treatment of injuries and should beinitiated in graduate courses. The discipline of Semiology and Semiotechnics of Nursing has been responsible for providing basic knowledge and skills development necessary for nursing practice related tosk in lesion care. The evaluation of these competencies must bed one by validated instruments. Thus, the objective was to investigate the validity evidences of knowledge skills instruments about nursing care to the person with cutaneous lesion for nursing students.This is a methodological study, developed in the period from April 2017 to April 2018 in a federal institution of nursing higher education, in Rio Grande do Norte, in twostages: the validation of knowledge instrumentand skills instrument. A total of 117 undergraduate student senrolled in the discipline of Semiology and Semiotechnics of Nursing participated in the validation phase of knowledge instrumentand 38 professionals from a research group from the same institution that Works with thematic of wounds. A total of 109 undergraduates participated of validation of skills instrument. The instrument sused were a question naire with 10 multiple choice question sapplied before and after wound classes and a checklist observation scriptwith 20 items, applied at the beginning of the practice class, before being given guide line sabout the procedure of dressing, and after the guidelines. Both instrument shadal ready been validated for content, buthad not yet been applied to the target public. The items of the questionnaire were analyze daccording to the index of difficulty and discrimination and those of the checklist as to the percentage of correct answers, using the Signal Test in the comparison of the two moments of application of the instruments. The research obtained a favorable opinion from the Research Ethics Committee of the University Hospital Onofre Lopes (CAAE nº: 0002.0.294.000-10). In the first stage of the application of the questionnaire, of the 10 questions 06 presented low level of difficulty before the classes, and after classes, this number increased to 09, with only 01 question of médium difficulty, and 08 questions in need ofrevision regarding the power discriminatory After the first review by there searchers of the study, 04 questions presenteed average difficulty after classes and 05 questions satisfactory discriminative power. After thelast review stage, according to the suggestions pointed out by there search group, 05 questions presented average level of difficulty, 03 questions low level of difficulty and 02 high difficulty before classes, 05 with a satisfactory index of discrimination. As for the application of the checklist, out of a total of 20 items, only 01 presented a percentage of accuracy above 70% before the guidelines. After the guidelines, 19 items presented na increase in the level of correctness, being this difference significant, except in the item related to hand hygiene before the procedure. The results indicate the validity evidence of the skills check list and, after the revisions, na improvement in the validity of the questionnaire, al though still in need of refinement.

8
  • FERNANDA BEATRIZ BATISTA LIMA E SILVA
  • Validação do diagnóstico de enfermagem trauma vascular em pacientes submetidos à terapia antineoplásica

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • MARCOS VENÍCIOS DE OLIVEIRA LOPES
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • WERUSKA ALCOFORADO COSTA
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  •     Estudos de validação de diagnósticos de enfermagem são de grande valia para legitimá-los em populações específicas, bem como para construção de diagnósticos que ainda não são contemplados pela taxonomia. E assim, contribuir para a assistência de enfermagem mais segura. Nesse contexto, o presente estudo objetivou validar o diagnóstico de enfermagem Trauma Vascular em pacientes submetidos à terapia antineoplásica. Destaca-se que a ocorrência de trauma venoso nessa clientela é frequente, e está principalmente relacionado à redução na visibilidade, palpação e diminuição do calibre na rede venosa durante o tratamento. E, embora se identifique um quantitativo expressivo de diagnósticos existentes na NANDA-Internacional, não está contemplado o “trauma vascular”. Tratou-se de um estudo metodológico, desenvolvido em três etapas: análise de conceito, análise de conteúdo e análise da acurácia dos indicadores clínicos. A primeira etapa foi operacionalizada através de uma revisão integrativa da literatura e resultou na análise de 56 artigos, sendo possível a análise do conceito com a identificação de quatro atributos, 13 antecedentes e 13 consequentes. Na segunda etapa, 9 especialistas julgaram o conteúdo identificado na etapa anterior, por meio de grupo focal, e chegaram ao consenso quanto à adequação da cada componente e definições do diagnóstico. Como resultado da análise de conteúdo dos especialistas, permaneceram três atributos, 13 fatores relacionados e 11 características definidoras após alguns ajustes. E na terceira etapa, foi analisada a acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico em estudo. Foram avaliados 200 sujeitos, maioria do sexo feminino, provenientes do interior do estado do Rio Grande do Norte, aposentado ou beneficiado.

    A análise da acurácia dos indicadores clínicos foi realizada a partir de três diferentes modelos ajustados com base na análise de classes latentes clássica, sendo o melhor modelo o último no qual 11,17% dos sujeitos manifestaram o Trauma vascular. E analisando-se os indicados clínicos, temos “Diminuição da elasticidade vascular”, “Dor” e “Sinais de infecção no sítio de inserção do cateter” com elevados valores para especificidade. Esses indicadores têm importância substancial para a confirmação da presença do diagnóstico. Assim sendo, o estudo sustenta a tese de que o diagnóstico de enfermagem Trauma vascular é aplicável para pacientes oncológicos submetidos à terapia antineoplásica. O projeto foi encaminhado ao Comitê de Ética da Liga Norte Riograndense Contra o Câncer, respeitando-se os aspectos éticos da pesquisa envolvendo seres humanos, conforme a Resolução nº. 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. O mesmo foi aprovado, sob o parecer número 1.717.695 e CAAE número 57967816.3.0000.5293.


  • Mostrar Abstract
  •       Studies of validation of nursing diagnoses are of great value for legitimizing the specific events, as well as for the construction of diagnoses that are not yet contemplated by the taxonomy. Thus, they contribute to a safer nursing care. In this context, the present study aimed to validate the diagnosis of cerebral vascular trauma in patients submitted to antineoplastic therapy. It is noteworthy that the occurrence of venous trauma in these cases is frequent, and is mainly related to the reduction in visibility, palpation and reduction in network venous caliber during the treatment. Although an expressive amount of existing diagnoses in NANDA-International is identified, "vascular trauma" is not contemplated. It was a methodological study, launched in three stages: concept analysis, content analysis and analysis of the accuracy of clinical indicators. The first phase was operationalized through an integrative review and an analysis of 56 articles, being possible to analyze the concept with the mark of four attributes, 13 antecedents and 13 consequents. The second phase, 9 experts evaluated the content identified in previus phase, through focal group, reaching a consensus on the adequacy of each component and diagnosis definitions. As result from content expert analysis, remained three attributes, 13 related factors and 11 defined characteristics after some adjustments. In the third phase, the accuracy of the clinical indicators was analyzed. 200 subjects, most of them female, from the state of Rio Grande do Norte country area, retired or benefited, were evaluated. The analysis of the accuracy of clinical indicators was performed based on three different adjusted models from analysis of classic latent classes. The last model presented 11,17% of the patients with vascular Trauma, showing the best result. Analyzing the clinical indicators, "Decreased vascular elasticity", "Pain" and "Signs of infection at the site of catheter insertion" presented high specificity values. These Indicators are very important to confirm the diagnosis. Thus, the study supported the nursing “Vascular trauma” diagnosis is useful in patients with cancer submitted to antineoplastic therapy. The project was forwarded to the Ethics Committee of the Liga Norte Riograndense Contra Câncer, respecting the ethical aspects in human related research, according to Resolution no. 466/12 of the Conselho Nacional de Saúde. The same was approved, under the number of opinion 1.717.695 and CAAE number 57967816.3.0000.5293.

9
  • MARIA ISABEL DA CONCEICAO DIAS FERNANDES
  • Construção e validação do diagnóstico de enfermagem risco de volume de líquidos excessivo a partir de uma teoria de médio alcance

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • CECILIA MARIA FARIAS DE QUEIROZ FRAZAO
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MARCOS VENÍCIOS DE OLIVEIRA LOPES
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo objetivou construir e validar o diagnóstico de enfermagem Risco de volume de líquidos excessivo em pacientes submetidos à hemodiálise a partir de uma teoria de médio alcance. Pesquisa metodológica, desenvolvida em três etapas: validação teórico-causal, validação de conteúdo e clínico-causal. Na primeira etapa, o diagnóstico Risco de volume de líquidos excessivo foi construído a partir de uma teoria de médio alcance e operacionalizado por uma revisão integrativa da literatura. Na segunda etapa, 48 juízes julgaram a adequação do diagnóstico construído. Na terceira etapa, validou-se clinicamente o diagnóstico, a partir de um estudo de caso-controle, com 392 pacientes em hemodiálise. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética, sob o parecer nº 1.257.908 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº 49324015.0.0000.5537. Os resultados mostram que, na primeira etapa, foram selecionados 82 artigos, sendo identificados oito atributos, 31 antecedentes clínicos, 12 proposições, 31 relações causais e construído um pictograma. Na segunda etapa, os juízes consideraram a proposta diagnóstica válida, sendo considerados 23 fatores de risco. Na terceira etapa, os fatores de risco Remoção inadequada de líquidos durante a hemodiálise, Ingesta excessiva de líquidos, Idosos, Ingesta excessiva de sódio, Escolaridade e Conhecimento deficiente foram capazes de aumentar as chances para o desenvolvimento do volume de líquidos excessivo. Conclui-se que a construção do diagnóstico de enfermagem Risco de volume de líquidos excessivo é válido clinicamente para os pacientes submetidos à hemodiálise.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to build and validate the nursing diagnosis Risk of excessive fluid volume in patients undergoing hemodialysis from a medium-range theory. Methodological research, developed in three stages: theoretical-causal validation, content validation and clinical-causal. In the first stage, the Risk of excessive fluid volume was constructed from a medium-range theory and operationalized by an integrative literature review. In the second stage, 48 judges judged the adequacy of the diagnosis. In the third stage, the diagnosis was clinically validated, based on a case-control study, with 392 patients on hemodialysis. The project was approved by the Ethics Committee, under the opinion nº 1.257.908 and Certificate of Presentation for Ethical Appraisal nº 49324015.0.0000.5537. The results show that, in the first stage, 82 articles were selected. Were identified eight attributes, 31 clinical antecedents, 12 propositions, 31 causais relations and a pictogram. In the second stage, the judges considered the valid diagnostic proposal, being considered 23 risk factors. In the third stage, risk factors Improper fluid removal during hemodialysis, Excessive intake of fluids, Elderly, Excessive sodium intake, Schooling and Poor knowledge were able to increase the chances for the development of excessive fluid volume in patients undergoing hemodialysis. It is concluded that the construction of the nursing diagnosis Risk of excessive fluid volume is clinically valid for patients undergoing hemodialysis

10
  • RHAYSSA DE OLIVEIRA E ARAUJO
  • Proposta de intervenção para melhora da qualidade de vida de pessoas com úlcera venosa

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE MAINO PERGOLA MARCONATO
  • DANIELE VIEIRA DANTAS
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • ROBERTA AZOUBEL
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • As úlceras venosas caracterizam-se por serem lesões de pele com perda de tecidos, geralmente localizadas no terço distal da perna, de largura e profundidade variáveis. As taxas de falhas na cicatrização são altíssimas e, além disso, a ferida pode causar dor, depressão, baixa autoestima, déficits na autoimagem corporal, isolamento social, frustração, raiva, ansiedade, prejuízo na atividade sexual e limitações nas atividades de vida diárias. Assim, objetivou-se analisar a qualidade de vidas das pessoas com úlcera venosa e propor intervenções de enfermagem para melhora da qualidade de vida, a partir do processo de enfermagem, no município de Parnamirim, Rio Grande do Norte/Brasil. Trata-se de um estudo metodológico, analítico, com abordagem quantitativa, realizado com 54 pessoas na atenção básica do município de Parnamirim, Rio Grande do Norte, Brasil, com pessoas com úlcera venosa ativa. Foram avaliados: dados sociodemográficos, clínicos e assistenciais, qualidade de vida relacionada à saúde e à úlcera venosa, a partir do Short Form 36 e Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire, respectivamente. A partir dos dados encontrados foram traçados diagnósticos de enfermagem, resultados esperados e proposto intervenções de enfermagem. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com CAAE nº 65941417.8.0000.5537. Predominaram pessoas do sexo feminino, idosos, baixa renda e baixa escolaridade, pessoas sem companheiro(a), com doenças crônicas associadas, bom sono, não fumantes e etilistas, com lesão crônica e dor. As pessoas realizavam o curativo em casa, não usavam compressão, receberam orientações profissionais e tem dificuldade de acesso ao angiologista. Houve prejuízo na qualidade de vida avaliados pelos dois instrumentos, genérico e específico. O aspecto emocional apresentou discrepância significativa entre os instrumentos. Os adultos tinham melhor interação social e pior escore para estética. Em relação aos diagnósticos de enfermagem, os prioritários foram os dos seguintes títulos: saúde deficiente na comunidade, integridade tissular prejudicada, risco de infecção, seguidos de conforto prejudicado, risco de quedas, risco de baixa autoestima, comportamento de saúde propenso à risco, mobilidade física prejudicada, entre outros com menor frequência. Foram propostas as intervenções: desenvolvimento da saúde comunitária, promoção da circulação venosa, proteção contra infecção, controle da infecção, redução da ansiedade, controle do ambiente, aromaterapia, controle de energias, terapia de relaxamento, prevenção contra quedas, fortalecimento da autoestima, controle de comportamento, treino para fortalecimento da deambulação, terapia ocupacional, exercícios de alongamento, equilíbrio e controle muscular. Propõe-se que as intervenções sejam feitas em grupos, com encontros semanais com duração de duas horas, onde serão realizados o curativo e aplicação de terapia compressiva, além de atividades coletivas de estabelecimento de metas, ações para adaptação, autodesenvolvimento, mudança de comportamentos de saúde. A observação de cuidados sendo prestados a outros indivíduos, os julgamentos dos participantes um em relação ao outro, o estado emocional, estresse, ansiedade e excitação serão trabalhados nos momentos de intervenção. Dessa maneira, os resultados podem possibilitar intervenções de enfermagem e multiprofissionais voltadas à qualidade de vida da pessoa com lesão venosa, atendidas na Atenção Primária à Saúde, com diminuição do tempo de lesão e horas de trabalho, promoção da saúde e incentivo ao autocuidado.


  • Mostrar Abstract
  • Venous ulcers are characterized by lesions of skin with loss of tissues, usually located in the distal third of the leg, of variable width and depth. The rates of failure in healing are very high and, in addition, the wound can cause pain, depression, low self-esteem, deficits in body self-image, social isolation, frustration, anger, anxiety, impairment in sexual activity and limitations in daily living activities. The purpose of this study was to analyze the quality of life of people with venous ulcers and to propose nursing interventions to improve the quality of life, starting from the nursing process, in the city of Parnamirim, Rio Grande do Norte, Brazil. This is a methodological, analytical study, with a quantitative approach, performed with 54 people in the primary care of the municipality of Parnamirim, Rio Grande do Norte, Brazil, with people with active venous ulcer. Socio-demographic, clinical and care data, health-related quality of life and venous ulcer were evaluated from the Short Form 36 and Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire, respectively. From the data found, nursing diagnoses were drawn, expected results and proposed nursing interventions. The project was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, with CAAE nº 65941417.8.0000.5537. Predominant female, elderly, low income and schooling, people without partners, with associated chronic diseases, good sleep, non smokers and alcoholics, with chronic injury and pain. People performed the dressing at home, have been not use compression, received professional guidance and had difficulty accessing the angiologist. There was impairment in quality of life. The emotional aspect presented a significant discrepancy between the instruments. Adults had better social interaction and worse score for esthetics. In relation to nursing diagnoses, priority was given to the following titles: poor community health, impaired tissue integrity, risk of infection, followed by impaired comfort, risk of falls, risk of low self-esteem, risk-prone health behavior, mobility physically impaired, among others less frequently. The interventions were proposed: development of community health, promotion of venous circulation, protection against infection, infection control, anxiety reduction, environmental control, aromatherapy, energy control, relaxation therapy, fall prevention, strengthening of self-esteem, control behavior training, ambulation training, occupational therapy, stretching exercises, balance and muscle control. In relation to nursing diagnoses, priority was given to the following titles: poor community health, impaired tissue integrity, risk of infection, followed by impaired comfort, risk of falls, risk of low self-esteem, risk-prone health behavior, mobility physically impaired, among others less frequently. The interventions were proposed: development of community health, promotion of venous circulation, protection against infection, infection control, anxiety reduction, environmental control, aromatherapy, energy control, relaxation therapy, fall prevention, strengthening of self-esteem, control behavior training, ambulation training, occupational therapy, stretching exercises, balance and muscle control. It is proposed that the interventions be done in groups, with weekly meetings lasting two hours, where the dressing and application of compressive therapy will be performed, in addition to collective activities of setting goals, actions for adaptation, self-development, change of health behavior. The observation of care being given to other individuals, the judgments of the participants in relation to one another, the emotional state, stress, anxiety and excitement will be worked out in the moments of intervention. In this way, the results can allow nursing and multiprofessional interventions focused on the quality of life of the person with venous injury, assisted in Primary Health Care, with a reduction in injury time and working hours, health promotion and self-care incentive.

11
  • DÉBORAH RAQUEL CARVALHO DE OLIVEIRA
  • Educação permanente como estratégia para a consulta de enfermagem ao paciente com tuberculose na Atenção Primária à Saúde

  • Orientador : BERTHA CRUZ ENDERS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • CAROLINE EVELIN NASCIMENTO KLUCZYNIK VIEIRA
  • JOÃO BOSCO FILHO
  • KALYANE KELLY DUARTE DE OLIVEIRA
  • Data: 20/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo teve por objetivo desenvolver e validar o conteúdo de uma proposta de educação permanente para a consulta de enfermagem ao paciente com Tuberculose na Atenção Primária à Saúde. Trata-se de um estudo metodológico, de abordagem qualitativa, desenvolvido no Município de Parnamirim, com enfermeiros da Atenção Primária. O estudo ocorreu em duas etapas: na primeira, os enfermeiros, por meio de grupos focais, foram submetidos ao diagnóstico situacional sobre seu contexto de consulta ao paciente com Tuberculose, para um estranhamento da realidade; na segunda etapa ocorreu o desenvolvimento de uma proposta de educação permanente sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem na consulta ao paciente com Tuberculose e posterior validação de conteúdo, por grupo de especialistas. A escolha dos enfermeiros ocorreu por amostragem convencional tendo, para a distribuição, a eleição de profissionais que representassem o maior número de bairros do município. A construção da proposta de educação permanente foi feita pelos pesquisadores principais, mediante resultados obtidos a partir dos dados e apontamentos que surgiram na etapa de grupos focais com os profissionais da Atenção Primária. A etapa de validação ocorreu de forma qualitativa, com a técnica de grupo focal, a partir da reunião de especialistas escolhidos ante critérios previamente estabelecidos: doutores, professores, envolvidos com áreas de interesse do estudo: Sistematização da Assistência de Enfermagem, Atenção ao paciente com Tuberculose, Educação, Atenção Primária à Saúde. Em todas as etapas, os grupos focais foram conduzidos por entrevistas semiestruturadas, gravados por voz e mediados pelo pesquisador, com o apoio do observador. Após todas as etapas, as entrevistas foram transcritas na íntegra e analisadas através do método de análise de conteúdo de Bardin, com técnica de análise temática/categorial, seguindo, para isso, as etapas de pré-análise, exploração do material e codificação, tratamento dos resultados e interpretação.
    Na etapa de estranhamento da realidade, os dados oriundos dos grupos focais com os enfermeiros levaram ao surgimento de cinco temáticas: 1. Contexto de ações de controle da Tuberculose na Atenção Primária à Saúde; 2. Estigmas relacionados ao adoecimento por Tuberculose; 3. Ações desenvolvidas nas consultas de Enfermagem ao paciente com Tuberculose; 4. Percepções sobre o Processo de Enfermagem nas consultas ao paciente com Tuberculose; 5. Estratégias para operacionalização do processo de enfermagem na Atenção Primária à Saúde. A proposta de educação permanente foi construída a partir dos dados emergidos nos grupos focais, bem como literatura pertinente e conceitos sobre educação permanente de Paulo Freire. A validação qualitativa do conteúdo aconteceu com encontros de grupos de especialistas para avaliação da proposta e validação. O projeto de pesquisa foi elaborado com respeito aos aspectos éticos que regem a Resolução 466/2012, sobre pesquisas envolvendo seres humanos. Foi encaminhado ao Sistema on-line da Plataforma Brasil, para iniciar a apreciação ética, passando, antes disso, pela autorização do Município por meio da emissão de um termo de anuência. O estudo se torna relevante à medida que através de uma tecnologia educacional validada para promover educação permanente dos enfermeiros pode promover maior embasamento profissional em gerenciar suas ações no cuidado ao paciente com tuberculose, assim como gerar como produto uma tecnologia assistencial que promova maior emancipação profissional no processo de cuidar.


  • Mostrar Abstract
  • This study aims to evaluate the implementation of the Nursing Process in the consultation of patients with Tuberculosis in Primary Care through the verification of the effectiveness of an educational training program. This is a qualitative and exploratory study, anchored in the ideas of action research, to be carried out in the Municipality of Parnamirim, with primary care nurses. The study will take place in four stages: in the first, the nurses, through a focus group, will be submitted to a situational diagnosis about knowledge and application of the nursing process in Primary Care; In the second stage will be the development and validation of an educational program on the management of the Nursing Process within the nursing consultation to the patient with Tuberculosis; The third stage will be the application of the educational program with the nurses and finally the evaluation of the educational program with the nurses in order to learn their knowledge and implementation of the Nursing Process after the training. The educational process will be supported by the theoretical and philosophical concepts of Paulo Freire, one of the most respected personalities of Pedagogy and Education, with intense activity in Brazil and internationally. The proposal is an educational program that compares to a training process. The program aimed at nurses should not be extended, because it is a process of education in service, where professionals can not be absent for a long time from the health service. Thus, it will have an average duration of a 30-hour course. Analysis of action-research data will take place through content analysis. In order to be possible, the project will follow the ethical aspects that govern Resolution 466/2012 on research involving human beings. It will be sent to the Brazil Platform Online System, to initiate the ethical assessment, passing, prior to that, by the authorization of the Municipality through the issuance of an agreement term. The study becomes relevant as it can promote greater professional foundation in managing its actions in the care of patients with tuberculosis, as well as generating as a product an assistance technology that promotes greater professional emancipation in the care process.

2017
Dissertações
1
  • CAMYLLA CAVALCANTE SOARES DE FREITAS
  • Conhecimento e habilidades de acadêmicos de enfermagem sobre a mensuração da pressão arterial.

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • RODRIGO ASSIS NEVES DANTAS
  • SIMONE CAMARGO DE OLIVEIRA ROSSIGNOLO
  • ALINE MAINO PERGOLA MARCONATO
  • Data: 21/02/2017

  • Mostrar Resumo
  • A mensuração da pressão arterial é um procedimento rotineiro na prática dos enfermeiros e sua aprendizagem é uma preocupação para instituições de ensino, tendo em vista que as falhas podem ocorrer por déficit no conhecimento. Além disso, a falta de conhecimento culmina no comprometimento dos valores obtidos, interferindo na avaliação clínica do paciente. O estudo objetiva analisar o conhecimento e as habilidades de acadêmicos da Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, matriculados do 5º ao 9º período do curso, quanto à mensuração da pressão arterial. Estudo analítico, transversal e quantitativo, realizado no Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal/Rio Grande do Norte. A população corresponde a 204 acadêmicos, e a amostra foi dimensionada em 76 participantes com base em uma lista em ordem alfabética de todos os acadêmicos de cada período, onde foram elencados os de números ímpares para desenvolver a pesquisa. O estudo foi apreciado pela CEP/HUOL (CAAE nº 0002.0.294.000-10) com parecer favorável. A identificação do conhecimento ocorreu pela aplicação de questionário estruturado e validado, com questões objetivas divididas em: características sociodemográficas e a experiência profissional/laboral, e conhecimento acerca do procedimento. A verificação da habilidade ocorreu em laboratório simulado, com o julgamento em adequado ou inadequado dos itens que compõem a lista de verificação validada a respeito do procedimento. Houve um predomínio de mulheres (92,1%), jovens (85,5%), com renda de até 5 salários mínimos (68,4%), solteiras, viúvas ou divorciadas (84,2%), sem experiência em saúde anterior (82,9%) e na formação na área de enfermagem (86,8%), com apenas 6,6% terem trabalhado na área da saúde, dos quais 5,3% ainda trabalham. Nenhum aluno do sétimo período obteve conhecimento adequado (0,0%), com um total de 82,8% de inadequações entre os períodos, e um nível de acertos de 61,8% das questões. A técnica apresentou-se adequada em todos os períodos com um total de 89,5% e um nível de adequação de 60,5% nas etapas, adquirindo um julgamento para o conhecimento em “regular” e para a técnica em “bom”. Não se encontrou associação significativa para quantidade de acertos no conhecimento e porcentagens de acertos entre os períodos do curso, sendo o p-valor significativo apenas para o domínio conceitos sobre o conhecimento e períodos do curso (p = 0,05). A variável porcentagem de acerto do conhecimento (média 56,6 e DP 14,3) foi mais comprometida do que a porcentagem de adequação da técnica (média 78,6 e DP 8,1), havendo diferença significativa entre as variáveis (p = 0,00), assim como em todos os cinco períodos. Verificou-se que houve correlação entre quantidade de acerto do conhecimento e quantidade de adequação da técnica (r = 0,222; p = 0,05).


  • Mostrar Abstract
  • The blood pressure’s measurement is a routine procedure in the practice of nurses, and learning this procedure is a concern for educational institutions, due to failures that can occur by knowledge deficit. Moreover, the lack of knowledge culminates in compromise of the values obtained, interfering in the patient’s clinical evaluation.The aim of this study is to analyze the knowledge and skills of undergraduate nursing students from the 5th to 9th grade of the course, regarding the measurement of blood pressure. Cross-sectional and quantitative analytical study carried out at the Nursing Department of the Federal University of Rio Grande do Norte, Natal / Rio Grande do Norte.The population refers to 204 academics, and the sample was scale in 76 participants based on an alphabetical list with all the academics ‘names of each period, which all the odd numbers was select to develop this research. This study was evaluate by CEP / HUOL (CAAE nº 0002.0.294.000-10) with a favorable opinion. The identification of knowledge occurred through the application of a structured and validated survey questionnaire, with objective questions divided into: sociodemographic characteristics and professional / work experience, and knowledge about the procedure. The verification of the ability occurred in a simulated laboratory, with the appropriate or inadequate judgment of the items that make up the validated checklist regarding the procedure. There was a predominance of women (92.1%), young people (85.5%), with incomes of up to 5 minimum wages (68.4%), single, widowed or divorced women (84.2%), with no previous experience in health (82.9%) and training in the nursing area (86.8%), with only 6.6% working in the health area, which 5.3% still work. No student in the seventh period had adequate knowledge (0.0%), with total of 82.8% of inadequacies between the periods, and a level of correct answers of 61.8% of the questions. The technique was adequate in all periods with total of 89.5% and 60.5% adequacy in all steps, acquiring a judgment for "regular" knowledge and for the "good" technique. No significant association was found for the number of correct answers in the knowledge and percentage of correct answers between the course periods, with the p-value being significant only for the domain knowledge concepts and course periods (p = 0.05). The percentage of knowledge accuracy (mean 56.6 and SD 14.3) was more compromised than the technique adequacy percentage (mean 78.6 and SD 8.1), with a significant difference between the variables (p = 0.00), as well as in all five periods. It was found a correlation between the amount of knowledge adjustment and the amount of adequacy of the technique (r = 0.222; p = 0.05).

2
  • PATRICIA NAIARA DE OLIVEIRA MOREIRA
  • CONDUTA DOS ENFERMEIROS NA PREVENÇÃO DE QUEDA EM IDOSOS EM INSTITUIÇÕES HOSPITALARES

  • Orientador : REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • JOÃO BOSCO FILHO
  • MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • Data: 21/02/2017

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi analisar a conduta dos enfermeiros na prevenção de queda em idosos internados em instituições públicas hospitalares, do Distrito Sanitário Leste, no município de Natal-RN. Trata-se de um estudo do tipo descritivo e exploratório, realizado em Hospitais Públicos do Distrito Sanitário Leste, do município de Natal, através de uma amostra observacional descritiva com 130 enfermeiros assistenciais dos setores de clínica média e cirúrgica, nos meses de dezembro de 2016 a janeiro de 2017. A coleta de dados teve início após obtenção das cartas de anuência das instituições e aprovação pelo Comitê de Ética e Pesquisa, sob o nº 1.850.668, seguida da testagem do instrumento. O tratamento dos dados ocorreu em planilha do EXCEL, versão 2010, para realização das tabelas descritivas e aplicação de testes estatísticos utilizou-se o software Statistica SPSS 20.0, versão livre temporária. Sobre os resultados, estes indicaram que a maioria dos participantes é do sexo feminino (87,6%), a maioria adulta jovem entre 31- 40 anos (49,2%), casadas (51,5%), admitidos há 4anos (46,9%), lotados no setor de clínica médica (76,1%), trabalhando no turno da manhã (49,2%), com apenas um vínculo (57,6) e exercendo cargo assistencial (96,9%). Com relação à ocorrência do evento queda de idosos internados, os resultados evidenciaram que (26,9%) dos enfermeiros sabem da ocorrência de queda em idosos na instituição, embora a maioria (73,0%), afirme não ter conhecimento do evento na instituição. Entre os principais fatores da instituição, capazes de aumentar a ocorrência de quedas destacaram-se: a ausência de acompanhante (70,77%), leitos sem grades (51,54%), banheiro sem barras de apoio e piso antiderrapante (41,54%), ausência de alarmes (39,23%), piso escorregadio (35,38%) e luminosidade diminuída (33,85%). Conforme análise comparativa, através de teste X 2 , algumas variáveis como: tipo de instituição (universitária, local de estudo), tempo de graduação, admissão na instituição, só um vínculo empregatício, além de maior qualificação profissional, apresentaram significância estatística, em relação ao uso ou adesão do protocolo de segurança para o evento quedas na instituição universitária. Observou-se que as afirmativas dos enfermeiros no uso do diagnóstico de enfermagem para nortear as intervenções de quedas, se comparada entre a faixa etária e a instituição, obteve diferença significativa (0,0014) e, ao tipo de instituição (0,000), pelo Teste de Fisher. Concluiu-se ao final, a importância da utilização dos instrumentos de notificação de eventos adversos pelas instituições e controle das ocorrências e para a elaboração de medidas preventivas realmente eficazes. Observa-se a necessidade do estimulo a cultura de segurança que permitirá discutir junto à equipe de enfermagem, estratégias de prevenção que assegurem a segurança do paciente nas instituições de saúde.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to analyze nurses&#39; behavior in the prevention of falls in elderly people hospitalized in public hospitals, in the Eastern Sanitary District, in the city of Natal-RN. This is a descriptive and Exploratory study carried out in Public Hospitals of the Eastern Sanitary District of the city of Natal, through a descriptive observational sample with 130 nursing assistants from the medium and surgical clinic sectors, from December 2016 to January 2017. Data collection Beginning after obtaining letters of agreement from the institutions and approval by the Ethics and Research Committee, under No. 1,850,668, followed by the testing of the instrument. The data processing was performed in Excel spreadsheet, version 2010, for the accomplishment of the descriptive tables and application of statistical tests. Statistica SPSS 20.0, temporary free version software was used. About the results, the majority of the participants were female (87.6%), the majority were young adults between 31-40 years old (49.2%), married (51.5%) and admitted for 4 years (46.9%), who worked in the medical clinic (76.1%), working in the morning shift (49.2%), with only one link (57.6) and having a care position (96.9%). . Regarding the occurrence of the fall in hospitalized elderly, the results showed that (26.9%) of the nurses know of the occurrence of falls in the elderly in the institution, although the majority (73.0%) affirm that they do not know about the event in the institution. Among the main factors of the institution, which were able to increase the occurrence of falls were: absence of companion (70.77%), beds without grids (51.54%), bathroom without grab bars and non-slip floor (41, 54%), absence of alarms (39.23%), slippery floor (35.38%) and reduced luminosity (33.85%). According to a comparative analysis, by means of the X2 test, some variables such as: type of institution (university, place of study), graduation time, admission to the institution, only an employment relationship, besides higher professional qualification, presented statistical significance, Use or adhesion of the security protocol for the event falls in the university institution. It was observed that nurses' affirmations in the use of the nursing diagnosis to guide falls interventions, when compared to the age group and the institution, obtained a significant difference (0.0014) and, at the type of institution (0.000), by the Fisher&#39;s test. In conclusion, the importance of the use of instruments for reporting adverse events by institutions and control of occurrences and for the preparation of really effective preventive measures was concluded. It is observed the need to stimulate the safety culture that will allow discussing with the nursing team, prevention strategies that ensure patient safety in health institutions.

3
  • DANIELLE REZENDE FERREIRA
  • IDENTIFICAÇÃO DAS CARGAS DE TRABALHO DE ENFERMEIRAS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

  • Orientador : SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • JONAS SAMI ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
  • JOÃO BOSCO FILHO
  • Data: 22/02/2017

  • Mostrar Resumo
  • A carga de trabalho está inserida no contexto laboral e no processo de trabalho, que interage entre si e com o corpo do trabalhador, o que pode causar mudanças no estado biopsíquico e, consequente, desgaste físico e psíquico. O presente estudo objetivou identificar as cargas de trabalho de enfermeiros (as) que atuam na Estratégia Saúde da Família em um Município de do Nordeste Brasileiro. A pesquisa é vinculada a um projeto maior intitulado “Inovação tecnológica não material em saúde: cargas de trabalho e satisfação”, do grupo de pesquisa Praxis – Núcleo de estudos sobre trabalho, cidadania, saúde e enfermagem, do Programa de Pós-graduação em enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa do tipo pesquisa de campo orientada pelas teorias do materialismo histórico-dialético e das cargas de trabalho. A amostra foi composta por 14 enfermeiras da Estratégia Saúde da Família (ESF), distribuídas nos cinco distritos sanitários do município de Natal (Norte I, Norte II, Sul, Leste e Oeste). A coleta de dados se deu por meio de entrevistas semiestruturadas destinadas a cada enfermeiro atuante na ESF. A análise dos dados foi realizada com base na análise de conteúdo temática de Bardin. O projeto teve aprovação pelo Comitê de Ética e Pesquisas (CEP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sob o parecer nº 1.880.221 e CAAE: 62021516.7.0000.5537. O estudo foi realizado com base nos princípios da ética, estabelecidos pela resolução 466/12. A população entrevistada é do sexo feminino (100%), com mais de 5 anos de experiência profissional (100%) e na ESF (100%), a maioria entre 50 e 59 anos, com especialização/residência (50%), efetivo/concursado, com jornada de trabalho de 40 horas (85,71%) e somente um emprego (85,71%). Dentre os fatores que aumentam as cargas de trabalho estão o excesso de demanda, as falhas na gestão, os problemas na resolutividade, a insegurança, responsabilizar-se pelo trabalho dos demais profissionais, o excesso de demanda, o déficit de materiais. Os fatores que ajudam a reduzir as cargas de trabalho são vínculo trabalho em equipe, apoio da gerência, gostar de trabalhar na ESF. A cargas de trabalho são influenciadas pela interrelação do trabalho com o profissional de saúde, essa relação dialética pode ocasionar no adoecimento do enfermeiro membro da ESF.


  • Mostrar Abstract
  • The workload is embedded in the work context and in the work process, which interacts with each other and with the worker&#39;s body, which can cause changes in the biopsychic state and, consequently, physical and psychological exhaustion. The present study aimed to identify the workloads of nurses who work in the Family Health Strategy in a Municipality of Northeast Brazil. The research is linked to a larger project entitled "Non-material technological innovation in health: workloads and satisfaction";, from the research group Praxis - Center for studies on work, citizenship, health and nursing, of the Graduate Program in Nursing Of the Federal University of Santa Catarina. This is an exploratory, descriptive, qualitative study of the type of field research guided by theories of historical-dialectical materialism and workloads. The sample consisted of 14 nurses of the Family Health Strategy (FHS), distributed in the five sanitary districts of the city of Natal (North I, North II, South, East and West). Data collection was done through semi-structured interviews aimed at each nurse working at the FHS. Data analysis was performed based on the thematic content analysis of Bardin. The project was approved by the Ethics and Research Committee (CEP) of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN) under opinion nº 1.880.221 and CAAE: 62021516.7.0000.5537. The study was conducted on the basis of the principles of ethics set forth in resolution 466/12. The population interviewed is female (100%), with more than 5 years of professional experience (100%) and FHS (100%), most between 50 and 59 years old, with specialization / residency (50%), effective / With a 40-hour working day (85.71%) and only one job (85.71%). Among the factors that increase workloads are excess demand, management failures, solving problems, insecurity, being responsible for the work of other professionals, excess demand, and the lack of materials. The factors that help reduce workloads are bonding, teamwork, management support, enjoying working at the ESF. Workloads are influenced by the interrelation of work with the health professional, and this dialectic relationship can lead to the sickness of the nurse member of the FHS.

4
  • JESSIKA WANESSA SOARES COSTA
  • IMPACTOS DO ESTRESSE E SUA ASSOCIAÇÃO COM O COMPORTAMENTO ALIMENTAR DOS GRADUANDOS EM ENFERMAGEM

  • Orientador : MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • GABRIELA DE SOUSA MARTINS MELO DE ARAUJO
  • TERESA CELIA DE MATTOS MORAES DOS SANTOS
  • Data: 21/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Com as oportunidades crescentes para ingressar no meio acadêmico, anualmente, milhares de pessoas cruzam as portas das universidades. Neste novo cenário, o estudante depara-se com inúmeros fatores estressores frente aos novos desafios. Objetivo: Analisar os níveis de estresse e sua associação com o comportamento alimentar dos discentes da graduação em Enfermagem de uma universidade pública. Método: Trata-se de um estudo transversal, observacional, com abordagem quantitativa, realizado com 280 estudantes do curso de graduação em Enfermagem. As informações foram coletadas de 20 de Fevereiro a 21 de Março de 2017, através de três questionários: Questionário para levantamento dos dados sociodemográficos, escala para Avaliação de Estresse em Estudantes de Enfermagem e o Questionário Holandês do Comportamento Alimentar. A aplicação dos instrumentos ocorreu em sala de aula simultaneamente, após o período de realização das primeiras provas avaliativas e mediante autorização da coordenação das disciplinas. Os horários para a coleta foram pré- estabelecidos pela coordenação das disciplinas, distribuídos nos turnos: matutino e vespertino. Todos os participantes foram orientados sobre os procedimentos para coleta de dados, com tempo de aplicação máxima de 15 minutos. Resultados: Com a realização das análises, foi possível estabelecer os níveis de estresse por domínio de acordo com o período do curso dos estudantes. Corroborando para o seguinte resultado considerando o mais elevado nível de estresse em relação a cada domínio: atividade prática e comunicação profissional maior nível no 4º período; gerenciamento de tempo, 9º período; ambiente e formação profissional, 5º período; e atividade teórica, no 7º período. Conclusão: Constatou-se mediante o delineamento dos resultados correlação significativa entre três dos seis domínios da escala de estresse e o comportamento alimentar dos discentes do curso de Enfermagem. As análises demonstraram correlação positiva entre os domínios comunicação profissional e gerenciamento do tempo versus comportamento alimentar, evidenciando que quanto maior o estresse maior a compulsão alimentar. O domínio formação profissional versus comportamento alimentar, apresentou correlação negativa quando relacionados, demonstrando que quanto maior o estresse menor a compulsão alimentar. Neste sentindo, faz-se relevante o desenvolvimento de pesquisas futuras na tentativa de desenvolver ações e estratégias que visem trabalhar a orientação destes discentes ao lidar com os estímulos estressores na tentativa de controlá-los, e, consequentemente, minimizar os impactos do estresse nas atividades de vida diária deste estudante universitário.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: With the increasing opportunities to enter the academic milieu, thousands of people cross the doors of universities every year. In this new scenario, the student faces numerous stressors in the face of new challenges. Objective: To analyze the levels of stress and its association with the eating behavior of undergraduate students in Nursing at a public university. Method: This is a cross-sectional, observational study with a quantitative approach carried out with 280 undergraduate students in Nursing. The information was collected from February 20 to March 21, 2017, through three questionnaires: Questionnaire for the survey of sociodemographic data, Scale for Stress Assessment in Nursing Students and the Dutch Questionnaire on Eating Behavior. The application of the instruments occurred in the classroom simultaneously, after the period of the first evaluation tests and with the authorization of the disciplinary coordination. The schedules for the collection were pre-established by the coordination of the disciplines, distributed in the shifts: morning and evening. All participants were instructed on procedures for data collection, with a maximum application time of 15 minutes. Results: With the analysis, it was possible to establish the levels of stress per domain according to the period of the students' course. Corroborating to the following result considering the highest level of stress in relation to each domain: practical activity and professional communication higher level in the 4th period; Time management, 9th period; Environment and vocational training, 5th period; And theoretical activity, in the 7th period. Conclusion: It was found by designing the results a significant correlation between three of the six domains of the stress scale and the eating behavior of the students of the Nursing course. The analyzes showed a positive correlation between the domains of professional communication and time management versus eating behavior, evidencing that the greater the stress the greater the binge eating. The domain professional training versus eating behavior, presented negative correlation when related, demonstrating that the higher the stress the less the binge eating. In this sense, it is relevant to develop future research in the attempt to develop actions and strategies aimed at working the orientation of these students in dealing with stressors in an attempt to control them, and, consequently, to minimize the impacts of stress on activities of daily life of this university student.

5
  • MICHELINE DA FONSECA SILVA
  • Cultura de segurança da equipe de enfermagem no serviço de urgência e emergência

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCIS SOLANGE VIEIRA TOURINHO
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • THEO DUARTE DA COSTA
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 26/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • A cultura de segurança do paciente se apresenta com uma temática de relevância, considerada como forte indicador e ferramenta importante de diagnóstico para a avaliação da qualidade dos serviços de saúde. Sua adesão representa um desafio na atualidade, visto que o processo de mudança de atitudes e condutas na assistência à saúde é lento, demanda tempo e trabalho, bem como exige conhecimento e participação de todos os profissionais que compõem um órgão de prestação de serviços dessa natureza, o que torna primordial a junção destes esforços para alcançar as metas propostas pelo Ministério da Saúde para garantir a Segurança do Paciente e, assim contribuir para a adesão de uma cultura de segurança efetiva e eficaz. Dessa forma, o objeto deste estudo é a cultura de segurança no serviço de urgência e emergência. Diante do exposto, questiona-se: Como os profissionais de enfermagem percebem a cultura de segurança? A fim de respondê-la, objetiva-se analisar a cultura de segurança de equipe de enfermagem no serviço de urgência e emergência. Trata-se de estudo do descritivo-analítico, desenvolvido no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho (PSCS). Os dados foram obtidos mediante o preenchimento do instrumento de “Pesquisa sobre Segurança do Paciente em Hospitais” (HSOPSC), composto por 42 itens que abordam questões objetivas e subjetivas e abrangem 12 dimensões que mensuram a cultura de segurança do paciente, esses itens são avaliados de acordo com a escala de Likert de cinco pontos referente ao grau de concordância. Outras questões presentes no instrumento estão relacionadas à atribuição de notas à segurança do paciente, relato do número de eventos notificados e perfil sociodemográficos. Os dados foram analisados descritivamente por meio de pacote estatístico, para determinação dos valores médios e percentuais referentes aos cálculos das dimensões da cultura de segurança. Os comentários a respeito da segurança do paciente, última questão do HSOPSC, foram processados e analisados com apoio do software Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (IRAMUTEQ). O estudo foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e obteve aprovação mediante parecer consubstanciado de nº 1.847.136, sob Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº 61201316.3.0000.5537. Constatou-se como dimensões mais propensas a melhorias o aprendizado organizacional – melhoria contínua (49,7%), expectativas sobre o seu supervisor/chefe, ações promotoras de segurança do paciente (47,5%) e trabalho em equipe dentro das unidades (45,5%); entretanto, respostas não punitivas aos erros (58,8%), frequência de relatos de eventos (51,5%) e adequação de profissionais (51,1%) foram as áreas consideradas críticas. Quanto à percepção dos profissionais sobre a segurança do paciente, os aspectos considerados primordiais para sua promoção no serviço de urgência e emergência são o ambiente seguro e propício para o cuidado efetivo e eficaz ao paciente, com o intuito de reduzir ou evitar possíveis danos; a disponibilidade de estrutura física e recursos humanos; trabalho em equipe; e o uso de protocolos. Logo, verificou-se a presença de uma cultura punitiva no cenário de pesquisa e a necessidade de ações por parte dos gestores, a fim de disseminar e fortalecer as boas práticas de segurança no ambiente de urgência e emergência e, assim apoiar os profissionais de saúde em seu processo de trabalho.


  • Mostrar Abstract
  • The culture of patient safety is shown as a topic of relevance, regarded as a strong indicator and an important diagnostic tool for evaluating the quality of health services. Its adherence is a challenge in the current days, since the process of changing attitudes and behaviors in health care is slow, demands time and work, besides requiring knowledge and participation of all professionals that are part of a service-rendering body of this type, which warns us about the essential need for combining these efforts to achieve the goals proposed by the Brazilian Ministry of Health to ensure Patient Safety and, consequently, contribute to the adherence to an effective and efficient safety culture. Accordingly, the object of this study is the safety culture in the urgent and emergency service. In light of the above, we ask: How do nursing professionals perceive the safety culture? In order to answer this question, the objective is to analyze the safety culture of nursing team in the urgent and emergency service. This is a descriptive-analytical study, developed in the Clóvis Sarinho Emergency Room (PSCS). The data were obtained through the completion of the “Research on Patient Safety in Hospitals” (HSOPSC) instrument, which is composed of 42 items addressing objective and subjective questions and encompassing 12 dimensions that assess the culture of patient safety, and these topics are evaluated according to the five-point Likert scale regarding the degree of agreement. Other questions contained in the instrument are related to the assignment of notes to patient safety, report of the number of notified events and sociodemographic profile. The data were descriptively analyzed by means of a statistical package, with the purpose of determining the average and percentage values concerning the calculations of the dimensions of the safety culture. The comments on patient safety, which constitute the last question of HSOPSC, were processed and analyzed with the support of the Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (IRAMUTEQ) software. This study was submitted to the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte and obtained approval by means of a consubstantiated opinion numbered as 1,847,136, under the Certificate of Presentation for Ethical Consideration numbered as 61201316.3.0000.5537. We found that the dimensions more prone to improvements were organizational learning – continuous improvement (49.7%), expectations about your supervisor/boss, actions to promote patient safety (47.5%) and team work within the units (45.5%); however, non-punitive answers to errors (58.8%), frequency of event reports (51.5%) and suitability of professionals (51.1%) were regarded as critical areas. As for the perception of professionals on patient safety, the aspects regarded as essential for promoting it in the urgent and emergency service are the safe and propitious environment for the effective and efficient patient care, in order to mitigate or prevent possible damages; the availability of physical structure and human resources; team work; and the use of protocols. Therefore, we noted the presence of a punitive culture in the research scenario and the need for action on the part of managers, with the aim of disseminating and strengthening good safety practices in the urgent and emergency environment and, consequently, providing support to health professionals in their work process.

6
  • ALCIDES VIANA DE LIMA NETO
  • Percepção da cultura de segurança do paciente pelos enfermeiros de unidades de terapia intensiva

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • SUSANE DE FÁTIMA FERREIRA DE CASTRO
  • VILANI MEDEIROS DE ARAUJO NUNES
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 23/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • A cultura de segurança, compreendida como o produto de valores e atitudes em um ambiente organizacional é um fator importante a ser considerado no contexto do cuidado seguro nos serviços de saúde. Torna-se necessário conhecê-la para que os profissionais adotem estratégias para garantir a segurança do paciente nos mais diversos cenários da prática assistencial. Assim, o objeto desse estudo foi a cultura de segurança no contexto das unidades de terapia intensiva (UTIs), sob o olhar de enfermeiros, uma vez que os mesmos estão inseridos nesse ambiente e são responsáveis pelo gerenciamento das ações relacionadas ao cuidado. Dessa forma, objetivou-se analisar a percepção da cultura de segurança do paciente em unidades de terapia intensiva na perspectiva de enfermeiros. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório com abordagem mista. O campo de estudo foram quatro UTIs gerais do município de Natal/RN/Brasil, que apresentam características semelhantes, porém, pertencentes a serviços hospitalares distintos e com gestões públicas e privadas. Participaram do estudo 45 enfermeiros. A coleta de dados ocorreu mediante preenchimento de instrumento com dados sociodemográficos, entrevista semiestruturada com perguntas abertas sobre o tema e preenchimento do questionário intitulado pesquisa sobre segurança do paciente em hospitais (HSOPSC), no período de abril a junho de 2017. As entrevistas foram analisadas com auxílio do software Iramuteq e os dados quantitativos do software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) por meio de análise estatística descritiva. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (CEP – UFRN) com certificado de apresentação para apreciação ética 62818516.7.0000.5537. A partir das entrevistas, emergiram as compreensões dos profissionais enfermeiros sobre a segurança do paciente e as ações para a promoção dessa na UTI, bem como os aspectos que a facilitam e/ ou dificultam, com destaque para as fragilidades dos recursos estruturais. Com relação a cultura de segurança, identificou-se que as dimensões relacionadas ao trabalho em equipe, aprendizado organizacional e abertura para as comunicações obtiveram os melhores percentuais de respostas positivas. No que se refere às fraquezas e oportunidades de melhoria, enfatizou-se as dimensões respostas não punitivas aos erros e a dimensão pessoal. As que apresentaram os maiores resultados classificados como respostas neutras foram trabalho em equipe pelas unidades hospitalares e frequência de relatos de eventos. Com isso, os enfermeiros das UTIs analisadas percebem a presença forte de uma cultura punitiva e fragilidades de recursos que são essenciais para a segurança do paciente. Assim, torna-se necessário um olhar da gestão para essas questões no sentido de contribuir para a redução desses nós-críticos e efetivar a cultura de segurança.


  • Mostrar Abstract
  • The safety culture, understood as the product of values and attitudes in an organizational environment is an important factor to be considered in the context of safe care in health services. It is necessary to meet it for professionals to adopt strategies to ensure patient safety in various scenarios of healthcare practice. Thus, the object of this study was the safety culture in the context of intensive care units (ICUs), under the watchful eye of nurses, once they are entered into this environment and are responsible for the management of actions related to care. So, the objective was to analyze the perception of culture of patient safety in intensive care units through the perspective of nurses. This is a descriptive and exploratory study with a mixed approach. The field of study was made in four general ICUs in the municipality of Natal/RN/Brazil, which present similar characteristics, but belonging to different hospital services and with public and private managements. 45 nurses participated in the study. Data collection occurred through filling instrument with socio-demographic data, semi-structured interview with open-ended questions and filling in the questionnaire entitled research on patient safety in hospitals (HSOPSC), from April to June 2017. The interviews were analyzed with aid of the Iramuteq software and the software figures Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) through descriptive statistical analysis. The project was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte (CEP-UFRN), with certificate of introduction to ethics assessment: 62818516.7.0000.5537. From the interviews emerged the understandings of professional nurses on patient safety and actions for the promotion of this in ICU, as well as aspects that facilitate and/or hinder, highlighting the weaknesses of the structural resources. With respect to safety culture, we identified that the dimensions related to teamwork, organizational learning and openness to the communications they obtained the best percentage of positive responses. As regards weaknesses and opportunities for improvement, emphasized the dimensions not punitive responses to errors and the personal dimension. Those that presented the greatest results classified as neutral responses were teamwork by hospital units and frequency of reports of events. With that, the nurses of ICU analyzed realize the strong presence of a punitive culture and weaknesses of resources that are essential to patient safety. Thus, it becomes necessary to a look of management to these issues in order to contribute to the reduction of these us-critics and implement safety culture.

7
  • ALEXANDRA DO NASCIMENTO CASSIANO
  • REPERCUSSÕES DA PRÉ-ECLAMPSIA GRAVE NOS DESFECHOS NEONATAIS

  • Orientador : NILBA LIMA DE SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTYANNE SAMARA MIRANDA DE HOLANDA DA NÓBREGA
  • MARIA DE LOURDES COSTA DA SILVA
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • Data: 24/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • Introdução:A análise dos indicadores de saúde neonatal e materna é mundialmente utilizada como marcador da eficácia dos serviços de saúde em um país. O período perinatal exige atenção especial, visto a vulnerabilidade do feto e o neonato diante da exposição a patologias obstétricas que influenciam a saúde perinatal, a exemplo da pré-eclampsia grave. Objetivo:Analisar os fatores associados aos desfechos neonatais de gestantes com diagnóstico de Pré-eclâmpsia Grave. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal desenvolvido em uma maternidade escola, cujo a população correspondeu aos fetos/neonatos de gestantes com diagnóstico de pré-eclâmpsia grave. A amostra correspondeu a 157 prontuários, em um recorte de 12 meses. Foram inclusos os fetos/neonatos de gestantes com diagnóstico de pré-eclâmpsia grave e excluídos os fetos/neonatos de gestantes com diagnóstico de outras síndromes hipertensivas. Para análise dos dados foi utilizado o SPSS 2.0. O pré-projeto teve parecer homologado com número de parecer: 2.013.851 e C. A. A. E: 64881817.5.0000.5537. Resultados:Quanto a vitalidade ao nascimentos, a maioria dos neonatos nasceram vivos (91,1%). A incidência do óbito fetal foi de 7,6% e neonatal precoce de 1,3 %. A idade gestacional teve média 36 semanas (SD:3,38); com a média do peso ao nascer de 2.596 g (SD: 855,08), maior proporção de nascidos com baixo peso (43,3%).. O índice de APGAR no primeiro e segundo minuto foi 7,1 (SD: 2,64) e 8 (SD: 2,55), respectivamente. 56, 7 % dos neonatos eram do sexo masculino e 20,2 % dos recém-nascidos necessitaram de reanimação na sala de parto. As morbidades neonatais com maior frequência foi o desconforto respiratório (14,6%). A admissão na unidade de terapia intensiva neonatal ocorreu em 18,5% dos casos. A caracterização das genitoras corresponde a um perfil de mulheres com idade média de 27 anos (SD: 7,38), 9 anos de escolaridade (SD:2,72), renda de até 1 salário (91,7%),em união estável (64,3%), parda (80,3%), primigesta (41,4%) e primípara (46,5%). A média de consultas pré-natal foi 6,73 (SD:2,74). Conclusões: A exposicão do feto/neonato à pré-eclampsia grave repercutiu sobre a incidência do óbito fetal intrauterino, idade gestacional pré-termo, presença de restrição de crescimento intrauterino e, consequentemente, ocorrência do baixo peso ao nascer, além da necessidade de reanimação neonatal, desconforto respiratório e admissão na unidade de cuidados intensivos. 


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The analysis of neonatal and maternal health indicators is used globally as a marker of the effectiveness of health services in a country. The perinatal period demands special attention, since the vulnerability of the fetus and neonate in the face of exposure to obstetric pathologies that influence perinatal health, such as severe preeclampsia. Objective: To analyze the factors associated with the neonatal outcomes of pregnant women diagnosed with severe preeclampsia. Methodology: This is a cross-sectional study developed in a maternity school, whose population corresponded to the fetuses / neonates of pregnant women diagnosed with severe preeclampsia. The sample corresponded to 157 charts, in a 12-month cut-off. Fetuses / neonates of pregnant women diagnosed with severe preeclampsia were excluded, and the fetuses / neonates of pregnant women with diagnosis of other hypertensive syndromes were excluded. SPSS 2.0 was used to analyze the data. The pre-project was approved with opinion number: 2,013,851 and C. A. A. E: 64881817.5.0000.5537. Results: As for vitality at birth, most newborns were born alive (91.1%). The incidence of fetal death was 7.6% and neonatal precocious 1.3%. Gestational age had a mean of 36 weeks (SD: 3.38); with a mean birth weight of 2,596 g (SD: 855.08), a higher proportion of low birth weight (43.3%) patients. The APGAR index in the first and second minutes was 7.1 (SD: 2.64) and 8 (SD: 2.55), respectively. 56, 7% of the neonates were male and 20.2% of the newborns required resuscitation in the delivery room. The most frequent neonatal morbidity was respiratory discomfort (14.6%). Admission to the neonatal intensive care unit occurred in 18.5% of the cases. The characterization of the mothers corresponds to a profile of women with a mean age of 27 years (SD: 7.38), 9 years of schooling (SD: 2.72), income of up to 1 salary (91.7%), union stable (64.3%), brown (80.3%), primigravida (41.4%) and primipara (46.5%). The mean prenatal visits were 6.73 (SD: 2.74). Conclusions: Exposure of the fetus / neonate to severe preeclampsia had repercussions on the incidence of fetal intrauterine death, preterm gestational age, presence of intrauterine growth restriction and, consequently, low birth weight, and the need for resuscitation respiratory distress and admission to the intensive care unit.

8
  • AMANDA BARBOSA DA SILVA
  • VALIDAÇÃO DO RESULTADO DE ENFERMAGEM MOBILIDADE EM PACIENTES IDOSOS COM FEBRE CHIKUNGUNYA

  • Orientador : ALLYNE FORTES VITOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • FABIANE ROCHA BOTARELI
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • RAFAELLA PESSOA MOREIRA
  • Data: 05/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • A Febre Chikungunya representa uma problemática com notoriedade internacional para a saúde pública e epidemiologia, pois a aborvirose transmitida por mosquistos integra o grupo de doenças infecciosas com potencial emergente e reemergente. O estudo objetivou validar o Resultado de Enfermagem Mobilidade em idosos com Febre Chikungunya. Estudo metodológico realizado em três etapas: revisão integrativa da literatura, validação semântica e validação clínica. A primeira etapa do estudo consistiu em uma revisão integrativa da literatura com o objetivo de adaptar o instrumento construído e validado por Moreira (2011), à população idosa com Febre Chikungunya. A revisão integrativa ocorreu nos meses de fevereiro a abril de 2017, nas bases de dados, a saber: CINAHL, COCHRANE, LILACS, PubMed, SCOPUS, Science direct e Web of science. Realizou-se uma busca não controlada das produções científicas, sem recorte temporal, pelos descritores indexados e não indexados e os 12 indicadores da Nursing Outcomes Classification para o Resultado de Enfermagem Mobilidade. Em seguida, para a etapa de validação semântica, o instrumento foi entregue a 12 enfermeiros que trabalhavam na atenção primária à saúde. Posteriormente a isto, a terceira etapa consistiu na validação clínica do instrumento adaptado à população idosa acometida pela Febre Chikungunya. O estudo foi realizado em sete unidades de saúde pertencentes à Secretaria Municipal de Saúde do Município de Natal/RN. A coleta de dados ocorreu nos meses de julho e agosto de 2017 em 90 pacientes idosos acometidos pela Febre Chikungunya avaliados por duas duplas de enfermeiros avaliadores. Para análise de conteúdo textual da revisão integrativa, utilizou-se o software Interface de R pourles Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (IRAMUTEQ) versão 0.7 Alpha 2. Os dados da validação semântica e clínica foram organizados em planilha no programa Microsoft Office Excel 2012 e exportados para o programa estatístico Statistical Package for Social Sciences versão 22.0 for Windows. Na validação semântica foi aplicado teste binominal com concordância igual ou superior a 85%. Para validação clínica, análises descritivas foram calculadas as medidas do centro da distribuição e suas variabilidades. Aplicou-se o teste de Friedman para verificar divergência entre avaliadores com anterior análise pós-hoc pelo método de diferença mínima significante nos casos de diferença estatisticamente significante. Calculado o coeficiente de correlação intraclasse para comparar a correlação das avaliações realizadas pelos enfermeiros avaliadores e o coeficiente Alfa de Cronbach para verificar a consistência interna das duplas avaliadoras. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte sob CAAE nº 64880017.9.0000.5537. Na Revisão Integrativa, a Classificação Hierárquica Descendente apontou dois eixos principais relacionados à Febre Chikungunya relacionados a artigos que priorizam evidências clínicas da fase aguda e por sinais, sintomas duradouros e incapacidades da fase subaguda e crônica. O indicador dor articular foi adicionado por ser considerado importante na literatura mediante nuvem de palavras. Quanto à etapa de validação semântica, o instrumento foi considerado inteligível para avaliação por parte dos enfermeiros. Oito indicadores alcançaram ou excederam o índice de concordância de 0,85 com exceção do indicador Desempenho na transferência, pois a concordância foi de 0,83 e p<0,05. Constata-se assim, a necessidade de revisar o indicador Desempenho na transferência quanto ao critério de inteligibilidade. Conclui-se que o estudo permitiu adaptar o instrumento ora validado, para população idosa com Chikungunya. Deste modo, foi possível observar que o instrumento se aplica à população em questão e sua adaptação contribuirá para mensurar o impacto da assistência prestada pelos enfermeiros frente aos acometimentos da Febre Chikungunya. Verificou-se ainda, a validade dos indicadores capazes de mensurar a Mobilidade dos pacientes idosos acometidos pela Febre Chikungunya pelos enfermeiros, contudo, a necessidade de aprimoramento do indicador Desempenho na transferência. 


  • Mostrar Abstract
  • Chikungunya fever represents a problem with international renown for public health and epidemiology, because the aborvirus-transmitted disease is part of the group of infectious diseases with emerging and re-emerging potential. The study aimed to validate the Nursing Mobility Outcome in the elderly with Chikungunya Fever. Methodological study carried out in three stages: integrative literature review, semantic validation and clinical validation. The first stage of the study consisted of an integrative review of the literature with the objective of adapting the instrument constructed and validated by Moreira (2011), to the elderly population with Chikungunya Fever. The integrative review occurred from February to April 2017, in the databases, namely: CINAHL, COCHRANE, LILACS, PubMed, SCOPUS, Science direct and Web of science. There was an uncontrolled search of the scientific productions, without temporal cut, by the indexed and non-indexed descriptors and the 12 indicators of the Nursing Outcomes Classification for the Nursing Outcome Mobility. Then, for the semantic validation stage, the instrument was delivered to 12 nurses working in primary health care. Subsequently, the third step consisted in the clinical validation of the instrument adapted to the elderly population affected by Chikungunya Fever. The study was carried out in seven health units belonging to the Municipal Health Department of the Municipality of Natal / RN. The data collection occurred in July and August of 2017 in 90 elderly patients affected by Chikungunya Fever evaluated by two pairs of nurse evaluators. For the analysis of the textual content of the integrative revision, the software Interface of Routles Analyzes Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (IRAMUTEQ) version 0.7 Alpha 2 was used. The data of the semantic and clinical validation were organized in spreadsheet in the program Microsoft Office Excel 2012 and exported to the statistical program Statistical Package for Social Sciences version 22.0 for Windows. In the semantic validation, a binomial test with agreement equal or superior to 85% was applied. For clinical validation, descriptive analyzes were calculated on the measures of the distribution center and its variabilities. The Friedman test was used to verify divergence between evaluators with previous post hoc analysis by the method of least significant difference in cases of statistically significant difference. The intraclass correlation coefficient was calculated to compare the correlation between the evaluations performed by the nurses evaluators and the Cronbach's alpha coefficient to verify the internal consistency of the double evaluators. The study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte under CAAE nº 64880017.9.0000.5537. In the Integrative Review, the Descending Hierarchical Classification pointed out two main axes related to Chikungunya Fever related to articles that prioritize clinical evidences of the acute phase and by signs, long-lasting symptoms and disabilities of the subacute and chronic phase. The articular pain indicator was added because it was considered important in the literature through word cloud. As for the semantic validation stage, the instrument was considered intelligible for evaluation by the nurses. Eight indicators reached or exceeded the agreement index of 0.85 with the exception of the transfer performance indicator, since the agreement was 0.83 and p <0.05. Thus, the need to revise the Performance indicator in the transference regarding the intelligibility criterion. It is concluded that the study allowed to adapt the instrument validated for the elderly population with Chikungunya. In this way, it was possible to observe that the instrument applies to the population in question and its adaptation will contribute to measure the impact of the assistance provided by the nurses to the attacks of the Chikungunya Fever. The validity of the indicators capable of measuring the mobility of the elderly patients affected by Chikungunya Fever by the nurses was also verified, however, the need for improvement of the transfer performance indicator was verified.

9
  • CINTIA CAPISTRANO TEIXEIRA ROCHA
  • MAPEAMENTO CRUZADO DOS TÍTULOS DE DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM FORMULADOS SEGUNDO A CIPE® VERSUS DIAGNÓSTICOS DA NANDA INTERNACIONAL PARA PESSOAS VIVENDO COM AIDS

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • GREICY KELLY GOUVEIA DIAS BITTENCOURT
  • MARIA MIRIAM LIMA DA NÓBREGA
  • QUENIA CAMILLE SOARES MARTINS
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • Data: 06/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Tratar-se de um estudo transversal, com o objetivo de realizar o mapeamento cruzado dos títulos de diagnósticos de enfermagem (DE) de pessoas vivendo com Aids formulados segundo a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®) com os diagnósticos da NANDA Internacional (NANDA-I), bem como classificar os títulos mapeados de acordo com a teoria das Necessidades Humanas Básicas (NHB) de Wanda de Aguiar Horta com seguinte validação de conteúdo do produto do mapeamento. Os títulos de diagnósticos para pessoas vivendo com Aids da CIPE® e NANDA-I foram tabulados no programa Microsoft Excel (Office 2013) e elaboradas duas listas, em que os títulos de diagnósticos de enfermagem foram comparados entre os sistemas de classificação, juntamente com suas, respectivas definições operacionais/conceito, em títulos constantes e não constantes. Em seguida, os títulos não constantes foram submetidos a análise utilizando os critérios advindos de Leal (2006), sendo classificados como: similar, mais abrangente, mais restrito, não existe concordância. Os produtos do mapeamento foram submetidos à validação de conteúdo por consenso. Para tanto, foi considerado o Índice de concordância igual ou maior que 0,80 entre os especialistas. Selecionaram-se especialistas no sistema de classificação CIPE® no Centro CIPE, localizado em João Pessoa/PB; e no sistema de classificação NANDA-I utilizou-se a ferramenta de busca da Plataforma Lattes do portal do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte mediante o Parecer nº 1.963.581 e certificado de apresentação para apreciação ética nº47380915.2.0000.5537. Foram encontrados 135 diagnósticos de enfermagem, destes 84 do sistema de classificação CIPE® e 51 da NANDA-I. Após realizar-se o mapeamento cruzado 81% dos DE CIPE® foram não contantantes na NANDA-I, enquanto 19% foram constantes. Dos 81% não constantes, foram classificados segundo Leal (2016) em: 23% similar, 12% mais restrito, 6% mais abrangente, 1% não existe concordância e 58% não foi encontrado DE NANDA-I correspondente. Quando classificados segundo as NHB, encontrou-se, respectivamente, para as classificações CIPE® e NANDA-I: Psicobiológicas 77% e 80%; Psicossociais 19% e 16%; Psicoespirituais 4% e 4%. Diante do quantitativo de DE para pessoas vivendo com Aids segundo a CIPE®, superior aos da NANDA-I, percebeu-se uma maior liberdade para sua elaboração, já que se baseia na utilização de termos para elaboração de seus DE, além de tais termos estarem, predominantemente, associados a sinais e sintomas clínicos, o que permite uma aproximação maior dos diagnósticos da prática clínica. Quanto as NHB, houve o predomínio de diagnósticos voltados para as NHB psicobiológicas tanto utilizando a CIPE® quanto a NANDA-I. Tal fato está relacionado a hegemonia ainda do modelo de saúde biomédico, voltado para o corpo, além de ser justificada, em parte, pela especificidade da clientela, em que diversas alterações fisiológicas ocorrem com a patologia instalada. Verificou-se que o processo de raciocínio clínico para a elaboração dos títulos diagnósticos de enfermagem utilizando ambas as classificações, levou a formulação de DE com padrões semelhantes quando somamos os contantes 16 com os não contantes, mas similares 19, resultanto em 42% dos DE. Tal fato demostrou que utilizando-se um raciocínio clínico com acurácia o enfermeiro pode fazer uso de ambas as classificações. O estudo torna-se importante por comparar a utilização prática das duas classificações de enfermagem mais utilizadas no mundo, auxiliando a tomada de decisão dos enfermeiros embasada no conhecimento científico em uma clientela tão complexa e específica, além de contribuir para o desenvolvimento da CIPE® e NANDA-I e, consequente, fortalecer a Enfermagem como ciência.


  • Mostrar Abstract
  • This is a cross-sectional study with the objective of cross-mapping the titles of nursing diagnoses (ED) of people living with AIDS formulated according to the International Classification of Nursing Practice (CIPE®) with NANDA International diagnoses (NANDA-I), as well as to classify the mapped titles according to Wanda de Aguiar Horta's Basic Human Needs theory (NHB) with the following validation of the product content of the mapping. The CIPE® and NANDA-I diagnostics certificates for people living with AIDS were tabulated in the Microsoft Excel (Office 2013) program and two lists were drawn up, in which the nursing diagnosis titles were compared between the classification systems, along with their , respective operational definitions / concept, in constant and non-constant securities. Then, the non-constant securities were submitted to analysis using the criteria derived from Leal (2006), being classified as: similar, more comprehensive, more restricted, there is no agreement. The mapping products were submitted to content validation by consensus. For this, the agreement index was equal to or greater than 0.80 among the specialists. Specialists in the CIPE® classification system were selected at the CIPE Center, located in João Pessoa / PB; and in the NANDA-I classification system was used the search tool of the Lattes Platform of the portal of the National Council of Scientific and Technological Development (CNPq). The project was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte through Opinion No. 1,963,581 and presentation certificate for ethical assessment nº47380915.2.0000.5537. We found 135 nursing diagnoses, of these 84 of the CIPE® classification system and 51 of NANDA-I. After cross-mapping, 81% of CIPE® DE were non-accommodating in NANDA-I, while 19% were constant. Of the 81% that were not constant, they were classified according to Leal (2016) in: 23% similar, 12% more restricted, 6% more comprehensive, 1% no agreement and 58% not found NANDA-I correspondent. When classified according to the NHB, they were, respectively, for the CIPE® and NANDA-I classifications: Psychobiological 77% and 80%; Psychosocial 19% and 16%; Psychospiral 4% and 4%. Given the amount of ED for people living with AIDS according to CIPE®, superior to those of NANDA-I, it was perceived a greater freedom for its elaboration, since it is based on the use of terms for elaboration of its DE, in addition to such terms are predominantly associated with clinical signs and symptoms, which allows a greater approximation of clinical practice diagnoses. As for NHBs, there was a predominance of diagnoses for psychobiological NHBs using both ICNP and NANDA-I. This fact is related to the hegemony still of the biomedical health model, directed to the body, besides being justified, in part, by the specificity of the clientele, in which several physiological changes occur with the installed pathology. It was verified that the clinical reasoning process for the elaboration of the nursing diagnostic titles using both classifications led to the formulation of ED with similar patterns when we added the 16 counters to the non-constant, but similar 19, resulting in 42% of the DE . This fact showed that using a clinical reasoning with accuracy, the nurse can make use of both classifications. The study is important because it compares the practical use of the two most used nursing classifications in the world, helping the decision-making of nurses based on scientific knowledge in such a complex and specific clientele, besides contributing to the development of ICNP and NANDA-I and, consequently, strengthen Nursing as a science.

10
  • ANA BEATRIZ FERREIRA VITORINO
  • Crescimento e desenvolvimento da criança com microcefalia relacionada à transmissão vertical do Zika vírus

  • Orientador : NILBA LIMA DE SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTYANNE SAMARA MIRANDA DE HOLANDA DA NÓBREGA
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • Data: 14/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • INTRODUÇÃO: A infecção pelo vírus Zika é caracterizada como uma doença febril aguda com maior prevalência da infecção assintomática. A microcefalia é uma anomalia, na qual há má formação cerebral, com irregularidades de estruturas e funções ao recém-nascido, presentes no momento do nascimento. Justifica-se o estudo pela importância do conhecimento acerca do crescimento e desenvolvimento das crianças portadoras de microcefalia relacionada ao Zika vírus, com vistas ao acompanhamento e estimulação de suas aptidões junto à família e profissionais. OBJETIVO: Objetivou-se analisar as alterações no crescimento e desenvolvimento de crianças com microcefalia relacionada à transmissão vertical do Zika vírus. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo epidemiológico e descritivo de abordagem quantitativa realizado no ambulatório de pediatria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, localizado no município de Natal, Rio Grande do Norte. O estudo teve como público alvo todas as crianças diagnosticadas com microcefalia relacionada à transmissão pelo Zika vírus e acompanhadas no local de pesquisa que totalizou o quantitativo de 36 crianças durante o período de coleta. A coleta realizou-se entre os meses julho e outubro de 2017, mediante um instrumento dividido em duas partes, aplicado às mães de recém-nascidos portadores de Microcefalia e a outra parte com dados da consulta de crescimento e desenvolvimento dos recém-nascidos. O projeto teve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte sob o nº de CAAE 64872817.2.0000.5537. Os dados foram submetidos ao software Statistical Package for the Social Sciences- SPSS versão 21, por meio da estatística descritiva e inferencial e foi aplicado o teste de Fisher e Mann Whitney ao nível de significância α ꞊ 5%. RESULTADOS: Os resultados apontaram alterações, com base no padrão de normalidade, de quase todo o marcos do desenvolvimento da criança. Dentre os marcos do desenvolvimento infantil, o único que foi apresentado em 100% das crianças investigadas foi o “Emite sons, balbuciando”.  Houve importantes alterações no que diz respeito ao desenvolvimento neuropsicomotor da criança portadora de Microcefalia relacionada ao vírus Zika, além de déficits oculares, visuais, na fala, na escuta, alterações de cunho muscular como hipertonia ou hipotonia, além de descontrole cervical e alterações também no crescimento concernente a peso, estatura e Índice de Massa Corporal. Registraram-se associações entre a história materna e infantil com os seus marcos de desenvolvimento. CONCLUSÃO: As principais alterações encontradas no crescimento e desenvolvimento de crianças com microcefalia relacionada à transmissão vertical do Zika vírus foram alterações no desenvolvimento neuropsicomotor, alterações oculares, visuais, retardos na comunicação e alterações musculares. Quanto ao crescimento detectou-se comprometimento nos índices de massa corporal.  A partir do alcance dos objetivos pode-se pensar na realização de estimulação a esses pacientes no intuito de aumentar sua expectativa e qualidade de vida. 


  • Mostrar Abstract
  • INTRODUCTION: Zika virus infection is characterized as an acute febrile illness with a higher prevalence of asymptomatic infection. Microcephaly is an anomaly, in which there is poor brain formation, with irregularities of structures and functions to the newborn present at birth. The study is justified by the importance of knowledge about the growth and development of children with microcephaly related to Zika virus, with a view to monitoring and stimulating their skills with family and professionals. OBJECTIVE: The objective was to analyze the changes in the growth and development of children with microcephaly related to the vertical transmission of the Zika virus. METHODOLOGY: This is an epidemiological and descriptive study of a quantitative approach performed at the pediatric outpatient clinic of the Federal University of Rio Grande do Norte, located in the city of Natal, Rio Grande do Norte. The study had as a target audience all children diagnosed with microcephaly related to transmission by the Zika virus and accompanied at the research site that totaled the quantitative of 36 children during the collection period. The collection was performed between July and October 2017, using an instrument divided into two parts, applied to the mothers of newborns with Microcephaly and the other part with data on the consultation of growth and development of newborns. The project was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte under the number CAAE 64872817.2.0000.5537. Data were submitted to the Statistical Package for Social Sciences - SPSS version 21, using descriptive and inferential statistics, and the Fisher and Mann Whitney test was applied at significance level α ꞊ 5%. RESULTS: The results indicated changes, based on the normality pattern, of almost all the child developmental milestones. Among the milestones of child development, the only one that was presented in 100% of the children investigated was the "Emits sounds, babbling". There were important changes in the neuropsychomotor development of the child with Microcephaly related to the Zika virus, as well as visual, speech, hearing, muscular changes such as hypertonia or hypotonia, as well as cervical uncontrol and alterations in the growth related to weight, height and body mass index. Associations between maternal and infant history were identified with their developmental milestones. CONCLUSION: The main alterations found in the growth and development of children with microcephaly related to the vertical transmission of Zika virus were alterations in neuropsychomotor development, ocular, visual alterations, communication delays and muscular alterations. Growth was detected in the body mass index. From the reach of the objectives one can think of the accomplishment of stimulation to these patients in order to increase their expectation and quality of life.

11
  • RAIANNY ALVES COSTA MEDEIROS
  • Prevalência do Ressecamento Ocular e do Diagnóstico de Enfermagem Risco de Olho Seco em pacientes adultos em pós-operatório imediato

  • Orientador : ALLYNE FORTES VITOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • FABIANE ROCHA BOTARELI
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • RHANNA EMANUELA FONTENELE LIMA DE CARVALHO
  • Data: 14/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se caracterizar o Ressecamento Ocular e o Diagnóstico de Enfermagem (DE) Risco de Olho Seco em pacientes adultos em período pós-operatório imediato.  Trata de estudo transversal, realizado no Centro Cirúrgico e na Unidade de Recuperação Pós-Anestésica (URPA) do Hospital Universitário Onofre Lopes, de maio a agosto de 2017. A população constituiu-se de pacientes adultos submetidos aos procedimentos cirúrgicos eletivos, amostra final de 157 pacientes. O instrumento de coleta de dados constituiu-se de dados epidemiológicos e clínicos, escala de Aldrete e Kroulik, fatores de risco para o DE Risco de Olho Seco da NANDA-I, teste de Schirmer e o resultado de enfermagem da NOC (Gravidade do Olho Seco) aprimorado por Fernandes (2015). Dois enfermeiros diagnosticadores analisaram os dados e definiram os desfechos do estudo. Os dados foram analisados pelo programa Statistical Package for the Social Science (SPSS) versão 22.0. Na análise descritiva utilizaram-se frequências, medidas do centro da distribuição e respectivas variabilidades. Na normalidade dos dados utilizou Shapiro-Wilk; na comparação da média de amostras independentes, o t de Student; para os dados assimétricos, Mann-Whitney; na análise das variáveis associativas, Qui-quadrado de Pearson e em frequências menores que cinco, o teste de Fisher. A magnitude da associação pela Razão de Prevalência e o Intervalo de Confiança (IC) de 95%. Foi considerado nível de significância de 95% (p≤0,05) em todos os testes utilizados. Obteve-se parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa nº 2.004.545 e CAEE 64881717.5.0000.5537. Os pacientes foram informados dos objetivos do estudo e solicitados a assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). Foi obedecido às determinações da Resolução nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde, do Ministério da Saúde do Brasil. Dos 157 pacientes do estudo 52,23% eram do sexo masculino, com idade média 48,90 (±15,98) anos, com companheiro (60,51%), nascido no interior do Rio Grande do Norte (RN) (56,05%), residem na capital do RN (49,8%), possuem tempo médio de estudo de 9,11 (±3,94) anos, trabalham com remuneração (54,78%) e recebem em média 1,63 (±1,21) salários mínimos. A prevalência do Ressecamento Ocular foi de 85,35% e do DE Risco de Olho Seco de 14,65% nos pacientes em pós-operatório imediato. O Ressecamento Ocular no Olho Direito (OD) foi 95% mais prevalente em pacientes que utilizaram o anestésico geral e 21 % mais prevalentes no uso do inibidor/protetor de secreção gástrica. Pacientes com o DE Risco de Olho Seco que utilizaram o anestésico geral apresentaram 30% menos prevalência de desenvolver esse desfecho. Pacientes com os fatores envelhecimento e regime de tratamento tiveram 82% e 62% menos prevalência de desenvolver o Ressecamento Ocular no OD e Olho Esquerdo (OE) respectivamente. Pacientes com hiperemia apresentaram 3,19 vezes mais prevalência de Ressecamento Ocular no OD. O lacrimejamento excessivo foi 3,77 vezes mais prevalente em pacientes com o DE. O Schimer apresentou significância estatística (P<0,001) nos desfechos estudados. O presente estudo é relevante para incentivar iniciativas de prevenção do Ressecamento Ocular em pacientes cirúrgicos. 


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to characterize Ocular Dryness and the Diagnosis of Nursing (OD) Dry Eye Risk in adult patients in the immediate postoperative period. This is a cross-sectional study, carried out at the Surgical Center and Post-Anesthetic Recovery Unit (URPA) of the Onofre Lopes University Hospital, from May to August 2017. The population consisted of adult patients submitted to elective surgical procedures, final sample of 157 patients. The data collection instrument consisted of epidemiological and clinical data, Aldrete and Kroulik scale, risk factors for NANDA-I dry eye risk, Schirmer's test and NOC nursing result (Eye Gravity Seco) improved by Fernandes (2015). Two diagnostic nurses analyzed the data and defined the study outcomes. The data were analyzed by the Statistical Package for Social Science (SPSS) version 22.0. In the descriptive analysis we used frequencies, measures of the distribution center and respective variabilities. In the normality of the data used Shapiro-Wilk; in the comparison of the average of independent samples, Student t; for asymmetric data, Mann-Whitney; in the analysis of associative variables, Pearson Chi-square and in frequencies smaller than five, Fisher test. The magnitude of the association by the Prevalence Ratio and the Confidence Interval (CI) of 95%. A significance level of 95% (p≤0.05) was considered in all tests used. A favorable opinion was obtained from the Research Ethics Committee No. 2,004,545 and CAEE 64881717.5.0000.5537. The patients were informed of the objectives of the study and asked to sign the Informed Consent Form (TCLE). It was obeyed the determinations of Resolution 466/2012 of the National Health Council, of the Ministry of Health of Brazil. Of the 157 patients in the study, 52.23% were males, with a mean age of 48.90 (± 15.98) years, with a partner (60.51%) born in the interior of Rio Grande do Norte, 05%), reside in the capital of the RN (49.8%), have an average study time of 9.11 (± 3.94) years, work with remuneration (54.78%) and receive on average 1.63 (± 1,21) minimum wages. The prevalence of Ocular Dryness was 85.35% and of the OD of Dry Eye Risk of 14.65% in patients in the immediate postoperative period. The Right Eye Ocular Dryness (OD) was 95% more prevalent in patients who used the general anesthetic and 21% more prevalent in the use of the gastric secretion inhibitor / protector. Patients with dry eye risk factors who used the general anesthetic had a 30% lower prevalence of developing this outcome. Patients with aging factors and treatment regimen had 82% and 62% less prevalence of developing Ocular Dryness in OD and Left Eye (OE) respectively. Patients with hyperemia presented 3.19 times more prevalence of Ocular Dryness in the DO. Excessive tearing was 3.77 times more prevalent in patients with ED. Schimer presented statistical significance (P <0.001) in the studied outcomes. The present study is relevant to encourage initiatives to prevent eye dryness in surgical patients.

12
  • ELIABE RODRIGUES DE MEDEIROS
  • Avaliação do grau da implantação do Programa Saúde na Escola no Município de Natal

  • Orientador : ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • OSVALDO YOSHIMI TANAKA
  • PAULA FERNANDA BRANDAO BATISTA DOS SANTOS
  • Data: 18/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: O Programa Saúde na Escola propõe a execução de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde dos estudantes da educação básica com a finalidade contribuir à formação integral destes. Objetivos: O objetivo geral foi avaliar o grau da implantação do Programa Saúde na Escola no Município de Natal. Os objetivos específicos foram: elaborar o modelo lógico normativo do Programa Saúde na Escola; identificar os componentes da estrutura e do processo do Programa Saúde na Escola e; atribuir o grau da implantação do Programa Saúde na Escola. Método: Utilizou-se a apreciação normativa em todos os passos da pesquisa. A construção do modelo lógico foi realizada através da pesquisa metodológica e fundamentou-se no referencial teórico metodológico de avaliação de Avedis Donabedian que considera a tríade estrutura, processo e resultado. Seguiu-se as etapas de: descrição do problema, levantamento dos dados referentes às capacidades, recursos e lacunas da intervenção, apresentação das atividades propostas, identificação dos produtos e/ou resultados esperados para cada atividade, organização dos componentes do modelo lógico e apresentação de cada componente utilizado. A abordagem quantitativa foi utilizada para a avaliação do grau da implantação do Programa Saúde na Escola no Município de Natal/RN. No período de arrolamento dos participantes, esta capital possuía 37 Unidades de Saúde da Família. Em cada uma delas trabalham, no mínimo, um profissional de categorias distintas (médico, enfermeiro, técnico ou auxiliar em enfermagem, agente comunitário de saúde, odontólogo e auxiliar ou técnico em saúde bucal) contabilizando 228 profissionais. A partir do cálculo amostral para populações finitas identificou-se que participariam 144 profissionais em 24 unidades, distribuídos igualmente entre as categorias profissionais. Prezando pela representatividade dos dados em todo o município, preconizou-se que a amostra fosse distribuída proporcionalmente ao quantitativo de Unidades de Saúde da Família em cada distrito sanitário. Utilizou-se um questionário estruturado, construído a partir das normatizações do programa, e composto por questões abertas e fechadas, organizadas em dimensões estrutura e processo. A coleta de dados aconteceu entre maio e julho de 2017 e, não houve reposição em caso de não participação nas atividades do programa, recusa profissional ou ausência durante essa etapa. Os dados foram organizados em planilhas e analisados através da estatística descritiva no IBM SPSS Statistics Base 22.0. Para identificar o grau da implantação foram selecionadas perguntas fechadas que indicaram a presença ou ausência de elementos do programa através de 13 critérios. O percentual de respostas identificadas foi distribuído em quatro classificações correspondentes ao seu grau da implantação: totalmente implantado (76% a 100%) parcialmente implantado (51% a 75%), implantação incipiente (26% a 50%) e não implantado (0% a 25%). Seguiu-se a Resolução 466 de 2012 do Conselho Nacional de Saúde onde o estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte mediante parecer 2.064.901. Resultados: O modelo lógico permitiu compreender que a promoção de um processo educativo propício ao desenvolvimento integral do educando é resultado esperado do Programa Saúde na Escola. Para atingi-lo, foi necessária a utilização dos recursos humanos, financeiros, infraestruturais e materiais para a realização de atividades de avaliação clínica e psicossocial, promoção da saúde e prevenção de doenças e agravos, capacitação dos profissionais de saúde e educação, monitoramento e avaliação e reuniões de planejamento pela gestão. Dos 144 profissionais selecionados na amostra, 28 não participavam das atividades de saúde escolar, sete recursaram e quatro estavam ausentes durante a coleta de dados, resultando em 105 participantes. A partir das respostas obtidas, foi possível avaliar o grau da implantação do Programa Saúde na Escola em Natal/RN. A intervenção apresenta implantação incipiente (33,23%), classificação também encontrada nas dimensões estrutura (29,39%) e processo (34,94%). Os recursos financeiros e infraestruturais, Semana Saúde na Escola, atividades de avaliação clínica e psicossocial e de promoção da saúde, prevenção de doenças e agravos foram avaliados não implantados. Os recursos humanos e materiais, reuniões de planejamento da gestão municipal, nível de ensino das escolas, atividades de formação dos profissionais e educação permanente e registro e monitoramento de informações mostraram implantação incipiente. O agendamento das atividades foi avaliado parcialmente implantado. As reuniões de planejamento no território apresentaram-se totalmente implantadas. Conclusão: O modelo lógico possibilitou compreender a organização estrutural, atividades e resultados do Programa Saúde na Escola e subsidiou seu processo de avaliação. O programa apresenta implantação incipiente em Natal/RN, onde faz-se necessário que os recursos sejam disponibilizados para atender as necessidades do programa, que haja a articulação entre a gestão e os profissionais e que os processos de capacitação sejam intensificados.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The School Health Program proposes an execution of actions of prevention, promotion and attention to the health of the students of basic education with a purpose to contribute to the integral formation of these. Objectives: The general objective was to evaluate the degree of implantation of the School Health Program in the Municipality of Natal. The specific objectives: to elaborate the normative logic model of the School Health Program; identify the components of the structure and process of the Health in School Program; attribution of the diploma of the School Health Program. Method: Use a normative appreciation in all the steps of the research. A construction of the logical model was carried out through methodological research and based on Avedis Donabedian's theoretical methodological reference framework that considers a triad structure, process and result. Follow as steps of: problem description, data collection on the capabilities, resources and gaps of the intervention, presentation of proposed activities, identification of the products and / or expected results for each activity, organization of the components of the model and presentation of each component used. The quantitative approach for the evaluation of the degree of implantation of the School Health Program without Municipality of Natal/RN. During the enrollment period, the capital has 37 Family Health Units. In each worker, at least one professional of different categories (doctor, nurse, technician or auxiliary in nursing, community health agent, dentist and auxiliary or technical in oral health) counting 228 professionals. From the sample calculation for finite populations we identified that participatory 144 professionals in 24 units, equally distributed among professional categories. Predicting the representativeness of data throughout the municipality, it was recommended that a sample be distributed proportionally to the quantitative of Family Health Units in each health district. A structured questionnaire was constructed, based on the normative of the program, and filled with open and closed questions, organized in structure and process dimensions. A data collection took place between May and July 2017 and there was no replacement in case of non-participation in the program activities, professional refusal or absence during this stage. The data were organized into spreadsheets and analyzed using descriptive statistics without IBM SPSS Statistics Base 22.0. In order to identify the degree of implementation of the test we have closed questions that indicate a presence or absence of elements of the program through 13 criteria. The percentage of responses identified was distributed in four classifications corresponding to their degree of implantation: totally implanted (76% to 100%) partially implanted (51% to 75%), incipient implantation (26% to 50%) and not implanted (0% to 25%). Follow Resolution 466 of 2012 of the National Health Council, where it was studied by the Research Education Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, through opinion 2.064.901. Results: The logical model that is a promoter of an educational process conducive to the integral development of the student and the expected result of the School Health Program. Implementation of human resources, resources, infrastructures and materials to carry out clinical and psychosocial evaluation activities, health promotion and prevention of diseases and injuries, training of health professionals and education, monitoring and evaluation, and management planning meetings. Of the 144 professionals selected in the sample, 28 did not participate in school health activities, seven recruited and four servers in the data collection, resulting in 105 participants. From the obtained answers, it was possible to evaluate the degree of implantation of the School Health Program in Natal/RN. The intervention presents incipient implantation (33,23%), classification also found in the dimensions structure (29,39%) and process (34,94%). Financial resources and infrastructures, Public Health Week, clinical and psychosocial assessment activities and health promotion, prevention of diseases and injuries are not implemented. Human and material resources, municipal management planning meetings, school education, people training activities and continuing education and registration and information on the implementation of the incipient implant. The scheduling of activities for partially implemented evaluation. As non-territory planning meetings were fully implemented. Conclusion: The logical model made it possible to understand the structural organization, activities and results of the School Health Program and subsidized its evaluation process. The program presents an incipient implantation in Natal/RN, where it is necessary that the resources be made available to attend the needs of the program, that there is the articulation between the management and the professionals and that the training processes are intensified.

13
  • FERNANDO HIAGO DA SILVA DUARTE
  • BANCO DE TERMOS DA LINGUAGEM ESPECIAL DE ENFERMAGEM PARA PACIENTES COM LESÃO POR PRESSÃO.

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • MARIA MIRIAM LIMA DA NÓBREGA
  • MIRIAN ALVES DA SILVA
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • Data: 18/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • A lesão por pressão é o resultado da pressão prolongada sobre uma área do corpo do paciente diminuindo a circulação sanguínea minimizando a distribuição de sangue, nutrientes e oxigênio nesta área desencadeando destruição e morte tecidual, pois o tecido mole é comprimido entre uma proeminência óssea e uma superfície rígida durante um período de tempo prolongado. O banco de termos da linguagem especial de enfermagem identifica conceitos que contribuem com a construção de diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem. A utilização desse banco direcionada a pacientes com lesão por pressão permite desenvolver de forma piramidal a identificação de um vocabulário próprio direcionado ao cuidado de enfermagem. O estudo teve por objetivo construir um banco de termos da linguagem especial de enfermagem para pacientes com lesão por pressão, utilizando a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem versão 2015. Trata-se de um estudo terminológico em um hospital privado na capital do nordeste do Brasil desenvolvida em seis etapas: 1) Identificação e coleta dos termos relevantes à prática da Enfermagem relacionada à lesão por pressão; 2) Extração dos termos dos prontuários e eliminação das repetições; 3) Normalização dos termos; 4) Mapeamento cruzado entre termos extraídos e os termos constantes na CIPE® versão 2015; 5) Refinamento dos termos; 6) Validação das afirmativas do banco de termos. Obteve-se aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob parecer nº 2.356.736 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº 76777017.20000.5537. Identificaram-se 391 termos que foram submetidos ao processo de mapeamento cruzado e validação de especialistas que resultou em 391 termos, sendo 225 termos constantes e 166 termos não constantes na Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem, versão 2015. O estudo permitiu explorar e conhecer os termos utilizados pelos enfermeiros na assistência prestada ao paciente com lesão por pressão, possibilitando o desenvolvimento de enunciados de diagnósticos/resultados e intervenções de enfermagem e também a unificação da linguagem profissional do enfermeiro.  


  • Mostrar Abstract
  • Pressure injury is the result of prolonged pressure on an area of the patient's body by decreasing blood circulation, minimizing the distribution of blood, nutrients, and oxygen in this area, triggering destruction and tissue death, as the soft tissue is compressed between a bone prominence and a hard surface for an extended period of time. The terms bank of the special nursing language identifies concepts that contribute to the construction of nursing diagnoses, results and interventions. The use of this bank aimed at patients with pressure lesions allows the development of a pyramidal identification of an own vocabulary directed to nursing care. The aim of the study was to construct a bank of terms of the special nursing language for patients with pressure injury, using the International Classification for Nursing Practice version 2015. This is a terminological study in a private hospital in the northeast capital of the Brazil developed in six steps: 1) Identification and collection of terms relevant to the practice of Nursing related to pressure injury; 2) Extraction of the terms of the medical records and elimination of repetitions; 3) Standardization of terms; 4) Cross-mapping between extracted terms and the terms in CIPE® version 2015; 5) Refinement of terms; 6) Validation of the terms bank statements. Approval was obtained from the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, under opinion no. 2.356.736 and Certificate of Presentation for Ethical Appreciation nº 76777017.20000.5537. It was identified 391 terms that were submitted to the process of cross-mapping and validation of specialists that resulted in 391 terms, being 225 constant terms and 166 terms not included in the International Classification for Nursing Practice, version 2015. The study allowed to explore and to know the terms used by nurses in the care provided to the patient with pressure injury, allowing the development of statements of diagnosis/results and nursing interventions and also the unification of nurses' professional language.

14
  • ISADORA LORENNA ALVES NOGUEIRA
  • Diagnóstico de enfermagem relacionado ao atraso no desenvolvimento: análise de conteúdo e validação clínica

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • CAROLINE EVELIN NASCIMENTO KLUCZYNIK VIEIRA
  • PAULA FERNANDA BRANDAO BATISTA DOS SANTOS
  • NIRLA GOMES GUEDES
  • Data: 18/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O cuidado à saúde do adolescente é um grande desafio, devido às necessidades próprias dessa faixa etária e pela configuração dos serviços de saúde. Neste sentido, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde de Adolescentes e de Jovens surge no intuito de incluir essa população na rede de atenção do Sistema Único de Saúde, garantindo assistência direcionada às peculiaridades dessa idade. A adolescência é o período entre a infância e a vida adulta, responsável por inúmeras mudanças físicas, sociais, psicológicas e cognitivas no indivíduo. O termo desenvolvimento abrange um processo maturacional, contínuo, que acontece nas diferentes etapas da vida. Difere do conceito crescimento, o qual está relacionado, exclusivamente, aos aspectos quantitativos. O objetivo do estudo é analisar o conteúdo e as medidas de acurácia do diagnóstico de enfermagem Atraso no desenvolvimento. Trata-se de um estudo metodológico, direcionado por duas etapas: análise de conteúdo, desenvolvida com nove especialistas que avaliaram, por meio do grupo focal, os componentes do referido diagnóstico, e validação clínica, que vem sendo realizada no intuito de identificar as características definidoras com melhor acurácia em adolescentes no âmbito escolar do município de Natal-RN. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em pesquisa da instituição responsável, sob número de protocolo 070.358 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética 57945016.4.0000.5537. Os resultados da Análise de conteúdo evidenciaram que o quantitativo de fatores relacionados passou de 16 termos para 17 antecedentes, inseridos no diagnóstico de enfermagem Atraso no desenvolvimento, devido à realocação do termo consequente Déficit de atenção e hiperatividade, para compor os antecedentes. Do mesmo modo, as características definidoras passaram de 14 termos para 12 consequentes, por exclusão dos consequentes Déficit de atenção e hiperatividade e Dificuldade de expressar emoções. Assim sendo, o grupo focal atuou, de maneira parcial ou total, na reestruturação dos termos relacionados à análise conceitual realizada por Delgado (2016). Para a segunda etapa da pesquisa, realizou-se o pré-teste do instrumento de coleta de dados, incluindo 10% da amostra prevista, para verificar a sua adequação. Foi realizado durante o mês de julho de 2017, em duas instituições escolares, totalizando 39 alunos. Constatou-se a adequação do instrumento adotado, sendo, portanto, incluídos os 39 adolescentes na amostra final do estudo (385 alunos). Deu-se continuidade à coleta de dados nos meses de julho a setembro de 2017, para medição da acurácia das características definidoras, na Zona Leste (119 alunos), Zona Norte (78 adolescentes), Zona Oeste (92), e Zona Sul (96). A tabulação dos dados no Microsoft Excel foi concluída para posterior encaminhamento à análise estatística, organização dos dados e discussão com a literatura pertinente. A partir do estudo, espera-se contribuir com o fortalecimento da política pública voltada para a saúde do adolescente e para o raciocínio clínico dos enfermeiros, no tocante à assistência prestada aos adolescentes no âmbito escolar.


  • Mostrar Abstract
  • Adolescent health care is a major challenge, due to the needs of this age group and the configuration of health services. In this sense, the National Policy for Integral Attention to the Health of Adolescents and Young People arises in order to include this population in the network of attention of the Unified Health System, guaranteeing assistance directed to the peculiarities of that age. Adolescence is the period between childhood and adulthood, responsible for numerous physical, social, psychological and cognitive changes in the individual. The term development encompasses a continuous, maturational process that takes place at different stages of life. It differs from the concept of growth, which is exclusively related to quantitative aspects. The aim of the study is to analyze the content and accuracy measures of nursing diagnosis Delay in development. It is a methodological study, directed by two stages: content analysis, developed with nine specialists who evaluated, through the focal group, the components of said diagnosis, and clinical validation, which has been carried out in order to identify the characteristics defining adolescents with better accuracy in the school environment of Natal-RN. The study was approved by the Research Ethics Committee of the institution responsible, under protocol number 070.358 and Certificate of Presentation for Ethical Appraisal 57945016.4.0000.5537. The results of the Content Analysis evidenced that the quantitative of related factors went from 16 terms to 17 antecedents, inserted in the nursing diagnosis. Delay in development, due to the relocation of the consequent term Attention deficit and hyperactivity, to compose the antecedents. Likewise, the defining characteristics changed from 14 terms to 12 consequent, by exclusion of the consequent Attention deficit and hyperactivity and Difficulty of expressing emotions. As such, the focus group worked, partially or totally, on the restructuring of the terms related to the conceptual analysis carried out by Delgado (2016). For the second stage of the research, the pre-test of the instrument of data collection, including 10% of the predicted sample, was carried out to verify its suitability. It was held during the month of July 2017, in two school institutions, totaling 39 students. It was verified the adequacy of the instrument adopted, being therefore included the 39 adolescents in the final sample of the study (385 students). Data were collected from July to September 2017 to measure the accuracy of the defining characteristics in the East Zone (119 students), the Northern Zone (78 adolescents), the West Zone (92), and the South Zone (96). The data tabulation in Microsoft Excel was completed for subsequent routing to statistical analysis, data organization and discussion with relevant literature. From the study, it is hoped to contribute to the strengthening of the public policy focused on adolescent health and to the clinical reasoning of nurses, regarding the assistance provided to adolescents in the school environment.

15
  • KADYJINA DAIANE BATISTA LÚCIO
  • Proposição diagnóstica para o Atraso no crescimento em adolescentes: análise de conteúdo e validação clínica

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • CAROLINE EVELIN NASCIMENTO KLUCZYNIK VIEIRA
  • PAULA FERNANDA BRANDAO BATISTA DOS SANTOS
  • NIRLA GOMES GUEDES
  • Data: 18/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O termo crescimento é, muitas vezes, empregado imprecisamente como sinônimo de desenvolvimento. Apesar de correlatos, esses são fenômenos distintos. O crescimento é um fenômeno biológico complexo determinado geneticamente e modulado por fatores extrínsecos. No período da adolescência, o ser humano vivência uma serie de alterações e o seu segundo surto de crescimento. Diante da necessidade de clarificar esse termo, analisar os fatores influenciadores e as características desse atraso durante a adolescência e ainda contribuir ao avanço da enfermagem, esse estudo tem como objetivo realizar uma proposição diagnóstica sobre o atraso no crescimento em adolescentes diante das etapas de análise de conteúdo e validação clinica. Trata-se de um estudo metodológico, desenvolvido em duas etapas, a saber: análise de conteúdo e validação clínica. Na primeira etapa, foram solicitadas as opiniões dos especialistas com relação à adequação dos componentes e definições da proposição diagnóstica, por meio do grupo focal com nove enfermeiras da prática clinica e que trabalham com diagnósticos de enfermagem. Ocorreram três encontros, nos meses de janeiro a fevereiro de 2017. Na segunda etapa foram avaliados, na prática clínica, os consequentes mais acurados para a proposição diagnóstica Atraso no Crescimento em adolescentes. O instrumento foi aplicado em 385 adolescentes de oito escolas estaduais localizadas no município de Natal. Para análise dos dados, foi utilizada a estatística descritiva e inferencial. Na análise descritiva, foram adotadas medidas de tendência central e de dispersão. Na inferencial, mensuração das medidas de acurácia das características definidoras do diagnóstico apresentado. Esse processo foi realizado através da análise de classe latente, sendo obtidos valores de especificidade e sensibilidade. O projeto de pesquisa foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, sob o número 1.713.820 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética: 57945016.4.0000.5537. A proposição diagnóstica resultou em 15 indicadores, oito fatores relacionados ao atraso no crescimento e sete características definidoras. Como definição para o diagnóstico proposto, adotou-se: Crescimento abaixo do esperado para indivíduos, de mesmo sexo, na faixa etária de 10 aos 19 anos. Os especialistas julgaram pela alocação do diagnóstico segundo a taxonomia da NANDA no Domínio 13 “Crescimento/desenvolvimento” e na Classe 1 “Crescimento”. Assim, espera-se contribuir para o raciocínio diagnóstico do enfermeiro no tocante ao cuidado ao adolescente, bem como ampliar o estado da arte de enfermagem


  • Mostrar Abstract
  • The term growth is often used loosely as synonymous with development. Although correlates, these are different phenomena. Growth is a complex biological phenomenon genetically determined and modulated by extrinsic factors. In the period of adolescence, the human being experiences a series of alterations and his second outbreak of growth. In view of the need to clarify this term, to analyze the factors influencing and the characteristics of this delay during adolescence and to contribute to the advancement of nursing, this study aims to make a diagnostic proposal on the delay in growth in adolescents before the stages of analysis of content and clinical validation. It is a methodological study, developed in two stages, namely: content analysis and clinical validation. In the first stage, the opinions of the specialists were requested regarding the adequacy of the components and definitions of the diagnostic proposal, through the focus group with nine nurses from the clinical practice and who work with nursing diagnoses. There were three meetings, from January to February, 2017. The second stage was evaluated in clinical practice, the most accurate consequences for the diagnostic proposal Delay in Growth in adolescents. The instrument was applied to 385 adolescents from eight state schools located in the city of Natal. To analyze the data, descriptive and inferential statistics were used. In the descriptive analysis, measures of central tendency and dispersion were adopted. In inferential, measurement of the accuracy measurements of the defining characteristics of the presented diagnosis. This process was performed through the latent class analysis, obtaining values of specificity and sensitivity. The research project was submitted and approved by the Research Ethics Committee under number 1,713,820 and Certificate of Presentation for Ethical Appreciation: 57945016.4.0000.5537. The diagnostic proposal resulted in 15 indicators, eight factors related to the delay in growth and seven defining characteristics. As a definition for the proposed diagnosis, it was adopted: Growth below that expected for individuals of the same sex, in the age group from 10 to 19 years. The experts judged by the allocation of the diagnosis according to the NANDA taxonomy in Domain 13 "Growth / development" and in Class 1 "Growth". Thus, it is hoped to contribute to the nurses' diagnostic reasoning regarding adolescent care, as well as to broaden the nursing state of the art.

16
  • CINTIA GALVÃO QUEIROZ
  • EVIDÊNCIAS DE VALIDADE DE INSTRUMENTO ADAPTATIVO PARA O PRÉ E PÓS-
    OPERATÓRIO DE ESTOMIZADOS INTESTINAIS A LUZ DO MODELO DE ADAPTAÇÃO DE ROY

  • Orientador : ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GABRIELA DE SOUSA MARTINS MELO DE ARAUJO
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MIRIAN ALVES DA SILVA
  • Data: 19/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Realizada com fins terapêuticos, as estomias são denominadas ileostomia e colostomia, a depender do segmento a ser exteriorizado, de caráter temporário ou definitivo. Esta abertura criada cirurgicamente desvia as fezes diretamente do trato gastrintestinal para o exterior, tornando-se necessária a utilização de uma bolsa coletora externa ao corpo. A pessoa depara-se não apenas com a perda de um segmento importante, mas com alteração da sua imagem corporal, alterações fisiológicas gastrointestinais, autoestima, sexualidade e atividades cotidianas. Estas mudanças requerem competências adaptativas em todos os domínios da vida. Nesta perspectiva, o cuidado de enfermagem na assistência pré e pós-operatória é imprescindível. O enfermeiro é fundamental no processo de orientação e adaptação do estomizado e deverá ser capaz de identificar o nível de adaptação e intervir para promovê-la. O processo de reabilitação dos estomizados, quando elaborado de forma holística e sistematizado, mediante a primeira etapa do PE, a coleta de dados, torna-se ferramenta incentivadora a adaptação. Para tanto, faz-se necessário a criação de instrumentos que facilitem a coleta dos dados, proporcionando uma significativa melhora da qualidade do cuidado. Diante disso, reforça-se a importância da organização dos cuidados dispensados a pacientes estomizados fundamentado em uma teoria que atenda às necessidades dessa clientela. Nesse contexto, pode-se estabelecer relação com o Modelo de Adaptação de Roy, uma vez que a gama necessidades de ordem física, social e psicológica que afetam esta população, funcionam como estímulos que promovem respostas adaptativas ou ineficientes. Trata-se de um estudo metodológico, quantitativo realizado em três etapas: construção da versão preliminar de um instrumento norteador de consulta de enfermagem fundamentado no modelo de adaptação de Roy, com base nas definições dos constitutivas e operacionais, a partir dos componentes do modelo de Adaptação de Roy (1ª etapa), submissão deste instrumento para validação do seu conteúdo perante os especialistas mediante a técnica de grupo focal (2ª etapa) e pré-teste do instrumento piloto para análise semântica realizada por uma amostra da população (3ª etapa). Para embasar a construção e validação do instrumento foi utilizada a Teoria da Psicometria, a qual se baseia em três polos: teórico, experimental e analítico. Para fins de validação de conteúdo, o presente estudo se deteve-se ao polo teórico. O processo de validação foi analisado aplicando-se o Índice Kappa, para verificação no nível de concordância e nível de consistência dos juízes em relação à permanência ou não dos itens que compõem os instrumentos, e do Índice de Validade de Conteúdo. Foram selecionados 09 juízes para a etapa de validação. A versão final do instrumento possui 34 itens no total, sendo 16 de identificação do paciente, 6 de história clínica, 6 de dados da cirurgia, 67 no modo fisiológico, 15 no autoconceito, 3 no função de papel e 7 no interdependência. Os resultados poderão acarretar repercussões no ambiente hospitalar, uma vez que possibilitará a obtenção de dados/comportamentos do paciente, guiando enfermeiros, docentes e acadêmicos de enfermagem na primeira etapa do processo de enfermagem. Por fim, este estudo proporciona o desenvolvimento tecnológico da enfermagem advindo da construção de um instrumento à luz do Modelo de Adaptação de Roy, ratificando a sistematização da assistência de enfermagem. Este estudo foi aprovado pela Comissão de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, parecer 421.342 (CAAE nº 65941517.8.0000.5537).


  • Mostrar Abstract
  • Taken for therapeutic purposes, the stomies are called ileostomy and colostomy, depending on the segment to be externalized, of a temporary or definitive character. This surgically created opening divert the stool directly from the gastrointestinal tract to the outside, making it necessary to use an external collection bag to the body. The person is faced not only with the loss of an important segment, but with altered body image, gastrointestinal physiological changes, self-esteem, sexuality and daily activities. These changes require adaptive skills in all areas of life. In this perspective, nursing care in pre and postoperative care is essential. The nurse is fundamental in the process of orientation and adaptation of the stomeized and should be able to identify the level of adaptation and intervene to promote it. The process of rehabilitation of stomates, when elaborated in a holistic and systematized way, through the first stage of the PE, data collection becomes an incentive tool for adaptation. To do so, it is necessary to create instruments that facilitate the collection of data, providing a significant improvement in the quality of care. Thus, the importance of the organization of the care given to stomized patients is reinforced, based on a theory that meets the needs of this clientele. In this context, a relationship can be established with Roy's Adaptation Model, since the range of physical, social and psychological needs that affect this population function as stimuli that promote adaptive or inefficient responses. This is a quantitative methodological study carried out in three stages: the construction of the preliminary version of a nursing consultation guiding instrument based on the Roy Adaptation Model, based on the definitions of constitutive and operational, from the components of the model of Adaptation of Roy (1st stage), submission of this instrument for validation of its content to the specialists through the technique of focus group (2nd stage) and pre-test of the pilot instrument for semantic analysis performed by a sample of the population (3rd stage). To support the construction and validation of the instrument, the Theory of Psychometry was used, which is based on three poles: theoretical, experimental and analytical. For purposes of content validation, the present study was stopped at the theoretical pole. The validation process was analyzed by applying the Kappa Index, to verify the level of agreement and level of consistency of the judges in relation to the permanence or not of the items that make up the instruments, and the Content Validity Index. 09 judges were selected for the validation stage. The final version of the instrument has 34 items in total, of which 16 are patient identification, 6 are clinical history, 6 are surgical data, 67 are physiological, 15 are self-concepts, 3 are paper, 7 are interdependent. The results may have repercussions in the hospital environment, since it will enable patient data/behaviors to be obtained, guiding nurses, teachers and nursing students in the first stage of the nursing process. Finally, this study provides the technological development of nursing coming from the construction of an instrument in the light of Roy's Model of Adaptation, ratifying the systematization of nursing care. This study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, opinion 421,342 (CAAE nº 65941517.8.0000.5537).

17
  • JULLIANA FERNANDES DE SENA
  • CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE TECNOLOGIA EDUCATIVA PRA O CUIDADO DE PESSOAS COM ESTOMIA INTESTINAL

  • Orientador : ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • GABRIELA DE SOUSA MARTINS MELO DE ARAUJO
  • MIRIAN ALVES DA SILVA
  • Data: 19/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Viver com a condição de ter uma ostomia ocasiona diversas alterações na vida das pessoas e de seus familiares. Nesta situação surgem dificuldades que muitas vezes nem o paciente e nem a família estão preparados para agir diante do problema. Tudo isso gera a necessidade de aquisição de novas habilidades para o autocuidado. Reconhecendo a importância do material educativo com enfoque na promoção do autocuidado dos pacientes ostomizados, o presente estudo objetiva a criação e validação de uma cartilha educativa para este fim. Trata-se de um estudo metodológico que será dividido em duas etapas: A primeira refere-se a revisão de literatura sobre a temática, a confecção do material educativo e estudo de abordagem qualitativa com os pacientes ostomizados do Centro Especializado em Reabilitação e Habilitação do Rio Grande do Norte (CERHRN), por meio de questionário estruturado. A segunda etapa consistirá da validação de conteúdo, aparência e adequabilidade do material por parte de juízes especialistas, bem como validação quanto sua organização, estilo da escrita, aparência e motivação da cartilha junto à população-alvo.  A análise dos dados será com relação a validação da cartilha educativa pelos juízes, o item e o instrumento como um todo, que deverá apresentar validação do conteúdo com aplicação do Índice Kappa (K) para mensuração do nível de concordância e consistência dos juízes em relação à permanência ou não dos itens do instrumento, levando em conta as indicações de “inadequado” para os mesmos. Na análise dos dados julgados pelo público-alvo, serão considerados validados os itens com nível de concordância mínimo de 75% nas respostas positivas. Os itens com índice de concordância menor que 75% serão considerados dignos de alteração. Após as sugestões feitas pelos juízes será realizada a adequação do material educativo, incorporando as sugestões, a fim de atender às necessidades e expectativas a que se propõe. A tecnologia educativa será disponibilizada nos locais de atendimento ao ostomizado e fornecida aos pacientes que demonstrar interesse. 


  • Mostrar Abstract
  • Living with the condition of having an ostomy causes several changes in the lives of people and their families. In this situation difficulties arise that often neither the patient nor the family is prepared to act in the face of the problem. All this generates the need to acquire new skills for self-care. Recognizing the importance of educational material with a focus on promoting the self care of ostomized patients, the present study aims to create and validate an educational booklet for this purpose. This is a methodological study that will be divided into two stages: The first one refers to a review of the literature on the subject, the preparation of educational material and a qualitative study with the ostomized patients of the Specialized Center for Rehabilitation and Enabling of Rio Grande do Norte (CERHRN), through a structured questionnaire. The second stage will consist of validation of content, appearance and suitability of the material by expert judges, as well as validation as to its organization, writing style, appearance and motivation of the booklet with the target population. The analysis of the data will be with respect to the validation of the educational booklet by the judges, the item and the instrument as a whole, which should present validation of the content with application of the Kappa Index (K) to measure the level of agreement and consistency of the judges in relation To the permanence or not of the items of the instrument, taking into account the indications of "inadequate" for them. In the analysis of the data judged by the target audience, the items with a minimum agreement level of 75% in the positive responses will be considered valid. Items with a concordance index of less than 75% will be considered worthy of change. After the suggestions made by the judges will be carried out the adequacy of the educational material, incorporating the suggestions, in order to meet the needs and expectations proposed. Educational technology will be available at ostomy care locations and provided to patients who show interest.

18
  • THAIS ROSENTAL GABRIEL LOPES
  • VIVÊNCIA DE PAIS NO MÉTODO CANGURU

  • Orientador : JOVANKA BITTENCOURT LEITE DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA CRISTINA ARAUJO DE ANDRADE GALVAO
  • ANA DORCAS DE MELO INAGAKI
  • FLAVIO CESAR BEZERRA DA SILVA
  • JOVANKA BITTENCOURT LEITE DE CARVALHO
  • Data: 19/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • No mundo, mais de 2,7 milhões de recém-nascidos morrem todos anos antes de completar cinco anos de idade. Neste contexto, a Atenção Humanizada ao Recém-nascido de baixo peso ao nascer – Método Canguru constitui uma estratégia de humanização direcionada à saúde neonatal. A proposta deste método é realizar o contato pele-a-pele precoce e contínuo do recém-nascido prematuro com a mãe, o pai e familiares. Esta prática aumenta do vínculo afetivo, incentivo ao aleitamento materno, desenvolvimento neurocomportamental, alta precoce da unidade de saúde, bem como o empoderamendo dos pais e familiares com vistas a continuidade do método no ambiente familiar. Com base no exposto, objetivou-se compreender a vivência do pai no método canguru com filho prematuro. Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, com abordagem qualitativa, ancorada nos pressupostos da Teoria Fundamentada nos Dados e analisados sob a ótica dos princípios do Interacionismo Simbólico. Os dados foram obtidos com 15 homens que vivenciavam o método canguru junto ao filho prematuro, na Unidade de Cuidados Intermediários Canguru da Maternidade Escola Januário Cicco em Natal/RN, Brasil. Conforme os critérios de inclusão, os participantes deveriam estar com idade igual ou superior a 18 anos e que estivessem vivenciando o Método Canguru. A coleta de dados ocorreu no período março à julho de 2017. Para isso utilizou-se um instrumento contendo questões relativas a caracterização sócio demográfica e uma pergunta aberta contemplando a questão da pesquisa. Antecedeu essas etapas a anuência do hospital referido, a aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, CAAE nº 62020016.1.0000.5537 e parecer nº 1.850.383 como também assinatura do Termo de Consentimento Livre Esclarecido pelos entrevistados. Dos dados coletados e analisados emergiram a categoria central Vivência de pais no Método Canguru e três categorias com suas respectivas subcategorias: Sentimentos vivenciados pelo pai na realização do MC; Visão do pai sobre a unidade canguru e Participação dos pais no método canguru. Assim, evidenciou que a prematuridade influencia nos sentimentos do homens diante dos cuidados com o filho. Diante disso faz-se relevante que a equipe de Enfermagem considere as situações diversas enfrentadas pelo pai diante da prematuridade do filho, com vistas a minimizar sentimentos antagônicos e favorecer vínculo entre a díade pai-filho.


  • Mostrar Abstract
  • Worldwide, more than 2.7 million newborns die every year before they reach the age of five. In this context, Humanized Attention to Low Birth Weight Infant - Kangaroo Method is a strategy of humanization directed at neonatal health. The purpose of this method is to perform early and continuous skin-to-skin contact of the premature newborn with the mother, father and family. This practice increases the affective bond, encouragement to breastfeeding, neurobehavioural development, early discharge of the health unit, as well as the empowerment of parents and family members in view of the continuity of the method in the family environment. Based on the above, the objective was to understand the experience of the father in the kangaroo method with premature child. It is an exploratory and descriptive research, with a qualitative approach, anchored in the assumptions of the Theory Grounded in the Data and analyzed from the point of view of the principles of Symbolic Interactionism. The data were obtained with 15 men who lived the kangaroo method with the premature child, in the Kangaroo Intermediate Care Unit of the Maternity School Januário Cicco in Natal / RN, Brazil. According to the inclusion criteria, participants should be 18 years of age or older and living the Kangaroo Method. Data collection took place from March to July 2017. For this purpose, an instrument was used containing questions related to the socio-demographic characterization and an open question contemplating the research question. Preceded these steps the approval of the hospital, the approval of the Ethics and Research of the Federal University of Rio Grande do Norte Committee, CAAE No. 62020016.1.0000.5537 and opinion No. 1,850,383 as well as signing the Consent Agreement Informed by respondents. From the data collected and analyzed emerged the central category named "Parent experience in the Kangaroo Method" and three categories with their respective subcategories: Feelings experienced by the father in the realization of MC; Vision of the father on the kangaroo unit and parental involvement in the kangaroo method. Thus, it was evidenced that prematurity influences the feelings of men in the face of caring for the child. Given this, it is relevant that the Nursing team consider the various situations faced by the father in the face of prematurity of the child, with a view to minimizing antagonistic feelings and favoring a bond between the father-son dyad.

19
  • RENATA CLEMENTE DOS SANTOS
  • Violência e fragilidade em idosos atendidos em unidade de pronto atendimento

  • Orientador : REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRO SILVA COURA
  • FABÍOLA DE ARAÚJO LEITE MEDEIROS
  • LUCIANE PAULA BATISTA ARAUJO DE OLIVEIRA
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • Data: 21/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • A violência contra a pessoa idosa é considerada um fenômeno multifacetado e constantemente silenciado. Entende-se que idosos em vulnerabilidade e frágeis apresentam maior predisposição a se tornarem vítimas de violência, entretanto ainda são poucas as pesquisas que buscam evidenciar a existência dessa correlação. O objetivo desse estudo, é avaliar a correlação entre o risco de violência e a fragilidade em idosos atendidos em uma Unidade de Pronto Atendimento. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, com abordagem quantitativa. Foi desenvolvido no município de Campina Grande, em uma Unidade de Pronto Atendimento, após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob CAAE de Nº. 69857317.2.0000.5537. A população foi composta por todos os idosos atendidos na Unidade, nos meses de agosto e setembro de 2017. A amostra de 146 idosos, foi calculada conforme o cálculo de população finita com erro amostral de 0,08. Foram incluídas pessoas com idade superior a 60 anos, que estavam em atendimento e com condições físicas e emocionais para responder aos instrumentos. Foram utilizados: o instrumento de caracterização da amostra e as Escalas de Edmonton e de rastreamento da violência contra pessoa idosa. A coleta de dados ocorreu após a anuência da instituição, e seguiu as normas previstas na resolução nº. 466/12 do Conselho Nacional de Saúde e mediante a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os dados foram analisados através do Statistical Package for Social Sciences (SPSS), versão 20.0 por meio de testes não paramétricos. Os resultados indicaram a predominância de idosos casados e viúvos, com baixa escolaridade, sendo (56,16%) do sexo masculino, idade até 73 anos (53,42%), residentes no município de Campina Grande (78,08%) e (64,38%) atendidos na Unidade de pronto atendimento classificados na área verde de risco, sendo a queixa de caráter agudo a sua maioria, com (82,19%). A maioria dos idosos foi classificado como frágeis (47,95%) e em risco aumentado para violência (69,86%). Através do teste qui-quadrado (X2) e exato de fisher, e o nível de significância para p-valor < 0,05, observou-se nesse estudo, haver relação estatística entre o nível de fragilidade e a idade, e a área de classificação de atendimento, enquanto que o risco de violência apresentou significância estatística para a faixa etária. Após a aplicação do teste de correlação de Spearman, com nível de significância de 5%, a pesquisa demonstrou evidência de correlação estatisticamente significante, entre o aumento do grau de fragilidade e o risco para violência na pessoa idosa. Confirma-se a hipótese do estudo na qual, conclui-se que, a síndrome da fragilidade aumenta a vulnerabilidade do idoso estar em risco de violência. Além disso, demonstra a importância da utilização na prática dos profissionais de saúde, de instrumentos que avaliam esses agravos, com o intuito de detecção precoce, e visando diminuir o seu impacto na família, nos serviços de atendimento e na própria pessoa idosa.

     


  • Mostrar Abstract
  • Violence against the elderly is considered a multifaceted and constantly muted phenomenon. It is understood that vulnerable and fragile elderly are more likely to become victims of violence, however, there are still few studies that seek to evidence the existence of this correlation. The objective of this study is to evaluate the correlation between the risk of violence and the frailty in the elderly attended at a Care Unit. It is a descriptive and exploratory study, with a quantitative approach. It was developed in the city of Campina Grande, in a Emergency Care Unit, after approval of the Ethics and Research Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte under CAAE No. 69857317.2.0000.5537. The population was composed of all the elderly attending the Unit, in the months of August and September 2017. The sample of 146 elderly individuals was calculated according to the calculation of finite population with a sampling error of 0.08. We included people over 60 years old, who were in care and with physical and emotional conditions to respond to the instruments. The following were used: the sample characterization tool and the Edmonton Scales and the screening of violence against the elderly. The data collection took place after the consent of the institution, and followed the norms set forth in resolution no. 466/12 of the National Health Council and by signing the Term of Free and Informed Consent. Data were analyzed through the Statistical Package for Social Sciences (SPSS), version 20.0 through non-parametric tests. The results indicated the predominance of married and widowed elderly people, with low education (56.16%), male, up to 73 years old (53.42%), living in the city of Campina Grande (78.08%) and (64.38%) attended at the Emergency Care Unit classified in the green area of risk, being the most acute complaint, with (82.19%). Most of the elderly were classified as fragile (47.95%) and at increased risk for violence (69.86%). Through the chi-square test (X2) and fisher's exact test, and the significance level for p-value <0.05, it was observed in this study, there was a statistical relationship between the level of fragility and age, and the area of classification of care, while the risk of violence presented statistical significance for the age group. After the Spearman correlation test, with a significance level of 5%, the study demonstrated statistically significant correlation between the increase in the degree of frailty and the risk for violence in the elderly. The hypothesis of the study confirms that the fragility syndrome increases the vulnerability of the elderly being at risk of violence. In addition, it demonstrates the importance of the use of health professionals in the practice of instruments that evaluate these diseases for the purpose of early detection and to reduce their impact on the family, care services and the elderly.

Teses
1
  • IELLEN DANTAS CAMPOS VERDES RODRIGUES
  • SIMULAÇÃO REALÍSTICA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DO RACIOCÍNIO DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FERNANDO JOSÉ GUEDES DA SILVA JÚNIOR
  • FILADELFIA CARVALHO DE SENA
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • Data: 24/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • A sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) surge como metodologia para a organização do trabalho do enfermeiro, facilita o cuidado ao cliente e confere cientificidade à profissão, visto que requer a utilização de teorias. A Teoria das Necessidades Humanas Básicas, de Wanda de Aguiar Horta, consolidou o surgimento do Processo de Enfermagem (PE) no Brasil, instrumento fundamental para a realização da SAE, a qual confere aspectos formais ao cuidado de enfermagem. Atualmente, o PE é regulamentado pela Resolução 358/09, que dispõe sobre a SAE e sua implementação. Está organizado em cinco etapas interdependentes e recorrentes, a saber: coleta de dados, diagnóstico de enfermagem (DE), planejamento de enfermagem, implementação e avaliação. Os diagnósticos de enfermagem constituem a segunda etapa do processo, são constituídos por características e fatores que definem o quadro de saúde do paciente. Trata-se de um julgamento clínico face às necessidades do cliente, família e comunidade, o qual norteia o cuidado de enfermagem em direção à eficiência, eficácia e efetividade da assistência. A tarefa de diagnosticar exige do enfermeiro habilidades de pensamento crítico como conhecimento técnico-científico, análise, raciocínio lógico, experiência clínica, conhecimento do paciente, discernimento, dentre outras. Com intuito de facilitar e padronizar a linguagem utilizada na formulação dos DE surgem os Sistemas de Classificação para a Prática de Enfermagem, destacando-se a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE) com reconhecimento internacional. No entanto, a utilização dos sistemas de classificação e a implementação do processo de enfermagem, em especial a construção dos diagnósticos de enfermagem, ainda se configuram como desafios a serem superados no século XXI. Observa-se uma carência dos profissionais quanto a habilidades de manuseio das taxonomias e raciocínio diagnóstico, indispensáveis para a realização dos DE. Tal fato implica em uma reformulação quanto aos métodos de ensino, de modo que o aprendizado ocorra de modo efetivo para o discente. Nesse contexto destacam-se as metodologias ativas para o ensino, com ênfase na simulação realística que permite aproximar teoria e prática, acarretando maior satisfação, aprendizagem, motivação, realismo, confiança, aperfeiçoamento de técnicas, pensamento reflexivo e transferências de competências entre diferentes realidades. O estudo tem por objetivo: avaliar a eficácia da simulação realística no processo de ensino-aprendizagem do raciocínio diagnóstico de enfermagem. Trata-se de um estudo experimental, do tipo ensaio clínico controlado e randomizado (ECCR). A pesquisa foi realizada no Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Campus Natal. A população do estudo foi composta por enfermeiros na condição de especialistas para validação dos casos clínicos e diagnósticos de enfermagem utilizados nos cenários de simulação e graduandos de enfermagem da UFRN, cursando o 9º período do curso, após terem concluído as disciplinas de semiologia e semiotécnica em enfermagem, métodos e modelos assistenciais em enfermagem e atenção integral à saúde I e II. A seleção dos juízes foi realizada por meio de processo de amostragem proposital, em bola de neve e sequencial, dentre os membros do grupo de estudos do Centro CIPE® e de outros grupos de estudos de Universidades Federais que trabalham com a CIPE, não foi realizado cálculo amostral, sendo incluídos na pesquisa todos os especialistas que aceitaram participar do estudo, totalizando uma amostra de 6 especilaistas. A amostra de estudantes foi composta por 24 discentes, alocados em dois grupos de 12 (controle e intervenção) respeitando as variáveis de controle: idade, sexo, experiência clínica, ocupação, perfil do aluno e IRA. Os dados foram coletados no período de março de 2017, sendo composta pela etapa de validação dos casos clínicos e diagnósticos, na qual foram validados cinco diagnósticos prioritários: Processo do sistema imunológico prejudicado; Risco de Déficit Nutricional; Atitude em relação à condição de saúde Prejudicada; Atitude em relação ao manejo da medicação conflituosa; Continuidade do cuidado prejudicada. Em seguida houve a realização do curso “Julgamento Clínico e Pensamento Crítico-Reflexivo: competências para o aprendizado do raciocínio diagnóstico”, o qual foi desenvolvido em 5 etapas: aula teórica expositiva-dialogada, cenário de simulação 1, 2 e 3 e avaliação do curso. A eficácia da estratégia de simulação foi avaliada mediante os escores de acertos nos dois grupos após o pré e pós-testes, comparando-os com os diagnósticos validados pelos especialistas. Os dados foram organizados em tabelas e analisados com base em frequências absolutas, em medidas de tendência central e dispersão, e em testes de IVC e Kappa. Para avaliar a independência das variáveis do estudo foi utilizado o teste exato de Fisher (quando as frequências esperadas forem menores ou iguais a 5. Em todos os cálculos inferenciais será adotado o nível de significância de 5% (p&lt;0,05). Como postura ética ao realizar pesquisas com seres humanos, o projeto do estudo, foi encaminhado ao Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte para obtenção da autorização da referida instituição e após sua anuência foi enviado ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). No que concerne aos sujeitos que aceitaram participar do estudo, foi empregado um termo de consentimento livre e esclarecido, respeitando a resolução 466/12, que garante aos sujeitos o anonimato e o direito de retirar-se da pesquisa quando assim for de seu interesse.


  • Mostrar Abstract
  • The systematization of Nursing Assistance (SAE) emerges as a methodology for the organization of nurses&#39; work, facilitates customer care and confers scientificity on the profession, since it requires the use of theories. The Theory of Basic Human Needs, by Wanda de Aguiar Horta, consolidated the emergence of the Nursing Process (PE) in Brazil, a fundamental instrument for the implementation of SAE, which confers formal aspects to nursing care. Currently, the EP is regulated by Resolution 358/09, which provides for the SAE and its implementation. It is organized into five interdependent and recurrent stages, namely: data collection, nursing diagnosis (DE), nursing planning, implementation and evaluation. The nursing diagnoses constitute the second stage of the process, are constituted by characteristics and factors that define the health picture of the patient. It is a clinical judgment regarding the needs of the client, family and community, which guides nursing care towards efficiency, effectiveness and effectiveness of care. The task of diagnosing requires nurses critical thinking skills such as technical-scientific knowledge, analysis, logical reasoning, clinical experience, patient knowledge, discernment, among others. In order to facilitate and standardize the language used in the formulation of DE, the Systems of Classification for Nursing Practice emerge, highlighting the International Classification for Nursing Practice (CIPE) with international recognition. However, the use of classification systems and the implementation of the nursing process, in particular the construction of nursing diagnoses, still constitute challenges to be overcome in the 21st century. It is observed a lack of professionals regarding the handling skills of taxonomies and diagnostic reasoning, indispensable for the performance of ED. This implies a reformulation of teaching methods, so that learning takes place in an effective way for the student. In this context, active methodologies for teaching are emphasized, with an emphasis on realistic simulation that allows us to approach theory and practice, bringing greater satisfaction, learning, motivation, realism, confidence, improvement of techniques, reflexive thinking and transfers of competences between different realities. The purpose of this study is to evaluate the effectiveness of realistic simulation in the teaching-learning process of nursing diagnosis reasoning. This is an experimental, randomized controlled clinical trial (RCT). The research was carried out at the Nursing Department of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), Campus Natal. The study population consisted of nurses as specialists for validation of clinical cases and nursing diagnoses used in the simulation scenarios and undergraduate nursing students of the UFRN, attending the 9th period of the course, after completing the subjects of semiology and semiotechnology in Nursing care methods and models in nursing and integral health care I and II. The selection of the judges was carried out by means of a purposive, snowball and sequential sampling process among the members of the CIPE® Study Group and other study groups from Federal Universities working with the CIPE. And all the specialists who agreed to participate in the study, totaling a sample of 6 specilists, were included in the study. The sample of students was composed of 24 students, in two groups of 12 (control and intervention) respecting the control variables: age, sex, clinical experience, occupation, student profile and ARI. The data were collected in the period of March 2017, being composed by the stage of validation of the clinical cases and diagnoses, in which five priority diagnoses were validated: Immune system process impaired; Risk of Nutritional Deficit; Attitude towards health condition Impaired; Attitude regarding the management of conflicting medication; Continuity of impaired care. Next, the course &quot;Clinical Judgment and Critical-Reflective Thinking: competences for the learning of the diagnostic reasoning&quot; was carried out, which was developed in 5 steps: lecture-theoretical lecture, simulation scenario 1, 2 and 3 and evaluation of the course. The efficacy of the simulation strategy was evaluated by the correct scores in both groups after the pre and post-tests, comparing them with the diagnoses validated by the specialists. Data were organized into tables and analyzed based on absolute frequencies, measures of central tendency and dispersion, and on IVC and Kappa tests. To evaluate the independence of the study variables, the Fisher exact test was used (when the expected frequencies were lower or equal to 5. In all inferential calculations, the significance level of 5% (p &lt;0.05) will be adopted. As an ethical stance when conducting research with human beings, the study project was sent to the Nursing Department of the Federal University of Rio Grande do Norte to obtain the authorization of this institution and after its consent was sent to the Research Ethics Committee (CEP ) Of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN). Regarding the subjects who agreed to participate in the study, a free and informed consent form was used, respecting resolution 466/12, which guarantees subjects anonymity and the right to withdraw from research when it is in their interest.

2
  • DIANA PAULA DE SOUZA REGO PINTO CARVALHO
  • O desenvolvimento do pensamento crítico na formação inicial de enfermeiros mediante uma intervenção de ensino.

  • Orientador : MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • ANA LUISA PETERSEN COGO
  • GREICY KELLY GOUVEIA DIAS BITTENCOURT
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 20/04/2017

  • Mostrar Resumo
  • Pensar criticamente requer utilizar todo o conhecimento produzido até o momento, bem como buscar por fontes que alimentem novos conhecimentos e saber direcioná-los para as situações de aplicação prática, com capacidade de avaliação única para cada caso. Isso caracteriza um grande desafio para os cursos que se propõem a desenvolver tais atributos, que direcionam para uma formação contínua, inclusive para a formação do enfermeiro. Espera-se que o enfermeiro seja capaz de desenvolver o pensamento crítico aplicado ao problema do momento, de forma que a assistência prestada ao paciente seja adequada, independente da situação que se apresenta e suas adversidades. Dessa forma vale questionar se uma estratégia de ensino por meio da elaboração de Mapas Conceituais associada a resolução de estudos de casos clínicos favorece o desenvolvimento do pensamento crítico em estudantes do curso de graduação em Enfermagem. Dessa forma, este estudo comparou o nível de pensamento crítico desenvolvido entre duas propostas distintas de formação superior em Enfermagem referente ao conteúdo específico de Suporte Avançado de Vida em Cardiologia. Trata de um estudo experimental, randomizado, duplo-cego com delineamento antes-depois, realizado com estudantes dos cursos de graduação em Enfermagem de duas instituições públicas de ensino superior de distintas regiões brasileiras. O protocolo desta pesquisa foi aprovado em seus aspectos éticos e metodológicos pelo CEP/UFRN, conforme preconizado pela Resolução nº. 466/12 do Conselho Nacional de Saúde, sob parecer número 752.501 e CAAE número 33917214.9.0000.5537. A coleta de dados se deu por meio da aplicação de um instrumento validado e aplicado mundialmente, o California Critical Thinking Skills Test, complementada por um questionário com dados socioeconômicos. Como forma de alcançar o objetivo proposto e seguir o rigor metodológico do delineamento, foi elaborado um Curso de Extensão sobre Suporte Avançado de Vida em Cardiologia composto por aulas expositivas dialogadas e atividades práticas em laboratório de habilidades com duração de 60 horas. Os 77 participantes da pesquisa foram randomizados para o Grupo Controle (n=38) e Grupo Experimento (n=39) quando a intervenção do estudo consistiu na construção de quatro mapas conceituais por meio de uso do Software Cmap Tools®. Esse estudo obteve dados de revisões sistemáticas de literatura que sugerem a Prática Baseada em Evidências como a estratégia de ensino que mais favorece o desenvolvimento do pensamento crítico, avaliado por diferentes instrumentos de mensuração, com destaque para os California Critical Thinking Skills Tests. Após a análise dos testes foi identificado no pré-teste uma média de pontuação de pensamento crítico geral para o grupo controle de 15 (+/-3,5) e para grupo experimento de 14,1 (+/-3,7), já no pós-teste foram 14,6 (+/-3,9) e 14,1 (+/-3,4), respectivamente. Não foi encontrada diferença estatisticamente significativa para um p-valor de 0,05, de acordo com o teste-t. O Grupo Experimento continha um estudante que apresentou o Pensamento Crítico geral como Não Manifestado, e após a intervenção o valor melhorou minimamente para fraco, além de apresentar uma concentração aumentada no PC geral Moderado e Forte. Quanto às habilidades de pensamento crítico, houve um aumento significativo (p=0,022) para o desenvolvimento da habilidade de Avaliação para os estudantes do grupo experimento. Ao comparar as instituições, a diferença entre as escolas se baseou no fato de não existir estudante com PC geral Não Manifestado na escola A. O estudo sugere que a estratégia de ensino por meio da elaboração de Mapa Conceitual seja útil no desenvolvimento  e aperfeiçoamento do pensamento crítico dos estudantes dos cursos de graduação em Enfermagem.


  • Mostrar Abstract
  • Critical thinking requires the use of all the knowledge produced up to now, as well as searching for sources that feed the new knowledge roll and know how to direct them to practical application situations, with a unique evaluation capacity for each case. This characterizes a great challenge for the courses that are designed to develop such attributes, which lead to lifelong training. In this context, the promotion of critical thinking in undergraduate Nursing students has become one of the most imperative tasks for teaching at this level, which should be a common goal for all courses that aim to train nurses. It is hoped that the nursing professional will be able to develop the critical thinking applied to the problem of the moment, so that the care provided to the patient is adequate, regardless of the situation that presents itself and its adversities. Faced with these statements it is worth questioning whether a teaching strategy through the elaboration of Conceptual Maps associated with case studies favors the development of critical thinking in Nursing undergraduate students. To answer this question, the present study intends to compare the level of critical thinking developed between two distinct proposals of higher education in Nursing referring to the specific content of Advanced Life Support in Cardiology. It is an experimental, randomized, double-blind study with a before-after design to be carried out with undergraduate Nursing students from two public higher education institutions in different Brazilian regions. This project was submitted to the ethical assessment according to Resolution no. 466/12 of the National Health Council with favorable opinion number 752.501 and CAAE number 33917214.9.0000.5537. Data collection took place through the use of a validated and applied instrument, the California Critical Thinking Skills Test, complemented by a socioeconomic questionnaire. To reach the proposed objective and to follow the methodological rigor of the design, an Extension Course on Advanced Life Support in Cardiology was elaborated, composed of dialogic expository classes and practical activities in the laboratory lasting 40 hours. The 77 participants in the study were randomized to the Control Group (n = 38) and Intervention Group (n = 39) in which the study intervention consisted in the construction of four conceptual maps through Cmap Tools Software. This study obtained data from systematic literature reviews that suggest evidence-based practice as the teaching strategy that most favors the development of critical thinking, as measured by different measurement instruments, with emphasis on the California Critical Thinking Skills Tests. After the analysis of the tests, the average critical thinking score for the control group 15 (+/- 3.5) and for the intervention group 14.1 (+/- 3.7) in the pre-test and 14.6 (+/- 3.9) and 14.1 (+/- 3.4). There was no statistical difference for p-value of 0.05 according to the t-test. As for critical thinking skills, there was a significant increase (p-value 0.022) for the development of skill assessment in the intervention group. The study suggests that the conceptual mapping teaching strategy is useful in the refinement and development of critical thinking.

3
  • CLEA MARIA DA COSTA MORENO
  • Associação de anticorpos específicos contra o Mycobacterium leprae ao risco de desenvolvimento de incapacidades em hanseníase

  • Orientador : MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELIZABETH BARICHELLO
  • FERNANDO DE SOUZA SILVA
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • SELMA MARIA BEZERRA JERONIMO
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 26/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • Após vinte e seis anos de implantação do uso da poliquimioterapia para o tratamento da hanseníase no Brasil, ainda é encontrado um número significativo de casos nos serviços de saúde, condição que levou as autoridades sanitárias a assumi-la como uma doença negligenciada. As consequências dessa negligência são graves para as pessoas acometidas, uma vez que a demora na chegada dos doentes aos serviços frequentemente já apresentam comprometimento de nervos, inclusive com incapacidades e deformidades desenvolvidas. Este estudo objetiva associar os anticorpos específicos para o Mycobacterium leprae ao risco de desenvolvimento de incapacidades em hanseníase. Trata de um estudo de abordagem quantitativa, com delineamento seccional, descritivo e analítico, com verificação da existência de associação entre a presença dos anticorpos específicos da doença e a presença de incapacidades. Os sujeitos estudados foram arrolados no período de janeiro de 2014 a dezembro de 2015. O protocolo desta pesquisa foi submetido a apreciação pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e aprovado em seus aspectos éticos e metodológico de acordo com registro do CAAE no. 0042.0.051.051-09 e Parecer 2080/2012. A coleta de sangue para análise dos anticorpos dos casos foi realizada nos pacientes registrados pelo Programa de Controle da Hanseníase dos setores de dermatologia do Hospital Universitário Onofre Lopes e do Hospital Estadual Giselda Trigueiro, ambos considerados referências no estado do Rio Grande do Norte para o tratamento da doença. Os resultados encontrados apontam que muitas ações precisam ser desenvolvidas para o controle da doença, que apresenta um número de casos novos cada vez mais crescente. Verificou-se que valores elevados na quantidade de anticorpos específicos para a doença estão fortemente associados ao risco de desenvolvimento de incapacidades, principalmente em pacientes do sexo masculino em idade mais avançada.


  • Mostrar Abstract
  • After twenty-six years of implementation of the use of multidrug therapy for the treatment of leprosy in Brazil, a significant number of cases are still found in health services, a condition that led the health authorities to assume it as a neglected disease. The consequences of such neglect are serious for those affected, as delays in the arrival of patients to services often already present nerve impairment, including disabilities and developed deformities. This study aims to associate antibodies specific to Mycobacterium leprae to the risk of developmental disabilities in leprosy. This is a quantitative approach, with a descriptive and analytical cross-sectional design, with an association between the presence of specific antibodies and the presence of disabilities. The subjects studied were enrolled from January 2014 to December 2015. The protocol of this research was submitted to the Ethics Committee in Research of the Federal University of Rio Grande do Norte and approved in its ethical and methodological aspects according to registration Of the CAAE no. 0042.0.051.051-09 and Opinion 2080/2012. The blood collection for the analysis of the antibodies of the cases was carried out in patients registered by the Leprosy Control Program of the dermatology departments of the Onofre Lopes University Hospital and the Giselda Trigueiro State Hospital, both of which are considered references in the state of Rio Grande do Norte for the treatment Of the disease. The results show that many actions need to be developed to control the disease, which presents a growing number of new cases. It has been found that high values in the amount of antibodies specific for the disease are strongly associated with the risk of developing disabilities, especially in males of more advanced age.

4
  • KISNA YASMIN ANDRADE ALVES
  • Comunicação escrita dos profissionais de saúde em hospitais públicos do Rio Grande do Norte

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELIZABETH BARICHELLO
  • FRANCIS SOLANGE VIEIRA TOURINHO
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • MARISE REIS DE FREITAS
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 31/08/2017

  • Mostrar Resumo
  • A comunicação escrita é uma ferramenta que contribui com a redução de danos ao paciente, uma vez que possibilita a unificação dos registros da equipe multidisciplinar e a continuidade da assistência. Diante disso, o estudo objetiva analisar a comunicação escrita dos profissionais de saúde em hospitais públicos do Rio Grande do Norte, Brasil. Trata de um estudo transversal, com modelo prospectivo e que se baseia nas recomendações da Organização Mundial de Saúde, quanto a construção “Record review of currentin-patients”. Seguiram-se as etapas: 1) construção da Scoping review; 2) seleção e treinamento dos examinadores de registros; 3) testagem dos procedimentos de avaliação do registro (estudo piloto); e 4) desenvolvimento da revisão de registros. A coleta de dados nos prontuários ocorreu no período de outubro a dezembro de 2016, em três hospitais públicos de Natal, nas enfermarias de clínica médica e de clínica cirúrgica. Incluíram-se na amostra os pacientes internados há pelo menos 10 dias. Os dados foram organizados em pacote estatístico e analisados de forma descritiva, por meio de frequência absoluta e relativa e, Diagrama de Pareto. O estudo segue os preceitos éticos estabelecidos pela Resolução nº 466/2012, do Conselho Nacional de Saúde. Os resultados destacam que o conteúdo da comunicação escrita compreende os elementos comuns aos registros – identificação do paciente e profissional, letras legíveis, uso de siglas e abreviaturas padronizadas, ausência de rasura e início dos escritos com data e hora – e elementos específicos a cada categoria profissional. A partir da revisão de prontuários evidenciou-se os principais dados em não conformidades: 1) identificação do paciente (cabeçalhos) - data de nascimento e filiação na identificação do paciente; 2) evoluções médicas - aspectos do exame físico, antecedentes pessoais e familiares, hábitos e condições de moradia do paciente, intercorrências, resultados laboratoriais e de imagem nas evoluções médicas; 3) anotações do técnico de enfermagem - hábitos de vida, presença de alergia, identificação do acompanhante, uso de medicamento quanto ao tipo, condições gerais acerca da atitude, humor, locomoção e coloração da pele, estado nutricional e orientações ao paciente/acompanhante nas anotações do técnico de enfermagem; 4) controles essenciais – unidade de medida após o sinal vital; 5) anotações do enfermeiro - identificação do acompanhante, coloração da pele, eliminações quanto à consistência, odor e coloração; orientação do paciente/acompanhante; aspectos sobre exame físico, hábitos de vida e presença de alergia; 6) elementos comuns da comunicação escrita – letras legíveis, início dos registros com hora e uso de abreviaturas; e 7) identificação profissional – categoria e número no conselho de classe. Conclui-se que a comunicação escrita dos profissionais de saúde, nos três hospitais analisados, apresenta não conformidades nos dados de identificação do paciente e profissional, nos registros admissional e diário tanto de médicos e como da equipe de enfermagem. Assim, ações para a melhoria da comunicação escrita dos profissionais nos hospitais analisados, como também contribuir com as discussões acerca dessa temática são recomendadas para se efetivar a comunicação e o cuidado seguro.


  • Mostrar Abstract
  • The written communication is a tool that contributes to the reduction of damages to the patient, since it allows the unification of the records of the multidisciplinary team and the continuity of the assistance. The written communication is a tool that contributes to the reduction of damages to the patient, since it allows the unification of the records of the multidisciplinary team and the continuity of the assistance. As such, the present study aims to analyze the written communication of health professionals in public hospitals of Rio Grande do Norte state, Brazil. This is a subproject of the wider project entitled “Monitoring the safety indicators of patients in public hospitals of Rio Grande do Norte, Brazil”. It is a cross-sectional study with a prospective design based on the World Health Organization’s “Record review of current in-patients”. The following stages were followed: 1) a scoping review; 2) selection and training of records examiners; 3) testing of records assessment procedures (pilot study); and 4) development of a records review. To that end, we used portions of an instrument containing 10 subtopics and 92 items consisting of professional records and safe drug prescription, use and administration. The review took place between October and December 2016, at three public hospitals in Natal, Rio Grande do Norte state, Brazil, in clinical and surgical wards. Included in the sample were patients hospitalized for at least 10 days. The data were organized in a statistical package and analyzed in a descriptive way, by means of absolute and relative frequency and, Pareto Diagram. The study highlights the ethical principles established by Resolution 466/2012 of the National Health Council. The results highlight that the content of written communication comprises the elements common to the records - patient and professional identification, legible letters, use of acronyms and abbreviations Standardized, absence of erasure and beginning of writings with date and time - and elements specific to each professional category. From the medical records review, the main data on nonconformities were: 1) identification of the patient (headers) - date of birth and affiliation in the identification of the patient; 2) medical evolutions - aspects of the physical examination, personal and family history, habits and living conditions of the patient, intercurrences, laboratory and imaging results in medical evolutions; 3) nursing technician notes - life habits, presence of allergy, identification of the companion, use of medication as to type, general conditions about attitude, mood, locomotion and skin color, nutritional status and patien; 4) essential controls - unit of measurement after the vital signal; 5) nurse's notes - identification of the companion, coloration of the skin, eliminations as to consistency, odor and color; Orientation of the patient/companion; aspects about physical examination, life habits and presence of allergy; 6) common elements of written communication - legible letters, start of records with time and use of abbreviations; and 7) professional identification - category and number in the class council. It is concluded that the written communication of the health professionals in the three hospitals analyzed presents non-conformities in the patient and professional identification data, in the admission and daily records of both doctors and nursing staff. Thus, actions to improve the written communication of the professionals in the hospitals analyzed, as well as to contribute to the discussions about this subject are recommended for effective communication and safe care.

5
  • MANUELA PINTO TIBURCIO
  • SIMULAÇÃO REALÍSTICA COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM NO PROCESSO TRANSFUSIONAL

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONCA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • RENATA SILVA SANTOS
  • THALYTA CRISTINA MANSANO SCHLOSSER
  • Data: 07/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • A educação continuada nos serviços de enfermagem norteando as práticas transfusionais contribui sobremaneira para a redução de eventos decorrentes de erros e complicações. Os conhecimentos devem ser oferecidos aos profissionais de enfermagem de maneira que eles possam compreender a significância e o impacto da aprendizagem em sua prática profissional. Para isso, lançar mão de metodologias ativas, como a simulação realística, pode ser uma alternativa a fim de tornar o processo mais interativo e eficiente. O objetivo do estudo é avaliar a simulação realística como estratégia de ensino-aprendizagem na aquisição de conhecimentos no processo transfusional para profissionais de enfermagem. Estudo quase experimental do tipo antes e depois realizado nos hospitais pertencentes ao complexo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Hospital Universitário Onofre Lopes-HUOL, Maternidade Escola Januário Cicco e Hospital Ana Bezerra), em quatro etapas: 1) construção e validação do instrumento de avaliação do conhecimento sobre o processo transfusional junto aos juízes da pesquisa; 2) elaboração do roteiro de simulação realística e organização dos cenários; 3) avaliação do conhecimento dos profissionais antes e após a simulação realística; 4) avaliação da satisfação dos profissionais de enfermagem frente a estratégia de ensino simulação realística. Foi apreciado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do HUOL, com CAAE 58511516.0.0000.5292. Para análise dos dados, realizou-se análises descritivas e inferenciais, adotando nível de significância estatística de p-valor < 0,05. O questionário do conhecimento elaborado, composto por dez questões de múltipla escolha, apresentou evidências de validade satisfatória (IVC – 0,95; Kappa - 0,83). Participaram da intervenção educativa 202 profissionais de enfermagem, sendo verificado que aprendizagem cognitiva aumentou significativamente após a realização da simulação realística. A melhoria do conhecimento entre o pré e o pós-teste ficou evidenciada em todas as questões e nas etapas do processo, mas principalmente nas que tratavam sobre o tempo máximo de infusão, o armazenamento e manuseio dos hemocomponentes e classificação das reações transfusionais imediatas e tardias. De modo geral, o nível de satisfação dos participantes com a metodologia de ensino foi muito bom, na medida em que a estratégia ajudou no seu aprendizado e contribuiu para o ensino de conhecimentos e habilidades, sendo considerada interessante e útil pela grande maioria deles. Espera-se que o estudo tenha contribuído para destacar a importância de se pensar a metodologia da simulação realística enquanto estratégia aplicável a ações de educação em saúde, desde cursos técnicos, graduação até o treinamento dos profissionais que se encontram em exercício na área da saúde.


  • Mostrar Abstract
  • Continuing education in nursing services guiding transfusion practices greatly reduces the number of events due to errors and complications. Knowledge has to be provided to the professionals the way they can understand the significance and impact of learning in your professional practice. To do this, using active methodologies, such as a realistic simulation, can be an alternative in order to make the process more interactive and efficient. The objective of the study is to evaluate the realistic simulation as a teaching-learning strategy in the acquisition of knowledge in the transfusion process for nursing professionals. Pre-and-after quasi-experimental study performed in the hospitals belonging to the Federal University o  Rio Grande do Norte (Hospital Universitário Onofre Lopes- HUOL, Maternidade Escola Januário Cicco e Hospital Ana Bezerra), in four stages: 1) Construction and validation of the instrument for the evaluation of the knowledge about the transfusion process with the judges of the research; 2) elaboration of the realistic simulation roadmap and organization of the scenarios; 3)Evaluation of the knowledge of professionals before and after the realistic simulation; 4)Evaluation of nursing professionals' satisfaction with the teaching strategy realistic simulation. It was appreciated by the Ethics and Research Committee of HUOL, with number CAAE: 58511516.0.0000.5292. For data analysis, descriptive and inferential analyzes were performed, adopting the statistical significance of p-value <0.05. The elaborated questionnaire, composed of ten multiple choice questions, presented evidence of satisfactory validity (IVC - 0.95; Kappa - 0.83). The total of 202 nursing professionals participated in the intervention, and cognitive learning increased significantly after a realistic simulation performance. Improved the gap of knowledge between pre-and post-test was evidenced in all questions and steps of the process, but mainly in those that dealt with the maximum time of infusion, storage and handling of blood components and classification of immediate and late transfusion reactions. In general, the level of satisfaction of the participants with a teaching methodology was very good, insofar as the strategy contributed to their learning and to the teaching of knowledge and skills, being considered interesting and useful for the vast majority of them. It is hoped that the study has contributed to highlight the importance of thinking about the methodology of realistic simulation as a strategy to health education actions, from technical courses, graduation to the training of professionals who are in the health area.

6
  • CICERA MARIA BRAZ DA SILVA
  • Validação do Nurse Competence Scale (NCS) para o português do Brasil

  • Orientador : REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • ROSANA LUCIA ALVES DE VILLAR
  • MARCELO VIANA DA COSTA
  • PAULO SÁVIO ANGEIRAS DE GÓES
  • Data: 13/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O processo de formação do enfermeiro exige o desenvolvimento das competências necessárias à sua atuação, embora, seja comum pairar algumas dúvidas com relação às competências do recém-graduado. Objetiva-se validar o Nurse Competence Scale para a língua portuguesa do Brasil. A escala avalia a competência do enfermeiro, constituída de 73 itens, distribuídos em 7 categorias, demonstra ser sensível na diferenciação dos níveis de competência, incluindo a fase de transição de estudante de Enfermagem para a fase de enfermeiro. Estudo metodológico desenvolvido entre setembro de 2016 a junho de 2017, após a autorização da autora principal do instrumento e a aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob o parecer nº 1.766.255. Conduziu-se as validades de conteúdo e de construto (dimensionalidade), e análise da confiabilidade (teste-reteste e consistência interna), em duas etapas. A primeira, correspondeu à adaptação cultural do instrumento, e a segunda, à verificação das qualidades psicométricas da escala adaptada. Participaram do estudo, 141 concluintes do curso de Graduação em Enfermagem de Instituições Públicas de Ensino Superior do estado do Rio Grande do Norte. O Índice de Validade de Conteúdo foi de 0,99, e o coeficiente Kappa foi considerado quase perfeito.  Dos 73 itens da escala, apenas 13 apresentaram diferença significativa no teste de comparação de médias durante o teste-reteste (n = 30) para o nível de competência. O alfa de Cronbach total nessa etapa foi 0,97, e variou de 0,75 a 0,92, entre as categorias. Na segunda, participaram 111 concluintes, com média de idade de 24,2 (DP = 3,5); sendo 84,7% do gênero feminino e 95,5% sem experiência anterior na área de Enfermagem. O instrumento foi considerado de fácil preenchimento, com tempo médio de aplicação de 15 minutos, em ambas as etapas. Os alunos se autoavaliaram como tendo um bom nível de competência (média geral = 73,9), com uma média de uso efetivo dos itens na prática, igual a 2, o que corresponde a “usado ocasionalmente”. O nível de competência foi maior para a Função de Apoio (80,5), e menor, para as Intervenções Terapêuticas (67,8). A análise de correlação entre os itens da escala, apresentou-se de moderada a forte, com destaque para a correlação entre as Intervenções Terapêuticas com as Funções Educativas (0,71), com as Funções Diagnósticas (0,74) e com as Funções Gerenciais (0,78). A análise fatorial confirmatória demonstrou que o instrumento adaptado está razoavelmente ajustado à estrutura original proposta pela autora principal. Nessa etapa, o coeficiente alfa de Cronbach foi superior a 0,70, com exceção da categoria Função de Apoio (0,65). O processo de validação da escala foi alcançado, e a versão brasileira, denominada Escala de Competência do Enfermeiro mostrou-se válida e confiável para a amostra estudada. Acredita-se que a escala pode ser utilizada como ferramenta de avaliação das competências de graduandos de Enfermagem, apesar da regionalidade dos dados. Recomenda-se a realização de novos estudos, que permitam uma avaliação mais profunda das qualidades psicométricas e comparações entre resultados de pesquisas sobre o uso da versão brasileira do Nurse Competence Scale.


  • Mostrar Abstract
  • Although it is common to have some doubts about the skills of the recent graduate, the process of nurses´ training requires the development of the skills necessary for their performance. The objective of this study is to validate the Nurse Competence Scale to Brazilian Portuguese. This scale evaluates nurses´ competence, consisting of 73 items, distributed in 7 categories, showing to be sensitive in the differentiation of competence levels, including the transition phase from nursing student to the nurse phase. This is a methodological study developed between September 2016 and June 2017, after the authorization of the lead author of the instrument and approval by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, under opinion nº 1,766,255. The content and construct validities (dimensionality), the reliability analysis (test-retest and internal consistency) were conducted in two stages. The first stage corresponded to the cultural adaptation of the instrument, and the second stage was the verification of the psychometric qualities of the adapted scale. There were 141 undergraduate students enrolled in the Undergraduate Nursing course of Public Institutions of Higher Education in the state of Rio Grande do Norte participated in the study. The Content Validity Index was 0.99, and the Kappa coefficient was considered almost perfect. Only 13 of the 73 items on the scale presented a significant difference in the test of comparison of means during the test-retest (n = 30) for the competence level. Cronbach's total alpha at this stage was 0.97 and ranged from 0.75 to 0.92 in the categories. In the second stage, there were 111 participants participating, with a mean age of 24.2 (SD = 3.5); 84.7% were female and 95.5% had no previous experience in the Nursing area. The instrument was considered easy to fill up, with an average application time of 15 minutes, in both stages. The self-evaluation of the students was as having a good level of competence (average of 73.9), with an average of effective use of the items in practice, equal to 2, corresponding to “used occasionally”. The level of competence was higher for the Supporting Function (80.5), and lower for the Therapeutic Interventions (67.8). The analysis of correlation between the items of the scale was moderate to strong, especially the correlation between Therapeutic Interventions with Educational Functions (0.71), Diagnostic Functions (0.74) and Functions Management (0.78). The confirmatory factor analysis has shown that the adapted instrument is reasonably adjusted to the original structure proposed by the lead author. At this stage, Cronbach's alpha coefficient was higher than 0.70, except for the Support Function category (0.65). The scale validation process was reached, and the Brazilian version, called Escala de Competência do Enfermeiro was valid and reliable for the sample studied. It is believed that this scale can be used as a tool to evaluate the skills of nursing undergraduates, despite the regionality of the data. Further studies are recommended to allow a more thorough evaluation of the psychometric qualities and comparisons between research results using the Nurse Competence Scale Brazilian version.

7
  • DALVA CEZAR DA SILVA
  • SUPORTE FAMILIAR E QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS COM ÚLCERA VENOSA NO CONTEXTO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE MAINO PERGOLA MARCONATO
  • ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONCA
  • DANIELE VIEIRA DANTAS
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MARIA DENISE SCHIMITH
  • Data: 13/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • A úlcera venosa é a principal lesão crônica de membros inferiores e possui elevada taxa de recidiva e cronicidade, assim, demanda complexos cuidados em saúde. Em diferentes realidades, do Brasil e do mundo, identifica-se que idosos são mais acometidos por este tipo de lesão e apresentam agravos à saúde, o que pode causar alterações negativas na qualidade de vida. Devido à complexidade e implicações desta condição, aponta-se a Atenção Primária à Saúde como espaço para trabalhar a autonomia e a corresponsabilização do idoso com úlcera venosa e sua família, em busca da melhoria da qualidade de vida. Neste sentido, teve-se como objetivo avaliar a correlação do suporte familiar e qualidade de vida de idosos com úlcera venosa atendidos na Atenção Primária à Saúde. Pesquisa quantitativa, analítica, com delineamento transversal de tratamento e análise de dados, realizada em Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.  Participaram do estudo 40 idosos atendidos nas unidades de saúde, no período de agosto a dezembro de 2016. Na coleta de dados utilizaram-se os instrumentos: formulário para caracterização sociodemográfica, de saúde, clínica e assistencial; o Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire (CCVUQ), que avalia qualidade de vida em pessoas com úlcera venosa, por meio de quatro domínios: Interação Social, Atividades Domésticas, Estética e Estado Emocional, além de gerar um Escore Total (varia de0 a 100, quanto menor a pontuação, melhor a qualidade de vida); e o Inventário da Percepção de Suporte Familiar (IPSF) composto por três domínios: Afetivo-Consistente; Adaptação Familiar e Autonomia. As pontuações gerais do IPSF variam de 0 a 84, sendo que quanto maior a pontuação maior o suporte familiar percebido. Utilizou-se da estatística descritiva e inferencial, para verificar a distribuição da normalidade dos dados realizou-se o Teste de Shapiro-Wilk, utilizaram-se os testes Qui-Quadrado, Exato de Fischer, teste U de Mann-Whitney, foi adotada a correlação de Spearmann, considerando nível de significância estatística de ρ-valor ≤ 0,05. O estudo seguiu os preceitos éticos, foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade proponente, (Processo número 1.670.636 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética 58255016.0.0000.5346). Os dados referentes à caracterização demonstraram prevalência do sexo feminino, faixa etária dos 70 anos ou mais, com a média de idade geral de 71,90 (±8,40) anos, mínimo 60 anos e máximo de 87 anos. Dentre as mulheres, a média de idade foi de 73,26(±8,01) e do sexo masculino de 70,06(±8,81), sem companheiro (solteiro, viúvo ou divorciado), aposentados, com doenças crônicas associadas, sono maior de seis horas/dia e presença de dor (n=23, 57,5%). Referiam como local predominante para a realização do curativo o serviço de saúde (n=34, 85,0%), não faziam uso de terapia compressiva (n=24, 60,0%), os que faziam utilizavam bota de Unna (n=16, 40,0%). Foram orientados sobre a elevação dos membros inferiores (n=40, 100,0%), terapias compressivas (n=28, 70,0%) e exercícios regulares (n=22, 55,0%).  O Escore Total do CCVUQ apresentou mediana 43,9, para a avaliação da qualidade de vida geral dos participantes; e nos domínios Interação Social (27,9), Atividades Domésticas (29,9), Estética (44,7) e Estado Emocional (57,4). Quanto à percepção do Suporte familiar, os idosos classificaram como Alto Suporte. Nos domínios avaliados se verificou que na Afetivo-Consistente foi 67,5%, com média de 33,40 (±11,29), na Adaptação familiar, o percentual de alto foi de 45,0%, com média de 20,97(±6,42) e Autonomia foi de 70,0%, com média de 14,65 (±2,36).  As variáveis sociodemográficas e de saúde não apresentam associações significativas com os domínios do CCVUQ e IPSF. Foram encontradas associações significativas da qualidade de vida e suporte familiar com as características clínicas, tais como recidiva, tempo atual de úlcera venosa, dor e sinais de infecção. Também com as características assistenciais quem realiza o curativo, tempo de tratamento, uso de terapia compressiva e número de consultas. Sobre a qualidade de vida constatou-se diferença significativa da variável clínica: dor em relação aos domínios Atividades Domésticas (p=0,048), Estado Emocional (p=0,034) e Escore Total (p=0,022). Apresentaram diferença significativa as variáveis assistenciais: quem realiza o curativo com Estado Emocional (p=0,045), uso de terapia compressiva com Atividades Domésticas (p=0,031) e número de consultas com os domínios Interação Social (p=0,033), Atividades Domésticas (p=0,033), Estado Emocional (p=0,025) e Escore total (p=0,030).  Quanto ao Suporte familiar, encontraram-se associações significativas entre as variáveis clínicas: recidiva com o Suporte Total (p=0,031); tempo da úlcera venosa atual em anos com os domínios Afetivo-Consistente (p=0,003) e Total (0,022), dor com o domínio Autonomia (p=0,041), sinais de infecção com Suporte Total (p=0,044). Entre as variáveis assistenciais: Tempo de tratamento em anos com no domínio Afetivo-Consistente (p=0,021). Uso de terapia compressiva com os domínios Afetivo-Consistente (p=0,002) e Total do Suporte (p=0,002). Verificaram-se correlações negativas e significativas do suporte familiar na qualidade de vida em idosos com úlcera venosa, entre Afetivo-Consistente e o escore total do CCVUQ (r=-0,323; p=0,042), o domínio Atividades Domésticas (r=-0,350; p=0,027) e Estado Emocional (r=-0,424; p=0,006). Entre Adaptação Familiar e Estado Emocional (r=-0,443; p=0,004). Da mesma maneira, entre Autonomia e o escore total do CCVUQ (r=-0,514; p=0,001), o domínio Interação Social (r=-0,362; p=0,022), Atividades Domésticas (r=-0,513; p=0,001), Estética (r=-0,478; p=0,003) e Estado Emocional (r=-0,478; p=0,002). A qualidade de vida do idoso com úlcera venosa foi mais comprometidas nos domínios Estado emocional e Estética. Necessitam-se ações de promoção e reabilitação da saúde do idoso, com enfoque na dinâmica familiar, a fim de promover a autonomia e o convívio social para melhora da qualidade de vida. Aceita-se a hipótese alternativa que o suporte familiar se correlaciona na qualidade de vida em idosos com úlcera venosa atendidos na Atenção Primária à Saúde. 


  • Mostrar Abstract
  • The venous ulcer is the main chronic lesion of the lower limbs and has a high rate of recurrence and chronicity, thus, it demands complex health care. In different realities, from Brazil and the world, it is identified that the elderly are more affected by this type of injury and present health problems, which can cause negative changes in the quality of life. Due to the complexity and implications of this condition, Primary Health Care is indicated as a space to work the autonomy and co-responsibility of the elderly with venous ulcer and their family, in search of the improvement of the quality of life. In this sense, the objective was to evaluate the correlation of family support and quality of life of elderly patients with venous ulcer treated in Primary Health Care. Quantitative, analytical research with a cross-sectional treatment and data analysis, carried out in Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brazil. The study included 40 elderly people attended at the health facilities, from August to December 2016. Data were collected using the following instruments: a form for socio-demographic, health, clinical and care characterization; the Charing Cross Venous Ulcer Questionnaire (CCVUQ), which assesses quality of life in people with venous ulcer, through four domains: Social Interaction, Domestic Activities, Aesthetics and Emotional Status, as well as generating a Total Score (ranging from 0 to 100 , the lower the score, the better the quality of life); and the Family Support Perception Inventory (FSPI) composed of three domains: Affective-Consistent; Family Adaptation and Autonomy. The general FSPI scores range from 0 to 84, and the higher the score the higher the perceived family support. Descriptive and inferential statistics were used to verify the distribution of the normality of the data. The Shapiro-Wilk test was used. The chi-square test, Fischer's exact test, Mann-Whitney U test was used. Spearmann correlation, considering level of statistical significance of ρ-value ≤ 0.05. The study followed the ethical precepts, was approved by the Ethics Committee in Research of the proposing University, (Process number 1,670,636 and Certificate of Presentation for Ethical Appreciation 58255016.0.0000.5346). Data on the characterization showed a prevalence of female, age 70 years or older, with a mean age of 71.90 (± 8.40) years, at least 60 years and a maximum of 87 years. Among the women, mean age was 73.26 (± 8.01) and males 70.06 (± 8.81), without partners (single, widowed or divorced), retired, with associated chronic diseases , sleep greater than six hours / day and presence of pain (n = 23, 57.5%). They reported that the health service (n = 34, 85.0%), did not use compressive therapy (n = 24, 60.0%), those who used the Unna boot = 16, 40.0%). They were oriented on lower limb elevation (n = 40, 100.0%), compressive therapies (n = 28, 70.0%) and regular exercises (n = 22, 55.0%). The CCVUQ Total Score presented a median of 43.9, for the evaluation of the general quality of life of the participants; and in the domains Social Interaction (27.9), Domestic Activities (29.9), Aesthetics (44.7) and Emotional Status (57.4). Regarding the perception of Family Support, the elderly classified as High Support. In the domains evaluated, the Affective-Consistent was 67.5%, with a mean of 33.40 (± 11.29), in the Family adaptation, the percentage of high was 45.0%, with a mean of 20.97 (± 6.42) and Autonomy was 70.0%, with an average of 14.65 (± 2.36). The sociodemographic and health variables do not present significant associations with the CCVUQ and IPSF domains. Significant associations of quality of life and family support were found with the clinical characteristics, such as relapse, current time of venous ulcer, pain and signs of infection. Also with the assistance characteristics who performs the dressing, treatment time, use of compressive therapy and number of consultations. Regarding quality of life, there was a significant difference in the clinical variable: pain in relation to domains Domestic Activities (p = 0.048), Emotional State (p = 0.034) and Total Score (p = 0.022). (P = 0.045), use of compressive therapy with Domestic Activities (p = 0.031) and number of consultations with the Social Interaction domains (p = 0.033), Domestic Activities ( p = 0.033), Emotional Status (p = 0.025) and Total Score (p = 0.030). Regarding Family Support, there were significant associations between clinical variables: relapse with Total Support (p = 0.031); time of current venous ulcer in years with Affective-Consistent (p = 0.003) and Total (0.022), pain with Autonomy domain (p = 0.041), signs of Total Support infection (p = 0.044). Among the assistance variables: Treatment time in years with the Affective-Consistent domain (p = 0.021). Use of compressive therapy with the Affective-Consistent (p = 0.002) and Total Support (p = 0.002) domains. There were negative and significant correlations of family support in quality of life in elderly patients with venous ulcer, between Affective-Consistent and the total CCVUQ score (r = -0.323, p = 0.042), the Domestic Activities domain (r = -0.350 , p = 0.027) and Emotional Status (r = -0.424, p = 0.006). Between Family Adaptation and Emotional State (r = -0.443, p = 0.004). Similarly, between Autonomy and total CCVUQ score (r = -0.514, p = 0.001), the Social Interaction domain (r = -0.362, p = 0.022), Domestic Activities (r = -0.513, p = 0.001) , Aesthetics (r = -0.478, p = 0.003) and Emotional Status (r = -0.478, p = 0.002). The quality of life of the elderly with venous ulcer was more compromised in the emotional state and Aesthetic domains. It is necessary to promote and rehabilitate the health of the elderly, focusing on family dynamics, in order to promote autonomy and social interaction to improve the quality of life. The alternative hypothesis is accepted that the family support is correlated in the quality of life in elderly patients with venous ulcer attended in Primary Attention to Health.

8
  • ANA ELISA PEREIRA CHAVES
  • O Ensino da Atenção à Hanseníase em Cursos de Graduação em Enfermagem

  • Orientador : SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CECILIA NOGUEIRA VALENCA
  • FRANCISCA PATRÍCIA BARRETO DE CARVALHO
  • FRANCISCO DE SALES CLEMENTINO
  • JONAS SAMI ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • Data: 15/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • A hanseníase é um grande problema de saúde pública no Brasil. O  controle da doença é realizado no Sistema Único de Saúde, tendo as Unidades Básicas, como espaço prioritário para realização das ações de controle, e as Instituições de Ensino Superior, como órgãos responsáveis pelo ensino da hanseníase aos futuros profissionais da área da saúde. Diante disso, esse estudo objetiva identificar as abordagens do ensino da atenção à hanseníase através dos planos de ensino e discutir as possibilidades e limites relacionados as abordagens do ensino da atenção à hanseníase em Curso de Graduação em Enfermagem (CGE) na perspectiva de docentes. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, de natureza quanti-qualitativa. Foi empregado também a pesquisa documental, utilizando-se os planos de ensino. A pesquisa foi realizada em CGE localizados no estado da Paraíba. Participaram do estudo 21 docentes. A coleta de dados ocorreu no período de setembro a outubro de 2016, após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, CAAE: 57947916.4.0000.5537. Foi utilizado um roteiro para levantamento dos planos de ensino e um roteiro de entrevista aplicado aos docentes. Após o levantamento dos dados dos planos de ensino, os mesmos foram agrupados em quadros, e analisados à luz da literatura pertinente ao tema investigado. A análise do material empírico foi realizada por meio do software IRAMUTEQ. Verificou-se nos planos de ensino que existe um número reduzidos de componentes curriculares que abordam a hanseníase; o estudo da hanseníase é realizado na maioria dos CGE a partir do ciclo profissional; os conteúdos abordados não priorizam a promoção e vigilância em saúde, e a Sistematização da Assistência de Enfermagem, não tem sido uma prioridade nos CGE. Nos discursos dos docentes, através da análise do software IRAMUTEQ, a classificação hierárquica das entrevistas referentes às possibilidades, produziram as seguintes classes: A hanseníase é um problema de saúde pública; utilização de novos métodos de ensino; realização de aulas teóricas e práticas; competência profissional para atuar no controle da hanseníase; oportunidade do ensino na rede de atenção à saúde; a importância da educação em saúde e o enfermeiro no controle da hanseníase. Quanto aos limites do ensino, foram evidenciadas as seguintes classes: reduzido número de casos de hanseníase na Atenção Básica; carga horária de aula reduzida; falta de prioridade em ações educativas sobre hanseníase na Atenção Básica; doença relacionada ao preconceito e estigma; insegurança dos profissionais da Atenção Básica no diagnóstico da hanseníase, e falta de apoio dos gestores na descentralização das ações de controle da hanseníase. Diante dos resultados encontrados, faz-se necessário que os CGE cumpram sua missão de trabalhar em função de uma formação profissional que valorize a promoção da saúde e vigilância da doença, com vistas a contribuir com a eliminação da hanseníase e à melhoria da qualidade de vida das pessoas.


  • Mostrar Abstract
  • Leprosy is a major public health problem in Brazil. Disease control is carried out in the Unified Health System, with the Basic Units as a priority area for control actions, and Higher Education Institutions, as organizations responsible for teaching leprosy to the future health professionals. Therefore, this study aims to identify approaches to teaching leprosy care through the teaching plans and discuss the possibilities and limits related to approaches to teaching leprosy care in undergraduate nursing course (UNC) from the perspective of teachers. It is an exploratory, descriptive, quantitative-qualitative study. Documentary research was also used, using the teaching plans. The research was carried out in UNC located in the state of Paraíba. Twenty-one teachers participated in the study. Data collection occurred from September to October 2016, after approval of the Ethics and Research Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, CAAE: 57947916.4.0000.5537. It was used a script for surveying the teaching plans and an interview script applied to the teachers. After the data collection of the teaching plans, they were grouped in tables, and analyzed in light of the literature pertinent to the researched topic. The analysis of the empirical material was performed using IRAMUTEQ software. It has been found in the teaching plans that there is a reduced number of curricular components that deal with leprosy; the study of leprosy is carried out in the majority of UNC from the professional cycle; the content addressed does not prioritize health promotion and surveillance, and the Systematization of Nursing Care has not been a priority in the UNC. In the teachers' discourses, through the analysis of the IRAMUTEQ software, the hierarchical classification of the interviews regarding the possibilities, produced the following classes: Leprosy is a public health problem; use of new teaching methods; theoretical and practical classes; professional competence to act in the control of leprosy; opportunity of teaching in the health care network; the importance of health education and the nurse in the control of leprosy. Regarding the educational limits, the following classes were evidenced: reduced number of leprosy cases in Primary Care; reduced class time load; lack of priority in educational actions on leprosy in Primary Care; disease related to prejudice and stigma; insecurity of Primary Care professionals in the diagnosis of leprosy, and lack of support from managers in the decentralization of leprosy control actions. In view of the results found, it is necessary that the UNC fulfill their mission of working in function of a professional training that values the promotion of health and disease surveillance, with a view to contributing to the elimination of leprosy and to the improvement of the quality of life of people.

2016
Dissertações
1
  • KÉZIA KATIANE MEDEIROS DA SILVA
  • Avaliação do sono de enfermeiros nos diferentes turnos hospitalares

  • Orientador : MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • CARLA PARADA PAZINATTO ANDREOLI
  • Data: 26/01/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se analisar a características do padrão de sono e qualidade do sono de enfermeiros que trabalham nos turnos diurno e noturno. Trata-se de um estudo com abordagem quantitativa, de corte transversal, descritivo. O estudo foi desenvolvido no Hospital Universitário do Rio Grande do Norte. Os dados foram coletados em sua totalidade no período de janeiro a setembro de 2015, mediante os instrumentos: Índice de qualidade de sono de Pittsburgh para avaliar o padrão de sono e o Diário de sono para avaliar o ciclo vigília-sono. Após serem codificados e tabulados, foram analisados por meio do programa SPSS versão 20.0. O Estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob parecer nº 751.567. Para a descrição das variáveis contínuas foram utilizadas medidas de posição (média e mediana), dispersão (desvio padrão), medidas de associação (teste qui-quadrado ou de exato de Fisher) e correlação (teste de Correlação de Spearmann), para um nível de significância de 0,05. O perfil sociodemográfico da amostra mostrou um total de  (n=104) participantes, distribuído no turno diurno 64 e no turno noturno 40,  caracterizada por (90,4%) serem do sexo feminino, com faixa etária entre 24 a 45 anos correspondendo a 73% da amostra. Verificou-se a presença de diferença estatisticamente significativa, para as variáveis: laborais e hábitos de vida (setor hospitalar e ambulatorial (p=0,003), possuir mais de um trabalho (p=0,002), usar bebida estimulante (p=0,021); Padrão de Sono: tempo de cochilo p=0,003, latência do sono p=0,013), tempo total de sono (p=0,001), como se sentiu ao acordar (p=0,017), qualidade do sono noturno (p=0,001) e qualidade do sono (p=0,007) quando comparados entre os turnos diurno e o turno noturno. Concluiu-se que o trabalho em turnos alterou o padrão e a qualidade do sono dos enfermeiros dos períodos diurno e noturno.


  • Mostrar Abstract
  • Objetivou-se analisar a características do padrão de sono e qualidade do sono de enfermeiros que trabalham nos turnos diurno e noturno. Trata-se de um estudo com abordagem quantitativa, de corte transversal, descritivo. O estudo foi desenvolvido no Hospital Universitário do Rio Grande do Norte. Os dados foram coletados em sua totalidade no período de janeiro a setembro de 2015, mediante os instrumentos: Índice de qualidade de sono de Pittsburgh para avaliar o padrão de sono e o Diário de sono para avaliar o ciclo vigília-sono. Após serem codificados e tabulados, foram analisados por meio do programa SPSS versão 20.0. O Estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob parecer nº 751.567. Para a descrição das variáveis contínuas foram utilizadas medidas de posição (média e mediana), dispersão (desvio padrão), medidas de associação (teste qui-quadrado ou de exato de Fisher) e correlação (teste de Correlação de Spearmann), para um nível de significância de 0,05. O perfil sociodemográfico da amostra mostrou um total de  (n=104) participantes, distribuído no turno diurno 64 e no turno noturno 40,  caracterizada por (90,4%) serem do sexo feminino, com faixa etária entre 24 a 45 anos correspondendo a 73% da amostra. Verificou-se a presença de diferença estatisticamente significativa, para as variáveis: laborais e hábitos de vida (setor hospitalar e ambulatorial (p=0,003), possuir mais de um trabalho (p=0,002), usar bebida estimulante (p=0,021); Padrão de Sono: tempo de cochilo p=0,003, latência do sono p=0,013), tempo total de sono (p=0,001), como se sentiu ao acordar (p=0,017), qualidade do sono noturno (p=0,001) e qualidade do sono (p=0,007) quando comparados entre os turnos diurno e o turno noturno. Concluiu-se que o trabalho em turnos alterou o padrão e a qualidade do sono dos enfermeiros dos períodos diurno e noturno.

2
  • ISABELLE CHRISTINE MARINHO DE OLIVEIRA
  • Validação de protocolo assistencial de enfermagem para detecção precoce e prevenção de infecções hospitalares a pessoas vivendo com AIDS.

  • Orientador : ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MARLI TERESINHA GIMENIZ GALVÃO
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • Data: 28/01/2016

  • Mostrar Resumo
  • A Síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) ainda consiste em um dos grandes problemas contemporâneos de saúde pública mundial devido ao elevado número de pessoas infectadas. A presença de comorbidades e a imunossupressão nas pessoas que vivem com a AIDS, quando internadas, acarreta em maior risco de infecção hospitalar grave, o que tem levado a altas taxas de morbimortalidade. Esse aspecto exige dos profissionais, principalmente os da enfermagem, cuidados complexos e tomadas de decisão imediatas pautadas em evidências científicas. Assim, esse estudo tem como objetivo validar o conteúdo do protocolo assistencial de enfermagem para detecção precoce e prevenção de infecções hospitalares a pessoas vivendo com AIDS. Trata-se de um estudo metodológico, transversal, com abordagem quantitativa, realizado por meio de duas etapas. A primeira etapa do estudo refere-se ao desenvolvimento do protocolo fundamentado nas evidências extraídas de uma revisão integrativa da literatura e de medidas de prevenção de infecção da ANVISA. A segunda etapa, validação de conteúdo, resultou do julgamento de experts envolvidos na assistência, gerência e/ou docência. A amostra ocorreu por intencionalidade, selecionados pela analise do currículo lattes com a adaptação do sistema proposto por Fehring, totalizando 13 experts na assistência em enfermagem a pessoas com AIDS. A operacionalização ocorreu por meio de concordância entre as respostas obtidas pelo índice de validade de conteúdo (IVC) através da avaliação dos juízes em uma rodada. Os itens foram avaliados em “adequado”, “adequado com alterações” e “inadequado”, baseada em 10 requisitos: utilidade/ pertinência, consistência, clareza, objetividade, simplicidade, aplicabilidade, atual, vocabulário, precisão e sequência de instrução dos tópicos. Como resultados, a revisão mostrou os cuidados de enfermagem a pacientes com AIDS que foram abordados e agrupados nas categorias assistencial, educacional e gerencial. Quanto à validação, dos 13 juízes que avaliaram o instrumento, 84,61% são do sexo feminino, com idade média de 43 anos (±9,98), e tempo de experiência médio de 17,08 anos Na titulação profissional, 61,54% são doutores e 38,46% mestres. Na área de atuação, 69,23% são da docência, 38,46% são da assistência e 23,08% gerencial. Em relação ao protocolo, foram avaliados 20 itens, sendo 8 correspondentes ao histórico de enfermagem e 12 referentes as intervenções ao paciente com AIDS. Das 260 respostas, 58,08% foi avaliados como adequado, 41,15% adequada com alteração e apenas 0,77% das respostas foram inadequado. Dos 20 itens presentes, 18 obtiveram concordância total, (IVC =1,0) e os outros dois itens obteve IVC de 0,92. A avaliação global dos instrumentos obteve IVC de 0,99. As sugestões dos juízes foram relacionados à reformulação da redação quanto a adequação do vocabulário e informações repetidas, elaboração das frases com mais clareza, acréscimo de ações e intervenções, e inclusão de escalas para avaliação das condutas. Diante das sugestões dos juízes procurou-se reformular o buscando uma melhor compreensão e clareza dos itens que compunham o instrumento visando torná-lo aplicável. O conteúdo do protocolo foi validado, representando a base de consenso inicial para abordagem das pessoas com AIDS. O estudo obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, CAAE de número 46209215.0.0000.5537.


  • Mostrar Abstract
  • A Síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) ainda consiste em um dos grandes problemas contemporâneos de saúde pública mundial devido ao elevado número de pessoas infectadas. A presença de comorbidades e a imunossupressão nas pessoas que vivem com a AIDS, quando internadas, acarreta em maior risco de infecção hospitalar grave, o que tem levado a altas taxas de morbimortalidade. Esse aspecto exige dos profissionais, principalmente os da enfermagem, cuidados complexos e tomadas de decisão imediatas pautadas em evidências científicas. Assim, esse estudo tem como objetivo validar o conteúdo do protocolo assistencial de enfermagem para detecção precoce e prevenção de infecções hospitalares a pessoas vivendo com AIDS. Trata-se de um estudo metodológico, transversal, com abordagem quantitativa, realizado por meio de duas etapas. A primeira etapa do estudo refere-se ao desenvolvimento do protocolo fundamentado nas evidências extraídas de uma revisão integrativa da literatura e de medidas de prevenção de infecção da ANVISA. A segunda etapa, validação de conteúdo, resultou do julgamento de experts envolvidos na assistência, gerência e/ou docência. A amostra ocorreu por intencionalidade, selecionados pela analise do currículo lattes com a adaptação do sistema proposto por Fehring, totalizando 13 experts na assistência em enfermagem a pessoas com AIDS. A operacionalização ocorreu por meio de concordância entre as respostas obtidas pelo índice de validade de conteúdo (IVC) através da avaliação dos juízes em uma rodada. Os itens foram avaliados em “adequado”, “adequado com alterações” e “inadequado”, baseada em 10 requisitos: utilidade/ pertinência, consistência, clareza, objetividade, simplicidade, aplicabilidade, atual, vocabulário, precisão e sequência de instrução dos tópicos. Como resultados, a revisão mostrou os cuidados de enfermagem a pacientes com AIDS que foram abordados e agrupados nas categorias assistencial, educacional e gerencial. Quanto à validação, dos 13 juízes que avaliaram o instrumento, 84,61% são do sexo feminino, com idade média de 43 anos (±9,98), e tempo de experiência médio de 17,08 anos Na titulação profissional, 61,54% são doutores e 38,46% mestres. Na área de atuação, 69,23% são da docência, 38,46% são da assistência e 23,08% gerencial. Em relação ao protocolo, foram avaliados 20 itens, sendo 8 correspondentes ao histórico de enfermagem e 12 referentes as intervenções ao paciente com AIDS. Das 260 respostas, 58,08% foi avaliados como adequado, 41,15% adequada com alteração e apenas 0,77% das respostas foram inadequado. Dos 20 itens presentes, 18 obtiveram concordância total, (IVC =1,0) e os outros dois itens obteve IVC de 0,92. A avaliação global dos instrumentos obteve IVC de 0,99. As sugestões dos juízes foram relacionados à reformulação da redação quanto a adequação do vocabulário e informações repetidas, elaboração das frases com mais clareza, acréscimo de ações e intervenções, e inclusão de escalas para avaliação das condutas. Diante das sugestões dos juízes procurou-se reformular o buscando uma melhor compreensão e clareza dos itens que compunham o instrumento visando torná-lo aplicável. O conteúdo do protocolo foi validado, representando a base de consenso inicial para abordagem das pessoas com AIDS. O estudo obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, CAAE de número 46209215.0.0000.5537.

3
  • FRANKLIN LEARCTON BEZERRA DE OLIVEIRA
  • A atuação do enfermeiro no combate à dengue e a Febre Chikungunya: estudo comparativo nos municípios de Parnamirim e Santa Cruz/RN.

  • Orientador : REJANE MILLIONS VIANA MENESES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE JAILSON DE ALMEIDA JUNIOR
  • MARCELO VIANA DA COSTA
  • REJANE MILLIONS VIANA MENESES
  • Data: 29/01/2016

  • Mostrar Resumo
  • A dengue e o vírus da Febre do Chikungunya (CHIKV) são consideradas doenças de notificação compulsória transmitas por mosquitos do gênero Aedes, sendo o Aedes aegypti o principal vetor. Encontram-se amplamente distribuídas no Brasil, ocasionando um dos maiores problemas de saúde pública, devido as alterações epidemiológicas que vem ocorrendo nos últimos anos e por caracterizarem-se pela ampla distribuição em todas as regiões. O presente projeto tem como objetivo analisar a atuação dos enfermeiros das Estratégias de Saúde da Família (ESF) no controle da Dengue e Febre Chikungunya nos municípios de Parnamirim e Santa Cruz. Trata-se de pesquisa de cunho exploratório-descritivo, com abordagem quantitativa e qualitativa, que fora desenvolvida com enfermeiros dos municípios de Parnamirim e Santa Cruz. A pesquisa obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE), n° 48378515.8.0000.5537. A coleta de dados foi realizada no mês de novembro e dezembro através de entrevista com questionários semiestruturados compostos por questões abertas e fechadas, organizados em três partes: o perfil dos entrevistados, o conhecimento sobre a doença e descrição das práticas realizadas. Os dados levantados foram categorizados e tabulados, utilizando o Microsoft Office Excel 2010. As tabulações do instrumento das perguntas fechadas passaram por análises, utilizando o Programa Estatístico Statistical Package for the Social Sciences (SPSS 22), e para as perguntas abertas utilizou a análise de conteúdo de Bardin. Como resultado, os enfermeiros foram questionados quanto ao agente transmissor da Dengue e Febre Chikungunya, cinco enfermeiros responderam que o agente transmissor da Dengue é o Aedes aegypti e somente um por ele e pelo Aedes albopictus; enquanto que para Febre Chikungunya, dois responderam que a doença é transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus e os demais somente pelo Aedes aegypti. Versando relativamente os sorotipos virais, três enfermeiros responderam que são 4 sorotipos da Dengue, dois disseram que são cinco e somente um que são dois sorotipos. Para a febre Chikungunya, um não soube responder, dois responderam que também são cinco sorotipos, dois responderam que existe somente um sorotipo e um que são dois. Todos desconhecem quais os tipos de depósitos que mais são encontrados focos do mosquito em sua região, como também desconhecem o Programa Nacional de Controle da Dengue. Os profissionais de enfermagem sabem reconhecer um caso suspeito de Dengue, mas se confundem quando tentam explicar para a Febre Chikungunya, expondo os mesmos sintomas da Dengue. Nota-se que, apesar de todos terem participado de uma capacitação sobre Febre Chikungunya e Dengue, um conhecimento bastante limitado dos enfermeiros a respeito do manejo clínico. Outra abordagem dos profissionais é uso de medicamentos para os casos sintomáticos das doenças. Destarte, conclui-se o estudo com a ausência de referências devidas que a equipe de saúde deve se apropriar para planejar ações de prevenção e controle vetorial, como treinamentos mais específicos para estes profissionais. 


  • Mostrar Abstract
  • A dengue e o vírus da Febre do Chikungunya (CHIKV) são consideradas doenças de notificação compulsória transmitas por mosquitos do gênero Aedes, sendo o Aedes aegypti o principal vetor. Encontram-se amplamente distribuídas no Brasil, ocasionando um dos maiores problemas de saúde pública, devido as alterações epidemiológicas que vem ocorrendo nos últimos anos e por caracterizarem-se pela ampla distribuição em todas as regiões. O presente projeto tem como objetivo analisar a atuação dos enfermeiros das Estratégias de Saúde da Família (ESF) no controle da Dengue e Febre Chikungunya nos municípios de Parnamirim e Santa Cruz. Trata-se de pesquisa de cunho exploratório-descritivo, com abordagem quantitativa e qualitativa, que fora desenvolvida com enfermeiros dos municípios de Parnamirim e Santa Cruz. A pesquisa obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE), n° 48378515.8.0000.5537. A coleta de dados foi realizada no mês de novembro e dezembro através de entrevista com questionários semiestruturados compostos por questões abertas e fechadas, organizados em três partes: o perfil dos entrevistados, o conhecimento sobre a doença e descrição das práticas realizadas. Os dados levantados foram categorizados e tabulados, utilizando o Microsoft Office Excel 2010. As tabulações do instrumento das perguntas fechadas passaram por análises, utilizando o Programa Estatístico Statistical Package for the Social Sciences (SPSS 22), e para as perguntas abertas utilizou a análise de conteúdo de Bardin. Como resultado, os enfermeiros foram questionados quanto ao agente transmissor da Dengue e Febre Chikungunya, cinco enfermeiros responderam que o agente transmissor da Dengue é o Aedes aegypti e somente um por ele e pelo Aedes albopictus; enquanto que para Febre Chikungunya, dois responderam que a doença é transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus e os demais somente pelo Aedes aegypti. Versando relativamente os sorotipos virais, três enfermeiros responderam que são 4 sorotipos da Dengue, dois disseram que são cinco e somente um que são dois sorotipos. Para a febre Chikungunya, um não soube responder, dois responderam que também são cinco sorotipos, dois responderam que existe somente um sorotipo e um que são dois. Todos desconhecem quais os tipos de depósitos que mais são encontrados focos do mosquito em sua região, como também desconhecem o Programa Nacional de Controle da Dengue. Os profissionais de enfermagem sabem reconhecer um caso suspeito de Dengue, mas se confundem quando tentam explicar para a Febre Chikungunya, expondo os mesmos sintomas da Dengue. Nota-se que, apesar de todos terem participado de uma capacitação sobre Febre Chikungunya e Dengue, um conhecimento bastante limitado dos enfermeiros a respeito do manejo clínico. Outra abordagem dos profissionais é uso de medicamentos para os casos sintomáticos das doenças. Destarte, conclui-se o estudo com a ausência de referências devidas que a equipe de saúde deve se apropriar para planejar ações de prevenção e controle vetorial, como treinamentos mais específicos para estes profissionais. 

4
  • ILISDAYNE THALLITA SOARES DA SILVA
  • Cartografia da implementação do teste rápido anti-HIV na Estratégia de Saúde da Família

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • CECILIA NOGUEIRA VALENCA
  • MARLI TERESINHA GIMENIZ GALVÃO
  • Data: 29/01/2016

  • Mostrar Resumo
  • Uma das estratégias do Ministério da Saúde para o controle da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida no Brasil foi à ampliação do acesso ao diagnóstico da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana por meio da oferta do teste rápido na Estratégia Saúde da Família. Esse teste deve ser realizado por profissionais de saúde devidamente capacitados, dentre eles o enfermeiro. Além disso, o Conselho Federal de Enfermagem aprovou a competência legal desse profissional nas ações relacionadas à testagem rápida. Nesse contexto, objetivou-se avaliar a implementação do teste rápido para diagnóstico do vírus da imunodeficiência humana na Estratégia de Saúde da Família na perspectiva de enfermeiros. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória com abordagem qualitativa. Os sujeitos do estudo foram 13 enfermeiros das Unidades de Saúde da Família da zona rural e urbana dos municípios da Quarta Regional de Saúde do Estado da Paraíba. Os dados foram coletados por meio de um roteiro de entrevista semiestruturada no período de março a junho de 2015 e foram analisados pelo método da cartografia simbólica de Boaventura de Sousa Santos. O projeto foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, obtendo-se aprovação com o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº 39639314.7.0000.5537. Os resultados revelaram que na dimensão da estrutura, identificaram-se deficiências na infraestrutura básica necessária para a implementação do teste na Estratégia Saúde da Família, especialmente aspectos relacionados à disponibilidade dos insumos de testagem. Além disso, as falas foram reveladoras quanto à qualidade da capacitação recebida pelos enfermeiros para a execução do teste, deixando lacunas no conhecimento desses profissionais. Na avaliação do processo, evidenciaram-se dificuldades vivenciadas pelos enfermeiros da região no desenvolvimento da testagem rápida, como a revelação do diagnóstico positivo para o vírus da imunodeficiência humana ao paciente e sobrecarga de atividades na Estratégia de Saúde da Família. No entanto, a inserção dos testes rápidos nas unidades de saúde da família pesquisadas apresentou como facilidades a rapidez no resultado do exame e a diminuição da resistência do paciente em fazer o teste. As falas dos entrevistados também mostraram que a oferta do teste rápido para o vírus da imunodeficiência humana é destinada prioritariamente às gestantes e para as demais clientelas apenas em eventos pontuais ou por demanda do paciente. Na etapa do aconselhamento, identificaram-se barreiras na abordagem de aspectos relacionados à sexualidade. Na região investigada, os testes são executados em dia específico conforme demanda programada. No encaminhamento de um paciente com resultado do teste positivo, observaram-se, a partir das falas dos entrevistados, diferentes fluxos e desconhecimento do serviço de referência para esse indivíduo. Concluiu-se que em relação à estrutura observou-se a necessidade de maior investimento no fornecimento dos insumos de testagem e na política de educação permanente dos enfermeiros inseridos nos serviços pesquisados. Além disso, há a necessidade de ampliação da oferta do teste para a população não gestante, interação entre as unidades e a rede de referência no estado, bem como a disponibilização do mesmo em todos os períodos de funcionamento do serviço.


  • Mostrar Abstract
  • Uma das estratégias do Ministério da Saúde para o controle da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida no Brasil foi à ampliação do acesso ao diagnóstico da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana por meio da oferta do teste rápido na Estratégia Saúde da Família. Esse teste deve ser realizado por profissionais de saúde devidamente capacitados, dentre eles o enfermeiro. Além disso, o Conselho Federal de Enfermagem aprovou a competência legal desse profissional nas ações relacionadas à testagem rápida. Nesse contexto, objetivou-se avaliar a implementação do teste rápido para diagnóstico do vírus da imunodeficiência humana na Estratégia de Saúde da Família na perspectiva de enfermeiros. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória com abordagem qualitativa. Os sujeitos do estudo foram 13 enfermeiros das Unidades de Saúde da Família da zona rural e urbana dos municípios da Quarta Regional de Saúde do Estado da Paraíba. Os dados foram coletados por meio de um roteiro de entrevista semiestruturada no período de março a junho de 2015 e foram analisados pelo método da cartografia simbólica de Boaventura de Sousa Santos. O projeto foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, obtendo-se aprovação com o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº 39639314.7.0000.5537. Os resultados revelaram que na dimensão da estrutura, identificaram-se deficiências na infraestrutura básica necessária para a implementação do teste na Estratégia Saúde da Família, especialmente aspectos relacionados à disponibilidade dos insumos de testagem. Além disso, as falas foram reveladoras quanto à qualidade da capacitação recebida pelos enfermeiros para a execução do teste, deixando lacunas no conhecimento desses profissionais. Na avaliação do processo, evidenciaram-se dificuldades vivenciadas pelos enfermeiros da região no desenvolvimento da testagem rápida, como a revelação do diagnóstico positivo para o vírus da imunodeficiência humana ao paciente e sobrecarga de atividades na Estratégia de Saúde da Família. No entanto, a inserção dos testes rápidos nas unidades de saúde da família pesquisadas apresentou como facilidades a rapidez no resultado do exame e a diminuição da resistência do paciente em fazer o teste. As falas dos entrevistados também mostraram que a oferta do teste rápido para o vírus da imunodeficiência humana é destinada prioritariamente às gestantes e para as demais clientelas apenas em eventos pontuais ou por demanda do paciente. Na etapa do aconselhamento, identificaram-se barreiras na abordagem de aspectos relacionados à sexualidade. Na região investigada, os testes são executados em dia específico conforme demanda programada. No encaminhamento de um paciente com resultado do teste positivo, observaram-se, a partir das falas dos entrevistados, diferentes fluxos e desconhecimento do serviço de referência para esse indivíduo. Concluiu-se que em relação à estrutura observou-se a necessidade de maior investimento no fornecimento dos insumos de testagem e na política de educação permanente dos enfermeiros inseridos nos serviços pesquisados. Além disso, há a necessidade de ampliação da oferta do teste para a população não gestante, interação entre as unidades e a rede de referência no estado, bem como a disponibilização do mesmo em todos os períodos de funcionamento do serviço.

5
  • MAYARA MIRNA DO NASCIMENTO COSTA
  • ACURÁCIA DOS INDICADORES CLÍNICOS DO DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM FALTA DE ADESÃO EM PESSOAS VIVENDO COM AIDS.  

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • MARLI TERESINHA GIMENIZ GALVÃO
  • Data: 29/01/2016

  • Mostrar Resumo
  • No início da década de 1990, um marco importante no tratamento da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida foi o desenvolvimento da terapia antirretroviral combinada de alta potência. O grande benefício gerado pelo uso dessa terapêutica foi o prolongamento da sobrevida das pessoas que adquiriram essa doença, uma vez que esta deixou de ser considerada fatal, tornando-se uma condição crônica. Apesar das melhorias geradas por esta terapêutica, restam ainda muitas dificuldades a serem superadas. Uma delas é a adesão do paciente ao seu tratamento, trazendo desafios aos serviços e aos profissionais de saúde. Daí advém à necessidade de se identificar precocemente o diagnóstico de enfermagem Falta de Adesão para que soluções sejam buscadas pelo enfermeiro junto ao paciente e sua família. Com essa problemática, soma-se a dificuldade do enfermeiro assistencial em inferir esse diagnóstico, especialmente na identificação de suas características definidoras. Nesse contexto, objetivou-se avaliar a acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Falta de adesão ao tratamento antirretroviral em pessoas vivendo com a Síndrome de imunodeficiência adquirida. A pesquisa ocorreu em duas etapas. A primeira composta pela avaliação dos indicadores do diagnóstico em estudo; e a segunda, pela inferência diagnóstica realizada por enfermeiros especialistas. A primeira etapa ocorreu em um Hospital de referência no tratamento de doenças infectocontagiosas do Nordeste do Brasil, e os dados foram obtidos por meio de um instrumento para realização de anamnese e exame físico e analisado quanto à presença ou ausência dos indicadores do diagnóstico. Na segunda etapa, os dados foram encaminhados a especialistas, que julgaram a presença ou ausência do diagnóstico na clientela estudada. O projeto foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, obtendo-se aprovação com o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE) nº 46206215.3.0000.5537. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e inferencial. Utilizou-se o teste exato de Fisher, Teste qui-quadrado de Pearson e regressão logística. Já a acurácia dos indicadores clínicos foi mensurada por meio da especificidade, sensibilidade, valores preditivos, razões de verossimilhança. Como resultados, identificou-se a presença do diagnóstico Falta de adesão em 69% (n=78) dos pacientes do estudo. As características definidoras que apresentaram significância estatística na associação com o diagnóstico estudado foram: comportamento de falta de adesão, complicação relativa ao desenvolvimento, falta a compromissos agendados, falha em alcançar os resultados, e exacerbação de sintomas. A característica com maior sensibilidade foi comportamento de falta de adesão e a de maior especificidade foi exacerbação dos sintomas. A Regressão Logística demonstrou como fatores preditores para o diagnóstico faltam de adesão: comportamento de falta de adesão, falta a compromissos agendados, falha em alcançar os resultados, e exacerbação de sintomas. Foi possível concluir que a identificação de indicadores clínicos de forma acurada permitiu uma boa predição do diagnóstico de enfermagem Falta de adesão em pessoas vivendo com a Síndrome de imunodeficiência adquirida, contribuindo para que o enfermeiro desenvolva de forma precoce estratégias para a promoção da adesão ao uso dos antirretrovirais.


  • Mostrar Abstract
  • No início da década de 1990, um marco importante no tratamento da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida foi o desenvolvimento da terapia antirretroviral combinada de alta potência. O grande benefício gerado pelo uso dessa terapêutica foi o prolongamento da sobrevida das pessoas que adquiriram essa doença, uma vez que esta deixou de ser considerada fatal, tornando-se uma condição crônica. Apesar das melhorias geradas por esta terapêutica, restam ainda muitas dificuldades a serem superadas. Uma delas é a adesão do paciente ao seu tratamento, trazendo desafios aos serviços e aos profissionais de saúde. Daí advém à necessidade de se identificar precocemente o diagnóstico de enfermagem Falta de Adesão para que soluções sejam buscadas pelo enfermeiro junto ao paciente e sua família. Com essa problemática, soma-se a dificuldade do enfermeiro assistencial em inferir esse diagnóstico, especialmente na identificação de suas características definidoras. Nesse contexto, objetivou-se avaliar a acurácia dos indicadores clínicos do diagnóstico de enfermagem Falta de adesão ao tratamento antirretroviral em pessoas vivendo com a Síndrome de imunodeficiência adquirida. A pesquisa ocorreu em duas etapas. A primeira composta pela avaliação dos indicadores do diagnóstico em estudo; e a segunda, pela inferência diagnóstica realizada por enfermeiros especialistas. A primeira etapa ocorreu em um Hospital de referência no tratamento de doenças infectocontagiosas do Nordeste do Brasil, e os dados foram obtidos por meio de um instrumento para realização de anamnese e exame físico e analisado quanto à presença ou ausência dos indicadores do diagnóstico. Na segunda etapa, os dados foram encaminhados a especialistas, que julgaram a presença ou ausência do diagnóstico na clientela estudada. O projeto foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, obtendo-se aprovação com o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE) nº 46206215.3.0000.5537. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e inferencial. Utilizou-se o teste exato de Fisher, Teste qui-quadrado de Pearson e regressão logística. Já a acurácia dos indicadores clínicos foi mensurada por meio da especificidade, sensibilidade, valores preditivos, razões de verossimilhança. Como resultados, identificou-se a presença do diagnóstico Falta de adesão em 69% (n=78) dos pacientes do estudo. As características definidoras que apresentaram significância estatística na associação com o diagnóstico estudado foram: comportamento de falta de adesão, complicação relativa ao desenvolvimento, falta a compromissos agendados, falha em alcançar os resultados, e exacerbação de sintomas. A característica com maior sensibilidade foi comportamento de falta de adesão e a de maior especificidade foi exacerbação dos sintomas. A Regressão Logística demonstrou como fatores preditores para o diagnóstico faltam de adesão: comportamento de falta de adesão, falta a compromissos agendados, falha em alcançar os resultados, e exacerbação de sintomas. Foi possível concluir que a identificação de indicadores clínicos de forma acurada permitiu uma boa predição do diagnóstico de enfermagem Falta de adesão em pessoas vivendo com a Síndrome de imunodeficiência adquirida, contribuindo para que o enfermeiro desenvolva de forma precoce estratégias para a promoção da adesão ao uso dos antirretrovirais.

6
  • ISADORA COSTA ANDRIOLA
  • Construção do diagnóstico de enfermagem Atraso no crescimento em adolescentes

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MARCOS VENÍCIOS DE OLIVEIRA LOPES
  • PAULA FERNANDA BRANDAO BATISTA DOS SANTOS
  • Data: 08/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • Estudo do tipo análise de conceito, cujo objetivo foi construir o diagnóstico de enfermagem Atraso do crescimento em adolescentes, a partir da literatura. A análise de conceito ocorreu segundo o modelo proposto por Walker e Avant, o qual se compõe de oito etapas, a saber: seleção do conceito; determinação dos objetivos da análise conceitual; identificação dos possíveis usos do conceito; determinação dos atributos definidores; construção de um caso modelo; construção de casos adicionais; identificação dos antecedentes e consequentes; além dos referenciais empíricos. O conceito selecionado foi o atraso do crescimento em adolescentes e o objetivo da análise foi analisar o fenômeno atraso do crescimento em adolescentes, a fim de subsidiar a sua identificação na prática clínica por parte do profissional enfermeiro. A fim de operacionalizar a análise, foi realizada uma revisão integrativa da literatura, segundo Whittermore e Knafl. A revisão ocorreu nas bases de dados: LILACS, PUBMED, CINAHL, SCOPUS, Web of Science, Science Direct, e no periódico Journal of Human Growth and Development. A partir da revisão, obteve-se uma amostra final de 29 estudos para análise. Esses estudos foram analisados através de leitura minuciosa, com vistas à identificação dos termos ou expressões que representassem a essência do conceito, seus atributos, antecedentes e consequentes. A proposta diagnóstica, a qual resultou da análise conceitual, apresentou a seguinte definição para o atraso do crescimento em adolescentes: crescimento abaixo do esperado para indivíduos dos 10 aos 19 anos de mesmo sexo: estatura inferior ao 3º percentil ou déficit em estatura acima de 2 desvios-padrão, que, associado à velocidade de crescimento diminuída, resulta na altura final inferior ao alvo genético. Fatores relacionados: alterações hormonais; desnutrição crônica; doenças crônicas; imunodeficiência/imunossupressão; estresse físico prolongado; desordens do sistema nervoso central; e distúrbios genéticos. Características definidoras: baixa estatura por idade; baixo peso por idade; maturação sexual retardada; atraso no surto de crescimento puberal; velocidade de crescimento abaixo do esperado; estatura final inferior ao alvo genético; e diminuição da massa óssea. Constatou-se que, a partir da identificação dos atributos, antecedentes e consequentes, foi possível uma melhor compreensão do conceito atraso do crescimento em adolescentes. O entendimento desse fenômeno contribui para o avanço no estado da arte da enfermagem, aperfeiçoando a identificação do atraso do crescimento nessa clientela e contribuindo para o estabelecimento de planos terapêutico mais eficazes, com intervenções voltadas às necessidades prementes dessa clientela.


  • Mostrar Abstract
  • This study is typified as concept analysis, whose objective was to build the nursing diagnosis “Growth delay in adolescents”, based on literature. The concept analysis was performed in line with the model proposed by Walker and Avant, which is composed of eight steps, namely: concept analysis; determination of the objectives of the conceptual analysis; identification of possible uses of the concept; determination of the defining attributes; construction of a model case; construction of supplementary cases; identification of the backgrounds and consequences; besides the empirical benchmarks. The selected concept was the “Growth delay in adolescents” and the objective of the analysis was to analyze the phenomenon of growth delay in adolescents, with the purpose of subsidizing its identification in clinical practice on the part of the nursing professional. In order to operationalize the analysis, we held an integrative literature review, according to Whittermore and Knafl. The review took place in the databases: LILACS, PUBMED, CINAHL, SCOPUS, Web of Science, Science Direct, as well as in the Journal of Human Growth and Development journal. From the review, we obtained a final sample of 29 studies to be analyzed. These studies were analyzed by means of thorough reading, with a view to identifying the terms or expressions that could represent the essence of the concept, its attributes, backgrounds and consequences. The diagnostic proposal, which resulted from the conceptual analysis, showed the following definition for the growth delay in adolescents: below expected growth for individuals from 10 to 19 years of the same sex: height below the 3rd percentile or deficit in height above 2 standard deviations, which, associated with decreased growth velocity, results in the final height lower than the genetic target. The related factors were: hormonal changes; chronic malnutrition; chronic diseases; immunodeficiency/ immunosuppression; prolonged physical stress; central nervous system diseases; and genetic disorders. The defining characteristics were: low height for age; low weight for age; delayed sexual maturation; delayed pubertal growth spurt; below expected growth velocity; final height lower than the genetic target; and decreased bone mass. We found that, from the identification of attributes, backgrounds and consequences, it was possible to achieve a better understanding of the concept “Growth delay in adolescents”. The understanding of this phenomenon contributes to the advancement in the state of the art of nursing, thereby improving the identification of the delayed growth in these customers and contributing to the establishment of more effective therapeutic plans, with interventions aimed at their urgent needs.

7
  • CLARISSA MARIA BANDEIRA BEZERRA
  • Estresse e síndrome de Burnout nos enfermeiros de um hospital universitário

  • Orientador : MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • ROSÂNGELA MARION DA SILVA
  • Data: 29/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se verificar o nível de estresse e a presença da síndrome de burnout em enfermeiros nos turnos diurno e noturno na área hospitalar. Trata-se de estudo descritivo, do tipo transversal observacional, com abordagem quantitativa em um Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A pesquisa foi realizada com a amostra de 108 enfermeiros atuantes nos turnos diurno e noturno. Consistiu na aplicação de questionários para a avaliação um Formulário verificador de dados sociodemográficos da amostra, a Escala de Bianchi modificada para quantificar o nível de estresse e o Maslach Burnout Inventory - Human Services Survey), para identificar a presença da Síndrome de Burnout. A tabulação dos dados se deu em planilhas e depois em tabelas. As variáveis contínuas foram verificadas por medidas de posição (média e mediana), dispersão (desvio padrão). Para as comparações entre os turnos com relação aos escores dos instrumentos foi aplicado o teste t de Student e o teste não-paramétrico de Mann-Whitney.Foram aplicados teste de Correlação de Spearmann e de Pearson.Adotou-se nível de significância de 0,05. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob o Parecer nº 1.313.575. Quanto aos resultados os dados mostraram que 88,88% dos participantes eram do sexo feminino, com faixa etária de 24-45 anos correspondendo a 84.25% dos trabalhadores, de maioria casados 47,22%. Em maior número encontram-se os que possuem outro emprego 55,56%. Média de tempo de serviço de 12,78 anos. 50% dos participantes referiram praticar atividade física e outros 50% não. O escore para o nível de estresse do turno diurno foi de 2,35 e do noturno 2,31, sendo classificados como médio. As dimensões do Burnout para o grupo do diurno mostrou exaustão 21,88; despersonalização 5,89; realização profissional 38,88. Para o noturno, exaustão 20,10; despersonalização 5,79 realização profissional 38,98. Foram considerados medianos. Os valores do estresse e do Burnout quanto ao turno de trabalho não foram estatisticamente significativos. Existiu correlação e valores de p estaticamente significativos quando comparados estresse e as dimensões da síndrome (p= < 0,0001), (p=0,0001) e (p=0,0003). Concluiu-se que o nível de estresse entre os enfermeiros foi avaliado como nível médio nos turnos diurno e noturno e das três dimensões do Burnout em ambos os turnos também, onde verificou-se ausência da síndrome. Houve correlação estatisticamente significativas entre estresse e os domínios do Burnout


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to verify the level of stress and the presence of burnout syndrome in nurses in day and night shifts in the hospital. It is descriptive, observational cross-sectional with quantitative approach in a University Hospital of the Federal University of Rio Grande do Norte. The survey was conducted with a sample of 108 nurses working day and night shifts. It consisted of questionnaires for evaluation a sociodemographic data checker form of the sample, the modified Bianchi scale to quantify the level of stress and the Maslach Burnout Inventory - Human Services Survey), to identify the presence of burnout syndrome. The tabulation of the data was in spreadsheets and then tables. Continuous variables were checked for position measurements (mean and median), dispersion (standard deviation). For comparisons between the shifts with respect to the scores of the instruments we applied the Student t test and the nonparametric Mann-Whitney.Foram applied Spearman correlation test and Pearson.Adotou is a significance level of 0, 05. The project was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, in the Opinion No. 1.313.575. As for results data showed that 88.88% of the participants were female, aged 24-45 years corresponding to 84.25% of the workers, most married 47.22%. In the largest number are having another job 55.56%. Average of 12.78 years of service. 50% of participants reported physical activity and 50% did not. The score for the level of stress of the day shift was 2.35 and 2.31 of the night, being classified as average. The dimensions of Burnout for day group showed exhaustion 21.88; depersonalization 5.89; professional achievement 38.88. For the night, exhaustion 20,10; depersonalization 5.79 professional achievement 38.98. They were considered average. The values of stress and burnout as the work shift were not statistically significant. There was correlation and statically significant p-values when compared stress and the dimensions of the syndrome (p = <0.0001) (p = 0.0001) (p = 0.0003). It was concluded that the level of stress among nurses was rated as average level in day and night shifts and the three dimensions of Burnout in both rounds too, where there was absence of the syndrome. There was a statistically significant correlation between stress and the domains of burnout.

8
  • JESSICA NAIARA DE MEDEIROS ARAUJO
  • DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM RISCO DE OLHO SECO EM PACIENTES INTERNADOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

  • Orientador : ALLYNE FORTES VITOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • ANA RAILKA DE SOUZA OLIVEIRA KUMAKURA
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 04/10/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o Diagnóstico de Enfermagem (DE) Risco de olho seco da NANDA-Internacional em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Trata-se de um estudo transversal realizado na UTI de adultos do Hospital Universitário Onofre Lopes. A amostra final foi constituída de 206 pacientes. Para coleta de dados utilizou-se um instrumento composto por variáveis pertinentes aos dados sociodemográficos, clínicos e fatores de risco do DE em estudo. A inferência quanto à presença do diagnóstico nos pacientes avaliados foi realizada por um par de enfermeiros diagnosticadores com experiência em julgamento diagnóstico e em assistência de enfermagem em UTI. Todos os dados coletados foram organizados e armazenados em um banco de dados construído no programa Statistical Package for Social Science (SPSS) versão 22.0 para teste. Para a análise descritiva, foram consideradas as frequências, medidas do centro da distribuição e suas variabilidades. Para comparar médias, aplicou-se o teste t de Student para amostras independentes. Em caso de assimetria, o teste de Mann-Whitney foi utilizado. Para medidas associativas, utilizou-se o teste Qui-quadrado de Pearson e quando as frequências esperadas foram menores que cinco, foi aplicado o teste de Fisher. A magnitude da associação foi verificada por meio da razão de prevalência. Este estudo obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e é financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, processo n° 444290/2014-1. Dos 206 pacientes, 52,4% eram do sexo masculino, idade média de 58,41 anos e 57,6% residiam no interior do Rio Grande do Norte. Em relação à escolaridade, a maioria (40,3%) tinha ensino fundamental incompleto e 43,3% eram aposentados. De acordo com o tipo de internação, 49% foram clínicas, 29,1% cirurgias de urgência/emergência e 21,8% cirurgias eletivas. Das comorbidades, 59,7% apresentavam hipertensão arterial sistêmica e 31,6% diabetes mellitus. 47,6% dos pacientes apresentaram o DE em estudo. Desta forma, 52,4% já apresentaram o diagnóstico clínico de ressecamento ocular. Na análise por olho, 56,8% apresentaram o DE, já o ressecamento ocular esteve presente em 43,2% dos olhos. Os fatores de risco mais prevalentes foram: fatores ambientais e regime de tratamento (100%), terapia com ventilação mecânica (52,4%), envelhecimento (51%), lesões neurológicas com perda sensorial reflexo motora (50%), sexo feminino (47,6%) e estilo de vida (36,4%). Apresentaram associação estatisticamente significante com a presença do DE estudado no olho direito (OD) a ausência das seguintes características clínicas: motivo de internação por distúrbio gastrointestinal, lagoftalmia no OD, lagoftalmia no olho esquerdo (OE), hiperemia do OE, secreção mucosa OD, edema palpebral OD, proptose OD e uso de anti-inflamatório. A presença da hiperemia no OD foi significativa para ausência do DE no OD. A diferença de médias do schirmer no OD e OE entre a presença e ausência do DE no OD também apresentaram significância. Em relação ao OE, existiu associação estatisticamente significante entre o reflexo córneo-palpebral do OD e DE risco de olho seco do OD com a presença do DE no OE. Além disso, as ausências de outras características clínicas apresentaram-se significativas com a presença do DE no OE: hiperemia OD e OE, edema palpebral OD e OE, secreção mucosa OE, uso de bloqueadores neuromusculares e ressecamento ocular no OD e OE. Ainda, o schirmer do OD e OE apresentaram diferenças de médias significativas entre a presença e ausência do DE no OE. Em relação à análise do ressecamento ocular no OD,
    a ausência de determinadas características clínicas foram estatisticamente significantes para a ausência do ressecamento no OD, a saber: motivo de internação por distúrbio gastrointestinal, lagoftalmia no OD e OE e ressecamento ocular no OE. A presença de hiperemia no OD apresentou significância com a presença no ressecamento no OD. Contudo, a ausência da hiperemia no OE mostrou associação com a ausência do ressecamento ocular no OD, assim como a secreção mucosa no OD, edema palpebral OD, proptose OD e uso de anti-inflamatório. A presença do DE no OD e OE demonstraram associação com a ausência do ressecamento ocular no OD. A diferença de médias do schirmer do OD apresentou relação significativa entre a presença e ausência do ressecamento ocular no OD, assim como a diferença de médias dos postos do schirmer do OE. No que concerne ao ressecamento ocular no OE, a presença do reflexo córneo-palpebral no OD e DE no OD e OE apresentaram relação estatisticamente significativa com a ausência do ressecamento ocular no OE. A hiperemia ocular presente no OD e o ressecamento do OE também demonstraram associação. No entanto, a ausência de hiperemia ocular no OE, secreção mucosa no OE, edema palpebral no OD e OE e o não uso de bloqueadores neuromusculares associaram-se significativamente com a ausência do ressecamento ocular no OE. Além do mais, como nos demais desfechos existiram diferenças de médias significativas do schirmer OD e OE entre quem apresenta ou não ressecamento ocular no OE. Destarte, o conhecimento obtido apresenta estimada relevância no sentido de garantir uma ação direcionada para a prevenção do ressecamento ocular em pacientes internados em UTI.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the NANDA-International Nursing Diagnosis (ND) Risk of Dry Eye in patients admitted to the Intensive Care Unit (ICU). This is a cross-sectional study in adult ICU of the University Hospital Onofre Lopes. The final sample consisted of 206 patients. To collect data an instrument composed of relevant variables to sociodemographic data, clinical and risk factors of ND in study. Inference for the presence of diagnosis in patients was performed by a pair of diagnostician’s nurses with experience in diagnosis and judgment in ICU nursing care. All data collected were organized and stored in a database built in the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 22.0 for testing. For the descriptive analysis, the frequencies were considered, distribution center measures and their variabilities. To compare means, applied the Student t test for independent samples. In the case of asymmetry, the Mann-Whitney test was used. For associative measurements, we used the chi-square test of Pearson and when the expected frequencies were lower than five, Fisher's test was applied. The magnitude of the association was verified by the prevalence ratio. This study was approved by the Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte and is funded by the National Scientific and Technological Development Council - CNPq, process n ° 444290 / 2014-1. Of the 206 patients, 52.4% were male, mean age 58.41 years and 57.6% lived in the interior of Rio Grande do Norte. Regarding education, the majority (40.3%) had incomplete primary education and 43.3% were retired. According to the type of admission, 49% were clinics, 29.1% urgency/emergency surgery and 21.8% elective surgery. Comorbidities, 59.7% had hypertension and 31.6% diabetes mellitus. 47.6% of patients had the ND in study. Thus, 52.4% have had a clinical diagnosis of ocular dryness. In the analysis by eye, 56.8% had DE, since the ocular dryness was present in 43.2% of eyes. The most prevalent risk factors were: environmental factors and treatment regimen (100%), mechanical ventilation therapy (52.4%), aging (51%), neurological damage with motor reflex sensory loss (50%), female (47.6%) and lifestyle (36.4%). Showed a statistically significant association with the presence of the studied ND in the right eye (RE) the absence of the following clinical features: hospitalization why gastrointestinal disorder, lagophthalmos in RE, lagophthalmos in the left eye (LE), the hyperemia LE, mucous secretion RE, eyelid edema RE, proptosis RE and use of anti-inflammatory. The presence of hyperemia in the RE was significant for the absence of DE in the OD. The schirmer the mean difference in the RE and LE between the presence and absence in the ND in RE also had significance. Regarding the LE, there was a statistically significant association between corneal-palpebral reflex of RE and DE risk of dry eye in RE with the ND presence in the LE. Moreover, the absence of other clinical characteristics were significant with the ND presence in the LE: hyperemia RE and LE, eyelid edema RE and LE, mucous secretion LE, neuromuscular blockers and ocular dryness in the RE and LE. Still, the schirmer of RE and LE showed significant mean differences between presence and absence in the ND in LE. Regarding the analysis of ocular dryness in the LE, the absence of certain clinical characteristics were statistically significant for the absence of dryness in the RE, to know: hospitalization why gastrointestinal disorder, lagophthalmos in RE and LE and ocular dryness in the LE. The presence of hyperemia in RE showed significance with the presence in the dryness of the RE. However, the absence of hyperemia in the LE was associated with the absence of ocular dryness in the RE, as well as the mucous secretion in the RE, eyelid edema RE, proptosis RE and use of anti-inflammatory. The ND presence in the RE and LE demonstrated association with the absence of ocular dryness in the RE. The mean difference of the schirmer in RE showed a significant relationship between the presence and absence of ocular dryness in the RE, as well as the difference of means of posts of schirmer in LE. Regarding the ocular dryness in the LE, the presence of corneal-palpebral reflex in RE and ND in RE and LE statistically showed statistically relationship with the absence of ocular dryness in LE. However, the absence of ocular hyperemia in LE, mucous secretion in LE, eyelid edema in RE and LE and the non use of neuromuscular blockers were significantly associated with the absence of ocular dryness in LE. Moreover, as in other outcomes there were significant mean differences of schirmer in RE and LE between those features or not ocular dryness in the LE. Thus, the knowledge gained has estimated relevance to ensure an action directed to the prevention of ocular dryness in ICU patients.

9
  • MILLENA FREIRE DELGADO
  • CONSTRUÇÃO DO DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM ATRASO NO DESENVOLVIMENTO

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • FLÁVIA PAULA MAGALHÃES MONTEIRO
  • PAULA FERNANDA BRANDAO BATISTA DOS SANTOS
  • Data: 24/10/2016

  • Mostrar Resumo
  • A adolescência constitui uma fase crítica do processo de desenvolvimento humano, marcada por transformações biossocial, cognitiva e psicossocial. Essas transformações são influenciadas pelos meios biológico e social. Assim, objetiva-se, neste estudo, construir o diagnóstico de enfermagem Atraso no desenvolvimento em adolescentes. Realizou-se uma análise de conceito, segundo o referencial de Walker e Avant, a qual foi operacionalizada por uma revisão integrativa. As bases de dados utilizadas foram: SCOPUS, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, National Library of Medicine and Nattional Institutes of Health, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Web of Science e Science Direct e o periódico Journal of Human Growth and Development. O cruzamento dos descritores Developmental Disabilities, Growth and Development e Adolescent e das palavras-chave Desenvolvimento cognitivo, Desenvolvimento físico, Maturação sexual, Atraso e Atraso na puberdade permitiu a obtenção de uma amostra inicial de 20.402 referências que passaram por três etapas de avaliação, a saber: leitura de título e resumo, consenso com o grupo de pesquisadores e leitura na íntegra das referências selecionadas. A amostra final resultou em um total de 51 referências, que foram minuciosamente analisadas para identificação dos atributos, antecedentes e consequentes do conceito Atraso no desenvolvimento em adolescentes. Os resultados mostram a identificação de quatro atributos; 15 antecedentes e 16 consequentes; este último distribuído nos domínios biossocial, cognitivo e psicossocial. A estrutura proposta para o diagnóstico de enfermagem é: título – Atraso no desenvolvimento em adolescente; domínio – 13; classe – 2; definição – Desenvolvimento abaixo do esperado para indivíduos entre 10 e 19 anos, ocasionado por atraso em uma ou mais das seguintes áreas: cognição, comportamento, social e puberal; Características definidoras - Domínio biossocial – Baixa autoestima; insatisfação com o corpo e maturação sexual atrasada; Domínio cognitivo – baixo desempenho escolar; atividade de vida diária prejudicada; comunicação verbal prejudicada; deficit de função executiva e hiperatividade; Domínio psicossocial – comportamento de externalização; comportamento de internalização; dificuldades de expressar emoções; enfrentamento passivo ou dependente; insegurança e transtornos alimentares; fatores relacionados - abuso de substâncias psicoativas, ambiente familiar estressante, condições obstétricas maternas e neonatais, desnutrição, distúrbios genéticos, doença crônica, dor crônica, efeitos adversos de medicamentos, exposição a substâncias tóxicas, infecções, lesão cerebral, marginalização social, não aceitação das transformações corporais da puberdade, obesidade, privação emocional e trauma físico. Dessa forma, conclui-se que o conceito Atraso no desenvolvimento em adolescentes é amplo e envolve aspectos relevantes que contribuem para a prática cínica dos enfermeiros. Acredita-se ainda que estudos dessa natureza é uma base importante para o crescimento do corpo científico da enfermagem, subsidiando o desenvolvimento de tecnologias próprias da área.


  • Mostrar Abstract
  • The adolescence is a critical stage of human development process, marked by bio-social, cognitive and psychosocial changes. These transformations are influenced by biological and social terms. Therefore, the objective of this study, build the nursing diagnosis delay in developing during the youth ages. We conducted a concept analysis, according to the reference of Walker and Avant, which was operationalized by an integrative review. The databases used were: SCOPUS, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, National Library of Medicine and Nattional Institutes of Health, Latin American and Caribbean Health Sciences, Web of Science and Science Direct and the Journal of Human Growth and Development. The crossing of Developmental Disabilities descriptors; Growth and Development and Adolescent and keywords: Cognitive development; physical development; sexual maturation; Delay; Delay in puberty allowed to obtain an initial sample of 20 402 references that have passed thru three stages of evaluation, named:title reading and summary; consensus with the group of researchers and reading full of selected references. The final sample included a total of 51 references, which have been carefully analyzed to identify the attributes, background and concept of the consequent delay in the development of teenagers. The results show the identification of four attributes; 15 background and 16 consequential; the last one is distributed in the areas bio-social, cognitive and psychosocial. The proposed structure for the nursing diagnosis is: title - Delay in developing adolescent; dominance - 13; class - 2; definition - Development below expectations for individuals aged 10 to 19 years old, caused by delay in one or more of the following areas: cognition, behavior, social and pubertal; defining characteristics - biosocial dominance - Low self-esteem; body dissatisfaction and delayed sexual maturation; cognitive dominace - poor school performance; daily life activity harmed ; harmed verbal communication; executive function deficit and hyperactivity disorder; psychosocial dominance - externalizing behavior; internalizing behavior; difficulties expressing emotions; passive confrontation or dependence; insecurity and eating disorders; related factors -abuse of psychoactive substances , stressful home environment, maternal and neonatal obstetric conditions, malnutrition, genetic disorders, chronic illness, chronic pain, adverse effects of medication, exposure to toxic substances, infections, brain demage, social marginalization, not accepting the body changes of puberty, obesity, emotional divestment and physical trauma. Therefore, it is concluded that the delay in concept development on teenagers is extensive and involves relevant aspects that contribute for the nurses clinical practice. It is believed that further studies of this nature is an important basis for the growth of the scientific structure of nursing, supporting the development of technologies in the area.

10
  • BRUNO ARAÚJO DA SILVA DANTAS
  • ASPECTOS SOCIODEMOGRÁFICOS E DE SAÚDE ASSOCIADOS À QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

  • Orientador : GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EULALIA MARIA CHAVES MAIA
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • GIOVANA SPOSITO
  • THALYTA CRISTINA MANSANO SCHLOSSER
  • Data: 27/10/2016

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: o processo de envelhecimento populacional suscita diversos debates a respeito dos novos caminhos da política de saúde para os idosos. Todas as mudanças relacionadas ao envelhecimento, quando associadas aos hábitos de vida dos idosos, constituem fatores determinantes para a vulnerabilidade desses indivíduos, no que diz respeito aos riscos à sua saúde, bem como à sua Qualidade de Vida (QV). Verifica-se sua relação direta com os aspectos emocionais, cognitivos, psíquicos e funcionais. A Estratégia Saúde da Família (ESF) é a principal condutora da atenção básica, primeiro nível de complexidade do Sistema Único de Saúde (SUS), que se trata do sistema brasileiro hierarquizado de atenção à saúde. Objetivo: analisar a associação dos aspectos sociodemográficos e de na QV de idosos vinculados à ESF. Método: estudo analítico, transversal, com abordagem quantitativa, realizado nas comunidades de Igapó, na zona Norte do município de Natal, Rio Grande do Norte (RN), do DNER e da clínica de idosos, no município de Santa Cruz- RN, Brasil, entre dezembro de 2015 a março de 2016. Foram utilizados os instrumentos: o questionário dos dados demográficos e características da dor, o instrumento Mini Exame do Estado Mental (MEEM) e a versão brasileira validada do questionário de qualidade de vida Medical Outcomes Short-Form Health Survey (SF-36). Resultados: a amostra foi composta por 120 idosos, adscritos à ESF. Dentre os critérios sociodemográficos, evidenciou-se predominância do sexo feminino (83,3%) e faixa etária entre 60 e 71 anos de idade (61,7%). Nos domínios da QV, ganhou destaque os aspectos emocionais, apresentando média em Natal de 78,3 (DP+39,2) e em Santa Cruz, 76,6 (DP+40,8). Observa-se ainda que esses valores, aproximam-se da média da amostra total no respectivo domínio: 77,5 (DP+ 39,9). Na faixa etária, destaca-se a associação significante entre os idosos mais jovens com os domínios funcional (M+67,2 e ρ-valor 0,032), emocional (M+82,0 e ρ-valor 0,040) e na dimensão física (M+51,4 e ρ-valor 0,042), todos estes em Santa Cruz. Considerando a amostra total, também houve significância entre o domínio funcional e os idosos mais jovens. Em relação ao estado civil os idosos com companhia associaram-se significantemente aos domínios funcional (M+69,7 e ρ-valor 0,037) e emocional (M+87,2 e ρ-valor 0,043), ambos em Santa Cruz. No que se refere à associação entre os aspectos de saúde e a QV dos idosos, nota-se significância entre a variável “dor na última semana”, considerando a ausência de dor aos domínios funcional (M+76,7 e ρ-valor 0,013) e emocional (M+96,1 e ρ-valor (0,019), ambos em Santa Cruz). O não uso de medicamentos (M+ 79,2) apresentou significante associação com o domínio funcional (ρ-valor 0,020) no município de Santa Cruz. Destaca-se que o domínio funcional apresentou significância com a maior parte das variáveis. Conclusão: a realização desta pesquisa evidenciou que os aspectos sociodemográficos e de saúde possuíam associação significante com a QV dos idosos. Destaca-se a necessidade do planejamento de intervenções direcionadas às variáveis alteradas.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: population aging raises many debates about the new ways of health policy for the elderly. At this stage of life, the elderly identify the perception of old age according to their degree of dependence. All these changes, when associated with the lifestyle of the elderly, are decisive factors for the vulnerability of these individuals with regard to the risks to your health and your quality of life (QOL). There is a direct relationship with the emotional, cognitive, psychological and functional. The Family Health Strategy (ESF) is the main conductor of basic care, first level of complexity of the Unified Health System (SUS), it is the Brazilian graduated system of health care. Objective: To analyze the association of sociodemographic and the elderly QOL related to the ESF. Method: analytical, cross-sectional study with a quantitative approach, performed in Igapó communities in the north of the city of Natal, Rio Grande do Norte (RN), the DNER and clinical elderly in the city of Santa Cruz-RN, Brazil from December 2015 to March 2016. The instruments used were: the questionnaire of demographic data and characteristics of pain, the Mini examination instrument Mental State Examination (MMSE) and the validated Brazilian version of the quality of life questionnaire Medical Outcomes Short- Form Health Survey (SF-36). Results: The sample consisted of 120 patients, ascribed to the FHS. Among the socio-demographic criteria, it became clear predominance of women (83.3%) and aged between 60 and 71 years of age (61.7%). In the areas of QOL, was highlighted the emotional aspects, with an average in Natal 78.3 (SD + 39.2) and Santa Cruz, 76.6 (SD + 40.8). It is also observed that these values are close to the average of the total sample in their field: 77.5 (SD 39.9). In the age group, there is a significant association between younger elderly with functional domains (M + 67.2 and ρ-value 0.032), emotional (M + 82.0 and ρ-value 0.040) and physical size ( M + 51.4 and ρ-value 0.042), all these in Santa Cruz. Considering the total sample, there was also significant between the functional domain and younger elderly. Regarding marital status seniors with company were associated significantly to functional domains (M + 69.7 and ρ-value 0.037) and emotional (M + 87.2 and ρ-value 0.043), both in Santa Cruz. Regarding the association between health aspects and QOL of the elderly, there is significance between the variable "pain in the last week", considering the absence of pain on functional areas (M + 76.7 and ρ-value 0.013 ) and emotional (M + 96.1 and ρ-value (0.019), both in Santa Cruz). The non-use of medications (M + 79.2) showed significant association with the functional domain (ρ-value 0.020) in the municipality of Santa Cruz. It is noteworthy that the functional domain had significance with most of the variables. Conclusion: this research showed that the sociodemographic and health aspects had significant association with QOL of the elderly. There is the need for planning interventions aimed to change variables.

11
  • ANDREA TAYSE DE LIMA GOMES
  • Construção e validação de protocolo gráfico para avaliação do cuidado seguro ao paciente politraumatizado em situação de emergência

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • SUSANE DE FÁTIMA FERREIRA DE CASTRO
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 25/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • A partir da década de 1980 as causas externas sofreram considerável aumento, de modo a alterar o perfil epidemiológico brasileiro. Estas passaram a representar a segunda causa de morte no Brasil na perspectiva geral e a primeira na faixa etária entre cinco e 39 anos. Dessa forma, o atendimento ao paciente politraumatizado consiste em uma situação de emergência, visto que é um tipo de lesão cujo índice de mortalidade é elevado em virtude dos choques e hemorragias não controladas. Tal realidade requer a aplicação efetiva e eficaz de habilidades e conhecimentos dos profissionais, assim como a disponibilidade de estrutura adequada do serviço de emergência, a fim de proporcionar maior segurança ao paciente durante a assistência. Destarte, questiona-se: como deve ser um protocolo gráfico de avaliação do cuidado seguro ao paciente politraumatizado em situação de emergência? Para responder esta questão, objetivou-se propor protocolo gráfico, válido em seu conteúdo e aparência, para a avaliação do cuidado seguro ao paciente politraumatizado em situação de emergência. Para alcançar o objetivo, fez-se necessário: sumarizar as evidências científicas sobre o cuidado seguro ao paciente politraumatizado conforme a tríade proposta por Donabedian; construir protocolo gráfico para avaliação da estrutura, processo e resultado do cuidado seguro; e, validar o conteúdo e a aparência do protocolo gráfico para avaliação da estrutura, processo e resultado do cuidado seguro ao paciente politraumatizado em situação de emergência. Trata-se de estudo metodológico, com métodos mistos, composto por duas etapas, a saber: 1) scoping review e grupo focal e 2) construção, proposição e validação de conteúdo e aparência de protocolo gráfico. Para a realização do grupo focal, foi usada a técnica do sandplay e a pedagogia vivencial humanescente (montar-escrever-falar) e os sujeitos da pesquisa foram profissionais de enfermagem que atuam ou atuaram no setor de Politrauma de um Pronto-Socorro em Natal/RN. O tratamento e análise das falas se deu por intermédio do software Interface de R pour Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionneires e os dados socioprofissionais foram analisados descritivamente pelo SPSS 22.0. O estudo foi previamente submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, o qual obteve aprovação com Parecer Consubstanciado de nº 1.053.690, de 24 de abril de 2015, sob Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº 42951415.6.0000.5537. Para a validação de conteúdo e aparência do protocolo, foram arrolados 15 juízes localizados pelo currículo Lattes com base em critérios de busca previamente estabelecidos. Para tanto, empregou-se a técnica Delphi, a qual foi dividida em duas etapas (Delphi I e Delphi II), e o processo de avaliação se deu mediante a disponibilização do protocolo e dos itens de avaliação em formulário eletrônico do google docs. A relevância dos itens foi julgada mediante o resultado do índice de validação de conteúdo e do consenso de Delphi. Após análise dos dados, alcançou-se a validade do protocolo gráfico em sua aparência e conteúdo. 


  • Mostrar Abstract
  • From 1980s the external causes suffer considerable increase so that to change the Brazilian epidemiological profile. These came to represent the second cause of death in Brazil in the overall perspective and the first in the age group between five and 39 years. Thus, the care polytrauma patient is in an emergency situation, since it is a type of lesion whose mortality rate is high due to the shocks and uncontrolled haemorrhages. This reality requires the effective and efficient application of skills and knowledge of professionals, as well as the availability of adequate structure of the emergency service, in order to provide greater security to the patient during care. Thus, it questions: how should be an evaluation graph protocol safe polytrauma patient care in an emergency situation? To answer this question, it is aimed to propose graphic protocol, valid in their content and appearance, for the evaluation of the care safe to patients with multiple traumas in emergency situation. To achieve the objective, it was necessary: summarize the scientific evidence on the safe care to patients with multiple traumas as the triad proposed by Donabedian; build graphic protocol for assessing of the structure, process and outcome of care safe; and, validate the content and appearance of the graphic protocol for assessing the structure, process and outcome of care safe to polytrauma patients in emergency situation. This is a methodological study, with mixed methods, composed by two stages, namely: 1) scoping review and focus group and 2) construction, proposition and validation of content and appearance of graph protocol. For the realization of focus group, It was used the technique of the sandplay and the humanescente vivencial pedagogy (mount-write-speak) and the research subjects were nursing professionals who work or worked in the Polytrauma sector of a Emergency Department in Natal / RN. The treatment and analysis of the speech was given by the R interface software Analyses pour Multidimensionnelles of Textes et Questionneires and the socioprofessional data were analyzed descriptively by SPSS 22.0. The study was previously submitted to the Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, which was approved with seem consubstantiated No. 1053690 of April 24, 2015, with Certificate presentation for Appreciation Ethics No. 42951415.6.0000.5537. For the validation of content and appearance of the Protocol, were included 15 judges localized by the curriculum lattes based on search criteria previously established. For this purpose, it was used a Delphi technique, which was divided into two stages (Delphi I e Delphi II), and the evaluation process by means gave the provision of the Protocol and of the evaluation items in electronic formo of the google docs. The relevance of the items was judged by the result of the content validity index and Delphi consensus. After analyzing the data, it reached the validity of the graphic protocol in their appearance and content.

12
  • ARYELE RAYANA ANTUNES DE ARAÚJO
  • Análise dos fatores de risco do diagnóstico de enfermagem risco de infecção em pacientes com câncer hospitalizados

  • Orientador : ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXSANDRA RODRIGUES FEIJAO
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • GABRIELA DE SOUSA MARTINS MELO DE ARAUJO
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MARIA LURDEMILER SABÓIA MOTA
  • Data: 25/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • As Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde representam uma grave problemática de saúde mundial. Relativo especificamente aos pacientes com câncer hospitalizados, estes possuem fatores relacionados à doença, ao tratamento e à internação que favorecem o desenvolvimento desses eventos. Assim, objetivou-se analisar os fatores de risco do Diagnóstico de Enfermagem Risco de Infecção em pacientes com câncer hospitalizados notificados com Infecção Relacionada à Assistência de Saúde e acordo com a North American Nursing Diagnosis-International. Trata-se de um estudo transversal desenvolvido em um hospital referência em oncologia para pacientes do Sistema Único de Saúde no estado do Rio Grande do Norte. Foram analisados prontuários de pacientes com idade igual ou superior a 18 anos, de ambos os sexos, entre os anos de 2013 e 2014, os quais apresentaram infecção associada à assistência de saúde durante o período de internação. Após aplicação do cálculo amostral para populações finitas, estimou-se 110 prontuários, com cinco perdas não repostas, portanto a amostra totalizou 105 prontuários. A coleta de dados se deu entre os meses de novembro de 2015 a abril de 2016 por meio de um instrumento composto por variáveis sociodemográficas e de saúde e os fatores de risco para infecção. Foram realizadas análises exploratórias amostrais por meio de distribuições de frequências e medidas descritivas. As diferenças entre as proporções serão verificadas mediante aplicação dos Testes Qui-quadrado de Pearson e o Teste Exato de Fisher e a Regressão Múltipla foi avaliada por meio do teste T de Student, todos com nível de significância de 5% (p valor ≤ 0,05). O estudo foi aprovado nos Comitês de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e da Liga Norte-rio-grandense contra o Câncer, nº do CAAE 48374815.3.3001.5293. Quanto à caracterização da amostra, verificou-se maioria de adultos (54,3%), com média de idade de 58,9 (±14,7), do sexo feminino (57,1%), com companheiro (51,4%), trabalhavam (34,3%), provenientes do interior do estado do Rio Grande do Norte (59,0%). Em relação às características clínicas, 64,8% dos pacientes estavam internados por uma clínica cirúrgica. As manifestações clínicas mais relatadas nos prontuários foram febre (43,8%), dor (33,3%) e constipação (26,7%). Referente aos fatores de risco do diagnóstico de enfermagem risco de infecção, os mais prevalentes foram, respectivamente, procedimento invasivo (100,0%), pele rompida (93,3%) e peristaltismo inadequado (63,8%). Observou-se uma associação estatisticamente significante entre os fatores de risco pele rompida característica cirúrgica do paciente; e hemoglobinemia aos pacientes de condição não-cirúrgica. Além disso, foi significativa a avaliação do tempo de internação e o paciente ser do sexo feminino, pertencentes a uma clínica não-cirúrgica e que realizaram cirurgia prévia.  O conhecimento sobre os fatores de risco do diagnóstico risco de infecção na população estudada pode direcionar os cuidados da equipe de enfermagem com vistas à prevenção da Infecção Relacionada à Assistência de Saúde e qualifica a assistência de enfermagem de modo a sistematiza-la e instrumentaliza-la de modo a sinalizar aos enfermeiros as necessidades específicas de cuidados para esta população, além de sugerir o desenvolvimento de novos estudos nessa área.


  • Mostrar Abstract
  • The infections regarding health care represents a serious problematic of global health. Especially when it involves patients with cancer that are hospitalized, they have factors pertaining the disease, treatment and hospitalization that boosts the development of these events. Therefore, the purpose was to analyze the risk factors of the Nursing’s infection risk diagnostic on patients with cancer that are hospitalized and with an infection related to health care and according to the North American Nursing Diagnosis-International. It is about a transversal study developed inside a hospital that is reference on the field of oncology for patients of the Single Health System (SUS) in the state of Rio Grande do Norte. The handbooks of patients with age equal or above 18 years, of both gender, between the years of 2013 and 2014, which had showed infection associated with the health care during their hospitalization period were analyzed. After the samples’ calculation usage for limited populations, 110 handbooks were estimated, with five losses of non – response, consequently the sample was composed with 105 handbooks. The data gathering happened between November of 2015, to April of 2016, using an instrument composed by sociodemographic and health variables and the risk factors for infection. Sample exploratory analysis were made using frequency distributions and descriptive measures. The differences between the proportions will be verified upon the applications of the Chi – Square test and Fisher’s Exact test and the Multiple regression was evaluated using Student’s T test, all of them with significance level of 5% (p value ≤ 0,05). The study was approved on the committees of Ethics in Research of Universidade Federal do Rio Grande do Norte and the Norte Riograndense League against cancer, nº of CAAE 48374815.3.3001.5293. Regarding the sample’s characterization, it was verified a majority of adults (54.3%), with average age of 58.9 (±14.7), female (57.1%), with a companion (51.4%), that used to work (34.3%), coming from the state’s countryside (59.0%). Regarding clinical characterization, 64.8% of the patients were hospitalized by a surgical clinic. The most reported clinical manifestations on the handbooks were fever (43.8%), pain (33.3%) and constipation (26.7%). Referring the risk factors of the Nursing’s infection risk diagnostic, the most prevailing were, respectively, invasive procedure (100.0%), disrupted skin (93.3%) and inadequate peristalsis (63.8%). One observes a statistically significant association between risk factors, disrupted skin, a patient’s surgical characteristic, and the presence of free hemoglobin on the blood on patients with a non – surgical condition. Furthermore, the hospitalization’s time evaluation and the patient being a woman was significant, belonging to a non – surgical clinic and that made a previous surgery. The knowledge about the risk factors of the Nursing’s infection risk diagnostic on the studied population may direct the nursing’s team care aiming to prevent the infection related to health care and qualifies the nursing care in a way that it can systematize itself in order to make a signal for the nurses for specific needs of care for this population, in addition to suggest the development of new studies on this field.

13
  • BARBARA COELI OLIVEIRA DA SILVA
  • BANCO DE TERMOS DA LINGUAGEM ESPECIAL DE ENFERMAGEM PARA PESSOAS VIVENDO COM A SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • CECILIA NOGUEIRA VALENCA
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • MARIA MIRIAM LIMA DA NÓBREGA
  • Data: 30/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • O banco de termos da linguagem especial de enfermagem permite detectar
    conceitos que auxiliam na construção de diagnósticos, resultados e intervenções
    de enfermagem. A utilização desse banco direcionado a pessoas vivendo com
    síndrome da imunodeficiência adquirida é um passo primordial na identificação
    de um vocabulário próprio, podendo ser empregado no cuidado de enfermagem,
    reforçando de modo sistemático, sua segurança e qualidade. Nesse contexto,
    objetivou-se construir um banco de termos da linguagem especial de
    enfermagem para pessoas vivendo com a síndrome da imunodeficiência
    adquirida, utilizando a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem
    versão 2013. Trata-se de um estudo metodológico realizado em um hospital
    referência no tratamento de doenças infectocontagiosas do Nordeste do Brasil.
    A pesquisa foi desenvolvida em cinco etapas: 1) extração dos termos dos
    prontuários e eliminação das repetições; 2) normalização dos termos; 4)
    processo de mapeamento cruzado entre termos extraídos e os termos
    constantes na Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem versão
    2013; 5) refinamento dos termos. Obteve-se aprovação do Comitê de Ética em
    Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte sob o parecer nº
    1.177.410 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº
    47380915.2.0000.5537. Identificaram-se 640 termos, que foram submetidos ao
    processo de mapeamento cruzado, o que resultou em 315 constantes e 325 não
    constantes na Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem versão
    2013. Com a realização deste estudo, foi possível conhecer os termos utilizados
    pela equipe enfermagem na assistência a pessoas vivendo com a síndrome da
    imunodeficiência adquirida, o que possibilitará a utilização no desenvolvimento
    de afirmativas de diagnósticos/resultados e intervenções de enfermagem, bem
    como a unificação da linguagem profissional do enfermeiro.


  • Mostrar Abstract
  • The Bank of terms of special nursing language to detect concepts that help in
    building diagnostics, results and nursing interventions. The use of the bank
    directed at people living with acquired immunodeficiency syndrome is a major
    step in identifying a specific vocabulary and can be used in nursing care,
    reinforcing systematically, their safety and quality. In this context, the objective
    was to build a database of terms of the special language of nursing for people
    living with acquired immune deficiency syndrome, using the International
    Classification for Nursing Practice version 2013. This is a methodological study
    in a referral hospital in the treatment of infectious diseases in the Northeast of
    Brazil. The research was developed in five stages: 1) extraction of the terms of
    the records and eliminating repetitions; 2) standardization of terms; 4) crossmapping
    process between extracted terms and the terms in the International
    Classification for Nursing Practice 2013 version; 5) refinement of the terms.
    Obtained approval from the Ethics Committee of the Federal University of Rio
    Grande do Norte in the opinion No. 1,177,410 and presentation of Certificate No.
    Assessment Ethics 47380915.2.0000.5537. We identified 640 terms that were
    submitted to cross-mapping process, which resulted in 315 constant and 325 not
    listed in the International Classification for Nursing Practice version 2013. With
    this study, it was possible to know the terms used by the team nursing in the care
    of people living with acquired immunodeficiency syndrome, which make it
    possible to use in the development of positive diagnoses / outcomes and nursing
    interventions, as well as the unification of the professional language of the nurse.

14
  • VINICIUS LINO DE SOUZA NETO
  • DIAGNÓSTICOS, RESULTADOS E INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM DA CIPE® PARA PESSOAS VIVENDO COM AIDS.

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • MARIA MIRIAM LIMA DA NÓBREGA
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • Data: 30/11/2016

  • Mostrar Resumo
  • A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida perfaz atualmente um dos grandes desafios à pesquisa, tratamento e intervenção clínica e social. Diante disto, o enfermeiro, enquanto membro da equipe de saúde pode fazer uso de novas tecnologias e realinhar sua prática, para que possa implementar ações e intervenções seguras e de qualidade às pessoas vivendo com essa doença. Desse modo, a Sistematização da Assistência de Enfermagem, utilizando uma linguagem profissional unificada, contribui para a organização do cuidado, direcionando as necessidades prioritárias das pessoas vivendo com Aids, e respeitando o sistema de valores e crenças morais do conhecimento técnico cientifico. Nesse sentido, o estudo teve como objetivos: identificar os focos da Prática de Enfermagem na avaliação à saúde de pessoas vivendo com Aids; elaborar os Diagnósticos, Resultados e Intervenções de Enfermagem com base na CIPE® versão 2013, direcionado pelos focos da prática; e validar diagnósticos, resultados e intervenções de Enfermagem da CIPE®, por enfermeiros especialistas. Trata-se de um estudo transversal com abordagem quantitativa, desenvolvido em três etapas: 1ª: identificação dos focos da prática de enfermagem para pessoas vivendo com Aids; 2ª: elaboração  dos diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem; 3º: validação e análise estatística das afirmativas. O projeto foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, obtendo-se aprovação com o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE) 47380915.2.0000.5537. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e inferencial Para analisar o grau de concordância dos enfermeiros especialistas adotou-se o Índice de Concordância (IC> 0.80), Índice de Validação de Concordância (IVC> 0.80) e o Teste Binominal (p<0,005). Como resultados, foram identificados 146 focos da prática de enfermagem para pessoas vivendo com Aids, elaborando-se 96 diagnósticos e resultados, sem sinonímia e 210 com grau de repetição. As afirmativas foram categorizadas conforme as necessidades humanas básicas, sendo 73 estavam ao eixo das necessidades psicobiológicas, porém 35 foram validados IC> 0.80 (68,75%), IVC > 0.80 (55,42%), p<0,005(51,66%). No âmbito das necessidades psicossociais elaborou-se 20 afirmativas e espirituais apenas três, porém 11 foram validadas IC> 0.80 (61,33%), IVC > 0.80 (59,37%), p<0,005(64,17%). Em relação às intervenções de enfermagem foram elaboradas 230 intervenções dos quais 191 obtiveram a validação pelos especialistas IC> 0.80 (50,17%), IVC > 0.80 (60,38%), p<0,005(49,35%). Conclui-se que a partir dos focos da prática foi possível elaborar os diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem da CIPE®.  Assim, acredita-se que tais afirmativas poderão contribuir para o cuidado as pessoas vivendo com Aids, possibilitando a utilização de uma linguagem especial de enfermagem para essa clientela. 


  • Mostrar Abstract
  • The Acquired Immune Deficiency Syndrome currently makes up a major challenge to research, treatment and clinical and social intervention. Given this, the nurse as health team member can make use of new technologies and realign its practice, so you can implement actions and safe interventions and quality for people living with this disease. Thus, systematization of nursing care, using a unified professional language contributes to the organization of care, addressing the priority needs of people living with AIDS, and respecting the system of values and moral beliefs of scientific expertise. In this sense, the study aimed to: identify the focus of Nursing Practice in assessing the health of people living with AIDS; elaborate diagnostics, results and nursing interventions based on ICNP® 2013 version, directed by practice focuses; and validate diagnoses, outcomes and nursing interventions of ICNP®, by specialist nurses. This is a cross-sectional study with a quantitative approach, developed in three stages: 1st: identification of nursing practice focuses for people living with AIDS; 2nd: development of diagnostics, results and nursing interventions; 3: validation and statistical analysis of the statements. The project was submitted to the Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, obtaining approval with the General Certificate for Ethics Assessment (CAAE) 47380915.2.0000.5537. Data were analyzed using descriptive and inferential statistics to analyze the degree of agreement of specialist nurses adopted the Concordance Index (CI> 0.80) Compliance Validation Index (CVI> 0.80) and Binominal test (p < 0.005). As a result, they identified 146 nursing practice focuses for people living with AIDS, developing up 96 diagnostics and results without synonymy and 210 grade repetition. The statements were categorized as basic human needs, 73 were the axis of physiological needs, but 35 were validated CI> 0.80 (68.75%), IVC> 0.80 (55.42%), p <0.005 (51.66 %). With regard to psychosocial needs are elaborated 20 statements and spiritual only three, but 11 were validated IC> 0.80 (61.33%), IVC> 0.80 (59.37%), p <0.005 (64.17%). Regarding nursing interventions were developed 230 measures of which 191 have obtained validation by experts CI> 0.80 (50.17%), IVC> 0.80 (60.38%), p <0.005 (49.35%). It follows that from the practice focus was possible to elaborate diagnoses, results and nursing interventions of ICNP®. Thus, it is believed that such statements may contribute to the care of people living with AIDS, allowing the use of a special language of nursing for this clientele.

15
  • LAYS PINHEIRO DE MEDEIROS
  • NÍVEL DE ADAPTAÇÃO DA PESSOA ESTOMIZADA À LUZ DO MODELO DE ADAPTAÇÃO DE ROY: CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE INSTRUMENTO

  • Orientador : ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • GABRIELA DE SOUSA MARTINS MELO DE ARAUJO
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MARINA DE GÓES SALVETTI
  • Data: 02/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • Estomia é uma abertura criada artificialmente a partir do trato gastrointestinal, ou trato urinário, para o abdômen, por onde ocorre o desvio e eliminação do fluxo de fezes e urina. Pode ser permanente ou temporária e subdivide-se em três tipos: ileostomia, colostomia e urostomia. A construção de estomia demanda diversas necessidades adaptativas que envolvem desde aspectos fisiológicos até demandas psicológicas e sociais. Nesse sentido, faz-se necessário a atuação da enfermagem voltada para a promoção da adaptação da pessoa com estomia. A fim de sistematizar o cuidado à pessoa estomizada, com vistas à adaptação eficaz e consequente melhoria da qualidade de vida, a enfermagem pode utilizar o Modelo de Adaptação de Roy (MAR), que é descrito em seis etapas do processo de enfermagem. As duas primeiras constituem a fase de coleta de dados de estímulos e comportamentos, os quais direcionarão as fases subsequentes. Nesse sentido, o objetivo desse estudo é construir e validar o conteúdo do instrumento intitulado “Escala do Nível de Adaptação do Estomizado” (ENAE). Trata-se de um estudo metodológico que será desenvolvido em duas etapas: a primeira consiste na construção dos itens do instrumento a partir das definições dos constructos, e a segunda será baseada na fase de validação pelos juízes. As definições constitutivas e operacionais foram feitas a partir da literatura e o processo de validação será analisado por meio do Índice de Validade de Conteúdo (IVC). Foram selecionados 116 juízes para a etapa de validação, dos quais seis responderam ao formulário, apresentando as seguintes características: 33,3% possuam título de mestre, 33,3 % nível de especialista, 83,3% tiveram formação em enfermagem em instituição pública, a média do tempo de formação foi 7,1 anos, 53,8% referiram não trabalhar na área de estomaterapia, o tempo médio de prestação de cuidados à pessoas estomizadas foi de 5,8 anos, 61,5% elencaram afinidade como motivo para trabalhar e/ou pesquisar assuntos referentes à estomias, 100% consideram importante que o enfermeiro conheça o processo adaptativo da pessoa com estomia, 69,2% sente-se preparado para assistir a pessoa estomizada, incluindo as necessidades adaptativas e 92,3% conheciam o MAR. Sobre a avaliação dos itens, 62,5% dos itens alocados no modo fisiológico, 76,47 do modo autoconceito, 100% do modo função de papel e 71,4 do modo interdependência apresentaram IVC>80, sendo os itens restantes submetidos à reformulação a partir das sugestões feitas pelos juízes da pesquisa. Este projeto foi aprovado pela Comissão de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, parecer de número 421.342, CAAE de número 19866413.3.0000.5537.  


  • Mostrar Abstract
  • Ostomy is an artificially created opening from the gastrointestinal tract, or urinary tract, to the abdomen, through which occurs the deviation and elimination of stool and urine. It can be permanent or temporary and is subdivided in three types: Ileostomy, colostomy and urostomy. The ostomy’s construction requires several adaptive needs that involves from physiological aspects to psychological and social demands. This way, the performance of a nurse is needed to promote the adaptation of the person with the ostomy. In order to systematize the care to people with an ostomy, aiming an effective adaptation and consequent improvement on their quality of life, the nurse may use the Roy’s Adaption Model (RAM), which is described in six stages of the nursing process. The first two form the phase of gathering data about stimuli and behaviors, which will guide the subsequent stages. Therefore, the objective on this study is to build and validate the content of the instrument entitled as “Scale of the Adaptation Level of the Person with an Ostomy (ENAE). It is about a methodological study that will be developed in two steps: the first is about the construction of the instrument’s items from the constructs’ definitions, and the second will be bases on the phase of validation by the judges. The constitutive and operational definitions were made from the literature and the validation process will be analyzed through the Content’s Validation Index (CVI). 116 judges were selected for the validation stage, of which six answered the form, showing the following characteristics:33.3% had master’s degree, 33.3% the level of specialist, 83.3% the nursing graduation on a public institution, the average time of formation was around 7.1 years, 53.8% said that they did not worked on the field of stomal therapy, the average time of care to the people with an ostomy was of 5.8 years, 61.5% mentioned an affinity as reason to work and / or make research about affairs relating to ostomy, 100% considered that it was important that the nurse knows the adaptive process of the person with an ostomy, 69.2% feel ready to help a person with an ostomy, including the adaptive needs and 92.3% knew RAM. About the item’s evaluation, 62.5% of the items allocated on physiological mode, 76.47% of the self – concept mode, 100% of the paper function mode and 71.4 of the interdependence mode showed CVI >80, being the remaining items submitted to reformulation from the suggestion made by the research’s judges. This project was approved by the Committee of Ethic in Research of Universidade Federal do Rio Grande do Norte, under report nº 421.342, CAAE  number 19866413.3.0000.5537.

16
  • MARJORIE DANTAS MEDEIROS MELO
  • ACÚRACIA DAS CARACTERÍSTICAS DEFINIDORAS DO DIAGNOSTICO DE ENFERMAGEM BAIXA AUTOESTIMA SITUACIONAL PARA ESTOMIZADOS

  • Orientador : ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MARINA DE GÓES SALVETTI
  • Data: 02/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • Pacientes estomizados têm sua perspectiva de vida alterada, principalmente pela imagem corporal negativa, devido à presença do estoma associado à bolsa coletora, aos padrões de eliminação alterados, as modificações nos hábitos alimentares e de higiene, resultando muitas vezes, em autoestima diminuída, sexualidade comprometida e até em isolamento social. Tendo em vista, as dificuldades e complicações apontadas, ainda que de forma sucinta, percebe-se que as pessoas com estomias necessitam prioritariamente serem estimuladas para o desenvolvimento da autoestima, e os profissionais de enfermagem por meio do processo de enfermagem e estabelecimento de diagnósticos acurados são essenciais para uma assistência integral. Estudo transversal, com abordagem exploratória e descritiva, com o objetivo de analisar a acurácia das características definidoras do diagnóstico de enfermagem “Baixa autoestima situacional” em pessoas estomizados cadastrados na AORN. A pesquisa obteve parecer favorável mediante o processo nº 421.342 CEP-HM. Realizou-se a coleta de dados entre os meses de janeiro a março de 2015, mediante a utilização de dois instrumentos: um deles composto por questões referentes a aspectos sociodemográficos e clínicos dos pacientes, características do estoma e do efluente e suas complicações e características sobre o autocuidado, e a Escala de autoestima Global de Rosenberg (RSES). O processo de amostragem foi determinado por conveniência resultando em um total de 90 estomizados. Os dados coletados foram organizados em banco de dados eletrônicos por meio de digitação em planilha do aplicativo Microsoft Excel. Em seguida, foram exportados e realizadas as análises descritivas e inferenciais. Na caracterização sociodemográfica houve predominância do sexo masculino 56 (62,2%), com faixa etária a partir de 50 anos 53 (58,9%), de cor parda 45 (50%), com companheiro 53(58,9%), aposentados 42 (46,7%), com escolaridade até o ensino fundamental 64 (71,1%), católicos 59 (65,6%) e com renda superior a um salário mínimo 60 (66,7%). Com relação aos aspectos clínicos e do estoma houve predomínio de estomizados sem comorbidades 49 (54,4%), colostomizados 72 (80%), com permanência definitiva 57 (63,3%) como principal causa da confecção do estoma a neoplasia 54 (60%), que fizeram tratamento quimioterápico 45 (50%), com 25 meses de estomia ou mais 48 (53,3%). As análises referentes ao autocuidado demonstraram que 69 (76,7%) dos estomizados tem capacidade total de realização do autocuidado. Com relação as variáveis sociodemográficas, observou-se significância estatística da autoestima com a escolaridade (p=0,007) e valor próximo ao significante da renda familiar com a autoestima (p=0,091). Posteriormente, Para a análise da acurácia das características definidoras do diagnóstico de enfermagem Baixa autoestima situacional, será construída uma planilha no Microsoft Office Excel, inserindo-se as variáveis dos instrumentos coletados e posteriormente analisadas no programa estatístico SPSS versão 2.0 com base nas medidas de sensibilidade, especificidade e probabilidades pós-teste (positiva e negativa) das características definidoras levantadas no estudo.


  • Mostrar Abstract
  • Patients with an ostomy have their changed outlook on life, mainly by negative body image due to stoma presence associated with the collection bag, the altered elimination patterns, changes in eating habits and hygiene, often resulting in diminished self-esteem, impaired sexuality and even social isolation. In view of the difficulties and complications mentioned, albeit briefly, it is clear that people with ostomy need priority be encouraged to develop self-esteem, and professional nursing through nursing process and establishing accurate diagnoses they are essential for comprehensive health care. Cross-sectional study, with exploratory and descriptive approach, aiming to analyze the accuracy of the defining characteristics of the nursing diagnosis "Low situational self-esteem" in registered ostomy people in CERHRN. The research was favorable by the Case n° 421,342 CEP-HM. Held data collection between the months of January to March 2015, through the use of two instruments: one composed of questions regarding sociodemographic and clinical aspects of patients, stoma characteristics and effluent and its complications and characteristics of self-care, and self-esteem Global Scale Rosenberg (SSRS). The sampling process was determined by convenience resulting in a total of 90 ostomy. Data were organized in electronic database by typing in the Microsoft Excel spreadsheet application. Then they were exported and performed descriptive and inferential analysis. In sociodemographic predominated 56 males (62.2%), aged from 50 years 53 (58.9%), mulatto 45 (50%), with fellow 53 (58.9%) , retired 42 (46.7%), with education to elementary school 64 (71.1%), Catholics 59 (65.6%) and income above the minimum wage 60 (66.7%). Regarding clinical and stoma aspects predominated ostomy without comorbidities 49 (54.4%), colostomists 72 (80%) with permanent  ostomy 57 (63.3%) as the main cause of making the stoma neoplasia 54 ( 60%) which did chemotherapy 45 (50%), 25 months or more stoma 48 (53.3%). The analysis related to self-care showed that 69 (76.7%) of the ostomy has full ability to perform self-care. Regarding the sociodemographic variables, there was statistical significance of self-esteem with education (p = 0.007) and a value close to significant family income with self-esteem (p = 0.091). Later, for the analysis of the accuracy of the defining characteristics of the diagnosis Low situational self-esteem nursing, a spreadsheet will be built in Microsoft Office Excel, entering the variables of the collected instruments and analyzed in SPSS version 2.0 based on sensitivity measures , specificity and post-test probabilities (positive and negative) of the defining characteristics raised in the study.

17
  • YANNA GOMES DE SOUSA
  • Cargas de trabalho em profissionais de enfermagem inseridos nos Centros de Atenção Psicossocial - III

  • Orientador : SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • JONAS SAMI ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
  • SANDRA MICHELLE BESSA DE ANDRADE FERNANDES
  • FRANCISCO DE SALES CLEMENTINO
  • Data: 02/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se analisar os fatores que contribuem para geração das cargas psíquicas de trabalho e sobrecarga ocupacional dos profissionais de enfermagem inseridos nos CAPS III. Trata-se de estudo exploratório e descritivo com abordagem quantitativa. A coleta de dados ocorreu no período compreendido entre os meses de agosto a setembro de 2016, utilizando-se dois instrumentos específicos: (1) Roteiro de entrevista semiestruturada, gravada em dispositivo MP4 que objetivou identificar sentimentos de prazer e sofrimento vivenciados no ambiente de trabalho, as cargas psíquicas e as estratégias defensivas para enfrentamento do sofrimento no trabalho e (2) Escala de Avaliação do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental - IMPACTO-BR com o intuito de avaliar a sobrecarga ocupacional. Entrevistou-se 46 profissionais de enfermagem atuantes nos CAPS III dos municípios de Campina Grande e João Pessoa. O tratamento e análise das falas foi realizado por intermédio do software Interface de R pour Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionneires (IRAMUTEQ)  que realiza a análise lexical por CDH. Nas linhas de comandos foram digitadas número dos participantes acrescido das seguintes variáveis: categoria profissional, sexo e tempo de serviço no CAPS III. O objetivo foi identificar se havia nível de significância entre as variáveis com as classes dos dendogramas. Já os dados da Escala IMPACTO-BR foram organizados e armazenados em um banco de dados construído no programa Statistical Package for Social Science (SPSS), versão 20.0. Para a análise descritiva das sub-escalas do impacto BR foi realizado o teste de análise de variância (ANOVA) e para comparação entre as sub-escalas e as variáveis sociodemograficas dos participantes aplicou-se o Teste t de Student. Para todos os testes estatísticos utilizaram-se como nível de significância de 5%. Este estudo obteve licenciamento pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN de acordo com o CAAE: 57947916.4.0000.5537, parecer nº 1.675.537. Dos 46 entrevistados, 80,4% eram do sexo feminino, com faixa etária de 25-35 anos correspondendo a 39,1% dos trabalhadores, de maioria de 41,3% casados. Em relação a categoria profissional 58,7% corresponderam aos técnicos de enfermagem e 41,3% a categoria de enfermeiros. Quanto tempo de atuação nos CAPS III 67,3% atuam no período entre 1 e 5 anos e 54,3% apresentam regime de trabalho de 30 horas semanais. Da análise lexical por CDH do IRAMUTEQ foram desveladas quatro dendogramas com os seguintes temas: o prazer no ambiente de trabalho; o sofrimento no ambiente laboral; as cargas psíquicas e as estratégias defensivas utilizadas pelos profissionais de enfermagem. Os sentimentos de prazer foram identificados como:  atuar na área de enfermagem em saúde mental, o resultado do tratamento implementado, o significado do trabalho e ao cuidado de enfermagem. O sofrimento relacionou-se as condições de trabalho, a precariedade de recursos materiais e financeiros, a falta de recursos humanos, a fragilidade na rede de saúde mental e a própria natureza do trabalho. As cargas psíquicas estão relacionadas ao ritmo de trabalho, estrutura física, trabalho feminino, o trabalho com usuário em sofrimento mental, a falta de apoio da gestão, equipe multidisciplinar insuficiente e a falta de supervisão clínica. As estratégias defensivas utilizadas pelos profissionais de enfermagem foram: realizar atividades físicas, relacionamento interpessoal, realização de atividade de lazer, uso de psicofármacos, buscar apoio na religião e distanciamento crítico. Entretanto, o hábito de fazer uso de psicofármacos foi identificado como prejudicial à saúde dos profissionais. Da Escala IMPACTO-BR foi registrado escore médio global de 2,81 ± 0,67 o que resulta em moderado impacto para o trabalho. A sub-escala que contribuiu com o maior nível de impacto do trabalho foi a referente às repercussões emocionais do trabalho com 3,00 ± 0,77. Os dados obtidos demonstraram que o mais alto nível de impacto foi relacionado às repercussões emocionais do trabalho. A comparação das sub-escalas com as variáveis demográficas apresentaram evidência de diferença estatística entre as repercussões emocionais do trabalho 3,11 ± 0,67 e saúde física e mental 2,66 ± 0,77 com o sexo. O sexo feminino foi o que apresentou grau elevado de sobrecarga para o trabalho. Observou-se correlação negativa nos resultados de sobrecarga ocupacional, com isso conclui-se pela necessidade de realização de avaliações contínuas e regulares dos serviços pesquisados a fim de monitorar a sobrecarga de trabalho com intuito de promover qualidade de vida dos profissionais de enfermagem e um melhor atendimento aos usuários. Espera-se que os resultados encontrados nessa pesquisa contribuíam diretamente para produção cientifica para área de enfermagem e Saúde do Trabalhador.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to analyze the factors that contribute to generating psychic workloads and work overload of nurses inserted in CAPS III. This is an exploratory and descriptive study with a quantitative approach. Data collection was between August and September 2016, using two specific instruments: (1) semi-structured interview script, recorded in MP4 device to identify feelings of pleasure and experienced suffering in the workplace, the psychic loads and defensive strategies for suffering of coping at work and (2) Labor Impact Assessment Scale in Mental Health Services - IMPACTO-BR to evaluate the work overload. There were 46 nursing professionals interviewed who were active in CAPS III of the municipalities of Campina Grande and João Pessoa. The treatment and analysis of the speeches were carried out through the R pour Analyses Multidimensionnelles de Texteset de Questionneires Interface software (IRAMUTEQ) performing the lexical analysis for CDH. The number of the participants and the following variables were typed in command lines: professional category, sex and length of service in CAPS III. The objective was to identify whether there was a level of significance between variables with the classes of dendrograms. The data of the IMPACTO-BR Scale were organized and stored in a database built in Statistical Package for Social Science (SPSS) version 20.0. For a descriptive analysis of the IMPACTO-BR subscales the analysis of variance test (ANOVA) was carried out, and the test t Student was applied for a comparison between the subscales and the socio-demographic variables of the participants. For all statistical tests, significance level 5% was used. This study was licensing by the Ethics Committee on Research of the Federal University of Rio Grande do Norte - UFRN according to CAAE: 57947916.4.0000.5537, opinion Nº 1,675,537. Of the 46 respondents, 80.4% were female, aged 25-35 years old representing 39.1% of workers, most of them 41.3% were married. Regarding the professional category, 58.7% were nursing technicians and 41.3% were nurses. The time working in CAPS III had 67.3% working between 1 and 5 years and 54.3% working 30 hours per week. In the lexical analysis, CDH of IRAMUTEQ four dendrograms were unveiled with the following themes: the pleasure in the work environment; suffering in the work environment; psychic loads and defensive strategies used by nursing professionals. The feelings of pleasure were identified as work in nursing in mental health, the result of implemented treatment, the meaning of work and nursing care. Suffering was related to working conditions, the precariousness of material and financial resources, lack of human resources, the weakness in the mental health system and the very nature of work. Psychic charges are related to the pace of work, physical structure, women´s work, working with mental suffering patients, lack of management support, insufficient multidisciplinary team and the lack of clinical supervision. Defensive strategies used by nursing professionals were to perform physical activities, interpersonal relationships, development of leisure activity, use of psychotropic drugs, seek support in religion and critical distance. However, the habit of using psychiatric medicine has been identified as harmful to health professionals. The IMPACTO-BR Scale recorded global average score of 2.81±0.67 which results in moderate impact to work. The subscale which contributed the highest level of impact of the work was related to the emotional impact of working with 3.00±0,77. The data showed that the highest level of impact was related to the emotional impact of the work. Comparison of the subscales with the demographic variables showed evidence of a statistical difference between the emotional repercussions of work with 3,11±0.67 and physical and mental health 2.66±0.77 with gender. The female showed a high level of overload to work. There was a negative correlation in the results of work overload; It is concluded the need to conduct continuous and regular evaluations of the services surveyed to monitor the workload promoting quality of life of nursing professionals and better service to patients. It is expected that the results found in this research contribute directly to scientific production for the nursing area and Occupational Health.

18
  • DEBORA FEITOSA DE FRANCA
  • EVENTOS ADVERSOS RELACIONADOS À TERAPIA VENTILATORIA EM RECÉM-NASCIDOS DE ALTO RISCO

  • Orientador : NILBA LIMA DE SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • INGRID MARTINS LEITE LÚCIO
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • Data: 06/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • Nas últimas décadas a assistência neonatal avançou devido o desenvolvimento de medidas mais efetivas para o controle da insuficiência respiratória. No entanto, os eventos adversos mais frequentes descritos na literatura são provenientes da terapia ventilatória, tais como: pneumonia associada à ventilação mecânica, extubação não planejada, pneumotórax e lesão de septo nasal. O presente estudo teve como objetivo analisar os incidentes relacionados à terapia respiratória em recém-nascidos de alto risco de uma unidade neonatal. Trata-se de um estudo observacional, longitudinal e prospectivo, realizado em uma maternidade, unidade de referencia no Estado do Rio Grande do Norte para gravidez e nascimento de alto risco. Os dados foram coletados no período de abril a setembro 2016, após aprovação do projeto no Comitê de Ética em Pesquisa da UFRN com CAAE nº 51832415.0.0000.5537. A população-alvo foi composta por 82 recém-nascidos submetidos à terapia ventilatória nas modalidades: ventilação mecânica invasiva, ventilação mecânica não invasiva e pressão positiva contínua das vias aéreas por prong nasal. Os resultados apontam que a incidência dos eventos adversos foi de 48,8%, sendo o mais frequente a extubação não planejada (34%), seguida da lesão de septo nasal (13%), pneumonia associada à ventilação mecânica (7%) e o pneumotórax (6%). Com relação à gravidade do dano, a maioria ocasionou danos temporários com necessidade de intervenção ou prolongamento da internação. A probabilidade de ocorrência de um evento adverso em recém-nascido submetido à terapia ventilatória nos primeiros cinco dias de terapia ultrapassa os 40%. Existe associação entre a faixa de idade gestacional e a ocorrência de eventos adversos. Sendo os recém-nascidos com idade gestacional menor que 28 semanas os mais susceptíveis.  A razão de chance de um recém-nascido sofrer um evento adverso em gestacional extrema é 5,57 vezes maior do que um a termo. Os resultados da regressão logística apontam associação entre a malformação congênita e a ocorrência do evento adverso de uma forma geral e por tipo especificamente a extubação não planejada. Portanto conclui-se que os recém-nascidos prematuros e portadores de malformação congênita são vulneráveis a ocorrência de eventos adversos relacionados à terapia ventilatória. E como oportunidade de melhoria da assistência recomenda-se a construção e validação de protocolos de prevenção da extubação não planejada, que atenda as especificidades dos portadores de malformação congênita, além do protocolo de manuseio mínimo para prematuros extremos.  


  • Mostrar Abstract
  • In the last decades neonatal care has advanced due to the development of more effective measures for the control of respiratory insufficiency. However, the most frequent adverse events described in the literature are from ventilatory therapy, such as: mechanical ventilation pneumonia, unplanned extubation, pneumothorax and nasal septum injury. The present study aimed to analyze incidents related to respiratory therapy in high-risk newborns of a neonatal unit. It is an observational, longitudinal and prospective study carried out in a maternity unit, a reference unit in the State of Rio Grande do Norte for high-risk pregnancy and birth. The data were collected in the period from April to September 2016, after approval of the project in the Research Ethics Committee of UFRN with CAAE nº 51832415.0.0000.5537. The target population consisted of 82 newborns submitted to ventilatory therapy in the modalities: invasive mechanical ventilation, non-invasive mechanical ventilation and continuous positive airway pressure per prong nasal. The results show that the incidence of adverse events was 48.8%, most frequently unplanned extubation (34%), followed by nasal septum lesion (13%), mechanical ventilation pneumonia (7%) and Or pneumothorax (6%). Regarding the severity of the damage, most of them caused temporary damage requiring intervention or prolongation of hospitalization. The probability of occurrence of an adverse event in a neonate undergoing ventilatory therapy in the first five days of therapy exceeds 40%. There is an association between the gestational age range and the occurrence of adverse events. Newborns with gestational age less than 28 weeks are the most susceptible. The odds ratio for a newborn suffering an extreme gestational adverse event is 5.57 times greater than one term. The logistic regression results indicate an association between the congenital malformation and the occurrence of the adverse event in a general way and by type, specifically the unplanned extubation. Therefore, it is concluded that premature newborns with congenital malformations are vulnerable to the occurrence of adverse events related to ventilatory therapy. And, as an opportunity to improve care, it is recommended the construction and validation of protocols for the prevention of unplanned extubation, which meets the specificities of patients with congenital malformation, in addition to the minimum protocol for the management of extremely premature infants.

19
  • YOLE MATIAS SILVEIRA DE ASSIS
  • Construção e validação de protocolo gráfico para avaliação do cuidado seguro de enfermagem a pacientes em unidades de internação oncológica

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELIZABETH BARICHELLO
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • QUENIA CAMILLE SOARES MARTINS
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 07/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • Pela sua incidência crescente e elevado grau de complexidade, o câncer consiste em uma doença crônica que apresenta risco constante de agravos no decurso do tratamento, fato que favorece a ocorrência de incidentes durante a prestação dos cuidados e comprova a necessidade em se destinar uma maior atenção voltada à avaliação da qualidade da assistência nesta área. Portanto, esse estudo tem como objetivo propor o protocolo gráfico de avaliação do cuidado seguro de enfermagem a pacientes em unidades de internação oncológica. Trata de um estudo metodológico para construção e validação do conteúdo do protocolo gráfico de avaliação do cuidado seguro de enfermagem a pacientes em unidades de internação oncológica, desenvolvido em quatro etapas: 1) revisão da literatura, com busca dos níveis de evidências e identificação dos itens necessários para a elaboração do instrumento; 2) construção do protocolo de avaliação; 3) validação do conteúdo por especialistas - Técnica de Delphi; e 4) procedimentos analíticos. O protocolo gráfico de avaliação foi elaborado em consonância com os elementos “estrutura”, “processo” e “resultado” da tríade proposta por Donabedian, além das recomendações científicas e legais que embasam a segurança do paciente nas unidades oncológicas. Para sistematizar a validação do protocolo, fez-se uso da ferramenta googledocs. Quanto à seleção dos juízes que analisaram o instrumento na Técnica de Delphi, esta ocorreu de forma intencional, através da Plataforma Lattes de Currículos Lattes, a partir de critérios de inclusão e exclusão pré-determinados. Foram selecionados 37 juízes, os quais receberam a carta-convite; destes, apenas 13 retornaram com o TCLE assinado. Para obter o consenso na validação do protocolo, foram necessárias duas rodadas da Técnica de Delphi, em que no Delphi 1, 10 juízes responderam ao formulário, e no Delphi 2, oito. Após a aplicação da Técnica de Delphi, procedeu-se ao tratamento dos dados obtidos, com posterior análise quantitativa, a partir do Índice de Validade de Conteúdo (IVC). Ao final, foi possível obter o “Protocolo gráfico de avaliação do cuidado seguro de enfermagem a pacientes em unidades de internação oncológica”, validado em seu conteúdo. Cabe salientar que foram aplicados todos os princípios éticos, que envolvem pesquisa com seres humanos, com o projeto já aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa (CEP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o qual obteve parecer favorável com o CAAE nº 42951515.7.0000.5537.


  • Mostrar Abstract
  • Its growing and highly complex incidence, cancer consists of the chronic disease with constant risk of injuries during treatment, a fact that favors the occurrence of incidents in the provision of care and proves the necessity to devote greater attention aimed at assessing the quality of care in this area. Therefore, this study aims to propose the evaluation graph protocol safe nursing care to patients in oncology inpatient units. It is a methodological study to develop and validate the graphic protocol content assessment of safe nursing care to patients in oncology inpatient units, developed in four stages: 1) literature review, to search for levels of evidence and identification of items necessary for the preparation of the instrument; 2) construction of the evaluation protocol; 3) content validation by experts - Delphi Technique; and 4) analytical procedures. The graphic evaluation protocol was drawn up in line with the elements "structure", "process" and "result" of the triad proposed by Donabedian, beyond the scientific and legal recommendations that support patient safety in oncological units. To systematize the protocol validation, it was made use of googledocs tool. As for the selection of judges analyzed the instrument in the Delphi Technique, this was intentionally through the Lattes Platform Curriculum Lattes, from inclusion and exclusion criteria predetermined. They selected 37 judges, who received the invitation letter; of these, only 13 returned with the signed consent form. For the consensus on the protocol validation, it took two rounds of the Delphi technique, in which the Delphi 1, 10 judges responded to the form, and Delphi 2, eight. After application of the Delphi technique, he proceeded to the processing of data, with further quantitative analysis, from the Content Validity Index (CVI). In the end, it was possible to get the "evaluation chart Protocol safe nursing care to patients in oncology inpatient units", endorsed in its content. It should be noted that were applied all ethical principles, involving research with human beings, with the project already approved by the Research Ethics Committee (CEP) of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), which was favorable to the CAAE No 42951515.7.0000.5537.

20
  • FÁBIO CLAUDINEY DA COSTA PEREIRA
  • Processo de trabalho do enfermeiro no atendimento a pessoa vivendo com HIV/Aids na Estratégia Saúde da Família

  • Orientador : CLELIA ALBINO SIMPSON
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLELIA ALBINO SIMPSON
  • FELISMINA ROSA PARREIRA MENDES
  • FRANCISCA PATRÍCIA BARRETO DE CARVALHO
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • HYLARINA MARIA MONTENEGRO DINIZ SILVA
  • Data: 12/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • O cuidado a pessoa vivendo com o vírus da imunodeficiência humana (HIV) ou com a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) (PVHA), se reveste de especificidades considerando ser um objeto de cuidado complexo/multifacetado que requer conhecimentos múltiplos, haja vista o envolvimento de questões que ultrapassam o saber clínico e avançam para as demandas sociais e afetivas. É um problema de saúde pública, com taxa de incidência em progressão tanto no Rio Grande do Norte quanto no município de Parnamirim. A partir dessa realidade o profissional enfermeiro deve exercer o cuidado desenvolvendo seu processo de trabalho nos diversos níveis de atenção a saúde. Este contexto promulga a necessidade de uma atuação efetiva do referido profissional ao público citado. Esse estudo tem como objetivo analisar o processo de trabalho do profissional enfermeiro no atendimento as pessoas vivendo com HIV/Aids na estratégia saúde da família no município de Parnamirim/RN. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo de abordagem qualitativa do tipo estudo de caso realizado na Estratégia da Saúde da Família do município de Parnamirim, onde foram entrevistados os enfermeiros que trabalham no referido serviço através de entrevista semiestruturada e analisado através da análise temática de Bardin. O projeto teve aprovação pelo Comitê de Ética e Pesquisas (CEP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sob o parecer nº 1.442.712 e CAAE: 51842215.1.0000.5537. A análise se dará pelo método da Análise de Conteúdo de Bardin. Os resultados apontaram que a população entrevistada na maioria é do sexo feminino, entre 20 e 40 anos, com tempo de formação entre 6 e 10 anos e com apenas um vínculo de trabalho.Com relação ao atendimento a PVHA, o cuidado está voltado para promoção, prevenção e diagnóstico do HIV, porém ainda há uma grande lacuna com relação ao cuidado dessas pessoas após o diagnóstico, haja vista que este o tratamento é realizado no Serviço de Atenção Especializada e apesar de ser na mesma cidade não há uma comunicação efetiva entre os serviços, prejudicando a integralidade da assistência na rede de atenção à saúde. As PVHA são ainda caracterizadas através dos grupos de risco, o que aumenta a estigmatização social. Concluiu-se que ainda existe uma grande dificuldade na formação da rede de atenção voltada para o cuidado da PVHA, mas que estudos nesse sentido precisam ser desenvolvidos para um atendimento integral a essas pessoas.


  • Mostrar Abstract
  • Care for the person living with the human immunodeficiency virus (HIV) or Acquired Immunodeficiency Syndrome (HIV / AIDS) (PLA), is a specificity considering that it is a complex / multifaceted object of care that requires multiple knowledge, due to the involvement Of questions that go beyond clinical knowledge and advance to social and affective demands. It is a public health problem, with an incidence rate in progression both in Rio Grande do Norte and in the city of Parnamirim. From this reality the professional nurse must exercise the care developing his work process in the various levels of health care. This context promulgates the need for an effective performance of said professional to the public cited. This study aims to analyze the work process of the nurse practitioner in the care of people living with HIV / AIDS in the family health strategy in the city of Parnamirim/RN. This is an exploratory, descriptive study of a qualitative approach of the type of case study carried out in the Family Health Strategy of the city of Parnamirim, where the nurses working in said service were interviewed through a semi-structured interview and analyzed through the thematic analysis of Bardin. The project was approved by Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) of the Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) in the no. 1,442,712 and CAAE: 51842215.1.0000.5537. The analysis will be by the Bardin Content Analysis method. The results showed that the majority of the interviewed population is female, between 20 and 40 years of age, with training time between 6 and 10 years and with only one working relationship. Regarding PLHA care, care is focused on promotion , Prevention and diagnosis of HIV, but there is still a great gap regarding the care of these people after the diagnosis, since this treatment is performed in the Specialized Attention Service and although it is in the same city there is no effective communication between the Services, impairing the integrality of the assistance In the health care network. PLWHA are further characterized by risk groups, which increases social stigmatization. It was concluded that there is still a great difficulty in the formation of the care network focused on PLHA care, but that studies in this sense need to be developed to provide comprehensive care to these people.

21
  • ISABELLE CAMPOS DE AZEVEDO
  • PERFIL CLÍNICO, EPIDEMIOLÓGICO E SOBREVIDA DOS TRANSPLANTADOS COM CELÚLAS-TRONCO HEMATOPOÉTICAS EM UM SERVIÇO DE REFERÊNCIA NO RIO GRANDE DO NORTE

  • Orientador : MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MARIA LÚCIA IVO
  • Data: 13/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • O Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas (TCTH) tem sido utilizado como terapia alternativa e eficaz para pacientes com doenças oncológicas, hematológicas ou imunológicas, malignas ou não, herdadas ou adquiridas. O TCTH pode ocorrer por meio do transplante autólogo, no qual as Células Progenitoras Hematopoéticas (CPH) são coletadas de sangue periférico ou da medula óssea do próprio paciente; do alogênico, para o qual o doador será aparentado ou não, com Human Leukocyte Antigens (HLA) compatível e as CPH provenientes de sangue periférico, medula óssea, sangue de cordão umbilical ou placentário; ou do singênico, quando o doador for gêmeo idêntico. Objetivou-se caracterizar o perfil epidemiológico dos pacientes que realizaram TCTH em um serviço de referência no estado do Rio Grande do Norte e estimar a sobrevida global dos pacientes transplantados. Trata de um estudo do tipo coorte retrospectiva, com abordagem quantitativa, descritivo e analítico realizado mediante coleta de dados em prontuários de pacientes que realizaram TCTH em um serviço de referência no estado do Rio Grande do Norte (RN) entre janeiro de 2008 e dezembro de 2015.Os dados foram coletados entre os meses de março a setembro de 2016 no Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME), e compreendeu a análise de prontuários registrados de 272 pacientes que se submeteram ao TCTH no serviço em questão. Foram excluídos da amostra 11 prontuários por não terem sido localizados. Para a coleta dos dados foi utilizado um instrumento que abordou os dados sociodemográficos e clínicos dos pacientes. Os dados coletados foram organizados em planilha do programa Microsoft Excel® 2010 para procedimentos de análises descritivas e inferenciais. Para análise descritiva dos dados foi utilizado o programa Epi Info 2002, versão 3.5.2. Para descrição da amostra, foram construídas tabelas que contêm as frequências absolutas e relativas por sexo e total, médias e desvios-padrão. Para cálculo da probabilidade de associação entre as características analisadas e o sexo foram utilizados os testes do qui-quadrado de tendência, de Fisher e o de Mann Whitney, de acordo com cada caso. Os cálculos de sobrevida foram realizados pelo método de Kaplan-Meier, quando foi considerado o marco inicial de entrada do paciente no estudo a data de realização do TCTH e final o último evento: óbito, abandono ou acompanhamento no momento da coleta de dados. Para comparação das sobrevidas por variáveis elencadas foi utilizado o método estatístico de Log Rank. Os cálculos de sobrevida foram realizados com uso do software SPSS (Statistic Package for Social Sciences) versão 22.0. O nível de significância adotado foi de 0,05. O Protocolo de Pesquisa foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisas (CEP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), de acordo com a Resolução nº. 466/12 do Conselho Nacional de Saúde (CNS) do Ministério da Saúde, a qual trata da pesquisa com seres humanos, para avaliação dos seus aspectos éticos e metodológicos. O mesmo foi aprovado em seus aspectos éticos e metodológicos em 01 de julho de 2015, sob o parecer 1.132.720 e CAAE: 46202715.7.0000.5537. A partir da análise dos dados foi possível observar que dos 272 pacientes, 53,3% eram do sexo masculino, 46,7% casados, com idade média de 38,7 anos, 78,3% residiam no RN e 15% eram estudantes. Em relação à situação junto ao serviço TCTH, 67,6% haviam finalizado o tratamento, o tempo médio de acompanhamento foi de sete meses, o tempo médio entre o início do acompanhamento até o TCTH foi de dois meses e a sobrevida global foi em média de quatro meses. Quanto ao diagnóstico que levou ao TCTH, 23,5% dos pacientes apresentou o Mieloma múltiplo e as terapias mais utilizadas foram antineoplásicos (100,0%), antibióticos (96,7%), antieméticos (97%), antifúngicos (94,8%), antimicrobianos (94,1%), inibidores da bomba de prótons/antiulcerosos (94,4%), antivirais (91,5%), aminoácidos (84,9%), analgésicos/antitérmicos (86,4%), anti-histamínicos (86,4%), corticosteroides (86%) e hemoterapia (84,5%). Entre as comorbidades/toxicidades que mais ocorreram estão as gastroenterológicas (93%), a hipertermia (68%), as cardiovasculares (53,7%), as hematológicas (48,1%) e as respiratórias (47,8%). No que concerne ao tipo de transplante, o alogênico foi realizado em 54,8% dos pacientes, a fonte de CPH mais utilizada foi o sangue periférico (77,9%) e dentre os transplantes alogênicos o aparentado foi realizado em 71,8% dos casos. Dentre todos os pacientes, 9,9% realizaram mais de um TCTH e 4% apresentaram a Doença do Enxerto Contra Hospedeiro (DECH). Com relação às causas de mortes o choque séptico foi constatado em 5,5% dos casos, seguido por sepse (4,8%), falência de múltiplos órgãos (4,8%) e infecção pulmonar (4%). Os dados apresentados demonstraram o perfil epidemiológico dos pacientes tratados com TCTH em uma instituição de referência do RN, que certamente servirão de subsídio para a tomada de decisão no tocante aos cuidados prestados no contexto do TCTH. Portanto, considera-se a importância da realização de outros estudos sobre a temática com o objetivo de traçar os diferentes perfis demográfico e epidemiológico das regiões brasileiras no que se refere ao TCTH como terapêutica.


  • Mostrar Abstract
  • The Stem Cell Transplantation Hematopoietic (HSCT) has been used as an alternative and effective therapy for patients with oncological diseases, hematological or immunological, malignant or not, inherited or acquired. The HSCT may occur through autologous transplantation, wherein the Cells Hematopoietic Progenitor (CHP) is collected from peripheral blood or bone marrow of the patient; allogeneic to which the donor is related or not with Human Leukocyte Antigens (HLA) the CHP and from peripheral blood, bone marrow, umbilical cord blood or placental; or syngeneic, when the donor is identical twin. This study aimed to characterize the clinical and epidemiological profile of patients who underwent HSCT in a reference service in the state of Rio Grande do Norte and estimate the overall survival of transplant patients. Is a study of retrospective cohort study with a quantitative, descriptive and analytical approach performed by collecting data from medical records of patients who underwent HSCT in a reference service in the state of Rio Grande do Norte (RN) between January 2008 and December 2015. data were collected between March and September 2016 at the Medical Archive and Statistics Service (MASS), and included analysis of recorded medical records of 272 patients who underwent HSCT in the service in question. sample were excluded 11 records that were not found. For data collection it was used an instrument that addressed the socio-demographic and clinical data of patients. Data were organized in Microsoft Excel® 2010 spreadsheet program to procedures descriptive and inferential analysis. For descriptive analysis of the data we used the Epi Info 2002 program, version 3.5.2. For a description of the sample tables were constructed containing the absolute and relative frequencies by gender and total averages and standard deviations. To calculate the likelihood of association between the characteristics analyzed and sex were used the chi-square trend, Fisher's exact test and the Mann Whitney test, according to each case. The survival estimates were calculated using the Kaplan-Meier method, when it was considered the starting point of patient entry into the study to date of the HSCT and end the last event: death, abandonment or monitoring at the time of data collection. To compare the survival rates for variables to be listed was used the statistical method of Log Rank. The survival calculations were performed using SPSS (Statistic Package for Social Sciences) version 22.0. The significance level was 0.05. The research protocol was submitted to the Research Ethics Committee (REC) of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), in accordance with Resolution no. 466/12 of the National Health Council (NHC) of the Ministry of Health, which deals with the research on human subjects to assess their ethical and methodological aspects. It was approved on July 1, 2015, in the opinion 1,132,720 and CAAE: 46202715.7.0000.5537. From the data analysis, it was observed that of the 272 patients, 53.3% were male, 46.7% were married, with an average age of 38.7 years, 78.3% lived in NB and 15% were students. Regarding the situation with HSCT service, 67.6% had completed treatment, the mean follow-up was seven months, the average time between the start of monitoring to HSCT was two months and overall survival was on average four months. As for the diagnosis leading to the HSCT, 23.5% of the patients had multiple myeloma and more antineoplastic therapies were used (100.0%), antibiotics (96.7%), antiemetics (97%), antifungals (94, 8%), antimicrobials (94.1%), proton pump inhibitors / anti-ulcer (94.4%), antivirals (91.5%), amino acids (84.9%), analgesics / antipyretics (86.4% ), antihistamine (86.4%), corticosteroids (86%), and blood therapy (84.5%). Among the comorbidities / toxicities that occurred more are the gastroenterological (93%), fever (68%), cardiovascular (53.7%), hematologic (48.1%) and respiratory (47.8%). Regarding the type of transplant, allogeneic was performed in 54.8% of patients, most MHC source used was peripheral blood (77.9%) and, among allogeneic transplants, the congener was performed in 71, 8% of cases. Among patients 9.9% had more than one HSCT and 4% had to graft versus host disease. Regarding the causes of deaths, septic shock appeared in 5.5% of cases, followed by sepsis (4.8%), multiple organ failure (4.8%) and lung infection (4%). The data presented demonstrated the epidemiological profile of patients treated with HSCT in an RN reference institution. These certainly will inform decision-making regarding the care provided in the context of HSCT. Therefore, we consider the importance of further studies on the subject in order to trace the different demographic and epidemiological profile of the Brazilian regions with regard to HSCT as a therapeutic.

22
  • SAMARA ISABELA MAIA DE OLIVEIRA
  • Notificações de Sífilis em Gestante e Sífilis Congênita: uma análise epidemiológica

  • Orientador : NILBA LIMA DE SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • JORIA VIANA GUERREIRO
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • NILBA LIMA DE SOUZA
  • Data: 15/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • A sífilis é uma doença infecciosa que permanece como um dos principais agravos de notificação a ser enfrentado em âmbito global. No contexto materno-infantil, relaciona-se a efeitos deletérios a partir da transmissão vertical e expõe o binômio mãe e filho a riscos como o aborto e a morte perinatal. Ações efetivas para o controle da doença devem ser realizadas no pré-natal, em momento oportuno, para garantir a prevenção da forma congênita da doença. Neste sentido, este estudo objetivou analisar a notificação de sífilis em gestante e sífilis congênita e os fatores relacionados à transmissão vertical. Trata-se de um estudo epidemiológico do tipo seccional, retrospectivo, documental de natureza descritiva e analítica, realizado no ano de 2016.  A população foi recrutada a partir dos critérios de elegibilidade e totalizou uma amostra de 129 notificações de sífilis em gestante e 132 notificações para sífilis congênita no período entre junho de 2011 a dezembro de 2015, no município de Natal/RN. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e inferencial. O teste Qui-quadrado, o teste T-student e Fisher foram utilizados para verificar as associações entre as variáveis de interesse. A pesquisa recebeu parecer favorável pelo Comitê de Ética da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob o número 1.449.134, e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética 53305315.3.0000.5537. No período investigado foi observado um incremento de casos notificados no ano de 2012. O perfil materno aponta para mulheres com idade média de 24,7 anos, pardas (75,8%), residentes da zona urbana (99,2%) do município de Natal. A análise de registros do pré-natal identificou predomínio do diagnóstico materno no terceiro trimestre gestacional (69%) e presença de testes não treponêmicos reagentes em (94,6%) das mulheres no momento do parto. No tocante ao tratamento materno, apenas (1,6%) destas foram registradas com esquema de tratamento adequado e (16,7%) dos parceiros foram tratados concomitantemente as gestantes. Nos desfechos às crianças, (78%) foram registradas como assintomáticas, contudo, essa variável apresentou significância estatística quando relacionada à titulação do teste não treponêmico materno e à realização de tratamento antes do parto. Na análise espacial por georreferenciamento foi identificado o predomínio de casos nos bairros Quintas e Felipe Camarão ambos pertencentes ao Distrito Sanitário Oeste do município investigado. Os resultados apontam, além disso, para lacunas importantes no preenchimento das notificações. Conclui-se que as perdas de oportunidade diagnóstica, bem como a inadequação do tratamento materno aliado à baixa adesão ao tratamento pelo parceiro foram fatores determinantes  à ocorrência da transmissão vertical da sífilis. A elaboração de estratégias para detecção precoce e adesão ao tratamento da doença devem ser adotadas, tendo em vista o fortalecimento da assistência e a quebra na cadeira da transmissão vertical da doença. Ressalta-se a necessidade de ampliação no fornecimento de informações à vigilância epidemiológica para continuidade da análise do agravo no contexto de saúde estudado.


  • Mostrar Abstract
  • Syphilis is an infectious disease that remains as one of the major reporting aggravations to be addressed globally. In the maternal-infant context, it is related to deleterious effects from the vertical transmission and exposes the binomial mother and child to risks such as abortion and perinatal death. Effective actions to control the disease should be carried out in prenatal care, in a timely manner, to ensure the prevention of the congenital form of the disease. In this sense, this research aims to analyze the syphilis notification in pregnant women and congenital syphilis and the factors related to vertical transmission. This is a sectional, retrospective, documental epidemiological study of a descriptive and analytical nature carried out in the year 2016. The population was recruited from the eligibility criteria and totaled 129 reports of syphilis in pregnant women and 132 notifications for congenital syphilis in the period between June 2011 and December 2015, in the municipality of Natal / RN. Data were analyzed through descriptive and inferential statistics. The Chi-square test, the T-student test and the Fisher test were used to verify the associations between the variables of interest. The research received a favorable opinion by the Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte under number 1,449,134 and Certificate of Presentation for Ethical Assessment 53305315.3.0000.5537. In the period under investigation, there was an increase in reported cases in the year 2012. The maternal profile points to women with a mean age of 24.7 years, browns (75.8%), urban residents (99.2%) of the municipality from Natal. The prenatal analysis identified a predominance of maternal diagnosis in the third gestational trimester (69%) and presence of non-treponemal reactive tests in (94.6%) of the women at the time of delivery. Regarding maternal treatment, only (1.6%) of these were registered with an adequate treatment scheme and (16.7%) of the partners were treated concomitantly with the pregnant women. In the children's outcomes, (78%) were registered as asymptomatic, however, this variable presented statistical significance when related to titration of the maternal non-treponemal test and to the pre-delivery treatment. In the geo-referenced spatial analysis, the predominance of cases in Quintas and Felipe Camarão’s neighborhoods, both belonging to the Western Sanitary District of the municipality investigated, was identified. The results also point to important gaps in the completion of notifications. It was concluded that the loss of diagnostic opportunity, as well as the inadequacy of maternal treatment and the low adherence to treatment by the partner were prominent factors in the occurrence of syphilis vertical transmission. The development of strategies for early detection and adherence to treatment of the disease should be adopted, with a view to strengthening care and breaking down the vertical transmission of the disease. It is important to emphasize the need for an increase in the provision of information to epidemiological surveillance in order to continue the analysis of the disease in the health context studied.

23
  • ANNE KAROLINE CANDIDO ARAÚJO
  • Análise de conceito do resultado de enfermagem Comportamento de Perda de Peso em adolescentes.

  • Orientador : BERTHA CRUZ ENDERS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • MARCOS VENÍCIOS DE OLIVEIRA LOPES
  • SHEILA SAINT CLAIR DA SILVA TEODOSIO
  • Data: 19/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • A obesidade é uma doença crônica de origem multifatorial definida como o acúmulo de gordura em excesso ou anormal prejudicial à saúde. Atualmente, é caracterizada como um problema de saúde pública a nível mundial e constitui-se como fator de risco para o desenvolvimento de doenças. Assim, destaca-se a enfermagem como profissão capaz de direcionar suas ações e elencar os cuidados direcionados a população com sobrepeso e obesidade. Objetiva-se neste estudo analisar o conceito Comportamento de perda de peso em adolescentes.  Estudo de análise de conceito, baseado no modelo Walker e Avant e operacionalizado através da revisão integrativa da literatura. As bases de dados pesquisadas forma: SCOPUS, CINAHL, PUBMED, LILACS, WEB OF SICENICE E SICENCE DIRECT com os descritores: Behavior; Weight Loss; Obesity and Adolescent. Os critérios de inclusão foram: artigos completos disponíveis nas bases de dados selecionadas; artigos disponíveis nos idiomas português, inglês ou espanhol; artigos que retratem a temática relevante da revisão. Foram excluídos: revisões, resumos, editoriais, opiniões de especialistas e cartas ao editor. O levantamento dos artigos ocorreu nos meses de maio a julho de 2016. A amostra inicial foi de 427.783 artigos, sendo 2.129 na Cinahl, 184 na Lilacs, 229.911 na Scopus, 23.869 na Pubmed, 9.965 na Web of Science e 161.725 na Science Direct.  Os resultados mostram que o conceito elaborado para o comportamento para a perda de peso resulta de ações e intervenções elaboradas para controlar hábitos e alcançar metas traçadas pelos profissionais de saúde. Dessa forma, conclui-se que o conceito elaborado para o Comportamento para a perda de peso é abrangente e envolve ações individuais do adolescente com sua família e profissionais de saúde. Acredita-se que a pesquisa contribuiu para o aperfeiçoamento do resultado na população de adolescentes com sobrepeso e obesidade, além de ser conhecimento essencial para o corpo científico da ciência da enfermagem.


  • Mostrar Abstract
  • Obesity is a chronic disease of multifactorial origin defined as the accumulation of excess fat abnormal or harmful to health. Currently, it is characterized as a public health problem worldwide and constitutes a risk factor for the development of diseases. Thus, it stands to nursing as a profession able to direct their actions and list the care directed to people with overweight and obesity. Objective of this study was to analyze the concept of weight loss behavior in adolescents. concept analysis study on the model Walker and Avant and operationalized through integrative literature review. Databases searched way: SCOPUS, CINAHL, PubMed, LILACS, WEB OF SICENICE And Sicence DIRECT with the descriptors: Behavior; Weight Loss; Obesity and Adolescent. Inclusion criteria were: full articles available on the selected databases; articles available in Portuguese, English or Spanish; articles that portray the relevant thematic review. Exclusion criteria were: reviews, abstracts, editorials, expert opinions and letters to the editor. The survey of articles occurred in the months of May to July 2016. The initial sample of 427,783 articles, and 2,129 in CINAHL, 184 in Lilacs, 229,911 in Scopus, 23,869 in Pubmed, Web of Science in 9965 and 161,725 in Science Direct. The results show that the concept developed for the behavior for weight loss is the result of actions and interventions designed to control habits and achieve goals set by health professionals. Thus, it is concluded that the concept developed for the behavior for weight loss is comprehensive and involves adolescent individual actions with family and health professionals. It is believed that research has contributed to the improvement of results in the population with overweight and obesity, as well as being essential knowledge to the scientific body of nursing science.

24
  • GLAUBER WEDER DOS SANTOS SILVA
  • Existências dissidentes e apagamentos: fatores associados a Ideação Suicida em Pessoas Transgênero

  • Orientador : FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • DULCIAN MEDEIROS DE AZEVEDO
  • EDNALDO CAVALCANTE DE ARAÚJO
  • EDU TURTE CAVADINHA
  • Data: 19/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • No mundo, anualmente, ocorrem milhões de suicídios e parassuicídios, sendo temas reconhecidos como prioridade da Saúde Pública. Os fatores para esse tipo de morte incluem aspectos biológicos, psicológicos e sociais. Travestis e transexuais, pessoas expostas a eventos estressores provocados pelo preconceito e violência, podem tornar-se mais propensas a desenvolver certo grau de isolamento social e psicológico, elementos que contribuem para o risco de ideação suicida. Neste sentindo, esta pesquisa objetivou analisar a associação entre ideação suicida e aspectos sociodemográficos, de saúde-doença, de depressão, de violência e parassuicídios em travestis e transexuais. Trata-se de um estudo com abordagem quantitativa, transversal, do tipo analítico, desenvolvido junto a quatro Organizações Não Governamentais de Direitos de Pessoas Travestis e Transexuais no Rio Grande do Norte. A população foi constituída por 58 sujeitos. A coleta de dados ocorreu no período de novembro de 2015 a junho de 2016, utilizando-se três instrumentos específicos: (1) Escala de Ideação Suicida de Beck; (2) Inventário de Depressão de Beck; e (3) Questionário de informações sociodemográficas, de saúde-doença, violência e parassuicídios. Os dados coletados foram organizados e armazenados em um banco de dados construído no software Microsoft Office Excel® 2016 e, posteriormente, importados para o Software R versão 3.3.1 para realização de testes. Para a análise descritiva, consideraram-se as frequências absolutas e relativas, medidas de tendência central e de dispersão. Para verificar a associação das variáveis, aplicou-se o teste Qui-quadrado de Pearson para independência e, quando os pré-requisitos para o teste não foram atendidos, aplicou-se o Teste Exato de Fisher. Adotou-se o nível de significância de 5%. Quanto às questões éticas, o projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas com Seres Humanos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob Parecer nº 1.314.559 de 09/11/2015. Em relação aos resultados, sobre as características sociodemográficas, prevaleceu a identidade de gênero transexual (62,1%); sujeitos jovens com faixa-etária de 18 a 29 anos (69%); solteiros (81%); de escolaridade menor ou igual a ensino médio (77,6%); raça negra ou parda (69%); em atividade de prostituição (29,3%) ou sem ocupação laboral (17,2%); e com renda mensal de até um salário mínimo (44,8%). De acordo com a avaliação de níveis depressivos, estes variaram entre mínimo (41,4%), leve (31%), moderado (25,9%) e grave (1,7%). Dos aspectos de saúde-doença, 44,8% afirmaram uso de silicone industrial líquido e estavam sob hormonoterapia sem acompanhamento profissional (67,2%). Na análise das experiências de processos de vitimização, evidenciou-se que 96,6% haviam sido vítimas de algum tipo de violência. Entre os aspectos de parassuicídios, destaca-se que 34,5% apresentaram, no mínimo, uma tentativa anterior de suicídio. Na verificação de presença de Ideação Suicida (IS), constatou-se que 41,4% apresentaram IS ativa e/ou passiva. Verificou-se associação estatisticamente significante com a presença de IS as seguintes variáveis: níveis de depressão (p=0,0029); violência escolar (p=0,0122) e expulsão do seio familiar em razão da identidade de gênero (p=0,0103); e fatores parassuicídios: tentativa prévia de suicídio (p=0,0080), e intensidade moderada ou forte da vontade de morrer na última tentativa de suicídio (p=0,0206). Não houve associação estatisticamente significante entre IS e aspectos sociodemográficos e de saúde-doença. Evidenciou-se que as pessoas travestis e transexuais participantes do estudo possuíam elevados escores de IS. Destarte, rejeita-se a hipótese nula (H0), e aceita-se a hipótese alternativa (H1) ao afirmar que há associação de IS com aspectos de depressão, violência e parassuicídios em um grupo de pessoas travestis e transexuais.


  • Mostrar Abstract
  • In the World, annually, millions of suicides and parasuicide happen, being a theme recognized as priority of Public Health. The factors for this type of death include biological, psychological and social aspects. Transvestites and transsexuals, exposed to stressful events provoked by bias and violence, may become more prone to develop a certain degree of social and psychological isolation and can contribute for the risk of suicidal ideation. This way, this research aimed to analyze the association between suicidal ideation and sociodemographic, of health-disease, depression, violence and parasuicide aspects in transvestites and transgender. It is about a study with quantitative, transversal approach, with the type being analytical, developed with four Non-Governmental Organizations of transvestites and transsexuals rights in Rio Grande do Norte. The population was composed with 58 subjects. The data gathering occurred in the period of November, 2015 to June, 2016, using three specific instruments: (1) Beck’s Suicidal Ideation Scale; (2) Beck’s Depression Inventory; and (3) Survey of sociodemographic information, of health-disease, violence and parasuicide. The data collected were organized and stores in a database constructed in the software Microsoft Office Excel® 2016 and, later, imported to the Software R version 3.3.1 for testing. For the descriptive analysis, it was considered the absolute and relative frequencies, measures of central and dispersion trend. To verify the variables associations, it was applied the Pearson’s Chi-square test and, when the prerequisites for the test were not attended, it was used Fisher’s Exact Test. A level of significance of 5% was adopted. Regarding ethical questions, the project was approved by the Committee of Ethics in Research on Human Beings of Federal University of Rio Grande do Norte, under report nº 1.314.559 from 11/09/2015. In relation to the results, about the sociodemographic characteristics, it prevailed the identity of being a transsexuals (62.1%); young subjects with an age group from 18 to 29 years (69%); single (81%); with an education level lower or equivalent to high school (77.6%); black or brown race (69%); doing prostitution activity (29.3%) or without professional occupation (17.2%); and with a monthly income of up to one minimum wage (44.8%). According to the evaluation of depressive level, these vary between minimum (41.4%). Light (31%), moderate (25.9%) and serious (1.7%). About the aspects of health – disease, 44.8%, said that they used liquid industrial silicon and were under hormonotherapy without medical supervision (67.2%). Regarding the analysis of experiences
    in the process of victimization, it was highlighted that 96.6% already had been victims of some type of violence. Among the parasuicide aspects, it is highlighted that 34.5% had at least one previous attempt of suicide. In the verification of suicide ideation’s (SI) presence, it was found that 41.4%, showed active and/or passive SI. One verifies the statistically significant association with SI with the following aspects: depression levels (p=0.0029); school violence (p=0.0122) and rejection from the family due to gender identity (p=0.0103); and parasuicide factors: and parasuicide factors: previous suicide attempt (p=0.0080); and moderate intensity or strong will to die in the last attempt (p=0.0206). There was no statistically significant association between SI and sociodemographic and of health-disease aspects. It was showed that transvestites and transgender that took part on the study had elevated tiers of SI. Therefore, the null hypothesis (H0) is rejected, and the alternative hypothesis (Hl) is accepted when affirming that there is an association between SI with depression aspects, violence and parasuicide in a group of transvestites and transgender.

25
  • MARCELA PAULINO MOREIRA DA SILVA
  • Enfermeiros hospitalares: um estudo sobre as características de trabalho, estresse e fatores de risco cardiovascular

  • Orientador : BERTHA CRUZ ENDERS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • MARCOS VENÍCIOS DE OLIVEIRA LOPES
  • Data: 19/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • As Doenças Cardiovasculares se destacam como as principais causas de morte em todo o mundo, representando o problema de saúde pública mais relevante na atualidade. Nas últimas décadas, várias pesquisas têm sido feitas no sentido de se identificar os fatores que aumentam o risco de ocorrência das doenças cardiovasculares, inclusive nos profissionais de saúde como os enfermeiros. O objetivo deste estudo foi analisar a associação entre características de trabalho, nível de estresse e fatores de risco cardiovascular em enfermeiros hospitalares. Estudo transversal com abordagem quantitativa desenvolvido no Hospital Universitário Onofre Lopes. A população do estudo foi de 256 enfermeiros que atuavam na instituição. A amostra para população finita foi dimensionada em 148 participantes. A seleção dos participantes aconteceu por meio da amostragem aleatória simples. Para aplicação do estudo foi utilizado um questionário semi-estruturado para avaliação de variáveis sóciodemográficas, antecedentes familiares, fatores de risco cardiovascular, características de trabalho e risco cardiovascular, além da Escala de Bianchi de Estresse para avaliação do estresse no trabalho. A análise dos dados se deu a partir do estatístico no programa Statistical Package for Social Sciences 20.0 onde foram realizadas análises descritivas e bivariadas para associar as variáveis categóricas e contínuas. Os enfermeiros eram predominantemente do sexo feminino (85,1%); brancos (52%); com média de idade de 35,2% anos; tempo de formação entre 5 a 10 anos (42,6%). A maioria trabalhavam nas enfermarias (48,6%); no turno vespertino (36,5%); com carga horária de trabalho semanal de 36 horas (45,9%); possuia outro vinculo de trabalho (55,4%); com tempo de trabalho na instituição entre 1 a 3 anos (40,5%) e carga horária diária de trabalho média de 8 horas. O nível de estresse da maioria dos participantes do estudo foi moderado 50,7%. Quanto aos fatores de risco cardiovascular: 51,4% dos enfermeiros tinham sobrepeso; 89,2% relataram não tem hipertensão; 85,8% não tem diabetes; 77,7% não tem dislipidemia; 51,4% são sedentários.O risco cardiovascular pelo índice tornozelo-braquial foi estimado com média de 1,2. Os participantes com Escore de Bianchi de Estresse classificado como moderado apresentaram risco cardiovascular 3,27 vezes maior do que quem tem Escore de Bianchi de Estresse baixo.  Os enfermeiros que trabalhavam mais de 40 horas semanais obtiveram risco cardiovascular maiores que os demais. Além disso, rejeita-se a hipótese de que o risco cardiovascular dos enfermeiros são iguais em relação a o fator de risco de ter ser diabético. Conclui-se que existe associação entre estresse, avaliado pelo Escore de Bianchi de Estresse, e aumento do risco cardiovascular, como também das características de trabalho com o risco cardiovascular elevado. Sugerem-se estratégias de intervenção para o grupo estudado com intuito de reduzir o risco cardiovascular.


  • Mostrar Abstract
  • Cardiovascular Diseases stand out as the leading causes of death worldwide, accounting for the most significant public health problem today. In recent decades, several studies have been made to identify the factors that increase the risk of cardiovascular disease, including in health professionals such as nurses. The aim of this study was to analyze the association between job characteristics, stress level and cardiovascular risk factors in hospital nurses. Cross-sectional study with a quantitative approach developed at the University Hospital Onofre Lopes. The study population was 256 nurses working at the institution. The sample for finite population was composed of 148 participants. The selection of participants took place through simple random sampling. For the purposes of the study it was used a semi-structured questionnaire to assess sociodemographic variables, family history, cardiovascular risk factors, work characteristics and cardiovascular risk, beyond the Stress of Bianchi Scale for assessment of stress at work. Data analysis was performed based on the statistical program Statistical Package for Social Sciences 20.0 where descriptive and bivariate analyzes were performed to associate the categorical and continuous variables. The nurses were predominantly female (85.1%); White (52%); with a mean age of 35.2 years%; training time between 5 to 10 years (42.6%). Most worked in the wards (48.6%); the afternoon shift (36.5%); with a schedule of weekly working 36 hours (45.9%); possessed another bond work (55.4%); with working time in the institution between 1 to 3 years (40.5%) and daily hours of average work 8 hours. The stress level of most of the study participants was moderate 50.7%. As for cardiovascular risk factors: 51.4% of nurses were overweight; 89.2% reported not have hypertension; 85.8% do not have diabetes; 77.7% has no dyslipidemia; 51.4% are sedentários.O cardiovascular risk by the ankle-brachial index was estimated average of 1.2. Participants with Bianchi Stress Score classified as moderate had cardiovascular risk 3.27 times higher than those with low stress Bianchi Score. Nurses who worked more than 40 hours per week gained greater cardiovascular risk than the others. In addition, we reject the hypothesis that the cardiovascular risk of nurses are equal in regard to the risk factor had to be diabetic. It is concluded that there is an association between stress, evaluated by the Bianchi Stress score, and increased cardiovascular risk, as well as the working characteristics with high cardiovascular risk. It is suggested intervention strategies for the group studied in order to reduce cardiovascular risk.

26
  • ALINE DANNYELE SOUZA DE OLIVEIRA
  • AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA O TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

  • Orientador : SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CECILIA NOGUEIRA VALENCA
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • JONAS SAMI ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
  • JOÃO BOSCO FILHO
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • Data: 20/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • A capacidade para o trabalho compreende o bem-estar no desempenho das atividades laborais e está relacionado às demandas físicas, emocionais e mentais decorrentes do trabalho. Os enfermeiros, no desempenho de atividades no âmbito hospitalar, estão expostos ao comprometimento de sua capacidade laboral em virtude da complexidade e volume de atividades desenvolvidas em um ambiente insalubre tanto no sentido material como subjetivo. Neste sentido, este estudo coloca-se na temática de saúde do trabalhador, em particular na saúde da equipe de enfermagem da rede hospitalar e tem como objetivo avaliar a Capacidade para o Trabalho dos enfermeiros de um hospital universitário. Trata-se de um estudo descritivo, transversal com abordagem quantitativa, envolvendo 135 enfermeiros do Hospital Universitário Onofre Lopes, realizado mediante parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte sob o número 1.845.951/16, atendendo ao que rege a Resolução nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde que regulamenta pesquisa com seres humanos. A coleta de dados ocorreu no mês de novembro de 2016, utilizando-se enquanto instrumento de coleta de dados um questionário contendo duas etapas, uma com dados gerais do entrevistado e outra na versão brasileira do índice de capacidade para o trabalho elaborado pelo Instituto de Saúde Ocupacional da Finlândia; traduzido e adaptado por pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Carlos. O banco de dados foi construído em formato EXCEL, versão 2010. Para realização das tabelas descritivas e aplicações de testes estatísticos (Teste de Alpha Cronbach’s e teste quiquadradro) utilizou-se o software Statistica SPSS, versão 20.0. Dentre os achados observou-se que entre a população de enfermeiros que participaram da pesquisa predominou adultos com até 40 anos de idade (88,15%), do sexo feminino (81,48%), casado (47,41%), com pós graduação (93,33%). Foi encontrado um escore médio do ICT de 40,24. A maioria dos enfermeiros dessa pesquisa obtiveram um ICT adequado (81,48%), com classificação boa ou ótima e apenas 18,52% obtiveram um ICT inadequado (baixo ou moderado). Apenas uma variável independente apresentou evidência de diferença estatística que foi a satisfação com o salário, outras características mostram-se tendenciosas como idade, formação e tempo de vínculo. Por ter atingindo com êxito os objetivos propostos pelo estudo, acredita-se que o mesmo possa ter contribuído com o aprofundamento das discussões sobre o Índice de Capacidade para o Trabalho, às questões relacionadas à saúde do trabalhador e por fim, do aprimoramento da utilização do instrumento.


  • Mostrar Abstract
  • The ability to work includes well-being in the performance of work activities and is related to the physical, emotional and mental demands arising from the work. Nurses, in the performance of hospital activities, are exposed to the impairment of their work capacity due to the complexity and volume of activities developed in an unhealthy environment in both the material and subjective sense. In this sense, this study focuses on the health of the worker, in particular on the health of the nursing team of the hospital network and has as objective to evaluate the Capacity for Work of nurses of a university hospital. This is a descriptive cross-sectional study with a quantitative approach involving 135 nurses from the Onofre Lopes University Hospital, carried out with the favorable opinion of the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte under number 1,845,951 / 16. Which governs Resolution No. 466/2012 of the National Health Council that regulates research with human beings. The data collection took place in November 2016, using as a data collection instrument a questionnaire containing two steps, one with general data of the interviewee and the other in the Brazilian version of the capacity index for work prepared by the Health Institute Occupational Therapy in Finland; Translated and adapted by researchers of the Faculty of Public Health of the University of São Carlos. The database was built in EXCEL format, version 2010. Statistica SPSS software, version 20.0 was used for descriptive tables and statistical test applications (Alpha Cronbach's test and qui-square test). It was observed that among the population of nurses who participated in the study, there were predominant adults (up to 40 years of age) (88.15%), female (81.48%), married (47.41%), Post graduation (93.33%). An average ICT score of 40.24 was found. Most of the nurses in this study had adequate ICT (81.48%), with a good or optimal classification, and only 18.52% had an inadequate ICT (low or moderate). Only one independent variable presented evidence of statistical difference that was satisfaction with the salary, other characteristics are shown tendentious as age, formation and time of bond. Because it has successfully achieved the objectives proposed by the study, it is believed that it may have contributed to the deepening of discussions on the Work Capability Index, issues related to worker health and, finally, the improvement of the use of the instrument.

27
  • LARISSA MENDONÇA TORRES ROSÁRIO
  • Vivências do homem companheiro diante da mulher submetida à mastectomia

  • Orientador : JOVANKA BITTENCOURT LEITE DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLAVIO CESAR BEZERRA DA SILVA
  • JOVANKA BITTENCOURT LEITE DE CARVALHO
  • KALYANE KELLY DUARTE DE OLIVEIRA
  • Data: 22/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • O câncer de mama é o tipo de câncer mais incidente na população feminina do mundo, e é responsável por consequências físicas e emocionais à vida das mulheres acometidas e de seus companheiros. Objetivou-se com a pesquisa compreender a vivência dos companheiros de mulheres submetidas à mastectomia. Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, com abordagem qualitativa, desenvolvida junto a 12 homens companheiros de mulheres submetidas à mastectomia, no Hospital da Solidariedade e no Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró, na cidade de Mossoró, Rio Grande do Norte, Brasil. Conforme os critérios de inclusão, os participantes deveriam estar com idade igual ou superior a 18 anos; e conviver com sua companheira vítima de câncer de mama, submetida à mastectomia. A coleta de dados ocorreu nos meses de julho a outubro de 2016, por meio de entrevista semiestruturada. Antecedeu essa etapa a anuência dos hospitais referidos, a aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com Certificado de Apresentação e Apreciação Ética nº 55191216.1.0000.5537 e parecer nº 1.618.233 como também assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido pelos entrevistados. Os dados foram analisados por meio do método de Análise de Conteúdo, na modalidade de análise temática, proposta por Bardin. Desse processo emergiram três categorias: Conhecimento do câncer de mama e do procedimento de mastectomia da companheira, Sentimentos diante da companheira submetida à mastectomia e Apoio à mulher nos momentos difíceis, e sete subcategorias, as quais foram analisadas e discutidas com base na literatura sobre a vivência do homem companheiro diante da mulher submetida à mastectomia. Constatou-se que os entrevistados ao vivenciarem a mastectomia de suas mulheres inseriram-se em um contexto de compreensão da doença e liberação de sentimentos, sendo imprescindível o fornecimento de apoio à mulher. Assim, com base no estudo, considerou-se a necessidade da inserção dos companheiros de mulheres mastectomizadas no cuidado, pois este é personagem fundamental para auxiliar no tratamento da mulher. Diante disso faz-se relevante que a equipe de Enfermagem considere as situações diversas enfrentadas pelo homem durante a mastectomia de sua companheira, tendo como prioridade a inserção dele no processo de cuidar, minimizando suas consequências psicológicas e utilizando-o como instrumento para o cuidado da mulher.


  • Mostrar Abstract
  • Breast cancer is the most common type of cancer in the world's female population, and is responsible for the physical and emotional consequences to the lives of women and their partners. The objective of the research was to understand the experience of the women’s partner who was underwent mastectomy. This is an exploratory and descriptive research, with a qualitative approach, developed with 12 fellow men of women submitted to mastectomy, developed at the Hospital da Solidariedade and at the Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró, in the city of Mossoró, Rio Grande do Norte, Brasil.  According to the inclusion criteria, participants should be 18 years old or be older than this; and live with his breast cancer patient's partner, who underwent mastectomy. The information collection took place from July to October 2016, through a semi-structured interview. This was preceded by the approval of the referred hospitals, approval by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, with Certificate of Presentation and Ethical Appreciation nº 55191216.1.0000.5537 and opinion nº 1.618.233 as well as signing the Term of Consent Free and Clarified by the interviewees. The data were analyzed using the Content Analysis method, in the thematic analysis modality proposed by Bardin. Three categories emerged from this process: Knowledge of breast cancer and the mastectomy procedure of his lifemate, Feelings before the companion submitted to the mastectomy and Support to the woman in the difficult moments, and seven sub-categories, which were Analyzed and discussed based on the literature on the experience of the companion man before the woman submitted to the mastectomy. It was found that those interviewed, when experiencing the mastectomy of their lifemates, were inserted in a context of understanding the disease and release of feelings, and it is essential to provide support to the woman. Therefore, based on the study, it was considered the necessity of the insertion of the companions of mastectomized women in the care, because they are fundamental character to assist in the treatment of the woman. Given this, it’s relevant that the nursing team consider the different situations faced by the man during the mastectomy of his partner, having as a priority his insertion in the care process, minimizing its psychological consequences and using it as an instrument for the care of the patient. woman.

Teses
1
  • CLEONICE ANDREA ALVES CAVALCANTE
  • MAGNITUDE DA MORBIDADE RELACIONADA AO TRABALHO NO RIO GRANDE DO NORTE

  • Orientador : SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIA SANTOS MARTINIANO SOUSA
  • IRIS DO CEU CLARA COSTA
  • IZAURA LUZIA SILVERIO FREIRE
  • MARIA LUCIA AZEVEDO FERREIRA DE MACEDO
  • MARIA LÚCIA DO CARMO CRUZ ROBAZZI
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • Data: 28/01/2016

  • Mostrar Resumo
  • As doenças e agravos relacionados ao trabalho configuram-se em importante problema de Saúde Pública no Brasil e no mundo. No entanto, a realidade desses agravos ainda se constitui em uma lacuna no que diz respeito à caracterização e situação epidemiológica das mesmas, especialmente no Brasil. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo analisar a magnitude da morbidade relacionada ao trabalho no Estado do Rio Grande do Norte, no período de 2007 a 2014. Trata-se de um estudo ecológico, quantitativo de delineamento transversal, tendo como unidade de análise os municípios do estado do Rio Grande do Norte. Os dados foram coletados a partir da base estadual do Sistema de Informações de Agravos Notificáveis (SINAN) do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (CEREST) da Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte. A coleta de dados ocorreu entre março e junho de 2015, após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, através do Parecer N° 014/2014. A população foi representada pelo universo de casos de doenças e agravos relacionados ao trabalho que foram notificados e encerrados no sistema no período de 2007 a 2014. Os dados foram organizados em banco de dados eletrônicos do Microsoft Excel versão 2010 e exportados para o programa estatístico SPSS versão 20.0, analisados por meio da estatística descritiva e analítica, apresentados em forma de tabelas e gráficos. Para tanto, utilizou-se o Microsoft Excel 2007 e um software estatístico. Dos 10.161 casos de agravos relacionados ao trabalho notificados, destacaram-se os acidentes biológicos (52,84%) e de trabalho grave (37,49%). Quanto às doenças, destacaram-se as osteomusculares (4,82%), transtornos mentais (2,19%) e intoxicação exógena (1,97%). Houve predominância dos agravos entre homens nos acidentes graves (91,80%), transtornos mentais (70,00%) e intoxicações exógenas (52,84%). As mulheres foram mais acometidas por acidente biológico (77,50%) e doenças osteomusculares (64,10%). Entre os agravos predominou a cor parda, média de 35,86 anos de idade, baixa escolaridade e trabalhadores no mercado formal. Dentre os acidentes ocupacionais, destacaram os biológicos (n=5.369) que corresponderam a 52,84% com predomínio de casos entre os profissionais de enfermagem (48,31%). A exposição percutânea foi a mais frequente (73,05%) e as circunstâncias de ocorrência foi o descarte inadequado de perfurocortantes (45,28%), a agulha o agente mais comum (66,62%) e o material orgânico foi o sangue (72,99%). A maioria dos trabalhadores acidentados era vacinada contra HBV (68,13%), porém sem informação quanto à avaliação da resposta vacinal. A evolução dos casos predominou a situação ignorada com perda de acompanhamento do seguimento clínico. Houve ainda aumento na notificação de acidentes de trabalho grave com predominância: sexo masculino, trabalhadores entre25 a 44 anos e do acidente típico. A incapacidade temporária à evolução mais comum e a mão a parte mais atingida; a indústria extrativa e da construção civil teve o maior número de casos e o empregado registrado. Constatou-se um aumento expressivo na notificação dos agravos relacionados ao trabalho no período analisado, sobretudo os acidentes. Em relação às doenças, observou-se um aumento nos casos de doenças osteomusculares, transtornos mentais e intoxicação exógena. No entanto, o sistema de informação ainda carece de melhoria tanto na cobertura como na qualidade dos dados no sentido de demonstrar com maior fidedignidade a magnitude dos eventos para subsidiar o planejamento das ações em Saúde do Trabalhador no estado.  


  • Mostrar Abstract
  • As doenças e agravos relacionados ao trabalho configuram-se em importante problema de Saúde Pública no Brasil e no mundo. No entanto, a realidade desses agravos ainda se constitui em uma lacuna no que diz respeito à caracterização e situação epidemiológica das mesmas, especialmente no Brasil. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo analisar a magnitude da morbidade relacionada ao trabalho no Estado do Rio Grande do Norte, no período de 2007 a 2014. Trata-se de um estudo ecológico, quantitativo de delineamento transversal, tendo como unidade de análise os municípios do estado do Rio Grande do Norte. Os dados foram coletados a partir da base estadual do Sistema de Informações de Agravos Notificáveis (SINAN) do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (CEREST) da Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte. A coleta de dados ocorreu entre março e junho de 2015, após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, através do Parecer N° 014/2014. A população foi representada pelo universo de casos de doenças e agravos relacionados ao trabalho que foram notificados e encerrados no sistema no período de 2007 a 2014. Os dados foram organizados em banco de dados eletrônicos do Microsoft Excel versão 2010 e exportados para o programa estatístico SPSS versão 20.0, analisados por meio da estatística descritiva e analítica, apresentados em forma de tabelas e gráficos. Para tanto, utilizou-se o Microsoft Excel 2007 e um software estatístico. Dos 10.161 casos de agravos relacionados ao trabalho notificados, destacaram-se os acidentes biológicos (52,84%) e de trabalho grave (37,49%). Quanto às doenças, destacaram-se as osteomusculares (4,82%), transtornos mentais (2,19%) e intoxicação exógena (1,97%). Houve predominância dos agravos entre homens nos acidentes graves (91,80%), transtornos mentais (70,00%) e intoxicações exógenas (52,84%). As mulheres foram mais acometidas por acidente biológico (77,50%) e doenças osteomusculares (64,10%). Entre os agravos predominou a cor parda, média de 35,86 anos de idade, baixa escolaridade e trabalhadores no mercado formal. Dentre os acidentes ocupacionais, destacaram os biológicos (n=5.369) que corresponderam a 52,84% com predomínio de casos entre os profissionais de enfermagem (48,31%). A exposição percutânea foi a mais frequente (73,05%) e as circunstâncias de ocorrência foi o descarte inadequado de perfurocortantes (45,28%), a agulha o agente mais comum (66,62%) e o material orgânico foi o sangue (72,99%). A maioria dos trabalhadores acidentados era vacinada contra HBV (68,13%), porém sem informação quanto à avaliação da resposta vacinal. A evolução dos casos predominou a situação ignorada com perda de acompanhamento do seguimento clínico. Houve ainda aumento na notificação de acidentes de trabalho grave com predominância: sexo masculino, trabalhadores entre25 a 44 anos e do acidente típico. A incapacidade temporária à evolução mais comum e a mão a parte mais atingida; a indústria extrativa e da construção civil teve o maior número de casos e o empregado registrado. Constatou-se um aumento expressivo na notificação dos agravos relacionados ao trabalho no período analisado, sobretudo os acidentes. Em relação às doenças, observou-se um aumento nos casos de doenças osteomusculares, transtornos mentais e intoxicação exógena. No entanto, o sistema de informação ainda carece de melhoria tanto na cobertura como na qualidade dos dados no sentido de demonstrar com maior fidedignidade a magnitude dos eventos para subsidiar o planejamento das ações em Saúde do Trabalhador no estado.  

2
  • RENATA SILVA SANTOS
  • Autocuidado apoiado aos hipertensos: Construção de um protocolo. 

  • Orientador : REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • DIEGO BONFADA
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • SONIA MARIA SOARES
  • Data: 28/01/2016

  • Mostrar Resumo
  • A hipertensão arterial é uma doença não transmissível que resulta em condições crônicas. Sua prevalência e complicação associam-se a fatores de risco como a obesidade, o sedentarismo, e a mudança de estilo de vida da população. Com isso, as ações integradas de prevenção e cuidado ocorrem prioritariamente na atenção primária à saúde, através da Estratégia de Saúde da Família. O autocuidado do indivíduo nesse processo de adoecer, precisa de apoio e orientação da equipe de saúde sobre a forma pela qual, deva realizar e/ou assumir sua própria condição de saúde. O objetivo deste estudo é propor um protocolo que norteie as ações dos profissionais da atenção primária à saúde no autocuidado apoiado aos hipertensos. Trata-se de um estudo metodológico, descritivo e quantitativo, realizado em Unidades de Saúde da Família no município de Natal, RN. Teve como população de referência hipertensos residentes em áreas adscritas dessas Unidades que caracterizaram a amostra aleatória de 287 alcançada sob fator de ajuste para população finita considerando a sua prevalência para o município de Natal, conforme dados do Vigitel. A coleta de dados, teve início após Parecer favorável  Comitê de Ética e Pesquisa sob nº 1.058.112/2015 e anuência da instituição, no período de junho e setembro de 2015, e incluiu uma fase inicial junto aos profissionais, e outra junto aos hipertensos. Foram visitadas as 41 Unidades de saúde da família e entrevistados 70 profissionais de saúde para descrever as ações realizadas junto aos hipertensos e os dados foram lançados no Excel 2010. Foi aplicado um formulário de elaboração própria junto aos hipertensos e os dados foram lançados e analisados no Software Statistical Package for Social Science, versão 20.0, A partir da realidade encontrada junto as unidades e aos hipertensos e dos aspectos teóricos discutidos no Modelo de Atenção às Crônicas e na Teoria de Enfermagem de Orem, foi construído um protocolo e este foi submetido a 31 juízes para realizar a validação de conteúdo, e foi aplicado o Índice Kappa, Índice de Verificação de Conteúdo (IVC) e a Escala de Likert. Os resultados evidenciaram que das 41 Unidades, 36 unidades realizam ações coletivas para toda a comunidade, embora essas ações não sigam diretrizes únicas e nem é rotina dos profissionais a visita domiciliar ocorrer para conhecer as condições de saúde para apoiar o autocuidado para usuários para realizar a vigilância à saúde.  26 fizeram referência a grupos de hipertensos, e 16 dessas unidades realizam reuniões sistemáticas mensais. Da caracterização dos hipertensos, 83,62% possuem mais de 49 anos, 87,11% não possuem plano de saúde, sendo acompanhamento na unidade de saúde; 81,5% recebem medicamentos da farmácia; no geral, os 287 hipertensos apresentam-se independentes em relação as atividades de vida diária, com somente 3% apresentando dependência; 80,8% não participam de atividades coletivas de educação em saúde  na unidade, e 201 hipertensos referem que procuram a unidade para renovar receita e para realizar consulta médica. Todas as etapas da avaliação do protocolo apresentaram avaliação superior a 0,83, de acordo com o IVC (máximo igual a 1), o que caracteriza que as áreas apresentadas são bastante relevantes. Dos 20 itens, 06 precisam ser adequados considerando as pontuações obtidas no Índice Kappa (menor que 0,41) e Likert (menor que 70 pontos). Estes tópicos foram revisados e adequados de acordo com a sugestão apresentada pelos validadores e a discussão literária. O protocolo foi validado em relação ao seu conteúdo, sendo assim aceito o pressuposto desta tese. Este protocolo poderá contribuir para o ordenamento das ações junto aos hipertensos na unidade e no apoio ao autocuidado que os mesmo possuem capacidade para realizá-lo em domicílio e com isso melhorar suas condições de saúde.


  • Mostrar Abstract
  • A hipertensão arterial é uma doença não transmissível que resulta em condições crônicas. Sua prevalência e complicação associam-se a fatores de risco como a obesidade, o sedentarismo, e a mudança de estilo de vida da população. Com isso, as ações integradas de prevenção e cuidado ocorrem prioritariamente na atenção primária à saúde, através da Estratégia de Saúde da Família. O autocuidado do indivíduo nesse processo de adoecer, precisa de apoio e orientação da equipe de saúde sobre a forma pela qual, deva realizar e/ou assumir sua própria condição de saúde. O objetivo deste estudo é propor um protocolo que norteie as ações dos profissionais da atenção primária à saúde no autocuidado apoiado aos hipertensos. Trata-se de um estudo metodológico, descritivo e quantitativo, realizado em Unidades de Saúde da Família no município de Natal, RN. Teve como população de referência hipertensos residentes em áreas adscritas dessas Unidades que caracterizaram a amostra aleatória de 287 alcançada sob fator de ajuste para população finita considerando a sua prevalência para o município de Natal, conforme dados do Vigitel. A coleta de dados, teve início após Parecer favorável  Comitê de Ética e Pesquisa sob nº 1.058.112/2015 e anuência da instituição, no período de junho e setembro de 2015, e incluiu uma fase inicial junto aos profissionais, e outra junto aos hipertensos. Foram visitadas as 41 Unidades de saúde da família e entrevistados 70 profissionais de saúde para descrever as ações realizadas junto aos hipertensos e os dados foram lançados no Excel 2010. Foi aplicado um formulário de elaboração própria junto aos hipertensos e os dados foram lançados e analisados no Software Statistical Package for Social Science, versão 20.0, A partir da realidade encontrada junto as unidades e aos hipertensos e dos aspectos teóricos discutidos no Modelo de Atenção às Crônicas e na Teoria de Enfermagem de Orem, foi construído um protocolo e este foi submetido a 31 juízes para realizar a validação de conteúdo, e foi aplicado o Índice Kappa, Índice de Verificação de Conteúdo (IVC) e a Escala de Likert. Os resultados evidenciaram que das 41 Unidades, 36 unidades realizam ações coletivas para toda a comunidade, embora essas ações não sigam diretrizes únicas e nem é rotina dos profissionais a visita domiciliar ocorrer para conhecer as condições de saúde para apoiar o autocuidado para usuários para realizar a vigilância à saúde.  26 fizeram referência a grupos de hipertensos, e 16 dessas unidades realizam reuniões sistemáticas mensais. Da caracterização dos hipertensos, 83,62% possuem mais de 49 anos, 87,11% não possuem plano de saúde, sendo acompanhamento na unidade de saúde; 81,5% recebem medicamentos da farmácia; no geral, os 287 hipertensos apresentam-se independentes em relação as atividades de vida diária, com somente 3% apresentando dependência; 80,8% não participam de atividades coletivas de educação em saúde  na unidade, e 201 hipertensos referem que procuram a unidade para renovar receita e para realizar consulta médica. Todas as etapas da avaliação do protocolo apresentaram avaliação superior a 0,83, de acordo com o IVC (máximo igual a 1), o que caracteriza que as áreas apresentadas são bastante relevantes. Dos 20 itens, 06 precisam ser adequados considerando as pontuações obtidas no Índice Kappa (menor que 0,41) e Likert (menor que 70 pontos). Estes tópicos foram revisados e adequados de acordo com a sugestão apresentada pelos validadores e a discussão literária. O protocolo foi validado em relação ao seu conteúdo, sendo assim aceito o pressuposto desta tese. Este protocolo poderá contribuir para o ordenamento das ações junto aos hipertensos na unidade e no apoio ao autocuidado que os mesmo possuem capacidade para realizá-lo em domicílio e com isso melhorar suas condições de saúde.

3
  • LARISSA SOARES MARIZ VILAR DE MIRANDA
  • Significado atribuído por enfermeiros da atenção básica ao cuidado de crianças com obesidade.

  • Orientador : BERTHA CRUZ ENDERS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MARIA CLAUDIA MEDEIROS DANTAS DE RUBIM COSTA
  • CARLA CAMPOS MUNIZ MEDEIROS
  • FRANCISCA GEORGINA MACEDO DE SOUSA
  • Data: 20/05/2016

  • Mostrar Resumo
  • A obesidade é um dos problemas de saúde de maior crescimento em todo o mundo. Em crianças, o cuidar de enfermagem na Atenção Básica de Saúde torna-se um desafio, uma vez essa atenção requer participação ativa de todos envolvidos. Nesse âmbito, o  enfermeiro é o profissional que está na posição ideal para prevenir, captar, avaliar, diagnosticar e tratar a obesidade.  O esclarecimento desse cuidar e o  investimento teórico são necessários para essa prática. O objetivo do estudo foi compreender o significado do cuidado de crianças com excesso de peso atribuído pelo enfermeiro que atua na atenção básica e construir um modelo teórico explicativo desse processo. Utilizou-se o método de Teoria Fundamentada nos Dados (TFD) e o referencial teórico/filosófico de Virginia Henderson. Realizou-se de Abril a Outubro, 2015, em Unidades Básicas, Unidades de Saúde da Família, e Serviços Especializados localizados em Campina Grande, Paraíba, Brasil. Contou-se com 24 participantes que agrupados de acordo com os princípios de saturação teórica formaram quatro grupos amostrais:  enfermeiros, pais e cuidadores de crianças obesas, profissionais da saúde e gestores de saúde. Dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e analisados pelo método de comparação constante, na realização da codificação inicial, construção de diagramas e memorandos, codificação axial, codificação seletiva e reflexão sobre o paradigma e a teoria emergente. Como resultado, obteve-se a construção de sete categorias: Identificando processos que descontinuam o cuidado de enfermagem; Priorizando o atendimento em áreas específicas – condições causais; Encontrando os pais distantes da corresponsabilidade no cuidado junto à equipe de saúde – consequência; Interagindo com a equipe multiprofissional no cuidado – condição interveniente; Vislumbrando novas perspectivas para o cuidado de enfermagem e Atendendo a preocupação pela iniciação de processos do cuidado de enfermagem – ações/interações estratégicas; e Movendo-se nos cenários do cuidado de enfermagem à criança obesa – contexto.  Mediante as relações e interações das categorias, surgiu o modelo teórico explicativo: O enfermeiro participando da preocupação negligenciada no cuidado à criança obesa na Atenção Básica de Saúde.  O modelo teórico permite a compreensão do cuidado de enfermagem à criança obesa como uma rede de relações e interações complexas, permeada pela preocupação de sua importância, mas que não alcança a plenitude da ação. Esse cuidado perpassa a individualidade da assistência, necessitando de uma co-responsabilização entre enfermeiros, profissionais especializados, gestores e familiares. Como participante dessa preocupação negligenciada, o enfermeiro identifica a necessidade de prestar cuidado a uma população que não possui prioridade de atendimento em meio à precária organização física, material, humana, teórico e estrutural dos serviços. Como reflexo, os pais e cuidadores permanecem longe do entendimento da obesidade na infância e se distanciam da responsabilidade compartilhada. Conclui-se que o cuidado do enfermeiro à criança obesa reflete preocupações sobre o cuidado, condizentes com os princípios intrínsecos da enfermagem e concepções preestabelecidas do cuidar, mas que se configura por significados construídos a partir das experiências vivenciadas que interferem no cuidar. Em conjunto, esses significados direcionam a forma como o cuidado é dispensado, a maneira de agir e se comportar frente a crianças obesas, estabelecendo relações.


  • Mostrar Abstract
  • Obesity is a major problem worldwide. In children, its care is a challenge because it requires Nursing care of the obese child is a challenge in Primary Health Care because it requires the active participation of all involved. In parallel to this concern, is the fact that obesity is a major health problem that is growing globally. In this context, the nurse can act in its prevention, identification, assessment, and treatment. Qualified practice in this area, however, requires theoretical investment. The objective of the study was to understand the meanings that nurses in Primary Health Care attribute to the care of obese children and to describe a theoretical model that explains the process. The study used the Grounded Theory method and Virginia Henderson´s theoretical/philosophical perspective. Data were collected in Primary Care Health Units, Family Health Units, and Specialized Health Services in Campina Grande, Paraiba, Brazil, during the months of April to October 2015. A total of 24 participants formed four theoretical sample groups: 11 Primary Health Care nurses, four caretakers, five health professionals, and four health service managers. Data were collected during the months of April to October 2015 by semi-structured interviews and analyzed by the constant comparison method. The analysis consisted of the initial coding, diagram and memorandum construction, axial and selective coding, and reflection of the emerging paradigm and theory. Six categories emerged from the data: Identifying processes that determined the discontinuity of care to the obese child in the health unit – causal condition; Characterizing the fragile parental co-responsibility of care to the obese child – consequence; Interacting with the multi-professional care team – intervening condition; Envisioning new perspectives for the nurse´s care and Attending to the preoccupation for new processes of nursing care – strategic actions/interactions; and Moving within the nursing care scenarios – context. The categories´ interrelations and interactions gave rise to the theoretical explicative model: The nurse worrying about the care of the obese child as a neglected area in Primary Health Care. The theoretical model provides a comprehension of the nursing care of the obese child as a web of complex relations and interactions that is permeated by the concern for the child´s health, but that is devoid of effective and continuous actions. The care surpasses individual attention and needs the shared responsibility of nurses, specialized professionals, health service managers and family. In midst of the Primary Health Care neglected area, the nurse identifies the need for care of a population that does not have priority attention in the health service units with precarious structural and human resources conditions. This reflects on the parents´ and caretakers´ lack of understanding of infantile obesity and on their distancing from the collective responsibility. It is concluded that the nursing care of the obese child configures meanings derived from the lived experience of practice and reflects intrinsic professional principles and pre-established concepts. As a whole, the meanings direct the way that care is provided, of action, and of its behavior with obese children, establishing relationships with the multiple contextual factors and the subjects, and interacting in a complex process.

4
  • SÂMARA SIRDÊNIA DUARTE DE ROSÁRIO BELMIRO
  • EVIDÊNCIA DE VALIDAÇÃO DO INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE NECESSIDADES DE SAÚDE DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA, AUDITIVA E VISUAL

  • Orientador : FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • ALEXSANDRO SILVA COURA
  • INÁCIA SÁTIRO XAVIER DE FRANÇA
  • Data: 30/06/2016

  • Mostrar Resumo
  • Pessoas com deficiência (PcD) ao longo de sua história vivenciaram situações de abandono, negação de direitos, estigma e preconceito. Isto pois, gera problemas referentes a assistência a saúde a este público, com dificuldades de acesso a serviços, profissionais de saúde, exames, remédios, enfrentamento de barreiras atitudinais e estruturais. Tais fatores geram necessidades de saúde não atendidas, o que acarreta problemas para sua qualidade de vida. Neste estudo, considera-se as necessidades como algo diferente das demandas biologicistas e técnicas que chegam aos serviços de saúde. Nesse contexto, justifica-se o estudo, pois na área da saúde se desconhece instrumento específico validado para avaliar as necessidades de saúde de PcD, constituindo-se como fator prejudicial à qualidade da atenção à saúde a este segmento populacional, considerando-se que a identificação destas necessidades tem como finalidade a intervenção resolutiva e de qualidade para mudar as condições de saúde das PcD. Objetiva-se, destarte, elaborar e buscar evidência de validade um instrumento para avaliação de necessidades em saúde de pessoas com deficiência física, auditiva e visual. Trata-se de um estudo metodológico para desenvolvimento e validação de conteúdo e de aparência de um instrumento avaliativo. Realizado com juízes, profissionais da área de saúde de todo o Brasil, e pessoas com deficiência física, auditiva e visual cadastradas em três associações de apoio a pessoa com deficiência na cidade de Mossoró/RN, no período de janeiro de 2015 a maio de 2016.  O processo de construção e validação segue os preceitos de Pasquali, seguindo as etapas do polo teórico, através de duas fases: 1) identificação das definições constitutivas e operacionais do constructo e elaboração dos itens que compuseram o instrumento denominado Instrumento de Avaliação de Necessidades de Saúde de Pessoas com Deficiência Física, auditiva e Visual (IANC-PcDFAV),  através de revisão integrativa da literatura, realizada no primeiro trimestre de 2015 nas bases de dados CINAHL, MEDLINE, LILACS e SCOPUS; experiência dos pesquisadores; e na Taxonomia das Necessidades de Saúde de Matsumoto e Cecílio 2) Análise teórica dos itens, etapa 1 - validade de conteúdo, através de técnica Delphi; etapa 2 - validação semântica e de aparência através de estudo piloto. Na primeira etapa, realizou-se busca por meio da plataforma Lattes, a fim de identificar profissionais da área da saúde com expertise que atuassem como juízes do instrumento. A amostra foi de 33 especialistas na fase Delphi 1 e 18 para a Delphi 2. Na segunda etapa a amostragem foi não-probabilística por conveniência com oito pessoas com deficiência física, auditiva e visual. Para a coleta de dados da primeira etapa submeteu-se, via online, o formulário aos especialistas. Realizou-se a análise adotando Índice de Validade de Conteúdo (IVC) > 0,80 e Alpha de Cronbach > 0,70. Utilizou-se o teste de Mann-Whitney para investigar as diferenças entre a fase Delphi 1 e 2.   Na etapa dois aplicou-se três instrumentos as pessoas com deficiência física, auditiva e visual: o IANS-PcDFAV, Questionário DISABKIDS® - Impressão geral, e  o Questionário DISABKIDS® - Impressões específicas. A análise deu-se por estatística descritiva. Considerou-se os princípios da Resolução 466/2012. No processo de validade do conteúdo, na primeira rodada Delphi verificou-se que cinco itens da dimensão dados sociodemográficos, e dois itens da dimensão condições de vida não alcançaram o índice da valide de conteúdo estabelecido. Nos demais itens ocorreu concordância, com IVC variando de 0,82 a 1. Na segunda rodada, depois de acatadas as sugestões dos especialistas, todos os itens avaliados atingiram índices excelentes. Apresentou-se diferenças significativas nas dimensões dados sociodemográficos, condições de vida e no domínio 1 (um) (p>0,05). No que diz respeito à média dos requisitos de avaliação, todos os itens obtiveram médias melhores na segunda avaliação, com significância estatística (p= 0,026) no requisito utilidade/pertinência e na avaliação geral do instrumento (p= 0,031). O alpha de Cronbach foi de 0,884 na fase Delphi 1 e 0,825 na fase Delphi 2. No que concerne à validação semântica e de aparência, o instrumento foi avaliado como importante e os itens do instrumento foram considerados fáceis de compreender. As respostas geraram modificações na construção dos itens do instrumento. O instrumento proposto apresenta valores satisfatórios de validade e consistência interna, servindo como guia para a avaliação das necessidades de saúde de pessoas com deficiência física, auditiva e visual.


  • Mostrar Abstract
  • People with disabilities (PcD) over their history experienced situations of abandonment, denial of rights, stigma and prejudice. This therefore creates problems relating to health assistance to this audience, with limited access to services, health professionals, tests, medications, facing attitudinal and structural barriers. These factors generate health needs unmet, which causes problems for their quality of life. In this study, we consider the needs as something different from biologicist and technical demands that come to health services. In this context, the study justifies because in health is unknown specific validated instrument to assess PcD health needs, being as damaging factor to the quality of health care to this population segment, considering that identifying these needs aims at solving and quality intervention to change the health of PcD. Objective, thus , prepare and seek evidence of validity an instrument for the assessment of health needs of people with physical, hearing and visual. This is a methodological study to develop and validate the content and appearance of an evaluative instrument. Conducted with judges, professional healthcare throughout Brazil , and people with physical, hearing and visual disabilities  registered in three associations to support the disabled person in the city of Mossoro / RN , from January 2015 to May 2016. The construction and validation process follows the precepts of Pasquali , following the steps of the theoretical pole through two phases: 1) identification of constitutive and operational definitions of the construct and preparation of items comprising the instrument called Instrument Health Needs Assessment of People with hearing and Visual Disabilities , ( IANS - PcDFAV ) through an integrative literature review , in the first quarter 2015 in CINAHL, MEDLINE , LILACS and SCOPUS databases; experience of researchers ; and in taxonomy of Matsumoto and Cecilio Health Needs. 2 ) Theoretical analysis of the items , Step 1 - content validity through Delphi technique; Step 2 - semantic validation and appearance through a pilot study. The first stage was held search through Lattes platform in order to identify health professionals with expertise who acted as judges instrument. The sample consisted of 33 experts in the Delphi phase 1 and 18 for Delphi 2. In the second stage sampling was non- probabilistic for convenience with eight people with physical, hearing and visual disabilities. For the first stage of data collection was submitted, via online form to experts. We conducted the analysis adopting Content Validity Index (CVI) > 0.80 and Cronbach's Alpha > 0.70. We used the Mann -Whitney test to investigate the differences between Delphi phases 1 and 2. In step two was applied three instruments to people with physical, hearing and visual disability: the IANS - PcDFAV, DISABKIDS® Questionnaire - Overall impression and the DISABKIDS® Questionnaire - specific impressions. The analysis was given by descriptive statistics. It was considered the principles of Resolution 466/2012. In the process of validity of the content in the first round Delphi it was found that five items of dimension of demographic data, and two items of the dimension living conditions have not reached the set index in the established content of validate. In other items occurred agreement, with CVI ranging from 0.82 to 1. In the second round, after heeded the suggestions of experts, all items reached excellent levels. Presented significant differences in socio-demographic data dimensions , living conditions and in the field 1 (one) ( p> 0.05). Regarding to the average of evaluation requirements , all items had better averages in the second evaluation , with statistical significance ( p = 0.026 ) in the requirement usefulness / relevance and overall assessment of the instrument ( p = 0.031 ). Cronbach's alpha was 0.884 in phase Delphi 1 and 0,825 in phase Delphi 2. Regarding the semantic validation and appearance, the instrument was evaluated as important and the items of the instrument were considered easy to understand. The responses generated changes in the construction of the instrument items. The proposed instrument has satisfactory values of validity and reliability, serving as a guide for assessing the health needs of people with physical, hearing and visual disabilities.

5
  • ANA BEATRIZ DE ALMEIDA MEDEIROS MOURA
  • Validação do diagnóstico de enfermagem Risco de úlcera por pressão

  • Orientador : ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • HYLARINA MARIA MONTENEGRO DINIZ SILVA
  • MARCOS VENÍCIOS DE OLIVEIRA LOPES
  • VIVIANE MARTINS DA SILVA
  • Data: 08/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo objetivou validar o diagnóstico de enfermagem Risco de úlcera por pressão em pacientes internados na unidade de terapia intensiva. Diante da gravidade, complexidade e grau de dependência dos pacientes críticos, surge a necessidade da enfermagem avaliar a presença desse diagnóstico para atuar na prevenção dos fatores de risco e na manutenção da qualidade nos serviços ofertados. Tratou-se de um estudo metodológico, desenvolvido em três etapas: análise de conceito, análise do conteúdo por especialistas e validação clínica. A primeira etapa foi baseada no modelo de Walker e Avant e operacionalizada através de revisão da literatura, que aconteceu nos meses de fevereiro e março de 2015. Utilizaram-se as bases de dados: Scopus, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, National Library of Medicine and Nattional Institutes of Health e Web of Science, e os descritores: úlcera por pressão, fatores de risco e unidades de terapia intensiva e suas respectivas sinonímias em inglês. Obteve-se uma amostra de 22 artigos. Após a análise do conceito, identificaram-se 42 antecedentes e os seguintes atributos essenciais: Pressão; Pressão em combinação com cisalhamento; e Isquemia tecidual. Na segunda etapa, foram solicitadas as opiniões dos especialistas com relação à análise de conceito, por meio de grupo focal, composto por sete enfermeiras, em quatro encontros, durante os meses de maio a julho de 2015. Após a discussão no grupo focal, resultou-se um total de 29 antecedentes e na seguinte definição conceitual para o diagnóstico estudado: Vulnerabilidade de rompimento da integridade da pele como resultado da isquemia tecidual ocasionada por pressão ou pressão em combinação com cisalhamento. Na terceira etapa, foi realizado um estudo de caso-controle, com intuito de avaliar, na prática clínica, a precisão dos fatores de risco do diagnóstico de enfermagem identificados e validados nas etapas anteriores. Esta etapa ocorreu na unidade de terapia intensiva do Hospital Universitário Onofre Lopes, através de um formulário. A amostra consistiu de 180 participantes, sendo 90 no grupo caso e 90 no grupo controle. O projeto de pesquisa foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do referido hospital, sob número de protocolo 848.997 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética 36883714.5.0000.5292. Os resultados mostram que, através da aplicação do modelo de regressão logística hierárquica, um conjunto de cinco fatores de risco e um aspecto clínico deve ser visto como um forte indicativo do aumento do risco para úlcera por pressão. Os fatores de risco foram: História de úlcera por pressão, Tempo prolongado de permanência na UTI; Fricção, Desidratação e Temperatura elevada. E o aspecto clínico foi: Tratamento das comorbidades. Conclui-se que existe um conjunto de variáveis que aumentam a chance da ocorrência do diagnóstico de enfermagem Risco de úlcera por pressão em pacientes internados em unidade de terapia intensiva. Assim, acredita-se que o estudo contribuiu para o aperfeiçoamento da linguagem diagnóstica, com vistas a adoção de medidas preventivas, aplicação de intervenções mais eficazes, alcance de resultados positivos e melhoria da qualidade do cuidado prestado pelo enfermeiro. 


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to validate the nursing diagnosis “Pressure ulcer risk” in patients admitted to the intensive care unit. Faced with the severity, complexity and degree of dependence of the critical patients, nursing needs to assess the presence of this diagnosis to act in the prevention of risk factors and maintenance of quality in the services offered. This was a methodological study, conducted in three steps: concept analysis, content analysis by experts and clinical validation. The first step was based on the model of Walker and Avant and performed through literature review, which occurred in the months of February and March 2015. We used the databases: Scopus, Latin American and Caribbean Health Sciences Literature, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, National Library of Medicine and National Institutes of Health, and Web of Science, and the descriptors: pressure ulcer, risk factors and intensive care units, and their respective synonyms in the English language. We obtained a sample of 22 papers. After completing the concept analysis, we identified 42 backgrounds and the following essential attributes: Pressure; Pressure combined with shearing; and Tissue ischemia. In the second step, we asked the experts to give opinions about the concept analysis, by means of a focus group, composed of seven nurses, in four meetings, which were held from May to July 2015. After finishing the discussion in the focus group, we had a total of 29 backgrounds, besides the following conceptual definition for the diagnosis under study: Vulnerability of rupture of the skin integrity as a result of the tissue ischemia provoked by pressure or pressure combined with shearing. In the third step, we conducted a case-control study with the aim of assessing, in clinical practice, the accuracy of the risk factors of the nursing diagnosis identified and validated in the preceding steps. This step took place in the intensive care unit of the Onofre Lopes University Hospital, through a form. The sample was composed of 180 participants, with 90 in the case group and 90 in the control group. The research project was submitted and approved by the Research Ethics Committee of the aforementioned hospital, under Protocol number 848.997 and Presentation Certificate for Ethics Assessment number 36883714.5.0000.5292. The results show that, through the application of the hierarchical logistic regression model, a set of five risk factors and one clinical aspect must be regarded as a strong indicator of the increased risk for pressure ulcer. The risk factors were: History of pressure ulcer; Extended period of stay in the ICU; Friction, Dehydration and High Temperature. As for the clinical aspect, it was: Treatment of comorbidities. We conclude that there is a set of variables that increase the chance of occurrence of the nursing diagnosis “Pressure ulcer risk” in patients admitted to the intensive care unit. Accordingly, we believe that this study has contributed to the improvement of the diagnostic parlance, with regard to adopting preventive measures, applying more effective interventions, achieving positive results and improving the quality of the health care provided by the nursing professional.

6
  • CLAUDIA CRISTIANE FILGUEIRA MARTINS RODRIGUES
  • AMBIENTE HOSPITALAR: Clima Organizacional x Estresse na equipe de enfermagem

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • QUENIA CAMILLE SOARES MARTINS
  • ALCIVAN NUNES VIEIRA
  • ELIANA CARDIA DE PINHO
  • Data: 19/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • O estresse ocupacional está presente em diversos ambientes de trabalho em virtude das constantes mudanças tecnológicas, produtivas e sociais ocorridas nos últimos anos. Assim, estudos que fomentam a discussão da relação do trabalhador e de seu local de atuação, são relevantes, pois permitem a identificação de aspectos inerentes ao ambiente laboral e possibilitam um diagnóstico das principais necessidades organizacionais que podem levar ao estresse ocupacional. Neste sentido, o estudo em tela teve por objetivo analisar a relação entre o clima organizacional e o estresse da equipe de enfermagem de um Hospital Universitário. Foi uma pesquisa do tipo transversal com abordagem quantitativa. A coleta de dados foi realizada em fevereiro de 2015. A amostra do estudo contou com 319 profissionais de enfermagem que estavam inseridos em setores de atendimento ao paciente internado, a saber: as Unidades de Clínica Médica e Clínica Cirúrgica, Terapia Intensiva, Centro Cirúrgico e Diálise. Foram aplicados os seguintes instrumentos: um questionário sociodemográfico, o Inventário de Sinais e Sintomas de Lipp e a escala de avaliação do clima organizacional. As análises realizadas foram do tipo univariadas e bivariadas, com nível de significância de 5%. O estudo seguiu os princípios éticos e legais que regem a pesquisa científica em seres humanos, do Conselho Nacional de Saúde, aprovado por Comitê de Ética e Pesquisa, pelo Parecer 925.477, de 18 de dezembro de 2014, sob o número CAAE: 273.935.146.000.0553-7. Os resultados indicaram que o estresse esteve presente em 22,5% da amostra investigada, em que se destacaram as fases de resistência e de exaustão. As maiores frequências foram encontradas nos trabalhadores com até 30 anos, casados, com filhos e que atuavam nas enfermarias no turno da manhã. Com relação ao clima organizacional, foi possível evidenciar que o fator condições de trabalho foi avaliado como o de maior satisfação entre os profissionais do estudo; entretanto o fator processo decisório foi pontuado como o de maior insatisfação. Com relação a análise do clima organizacional total identificou-se que os profissionais de enfermagem que atuam há menos de um ano e que trabalham nos setores fechados tiveram uma percepção positiva do clima organizacional dessa instituição. No que se refere a relação entre o clima organizacional total e o estresse ocupacional da equipe de enfermagem evidenciou-se diferença estatisticamente significativa de modo que os profissionais que pontuaram menores escores do clima organizacional total apresentavam sintomatologia expressa do estresse ocupacional. Desse modo, é possível afirmar que o clima organizacional desse ambiente de trabalho influencia as respostas de estresse nos membros da equipe de enfermagem investigada. Assim, conclui-se que o ambiente hospitalar no contexto estudado conduz a reações de tensão e desgaste nos profissionais de enfermagem o que reflete no sinais e sintomas de estresse. 


  • Mostrar Abstract
  • Occupational stress is present in many work environments because of constant technological, productive and social changes in recent years. Thus, studies that promote worker's relationship discussion and your place of work, are important because they allow the identification of aspects of the work environment and enable a diagnosis of the main organizational needs that can lead to occupational stress. In this sense, the screen study aimed to analyze the relationship between organizational climate and the stress of nursing staff from a University Hospital. It was a cross-sectional survey with a quantitative approach. Data collection was carried out in February 2015. The study sample included 319 nursing professionals who were placed in care inpatient sectors, namely the Clinical Units and Surgery, Intensive Care, Surgical and Dialysis Center. The following instruments were used: a sociodemographic questionnaire, the Inventory Signs and Symptoms of Lipp and the evaluation scale of the organizational climate. The analyzes were the univariate and bivariate type, with 5% significance level. The study followed the ethical and legal principles governing scientific research on human subjects, the National Health Council, approved by the Research Ethics Committee, the Opinion 925,477 from December 18, 2014, under the CAAE number: 273.935.146.000 .0553-7. The results indicate that the stress was present in 22.5% of the investigated sample, wherein stood phases resistance and exhaust. The higher frequencies were found in workers with 30 years old, married, with children and who worked in the wards in the morning shift. Regarding the organizational climate, it became clear that the factor working conditions was assessed as the most satisfaction among study personnel; however the decision-making factor was scored as the most dissatisfaction. As regards the relationship between the overall organizational climate and occupational stress of the nursing team showed a statistically significant difference so that professionals who scored lower scores of the total organizational climate had expressed symptoms of occupational stress. Thus, we can say that the organizational climate that workplace influences stress responses in members of the nursing team investigated. Thus, it is concluded that the hospital environment studied in the context driving voltage reactions and wear nursing staff which reflects the signs and symptoms of stress.

7
  • FRANCISCA PATRÍCIA BARRETO DE CARVALHO
  • Programa de Controle da Hanseníase no Rio  Grande do Norte: análise na perspectiva da promoção da saúde.

  • Orientador : CLELIA ALBINO SIMPSON
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLELIA ALBINO SIMPSON
  • ERIKA SIMONE GALVAO PINTO
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • FELISMINA ROSA PARREIRA MENDES
  • FRANCISCA LUCÉLIA RIBEIRO DE FARIAS
  • Data: 06/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • A hanseníase é considerada um importante problema de saúde pública devido ao seu alto poder incapacitante e comprometimento em indivíduos da faixa etária economicamente ativa. O Rio Grande do Norte apresenta uma alta incidência de hanseníase. A avaliação da qualidade da atenção do Programa de Controle da Hanseníase (PCH) foi considerada pelo Ministério da Saúde entre regular a precária, dado que revela a fragilidade das medidas de vigilância à saúde no estado. O contexto exposto justifica a necessidade de atuação mais efetiva no atendimento às pessoas com hanseníase, sequelas e reações na perspectiva de criar suporte para enfrentar as dificuldades cotidianas geradas pela doença. O estudo teve como objetivo analisar os aspectos que comprometem o bom desempenho do Programa de Controle de Hanseníase (PCH) no RN. Trata-se de um estudo analítico, de aspecto quanti-qualitativo o qual, utiliza métodos mistos no intuito de realizar uma análise abrangente do problema de pesquisa. Realizou-se nas cidades-polo de cada uma das oito regiões de saúde do Estado. Entrevistou-se os coordenadores dos PCH municipais dessas cidades, os coordenadores das URSAP e o coordenador estadual do programa, através de roteiros de entrevistas e de um questionário previamente estabelecido. O projeto de pesquisa foi aprovado sob número 1.011.888 e CAEE nº 42951615.6.0000.5537 pelo Comitê de Ética em Pesquisa/UFRN, respeitando todas as prescrições feitas pelo referido órgão e a Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Os dados foram avaliados através da análise do discurso e os resultados embasados na Promoção da Saúde como referencial teórico. Os resultados estão organizados em três manuscritos: 1) Avaliação em saúde:  uma revisão integrativa; 2) O Contexto da atenção do enfermeiro à pessoas com hanseníase na Estratégia Saúde da Família; 3) Análise do discurso dos gestores do PCH no RN. O primeiro artigo orientou a avaliação do PCH da qual esta tese faz parte e assinalou que avaliações de políticas e programas de saúde devem ser apreendidas a partir das seguintes observações: como um recorte temporal, sob determinado prisma e a partir de determinadas concepções de saúde.  Não como um fim em si mesmo e nem como verdade absoluta. O segundo artigo avaliou as camadas do contexto do trabalho do enfermeiro no PCH e como estas influenciam e são influenciadas por ele. O terceiro artigo analisou o discurso dos gestores do PCH que distinguiu a influência do modelo burocrático de gestão e pela concepção de atenção à saúde médico/centralizada além da forte influência do Modelo sanitarista/campanhista, apesar de o modelo vigente ser vigilância em saúde. Encontrou-se gestores com mais de uma coordenação sob sua responsabilidade, porém sem suporte técnico, científico e político (recursos humanos e econômicos para o exercício de suas atribuições); a minoria com pouco tempo de trabalho, mas a maioria está na função há anos e ainda não se apropriou de todas as ferramentas científicas e técnicas necessárias ao desenvolvimento de um trabalho que promova a saúde e que dê resultados eficientes e eficazes. Compreendeu-se que o PCH pode melhorar a partir de duas iniciativas: (1) profissionalização da gestão (2) ênfase na promoção da saúde e trabalho em equipe (inter/multidisciplinaridade). Não apenas o PCH, mas o SUS ainda não se efetivou de modo expressivo no sentido de modificar o modelo de atenção à saúde proposto.


  • Mostrar Abstract
  • Leprosy is considered a major public health problem due to its high disabling and impairment power in individuals of the economically active age group. The Rio Grande do Norte has a high incidence of leprosy. The evaluation of quality of care of the Leprosy Control Program (HCP) was considered by the Ministry of Health from regulate to precarious, given that reveals the fragility of the measures of health surveillance in the state. The given context shows the need for a more effective action in responding to people with leprosy or with sequelae and reactions of the same in the state in order to support these individuals to face the daily difficulties generated by the disease. This study aims to analyze the aspects that compromise the performance of the Leprosy Control Program in RN. This is an analytical study and of quantitative and qualitative aspect, ie, mixed methods in order to conduct a comprehensive analysis of the research problem. It will be held in the pole-cities of each of the eight health regions of the state. The municipal coordinators of HCP and health professionals who provide care in leprosy services of these cities will be interviewed, namely, all professionals of reference services and a reference sample of professionals working in the Family Health Strategy in each city studied through scripts of interviews and a questionnaire previously established. The research project was approved under number 1011888 and CAEE No 42951615.6.0000.5537 by the Research Ethics Committee / UFRN, respecting all the requirements made by this body and the 466/12 Resolution of the National Health Council. The data were analyzed through discourse analysis and the results grounded in Health Promotion as a theoretical framework. The results are organized in three manuscripts: 1) Health evaluation: an integrative review; 2) The nurse's attention context to people with leprosy in the Family Health Strategy; 3) PCH managers of discourse analysis in newborns. The first article guided the assessment of HCP which this thesis is part and noted that reviews of health policies and programs should be learned from the following observations: as a time frame, in particular prism and from certain health conceptions. Not as an end in itself and not as absolute truth. The second article assessed the layers of the nurse's work in the context of PCH and how they influence and are influenced by it. The third article analyzes the discourse of managers PCH that distinguished the influence of bureaucratic management model and the design of attention to medical / health centralized addition to the strong influence of sanitarian / Model campaigner, although the current model is health surveillance. Met with managers over coordination under their responsibility, but without technical support, scientific and political (human and economic resources for the performance of their duties); the minority with little time to work, but most are in function for years and still not appropriated all the scientific tools and techniques needed to develop a work that promotes health and giving efficient and effective results. It realized that the PCH can improve from two initiatives: (1) professional management (2) emphasis on health promotion and teamwork (inter / multidisciplinary). Not only the PCH, but the NHS has not yet effected expressively in order to modify the model of attention to proposed health.

8
  • PETALA TUANI CANDIDO DE OLIVEIRA SALVADOR
  • Construção e validação de Objeto Virtual de Aprendizagem para apoio ao ensino da Sistematização da Assistência de Enfermagem aos técnicos em enfermagem

  • Orientador : VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • JOSÉ CARLOS AMADO MARTINS
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • MARIA ISABEL DOMINGUES FERNANDES
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 08/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se construir e validar um Objeto Virtual de Aprendizagem para apoio ao ensino da Sistematização da Assistência de Enfermagem aos técnicos em enfermagem. Trata-se de pesquisa metodológica realizada por meio de uma abordagem mista, a partir da estratégia exploratório sequencial do tipo QUAL → QUAN. As etapas de construção do Objeto Virtual de Aprendizagem foram conduzidas de fevereiro de 2015 a março de 2016 e as de validação de conteúdo ocorreram de março a maio de 2016. A equipe foi composta por membros do grupo de pesquisa Laboratório de Investigação do Cuidado, Segurança, Tecnologias em Saúde e Enfermagem (LABTEC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Brasil, por docentes da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), Portugal, e por profissionais da área de análise e desenvolvimento de sistemas. No âmbito do Design Instrucional, foi empregado o modelo Analysis, Design, Development, Implementation, Evaluation (ADDIE). Enquanto teoria pedagógica de aporte às concepções educacionais, o Objeto Virtual de Aprendizagem foi construído à luz da Teoria da Aprendizagem Significativa. O processo de construção e validação do Objeto Virtual de Aprendizagem foi delineado a partir de adaptações do método de Pasquali, conforme as etapas: 1) procedimentos teóricos, para identificar o quadro teórico e os conteúdos que compuseram o instrumento de ensino proposto; 2) procedimentos empíricos, quando o processo de validação de conteúdo do Objeto Virtual de Aprendizagem com experts da enfermagem foi delineada; e 3) procedimentos analíticos, quando a validação foi analisada, por meio da técnica Delphi e do Coeficiente de Validade de Conteúdo. Cada etapa seguiu procedimentos metodológicos adequados ao escopo a que pretendiam. Os preceitos éticos estabelecidos pela Resolução nº 466/2012, do Conselho Nacional de Saúde, foram atendidos, de modo que a proposta do estudo foi apreciada e aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa, por meio do Parecer Consubstanciado nº 925.408, de 18/12/2014, CAAE nº 39640914.8.0000.5537. Obteve-se, assim, anuência dos participantes de cada etapa do estudo, preservando o caráter voluntário e o anonimato dos mesmos. Apresenta-se o Objeto Virtual de Aprendizagem válido em seu conteúdo. Espera-se disponibilizar o Objeto Virtual de Aprendizagem para apoio ao ensino da Sistematização da Assistência de Enfermagem aos técnicos de enfermagem para as diversas instituições de ensino de enfermagem, enquanto um subsídio para a efetivação desse importante campo de saber no âmbito das concepções da blended learning. O Objeto Virtual foi desenvolvido em sua essência para estudantes do curso técnico de enfermagem. Todavia, o aprendizado é sugerido e incentivado a discentes e profissionais de enfermagem, de qualquer nível acadêmico.


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to build and to validate a virtual learning object to support the Systematization of Nursing Care education to nursing technicians. This is a methodological research using a mixed approach based on the QUAL → QUAN sequential exploration strategy. The construction stages were conducted from February 2015 to March 2016. The team was composed of members of the research group from the Investigation of Care, Safety, and Technology in Health and Nursing Laboratory (LABTEC) of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), Brazil, and by faculty members of the Coimbra Nursing School (ESEnfC), Portugal, and by professionals in the area of system analysis and development. Within the framework of Instructional Design, the Analysis, Design, Development, Implementation, Evaluation (ADDIE). While pedagogical theory gives contribution to educational conceptions, the virtual learning object was designed in the light of the Theory of Meaningful Learning. The construction and validation process of the virtual learning object was designed from adaptations of the Pasquali model, following the steps: 1) theoretical procedures to identify the contents that composed the proposed teaching instrument; 2) empirical procedures, when VLO content validation was outlined by nursing experts; and 3) analytical procedures, when validation was analyzed by Delphi technique, in order to confirm or refute the validation of the VLO. Each step followed appropriate methodological procedures for the scope they were intended. The national ethical principles established by Resolution Number 466/2012 of the National Health Council were followed granting that the study proposal was considered and approved by the Research Ethics Committee, through the Opinion number 925408 of 12/18/2014, CAAE number 39640914.8.0000.5537. Thus, participant consent in each stage of the study was obtained preserving the voluntary and anonymity of subjects. The virtual learning object valid in its content is presented. It is expected to provide the virtual learning object to support the teaching of systematization of nursing care to nursing technicians for the various nursing education institutions, while a grant for the implementation of this important field to know under the conceptions of blended learning. The virtual object was developed essentially for students of nursing technical course. However, the learning is proposed and encouraged to students and nursing professionals, of any academic level.

9
  • MARIA CLEIA DE OLIVEIRA VIANA
  • Análise do padrão e qualidade do sono com a qualidade de vida dos enfermeiros nos turnos hospitalares.

  • Orientador : MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MILVA MARIA FIGUEIREDO DE MARTINO
  • CLELIA ALBINO SIMPSON
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • JAQUELINE GIRNOS SONATI
  • ROSÂNGELA MARION DA SILVA
  • Data: 29/09/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se analisar a qualidade de vida e o padrão e qualidade do sono dos enfermeiros nos turnos hospitalares. Trata-se de um estudo com abordagem quantitativa, de corte transversal, descritivo. O estudo foi desenvolvido no Hospital Universitário do Rio Grande do Norte. Os dados foram coletados no período de janeiro a setembro de 2015, com utilização dos instrumentos: Questionário de Informações Pessoais e Profissionais, Índice de qualidade de sono de Pittsburgh, Formulário para avaliação do ciclo vigília-sono - Modificado por De Martino (1996), Questionário de Identificação de Indivíduos Matutinos e Vespertinos elaborado por Horne & Östberg (1976) e Questionário de Qualidade de Vida (WHOQOL-BREF). Foram pesquisados 104 enfermeiros nos seus turnos de trabalho. Após serem codificados e tabulados, os dados foram analisados por meio do programa SPSS versão 20.0. Para a descrição das variáveis nominais utilizou-se a distribuição em números relativos e absolutos em tabelas de contingências, e as variáveis contínuas foram utilizadas medidas de tendência central (média e mediana), dispersão (desvio padrão), teste de Mann-Whitney e Correlação de Spearmann, e adotado nível de significância p ≤ 0,05 e apresentados em tabelas, quadros e figuras. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob o Parecer nº 751.567. Os resultados apontam um perfil sociodemográfico de 65,1% enfermeiros que atuavam no turno diurno e 38,5% no noturno; 90,4% sexo feminino, 73% na faixa etária entre 24 a 45 anos, 65,4% atuavam no âmbito hospitalar e 55,8% tinham um vínculo empregatício. Quanto ao cronotipo destacaram-se o Indiferente (44,2%) e Moderadamente Matutino (34,6%) entre os pesquisados, não tendo diferença significativa entre os turnos de trabalho (p=0,985). Quanto às características do padrão do sono dos enfermeiros em sete dias consecutivos, verificou-se melhores escores médios nos enfermeiros que atuavam no diurno em todos os parâmetros (Tempo de cochilo, Latência, Horas dormidas, Sensação ao acordar e Qualidade do sono) quando comparados com os trabalhadores noturnos, demonstrando diferenças significativas (p ≤ 0,05). Em todos os índices de qualidade do sono de Pittsburgh (Qualidade subjetiva, Latência, Duração, Eficiência, Distúrbios, Uso de medicação para dormir, Sonolência e distúrbios diurno e Pontuação global PSQI) foram melhores nos enfermeiros do diurno, e significativamente, na duração (p=0,031) e pontuação global (p=0,013), quando comparados aos trabalhadores do noturno. A qualidade de vida em todos os domínios (Funcional, Psicológico, Social e Ambiente) e no geral dos enfermeiros do diurno foi melhor do que o que trabalhavam no noturno, e significativamente, no domínio social (p=0,014) e pontuação geral (p=0,024). Concluiu-se que os enfermeiros que trabalham no diurno apresentaram padrão e qualidade sono e qualidade de vida melhores que os profissionais que atuavam no noturno, refurta-se a hipótese nula (H0) e aceita a alternativa (H1) ao afirmar que o padrão e qualidade do sono altera a qualidade de vida dos enfermeiros nos turnos hospitalares.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to analyze the quality of life and sleep patterns of nurses in hospital shifts work. This is a study with a quantitative approach, cross-sectional, descriptive. The study was conducted at the University Hospital of Rio Grande do Norte. Data were collected from January to September 2015 with the use of instruments: Questionnaire Personal and Professional Information, Pittsburgh Sleep Quality Index, form for evaluation of sleep-wake cycle - Modified by De Martino (1996), People identification Morningness and Eveningness Questionnaire by Horne & Östberg (1976) and Quality of Life Questionnaire (WHOQOL-BREF). Were interviewed 104 nurses in their work shifts. After being coded and tabulated, data were analyzed using SPSS version 20.0. For a description of nominal variables it was used the distribution in relative and absolute numbers in contingency tables and continuous variables were used measures of central tendency (mean and median), dispersion (standard deviation), Mann-Whitney test and Correlation of Spearman, and adopted significance level of p ≤ 0.05 and presented in tables, charts and figures. The study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, in the Opinion No. 751,567.The results show a socio-demographic profile of 65.1% nurses who worked the day shift and 38.5% in the night; 90.4% female, 73% of those aged between 24 to 45 years, 65.4% worked in hospitals and 55.8% had an employment relationship. As for chronotype highlights were the indifferent (44.2%) and moderately Morning (34.6%) among those surveyed, with no significant difference between work shifts (p = 0.985). As for standard sleep features of nurses for seven consecutive days, was obtained best average scores in nurses who worked the day shift in all parameters (nap time, latency, hours overnights, sensation upon waking and sleep quality) compared to night workers, showing significant differences (p ≤ 0.05). In all indexes of quality of sleep of Pittsburgh (subjective quality, latency, duration, efficiency, disturbances, Use of medication to sleep, sleepiness and daytime disorders and overall score PSQI) indexes were better in the daytime nurses, and significantly, the duration ( p = 0.031) and overall score (p = 0.013) compared to night workers. The quality of life in all areas (Functional, Psychological, Social and Environment) and overall the day shift nurses were better than the night shift nurses, and significantly, in the social domain (p = 0.014) and overall score (p = 0.024). It was concluded that nurses who work during the day shift had standard and quality sleep and quality of better life that professionals working in the night, the null hypothesis refutes (H0) and accepts the alternative (H1) by stating that the standard and quality of sleep alters the quality of life of nurses in hospital shifts.

10
  • KESSYA DANTAS DINIZ
  • PROTOCOLO ASSISTENCIAL PARA PACIENTES ATENDIDOS EM SERVIÇO DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

  • Orientador : RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ISABELA PINHEIRO CAVALCANTI LIMA
  • ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
  • MARIA ALZETE DE LIMA
  • MARINA DE GÓES SALVETTI
  • RICHARDSON AUGUSTO ROSENDO DA SILVA
  • Data: 01/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • O protocolo assistencial caracteriza-se por ser um conjunto de informações apresentada de forma dinamizada, que proporciona o cuidado sistematizado, e tem como intuito, avaliar de maneira uniformizada os fatores relacionados aos aspectos clínicos, epidemiológicos, assistências, corroborando para a qualidade de vida e segurança do paciente. Diante disso, a elaboração de um protocolo assistencial multiprofissional no âmbito do serviço de tomografia computadorizada contribuirá para uma avaliação clinica precisa. Assim, o estudo teve como objetivo, elaborar e validar um protocolo assistencial para pacientes atendidos no serviço de tomografia computadorizada. Trata-se de uma pesquisa metodológica com abordagem quantitativa, realizada em duas etapas: a primeira constou de uma revisão integrativa de literatura que subsidiou a construção do protocolo; a segunda caracterizou-se pela validação de conteúdo por meio de especialistas, utilizando-se a técnica Delphi. A pesquisa foi iniciada após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com seres humanos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com o Certificado de Apresentação para Apreciação Ética CAAE nº. 41872215.7.0000.5537. A primeira etapa foi operacionalizada entre outubro e novembro de 2015, por meio da revisão da literatura nas bases de dados MEDLINE, SCOPUS, WEB OF SCIENCE e CINAHL, com o cruzamento dos descritores controlados: Diagnóstico por Imagem; Segurança do paciente e Tomografia Computadorizada. A amostra foi constituída por 24 artigos. Os resultados foram organizados em três categorias: otimização, monitoramento, qualidade e proteção em relação às doses de exposição à radiação; reações adversas e nefropatias relacionado ao uso do contraste; cuidados de enfermagem, gestão e casos específicos. Para a segunda etapa, os especialistas foram selecionados por meio da plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), a fim de identificar profissionais de saúde do Brasil que atuassem como juízes do instrumento. A amostra foi de 54 enfermeiros especialistas tanto no Delphi 1 como para o Delphi 2. A análise estatística foi realizada utilizando-se índices de alfa Cronbach, Validade de Conteúdo (IVC) e o Índice Relativo (IRA). Na primeira etapa (Delphi 1) a media do alfa de Cronbach foi superior a 0,80,  o IVC e IRA foi de 0,924. Já em Delphi 2, o alfa de Cronbach chegou á 0,868, com IVC e IRA de 0,934. Realizou-se uma comparação entre os Delphi 1 e 2 e, percebeu que o Deplhi 1 apresentou resultado ligeiramente melhor em termos gerais do que o Delphi 2, porém em ambos a confiabilidade foi bastante satisfatória. Através do teste de Mann - Whitney, observou-se evidências de diferença estatística do Delphi 1 com o Delphi 2 na dimensão de utilidade/pertinência, consistência, clareza, atualização, precisão, sequência instrucional dos tópicos e na avaliação geral, onde obteve-se melhor avaliação na Delphi 2 nas variáveis descritas acima. Assim, alcançou-se a validade do protocolo em seu conteúdo.  


  • Mostrar Abstract
  • The clinical protocol is characterized by being a set of information presented in a streamlined manner, which provides systematic care, and has the intention to evaluate the standardized manner the factors related to clinical, epidemiological, assists, corroborating the quality of life and patient safety. Therefore, the development of a multidisciplinary clinical protocol under the computed tomography service will contribute to a clinical evaluation needs. Thus, the study aimed to prepare and validate a clinical protocol for patients seen in the computed tomography service. This is a methodological research with a quantitative approach, carried out in two stages: the first consisted of an integrative review of literature that supported the construction of the protocol; the second was characterized by the content validation by experts using the Delphi technique. The research was initiated after approval by the Ethics Committee in Research with Human the Federal University of Rio Grande do Norte beings with Presentation Certificate for Ethics Assessment CAAE Nº. 41872215.7.0000.5537. The first phase was implemented between October and November 2015, by reviewing the literature in the MEDLINE, Scopus, Web of Science and CINAHL with the intersection of controlled descriptors: Diagnostic Imaging; Patient safety and Computed Tomography. The sample consisted of 24 articles. The results were organized into three categories: optimization, monitoring, quality and protection in relation to exposure to radiation doses; adverse reactions and kidney diseases related to the use of contrast; nursing care, management and specific cases. For the second stage, experts were selected by Lattes the National Scientific and Technological Development Council platform (CNPQ) in order to identify health professionals from Brazil who act as judges instrument. The sample was 54 specialist nurses both as Delphi 1 to Delphi 2. Statistical analysis was performed using Cronbach's alpha indices Content validity (CVI) and the Relative Index (ARI). In the first stage (Delphi 1) the average Cronbach's alpha was higher than 0.80, the IVC and ARF was 0.924. Already in Delphi 2, Cronbach's alpha arrived at 0.868, with CVI and IRA 0.934. It performed a comparison between Delphi 1 and 2, and realized that Deplhi 1 showed slightly better results in general than the Delphi 2, but in both the reliability was satisfactory. By Mann - Whitney test, there was evidence of statistical difference Delphi 1 with Delphi 2 in size utility / relevance, consistency, clarity, updating, accuracy, instructional sequence of topics and overall evaluation, which was obtained better assessment in Delphi 2 in the variables described above. Thus reached the validity of the protocol on its content.


11
  • CILENE NUNES DANTAS
  • Telenfermagem para o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil a partir da Classificação Internacional das Práticas de Enfermagem (CIPE®). 

  • Orientador : FRANCIS SOLANGE VIEIRA TOURINHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCIS SOLANGE VIEIRA TOURINHO
  • JOSE DINIZ JUNIOR
  • JOSELANY AFIO CAETANO
  • MARIA MIRIAM LIMA DA NÓBREGA
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 05/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se desenvolver um ambiente de telenfermagem aplicado à consulta de enfermagem para o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil na Atenção Primária à Saúde, cujos objetivos específicos foram construir e validar o conteúdo de um instrumento de histórico de enfermagem para a primeira consulta e para a consulta subsequente; e propor um software (protótipo) para estas. Trata-se de um estudo metodológico, composto de duas etapas: 1. O processo de elaboração e validação do conteúdo dos instrumentos de histórico de enfermagem ocorreu entre os meses de fevereiro e julho de 2016 e foi delineado de acordo com as etapas a seguir: 1. Etapa de validação do conteúdo dos instrumentos de histórico de enfermagem: 1.1 Revisão da literatura; 1.2 Estruturação dos instrumentos para o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil a partir da revisão de literatura; 1.3 Seleção dos juízes para participarem do estudo; 1.4 Processo de validação do conteúdo – adequação dos instrumentos pelos juízes para que o mesmo possa representar o conteúdo a ser mensurado; 1.5 Validação de conteúdo do Histórico de Enfermagem: Técnica de Delphi; e 1.6 Análise dos dados. A etapa 2: Desenvolvimento do ambiente do Telenfermagem (software-protótipo) para o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil que ocorreu no período entre fevereiro e outubro de 2016. O estudo seguiu os preceitos éticos que regem a pesquisa científica com seres humanos do Conselho Nacional de Saúde, aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa, por meio do Parecer Consubstanciado nº 925.408, de 18/12/2014, sob o número CAAE 39640914.8.0000.5537. Para a validação de conteúdo do instrumento de histórico de enfermagem para a primeira consulta e subsequente para o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil utilizou-se a etapa Delphi 1, na qual oito juízes avaliaram os instrumentos de histórico de enfermagem, e a etapa Delphi 2 e 3, seis. O histórico de enfermagem para primeira consulta e subsequente foram avaliados pelos juízes de acordo com o critério de concordância, considerou-se válido em seu conteúdo os instrumentos que obtiveram consenso de 80% entre os experts. No que se refere ao software proposto, o ambiente de telenfermagem, foi desenvolvido sobre plataforma web e apresenta os requisitos previamente estabelecidos que estão relacionados com os casos de uso do sistema, resultando em atividades que estão acessíveis para os usuários (administrador e enfermeiro usuário) cadastrados no sistema. Conclui-se que o ambiente de Telenfermagem poderá nortear a prática do enfermeiro da Estratégia de Saúde da Família, e contribuir para a continuidade e melhoria da qualidade dos cuidados prestados à criança, em virtude de sua fundamentação teórica e pelo uso de uma linguagem classificada. Além de oportunizar uma comunicação mais efetiva, o empoderamento e maior autonomia do enfermeiro, através do uso desta tecnologia em seu fazer para identificar os principais marcos do desenvolvimento físico, neurológico e psicossocial, bem como detectar e intervir precocemente alterações na saúde da criança-família na Atenção Primária à Saúde.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to develop a web-therapy environment applied to the nursing consultation for the monitoring of child growth and development in Primary Health Care, whose specific objectives were to construct and validate the content of a nursing history instrument for the first consultation and for the Subsequent consultation; And to propose a software (prototype) for these. It is a methodological study, composed of two stages: 1. The process of elaboration and validation of the contents of the instruments of nursing history occurred between February and July 2016 and was outlined according to the following steps: 1. Validation stage of the content of nursing history instruments: 1.1 Literature review; 1.2 Structuring of instruments for monitoring child growth and development based on literature review; 1.3 Selection of the judges to participate in the study; 1.4 Validation process of the content - adequacy of the instruments by the judges so that it can represent the content to be measured; 1.5 Validation of contents of Nursing History: Delphi Technique; And 1.6 Data analysis. Step 2: Development of the Telenfer environment (software-prototype) for the monitoring of child growth and development that occurred in the period between February and October 2016. The study followed the ethical precepts that govern the scientific research with human beings of the National Council Approved by the Ethics and Research Committee, by means of Opinion No 925.408, dated 12/18/2014, under the number CAAE 39640914.8.0000.5537. For the validation of the content of the nursing history instrument for the first consultation and subsequent for the monitoring of child growth and development, the Delphi 1 stage was used, in which eight judges evaluated the nursing history instruments, and the Delphi 2 stage And 3, six. The nursing history for the first and subsequent consultations was evaluated by the judges according to the criterion of agreement. The instruments that obtained a consensus of 80% among experts were considered valid in their content. With regard to the proposed software, the web-browsing environment was developed on a web platform and presents the previously established requirements that are related to the use cases of the system, resulting in activities that are accessible to users (user administrator and nurse) Registered in the system. It is concluded that the environment of Telenfermagem can guide the practice of the Family Health Strategy nurse and contribute to the continuity and improvement of the quality of care provided to the child, due to its theoretical basis and the use of a classified language. In addition to providing more effective communication, nurses' empowerment and greater autonomy, through the use of this technology in their work to identify the main physical, neurological and psychosocial development frameworks, as well as to detect and intervene early changes in child-family health In Primary Health Care.

12
  • FABIANE ROCHA BOTARELI
  • VALIDAÇÃO DO DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM RISCO DE OLHO SECO EM PACIENTES  ADULTOS INTERNADOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

  • Orientador : ALLYNE FORTES VITOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALLYNE FORTES VITOR
  • ANA RAILKA DE SOUZA OLIVEIRA KUMAKURA
  • MARCOS ANTONIO FERREIRA JUNIOR
  • ROSIMERE FERREIRA SANTANA
  • VIVIANE EUZEBIA PEREIRA SANTOS
  • Data: 12/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se validar o diagnóstico de enfermagem Risco de olho seco em pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva. Trata de um estudo metodológico desenvolvido em duas etapas de validação de diagnósticos de enfermagem segundo Lopes, Silva e Araújo (2012): construção das definições constitutivas e operacionais dos fatores de risco do olho seco e validação clínica do diagnóstico de enfermagem Risco do olho seco. Para a primeira etapa utilizou-se o modelo de Walker e Avant (2011) operacionalizada através de revisão integrativa segundo Whittemore e Knalf (2005), por meio de busca manual e reversa das referências da Análise de conceito sobre olho seco de Fernandes (2015) e da taxonomia da NANDA-I para o diagnóstico em questão. A primeira etapa resultou nas definições constitutivas e operacionais de 15 fatores de risco para o olho seco e subsidiou a etapa de validação clínica. Esta segunda etapa foi realizada na UTI do Hospital Universitário Onofre Lopes operacionalizada por meio um estudo de coorte prospectiva com os seguintes passos: 1. Realização de treinamento da equipe de coleta dados e dos enfermeiros diagnosticadores; 2. Estudo-piloto com 30 pacientes; 3. Coleta de dados; 4. Inferência dos diagnosticadores. Definiu-se a amostra com tempo de coleta de 7 meses que ao final foi composta por 70 pacientes. Os critérios de inclusão foram: idade maior ou igual de 18 anos, sem ressecamento ocular na admissão na UTI, tempo de internamento maior que 24 horas. Critérios de exclusão: menores de 18 anos, doenças da superfície ocular, tratamento ocular tópico. O instrumento de coleta de dados constou de dados sociodemográficos e clínicos; fatores de risco para o diagnóstico em questão; avaliação ocular, neurológica, hemodinâmica, respiratória, hidroeletrolítica; dados laboratoriais; medicamentos em uso e resultado do teste de Schirmer. A avaliação aconteceu diariamente e com tempo de seguimento de até cinco dias. O desfecho de olho seco foi estabelecido por critérios clínicos e teste de Schirmer menor que 10 mm.  A pesquisa foi submetida e aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob parecer 918.510 e CAAE: 36079814.6.0000.5537 em concordância com a Resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde, e nela foram observados e respeitados os preceitos bioéticos regidos por este ditame. Os dados descritivos foram analisados por meio de frequências simples, média, mediana e desvio padrão. As medidas de associação entre as variáveis de desfecho e preditoras foram calculadas pelo teste qui-quadrado e teste exato de Fisher. Para as variáveis quantitativas, utilizou-se o teste t-Student para amostras simétricas e o teste Wilcoxon-Mann-Whitney. A simetria da amostra foi verificada pelo teste de Kolmogorov-Smirnov. O nível de significância adotado foi de 5%. A relação entre exposição e desfecho foi obtida pelo Risco Relativo. Os cálculos foram realizados pelo software SPSS (Statistic Package for Social Sciences) versão 22.0. Os resultados demonstraram que os fatores de risco fortemente associados ao olho seco em pacientes internados na UTI são: lagoftalmia, ventilação mecânica com PEEP elevada, quemose, alteração do reflexo de piscar e uso de medicamentos sistêmicos. Além disso, os critérios definidos para o desfecho (hiperemia conjuntival, teste de Schirmer menor que 10 mm e secreção mucosa) apresentaram significância estatística para o ressecamento ocular. Portanto, acredita-se que este estudo é inovador para o avanço do conhecimento na temática e para o aperfeiçoamento e validação do uso da taxonomia da NANDA-I por enfermeiros que atuam neste cenário, com vistas a proporcionar subsídio para avaliação ocular precisa, acurácia na inferência do diagnóstico em questão, predição de risco como adoção de medidas de prevenção e monitoramento de complicações.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to validate the nursing diagnosis of dry eye risk in patients admitted to the Intensive Care Unit. It is a methodological study developed in two stages of validation of nursing diagnoses according to Lopes, Silva and Araujo (2012): construction of constitutive and operational definitions of dry eye risk factors and clinical validation of nursing diagnosis Dry eye risk. For the first step, the model of Walker and Avant (2011) was implemented through an integrative review according to Whittemore and Knalf (2005), through manual and reverse search of the references of the Analysis of concept on dry eye of Fernandes (2015) and the NANDA-I taxonomy for the diagnosis in question. The first step resulted in the constitutive and operational definitions of 15 risk factors for dry eye and subsidized the clinical validation stage. This second phase was performed at the ICU of the Onofre Lopes University Hospital operated by means of a prospective cohort study with the following steps: 1. Training of the data collection team and the diagnostic nurses; 2. Pilot study with 30 patients; 3. Data collection; 4. Inference of the diagnosticians. The sample was defined with a collection time of 7 months, which at the end was composed of 70 patients. Inclusion criteria were: age greater than or equal to 18 years, no ocular dryness at ICU admission, length of stay longer than 24 hours. Exclusion criteria: diseases of the ocular surface e topical ocular treatment. The instrument of data collection consisted of sociodemographic and clinical data; risk factors for the diagnosis in question; ocular evaluation, neurological, hemodynamic, respiratory, hydroelectrolytic evaluation; laboratory data; medications in use and the Schirmer test result. The evaluation took place daily and with a follow-up time of up to five days. The dry eye outcome was established by clinical criteria and Schirmer's test was less than 10 mm. The research was submitted and approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, under opinion 918.510 and CAAE: 36079814.6.0000.5537 in accordance with Resolution 466/2012 of the National Health Council of the Ministry of Health, and in it were observed and respected the bioethical precepts governed by this dictates. Descriptive data were analyzed using simple, mean, median and standard deviation frequencies. The measures of association between the outcome variables and predictors were calculated using the Chi-square test and Fisher's exact test. For the quantitative variables, the t-Student test was used for symmetrical samples and the Wilcoxon-Mann-Whitney test. The symmetry of the sample was verified by the Kolmogorov-Smirnov test. The level of significance was 5%. The relation between exposure and outcome was obtained by Relative Risk. The calculations were performed by SPSS (Statistic Package for Social Sciences) software version 22.0. The results demonstrate that the risk factors strongly associated with dry eye in patients hospitalized in the ICU are: lagoftalmia, mechanical ventilation with elevated PEEP, chemosis, blink reflex alteration and use of systemic drugs. In addition, the criteria defined for the outcome (conjunctival hyperemia, Schirmer test less than 10 mm and mucous secretion) presented statistical significance for ocular dryness. Therefore, it is believed that this study is innovative for the advancement of knowledge on the subject and for the improvement and validation of the use of the NANDA-I taxonomy by nurses working in this scenario, in order to provide support for precise ocular evaluation, Inference of the diagnosis in question, risk prediction as adoption of measures of prevention and monitoring of complications.

13
  • JOAO EVANGELISTA DA COSTA
  • ANTINOMIAS DO DOADOR DE SANGUE FIDELIZADO: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS POLÊMICAS E TRANSVERSAIS DE UM CONCEITO EM CONSTRUÇÃO.

  • Orientador : FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • CLELIA ALBINO SIMPSON
  • ELIANE SANTOS CAVALCANTE
  • FERNANDO DE SOUZA SILVA
  • FRANCISCO DE SALES CLEMENTINO
  • Data: 12/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • INTRODUÇÃO: As Representações Sociais são sempre representação de um objeto ou de um sujeito, a partir dos conhecimentos construídos pelas relações do homem com o ambiente, na medida em que transforma algo desconhecido em conhecido e familiar. Esta transformação revela a interdependência da realidade psicossocial cujos elementos estruturais e estruturantes são característicos de seu aspecto conceitual e figurativo. Dados da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde mostram que a quantidade de doadores de sangue altruístas e fidelizados é insuficiente para suprir as necessidades atuais, colocando em risco vidas de pessoas que dependem dessa terapêutica. OBJETIVO PRIMÁRIO: analisar a cultura de doação de sangue, os estigmas, preconceitos e mitos na busca de fidelização de doadores e suas representações sociais. SECUNDÁRIOS: avaliar a doação de sangue de pessoas idosas em serviço de hemoterapia privado; analisar a anemia como fator de inaptidão provisória para doação de sangue; analisar o conceito “Doador de sangue fidelizado” e verificar à luz das representações sociais, se existe doadores de sangue fidelizados. MÉTODO: Trata-se de um estudo exploratório descritivo, de abordagem quanti-qualitativo com suporte da teoria das representações sociais. A pesquisa realizou-se no Serviço de Hemoterapia Ltda, HEMOVIDA, instituição particular, Natal, Estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Os dados da inaptidão por anemia foram coletados no módulo Triagem Clínica, software especializado denominado Hemote Plus®, entre os anos de 2010 a 2015. O convite aos 86 idosos, para nova doação, realizou-se através da comunicação/marketing, após atenderam aos critérios de inclusão: ter idade entre 67 anos a 69 anos e que realizaram doações de sangue de novembro de 2012 a novembro de 2014. Para analisar o conceito “Doador de sangue fidelizado” utilizou-se de 15 artigos científicos concernentes ao tema e o método proposto por Walker e Avant e para verificar a existência de doadores fidelizados, utilizou-se de uma amostra (por conveniência) de 121 indivíduos. Os dados sociodemográficos e das entrevistas foram submetidos ao software Analyse Lexicale par Contexte d`um Ensemble de Segments de Texte (ALCESTE) e analisados à luz da Teoria das Representações Sociais e da Teoria do Núcleo Central complementada pela análise de conteúdo de Bardin. RESULTADOS: A inaptidão por anemia se destaca com 51,47% entre as inaptidões mais prevalentes e está associada aos doadores do sexo feminino. Dos 86 idosos convocados, compareceram 20 doadores e, desses, apenas 8 tinham idade acima de 67 anos. O conceito doador de sangue fidelizado, além de incorporar qualidades positivas e reter variada apresentação de termos semelhantes, traduz uma carga semântica que provoca reações confortáveis e práticas em sua utilização. Representação social do doador de sangue fidelizado originou quatro categorias a partir das quatro classes geradas pelo software: Sociedade: gente e outras pessoas (Classe 4); Ajudar o próximo vs. Vida da pessoa (Classe 2); Ajudar o próximo versus vida da pessoa (Classe 3; Tenho oportunidade, mas falta tempo para doar (Classe 1). Respectivamente em termos de representações sociais apresenta as funções de: orientação, saber, identitária e justificadora. CONCLUSÃO: Comprovou-se a inaptidão por anemia nas mulheres por essas apresentarem as perdas sanguíneas mensais (menstruação), gravidez e amamentação. Observa-se um baixo retorno dos doadores idosos para realizar nova doação de sangue, podendo-se atribuir esse fato à desinformação quanto à atual idade máxima para doação e pelas comorbidades, prevalentes nessa faixa etária enquanto fatores de inaptidões para doação de sangue. O conceito de “doador de sangue fidelizado” requer mais estudos para sua cristalização, tornando-o familiar, além de garantir sua presença na reposição dos estoques de sangue e hemoderivados. Refutada a hipótese alternativa, não há representações sociais do doador de sangue fidelizado, o que se se remete ao conceito. Conclui-se que o não doador de sangue fidelizado apresenta as três dimensões das representações sociais: atitude, informações e o campo representacional, enquanto são propagandeadas, publicadas e não difundidas no grupo investigado, caracterizando-se como representações sociais polêmicas.


  • Mostrar Abstract
  • INTRODUCTION:  The Social Representation is always a representation of an object or a subject constructed by man's relationship with the environment. One of the features of Social Representation is to transform something unknown to something known and familiar. This transformation reveals the interdependence of psychosocial reality whose structural and structural elements are characteristic of its conceptual and figurative aspect. Data from the World Health Organization and the Brazilian Ministry of Health show that the number of altruistic, loyal blood donors is insufficient to meet current needs, endangering the lives of people who depend on this therapy. MAIN OBJECTIVE: Analyze culture aspects of blood donation, stigmas, prejudices and myths in the pursuit of loyal and regular donors using the Social Representations theory. SECONDARY OBJECTIVES: Evaluate the blood donation from elderly subjects in a private transfusion service; analyze anemia as a temporary disability factor for blood donation; analyze the concept of "loyal blood donor"; verify the existence of loyal blood donors from the perspective of Social Representations. The sociodemographic and interview data were submitted to the Analyse Lexicale par Contexte d'un Ensemble de Segment de Texte (ALCESTE) and analyzed under Social Representation Theory methodologia and Central Core Theory complemented by the Bardin content analysis. METHODS: It is a quantitative and qualitative descriptive exploratory study using tools of the social representations theory. The survey was conducted in HEMOVIDA Hemotherapy Service Ltd, a private institution located in Natal, State of Rio Grande do Norte, Brazil. The data of ineligibility from 2010 to 2015 were collected from the dedicated software Hemote Plus® using its Clinical Triage module.  86 elderly donors who met the inclusion criteria (age between 67 and 69 years and donated blood between November 2012 and November 2014) were invited to make a new donation.  Fifteen scientific papers on "Loyal Blood Donor" were analyzed using Walker and Avant concept analysis and a convenience sample of 121 individuals was used to test the concept. Sociodemographic and interviews data were submitted to the software Analyse Lexicale par Contexte d'un Ensemble de Segment de Texte (ALCESTE) and analyzed using procedures of the Theory of Social Representations and Central Nucleus Theory complemented by Bardin content analysis. RESULTS: The ineligibility by anemia stands out with 51.47% among the most prevalent disabilities among female sex donors. Of the 86 invited seniors, 20 attended and of these only 8 aged above 67 years.  The concept of loyal blood donor, besides incorporating positive qualities and retaining varied presentation of similar terms, translates a semantic meaning that provokes comfortable and practical reactions in its use. Social Representation of the loyal blood donor originated four categories from the four classes generated by the software: “Society: people and others” (Class 4); “Helping the other” versus “People's life” (Class 2); “Helping the other” versus “People's life” (Class 3); “I have the opportunity but lack time to donate” (Class 1). In terms of Social Representation presents respectively the functions of orientation, knowledge, identity and justification. CONCLUSION: Ineligibility by anemia was verified in women due to menstrual blood loss, pregnancy and breastfeeding,. A low return rate of elderly donors was observed, probably due the to lack of information regarding the maximum age for blood donation and to ineligibilities due to comorbidities that are more prevalent in this age group.  The concept of “loyal blood donor” requires more studies for consolidation and to make this kind of donor more frequent in the blood stocks  replacement process. Refuting the alternative hypothesis, there are no social representations of the loyal blood donor, which is referred to the concept. It is concluded that the non loyal blood donors present the three dimensions of social representations: attitude, information and the representational field, while they are propagandized, published and not diffused in the investigated group, characterizing themselves as controversial social representations.

14
  • CAROLINE EVELIN NASCIMENTO KLUCZYNIK VIEIRA
  • Desenvolvimento de um programa para assistência de enfermagem na prevenção e controle de

    sobrepeso e obesidade em adolescentes


  • Orientador : BERTHA CRUZ ENDERS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AKEMI IWATA MONTEIRO
  • ANA LUISA BRANDAO DE CARVALHO LIRA
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • CARLA CAMPOS MUNIZ MEDEIROS
  • CLAUDIA SANTOS MARTINIANO SOUSA
  • EDILMA DE OLIVEIRA COSTA
  • Data: 16/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • Sobrepeso e obesidade constituem um problema de saúde pública mundial,com prevalência crescente nos adolescentes. No Brasil, o Ministério da Saúde direciona a prevenção e o controle deste problema para a Atenção Primária à Saúde. Entretanto, desconhecem-se instrumentos ou programas específicosque norteiem a prática do enfermeiro com essa população no ambiente escolar. Objetivou-se construir um programa para assistência de enfermagem na Atenção Primária à Saúde direcionada à prevenção e controle de sobrepeso e obesidade em adolescentes. Estudo metodológico, desenvolvido em quatro escolas estaduais e quatro Unidades Básicas de Saúde do Município de Natal/RN. Participaram quatro enfermeiras, representantes das zonas geográficas do município (norte, sul, leste e oeste), 114 adolescentes, e 40 professores das escolas. O método utilizado para construção do programa foi o Protocolo para Mapeamento de Intervenção de Bartholomew que compreende seis etapas: avaliação das necessidades, construção de matrizes dos objetivos de mudança, delineamento de métodos baseados em teorias e estratégias práticas, desenvolvimento do programa, planejamento da adoção e implementação, e planejamento da avaliação. A identificação das necessidades foi realizada por meio de uma revisão integrativa, grupos focais com os adolescentes e professores, e entrevistas semiestruturadas com as enfermeiras. Os dados foram sintetizados utilizando o discurso do sujeito coletivo. Um total de 41(36%) adolescentes foram identificados com sobrepeso ou obesidade, e as principais necessidades identificadas foram: abordagem ao bullying, reeducação alimentar e disponibilidade de exerícios físicos na escola. A partir das necessidades, criaram-se matrizes dos objetivos de desempenho, dos determinantes e dos objetivos de mudança. Estes foram discutidos e modificados com as enfermeiras. Selecionaram-se teorias e métodos para embasar as ações da intervenção. As estratégias emergiram da revisão integrativa sobre intervenções de enfermagem direcionadas ao adolescente com sobrepeso e obesidade e da intervenção “Assistência para reduzir o peso (1280)”, contida na Classificação de Intervenções de Enfermagem. Como resultado elaborou-se o “Programa de enfermagem mais saúde na escola” contendo diversas estratégias. Os implementadores e usuários testaram e avaliaramas estratégias práticas por meio de sua implementação, o que resultou na necessidade de redução da carga horária semanal de exercícios físicos, de 60 para 45 minutos por hora-aula. Por fim, criou-se um plano de avaliação bimestral do Programa a ser posteriomente implementado. Conclui-se que uma intervenção em forma de programa que contemple a participação da comunidade, criação de vínculo, utilização de teorias, previsão de continuidade da assistência, e potencialização de recursos existentes na comunidade, tem potencial paraa melhoria da prática de enfermagem na Atençao Primária à Saúde. Como intervenção para prevenção e controle de sobrepeso em adolescentes, o Programa elaborado guia intervenções direcionadas às necessidades de saúde da população nas escolas públicas e constitui uma tecnologia que contribui para o avanço de conhecimentode enfermagem nateoria de promoção da saúde. 


  • Mostrar Abstract
  • Overweight and obesity constitute a worldwide public health problem that has increased prevalence among adolescents. In Brazil, the Ministry of Health has designated the prevention and control of the problem to Primary Health Care.  However, no guideline instruments or programs for nursing practice with this school-based population are known. The objective was to develop a nursing care program for prevention and control of overweight and obesity among adolescents in Primary Health Care. Methodology study conducted in four public schools and four Primary Care Health Units in the city of Natal/RN. The participants were: four nurses, representing the four geographic city zones (north, south, east and west); 114 adolescents,; and 40 school teachers. A participative intervention for the prevention and control of overweight and obesity in adolescents was developed, using the six stages of Bartholomew´s Intervention Mapping framework (needs evaluation, construction of objectives for change matrices, definition of theory-based methods and strategies, program development, application planning, implementation, and evaluation). The needs were identified by an integrated review of literature, adolescent and teachers´ focal groups, and semi-structured interviews with the nurses. Data were synthesized using the collective subject discourse method.A total of 41 (36%) adolescents were identified with overweight or obesity and the main needs that emerged for discussion were: bullying, nutritional re-education, and availability of physical exercise. Next, the planner constructed performance objectives matrices, change determinants, and change objectives; these were discussed and modified with the nurses. Theinterventions emerged from the integrative review of nursing interventions with overweight and obese adolescents, and from the NIC intervention “Care for weight reduction (1280)” from the Classification of Nursing Interventions. A total of 41 (36%) adolescents were identified with overweight or obesity and the main needs that emerged for discussion were: discuss bullying, nutritional re-education, and availability of physical exercise. The result was the “School Program for More Health” with various practice strategies. Planners and participants tested and evaluated the practice strategies through implementation whichresulted in the reduction of physical exercise time, from 60 to 45 minutes per class hour. Each target group was encouraged to participate in the adoption and continuation of the Program and a bimonthly evaluation plan was constructed. It is concluded that a participative theory-based interventionthat isprocedurally mapped, and that is developed with public school adolescent students, has implications for nursing practice because of its potential to guide need-focused interventions and enhance the prevention and control of obesity in Primary Health Care. The intervention Program developed represents a scientific and technologic contribution to the advancement of nursing knowledge in health promotion theory.

15
  • TAYSSA SUELEN CORDEIRO PAULINO
  • Classificação Internacional da Prática em enfermagem (CIPE®): uma pesquisa-ação na Atenção Primária à Saúde


  • Orientador : SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CECILIA NOGUEIRA VALENCA
  • FRANCISCA PATRÍCIA BARRETO DE CARVALHO
  • JONAS SAMI ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
  • JOÃO BOSCO FILHO
  • SORAYA MARIA DE MEDEIROS
  • Data: 20/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • A enfermagem tem buscado a unificação da linguagem por meio de várias iniciativas para o desenvolvimento de classificações para a sua prática profissional. A Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®) representa o marco unificador de todos os sistemas de classificação de elementos da prática de enfermagem (diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem) disponíveis na área em âmbito profissional que surge em resposta às necessidades reconhecidas pela profissão. Nesse sentido, o objetivo do estudo foi implementar a Classificação Internacional das Práticas em Enfermagem em Unidades de Saúde da Família,  analisando seu o impacto. Foi realizada uma pesquisa-ação com os enfermeiros da Estratégia Saúde da Família das Rocas. Segundo Thiollent a pesquisa-ação agrega diversas técnicas de pesquisa social possibilitando a construção coletiva e ativa de todos os sujeitos envolvidos no problema ao oferecer um suporte maior na atividade diária do profissional. A princípio foi elaborado um diagnóstico situacional da realidade, que contribuiu para implementação das ações, nesta etapa foi evidenciado a falta de conhecimento das enfermeiras acerca da CIPE® e das contribuições que esta traz para a práxi profissional. Deste modo, as ações planejadas e executadas foram: aproximação com a realidade e exposição da mesma; rodas de conversas sobre a aplicabilidade e funcionalidade da consulta de enfermagem através de exposição-dialogada; rodas de conversa sobre a importância da utilização da CIPE® durante a consulta de enfermagem por meio de dinâmica de grupo e exposição-dialogada. Assim sendo, pode-se inferir que a estratégia da pesquisa-ação para consolidação e aplicabilidade da CIPE®  nos serviços de saúde constitui-se como um marco unificador da práxi em enfermagem, tornando a consulta de enfermagem o eixo central para consolidação de um faz eficiente e eficaz, contribuindo assim para o crescimento da categoria profissional.


  • Mostrar Abstract
  • Nursing has sought to unify language through various initiatives to develop classifications for its professional practice. The International Classification for Nursing Practice (CIPE®) represents the unifying framework of all nursing practice classification systems (nursing diagnoses, interventions and results) available in the professional field that arise in response to recognized needs By profession. In this sense, the objective of the study was to implement the International Classification of Practices in Nursing in Family Health Units, analyzing its impact. An action research was carried out with the nurses of the Family Health Strategy of the Rocks. According to Thiollent, action research adds several social research techniques, enabling the collective and active construction of all the subjects involved in the problem by offering greater support in the daily activity of the professional. At the beginning, a situational diagnosis of reality was developed, which contributed to the implementation of the actions, at this stage it was evidenced the lack of knowledge of the nurses about CIPE® and the contributions that this brings to the professional practice. In this way, the actions planned and executed were: approximation with reality and exposure of the same; Wheels of conversations about the applicability and functionality of the nursing consultation through exposure-dialogued; Talk about the importance of using ICNP during the nursing consultation through group dynamics and exposure-dialogue. Thus, it can be inferred that the action-research strategy for the consolidation and applicability of CIPE® in health services constitutes a unifying framework for the nursing practice, making the nursing consultation the central axis for the consolidation of a Efficient and effective, thus contributing to the growth of the professional category.

16
  • ANA MICHELE DE FARIAS CABRAL
  • Avaliação da Autoestima e Qualidade de Vida dos Filhos Separados pela Hanseníase no Estado do Rio Grande do Norte

  • Orientador : CLELIA ALBINO SIMPSON
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLELIA ALBINO SIMPSON
  • FELISMINA ROSA PARREIRA MENDES
  • FERNANDO DE SOUZA SILVA
  • FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA
  • GILSON DE VASCONCELOS TORRES
  • SANDRA MARIA DA SOLIDADE GOMES SIMÕES DE OLIVEIRA TORRES
  • Data: 22/12/2016

  • Mostrar Resumo
  • A Hanseníase é apresentada como uma das doenças mais antigas da história da humanidade, de grande significado para a vida das pessoas e da coletividade. Secularmente considerada uma doença contagiosa e mutilante, foi marcada profundamente pelo estigma, preconceito e exclusão social, caracterizada por atitudes de rejeição ao doente e seus familiares. No passado, o isolamento compulsório de seus portadores causou sérios problemas sociais e psicológicos, resultando no afastamento e na ruptura totalou parcial do vínculo familiar. Os filhos privados desse convívio, retirados muitas vezes de modo desumano, foram confinados e criados em preventórios/educandários. A pesquisa traçou como objetivo avaliar a autoestima e a qualidade de vida dos filhos separados pela hanseníase no Estado do Rio Grande do Norte. Integrando variáveis sócio demográficas, sexo, idade, estado civil, ocupação, escolaridade, crença religiosa, tipo de moradia, renda familiar e número de filhos. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa para tratamento e análise. Realizou-se a coleta de dados com 60 sujeitos, localizados a partir do cadastro do MORHAN (Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase) Potiguar, utilizando questionário sócio demográfico, Escala deautoestima de Rozemberg e Instrumento SF-36. Aplicaram-se os seguintes critérios de inclusão: maiores de 18 anos; residentes no RN; filhos separados de pais com hanseníase; cadastrado no MORHAN potiguar. O projeto de pesquisa foi aprovado sob o número1.047.792 e CAEE nº 42951715.6.0000.5537 pelo Comitê de Ética em Pesquisa/UFRN, respeitando todas as prescrições feitas pelo referido órgão e a Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Os dados obtidos foram tabulados em programapara análise estatística, além de avaliação da consistência interna das escalas através do coeficiente de Croanbach. Os resultados estão organizados em dois manuscritos: 1) Estigma e Autoestima: análise de conceito em estudos sobre hanseníase; 2) Qualidade de Vida dos Filhos Separados pela Hanseníase do Rio Grande do Norte. O primeiro artigo objetivou analisar a relação conceitual do estigma e autoestima em estudos sobre hanseníase publicados em periódicos de enfermagem. Capturou-se 142 artigos catalogados no BDENF, 14 relacionavam-se, quer no título, quer no corpus do manuscrito, os termos “hanseníase” e “estigma” de 1994 a 2014. A análise do conceito de estigma e autoestima em estudos sobre hanseníase permitiu observar que os conceitos estão interrelacionados e que apresentam natureza punitiva, encontra-se presente na atualidade, doença permeada como uma referência e um atributo depreciativo, fraqueza ou desvantagem. A análise de conceito desta pesquisa baseou-se na proposta por Walker e Avant, respeitando-se as oito etapas necessárias à análise. O segundo artigo analisou a qualidade de vida dos filhos separados pela hanseníase no Estado do Rio Grande do Norte, frente às condições precárias de desenvolvimento emocional, afetivo e social dentre outros aspectos, os filhos separados podem apresentar baixa qualidade de vida. Constatou-se um ligeiro predomínio do sexo feminino (51,67%) em detrimento do masculino (48,33%). A faixa etária variou de até 45 anos (25,42%), seguido de 46 - 60 anos (37,29%) e acima 60 anos (37,29%). Quanto ao grau de escolaridade, ensino fundamental completo se constituiu em maioria (60,00%), seguido de ensino médio (31,67%) e ensino superior (8,33%). A maioria apresenta-se casado (51,66%), seguido de solteiros (26,67%), divorciados (16,67%) e viúvos (5,00%). 40,35% recebe até hum salário mínimo, 49,12% recebem de 1 a 3 salários mínimos e 10,53% recebem mais que 3 salários mínimos. 86,67% residem em casa própria. Ao serem separados de suas famílias passando a viver nos preventórios, os participantes do estudo vivenciaram uma situação potencialmente traumática, que corresponde a circunstâncias impactantes e que geram perdas significativas, exigindo (re)arranjos vivenciais. Contrapondo-se a estes resultados, o desempenho da vitalidade aumentou com a idade e influenciou positivamente a saúde mental no sentido de que quanto maior a vitalidade maior a saúde mental. A amostra apresentou baixos índices socioeconômicos e padrões satisfatórios de qualidade de vida autoavaliada, com destaque para os domínios sociais, Saúde mental e Capacidade Funcional. Houve associações estatísticas contraditórias entre os domínios avaliados o que se explicou pelo conceito de resiliência aplicado a diferentes áreas da vida humana. A vitalidade está estatisticamente associada com saúde mental. As mulheres apresentaram melhor estado geral que os homens. Em virtude da fonte dos entrevistados serem de um movimento de pessoas com o mesmo interesse, o que gera empatia e pode interferir positivamente nos escores, pode ter ocorrido um viés de seleção influenciando em aspectos do bem-estar especificamente, o que impede a generalização dos achados. Destaca-se ainda a possível dificuldade de compreensão do instrumento SF-36 por parte dos entrevistados apesar dos esforços empreendidos durante a coleta e do fato de ser um instrumento validado e amplamente utilizado. A validade externa é limitada devido à fonte única.


  • Mostrar Abstract
  • Leprosy is presented as one of the oldest diseases in human history with an important meaning to people’s life and community. For centuries it has been considered as an infectious and crippling disease, and it was deeply marked by stigma, prejudice and social exclusion, defined by rejection behavior of sick people and their relatives.

    In the past, a mandatory isolation of lepers generated serious social and psychological problems, culminating in their total or partial removal of their core of the family. These same children were deprived from family environment, and were taken from their families in a very ruthless way, and most of time were confined and raised in foster care/orphanages.

    The research aim is to evaluate the self-esteem and the quality of life of the children who were separated by Leprosy in the Estate of Rio Grande do Norte. Integrating a social-demographic variable, gender, age, family situation, occupation, education, religion, housing, income and number of children.

    It draws a descriptive study, with a quantitative approach on processing and analysis. The data was gathered from 60 subjects, picked up from the MORHAN Potiguar Register (Reintegration Movement of the people who were affected by Leprosy). Amongst the research tools used, there were a social-demographic survey, Rosenberg self-esteem scale and Tool SF-36.

    The following inclusion criterion were applied: people older than 18 years, living in the RN and children separated of parents infected with Leprosy and registered in the MORHAN Potiguar. The research project was approved under the number 1.047.792 and CAEE nb. 42951715.6.0000.5537 of the Research and Ethics Committee of UFRN, respecting all the requirements stated by the said Organization and by Resolution 466/12 from the National Health Committee.

    All the resulting data was tabulated in a program to be statistically analyzed. It was also taken into consideration the analysis of the inner conscience scale through Croanbach coefficient.

    Results are organized in two manuscripts: 1) Stigma and Self-Esteem: concept analysis in study about Leprosy; 2) Life quality of Children separated by Leprosy in Rio Grande do Norte. The first article goal was to analyze the conceptual relation of stigma and self-esteem of people in studies about Leprosy published by Nursery papers.

    There was a selection of 142 articles cataloged by the BDENF, of which 14 were related to “Leprosy” and “Stigma” and dated from 1994 to 2014. The analysis of the concepts of stigma and self-esteem allowed to observe that these concepts are interrelated and presented a punitive nature, which is still represented today, being also a disease perceived as demeaning, with a weakness or disadvantageous point of view.

     

    The research concept analysis was based on Walker and Avant proposal, following the 8 steps considered as essential to the analysis.

    The second article analyzed the quality of life of children separated by Leprosy in the estate of Rio Grande do Norte, and that were confronted to lack of Family, emotional and social support among others. It was noted a light predominance of female gender (51,67%) compared to male gender (48,33%).    

    Average age was 45 years old (25,42%), followed by subjects between 46 and 60 years old (37,29%) and subjects above 60 years old (37,29%). Concerning school degree, elementary school formed the majority (60%), followed by middle school (31,67%) and college (8,33%). The majority of subjects were married (51,66%), followed by single subjects (26,67%), divorced (16,67%) and widows (5%). Moreover, 40,35% had a monthly minimum wage, 49,12% had 1 to 3 minimum wages and 10,53% had more than 3 minimum wages by month. Finally, 86,67% were living in their own houses.

    When the children were drift apart from their families and started to live in foster care, they experienced a very traumatic situation, which deeply impacted their lives, suffering important lost and having to undergo difficult life arrangements.

    Opposing to these results, life development increased with age and affected positively their mental health in a way that the higher their vitality was, the better their mental health became. The studied subjects presented a low social-economic rate and acceptable standards of quality of life. All of this was evaluated highlighting their social fields, mental health and functional capacity. 

    However, there was some adversarial statistic association between the fields evaluated. Explained by the concept of resilience applied to different human life phases.

    Due to the fact hat the interviewed source formed a movement where people had the same interests, it generated empathy and may have positively interfered in the results. A bias in the selection may have taken place affecting some aspects of welfare specifically. Which could prevent a generalization of the results.

                Moreover, an emphasis on the difficulty of understanding the Instrument SF-36 may be considered as part of the study despite of all endeavors taken during the process of gathering information even that this method is the most used in the filed. External relevance is limited by the lack of different sources. 

17
  • FLAVIA ANDREIA PEREIRA SOARES DOS SANTOS
  • Autonomia do enfermeiro obstetra na assistência ao parto de risco habitual

  • Orientador : BERTHA CRUZ ENDERS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BERTHA CRUZ ENDERS
  • MARIA DJAIR DIAS
  • MARIA HELENA SOARES DA NOBREGA MAZZO
  • NORMÉLIA MARIA FREIRE DINIZ
  • REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES
  • ROSINEIDE SANTANA DE BRITO
  • Data: 22/12/2016

  • Mostrar Resumo