Apresentação

Sobre o PPgMAE:

 

Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Estatística (PPgMAE) da UFRN foi criado e iniciado em 2006 e possui como objetivos (1) a formação e qualificação de recursos humanos e (2) o desenvolvimento de pesquisas científicas em Matemática Aplicada e Estatística. O PPgMAE ocupa um lugar de destaque no que se refere, principalmente, ao primeiro objetivo. Mais especificamente, o PPgMAE está entre os dois únicos programas de pós-graduação em Matemática Aplicada das regiões Norte e Nordeste do País. Além disso, na área Estatística, essas duas regiões contam apenas com mais dois programas, sendo um deles em Matemática (Pura) e Estatística. A combinação das áreas Matemática Aplicada e Estatística em um só programa, nas regiões Norte e Nordeste, é uma característica que distingue o PPgMAE.

 

Atualmente, o PPgMAE oferece um Mestrado stricto sensu com conceito 3 na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A escassez de programas de pós-graduação em Matemática Aplicada e Estatística no norte e nordeste do País faz com que o PPgMAE receba alunos de vários estados das duas regiões, além, é claro, de servir como programa de referência para a qualificação de recursos humanos em Matemática Aplicada e Estatística no Rio Grande do Norte. A importância do PPgMAE nos cenários regional e nacional se torna ainda mais evidente quando se leva em conta que o ensino básico de Matemática no Rio Grande do Norte está entre os piores do Brasil, de acordo com relatórios do IDEB. Por outro lado, a maioria dos egressos do PPgMAE atua em instituições de ensino do Rio Grande do Norte, especialmente no interior do estado, o que mostra que o PPgMAE possui um papel fundamental em qualquer tentativa de melhorar os índices do RN no IDEB.

 

O PPgMAE também tem oferecido aos seus alunos de mestrado oportunidades para trabalhar em projetos de pesquisa que visam a aplicação de métodos estatísticos à melhoria da educação básica e a problemas climáticos da nossa região, assim como a aplicação de métodos computacionais para a caracterização de aquíferos. Os resultados esperados desses projetos, dentre muitos outros, possuem enorme impacto social, econômico e ambiental para o Rio Grande do Norte. Mais detalhes sobre projetos podem ser encontrados nas páginas dos docentes. Até outubro de 2019, o PPgMAE havia formado 87 (oitenta e sete) mestres

 


 

Áreas de Concentração, Linhas de Pesquisa e Corpo Docente:

 

O PPgMAE atua nas áreas de Estatística e Matemática Aplicada. A área de Estatística possui 4 (quatro) linhas de pesquisa: Análise de Sobrevivência (AS), Engenharia Estatística (EE), Modelos de Regressão (MR) e Processos Estocásticos (PE). A área de Matemática Aplicada possui 4 (quatro) linhas de pesquisa: Álgebra (AL), Análise (AN), Matemática Computacional (MC) e Modelagem Matemática (MM). Ao se inscrever no processo seletivo do Mestrado do PPgMAE, o candidato tem de escolher pelo menos uma linha e pode optar por mais de uma, e até todas elas, desde que forneça uma ordem linear de preferência. A página que o PPgMAE mantém para auxiliar os candidatos que se inscrevem no processo seletivo para o Mestrado possui uma descrição detalhada das linha de pesquisa do Programa.

 

Atualmente, o corpo docente do PPgMAE conta com 18 (dezoito) docentes permanentes, 4 (quatro) docentes colaboradores, 2 (dois) professores visitantes, 1 (um) bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD) e 12 (doze) alunos regularmente matriculados no curso de mestrado. Do total de docentes permanentes, 9 (nove) deles atuam na área Matemática Aplicada e 9 (nove) deles atuam na área Probabilidade e Estatística, sendo 2 (dois) deles Bolsistas de Produtividade em Pesquisa Nível 2 (PQ2) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Todos os docentes permanentes e dois docentes colaboradores estão lotados em dois departamentos da UFRN, a saber: o Departamento de Matemática (DMAT) e o Departamento de Estatística (DEST) do Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET) da UFRN. Os demais docentes colaboradores são da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade de São Paulo (USP). Os docentes do PPgMAE lideram 3 (três) grupos de pesquisa cadastrados no CNPq (Métodos Estatísticos, Cadeias de Markov e Matemática Aplicada) e realizam pesquisas que têm resultado em publicações científicas em periódicos e conferências internacionais de muito boa qualidade. Os docentes possuem várias cooperações com pesquisadores do Brasil e do exterior; dentre elas, destacamos aquelas que envolvem professores pesquisadores do LNCC, USP, UNICAMP, UnB, UFMG, UFPB, PUC-Rio, Rutgers University, University of Calgary, Virginia Tech, INRIA-Saclay, IRCAM, Université Paris Diderot e PPS.

 

O PPgMAE também mantém um importante convênio institucional com os programas de Pós-graduação em Estatística do IME-USP e em Matemática e Estatística da UNICAMP, estabelecido através do Edital Capes PROCAD-NF 21/2009, que tem patrocinado atividades de  intercâmbio entre pesquisadores e alunos dessas instituições, incluindo missões de pesquisa, estágio pós-doutoral e bolsas de mestrado sanduíche. Cada aluno do PPgMAE possui um Orientador designado pelo Colegiado do PPgMAE (que consiste de todos os docentes permanentes do Programa). O Orientador, que é um professor do corpo docente do programa, assistirá o aluno no ato da matrícula em disciplinas, na organização do seu programa de estudos, no acompanhamento de seu desempenho escolar, na sua preparação para o Exame de Qualificação e dissertação de mestrado.

 


 

Requisitos para Obtenção do Grau de Mestre:

 

A estrutura curricular do PPgMAE é composta por 3 (três) grupos de disciplinas: I, II e III. O Grupo I é formado por disciplinas prioritárias para as áreas de concentração do Programa, enquanto o Grupo II consiste de disciplinas optativas, mas consideradas necessárias à formação do aluno. Por fim, o Grupo III é constituído de disciplinas para a formação à docência.

Cada disciplina possui uma carga-horária expressa em créditos, em que cada crédito equivale a 15 (quinze) horas-aulas de natureza teórica ou prática.

O aluno deve cursar, no mínimo, 10 (dez) créditos em disciplinas do Grupo I e 6 (seis) créditos em disciplinas do Grupo II. No Grupo I, o aluno deve cursar, obrigatoriamente, duas entre as disciplinas MAE0001 - Probabilidade, MAE0039 - Análise no R^n, MAE0003 - Inferência e MAE0038 - Medida e Integração. No Grupo II é obrigatória a disciplinas MAE0021 - Seminário. Além das obrigatoriedades relacionadas às disciplinas, o aluno deve ser aprovado no Exame de Proficiência em Inglês e no Exame de Qualificação, caracterizado por uma defesa oral do projeto de dissertação do aluno.

Em todos os períodos letivos é oferecida a disciplina MAE1000 - Dissertação de Mestrado. O aluno só poderá se matricular nesta disciplina quando, além de cumprir o número mínimo de créditos e alcançar um coeficiente de rendimento mínimo nas demais disciplinas cursadas, houver obtido aprovação no Exame de Qualificação. O coeficiente de rendimento é uma média ponderada dos conceitos finais que o aluno obteve em todas as disciplinas cursadas. O conceito final das disciplinas é expresso por uma letra (A, B, C, D, E e F), em que A, B, C, D e E equivalem aos números 5, 4, 3, 2 e 1, respectivamente, e F denota reprovação por faltas. Para ser aprovado em uma disciplina, o aluno precisa obter conceito C, B ou A. O coeficiente de rendimento do aluno é igual à média ponderada dos números equivalentes aos conceitos finais, na qual os pesos associados aos números são as quantidades de crédito das disciplinas. O valor mínimo do coeficiente de rendimento para que o aluno possa se matricular em MAE1000 é igual a 3,5 (três e meio). Observe que este não é o único requisito para se matricular em MAE1000. O prazo para a conclusão dos créditos e defesa da dissertação de mestrado é de 24 (vinte e quatro) meses. Fica facultado ao aluno, desde que obtenha parecer favorável de seu orientador, solicitar, no máximo, 2 (duas) prorrogações de um semestre cada a serem julgadas pelo Colegiado.

 


 

Sobre Natal:

 

Fazer um curso de pós-graduação em uma cidade diferente daquela em que o candidato reside é um desafio ainda maior. Por outro lado, há uma enorme vantagem: o candidato poderá se dedicar com mais afinco aos seus estudos, pois estará distante de todas as distrações que o cercam. Além disso, a experiência de residir fora de sua cidade por, pelo menos, dois anos será única e enriquecedora para ele sob muitos aspectos. No mínimo, faz do candidato um ser mais responsável, mais independente e mais consciente de certas tarefas de casa que ele nunca precisou realizar. Também é uma ótima oportunidade para fazer novos amigos e conhecer novos costumes e tradições de um país de dimensão continental.

Natal está localizada no litoral nordestino. É uma cidade ensolarada por longos períodos do ano, mas com temperaturas amenas devido à permanente brisa vinda do Atlântico. Há boas praias, com água morna, banhando alguns bairros da cidade e nos arredores. Nas duas últimas décadas, Natal recebeu uma grande quantidade de imigrantes, principalmente europeus, que foram responsáveis por diversos empreendimentos na cidade. Natal possui em torno de 1 (um) milhão de habitantes e conta com várias opções de lazer. Em particular, destaca-se pela grande variedade de restaurantes, que engloba a culinária nordestina, os pratos à base de mariscos, a comida tipicamente brasileira, a culinária japonesa e italiana, além dos sucos e sorvetes de frutas tropicais. Mais informações sobre Natal podem ser encontradas na Wiki dedicada à cidade.

 



Endereço Alternativo


Coordenação do Programa

  • - CARLA ALMEIDA VIVACQUA

    Telefone/Ramal: (84) 99193-6404

    Telefone/Ramal 2: (84) 99193-6127

    E-mail: ppgmae@ccet.ufrn.br

  • - ELAINE GOUVEA PIMENTEL

    Telefone/Ramal: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    Telefone/Ramal 2: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    E-mail: ppgmae@ccet.ufrn.br

SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao