Banca de DEFESA: FERNANDO PINTRO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDO PINTRO
DATA: 24/05/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de reunião do DIMAp
TÍTULO:

Comitês de Classificadores para o Reconhecimento Multibiométrico em Dados Biométricos Revogáveis


PALAVRAS-CHAVES:

Biométricas, comites de classificadores


PÁGINAS: 75160
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Metodologia e Técnicas da Computação
ESPECIALIDADE: Sistemas de Informação
RESUMO:

O presente trabalho aborda aplicação de técnicas envolvendo comitês de classicadores
no desenvolvimento de sistemas de reconhecimento multimodais em biometrias revogá-
veis. Sistemas biométricos são o futuro eminente das técnicas de identicação e controle
de acesso de usuários, prova disso, são os aumentos constantes de tais sistemas na sociedade
atual. Porém, ainda existem muitos avanços a serem desenvolvidos, principalmente
no que se refere à acurácia, segurança e tempo de processamento de tais sistemas. Na
busca por desenvolver técnicas mais ecientes, os sistemas multimodais e a utilização de
biometrias revogáveis mostram-se promissores, podendo contornar muitos dos problemas
envolvidos no reconhecimento biométrico tradicional. Um sistema multimodal é caracterizado
por combinar diferentes técnicas de segurança biométrica e com isso, superar muitas
limitações. Dentre as várias possibilidades de se desenvolver um sistema multimodal, a
utilização de comitês de classicadores é um assunto bastante promissor, motivado pelo
desempenho e exibilidade que os mesmos vêm demonstrando ao longo dos anos, em suas
inúmeras aplicações. Dando ênfase em relação à segurança, um dos maiores problemas
encontrados se deve as biometrias estarem relacionadas permanentemente com o usuário
e não poderem ser alteradas caso comprometidas. No entanto, esse problema vem sendo
solucionado por técnicas conhecidas como biometrias canceláveis, as quais consistem em
aplicar uma transformação sobre os dados biométricos de forma a proteger as características
originais, possibilitando seu cancelamento e substituição. Com o objetivo de contribuir
com esse importante tema, esse trabalho compara o desempenho de métodos de classica-
ções individuais, bem como conjunto de classicadores, no contexto dos dados originais e
no espaço biométrico transformado por diferentes funções. Outro fator a se destacar, é o
uso de Algoritmos Genéticos (AGs) em diferentes partes dos sistemas, buscando maximizar
ainda mais a eciência dos mesmos. Uma das motivações desse desenvolvimento é avaliar
o ganho que os sistemas de comitês maximizados por diferentes estruturas de AGs podem
trazer aos dados no espaço transformado. Também busca-se gerar sistemas canceláveis
ainda mais ecientes através da combinação de duas ou mais funções de transformação revog
áveis, demonstrando que é possível extrair informações complementares de um mesmo
padrão através de tais procedimentos. Com tudo isso, espera-se provar a importância das
biometrias revogáveis, comitês de classicadores e AGs, no desenvolvimento de sistemas
biométricos mais ecientes, algo que se mostra cada vez mais importante nos dias atuais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1350250 - ANNE MAGALY DE PAULA CANUTO
Interno - 2177445 - BRUNO MOTTA DE CARVALHO
Interno - 2524467 - MARJORY CRISTIANY DA COSTA ABREU
Externo à Instituição - GEORGE DARMITON DA CUNHA CAVALCANTI - UFPE
Externo à Instituição - TERESA BERNARDA LUDERMIR - UFPE
Notícia cadastrada em: 23/04/2013 08:21
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao