Banca de DEFESA: LEANDRO DE ALMEIDA MELO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LEANDRO DE ALMEIDA MELO
DATA : 26/10/2020
HORA: 08:00
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA (GOOGLE MEET)
TÍTULO:

Vai além do desafio! Compreendendo as motivações para participar e colaborar em game jams


PALAVRAS-CHAVES:

Motivação, game jams, hackathons, eventos curtos e colaborativos, comunidades de prática, CSCW


PÁGINAS: 194
RESUMO:

Contexto: Os game jams têm atraído um público cada vez mais diversificado, com milhares de profissionais, estudantes e entusiastas se reunindo para construir protótipos de jogos todos os anos. No entanto, pouco se sabe sobre o que atrai pessoas com perfis demográficos distintos a participarem voluntariamente desses eventos, ou mesmo sobre como esses participantes colaboram durante o evento. Objetivos: Neste sentido, esta tese tem como objetivo investigar por que essas pessoas participaram voluntariamente desses eventos, ou seja, quais são as suas motivações e prioridades para a participação nesses eventos. Além disto, busca-se também verificar como as motivações e os perfis demográficos dos participantes estão relacionadas à forma pela qual eles buscam e oferecem ajuda durante o evento. Método: Um estudo multimétodo, com técnicas de análise quantitativas e qualitativas, foi conduzido para entender esses aspectos. Neste processo, foram coletados dados de mais de 3500 pessoas, de mais de 100 países, as quais participaram de três edições de um game jam anual e de escala global. Resultados: Dentre os resultados, esta tese apresenta um instrumento e um modelo conceitual de motivação que emergiram da análise dos dados, sendo este último é composto por cinco dimensões motivacionais. A partir disto, foi possível de investigar a influência relativa que o perfil de atuação dos participantes exerce sobre as motivações dos participantes. Identificou-se, por exemplo, que os estudantes e hobistas são os mais influenciados por motivações técnicas, ou seja, motivações relacionadas à prática e aquisição de conhecimentos técnicos. Já os desenvolvedores indie possui uma atração maior por conexões de negócios que os demais grupos. A motivação pessoal relacionada a ideação é a grande motivação de todos os grupos, sem diferença significativa entre eles nas médias dessa motivação. Ademais, descobriu-se também que os desenvolvedores profissionais e indie são os que fornecem ajuda com mais frequência, enquanto os estudantes formam o grupo com mais intensidade de interação com os mentores. No entanto, a frequência com que os participantes recebem ajuda dos mentores diminui com o aumento da experiência no desenvolvimento de jogos e participação prévia em game jams. Conclusão: Com base nesses resultados é disponibilizado um conjunto de implicações organizacionais para auxiliar organizadores a tornarem os eventos mais atrativos e identificar práticas que podem tornar a colaboração ainda mais presente e efetiva nestes eventos. Por fim, também são discutidas implicações ao design que podem derivar-se dos resultados desta tese


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1961108 - FERNANDO MARQUES FIGUEIRA FILHO
Interno - 1671962 - EDUARDO HENRIQUE DA SILVA ARANHA
Interno - 1644456 - UIRA KULESZA
Externo à Instituição - CLEIDSON RONALD BOTELHO DE SOUZA - UFPA
Externo à Instituição - KIEV SANTOS DA GAMA - UFPE
Notícia cadastrada em: 14/10/2020 17:35
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao