Banca de DEFESA: GUSTAVO SIZÍLIO NERY

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GUSTAVO SIZÍLIO NERY
DATA : 27/02/2020
HORA: 17:00
LOCAL: IMD/CIVT - Auditório B321
TÍTULO:

Compreendendo o relacionamento entre Integração Contínua e seu Impacto na Qualidade do Software


PALAVRAS-CHAVES:

integração contínua, qualidade de software, estudo empírico, inferência causal.


PÁGINAS: 105
RESUMO:

Integração Contínua, em inglês Continuous Integration (CI), consiste na prática de automatizar e melhorar a frequência das integrações de código (por exemplo, através de builds diários). CI é frequentemente considerado um dos principais elementos que dão suporte às metodologias ágeis. CI ajuda a reduzir os riscos de integração no desenvolvimento de software, através de builds e testes automatizados, permitindo que equipes corrijam problemas de integração imediatamente. A adoção de CI pode ajudar as equipes a avaliar e melhorar a qualidade dos sistemas de software. Os potenciais benefícios de CI chamaram a atenção de pesquisadores da engenharia de software que buscam entender, de forma empírica, as possíveis vantagens de adoção da prática. Estudos anteriores evidenciam o impacto da adoção de CI em diversos aspectos do desenvolvimento de software. Apesar dos valiosos avanços, muitas suposições permanecem empiricamente inexploradas na comunidade.

Nosso trabalho investiga, de forma empírica, os fatores da qualidade do software e suas relações com a adoção de CI. Como contribuição, esta tese fornece um mapeamento sistemático da literatura, que apresenta um amplo cenário de como profissionais e pesquisadores observam o efeito de CI nos aspectos relacionados ao produto de software. Além disso, melhoramos algumas premissas, realizando dois estudos empíricos, visando responder às seguintes questões ainda em aberto: (i) A adoção de CI está associada à evolução do código de teste dos projetos? (ii) O nível de aderência às práticas de CI está relacionada a uma melhoria da qualidade do código fonte dos projetos? Por fim, nós apresentamos um estudo pioneiro, considerando o nosso contexto de pesquisa, que vai além dos testes de correlação e investiga o efeito causal entre a adoção de CI e testes automatizados. Para isto, aplicamos uma inferência causal, através da utilização de diagramas causais e métodos probabilísticos, para determinar a efeito de CI nos testes automatizados. Nossos resultados sugerem que, apesar dos trade-offs relacionados à adoção de CI, é provável que a prática esteja associada à melhorias na qualidade do software. Além disso, CI emprega um efeito causal positivo e considerável no volume de testes dos projetos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1644456 - UIRA KULESZA
Interno - 1671962 - EDUARDO HENRIQUE DA SILVA ARANHA
Externo à Instituição - DANIEL ALENCAR DA COSTA - Queensu
Externo à Instituição - GUSTAVO HENRIQUE LIMA PINTO - UFPA
Externo à Instituição - RODRIGO BONIFACIO DE ALMEIDA - UnB
Notícia cadastrada em: 12/02/2020 16:00
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao