Banca de DEFESA: SARAH RAQUEL DA ROCHA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SARAH RAQUEL DA ROCHA SILVA
DATA: 13/12/2013
HORA: 11:30
LOCAL: Sala de Reuniões do DIMAp
TÍTULO:

BTS: Uma ferramenta de suporte ao desenvolvimento sistemático de sistemas confiáveis baseados em componentes


PALAVRAS-CHAVES:

Métodos Formais, Desenvolvimento Baseado em Componentes, Concorrência, Verificação de Modelos


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Metodologia e Técnicas da Computação
ESPECIALIDADE: Engenharia de Software
RESUMO:

O desenvolvimento de sistemas baseados em componentes revolucionou o processo de desenvolvimento de software, facilitando a manutenção, trazendo mais confiabilidade e reutilização. Porém, mesmo com todas as boas características atribuídas ao desenvolvimento de componentes, é de extrema preocupação a forma como eles se compõem. Realizar verificação a partir de testes informais não é o suficiente para se ter uma composição segura, pois esses não possuem semântica formal que consiga prever comportamentos do sistema. Nesse contexto, surgem os métodos formais, que mantém com precisão a especificação do sistema através de notações matemáticas, trazendo, entre outros benefícios, mais segurança. O método formal CSP, possui uma semântica que suporta uma sucessão de verificações e comparações. Nesse contexto, existem abordagens que aplicam restrições usando CSP, para se verificar o comportamento da composição entre componentes, auxiliando a verificação desses componentes antecipadamente. No entanto, como a ideia atual do mercado de software é buscar cada vez mais automação dos processos, minimizando trabalhos e trazendo agilidade nos negócios, se torna inviável a utilização dessas abordagens, devido ao grande nível de complexidade e tempo. Nesse contexto, esse trabalho apresenta uma ferramenta automatizada para verificação da composição entre componentes, onde toda complexidade da linguagem formal é definida internamente, oculta para o usuário. Dessa forma, através de uma interface simples, a ferramenta BTS (BRIC-Tool-Suport) define um modelo para criação e composição de componentes, prevendo, com antecedência, comportamentos indesejáveis no sistema, como deadlocks.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1639701 - MARCEL VINICIUS MEDEIROS OLIVEIRA
Interno - 1258224 - ANAMARIA MARTINS MOREIRA
Interno - 1221251 - MARTIN ALEJANDRO MUSICANTE
Externo à Instituição - ALEXANDRE CABRAL MOTA - UFPE
Notícia cadastrada em: 17/11/2013 23:40
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao