Banca de QUALIFICAÇÃO: REMERSON RUSSEL MARTINS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: REMERSON RUSSEL MARTINS
DATA: 29/04/2013
HORA: 09:00
LOCAL: sala de video conferencia do PoP-RN
TÍTULO:

O presente trabalho tem por objetivo principal desenvolver estratégias avaliativas para identificação de comportamentos aderentes aos tratamentos da síndrome metabólica, de maneira a fomentar ações que minimizem o abandono dos procedimentos terapêuticos demandados aos pacientes. Emprega-se como referencial teórico a Teoria da Ação Planejada (TAP) como marco para a compreensão e avaliação do fenômeno da adesão terapêutica. Metodologicamente esta tese está organizada entre três estudos distintos e encadeados. O primeiro estudo trata-se de uma pesquisa exploratória, buscando operacionalizar o conceito da adesão terapêutica para uso na TAP, além da construção de um instrumento – questionário – de avaliação da adesão terapêutica entre pacientes portadores de síndrome metabólica. O segundo estudo busca desenvolver o processo de validação do instrumento, levantando evidências que possam avaliar isso. O terceiro estudo procura desenvolver e avaliar estratégias interventivas para melhoria da adesão terapêutica, tendo como base a TAP. Todos os estudos são realizados com pacientes portadores de síndrome metabólica, tendo como locais de coleta de dados nas cidades de Natal/RN, Mossoró/RN e Cuité/PB. Utilizou-se como instrumentos ao longo dos três estudos questionários desenvolvidos na própria pesquisa, mais o Millon Behavioral Medicine Diagnostic (MBMD). O primeiro estudo conta com a sua coleta e análise de dados concluída, enquanto que o segundo estudo encontra-se em vias de finalização e o terceiro estudo tem o seu início previsto para o começo do segundo semestre do ano de 2013. A análise dos dados levantados ao longo do estudo um permitiram apontar para as seguintes considerações. A) A definição operacional do conceito de adesão terapêutica do paciente portador de síndrome metabólica fica estabelecida para esta tese como o correto seguimento do tratamento prescrito acerca da tomada de medicamentos, prática de atividade física e continuidade da dieta por no mínimo três meses. B) O processo de levantamento das crenças salientes dos pacientes apontaram para algumas características bem específicas. Uma atitude geral positiva acerca do tratamento, relacionando-o à noção de bem-estar e melhoria da qualidade de vida. Por outro lado, crenças relacionadas aos fatores de controle evidenciaram uma percepção mais negativa acerca das capacidades do paciente em realizar o tratamento, especialmente no que diz respeito ao seguimento da dieta. As crenças normativas evidenciaram forte presença da família como grupo normativo principal e o constante incentivo à correta continuidade do tratamento. C) O processo de levantamento das crenças salientes permitiu a elaboração de itens para a montagem do questionário de investigação da adesão terapêutica. Esse questionário passou por aplicação-piloto, buscando avaliar a compreensão dos itens, organização geral do instrumento e adequação do vocabulário. Além da avaliação de juízes independentes, avaliando a relação entre os itens elaborados e os construtos teóricos a que se reportam. O estudo dois encontra-se atualmente com 62,5% da coleta realizada, contando-se com a sua conclusão ao final do primeiro semestre de 2013. A partir da análise dos resultados do estudo dois deve-se iniciar as atividades de campo do estudo três e o processo final de construção da presente tese.


PALAVRAS-CHAVES:

Adesão terapêutica, Teoria da Ação Planejada, Síndrome metabólica


PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

O presente trabalho tem por objetivo principal desenvolver estratégias avaliativas para identificação de comportamentos aderentes aos tratamentos da síndrome metabólica, de maneira a fomentar ações que minimizem o abandono dos procedimentos terapêuticos demandados aos pacientes. Emprega-se como referencial teórico a Teoria da Ação Planejada (TAP) como marco para a compreensão e avaliação do fenômeno da adesão terapêutica. Metodologicamente esta tese está organizada entre três estudos distintos e encadeados. O primeiro estudo trata-se de uma pesquisa exploratória, buscando operacionalizar o conceito da adesão terapêutica para uso na TAP, além da construção de um instrumento – questionário – de avaliação da adesão terapêutica entre pacientes portadores de síndrome metabólica. O segundo estudo busca desenvolver o processo de validação do instrumento, levantando evidências que possam avaliar isso. O terceiro estudo procura desenvolver e avaliar estratégias interventivas para melhoria da adesão terapêutica, tendo como base a TAP. Todos os estudos são realizados com pacientes portadores de síndrome metabólica, tendo como locais de coleta de dados nas cidades de Natal/RN, Mossoró/RN e Cuité/PB. Utilizou-se como instrumentos ao longo dos três estudos questionários desenvolvidos na própria pesquisa, mais o Millon Behavioral Medicine Diagnostic (MBMD). O primeiro estudo conta com a sua coleta e análise de dados concluída, enquanto que o segundo estudo encontra-se em vias de finalização e o terceiro estudo tem o seu início previsto para o começo do segundo semestre do ano de 2013. A análise dos dados levantados ao longo do estudo um permitiram apontar para as seguintes considerações. A) A definição operacional do conceito de adesão terapêutica do paciente portador de síndrome metabólica fica estabelecida para esta tese como o correto seguimento do tratamento prescrito acerca da tomada de medicamentos, prática de atividade física e continuidade da dieta por no mínimo três meses. B) O processo de levantamento das crenças salientes dos pacientes apontaram para algumas características bem específicas. Uma atitude geral positiva acerca do tratamento, relacionando-o à noção de bem-estar e melhoria da qualidade de vida. Por outro lado, crenças relacionadas aos fatores de controle evidenciaram uma percepção mais negativa acerca das capacidades do paciente em realizar o tratamento, especialmente no que diz respeito ao seguimento da dieta. As crenças normativas evidenciaram forte presença da família como grupo normativo principal e o constante incentivo à correta continuidade do tratamento. C) O processo de levantamento das crenças salientes permitiu a elaboração de itens para a montagem do questionário de investigação da adesão terapêutica. Esse questionário passou por aplicação-piloto, buscando avaliar a compreensão dos itens, organização geral do instrumento e adequação do vocabulário. Além da avaliação de juízes independentes, avaliando a relação entre os itens elaborados e os construtos teóricos a que se reportam. O estudo dois encontra-se atualmente com 62,5% da coleta realizada, contando-se com a sua conclusão ao final do primeiro semestre de 2013. A partir da análise dos resultados do estudo dois deve-se iniciar as atividades de campo do estudo três e o processo final de construção da presente tese.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 347027 - EULALIA MARIA CHAVES MAIA
Presidente - 1323908 - JOAO CARLOS ALCHIERI
Notícia cadastrada em: 15/04/2013 15:39
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao