Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCILA MOURA RAMOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCILA MOURA RAMOS
DATA: 06/08/2012
HORA: 09:00
LOCAL: auditorio de psicologia
TÍTULO:

A TRAJETÓRIA DE CARREIRA DOS PROFISSIONAIS DE RECURSOS HUMANOS DA GRANDE NATAL


PALAVRAS-CHAVES:

recursos humanos, carreira, mapeamento, multimétodos, narrativa.


PÁGINAS: 85
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

A idéia de que a carreira consiste de uma trajetória linear estruturada pela empresa ao longo da vida profissional do individuo vem se alterando para uma nova realidade em que a carreira passa a ser vista como uma jornada, aberta a possibilidades e incertezas (Hall, 1998; Baruch, 2004; Chanlat, 1995; Malvezzi, 2000). As mudanças na compreensão sobre carreira foram resultados das modificações que ocorreram no mercado de trabalho e no contrato psicológico estabelecido entre o indivíduo e as organizações (Rifkin, 1995, Schein, 1996; Dutra, 1996). Na tentativa de acompanhar as mudanças que ocorreram no mercado de trabalho e promover a compreensão e análise da trajetória profissional, vários modelos emergentes de carreira surgiram nas últimas décadas, tanto na área de gestão de pessoas como na psicologia da orientação profissional. Dentre estes modelos, de particular interesse para esta pesquisa é o da carreira narrativa. Tal modelo parte do pressuposto de que, ao narrar, os indivíduos dão sentido à própria carreira, ao mesmo tempo em que articulam os fatores pessoais e do ambiente que interferiram nas suas escolhas (Cochoran, 1997). Outro importante conceito desenvolvido no campo da sociologia das profissões francesa, a saber: o de trajetória profissional, também é contemplado neste estudo. Esse conceito implica na análise da carreira em uma dupla perspectiva: da trajetória objetiva, delimitada pelas ocupações exercidas pelo indivíduo ao longo do tempo, e na perspectiva da trajetória subjetiva, correspondente às vivências do indivíduo sobre a sua trajetória que geram sentido para as posições ocupadas e escolhas realizadas (Dubar, 1997). Utilizando estes dois conceitos como referência, carreira narrativa e trajetória de carreira, o presente estudo se propõe a investigar aspectos relacionados ao ambiente e aos processos de desenvolvimento da trajetória de carreira dos profissionais de recursos humanos que atuam na capital do estado do Rio Grande do Norte e principais municípios adjacentes que compõem a Grande Natal. Para o profissional de recursos humanos, as modificações que ocorreram no mercado de trabalho e na estruturação das carreiras interferiram diretamente na atividade que desenvolve, bem como na sua própria condição de trabalhador, pois aumentaram os riscos de terceirização da função de RH e do desligamento destes profissionais pelas organizações que passaram por processos de reestruturação (Kilimnik, 2011). A escolha deste profissional para o referido estudo justifica-se, portanto, pelo impacto que as novas concepções de carreira geram no desenvolvimento da atividade do mesmo e na construção da sua própria trajetória profissional. Do ponto de vista metodológico, o projeto divide-se em duas etapas. Na primeira, será realizado um survey com o propósito de mapear características sócio-ocupacionais dos profissionais atuantes na Grande Natal, através da aplicação de um questionário semi-estruturado. Os dados serão analisados segundo técnicas estatísticas descritivas e análise de clusters (agrupamentos). A segunda etapa consistirá na realização de entrevistas baseadas no método de análise de narrativas. Os participantes desta etapa do trabalho serão escolhidos conforme análise dos padrões (clusters) identificados no survey. Por fim, os resultados serão analisados de forma integrada, com o propósito de descrever e problematizar a trajetória de carreira do profissional de recursos humanos. Para a estruturação do questionário utilizado na primeira etapa, optou-se pela realização de um pré-teste, baseado em entrevistas com profissionais de recursos humanos com características similares às da amostra final do estudo. A realização destas entrevistas preliminares serviu para subsidiar o processo de construção das questões que fariam parte do questionário, conjuntamente com a revisão da literatura realizada. Posteriormente, a primeira versão do questionário foi enviada a dois especialistas da área (dois professores com experiência em gestão de pessoas e em pesquisas com profissionais de recursos humanos), os quais analisaram o conteúdo das questões e a relação do mesmo com os objetivos do presente estudo. Neste momento, a pesquisa está na fase de validação semântica da versão apreciada pelos especialistas. Especificamente, o questionário será aplicado a um conjunto de profissionais de recursos humanos, com características similares às da amostra final do estudo, a fim de que estes avaliem a clareza e o ordenamento das questões (estruturação lógica), e de que possamos monitorar o tempo de resposta, a efetividade do meio de aplicação (ferramenta on-line) e a taxa de retorno do questionário. Após a finalização da validação semântica (estudo piloto), será iniciada a fase de aplicação dos questionários (primeira etapa da pesquisa), e, na sequência (após análise de clusters, conforme mencionado), a segunda etapa, qualitativa. Espera-se que esta pesquisa possa contribuir para uma melhor compreensão da atividade e da trajetória de carreira de profissionais de recursos humanos, subsidiando, dessa forma, o trabalho de entidades representativas e instituições formadoras.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - MARIO SERGIO VASCONCELOS - UNESP
Externo à Instituição - NADIA MARIA RIBEIRO SALOMÃO - UFPB
Notícia cadastrada em: 02/08/2012 17:47
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao