Banca de DEFESA: LILIANE PEREIRA BRAGA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LILIANE PEREIRA BRAGA
DATA: 01/06/2012
HORA: 09:00
LOCAL: auditorio de psicologia
TÍTULO:

LÓCUS DE CONTROLE E O CONCEITO DE MATERNIDADE E PATERNIDADE DE ADOLESCENTES


PALAVRAS-CHAVES:

Adolescência, Pais, Mães, Escala Multifatorial de Lócus de Controle, Desenvolvimento Humano.


PÁGINAS: 342
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

Lócus de Controle é um constructo que pretende explicar a percepção das pessoas a respeito da fonte de controle dos eventos, se próprias do sujeito – interno – ou pertencente a algum elemento fora de si próprio – externo. A localização do lócus de controle do indivíduo sofrerá também influência do período do desenvolvimento em que se encontra. Durante a adolescência, os indivíduos se voltam para a construção da sua identidade, sendo que a estruturação da identidade sexual é parte relevante desse processo, já que os papéis de gênero masculino e feminino são os mais importantes do ponto de vista sociocultural.  Um dos papéis sociais que o adolescente pode assumir é o de mãe ou de pai. Optou-se por abordar os adolescentes que ainda não são mães e pais, e questioná-los sobre seus conceitos de maternidade e paternidade. Hipotetizava-se que adolescentes com lócus de controle interno provavelmente desenvolveriam conceitos de maternidade e paternidade em que atribuem a eles mesmos a responsabilidade pela criança. Objetivou-se relacionar a dimensão predominante do lócus de controle na adolescência e maneira como estes jovens conceituam maternidade e paternidade. Trata-se de um estudo exploratório analítico de corte transversal, realizado com 400 adolescentes das turmas do 6o ao 9o ano do Ensino Médio de escolas públicas de Natal/RN. Os sujeitos foram distribuídos proporcionalmente entre as oito escolas selecionadas, em cada distrito de Natal. Foram utilizados como protocolos: questionário estruturado, envolvendo questões sociodemográficas e questões sobre o conceito de maternidade e paternidade, e a Escala Multifatorial de Lócus de Controle. Os dados foram analisados utilizando-se a estatística descritiva e inferencial, com auxílio do pacote estatístico SPSS 18.0. Os resultados referentes às questões sobre o conceito de maternidade e paternidade foram analisados com auxílio do programa de análise de freqüência, ALCESTE 4.7. Os resultados revelaram que para meninos e meninas, a maternidade e paternidade são caracterizadas pela aquisição e assunção de responsabilidades da vida adulta. Tal conceituação encontra respaldo também na classificação dos sujeitos quanto ao lócus de controle, já que a maioria dos sujeitos dessa pesquisa foi caracterizada como indivíduos que tendem a assumir a responsabilidade pelos eventos da sua vida. Para jovens de classes populares, o projeto de autonomia e ascensão social se concretiza pela constituição da própria família e pela capacidade de cuidar e sustentá-la.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347027 - EULALIA MARIA CHAVES MAIA
Interno - 1205730 - ISABEL MARIA FARIAS FERNANDES DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - DIVANISE SURUAGY CORREIA - UFAL
Notícia cadastrada em: 14/05/2012 16:31
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao