Banca de DEFESA: MARIA AURELINA MACHADO DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA AURELINA MACHADO DE OLIVEIRA
DATA: 27/04/2012
HORA: 15:00
LOCAL: LABORATÓRIO DE PSICOLOGIA
TÍTULO:

GRAVIDEZ TARDIA: BEM-ESTAR SUBJETIVO E PERCEPÇÃO DA GESTAÇÃO.


PALAVRAS-CHAVES:

gravidez; percepção; Escala de Bem-estar Subjetivo; psicologia da saúde


PÁGINAS: 133
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

O Bem-estar Subjetivo (BES) é formado por julgamentos globais de satisfação com a vida, ou com domínios peculiares - as experiências emocionais positivas e negativas. A percepção, por sua vez, é o processo interpretativo dos dados sensoriais dotado de sentido cognitivo ou informativo, assimilado em função de um contexto. Sob essa perspectiva, a pesquisa objetivou avaliar o BES e a percepção da gravidez em gestantes tardias. Participaram da pesquisa 80 grávidas com 35 anos ou mais de idade (grupo A ou tardias) e 80 grávidas com idade entre 20 e 34 anos (grupo B ou adultas jovens). Os instrumentos usados foram: a escala de BES e um questionário; este contemplou informações sociodemográficas, itens sobre a gravidez e uma afirmativa baseada na Técnica de Associação Livre de Palavras (TALP) para abordar a percepção da gestação. Os dados oriundos do questionário e da escala, objetivando comparar os dados de intergrupos, sofreram análises estatísticas descritivas e inferenciais. As análises realizadas com o teste qui-quadrado apresentaram valores estatisticamente significativos com as variáveis sociodemográficas tipo de anticoncepcional e problemas de saúde. Os indicadores do BES apresentaram médias próximas nos grupos. Além disso, por meio do teste de Wilcoxon, percebeu-se que não houve diferenças dos aspectos supracitados intergrupos. Ao relacionar os indicadores do BES com as variáveis idade, escolaridade e renda, algumas associações foram significativas. Em adição, as palavras oriundas da afirmativa (TALP) foram analisadas com o auxílio do software Programmes Permettant l’analyse des Evocations (EVOC2000), e categorizadas segundo a análise de conteúdo de Bardin que resultaram em 3 categorias temáticas (afetos – positivos e negativos, percepção da gestação e implicações da gravidez), discutidas de forma agrupada, pois a maioria das palavras foram comuns. Frisa-se o quão semelhantes foram os dados apresentados pelas gestantes pesquisadas. Supõe-se, acerca dessa consideração, que a similitude esteja relacionada ao contexto social. A relevância desse estudo para a rede assistencial de saúde reside em auxiliar em propostas que visem a melhorias específicas para o público e para o setor, além de demonstrar que gestantes tardias e adultas jovens, no contexto pesquisado, não apresentaram diferenças em boa parte das características estudadas.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DIVANISE SURUAGY CORREIA - UFAL
Presidente - 347027 - EULALIA MARIA CHAVES MAIA
Interno - 1519736 - TATIANA DE LUCENA TORRES
Notícia cadastrada em: 27/04/2012 09:44
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao