Banca de DEFESA: TADEU MATTOS FARIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: TADEU MATTOS FARIAS

DATA: 19/04/2011

HORA: 08:30

LOCAL: auditório A do CCHLA

TÍTULO:

O AFETO ALÉM DOS MUROS E PORTÕES: O APEGO A VIZINHANÇAS NA CIDADE DO NATAL


PALAVRAS-CHAVES:

apego ao lugar; vizinhança; comunidade; painel de especialistas; bairro do Alecrim


PÁGINAS: 142

GRANDE ÁREA: Ciências Humanas

ÁREA: Psicologia

RESUMO:

O apego aos lugares é um laço afetivo positivo entre pessoas e ambientes cuja principal característica é a necessidade de permanência em contato com o lugar de apego. As vizinhanças, por sua vez, são espaços próximos à residência, que variam em função de características ambientais, sociais e culturais. Diante do quadro contemporâneo de enfraquecimento das relações de vizinhança e de sua importância para o entendimento do contexto sócio-ambiental das cidades, o presente trabalho teve como objetivo a investigação do apego a vizinhanças na cidade do Natal-RN. Este estudo dividiu-se em duas etapas. A primeira etapa consistiu em investigar, por meio de um painel de especialistas, quais as principais características de vizinhanças apegadas, quais fatores contribuem para o desenvolvimento de tais vizinhanças, quais dificultam, bem como buscar indicações de vizinhanças na cidade do Natal que possam ser identificadas por esses elementos. Na etapa seguinte entrevistei 11 moradores de duas vizinhanças indicadas no bairro do Alecrim para compreender melhor quais as principais características desse apego e quais elementos de contexto favorecem seu desenvolvimento. O conteúdo das entrevistas, categorizado e avaliado por juízes, indicou que, para os 10 especialistas participantes, as principais características de vizinhanças apegadas contemplam elementos de socialização, cooperação, utilização do espaço físico, intimidade e identidade. Para eles, são características favorecidas por fatores temporais, de enraizamento, pelo contato espacial, pela familiaridade entre vizinhos, além da herança cultural. As entrevistas com moradores mostraram que o apego às vizinhanças estudadas está especialmente calcado na rede de suporte e cooperação entre moradores, na satisfação com a proximidade de serviços, e no vínculo a aspectos simbólicos e tradições locais. Além de facilitadas pela organização espacial, pelo pouco deslocamento dos moradores e pela história do próprio bairro, as relações nessas vizinhanças são fomentadas por uma intenção em estabelecer esse tipo de laço, advinda de valores culturais.

 



MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - HARTMUT GUNTHER - UnB
Interno - 1205730 - ISABEL MARIA FARIAS FERNANDES DE OLIVEIRA
Presidente - 347107 - JOSE DE QUEIROZ PINHEIRO
Notícia cadastrada em: 21/03/2011 19:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao