Banca de QUALIFICAÇÃO: GUILHERME PAIM MASCARENHAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GUILHERME PAIM MASCARENHAS
DATA : 28/04/2023
HORA: 09:00
LOCAL: Sessão REMOTA
TÍTULO:

MERCADORES DE ÁGUA: ALIENAÇÃO E ATIVIDADE DE TRABALHO NOS CAMINHÕES-PIPA DO SEMIÁRIDO DO ALTO OESTE POTIRGUAR


PALAVRAS-CHAVES:

alienação do trabalho; saúde; semiárido; território; clínica da atividade

 


PÁGINAS: 87
RESUMO:

O que um caminhão-pipa carrega além de água? Para responder a esta pergunta, é necessário considerar que, além de ser uma expressão de um quadro mais amplo de formação social no semiárido, os trabalhadores dos caminhões-pipa, foco deste estudo, participam deste modo de reprodução social e demonstram as manifestações da alienação do trabalho na região. Assim, o objetivo geral desta tese é analisar como a alienação do trabalho no contexto do semiárido do Alto Oeste Potiguar afeta a atividade dos trabalhadores de caminhões-pipa. Os objetivos específicos são: a) Examinar de que modo o processo de territorialização do semiárido se expressa no real da atividade e em seus impedimentos; b) Compreender as possibilidades de desenvolvimento do poder de agir, portanto, da dimensão de saúde, diante do estranhamento do trabalho e da objetificação do trabalhador; c) Avaliar as contradições da proposta desenvolvimental do instrumental teórico-metodológico da Clínica da Atividade diante do trabalho alienado. A abordagem da atividade dos trabalhadores de caminhões-pipa ocorreu tanto por meio de uma análise histórica do processo de territorialização do semiárido, quanto por meio de uma análise das condições de trabalho nas últimas duas décadas na microrregião estudada. Além disso, o instrumento teórico-metodológico da Clínica da Atividade foi utilizado para acessar a atividade de trabalho dos participantes. Foram entrevistados três trabalhadores que entregam água na microrregião estudada, com duas entrevistas realizadas acompanhando a entrega de água em áreas rurais e urbanas. Os resultados preliminares indicam que o estranhamento resultante da alienação do trabalho aparece durante a análise da atividade dos participantes. No entanto, verificou-se que a possibilidade de gerenciar esses estranhamentos requer uma reconsideração dos operadores teóricos da clínica da atividade, a fim de incorporar não apenas a teoria dialética de suas raízes histórico-culturais, mas também o propósito de superar positivamente a exploração do trabalho.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1033183 - FELLIPE COELHO LIMA
Externo à Instituição - FRANCISCO PABLO HUASCAR ARAGÃO PINHEIRO - UFC
Presidente - 1134517 - JORGE TARCISIO DA ROCHA FALCAO
Notícia cadastrada em: 24/04/2023 16:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao