Banca de DEFESA: ALANNA SILVA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALANNA SILVA DOS SANTOS
DATA : 28/04/2023
HORA: 16:30
LOCAL: Laboratório de Psicologia _ Setor verde UFRN - Sala 622 LabPsi
TÍTULO:

Correlação entre o engajamento em atividades prazerosas, qualidade de vida e sintomas depressivos na pessoa idosa em diferentes contextos


PALAVRAS-CHAVES:

Pessoas idosas; Depressão; Atividades Prazerosas; Qualidade de Vida; Envelhecimento Ativo.


PÁGINAS: 96
RESUMO:

Com o aumento significativo da população idosa no Brasil, há uma preocupação crescente em relação à qualidade de vida (QV) desse público, que é vulnerável ao desenvolvimento de doenças biológicas e psíquicas. Por essa razão, torna-se fundamental a realização de pesquisas que identifiquem aspectos que promovam uma melhor QV e previnam enfermidades. O objetivo do presente estudo foi analisar a correlação entre os níveis de engajamento em atividades gratificantes, sintomatologia depressiva e QV em pessoas idosas atendidas nas Unidades Básicas de Saúde e Família (UBSF) e nas que participam da Universidade Aberta à Maturidade (UAMA). O estudo foi conduzido com uma amostra de 100 pessoas idosas, sendo 50 do grupo da UAMA e 50 do grupo da UBSF, com idade variando de 60 a 85 anos. O estudo é caracterizado como quantitativo, descritivo e correlacional. Os instrumentos utilizados foram: questionário sociodemográfico e clínico, Inventário de Depressão de Beck (BDI), WHOQOL-Old, The California Older Person's Pleasant Events Schedule – OPPES-BR e Questionário de Engajamento em Mídias Sociais (QEMS). As análises foram realizadas com o software R, utilizando estatísticas descritivas e inferenciais. Os resultados indicam que há uma correlação significativa (p<0,001) entre as variáveis depressão, atividades prazerosas e QV em pessoas idosas, evidenciando a inter-relação entre essas variáveis, bem como a influência do contexto socioeconômico. Conclui-se que as pessoas idosas que estão em um processo de educação continuada apresentam uma melhor QV, participam mais de atividades prazerosas e apresentam menos sintomas depressivos, enquanto o público idoso inserido em contexto de vulnerabilidade social manifestou sintomas depressivos alarmantes, percepção negativa da QV e menos frequência de atividades prazerosas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347027 - EULALIA MARIA CHAVES MAIA
Externo ao Programa - 3298907 - BRUNO ARAÚJO DA SILVA DANTAS - UFRNExterna à Instituição - LUCIANA CARLA BARBOSA DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 18/04/2023 13:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao