Banca de DEFESA: LUANA REIS METTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUANA REIS METTA
DATA : 21/09/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Laboratório de Psicologia
TÍTULO:

DADOS NORMATIVOS DO TESTE PICTÓRICO DE MEMÓRIA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE NATAL/RN


PALAVRAS-CHAVES:

memória, avaliação psicológica, infância, TEPIC-M


PÁGINAS: 60
RESUMO:

A memória, enquanto processo cognitivo, possibilita a aquisição, a conservação e a evocação (ou recordação) de informações originárias de eventos externos ou internos. Identifica-se diferentes classificações para a memória, considerando aspectos relativos ao tempo de duração da informação, o conteúdo do material armazenado e a função. Dentre os sistemas de memória destaca-se a memória de curto prazo, responsável pelo armazenamento temporário de um número reduzido de informações, verbais ou visuais, por curto intervalo de tempo. A memória de curto prazo visual (MCPV) tem sido associada ao desempenho adequado em atividades cotidianas, tais como reconhecimento de objetos, construção de imagens mentais, orientação espacial, bem como para a aprendizagem e o raciocínio visoespaciais. Porém, apesar de sua importância para os domínios da escolarização e das atividades laborais, ainda são escassos os instrumentos de investigação, em especial, aqueles que possibilitam a investigação em separado da MCPV e da memória de trabalho. Tal situação é agravada se for considerado o contexto da infância e da adolescência. Considerando a relevância da MCPV para os processos típicos e atípicos, de desenvolvimento e aprendizagem, de crianças e adolescentes, bem como a escassez de instrumentos normatizados para a população brasileira, o   presente teve como objetivo a construção de dados normativos do Teste Pictórico de Memória Visual (TEPIC-M), para crianças e adolescentes de seis a 16 anos da cidade de Natal/RN. Adicionalmente, investigou a interferência das variáveis idade, sexo e tipo de escola sobre o desempenho no teste. O TEPIC-M investiga a capacidade de o indivíduo recuperar uma informação num curto período de tempo. Participaram da pesquisa 542 estudantes, sendo 301 do sexo feminino e 241 do sexo masculino. Deste total, 256 pertenciam à rede de pública de ensino e 286 à rede privada. Os dados obtidos foram submetidos a análises estatísticas descritivas e inferenciais previamente inspiradas na proposição dos autores do instrumento. Para verificar o nível de significância das diferenças entre os desempenhos obtidos em função das variáveis sexo e tipo de escola, foi realizado o teste estatístico inferencial U de Mann-Whitney, cujo resultado indica que não houve diferença significativa entre os dois grupos em função da variável sexo (p=0,808), todavia quando analisada a variável tipo de escola encontra-se diferença significativa entre os desempenhos, em benefício da escola particular (p<0,001).  Posteriormente foi realizado o teste de correlação de Spearman que verificou a interferência da variável idade sobre o desempenho no teste da amostra total (p<0,001). Posteriormente, foi realizada análise de variância multi-variada (n-Anova) e análise post-hoc (Teste LSD), comparando os desempenhos de cada grupo etário em função dos demais. Com base nas significâncias encontradas na análise post-hoc, propõe-se nesse estudo o agrupamento das crianças e adolescentes em quatro grupos etários: 6 e 7; 8 e 9; 10 e 11; 12 a 16, bem como a divisão destas por tipo de escola. Os dados apresentados no presente estudo atestam a validade desenvolvimental do Teste Pictórico de Memória Visual (TEPIC-M), apresentando dados normativos para a faixa etária dos 6 aos 16 anos, ampliando assim o potencial de alcance do teste na sua proposição original. Desta forma, disponibiliza para os profissionais brasileiros, que trabalham com avaliação psicológica, um instrumento com evidências de validade e que se propõe a investigar o sistema de memória de curto prazo visual, para o qual se identifica escassez de instrumentos disponíveis. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2143029 - CINTIA ALVES SALGADO AZONI
Externo à Instituição - CLAUDIA BERLIM DE MELLO - UNIFESP
Presidente - 1321136 - IZABEL AUGUSTA HAZIN PIRES
Notícia cadastrada em: 28/08/2017 08:19
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao