Banca de DEFESA: MAIHANA MAÍRA CRUZ DANTAS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MAIHANA MAÍRA CRUZ DANTAS
DATA : 04/11/2016
HORA: 13:30
LOCAL: VC 03 SEDE SINFO
TÍTULO:

 

Apoio social em mães de bebês prematuros hospitalizados: elaboração e evidência
de validade de um instrumento



PALAVRAS-CHAVES:

Apoio social; prematuro; Unidades de Cuidados Intensivos.


PÁGINAS: 135
RESUMO:

 

Esta tese tem como objetivo geral elaborar e buscar evidências de validade de uma escala que avalie o
apoio social em mães de recém-nascidos prematuros hospitalizados. Para tanto, foram desenvolvidos
quatro estudos. O estudo I efetuou uma revisão sistemática da literatura que identificou os cinco
instrumentos mais utilizados para avaliação do apoio social. Como resultado, foi possível estabelecer
uma definição constitutiva do constructo que teve como foco o apoio percebido, sendo este
compreendido como multidimensional. No Estudo II, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas
com 18 mães acompanhantes de bebês prematuros que estavam na Unidade de Terapia Intensiva
Neonatal. No que se refere ao apoio que as participantes acharam importante ser recebido durante o
momento de hospitalização, as categorias mais prevalentes foram apoio de informação e emocional.
Com base nos resultados encontrados no Estudo I e nas entrevistas, foi elaborada a definição
operacional do apoio social. O Estudo III retratou a construção dos itens e a análise de juízes, sendo
constatadas evidências de validade de conteúdo. No estudo IV, foi realizada a administração da escala
em 218 mães de bebês prematuros hospitalizados. Na análise dos dados foi utilizada estatística
descritiva, Alfa de Cronbach, análise fatorial exploratória, ANOVA e teste de correlação de Pearson.
Foram identificadas seis dimensões de apoio sendo os índices alfas de Cronbach e de variabilidade,
respectivamente: apoio afetivo (α = 0,904; 29,31%), material (α = 0,905; 10,25%); informação (α = 0,90;
5,80%1), emocional (α = 0,899; 4,10%), acolhimento (α = 0,899; 3,75%;) e atenção (0,901; 3,56%). Além
disso, foi constatado um valor global de alfa de 0,92. A Escala para avaliação do apoio social em mães de
neonatos prematuros hospitalizados apresentou qualidade psicométrica satisfatória e promissora, com
evidências de validade de critério, de consistência interna e validade de construto.



MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - BERNARDINO FERNANDEZ CALVO - UFPB
Externo à Instituição - DIVANISE SURUAGY CORREIA - UFAL
Presidente - 347027 - EULALIA MARIA CHAVES MAIA
Externo ao Programa - 2140865 - GABRIELA DE SOUSA MARTINS MELO
Externo ao Programa - 2882013 - ISABELLE KATHERINNE FERNANDES COSTA
Notícia cadastrada em: 25/10/2016 09:56
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao