Banca de QUALIFICAÇÃO: DANIELLE FERREIRA GARCIA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELLE FERREIRA GARCIA
DATA: 18/03/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório “D” do CCHLA
TÍTULO:

CARACTERIZAÇÃO DO PERFIL NEUROPSICOLÓGICO, ACADÊMICO E COMPORTAMENTAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES SOBREVIVENTES DE TUMORES DE FOSSA POSTERIOR


PALAVRAS-CHAVES:

tumores de fossa posterior; mutismo cerebelar; neurodesenvolvimento; avaliação neuropsicológica; transtorno não-verbal de aprendizagem



PÁGINAS: 250
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

A neuropsicologia é um campo de pesquisa que investiga as relações entre cognição, comportamento e atividade do sistema nervoso central (SNC) em condições normais ou patológicas. Seu papel vem sendo reconhecido como possibilidade de resposta às demandas de investigação e intervenção em situações de lesões e/ou disfunções cerebrais, dentre as quais o câncer infantil vem surgindo como importante foco de atenção, decorrente das seguintes razões: 1) a incidência de câncer infantil no Brasil é de aproximadamente 12.000 casos anuais, tendo os tumores de sistema nervoso central, a fossa posterior e o cerebelo como regiões que concentram os tumores sólidos mais frequentes; 2) a implicação direta dos tumores e de seus tratamentos sobre a organização e o funcionamento do SNC e; 3) aumento da sobrevida e necessidade de garantir a qualidade de vida após a cura da doença. As sequelas resultantes da lesão provocada pelo tumor e da neurotoxicidade do tratamento anti-neoplásico direcionado ao SNC exigem esforços em busca da compreensão, prevenção e/ou minimização deste impacto. Em localidades distantes dos grandes centros urbanos brasileiros, a carência no acesso a serviços de educação e saúde, atrasos no diagnóstico e agravamento do estado da criança e a necessidade de tratamentos mais agressivos que comprometem mais intensamente o desenvolvimento, fornecem um panorama ainda mais preocupante. Nesse sentido, o objetivo do presente estudo é investigar o funcionamento neuropsicológico, acadêmico e comportamental de crianças e adolescentes sobreviventes de tumores de fossa posterior nos estados brasileiros do Rio Grande do Norte e da Paraíba. Pretende-se atingi-lo através de três estudos: 1) Caracterização da capacidade intelectiva de pacientes pediátricos diagnosticados com tumores de fossa posterior; 2) Mutismo cerebelar e impacto sobre a linguagem em pacientes pediátricos com tumores de fossa posterior e; 3) Alterações neuropsicológicas em crianças sobreviventes de tumores de fossa posterior à luz do modelo do transtorno não-verbal de aprendizagem. Participarão do estudo 50 sujeitos com idades entre seis e 16 anos, divididos em três subgrupos: G1) Crianças e adolescentes diagnosticados com astrocitoma pilocítico de fossa posterior tratados através de neurocirurgia; G2) Crianças  e adolescentes com meduloblastoma de fossa posterior tratados com cirurgia de ressecção, quimioterapia sistêmica e radioterapia crânio-espinhal e; 3) Crianças e adolescentes sem histórico de alterações neurológicas ou psiquiátricas, que comporão grupo controle espelhado segundo as características sócio-demográficas das crianças dos grupos clínicos. Os participantes serão submetidos à avaliação neuropsicológica composta de instrumentos que investigam domínios cognitivos, afetivos e comportamentais, e como estratégias estatísticas de análise de dados serão utilizadas ferramentas descritivas e inferenciais que auxiliem o alcance dos objetivos propostos.  Espera-se oferecer melhor compreensão da natureza e extensão do impacto do diagnóstico e tratamento dos tumores de fossa posterior sobre o desenvolvimento cognitivo e sócio-afetivo dos participantes, que possam servir a profissionais de saúde, educação e familiares que os assistem. Portanto, pretende-se fornecer dados que subsidiem a proposição de tratamentos eficazes e menos danosos ao SNC e o desenvolvimento de programas de intervenção que minimizem os seus impactos adversos, garantindo a essas crianças a expressão plena de seu potencial de desenvolvimento.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - Christian Diniz Ferreira - UFPB
Externo ao Programa - 1350337 - FIVIA DE ARAUJO LOPES
Presidente - 1321136 - IZABEL AUGUSTA HAZIN PIRES
Notícia cadastrada em: 14/03/2016 10:05
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao