Banca de QUALIFICAÇÃO: CINTIA GUEDES BEZERRA CATAO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CINTIA GUEDES BEZERRA CATAO
DATA: 04/09/2015
HORA: 14:30
LOCAL: Laboratório de Psicologia
TÍTULO:

Sou universitário: e aí? A experiência de sofrimento em estudantes de Ciências e Tecnologia da UFRN sob o olhar fenomenológico-hermenêutico


PALAVRAS-CHAVES:

sofrimento; universidade; contemporaneidade; hermenêutica; pesquisa fenomenológica.


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

A universidade apresenta uma intensificação nas demandas de saúde mental, conforme se constata através de pesquisas voltadas para o público estudantil. Pensar no estudante universitário exige um debruçar sobre o complexo contexto em que este se insere, considerando que o comportamento do ser-humano é entendido como expressão particular e reflexo das conexões com o universal. Parte-se da concepção fenomenológico-existencial de que o ser-humano é um Dasein, um ser-aí que é no mundo, não se encerrando em si mesmo como interioridade psíquica. Considerando a alta incidência de sofrimento psíquico na universidade, mostrou-se relevante desenvolver esta pesquisa para interrogar, refletir e explicitar a experiência de sofrimento em universitários. A pesquisa foi realizada com estudantes do Curso de Bacharelado em Ciências e Tecnologia (C&T) da UFRN e objetivou compreender os sentidos presentes na experiência de sofrimento dos mesmos, buscando explicitá-los sob o olhar fenomenológico-hermenêutico. Especificamente, buscou-se conhecer o curso de C&T; elucidar e refletir sobre os principais fatores associados ao sofrimento em universitários; estimar o impacto acadêmico do sofrimento nos estudantes; e, possibilitar uma contribuição para uma nova maneira de considerar a experiência de sofrimento, no intuito de possibilitar uma melhor atenção psicológica ao universitário. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com oito estudantes, as quais foram analisadas e interpretadas à luz da hermenêutica fenomenológica de inspiração heideggeriana, por ser uma perspectiva que prima pela compreensão da existência humana através dos significados e sentidos que o Dasein atribui a sua experiência. Constatou-se que a lógica contemporânea perpassa a experiência de sofrimento dos estudantes e o curso de C&T tem particularidades que acirram o mal-estar tão comum na atualidade, ao mesmo tempo em que se verificou o quanto a experiência de sofrimento é singular e depende dos sentidos que cada um atribui a sua vivência. Mostrou-se decisivo provocar o questionamento do homem e de seu poder existir no mundo contemporâneo, convocando-se para o caminho de uma construção pensante. Para isso, ressaltou-se a importância da criação de espaços na universidade que possibilitem e estimulem o pensar, como grupos de reflexão, grupos terapêuticos, rodas de conversa entre estudantes e entre estudantes e professores, no intuito de romper com o ciclo vicioso da contemporaneidade e possibilitar o questionamento do sentido de ser, como possíveis estratégias para uma melhor atenção psicológica ao estudante universitário.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1674041 - ANA KARENINA DE MELO ARRAES AMORIM
Externo ao Programa - 1879584 - ANA KARINA SILVA AZEVEDO
Presidente - 347529 - ELZA MARIA DO SOCORRO DUTRA
Notícia cadastrada em: 21/08/2015 09:01
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao