Banca de DEFESA: IVETE BRAGA DE LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IVETE BRAGA DE LIMA
DATA: 25/07/2014
HORA: 15:00
LOCAL: Sala azul do laboratório de Psicologia
TÍTULO:

REFLEXÕES FENOMENOLÓGICAS SOBRE O SOFRIMENTO EM RELAÇÃO AO TRABALHO


PALAVRAS-CHAVES:

fenomenologia existencial; sofrimento no trabalho; pesquisa fenomenológica; sofrimento e serviço público.


PÁGINAS: 170
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

A revisão de literatura revela que o campo da psicologia organizacional e do trabalho, bem como o da saúde mental no trabalho, têm desenvolvido relevantes pesquisas sobre o sofrimento e o mundo do trabalho. Esta pesquisa teve como propósito abordar o sofrimento vivido em relação ao trabalho a partir do olhar clínico, englobando todas as suas expressões, tendo como referência a perspectiva fenomenológico-hermenêutica heideggeriana. Inspiradas no pensamento do filósofo Martin Heidegger buscou-se compreender o sofrimento nas suas dimensões ônticas e existenciais, no seu aspecto limitador, como aquele que restringe as possibilidades de relação que o homem mantém com o mundo, colocando em perigo as redes de significâncias tecidas por ele para lidar com as coisas e conviver com os outros. O mundo do trabalho foi vislumbrado como o espaço de possibilidades de concretização da existência. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi compreender como é o sofrimento vivido em relação ao trabalho, a partir da experiência de profissionais inseridos em um órgão judiciário. A pesquisa, com enfoque qualitativo, utilizou entrevistas individuais semi-estruturadas, cujas narrativas foram analisadas sob a ótica hermenêutica heideggeriana. Três funcionários colaboraram com a pesquisa. As narrativas mostraram que o sofrimento está relacionado à falta de reconhecimento pelo trabalho executado, e igualmente com os modos como se dá a convivência entre os servidores. No aspecto geral, o sofrimento se revelou como desamparo e falta de sentido para a existência. Esperamos que este estudo possibilite a abertura em direção a novos horizontes de compreensão referente às significações e sentidos do trabalho e suas redes de relacionamentos e que possa contribuir para o campo da psicologia em geral.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347529 - ELZA MARIA DO SOCORRO DUTRA
Externo à Instituição - FERNANDO JOSÉ GASTAL DE CASTRO - UFRJ
Interno - 1759676 - PEDRO FERNANDO BENDASSOLLI
Notícia cadastrada em: 07/07/2014 14:48
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao