Banca de DEFESA: PRISCILA MAGALHÃES BARROS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PRISCILA MAGALHÃES BARROS
DATA: 24/04/2014
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório de Psicologia
TÍTULO:

PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO DAS FUNÇÕES EXECUTIVAS EM CRIANÇAS DE 05 A 08 ANOS


PALAVRAS-CHAVES:

avaliação neuropsicológica; desenvolvimento típico; funções executivas; NEPSY-II


PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

Este estudo objetivou estabelecer o perfil desenvolvimental de componentes executivos no desenvolvimento típico infantil. Trata-se de estudo correlacional, transversal, de natureza predominantemente quantitativa. Os instrumentos de coleta de dados são os subtestes do domínio “Atenção/ Funções Executivas” do NEPSY-II. Foram avaliadas 80 crianças entre 5 e 8 anos de idade, de ambos os sexo, estudantes de escolas públicas e particulares da cidade de Natal – RN. A amostra foi segmentada em intervalos de seis meses para posterior análise das estratégias e tipos de erros. Foram realizadas análises de variância (multivariada e univariada), testes post hoc de Tukey e Games-Howell para verificar o efeito da idade sobre o desempenho nos testes. Correlações posteriores indicaram a força e a direção do relacionamento entre as variáveis. Identificaram-se dois picos de desenvolvimento no intervalo de seis meses adotado para as habilidades de atenção seletiva e controle inibitório. Os resultados indicam que não há influencia significativa do sexo e tipo de escola sobre o desempenho da amostra. O desempenho dos pré-escolares (5 e 6 anos) foi inferior aos demais subgrupos na maioria dos testes. Destaca-se o papel do discurso de autoregulação entre os pré-escolares durante as atividades de maior demanda executiva e o recurso da abstração como estratégia de resolução entre os mais velhos. Identificaram-se trajetórias de desenvolvimento semelhantes entre as habilidades de atenção seletiva e controle inibitório. De maneira geral, há decréscimo no número de erros e aumento de acertos com a progressão da idade. Pesquisas longitudinais futuras podem ampliar a faixa etária abarcada neste estudo, investigando o curso desenvolvimental das habilidades executivas. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1321136 - IZABEL AUGUSTA HAZIN PIRES
Interno - 1134517 - JORGE TARCISIO DA ROCHA FALCAO
Externo à Instituição - LUIS QUINTANAR ROJAS - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 22/04/2014 08:59
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2017 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao