Banca de DEFESA: CLELIO DIOGO SOARES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLELIO DIOGO SOARES
DATA: 30/08/2012
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório do CCS
TÍTULO:

ESTUDO DA EXPRESSÃO DOS GENES DO METABOLISMO DO ÁCIDO FÓLICO E ASSOCIAÇÃO COM O DESENVOLVIMENTO DE FENDAS ORAIS


PALAVRAS-CHAVES:

Expressão gênica; Fendas Orais, Polimorfismos genéticos


PÁGINAS: 113
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Introdução: Há evidencias consideráveis sugerindo que genes relacionados ao metabolismo do folato possuem um papel importante na etiologia das fendas orofaciais. A expressão de genes que possam estar ligados às fendas orais requer a presença de apropriadas causas ambientais em combinação com fatores genéticos que culminam com a falha na fusão dos processos faciais. Objetivo: Avaliar a associação da diferença de expressão gênica, como também a presença de polimorfismos dos genes da via de metabolismo do acido fólico - MTHFR, MTR, RFC1, MTRR, com a ocorrência das fendas orais. Metodologia: Foram estudados 50 filhos casos e suas respectivas mães, e 50 indivíduos controles e suas respectivas mães. Inicialmente foram realizadas as análises bioquímicas (Glicose, ALT, AST, Creatinina, Folato, Vitamina B12, Homocisteína), hematológicas (hemoglobina, hematócrito, contagem de hemácias, os índices hematológicos, VCM, HCM e CHCM) e estudo de suas características clínicas. Para a realização do estudo de expressão gênica foi extraído o RNA total a partir das células do sangue periférico, o qual foi quantificado e analisado quanto a sua pureza e integridade e encaminhado para a obtenção do cDNA a ser utilizado para o estudo de expressão utilizando ensaios pré-desenhados. Finalmente foi avaliada a influência de determinados genótipos (MTRR A66G; MTHFR C677T; MTHFR A1298C; MTR A2756G; RFC1 A80G) sobre a expressão de RNAm dos respectivos genes estudados. A análise estatística dos dados foi realizada considerando o nível de significância de 95% (P<0,050) Resultados: Foi evidenciada a presença do consumo de álcool como fator de risco significativo presente para as mães caso (P=0,001). Em relação as dosagens bioquímicas não foram observadas diferenças significativas entre os pacientes e respectivos controles os quais apresentaram valores de AST, ALT e creatinina dentro dos valores de referência. A dosagem de ácido fólico apresentou-se reduzida significativamente para o grupo dos filhos caso (P=0,010) e para suas mães (P=0,001). Na análise hematólogica não foram observadas alterações em nenhum dos parâmetros avaliados como hemoglobina, hematócrito, contagem de hemácias, os índices hematológicos, VCM, HCM e CHCM dentre os grupos avaliados. A avaliação da expressão gênica para o grupo das mães caso mostrou uma redução significativa na expressão do RNAm em todos os genes avaliados: para o gene da metionina sintase (MTR, p=0,008), da metionina sintase redutase (MTRR, p=0,015), do RFC1 (P=0,004) e da MTHFR (P=0,017) comparados com o grupo de mães controle. No grupo de filhos fissurados, houve uma redução significativa na expressão do RNAm para os genes da metionina sintase (MTR, p=0,010) e da metionina sintase redutase (MTRR, p=0,034). Para a análise da influencia dos genótipos na expressão observou-se que o genótipo recessivo (CC) para o polimorfismo A1298C do gene MTHFR poderia estar associada a uma redução da expressão de seu RNAm. Conclusão: O uso do álcool foi relatado como fator de risco significante para as mães dos filhos caso. Filhos caso e suas mães possuem redução da concentração de folato. Há uma redução significativa da expressão de RNAm das enzimas MTHFR, MTR e MTRR e do RFC1 para as mães caso e das enzimas MTR e MTRR PARA os seus filhos com fendas orais, associada a redução de ácido fólico e uso de álcool pelas mães, sugere que esses indivíduos apresentam a influencia de fatores genéticos e de fatores ambientais no surgimento de malformações congênitas como as fendas orais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2323511 - ADRIANA AUGUSTO DE REZENDE
Externo à Instituição - ALICE CRISTINA RODRIGUES - USP
Externo ao Programa - 1674709 - VIVIANE SOUZA DO AMARAL
Notícia cadastrada em: 14/08/2012 17:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao