Banca de DEFESA: MELINA GADELHA CARVALHO - (Retificação)

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: MELINA GADELHA CARVALHO

DATA: 25/02/2011

HORA: 15:00

LOCAL: Sala 2 PPgCF

TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO E VALIDAÇÃO DE UM NOVO MÉTODO PARA ANÁLISE DE COMPOSTOS FENÓLICOS EM PRODUTOS CONTENDO Schinus terebinthifolius Raddi (ANACARDIACEAE) POR CLAE/DAD


PALAVRAS-CHAVES:

Schinus terebinthifolius. CLAE. Validação. Polifenóis


PÁGINAS: 144

GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde

ÁREA: Farmácia

RESUMO:

Schinus terebinthifolius Raddi, uma planta medicinal conhecida no Brasil como
“Aroeira da Praia”, possui propriedades antimicrobiana, antiinflamatória, antiulcerogênica,
febrífugo, analgésico e depurativo e no tratamento de doenças do sistema urogenital. Essa
planta encontra-se atualmente incluída na Relação Nacional de Plantas Medicinais de
Interesse ao Sistema Único de Saúde (Renisus). O objetivo deste trabalho foi desenvolver e
validar um método multicomponente por CLAE/DAD para o doseamento de produtos
contendo Aroeira da Praia, contribuindo, dessa forma, para o controle de qualidade de
produtos derivados da planta.
A triagem fitoquímica dos metabólitos secundários foi desenvolvida a partir do
material vegetal, do extrato bruto e de frações obtidas após procedimento de partição. Foram
realizadas reações químicas qualitativas baseadas em técnicas colorimétricas e de
precipitação, além das técnicas de CCD e co-CCD. O desenvolvimento do método através de
CLAE para os marcadores selecionados se deu através da utilização de duas colunas C18,
uma convencional e outra monolítica. Para a coluna C18 monolítica, foram avaliados
primeiramente 2 sistemas gradientes distintos a um fluxo de 2 mL/min enquanto que para a
coluna convencional foram testados 4 sistemas gradientes e fluxo de 1 mL/min. Para ambas as
colunas, utilizou-se fase móvel contendo Ácido Acético 2% (A): Acetonitrila: Água: Ácido
Acético (50:48:2) (B). O método foi validado conforme a resolução 899, de 2003 da ANVISA
e aplicado em amostras do extrato hidroalcoólico bruto, gel ginecológico industrializado e
manipulado e sabonete líquido obtido em farmácia de manipulação.
A análise fitoquímica indicou a presença de taninos condensados e hidrolisados. A
presença de catequina, ácido gálico e ácido ursólico em algumas frações do extrato foi
confirmada por co-CCD.
O método desenvolvido se mostrou exato e preciso. A pureza de pico e o índice de
similaridade apresentaram valores superiores a 0,99. As curvas de calibração obtidas foram
lineares nos intervalos estudados e apresentaram coeficiente de correlação entre 0,9931 e
0,9974. Portanto, pode ser considerado adequado para a quantificação simultânea de ácido
gálico, catequina, ácido clorogênico, epicatequina, rutina e luteolina em produtos fitoterápicos
e intermediários que contenham tais compostos, especialmente aqueles derivados de Aroeira
da Praia.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1679481 - ANA PAULA BARRETO GOMES
Externo à Instituição - TICIANO GOMES DO NASCIMENTO - UFAL
Presidente - 6330567 - TULIO FLAVIO ACCIOLY DE LIMA E MOURA
Notícia cadastrada em: 14/02/2011 16:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao