Banca de QUALIFICAÇÃO: SALOME RIBEIRO DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SALOME RIBEIRO DA SILVA
DATA : 04/07/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Link de acesso para videoconferência: https://meet.google.com/dvy-puem-jkp
TÍTULO:
CARACTERIZAÇÃO E AVALIAÇÃO IN VITRO E IN VIVO DO COMPÓSITO DE HIDROXIAPATITA/NIÓBIO

PALAVRAS-CHAVES:
Hidroxiapatita, Nióbio, biocerâmica, implante.

PÁGINAS: 56
RESUMO:
A hidroxiapatita (Hap) é um composto muito estudado e utilizado para uso clínico, devido se tratar de um componente mineral presente na formação dos ossos, sua utilização fornece condições para o crescimento ósseo, permitindo assim, a fixação biológica de implantes que são amplamente utilizados para reconstruçõesde tecidos orgânicos, muito pouco se avançou com relação a materiais capazes de cumprirem com excelência a função de um implante osteointegrado, nesse sentido a busca por novos elementos constituintes das peças implantadas surge como motivação de estudos, uma vez que fornece ao paciente uma opção de escolha para seus tratamentos. Nesse sentido pensou-se em um compósito de Hidroxiapatita/Nióbio como material biocerâmico, o mesmo foi caracterizado quanto a sua morfologia [Difração de raios-X (XRD], tensão, trinca e tenacidade Microscopia eletrônica de varredura (SEM)]. Para analise in vitro foram utilizados 2 grupos em cultura celular: arcabouço com hidroxiapatita pura (G1), e um arcabouço híbrido estabilizado de hidroxiapatita/nióbio (G2), os grupos foram aplicados em cultura de células de pré-osteoblastos MC3T3 – E1 derivadas de calvárias de camundongo e analisado quanto a proliferação e viabilidade celular; ensaio com o corante Alizarin red e diferenciação osteogênica (Avaliação da Fosfatase Alcalina). A avaliação in vivo foi realizada em modelo de calota
craniana com defeito crítico de 8 mm realizado em ratos wistar, sendo 3 grupos experimentais: Controle (GC) -Grupo I (controle positivo); Grupo II (padrão de hidroxiapatita) e Grupo III (Hidroxiapatita/Niobio). Após 90 dias os animais serão eutanasiados e as amostras avaliadas através de Micro CT, HE, imunohistoquimica, RT PCR. Os dados obtidos forama avaliados estatisticamente através do teste de ANOVA e como resultados tivemos: Nos resultados mecânicos de DRX observou-se na amostra pura a presença de Hap cristalina hexagonal e um grupo espacial P63/m, já no grupo com Nb observou-se a presença de fosfato β-tricálcio (Ca3(PO4)2) e fersmita (CaNb2O6), podendo está relacionado com a decomposição da Hap na presença do Nb. Na análise do FRX foi obtido resultados próximos ao da moagem, comprovando que a técnica utilizada foi eficiente. Quanto a presença de indentições e trincas, houve um pequeno aumento na tenacidade à fratura da Hap (0,78 MPa.m1/2) para Hap/Nb (0,82 MPa.m1/2). Nos resultados biológicos in vitro: para viabilidade celular observou-se que a Hap e Hap/Nb apresentaram valores maiores de viabilidade celular em 48h e 72h de exposição (p=0,001); para diferenciação osteogênica, nas amostras de Hap tivemos maior diferenciação celular quando comparado ao grupo controle. Como resultados in vivo: para procolágeno 1 apresentou um (p <0,05) e (p < 0,01) para procolágeno 3 na amostra Hap/Nb; OSTERIX (p<0,01) nas amostras Hap/Nb comparadas com Hap; Para BPM2 obtivemos (p<0,05) quando comparado o controle com a Hap pura; No grupo Nb/Hap tivemos uma expressão de RUNX 2 (p<0,05). Os achados apontam resultados satisfatórios para o material em estudo Nb/Hap, logo, sugerimos conclusão dos testes para melhor avaliação do material.

MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2220417 - CARLOS AUGUSTO GALVAO BARBOZA - nullInterna - 1055045 - MARCELA ABBOTT GALVAO URURAHY
Presidente - 1544647 - MATHEUS DE FREITAS FERNANDES PEDROSA
Notícia cadastrada em: 21/06/2022 11:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao