Banca de DEFESA: ELAINE CRISTINE SOUZA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELAINE CRISTINE SOUZA DA SILVA
DATA : 22/11/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Link de acesso para videoconferência: https://meet.google.com/yse-cpoh-xcg
TÍTULO:

ESTUDO FITOQUÍMICO E AVALIAÇÃO DO EFEITO GASTROPROTETOR E ANTI-INFLAMATÓRIO DA CACTÁCEA Nopalea cochenillifera


PALAVRAS-CHAVES:

Úlceras gástricas. Citocinas. Antioxidante. Flavonoides.


PÁGINAS: 157
RESUMO:

Nopalea cochenillifera, da família das Cactáceas, é conhecida popularmente como palma “doce” ou “miúda” e é amplamente cultivada na região Nordeste do Brasil. Esta pesquisa teve como objetivo caracterizar o perfil cromatográfico e avaliar o efeito gastroprotetor e anti-inflamatório do extrato hidroetanólico da Nopalea cochenillifera. Para isso, a cactácea foi coletada, cortada e seca em estufa, triturada, macerada com etanol e água, obtendo-se o extrato hidroetanólico, que foi liofilizado. O estudo fitoquímico do extrato hidroetanólico foi realizado por Cromatografia em Camada Delgada (CCD) e Cromatografia em Líquida de Alta Eficiência Acoplada à Espectrômetro de Massas (HPLC-ESI-IT). O teor de fenóis e flavonoides totais foi avaliado por espectrofotometria no ultravioleta. A avaliação por CCD indicou a presença de compostos fenólicos, incluindo os flavonoides. A análise por HPLC-ESI-IT identificou a presença de seis compostos, com predomínio do ácido cafeico hexosídeo. O teor de fenóis e flavonoides totais no extrato foi de 67,85% e 46,16%, respectivamente. No estudo farmacológico para avaliação da atividade anti-inflamatória, foram utilizados camundongos Swiss divididos aleatoriamente em grupos (n=.5) carragenina (tratado com salina), dexametasona (1 mg/g), extrato (200 mg/kg; 400 mg/kg ou 600 mg/kg). A atividade da enzima mieloperoxidase (MPO) foi avaliada como marcador da infiltração de neutrófilos. Para a avaliação da atividade gastroprotetora foram utilizados Rattus norvegicus (Wistar), distribuídos aleatoriamente em grupos (n=7) controle lesões gástricas, grupo saudável (salina), extrato de N. cochenillifera (50, 100 e 200 mg/kg) e ranitidina (50 mg/kg), administrados por gavagem. Os resultados mostram que o extrato apresenta uma atividade antiedematogênica, a dose de 600 mg/kg mostrou o percentual de inibição do edema de 58,00% ± 6,02 (P< 0,01). A atividade anti-inflamatória do extrato pôde ser confirmada pela redução siginificativa da enzima mieloperoxidase (MPO) (P< 0,01). Nos modelos induzidos pelo etanol e indometacina, o extrato mostrou que preveniu a formação das lesões gástricas, na dose de 100 mg/kg, modelo do etanol (P<0,001); e nas doses de 100 mg/kg (P< 0,05) e 200 mg/kg (P< 0,01), no modelo da indometacina. A avaliação macroscópica dos estômagos mostrou redução no índice de ulceração, acompanhado da redução da atividade da mieloperoxidade (MPO), e malondialdeído (MDA), preservação do GSH, redução dos níveis gástricos das citocinas pró-inflamatórias (TNF-α e IL-1β), e elevação da IL-10. As análises histopatológicas revelaram que o extrato preveniu as alterações morfológicas induzidas por etanol e pela indometacina, preservando a integridade tecidual gátrica, e ainda reduziu o infiltrado inflamatório, o que foi confirmado pela redução da MPO. Nas análises imunohistoquímica o extrato diminuiu a expressão da enzina COX-2 e aumentou a expressão da SOD na dosagem de 200 mg/kg quando induzido por indometacina e etanol. O pré-tratamento com extrato da N. cochenillifera não alterou o pH, o volume nem a acidez total do suco gástrico, porém preservou a secreção de muco podendo exercer um efeito citoprotetor. Os resultados do presente trabalho trazem evidências pré-clínicas que o extrato de Nopalea cochenillifera possui atividades gastroprotetoras e anti-inflamatórias, que podem estar relacionadas á riqueza de compostos fenólicos, especialmente flavonoides.


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 2865332 - DALINE FERNANDES DE SOUZA ARAUJO
Externa à Instituição - JOVELINA SAMARA FERREIRA ALVES - USP
Presidente - 1490222 - SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
Notícia cadastrada em: 05/11/2021 10:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao