Banca de QUALIFICAÇÃO: FRANCISCO AYRTON SENNA DOMINGOS PINHEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCISCO AYRTON SENNA DOMINGOS PINHEIRO
DATA : 29/03/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

CARACTERIZAÇÃO ESTRUTURAL DE COMPOSTOS FENÓLICOS DE Erythrina velutina Willd POR ESPECTROMETRIA DE MASSAS ASSOCIADA ÀS REDES MOLECULARES (MOLECULAR NETWORKING)


PALAVRAS-CHAVES:

Fabaceae. Erythrina velutina Willd. Compostos fenólicos. Flavonoides. Redes moleculares.


PÁGINAS: 121
RESUMO:

A espécie arbórea Erythrina velutina Willd., conhecida popularmente como “mulungu”,
pertencente à família Fabaceae e subfamília Papilionoideae, distribui-se por todo o Nordeste
brasileiro. Suas folhas, sementes e principalmente casca dos troncos são utilizadas na medicina
popular na forma de chás para tratamento de distúrbios do sono e desordens do sistema nervoso
central (SNC). Trabalhos anteriores com a espécie relacionam suas propriedades
farmacológicas, ansiolíticas e sedativas, principalmente à presença de flavonoides e alcaloides
benzilisoquinolínicos. Em uma etapa prévia do trabalho, nosso grupo realizou estudos
integrativos de dados oriundos do transcriptoma, proteoma e metaboloma desta espécie,
coletada em quatro diferentes locais na região Seridó do Rio Grande do Norte. O estudo do
perfil metabólico direcionado permitiu a caracterização dos alcaloides presentes nesta espécie
através do uso de ferramentas de redes moleculares (molecular networking). Desse modo, o
presente estudo visou dar continuidade a essa caracterização, no entanto, com enfoque nos
compostos fenólicos presentes na espécie. Para, facilitar a caracterização de estruturas químicas
de metabólitos especiais presentes em material vegetal baseado em dados de massa e padrões
de fragmentação em massa por similaridade espectral, a desreplicação do extrato bruto de
amostras de diferentes populações por cromatografia líquida acoplada a espectrometria de
massas sequencial (LC-MS/MS) com auxílio da plataforma GNPS (Global Natural Product
Social Molecular Networking), levou a formação de uma rede molecular que apresentou três
clusters atribuídos a compostos fenólicos, com o número total de 72 compostos sendo que
foram anotados 32 flavonoides e 2 cumarinas anotadas pela biblioteca da plataforma GNPS. A
análise dos metabólitos não anotados indicou semelhanças no padrão de fragmentação as quais
podem ser relacionados às agliconas presentes na amostra com algumas variações presentes nos
substituintes. As análises complementares e confirmatórias através de cromatografia gasosa,
foram iniciadas realizando a extração com solvente extrator das sementes e obtido o rendimento
de 0,9615g para etanol e 0,8063g para metanol para padronização do procedimento de análise
que serão empregados nas amostras de diferentes populações. As próximas etapas
compreendem a conclusão das anotações oriundas da comparação com os espectros de massas
presentes em literatura e o desenvolvimento de protocolo para análise por cromatografia gasosa
acoplada a espectrometria de massas (GC-MS) das amostras de diferentes populações de E.
velutina visando a caracterização de compostos fenólicos mais voláteis.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - PAULA CAROLINA PIRES BUENO - USP
Externo ao Programa - 1571756 - ALESSANDRO KAPPEL JORDAO
Presidente - 1490222 - SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
Notícia cadastrada em: 12/03/2021 11:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao