Banca de QUALIFICAÇÃO: WENDELL MEDEIROS DE AZEVEDO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : WENDELL MEDEIROS DE AZEVEDO
DATA : 29/08/2019
HORA: 14:00
LOCAL: SALA 2 DO PPGCF
TÍTULO:

PROPRIEDADES QUÍMICAS, FÍSICO-QUÍMICAS E BIOATIVAS DO ÓLEO E DA MANTEIGA DE CACAY (Caryodendron orinocense Karst.) E AVALIAÇÃO DE SEU EFEITO INDUTOR NA PRODUÇÃO DE LIPASE


PALAVRAS-CHAVES:

Capacidade antioxidante; atividade antibacteriana; Aspergillus terreus; fermentação em estado sólido (FES).


PÁGINAS: 112
RESUMO:

O cacay (Caryodendron orinocense Karst.) é uma árvore típica da Amazônia que cresce ao longo da base da Cordilheira dos Andes. Suas sementes apresentam uma composição nutricional rica e elevado potencial para a exploração industrial. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar as propriedades químicas, físico-químicas e bioativas do óleo e da manteiga de cacay como também seu potencial indutor para a produção de lipase por Aspergillus terreus NRRL – 255 utilizando fermentação em estado sólido (FES). Inicialmente, realizou-se a caracterização química e físico-química das amostras, além da determinação da capacidade antioxidante e atividade antibacteriana. Além disso, resíduos agroindustriais foram caracterizados visando o emprego como suportes sólidos não inertes para a FES. O potencial do indutor lipídico para a produção de lipase fúngica também foi avaliado e o processo de produção de lipase foi otimizado por delineamento experimental. Por fim, as lipases produzidas foram caracterizadas frente a influência do pH, temperatura, íons metálicos, agente quelante e surfactantes. No que diz respeito às características químicas e físico-químicas, sugere-se que o óleo de cacay apresente um alto número de insaturações devido seu elevado índice de iodo (116,35 cg I2.g-1). Por outro lado, a manteiga apresentou uma maior estabilidade contra a peroxidação lipídica (7,77 meq.Kg-1) e elevado percentual de ácidos graxos saturados (76,51%). A fração hidrofílica do óleo de cacay obteve destaque na quantificação de compostos fenólicos totais (326,27 mg EAG. Kg-1) e na capacidade antioxidante in vitro (156,57 μM TE.g-1), de acordo com o ensaio de sequestro do radical DPPH. Além disso, o óleo de cacay demonstrou atividade antibacteriana contra as cepas de Klebsiella pneumoniae (66,20%) e Bacillus cereus (44,99%). No que se refere a produção de lipase, o presente estudo encontrou no farelo de trigo boas características para sua escolha como suporte sólido não inerte, como o alto índice de absorção de água (3,65 g H2O.g-1). Diante da triagem do indutor lipídico, a manteiga de cacay apresentou a maior atividade lipolítica (308,14 U.g-1). Após otimização da produção de lipase por delineamento experimental, foi possível encontrar a temperatura como uma variável independente significativa com valor crítico de 27,36°C e atividade máxima de 2.867,18 U.g-1. Quanto a caracterização da lipase, uma atividade relativa máxima foi observada no pH 7,0 e na temperatura de 35ºC. Um efeito inibitório foi encontrado para os íons Ca2+, Mn2+, Zn2+, Fe2+ e Cu2+. A atividade da lipase não foi significantemente afetada na presença do EDTA. Por outro lado, um incremento de sua atividade foi percebido com a redução da concentração do surfactante SDS e aumento de Triton X-100. Por fim, o óleo de cacay apresentou propriedades bioativas que podem justificar seu uso como bioativo em formulações cosméticas. Por outro lado, a manteiga de cacay mostrou ser um excelente indutor da atividade lipolítica, indicando um potencial biotecnológico para a produção de lipases industriais.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1346198 - EVERALDO SILVINO DOS SANTOS
Externa ao Programa - 3211846 - KARLA SUZANNE FLORENTINO DA SILVA CHAVES DAMASCENO
Presidente - 1544647 - MATHEUS DE FREITAS FERNANDES PEDROSA
Notícia cadastrada em: 12/08/2019 11:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao