Banca de DEFESA: GABRIEL AZEVEDO DE BRITO DAMASCENO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GABRIEL AZEVEDO DE BRITO DAMASCENO
DATA : 31/07/2019
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de videoconferência POP-RN
TÍTULO:

PRODUTO COSMÉTICO SÓLIDO COM Prosopis juliflora: AVALIAÇÃO DA SEGURANÇA, DESENVOLVIMENTO DE FORMULAÇÕES E ESTUDO DA EFICÁCIA HIDRATANTE E ANTI-RUGAS


PALAVRAS-CHAVES:

Algaroba; Anti-envelhecimento; Cosméticos; Hidratação; Polissacarídeos; Prosopis julifora; Fabaceae


PÁGINAS: 168
RESUMO:

Prosopis juliflora (PJ) é uma planta invasora da Caatinga Nordestina e apresenta em sua composição metabólitos com características químicas de interesse em produtos cosméticos. Este trabalho objetivou o desenvolvimento de formulações cosméticas na forma de núcleo sólido contendo o extrato de PJ que em contato com a água forma um gel para uso tópico em dose única. Teve como objetivo também o estudo in vitro e in vivo de segurança dos extratos e a eficácia clínica hidratante e anti-rugas. A otimização da extração dos frutos de PJ foi conduzida a partir de delineamento experimental estatístico. As amostras foram purificadas por ultrafiltração em centrífuga e cromatografia de gel-filtração, seguido de hidrólise ácida e análise da composição monossacarídica por cromatografia em papel e ressonância magnética nuclear (RMN). A fração menor que 3kDa foi avaliada por cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas (LC-MS) enquanto a fração maior que 3kDa por RMN. Já a fração total, foi analisada por uma plataforma integrada de RMN. A atividade antioxidante in vitro foi avaliada utilizando diferentes metodologias. A segurança in vitro foi realizada por meio dos testes de citotoxicidade e fototoxicidade, enquanto para a avaliação in vivo foi realizado o teste de compatibilidade cutânea. Foi realizada uma etapa de pré-formulação e escolha da melhor forma de obtenção das formulações que então foram submetidas a um estudo de estabilidade por 90 dias. Por fim, para a avaliação clínica da eficácia hidratante e anti-rugas foi mensurado o conteúdo hídrico do estrato córneo e a perda de água transepidermal (TEWL), antes e 1, 2, 3, 4 e 5h da aplicação e o conteúdo hídrico, TEWL e relevo cutâneo após 30 dias de uso prolongado. O delineamento experimental revelou que as melhores condições extrativas foi a 34ºC/3,5h (PJ2). A fração maior que 3KDa (PJ2) foi caracterizada como uma α-glucana e a fração menor que 3kDa apresentou compostos fenólicos, alguns dos quais inéditos para a espécie, e alcaloides. Resultados esses, que estão de acordo com os obtidos pela rede integrada de RMN para a fração total. As amostras não apresentaram efeitos citotóxicos e fototóxicos nas concentrações testadas, bem como, nenhum voluntário apresentou reações cutâneas, sendo um indício de segurança da matéria-prima. As avaliações in vitro da atividade antioxidante demonstraram o potencial da PJ2 em diferentes etapas da cascata oxidativa. Na etapa de pré-formulação foram delineadas oito formulações e três métodos de obtenção dos núcleos sólidos foram avaliados: compressão direta, moldagem e compressão de granulados obtidos por granulação via úmida. Esta última, possibilitou a incorporação de uma fase emolientes na formulação e se mostrou o método mais adequado à obtenção dos núcleos sólidos estáveis. Após os testes de eficácia clínica, foi possível observar que a formulação aditivada com PJ2 aumentou o conteúdo hídrico da pele em até 5h após a aplicação e que nos testes de longa duração, houve uma melhora do conteúdo hídrico, redução da TEWL e melhora nos parâmetros de relevo cutâneo. Dessa forma, evidenciando a aplicabilidade dessa nova forma e matéria-prima cosmética como agente hidratante e antienvelhecimento.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - MARIA VALÉRIA ROBLES VELASCO - USP
Interno - 1789788 - ADLEY ANTONINI NEVES DE LIMA
Externa ao Programa - 1778262 - ELISSA ARANTES OSTROSKY
Externo à Instituição - IAN CASTRO GAMBOA - UNESP
Presidente - 1714294 - MARCIO FERRARI
Notícia cadastrada em: 15/07/2019 15:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao